Émile durkheim

Páginas: 5 (1003 palavras) Publicado: 17 de maio de 2012
QUINTANEIRO, Tânia; BARBOSA, Maria Lígia de Oliveira; OLIVEIRA, Márcia Gardênia de. Um Toque de Clássicos: Marx, Durkheim e Weber. 2. ed. rev. amp. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2002.

Émile Durkheim

INTRODUÇÃO: As referências necessárias para situar seu pensamento, são por um lado, as Revoluções Francesa e a Industrial.
Entre os pressupostos constitutivos da atmosfera intelectual da qualse impregnaria a teoria durkheiniana, cabe salientar a crença de que a humanidade avança no sentido de seu gradual aperfeiçoamento, governada por uma força inexorável: a lei do progresso.

I - A ESPECIFICIDADE DO OBJETO SOCIOLÓGICO

A Sociologia pode ser definida por Durkheim, como a ciência “das instituições, da sua gênese e do seu funcionamento”, ou seja, de “toda crença, todocomportamento instituído pela coletividade” (DURKHEIM apud QUINTANEIRO, 2002, p. 68).
Na fase positivista, que marca o início de sua produção, considera que, para tornar-se uma ciência autônoma, essa esfera do conhecimento precisava delimitar seu objeto próprio: os FATOS SOCIAIS.
Tais fenômenos compreendem “toda maneira de agir fixa ou não, suscetível de exercer sobre o individuo uma coerção exterior, ouentão, ainda, que é geral na extensão de uma sociedade dada, apresentando uma existência própria independente das manifestações individuais que possa ter” (DURKHEIM apud QUINTANEIRO, 2002, p. 68).
Assim, o FATO SOCIAL é algo dotado de vida própria, externo aos membros da sociedade e que exerce sobre seus corações e mentes uma autoridade que os leva a agir, a pensar e a sentir determinadasmaneiras.
Para o autor, a sociedade não é o resultado de um somatório dos indivíduos vivos que a compõem. Ações e sentimentos particulares, ao serem associados, combinados e fundidos, fazem nascer algo novo e exterior àquelas consciências e às suas manifestações. Para o autor a vida está no todo e não nas partes.
As almas individuais agregadas geram um fenômeno, uma vida psíquica de um novo gênero. Ossentimentos que caracterizam este ser têm uma força e uma peculiaridade que aqueles puramente individuais não possuem. Ele é a sociedade.
O grupo possui, portanto, uma mentalidade que não é idêntica a dos indivíduos, e os estados de consciência coletiva são distintos dos estados de consciência individual. Assim, “um pensamento encontrado em todas as consciências particulares” ou um movimentoque todos repetem não são por isso fatos sociais (DURKHEIM apud QUINTAMEIRO, 2002, p. 69).
Os fenômenos que constituem a sociedade têm sua origem na coletividade e não em cada um dos seus participantes. É nela que se deve buscar as explicações para os fatos sociais e não nas unidades que a compõem.
Os fatos sociais são as maneiras de agir. É o caso das correntes sociais, dos movimentos coletivos,das correntes de opinião que nos impelem, segundo as épocas e os países, ao casamento, por ex., ao suicídio, etc. Outros fatos têm uma forma já cristalizada na sociedade, constituem suas maneiras de ser: as regras jurídicas, morais, dogmas religiosos e sistemas financeiros, o sentido das vias de comunicação, a maneira como se constroem as casas, as vestimentas de um povo, suas inúmeras formas deexpressão (como: dançar, vestir-se cantar, rir, negociar, conversar, etc.) que vão sendo estabelecidas pelas sucessivas gerações.
Tanto as maneiras de ser, quanto as de agir, são igualmente imperativas; já que coagem os membros das sociedades a adotar determinadas condutas e formas de sentir. Por se encontrar fora dos indivíduos e possuir ascendência sobre eles, consistem em uma realidadeobjetiva. Estes são os FATOS SOCIAIS.
Para tentar comprovar o caráter externo desses modos de agir, de pensar ou de sentir, Durkheim argumenta que eles têm que ser internalizados por meio de um processo educativo. Desde muito cedo, as crianças são constrangidas (ou condicionadas) a seguir horários, a desenvolver certos comportamentos e maneiras de ser e, mais tarde a trabalhar. Elas passam por uma...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Emile durkheim
  • Emile durkheim
  • Emile durkheim
  • Emile durkheim
  • Emile durkheim
  • Emile durkheim
  • Émile Durkheim
  • Emile Durkheim

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!