Videira Estados Fenologicos artigos e trabalhos de pesquisa

  • Desenvolvimento da videira “superior seedless” em diferentes épocas de poda em juazeiro-ba

    DESENVOLVIMENTO DA VIDEIRA “SUPERIOR SEEDLESS” EM DIFERENTES ÉPOCAS DE PODA EM JUAZEIRO-BA Laise Guerra Barbosa 1, Juliane Rafaele Alves de Barros1, Francislene Angelotti2, Fanuel Gonçalves Silvestre1 , Heraldo Alves Fernandes3, Marisa Martins Zucal4; Tecnológo em Fruticultura Irrigada, bolsista Embrapa Semiárido. E-mail: laise_guerra@hotmail.com; (2) Engª. Agrônoma, Embrapa Semiárido, BR 428, Km 152, CEP 56302- 970, Petrolina, PE. E-mail: fran.angelotti@cpatsa.embrapa.br; (3)Biólogo, bolsista FACEPE/Embrapa...

    1125  Palavras | 5  Páginas

  • Influência do clima sobre os estádios fenológicos da videira e sobre a qualidade e quantidade da produção

    Tatiana Sellmer Nilson INFLUÊNCIA DO CLIMA SOBRE OS ESTÁDIOS FENOLÓGICOS DA VIDEIRA E SOBRE A QUALIDADE E QUANTIDADE DA PRODUÇÃO Trabalho de conclusão de Curso Superior apresentado ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul – Campus Bento Gonçalves, como requisito para a obtenção do grau de Tecnólogo em Viticultura e Enologia. Orientador: Eduardo Giovannini BENTO GONÇALVES 2010 AGRADECIMENTOS A Deus, pela presença...

    7452  Palavras | 30  Páginas

  • Cultivo da Videira

     ÍNDICE Pág. INTRODUÇÃO 01 Importância econômica e social da videira na região 02 Clima 03 Manejo do solo 05 Práticas Culturais 05 Épocas de plantio 07 Espaçamento e Densidade 07 Plantio 08 Cultivares 09 Nutrição, calagem e adubação 16 Controle de doenças 19 Fungos 20 Bactérias 25 Nematóides 27 Viroses 27 Controle de pragas 29 Monitoramento 34 Colheita e pós colheita 35 Armazenamento 38 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 39 Introdução Segundo os geólogos...

    14120  Palavras | 57  Páginas

  • Videiras

    Cultivo da Videira Principais doenças e alternativas de controle Visando uma maior estabilidade fitossanitária do pomar com menor impacto ambiental pela redução do número de aplicações de agrotóxicos e aumento da segurança de cultivo pelo conhecimento do momento certo para uma proteção da cultura ou controle das doenças, é necessário seguir ou adotar o Programa de Produção Integrada de Frutas- PIF, o qual será aqui apresentado em síntese, como também algumas práticas de manejo fitossanitário. Metologia...

    3442  Palavras | 14  Páginas

  • Tecnologias de produção para uva de mesa na região de jales, estado de são paulo, uma análise comparativa de estudos de caso.

    Código da área: 6.02.00.00-6 Período:2008 TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO PARA UVA DE MESA NA REGIÃO DE JALES, ESTADO DE SÃO PAULO, UMA ANÁLISE COMPARATIVA DE ESTUDOS DE CASO. Ramille Pael Farias1, Dario de Oliveira Lima Filho2 Departamento de Economia e Administração - CCHS \ DEA - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul RESUMO: Para tornar viável a atividade de produção da cultura de uva é necessário que sejam apuradas inúmeras informações, um planejamento adequado de custos, uma análise...

    3523  Palavras | 15  Páginas

  • doenças da videira

    cultura da videira teve seu início na Ásia Ocidental, entre a Armênia e a Pérsia, entre os Mares Negros e Cáspio (Gionannini, 1999). A viticultura no Brasil começou no ano de 1532, quando as primeiras mudas de videira foram plantadas, na Capitania de São Vicente, hoje São Paulo. As mudas „pioneiras‟ foram introduzidas no país pelo português Martin Afonso de Souza. As vinhas eram originárias de Espanha e Portugal e eram de origem europeia, Vitis Vinífera. A partir do século XIX videiras americanas...

