Ácido acetilsalicílico

Páginas: 10 (2288 palavras) Publicado: 26 de março de 2013
ÍNDICE

1. Objectivo pág. 2
2. Introdução teórica pág. 3
3. Materiais e Reagentes pág. 4
4. Procedimento experimentalpág. 5
5. Registo e tratamento de resultados pág. 6
6. Discussão de resultados/Conclusão pág. 11
7. Bibliografia/Webgrafia pág. 12

1.OBJECTIVO

Esta actividade experimental tem como objectivo a determinação daentalpia de formação do ácido acetilsalicílico, com base na energia libertada na sua combustão num calorímetro a volume constante.

2. INTRODUÇÃO TEÓRICA
Com esta actividade experimental pretende trabalhar-se um pouco o tema da 1ª Lei da Termodinâmica. Como tal há alguns conceitos que valerá a pena abordar.
A 1ª Lei da Termodinâmica diz-nos que ΔU=q+w, onde ΔU é a variação da energia interna, e q e wrepresentam calor e trabalho, respectivamente. Portanto, a variação da energia interna de um sistema pode dar-se sob a forma de trabalho e devido a transferências de calor.
O trabalho resulta do produto da força aplicada no sistema pela área, e o calor não é mais do que a energia em movimento, isto é, “transferência de energia como resultado da diferença de temperaturas”1.
O pretendido serácalcular o valor da entalpia de formação de uma certa substância, isto é, “a entalpia de reacção padrão para a formação da substância a partir dos seus elementos na sua forma mais estável”2. Isso poderá ser feito com base em procedimentos de calorimetria. Existem três tipos de calorimetria: calorimetria a pressão constante (onde não há variações de pressão e como tal q=ΔH), calorimetria a volumeconstante (onde não há variações de volume e como tal w=0, logo q=ΔU) e calorimetria diferencial de varrimento (“É um método de variação entálpica, no qual a diferença no fornecimento de energia calorífica entre uma substância e um material de referência é medida em função da temperatura, enquanto ambas são submetidas a um mesmo programa de aquecimento ou arrefecimento, rigorosamente controlado”3).Nesta actividade utilizar-se-á um calorímetro a volume constante.
Para calcular o valor pretendido é necessário primeiro calcular a capacidade calorífica da bomba (operação para a qual é utilizado o ácido benzóico). A capacidade calorífica representa uma relação entre o calor que se fornece e o seu efeito, ou seja, a variação de temperatura que se verificou. Para estes cálculos consideramos,evidentemente, o processo de calorimetria a volume constante, onde não há variações de volume nem há trocas de energia entre a bomba e o exterior, pelo que se trata de um processo adiabático.
Neste processo, o calor libertado pela combustão do reagente será absorvido pela água, o que nos permitirá calcular a entalpia de reacção através da diferença de temperatura experimentada pela água. O valor quedesejamos será posteriormente calculado por aplicação da lei de Hess, pela dificuldade que se verifica na determinação experimental das energias de formação.
3. MATERIAIS E REAGENTES

* MATERIAL
* Calorímetro
* Copo de combustão
* Bomba calorimétrica
* Placa de agitação
* Fonte de alimentação universal
* Termómetro
* Barra magnética
* Proveta
* Prensa
*Pastilhador
* Balança
* Cronómetro

* REAGENTESm=0,0260g

* Fio de ferro
C6H5COOH
Fonte: Panreac
Grau de pureza=99%
S26, R22-36

* Ácido Benzóico

C9H8O4
Fonte: Merck-Schuchardt
Grau de pureza=98%
S24-26-39, R22-41

* Ácido acetilsalicílico

* O2
Fonte: atmosfera
S17, R8
Oxigénio

* Água

Frases de segurança
S17 – Manter longe de materiais...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Ácido acetilsalicílico
  • Ácido acetilsalicilico
  • Acido acetilsalicilico
  • Acido acetilsalicílico
  • acido acetilsalicilico
  • Ácido acetilsalicilico
  • ÁCIDO ACETILSALICÍLICO
  • acido acetilsalicilico

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!