Ética e Educação – Caminhos Buberianos

Páginas: 13 (3165 palavras) Publicado: 23 de novembro de 2013
CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL
UNINTER
CURSO DE PEDAGOGIA – TURMA 2013










Ética e Educação – Caminhos Buberianos










ITAITUBA-PARÁ, 2013








Ética e Educação – Caminhos Buberianos
JOANA DARQUE DA SILVA BARROS RU 270584
SANDRA FERREIRA MENEZES RU938063

Trabalho apresentado para avaliação na disciplina de Ética eEducação, do curso de Pedagogia, turno noite, do Centro Universitário Internacional Uninter ministrado pela professora Ana Cândida, Polo: Itaituba-Pará.








ITAITUBA-PARÁ, 2013








Segundo Buber “[...] para uma verdadeira transformação, para uma verdadeira cura, primeiramente do homem singular e em seguida a relação dele com seu próximo [...].[...] A diferença prática consiste no fato de que o homem, aqui, não está sendo tratado enquanto objeto de analise, mas ele está sendo chamado a criar a ordem por dentro de si ”. (Da ética á ética, P. 171)














SUMÁRIO



















INTRODUÇÃO
Normalmente, para se explicar um conflito, as múltiplas motivações daspessoas envolvidas e as circunstâncias externas da situação são analisadas até o ponto que a consciência as alcança. Alguns tentam chegar a soluções via análise, inclusive aos aspectos inconscientes.
[...] para uma verdadeira transformação, para uma verdadeira cura, primeiramente do homem singular e em seguida a relação dele com seus próximos [...]. [...] A diferença prática consiste nofato de que o homem, aqui, não está sendo tratado enquanto objeto de análise, mas ele está sendo chamado a ‘criar a ordem por dentro de si’. (BUBER, 1973, p. 728)
O caminho indicado é este: perceber que o conflito entre ele e o outro tem origem nele mesmo, procurar superar o conflito interior e começar novas relações com os próximos, agora como homem “transformado, pacificado” (p. 729). O homem,naturalmente, foge desse caminho com a observação de que esse caminho tem que ser exigido também dos outros, igualmente envolvidos no conflito. Buber opõe-se a essa atitude que enxerga o homem somente como indivíduo, opondo-se a indivíduos, e não como pessoa, cuja característica principal é a de que sua transformação contribui para a transformação do mundo.
Tudo depende, unicamente, de começarconsigo mesmo, e nesse momento não preciso me preocupar com nada no mundo a não ser com esse meu começo. Qualquer outro posicionamento me desvia do meu começo, enfraquece a minha iniciativa em prol dele, boicota por inteiro o ousado e grandioso empreendimento. (BUBER, 1973, p. 729).
Além da insistência no princípio de precisar começar consigo, Buber indica a origem do conflito interno que causa osexternos: o conflito entre os “três princípios na essência e na vida do homem”, o princípio do pensamento, da palavra e da ação.
A origem de todos os conflitos entre mim e os meus próximos é que não falo o que penso e não faço o que falo. Por isso, a situação entre mim e o outro sempre se torna mais confusa, mais envenenada, e, por causa da minha desagregação interior não sou mais capaz devencê-la; tornei-me, apesar de todas as ilusões criadas sobre mim, escravo indolente dela. (BUBER, 1973, p. 729).
Retornando à reflexão para o tema da ética pedagógica, temos que perguntar o que significa, para o educador, determinar a sua prática a partir de uma ordem interior que sincroniza pensamento, palavra e ação. A importância dessa sintonia evidencia-se quando olhamos as denúncias da faltadela na prática pedagógica. Difícil é encontrar uma pesquisa educacional que analise a prática pedagógica e que não, de uma ou de outra forma, revele que o educador não fala, no ato pedagógico, o que pensa na teoria e não faz na prática aquilo que fala ou pensa. Podemos, talvez, afirmar que a falta de concordância entre teoria e prática é o conflito fundamental da Educação.
Não é de se esperar...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • etica e educacao-caminho buberianos
  • ÉTICA E EDUCAÇÃO E CAMINHOS BUBERIANOS
  • caminhos buberianos
  • Caminhos Buberianos
  • Resumo Caminhos Buberianos
  • CAMINHOS BUBERIANOS
  • Ética: um caminho de muitas vias
  • Ética e Cidadania caminhos da sociologia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!