Ética: da grécia ao cristianismo

Páginas: 18 (4300 palavras) Publicado: 19 de agosto de 2011
Ética: da Grécia ao Cristianismo

O ser humano pode ser caracterizado de diversas formas. E uma delas, com certeza, é sua dimensão social em que se manifestam as posturas éticas e políticas, graças às quais podem ser construídas as relações sociais.
Resta saber, como nossa sociedade se estruturou com os valores que observamos atualmente?
Nossa sociedade é tributária da sociedade grega eromana. Nossos padrões e conceitos ético-morais originam-se nessas duas sociedades. A reflexão ética, entretanto provém dos gregos.
A ética que nós defendemos provém da idéia de valores. Essa, por sua vez desenvolveu-se a partir das indagações socráticas e das classificações aristotélicas. Foram aprimorados pelos sofistas, pelos pensadores helenistas até chegar à reestruturação feita pelocristianismo.
Costuma-se dizer que o período áureo da filosofia antiga corresponde ao tempo de Sócrates, Platão e Aristóteles. Nesse período se definiu a Dialética Socrática, a dicotomia Platônica e a Metafísica Aristotélica, entre outros pontos centrais do pen¬samento dessa tríade. Destacando-se que com Aristóteles se fundamenta também a Política e a Ética, mostrando que o ho¬mem é um animal, não sóracional, mas também político e como tal vivendo numa coletividade em que são necessárias, além das normas jurídicas, as normas de convivência.
Para estas reflexões estamos seguindo o esquema do texto de Marilena Chauí (2005), que não trata do pensamento de Platão, ao discutir a ética. Não se deve esquecer, entretanto, que a maior parte das informações sobre Sócrates são originárias de Platão, que nãoestá sendo comentado aqui.
Alertamos, também, que estas reflexões nasceram como subsídio para aulas de ética profissional, ministradas na Faculdade de Pimenta Bueno – FAP, par os cursos de Administração de Empresas, Sistema de Informação, Letras e Pedagogia, a partir de 2005. portanto não são textos conclusivos, mas material de apoio.
1- Postura socrática
Sócrates, pelas ruas de Atenas indagavaa seus interlocutores: o que é a coragem, a justiça, a amizade... Respondiam-lhe que isso eram virtudes. E o que é virtude? Agir em conformidade com o bem, respondiam os atenienses. O que é o bem? As indagações socráticas mostravam ao interlocutor que o aquilo que ele imaginava saber era o que lhe havia sido ensinado quando criança, e, nem sempre verdadeiro.
"Após um certo tempo de conversa comSócrates, um ateniense via-se diante de duas alternativas: ou zangar-se com a impertinência do filósofo perguntador e ir embora irritado; ou reconhecer que não sabia o que imaginava saber, dispondo-se a começar, na companhia de Sócrates, a busca filosófica da virtude e do bem" (Chauí, 2005, p 311).
Os atenienses se irritavam com Sócrates por que se percebiam em dois erros: "confundiam valoresmorais com os fatos constatáveis e sua vida cotidiana (...); tomavam os fatos da vida cotidiana como se fossem valores morais evidentes" (Chauí, 2005, p 311). Na realidade as pessoas confundiam (e ainda confundem) fatos e valores. Valorizavam uma conduta corajosa, sem entender o que é a coragem; valorizavam uma conduta justa, mas não sabiam o que era a justiça.
As perguntas socráticas visavam buscar osentido e a razão de ser dos costumes estabelecidos (valores transmitidos de geração em geração); visavam saber as disposições de caráter que levavam alguém a transgredir ou a respeitar os valores estabelecidos.
"As questões socráticas inauguram a ética ou filosofia moral porque definem o campo no qual valores e obrigações morais podem ser estabelecidos pela determinação de seu ponto de partida:a consciência do agente moral. É sujeito ético ou moral somente aquele que sabe o que faz, conhece as causas e os fins de sua ação, o significado de suas intenções e de suas atitudes e a essência dos valores morais. Sócrates afirma que apenas o ignorante é vicioso ou incapaz de virtude, pois quem sabe o que é bem não poderá deixar de agir virtuosamente." (Chauí, 2005, p 311)
2-A classificação...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Ética no Cristianismo
  • ÉTICA NO CRISTIANISMO
  • A ética no cristianismo
  • ética do cristianismo
  • Ética e cristianismo
  • Etica grecia
  • Ética na Grécia
  • Características educacionais de Grécia, Roma e Cristianismo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!