úlcera por pressão: meios de identificação e prevenção

Páginas: 10 (2320 palavras) Publicado: 8 de março de 2014

ÚLCERA POR PRESSÃO: MEIOS DE IDENTIFICAÇÃO E PREVENÇÃO

RESUMO: As úlceras por pressão (UP) são entendidas como lesões na pele decorrentes da compressão não aliviada das proeminências ósseas, com consequências clínicas, sociais e econômicas severas e onerosas. Objetivo: Levantar nas publicações científicas os meios que estão sendo utilizados para identificação e prevenção de úlcera porpressão. Método: Trata-se de uma revisão de literatura, por meio de pesquisa bibliográfica, retrospectiva, de natureza descritiva, com abordagem quantitativa. Resultados: A determinação do risco do paciente para o desenvolvimento da úlcera por pressão é a primeira medida a ser adotada para a prevenção da lesão. Conclusão: A identificação do risco e o uso das medidas preventivas podem levar à redução daincidência de UP, dificultar o seu agravamento e prevenir recidivas, assim como favorecer a cicatrização das lesões presentes já na admissão do paciente no hospital, melhorando a qualidade da assistência de enfermagem e do serviço de saúde como um todo.

1. INTRODUÇÃO

As úlceras por pressão (UP) são entendidas como lesões na pele decorrentes da compressão não aliviada das proeminênciasósseas, com consequências clínicas, sociais e econômicas severas e onerosas. No mundo, bilhões de dólares são gastos com o tratamento direto e/ou indireto de um problema de saúde totalmente passível de prevenção (PAPANIKOLAOU, LYNE, ANTHONY; 2007).
De fácil constatação, os custos financeiros das UP são constantemente apontados nas publicações em detrimento das sequelas sociais que, muitas vezes, sãoirreversíveis. Mesmo com a modernização dos serviços e cuidados de saúde, a prevalência das UP permanece como um problema a ser sanado, sobretudo entre pacientes hospitalizados, pois culmina no prolongamento da internação, na necessidade de profissionais e produtos especializados e no aumento do risco de infecções (ANTHONY, et. al., 2010).
O panorama epidemiológico das UP não faz diferenciaçãoentre os países desenvolvidos e emergentes. Nos Estados Unidos da América, por exemplo, sua prevalência e o aumento dos custos com o prolongamento do internamento dos pacientes são de 15% e 50%, respectivamente (PELHAM et. al.; 2007). No Brasil, há publicações que detectaram uma prevalência que varia de 27% e 39,4%, entre hospitalizados, para este problema (ROCHA, BARROS; 2007).
Uma precoce eregular estratificação do risco de desenvolver uma UP é fundamental para adoção de medidas preventivas adequadas implementação de uma estratégia terapêutica adequada isto, por sua vez, inclui métodos para redução dos fatores predisponentes e otimização do estado geral do doente. Mas, a estratégia terapêutica ainda permanece, em boa parte dos casos, dependente apenas da experiência do profissional desaúde e da disponibilização de insumos onerosos (DEALEY, 2008).
Dessa maneira, é notória a necessidade da realização de estudos que avaliem instrumentos, técnicas e produtos no combate às UP, passíveis de adaptação para os diversos cenários dos serviços de saúde. Neste quesito, é destacável o uso de métodos indiretos como as escalas de avaliação para o risco de desenvolver UP, pois, desde quepossuam índices psicométricos confiáveis, elas são econômicas, práticas e eficazes (DEALEY; 2008).
Atualmente, há em torno de 40 escalas de avaliação de risco para UP e seus estudos, na maioria de revisões da literatura, são opiniões de especialistas ou adaptações de instrumentos já existentes (ANTHONY et. al.; 2010).


2. JUSTIFICATIVA


Durante a disciplina de Projeto Interdisciplinar,ofertada no 6º. semestre de graduação, houve a necessidade da construção de um artigo voltado para a ciência de enfermagem e que contemplasse os anseios dos autores desse estudo.
Diante disso, após uma prévia investigação literária, surgiu nas autoras os seguintes questionamentos: como devem ser os principais cuidados de enfermagem a pacientes internados em unidades cirúrgicas para prevenção e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • prevenção de ulcera por pressão
  • Prevenção de ulcera por pressao
  • Prevenção e Tratamento de Úlcera por Pressão: revisão de Literatura
  • PREVENÇÃO DE ÚLCERA DE PRESSÃO NO TRANS E PÓS- OPERATÓRIO
  • Atuação da enfermagem na prevenção e tratamento da úlcera de pressão
  • Ulcera por pressão
  • Úlcera por pressão
  • Ulcera por pressão

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!