    8680  Palavras | 35  Páginas

  • Fenologia da Videira

    FENOLOGIA DA VIDEIRA Prof. Dr. Guilherme Canella Ecofisiologia Vegetal Eduardo Felipe de Amorim Tecnologia em Viticultura e Enologia São Roque, 2014 FENOLOGIA DA VIDEIRA Fenologia Forma contraída de “Fenomenologia”,é o ramo da Ecologia que estuda os fenômenos periódicos dos seres vivos e suas relações com as condições do ambiente, tais como temperatura, luz e umidade. A migração das aves e a floração e frutificação de plantas são exemplos de fenômenos cíclicos estudados pela...

    1857  Palavras | 8  Páginas

  • Botanica da videira

    1 introdução A videira vinha ou parreira é uma trepadeira da família das vitáceas de caule espesso e resistente, verde quando jovem, tornando-se escuro posteriormente. Possui folhas grandes e repartidas em cinco lóbulos pontiagudos, flores creme-esverdeadas e pequenas, e cujo fruto é a uva. Há cerca de 10 mil variedades diferentes de uvas, adaptadas a vários tipos de solo e de clima, o que possibilita o seu cultivo em quase todas as regiões do mundo. Cada uma de suas espécies possui muitas variedades...

    1073  Palavras | 5  Páginas

  • Implantação e tratos culturais da videira

    UNIVERSIDADE ESTADUAL DA BAHIA-UNEB DEPARTAMENTO DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS SOCIAIS-DTCS IMPLANTAÇÃO E TRATOS CULTURAIS DA VIDEIRA Tiago José Lopes de Alencar¹ Valtemir Gonçalves Ribeiro² Fábio Passos³ 1-Formando do curso de Engenharia Agronômica da UNEB/DTCS 2-Professor supervisor do curso de Engenharia Agronômica da UNEB/DTCS 3-Engenheiro Agronômico orientador Juazeiro-BA, maio de 2008. AGRADECIMENTOS Agradeço a Deus pela saúde e pela sabedoria a que...

    5524  Palavras | 23  Páginas

  • Acareose

    Acariose Bilhete de Identidade  É denominada como um fundo  Pertence á espécie de Calepitrimerus Vitis, á família dos Erofídeos  A escoriose é uma das principais doenças da videira, sendo que este fungo está presente em quase todas as áreas de vinha de Portugal e a sua incidência tem vindo a aumentar nos últimos anos. Característica  A acariose é provocada por ácaros invisíveis a olho nu da espécie Calepitrimerus vitis, família Eriophidae sendo que este ácaro apresenta um corpo de cor...

    1097  Palavras | 5  Páginas

  • Aulas programadas

    Nitrogenada em Videiras Jovens e em Fase Produtiva: Recuperação e Distribuição na Planta do Nitrogênio Adicionado no Solo1 George Wellington Bastos de Melo Gustavo Brunetto3 João Kaminski4 Carlos Alberto Ceretta4 Danilo dos Santos Rheinheimer4 2 ISSN 1808-6802 Dezembro, 2005 Bento Gonçalves, RS A videira, no Estado do Rio Grande do Sul (RS), é cultivada em 12.829 propriedades as quais ocupam uma área de aproximadamente 27.986 hectares. A Serra Gaúcha, localizada no nordeste do Estado, é a maior...

    975  Palavras | 4  Páginas

  • MANUAL DE PROT FITOS P PROT INTEGR E AGRIC BIOLOG DA VINHA

    a observar amostragem Praga Época de observação acariose (Calepitrimerus vitis Nalepa) NEA Inverno (Estado A) Observação visual 1 sarmento (com 2 gomos sucessivos) x 10 cepas 1-3 ácaros / gomo Durante o ciclo cultural Observação visual 50 cepas Cepas com sintomas (1) 2 folhas da base x 50 cepas 50% de folhas ocupadas Fig. 5 aranhiço amarelo (Tetranychus urticae Koch) Desde estado E Junho Fig. 6 Verão (desde Julho) OU OU 100 cepas 2 folhas (2ª folha da base) x 50 cepas; 5% de...

