Ética, moral e direito

Páginas: 10 (2262 palavras) Publicado: 5 de junho de 2011
FACULDADE DE DIREITO
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO

Ética, Moral e Direito

São Paulo
2011

Sumário

1. Introdução
2. A Ética
3. A Moral
4. O Direito
5. Conclusão
6. Bibliografia

1. Introdução
Desde o inicio de sua vida em sociedade, o ser humano sempre foi cerceado por regras éticas que lhe apresentavam como ser uma pessoa melhor. Com o passar dos anos,essas regras foram evoluindo, sempre se adaptando pra que a sociedade em questão fizesse o melhor uso delas.
A natureza dessas regras e como melhor utilizá-las sempre deteve a curiosidade de grandes pensadores de nossa História; Aristóteles, Platão, Santo Agostinho, entre outros, escreveram livros e teorias sobre essas normas, sempre apresentando pontos diferentes, mas também sempre concordandoem uma coisa: nossa sociedade não existiria sem elas.
Este escrito tem como objetivo apresentar uma visão mais dinâmica da Ética em si e de duas de suas mais importantes “espécies”: o Direito e a Moral.
Serão abordados os temas apresentando seus elementos mais importantes e características, por vezes fazendo uso do ponto de vista de algum consagrado autor.
Começaremos com a nossa peregrinaçãoconhecendo o continente no qual todas essas normas se alojam: A Ética.

2. A Ética
“A ética é pura, inocente, singela e fruto dos valores humanos e comportamentais.”
Carlos Roberto Sabbi

Segundo o Dicionário Aurélio:
é.ti.ca [Lat. ethica] sf 1. Estudo dos juízos de apreciação referentes à conduta humana, do ponto de vista do bem e do mal. 2. Conjunto de normas e princípios que norteiama boa conduta do ser humano.
O Conceito
Vemos acima a definição que o nosso bem conhecido Aurélio dá para a palavra ética e é comum o dizer de que alguém é ou não ético ao agir de determinada forma, mas poucas pessoas conseguem definir o que é ética.  Álvaro L. M. Valls, um brilhante filósofo, escreve na introdução de seu livro O que é ética a seguinte frase: “A ética é daquelas coisas que todomundo sabe o que são, mas que não são fáceis de explicar quando alguém pergunta”. Essa é a mais simples verdade, todos nós temos uma noção pessoal do que é ético ou não, mas saber explicar... Não é tão fácil.
A ética a qual me refiro na maior parte desse trabalho está mais próxima de seu segundo significado, engloba a religião, a moral, as normas de trato social e o direito. Esse conjunto, aoqual daremos o nome de normas éticas, é o responsável pelo bem estar da sociedade, às pessoas que se mantém em conformidade com ele normalmente são as chamadas de “boas” ou “virtuosas”. Também é usada a palavra ética para definir as normas morais fixas, as que são naturais e universais, ou seja, não variam culturalmente, mas veremos isso mais pra frente, quando estivermos tratando do vem a ser amoral.
As normas éticas são aquelas regras que buscam indicar o melhor modo de viver no cotidiano e na sociedade. São aquelas que instruem os seres humanos à como serem pessoas mais virtuosas, honestas e que, ao mesmo tempo, faz com que as pessoas que seguem essas regras se sintam ainda mais “espirituosamente” felizes.
Existem poucas divergências, na verdade, quando se trata de afirmar que o serhumano tem uma natureza ética, vários filósofos sempre afirmaram que o homem é um ser inerentemente social e, por conseqüência, ético. Para Aristóteles, nem as riquezas, nem as honras e nem os prazeres mundanos são capazes de tornar o ser humano realizado como individuo, na verdade, o que o tornaria um ser completo seria o cumprimento de seus deveres junto a sociedade, ou seja, uma vida virtuosa eética. Para São Tomás de Aquino, a aspiração por uma vida social é algo inato nos homens, logo a ética se torna um instrumento necessário para mediação dessa interação.
Grande parte das normas éticas são definidas culturalmente (com exceção chamada “moral universal”) e, por cada cultura possuir suas peculiaridades, não nos cabe tratar a nossa como superior e sim apenas como as que nos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • moral, etica e direito
  • Ética, Moral e Direito: (des) Conexões
  • Definição de ética, moral e direito.
  • Direito moral e ética
  • Diferença entre Moral, Ética e Direito
  • A ética, a moral e o direito
  • Papel Direito moral e etica
  • Direito etica e moral

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!