ÉTICA NA VISÃO DE SOCRÁTES, PLATÃO E ARISTÓTELES

Páginas: 7 (1505 palavras) Publicado: 23 de setembro de 2014
ÉTICA NA VISÃO DE SOCRÁTES, PLATÃO E ARISTÓTELES





































ÉTICA NA VISÃO DE SOCRÁTES, PLATÃO E ARISTÓTELES






Manaus – AM
Novembro/2013
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO 4
1.Ética na História 5
1.2.Algumasconcepções da filosofia moral...............................................................................5 1.2.1Antiguidade: ética grega.....................................................................................................5
1.3. Ética do Equilíbrio...............................................................................................................7
CONSIDERAÇÕES FINAIS 8REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 9
ANEXO..................................................................................................................................................10INTRODUÇÃO
O objetivo deste trabalho de pesquisa é o de apresentar de forma compreensível os conceitos e pensamentos de Sócrates, Platão e Aristóteles em relação à Ética. Esses três grandes filósofos e pensadores gregos influenciaram e influenciam a sociedade até os dias de hoje.Sócratesacreditava que basta saber o que é bondade para que se seja bom, para Platão o sábio deverá deixar de lado os valores corporais e buscar os valores da alma, para libertá-la dos laços que a prendem, e assim subindo nesse processo de purificação poder chegar a contemplação das Ideias, e para Aristóteles o objetivo da ética era a felicidade.1. Ética na História
1.2. Algumas concepções da filosofia moral
1.2.1Antiguidade: ética grega
A preocupação com os problemas éticos teve início de forma mais sistematizada na época de Sócrates, filósofo tambémconhecido como “o pai da moral”. Vejamos o que disseram os principais filósofos gregos desse período sobre essa questão:
• Os sofistas afirmavam que não existem normas e verdades universalmente válidas. Tinham, portanto, uma concepção ética relativista ou subjetivista.
Sócrates sustentou a existência de um saber universalmente válido, que decorre do conhecimento da essência humana, a partir da qualse pode conceber a fundamentação de uma moral universal. E o que é essencial no ser humano? Sua alma racional. O ser humano é, essencialmente, razão. E é na razão que se devem, portanto, fundamentar as normas e costumes morais. Por isso, dizemos que a ética socrática é racionalista. O indivíduo que age conforme a razão age corretamente.
Sócrates: Dele escreve um historiador: “Sócrates, como oCristo, nada escreveu, ou pelo menos nada deixou escrito”. Como ele, morreu a morte dos criminosos (ao passo que Jesus foi crucificado, Sócrates foi obrigado a ingerir cicuta), vítima do fanatismo, por haver atacado as crenças tradicionais e posto à verdadeira virtude acima da hipocrisia e da ilusão dos formalismos. Assim como Jesus foi acusado de corromper o povo com os seus ensinos, também elefoi acusado pelos fariseus do seu tempo – pois que os tem havido em todas as épocas – de corromper a juventude, ao proclamar o dogma da unicidade de Deus, da imortalidade da alma e da vida futura. Da mesma maneira que hoje conhecemos a doutrina de Jesus apenas pelos escritos dos seus discípulos, também não conhecemos a de Sócrates senão pelos escritos do seu discípulo Platão. Desses escritos o...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • ÉTICA PARA SÓCRATES, PLATÃO E ARISTÓTELES
  • Filosofia na visão de socrates, platao e aristóteles
  • O conceito de ética em sócrates, platão e aristóteles
  • Filosofia e Ética: Socrates, Platão, Aristoteles
  • Questionário Sócrates, Platão e Aristóteles
  • Socrates, aristoteles e platão
  • A vida de Sócrates, Platão e Aristóteles
  • Aristoteles socrates e platão

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!