    38509  Palavras | 155  Páginas

  • Enologia (Fecundação à colheita)

    ......................................... 5 2 OBJETIVOS ................................................................................................................ 5 3 A VIDEIRA .................................................................................................................. 5 4. CICLO DA VIDEIRA: DA FECUNDAÇÃO À COLHEITA ................................ 6 4.1 FECUNDAÇÃO .......................................................................................................

    4000  Palavras | 16  Páginas

  • Fonologia

    observação de um evento importante qualquer (uma geada ou um estresse hídrico), associados a estádios bem definidos. 2. Principais causas dos fenômenos periódicos Há muito tempo, estuda-se os efeitos do ambiente sobre o desenvolvimento fenológico das plantas. São considerados mais importantes os seguintes fatores do meio: Temperatura do ar. A disponibilidade térmica influencia de forma direta, de tal forma que locais ou períodos mais quentes determinam desenvolvimento mais rápido...

    3157  Palavras | 13  Páginas

  • Pragas

    Pesadelo dos Vitivinicultores VITICULTURA – Doenças e pragas A videira tem óptimas condições para se estabelecer em Portugal, sendo uma cultura perfeitamente adaptada. Contudo vários são os factores que podem afectar a produção, nomeadamente as doenças e as pragas. Uma videira está doente quando, atacada por um ou vários agentes, os inimigos da planta, não desenvolve todo o seu potencial genético (Agrios, 1997). Os inimigos da videira podem ser agentes bióticos ou factores abióticos. Nos bióticos...

    4388  Palavras | 18  Páginas

  • Preconceito Linguistico

    Introdução Dentre as fruteiras cultivadas comercialmente no Submédio São Francisco, a videira aparece como a terceira mais importante cultura em termos de área plantada, com uma área estimada de 8.000 hectares, no ano 2002, superada apenas pelas áreas cultivadas com manga e coco, Convém ressaltar a precariedade das estatísticas sobre a fruticultura da região. Os dados do IBGE (Produção Agrícola Municipal) projeta uma área plantada 6.105 hectares de uva nos municípios pernambucanos e baianos que...

    25364  Palavras | 102  Páginas

  • Gmp - plantio uvas

    composto de princípios e regras desenvolvidos para garantir a qualidade higiênico sanitária dos alimentos. 3 O USO DO GMP NA AGRICULTURA DA UVA A videira Niagara Rosada é amplamente cultivada na região de Jundiaí, onde representa aproximadamente 90% da produção de uva de mesa do Estado de São Paulo. O comportamento fenológico da videira e suas exigências climáticas são importantes parâmetros que o viticultor pode utilizar para o crescimento antecipado das prováveis datas de colheita, indicando...

    10535  Palavras | 43  Páginas

  • Principais variedades de uvas de mesa e porta

    ser doces ou ácidas, de acordo com a relação existente entre açúcares e ácidos e podem ser mais ou menos adstringentes, dependendo dos teores de tanino. Porta-enxertos Os principais critérios a serem observados na seleção do porta-enxerto de videira são os seguintes: resistência a filoxera; resistência a nematóides; adaptação aos solos ácidos, calcários ou salinos; adaptação à seca ou à umidade excessiva do solo; resistência a doenças fúngicas da folhagem; tolerância à deficiência nutricional;...

    2311  Palavras | 10  Páginas

  • Fruticultura

    DORMÊNCIA 1 – Estado dos órgãos, principalmente dos vegetais, cujas condições climáticas e fisiológicas impedem temporariamente o desenvolvimento. Uma fase de repouso, de hibernação das plantas. 2 – Período de repouso natural de um vegetal durante condições desfavoráveis ao seu crescimento. DORMÊNCIA 3 – Suspensão temporária do crescimento visível dos tecidos meristemáticos. 4 – Período em que o crescimento é suspenso, frequentemente quando as condições ambientais são adversas...

    1196  Palavras | 5  Páginas

  • Delimitação da aptidão agroclimática para videira sob condições de irrigação no nordeste brasileiro

    agroclimática para videira sob condições de irrigação no Nordeste Brasileiro Resumo: Dados climáticos médios foram usados em conjunto com modelos simples de regressão que relacionam o coeficiente de cultura (Kc), a evapotranspiração de referência (ET0) e os graus dias acumulado (GDac) para quantificar o requerimento hídrico de videiras (RHV) para mesa e para vinho no Nordeste brasileiro. O RHV juntamente com dados de precipitação permitiu o desenvolvimento de um índice hídrico para videiras (IHV), o qual...

