000000000000

Páginas: 5 (1210 palavras) Publicado: 13 de abril de 2014
1) A crise dos paradigmas epistemológicos modernos e a irrupção de novas sensibilidades.

R: A crise dos paradigmas epistemológicos modernos e a irrupção de novas sensibilidades, no texto o autor mostra o paralelo entre os padrões e modelos seguidos pela sociedade e a necessidade e a capacidade de mudança e adaptação para aprimoramento ou solução das ações cotidianas, foi citado como exemplo asartes onde o universo de criação é ilimitado e constantemente influenciam na forma de aprendizado. No texto o autor evidencia também a gambiarra como uma forma criativa para solução de problemas demonstrando ainda que a gambiarra que inicialmente sugere uma conotação de mau uso do conhecimento onde as soluções alcançadas teriam uma forma precária mais ao mesmo tempo a compara até mesmo a arte,pois a capacidade de criação tem outra conotação essa já positiva sendo associada também a bricolagem que para muito é considerado um hobby mais é uma forma de por em prática os conhecimentos adquiridos em determinadas funções.
Achei fantástica a experiência dos cinco macacos ( autor desconhecido ) tentando nos mostrar como nascem os paradigmas, e evidenciando como aprendemos a tomar certasatitudes sem questionamento, e levamos a vida assim cheio de teorias prontas.
O saber cotidiano, a casa e a rua como lugares do conhecimento, neste texto fica clara a ideia do autor em nos mostrar que não só em espaços institucionalizados como escolas teatros ou nos livros podemos adquirir conhecimento , ele pode ser adquirido dentro de casa ou nas ruas em nossos espaços públicos . Segundo um trecho dareflexão de Teixeira Coelho “A rua antes de tudo é o lugar de estudo das artes, que num outro momento iremos chamar de cultura e artes”. No texto é levantada a situação de que com o processo de modernização ocorreu uma supressão do espaço publico, isso é bem visto principalmente nas grandes cidades onde alem de termos quase todos os espaços tomados pelos veículos temos também o agravante dainsegurança, claramente vejo em meus passeios em cidades menores vejo na integra as situações expostas no texto pelo autor nessas cidades a vida acontece nas ruas onde é muito mais frequente o encontro tanto de vizinhos quando da população da cidade e de outras cidades vizinhas onde se tem a possibilidade de andar calmamente pelas ruas vazias mapeando na mente muitos detalhes que na maioria das vezesnos passam despercebidos. Gosto muito de frases de efeito e durante a leitura me veio uma em mente que sintetiza algumas situações aqui descritas , de “ Leon Tolstoi Há quem passe pelo bosque e veja apenas lenha para a fogueira “.
O conhecimento nas relações humanas, sabidamente os processos de interação social são fundamentais para troca de informações, o autor relata citando como exemplo trechosdos pensadores “ Deirdre Bodem e Harvey Molotch “ definindo essas ações como “ Compulsão por proximidade “ que é a necessidade dos indivíduos de se encontrarem em situação de co-presença ou de interação face a face. Já o pensador “ Michell Maffesoli “ em seus livros “ Nos tempos das tribos “ e “ No fundo das aparências “ mostra essa necessidade de aproximação não só pelo conhecimento e vínculossociais mais também pelo afeto , pelas relações entre pessoas , ele tenta explicar que o que uni as pessoas em qualquer grupo é o desejo de estar juntos que a maioria das nossas relações sociais não acontecem pela utilidade delas próprias, não simplesmente no que elas vão nos dar mais sim com quem vamos conseguir.
A pensadora Ivone Gebara diz que qualquer conhecimento que temos é fruto dasinterações que constituem nossa vida “ Teoria eco feminista “, ela cita que esse processo de aprendizagem deve seguir mutuamente com os processos institucionalizados , os dois se completam , ela evidencia que tudo o que estudamos não é só nosso faz parte de um processo coletivo pois estamos totalmente condicionados a outras pessoas , basta lembrar que “ Otto Maduro “ em “ Mapas para a festa “ cita que...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • 000000000000
  • 000000000000
  • 000000000000
  • 000000000000
  • 000000000000
  • 000000000000
  • 000000000000
  • 000000000000

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!