Ética e Escravatura

Páginas: 32 (7962 palavras) Publicado: 19 de outubro de 2014
UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE
DIREITO
ÉTICA E CIDADANIA I
ESCRAVATURA NO BRASIL




I) CONTEXTO HISTÓRICO
A Itália, no século XV, possuía monopólio sobre o comércio no Mediterrâneo. Assim, a Europa Ocidental precisava achar uma nova rota para chegar ao ao Oriente. Portugal, nestemovimento de expansão descobriu o Brasil. As caravelas portuguesas chegaram no litoral, atual Bahia, em 22 de abril de 1500, comandadas por Pedro Álvares Cabral.
Muitos historiadores ao invés de usar o termo "Descobrimento do Brasil" dizem "Chegada dos portugueses ao Brasil", pois o Brasil já era habitado por mais de cinco milhões de indígenas.
Os portugueses precisavam de grandes quantidadesde riquezas estrangeiras para serem mandadas à Coroa Portuguesa. Por isso, utilizaram a mão de obra indígena na atividade extração do Pau-Brasil. Os índios eram recompensados com produtos portugueses. Tal prática ficou conhecida como escambo. Devido à esse trabalho exaustivo e à epidemias, muitos índios morreram, sendo trocados pela mão de obra negra.
• Guerras Cisplatinas: conflito ocorrido entreo Império do Brasil e as Províncias Unidas do Rio da Prata, no período de 1825 a 1828, pela posse da Província Cisplatina, a região da atual República Oriental do Uruguai. Localizada na entrada do estuário do Rio da Prata, a Província Oriental era uma área estratégica, já que quem a controlava tinha grande domínio sobre a navegação em todo o rio, acesso aos rios Paraná e Paraguai, e via detransporte da prata andina.
• Guerra do Paraguai: Isolaram o Brasil, que ficou dependente do comando externo e foi levado a ações bélicas contrárias às nossas táticas de guerra. Somente na última fase do conflito, quando Caxias assumiu, finalmente, o comando geral das tropas, é que o Brasil pôde realmente traçar planos consistentes que levaram o ditador paraguaio, Solano Lopes, à derrota e à morte.Terminada em 1868, foi um divisor de águas. A aspiração republicana no Brasil passou a ganhar consistência, chegando até à organização de um Partido Republicano em pleno regime imperial, com assento no Congresso Nacional. A certa altura, nem D. Pedro 2º tinha ilusões com relação à continuidade do Império. Desejava, sim, estabelecer medidas de médio prazo para que a República, que mais cedo ou maistarde se instalaria no Brasil, encontrasse um ambiente de união e pleno entendimento, para uma transição pacífica e sem traumas à vida nacional. Não teve tempo para isso. No transcorrer dos anos 70 e 80, vários incidentes de menor e maior gravidade pesaram nos destinos do Império: a questão religiosa; a questão com a maçonaria, relacionada com a anterior; a abolição da escravatura e a questãomilitar.

• Religião x maçonaria: Sabe-se bem da grande influência política da maçonaria na vida brasileira, atuando primeiro no processo de Independência, depois, nas revoluções que eclodiram durante a fase inicial do Império e, finalmente, registrando participação ativa no Congresso e em outros setores da vida pública. Sua ação estende-se também sobre a vida religiosa, alterando o tradicionaldia-a-dia dos conventos. Os padres defendiam idéias francamente liberais e muitos deles acabam se identificando com os maçons, aderindo a eles, primeiro discretamente, depois, de forma escancarada, e contando, senão com o consentimento, pelo menos com a tolerância de seus superiores.
A paz termina quando, numa homenagem prestada pelas lojas maçônicas do Rio de Janeiro ao seu grão-mestre, Visconde doRio Branco, se registra um incidente de maior monta. O padre Almeida Martins, após fazer um discurso de saudação é punido e retirado das ordens sacras. Começa aqui uma guerra surda em que os maçons passam a hostilizar a Igreja.
O acordo entre o Governo e o Vaticano determinava que todas as bulas papais, para serem cumpridas no país, deveriam primeiro receber o "execute-se" do Governo brasileiro....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • escravatura
  • escravatura
  • Escravatura
  • Abolição da escravatura
  • A abolição da escravatura
  • Abolição da escravatura
  • abolição da escravatura
  • Abolição da escravatura

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!