    5759  Palavras | 24  Páginas

  • Fisiologia vegetal da videira

    Fisiologia Vegetal 3º ano, 2º semestre 2012/2013 Fisiologia da Videira Vitis vinífera Docente: José Laranjo Discentes: Ezequiel Sousa 38137 Rita Vilas Boas 38145 Índice Introdução 1.Caracteristicas Iniciais 1.1.Descrição da planta 1.2.Classificação taxonómica 1.3.Pincipais usos 2.Constituição da Planta 2.1.Raizes 2.2.Cepa ou Tronco 2.3.Braços 2.4.Varas 2.5.Gavinhas 2.6.Flores 2.7.Folhas 2.8.Frutos 3.Fisiologia da Videira 3.1.Rebentação 3.2.Folhas 3.3.Flores e Frutos 3.4.Maturação 3.5.Amadurecimento...

    3622  Palavras | 15  Páginas

  • PRODUÇÃO DE MUDAS DE VIDEIRA

    UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UNIDADE DE SANTANA DO LIVRAMENTO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM AGROPECUÁRIA: FRUTICULTURA LIANE FERREIRA MORA PRODUÇÃO DE MUDAS DE VIDEIRA SANTANA DO LIVRAMENTO 2009 LIANE FERREIRA MORA PRODUÇÃO DE MUDAS DE VIDEIRA Relatório de Estágio Curricular supervisionado apresentado como requisito parcial para obtenção do Título de Tecnólogo em Agropecuária: Fruticultura na Universidade Estadual do...

    8386  Palavras | 34  Páginas

  • Viticultura

    localizadas na zona Norte da Região do Tejo. Com base nos dados do índice de vegetação NDVI (normalised difference vegetation index) obtidos por fotografia aérea digital num voo realizado ao pintor, e em dados agronómicos colhidos numa amostra de videiras, obtiveram-se regressões linares entre os valores de NDVI e os valores de área foliar, peso lenha de poda, produção, peso cachos e qualidade do mosto. Os resultados obtidos permitem concluir que existem diferenças significativas ao nível dos parâmetros...

    23888  Palavras | 96  Páginas

  • Manual De Viticultura 2

    ............................................................................... 37 Vitivinicultura 8.2.4. Estados Fenológicos .............................................................................................. 38 8.2.5. Exigências Edafo-Climáticas ................................................................................. 42 8.2.5.1. Influência do meio sobre a videira ..................................................................... 42 8.3. Importância Económica ............

    68392  Palavras | 274  Páginas

  • Fiscalização e acompanhamento do programa de monitoramento do cancro bacteriano da videira nas unidades de produção georeferenciadas e cadastradas da adab.

    diminuir a vida útil dos parreirais instalados. Atualmente, um dos problemas que mais ameaçam a estabilidade fitossanitária do Submédio São Francisco é o cancro bacteriano da videira. Além de pôr em risco a competitividade da região em termos de produtividade, esta praga impede o trânsito de material vegetal de videira a partir dos estados onde a bactéria foi detectada e pode limitar o acesso da uva da região aos mercados interno e externo, já que a bactéria causadora da doença é considerada uma Praga Quarentenária...

    6925  Palavras | 28  Páginas

  • Qual a demanda para a implantação de uma fábrica de sabão no município de videira – sc.

    eficácia, tudo isto com muita qualidade, pois estes consumidores estão prontos para observar, analisar, conceituar. Procurando obter uma visão correta do mercado no segmento de Sabão, foi realizada uma pesquisa descritiva nos bairros do município de Videira com o principal objetivo de identificar as possibilidades da implantação de uma fábrica de sabão no município e quais estratégias para que se alcance sucesso no empreendimento. Na coleta de dados foram utilizados questionários. Os Dados foram tabulados...

    3909  Palavras | 16  Páginas

  • Cultura da Videira

    Cultura da Videira Fernando Schneider, Gustaaf Timmermans Junior, Rodrigo Malucelli, Torbim de Geus, Wallan Leme. Centros de origem da videira • A partir da origem na Groelândia, as espécies ancestrais colonizaram novas áreas e foram diferenciando-se em novas espécies; • Hoje considera-se a existência de três centros de dispersão da videira. Centros de dispersão da videira • Eurásia • América • Ásia Produção mundial de uvas • Por país (2007) Importância da cultura...

    980  Palavras | 4  Páginas

  • A cultura da videira

    A CULTURA DA VIDEIRA A videira, vinha ou parreira é uma trepadeira da família das vitáceas, com tronco retorcido, ramos flexíveis, folhas grandes e repartidas em cinco lóbulos pontiagudos, flores esverdeadas em ramos, e cujo fruto é a uva. Originária da Ásia, a videira é cultivada em todas as regiões de clima temperado. A videira produz as uvas, fruto de cujo suco se produz o vinho. O cultivo da videira para a produção de vinho é uma das atividades mais antigas da civilização. Evidências indicam...

    5708  Palavras | 23  Páginas

  • Enxertia em videira

    A videira vem sendo explorada comercialmente no Brasil a mais de um século e se firmou como atividade socioeconômica de grande importância, inicialmente, em regiões de clima temperado dos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Minas Gerais e, posteriormente, em regiões de clima tropical e semi-tropical, especialmente, em áreas baianas e pernambucanas no submédio do Vale do Rio São Francisco, no Norte do Paraná, no Noroeste de São Paulo e ao Norte de Minas Gerais. Para o desenvolvimento...

    801  Palavras | 4  Páginas

  • Produção e composição química da uva de videiras cabernet sauvignon submetidas à adubação nitrogenada

    Produção e composição química da uva de videiras Cabernet Sauvignon submetidas à adubação nitrogenada   Grapes yield and chemistry composition in Cabernet Sauvignon grapevine with nitrogen fertilization     Gustavo BrunettoI, 1; Carlos Alberto CerettaII; João KaminskiII; George Wellington de MeloIII; Eduardo GirottoII; Eder Efrain TrentinII; Cledimar Rogério LourenziII; Renan Costa Beber VieiraIV; Luciano Colpo GatiboniV IDepartamento de Engenharia de Biossistemas, Universidade Federal de São...

    4320  Palavras | 18  Páginas

  • vinho

    Merece destaque a difusão da produção de uvas e vinhos, além de outros derivados, para regiões emergentes em diversas regiões do Brasil, desde a Metade Sul do Rio Grande do Sul até a região Nordeste, passando por pólos de importância crescente nos Estados de Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso e Goiás. A variabilidade de climas e solos do Brasil traz como resultado adicional um enorme potencial de obtenção de produtos com características diferenciadas, aptas a agradarem os diferentes paladares...

    12104  Palavras | 49  Páginas

  • Avaliação das condições do município de videira em relação à manutenção e operaçao dos tanques sépticos

    DAS CONDIÇÕES DO MUNICÍPIO DE VIDEIRA EM RELAÇÃO À MANUTENÇÃO E OPERAÇAO DOS TANQUES SÉPTICOS Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Curso de Engenharia Sanitária e Ambiental da Universidade do Oeste de Santa Catarina, como requisito parcial para a obtenção do diploma de Engenheiro Sanitarista e Ambiental. Orientador (a): Prof. Msc. Carla Suntti. Videira 2011 LISLIANE DE SOUZA MACALOSSI AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DO MUNICÍPIO DE VIDEIRA EM RELAÇÃO À MANUTENÇÃO E OPERAÇAO...

    8556  Palavras | 35  Páginas

  • Pragas do tomateiro e videiras

    ................................................................................................ 14 2.3.3 Pulgões (Myzus persicae e Macrosiphum euphorbiae) .................................................................................. 15 3 VIDEIRA ..................................................................................................................................................................16 3.1 DOENÇAS .......................................................................

    5451  Palavras | 22  Páginas

  • Doenças de Fruteiras Temperadas

    consideráveis de fibras que são essenciais para regularizar as funções intestinais.  Cultivado em quase todas as regiões do mundo de clima temperado e subtropical.  No Brasil, é encontrado principalmente nas regiões Sul e Sudeste, prevalecendo nos estados de São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e nas regiões do Sul de Minas Gerais.  Galha da coroa- Agrobacterium tumefaciens Encontrada em mais de 100 espécies de plantas Ocorre em viveiros de mudas ou pomares instalados em solos mal drenados ...

    3418  Palavras | 14  Páginas

  • Análise swot - desenvolvimento estratégico da vitivinicultura do rs

    3.2.1. Área de Fisiologia Vegetal e Fitotecnia. Sistema de Condução e Manejo da Videira. Em termos gerais, tanto o sistema de condução, como o manejo e as variações que cada sistema permite devem ser encarados como ferramentas da viticultura para se elevar o padrão de qualidade enológica das uvas de uma região. Esta visão, de certo modo, se contrapõe ao que vem sendo estimulado e adotado em alguns vinhedos do estado, pois não se pode garantir a qualidade enológica da uva pelo simples fato da adoção...

    9283  Palavras | 38  Páginas

  • Principais doenças da uva

    PRINCIPAIS DOENÇAS DA UVA Introdução As várias doenças causadas por fungos, que afetam a cultura da videira, se constituem em um dos mais sérios problemas com que o viticultor se defronta, sendo, muitas vezes, responsáveis pelo insucesso da cultura. A videira (Vitis spp.) quando cultivada em condições climáticas favoráveis (elevada umidade e temperaturas amenas) ao desenvolvimento de fungos, está sujeita a uma série de doenças, as quais poderão acarretar graves prejuízos se não forem devidamente...

    3160  Palavras | 13  Páginas

  • Anais da i jornada de iniciação cientifica da embrapa semi-árido

    durante a secagem. As amostras que sofreram pré-tratamento atingiram a condição de equilíbrio em menor tempo, entretanto com valores de umidade superiores à fruta in natura. Agradecimentos À FACEPE (Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco), pela concessão da bolsa de iniciação científica de Ana Clara Cabral e pelo apoio financeiro (Programa Primeiros Projetos), juntamente com o BNB (Banco do Nordeste do Brasil). Referências Bibliográficas AZOUBEL, P. M. Influência...

    30382  Palavras | 122  Páginas

  • 20Prev.Agríc.072013

    no estado fenológico do pintor, apresentando um bom aspeto vegetativo e maior uniformidade que no ano anterior. As condições climatéricas têm sido favoráveis ao desenvolvimento da cultura, com a floração e o vingamento a decorrerem sem incidentes, não havendo registos de problemas sanitários dignos de destaque. A produtividade da uva para vinho deverá registar aumentos de 10% face a 2012, enquanto que para a uva de mesa mantêm-se as previsões de um aumento de 5%, apresentando as videiras cachos...

    2016  Palavras | 9  Páginas

  • Trabalho sobre vinho verde

    Hanneke Wirtjes considera que o homo sapiens se aproveitava do processo natural de fermentação para produzir bebidas, misturando, de seguida, diferentes tipos de frutos. Dificilmente saberemos se conseguiram produzir vinhos. Sabe-se, no entanto, que a videira espontânea – Vitis Sylvestris – existe há mais de um milhão de anos. Fig.- Vitis Sylvestris Com alguma segurança podemos afirmar que a origem do vinho começa com a sedentarização da população, quando os últimos nómadas semearam os grãos e...

    18311  Palavras | 74  Páginas

  • Agronomia

    1 EXEMPLOS DE EPIDEMIAS: • Requeima da batatinha - (Phytophthora infestans ) 1845 – Europa, principalmente Irlanda e Inglaterra – desequilíbrio econ./social – causando a morte de 2 milhões de pessoas e a emigração de 1.000.000. • Míldio da videira - (Plasmopara viticola ) introd. Europa através de mudas importadas da América - graves conseq. aos países vitivinicultores, sobretudo a França. • Ferrugem do cafeeiro - (Hemileia vastatrix) - 1869 (Sri Lanka) – 200 mil ha. área cultivada provocou...

    2443  Palavras | 10  Páginas

  • Tipos videiras

    Casta de videiras Aragonês |Origem |Norte da Espanha | |Outros nomes |Tempranillo (Espanha), Cencibel (La Mancha, Espanha), Tinta del País (Espanha), Tinto Fino | | |(Espanha), Tinta de Toro (Espanha), Tinto de Madrid (Espanha), Ull de Llebre (Catalunha, | | |Espanha), Tinta Roriz (Portugal)...

    533  Palavras | 3  Páginas

  • A Cadeia Produtiva Da Uva Tcc 2

    depende muito da qualidade da uva. Mânica e Pommer (2006) dizem que nos últimos dez anos, a quantidade de uva exportada pelo Brasil aumentou. A Holanda recebeu 62% da uva brasileira na qual foi destinada ao mercado externo, visto que o Reino Unido e os Estados Unidos da América do Norte receberam 19% e 10% respectivamente da uva exportada pelo Brasil. A importação destes três países teve como principal objetivo o aumento de 92% do total exportado pelo Brasil no ano de 2005. 1.1 Importância e relevância...

    11947  Palavras | 48  Páginas

  • Ensaio fruticultura no estado de Minas Gerais

    Diagnóstico da fruticultura do estado de Minas Gerais páginas iniciais diag fruticultu1 1 17/4/2009 15:23:11 GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Aécio Neves Governador Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento Gilman Viana Rodrigues Secretário EPAMIG - Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais Conselho de Administração Gilman Viana Rodrigues Baldonedo Arthur Napoleão Silvio Crestana Adauto Ferreira Barcelos Osmar Aleixo Rodrigues Filho Décio Bruxel ...

    18544  Palavras | 75  Páginas

  • Implantação de um pomar

    produção também podem variar de região para região e com a tecnologia utilizada. Local para o cultivo de frutíferas Condições climáticas a) Temperatura: As plantas necessitam de diferentes valores de temperaturas para cada um de seus períodos fenológicos, tais como dormência, brotação, floração, frutificação, vegetação e maturação das frutas. b) Chuvas: A distribuição pluviométrica, ao longo do período do ano, é importante, pois o excesso de chuvas em um determinado período pode provocar o aparecimento...

    2025  Palavras | 9  Páginas

  • Zoneamento Agroclimático do Estado da Bahia: cultivos do Algodão e da Uva

    ESTADUAL PAULISTA CAMPUS EXPERIMENTAL DE OURINHOS Zoneamento Agroclimático do Estado da Bahia: cultivos do Algodão e da Uva Bruno Ferreira Martelato Yume Kikuda Silveira OURINHOS 2013 UNIVERSIDADE Zoneamento Agroclimático do Estado da Bahia apresentado à disciplina de Agrometeorologia, ministrada pela Professora Drª....

    2271  Palavras | 10  Páginas

  • trabalho

    Resumos do V CBA - Manejo de Agroecossistemas Sustentáveis Cultivo protegido: uma alternativa na produção orgânica de videira Plastic overhead cover: an alternative for organic grape production CHAVARRIA, Geraldo. Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, geraldochavarria@hotmail.com; SANTOS, Henrique Pessoa. Embrapa Clima Temperado; SÔNEGO, Olavo Roberto. Embrapa Clima Temperado; MARODIN, Gilmar Bettio1. UFRGS; BERGAMASCHI, Homero. UFRGS; SILVEIRA, Loana Cardoso. UFRGS; SCHENEIDER...

    1041  Palavras | 5  Páginas

  • As associações de municípios e a regionalização do estado de santa catarina

    DEPARTAMENTO DE GEOCIÊNCIAS COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA AS ASSOCIAÇÕES DE MUNICÍPIOS E A REGIONALIZAÇÃO DO ESTADO DE SANTA CATARINA Mestranda VALESCA MENEZES MARQUES Orientador PROF. PAULO FERNANDO DE ARAÚJO LAGO Co-Orientadora PROF.ª LEILA CHRISTINA DIAS Florianópolis – SC Maio / 2003 AS ASSOCIAÇÕES DE MUNICÍPIOS E A REGIONALIZAÇÃO DO ESTADO DE SANTA CATARINA VALESCA MENEZES MARQUES Dissertação apresentada ao Curso de Pós-Graduação em Geografia da Universidade...

    55606  Palavras | 223  Páginas

  • Apostila de horticultutra iii (completa)

    plantadas no Brasil são a laranjeira, o cajueiro e a bananeira. As frutas importadas em maior quantidade pertencem a família Rosaceae, que são produzidas em condições de clima temperado. No Brasil, essas fruteiras são plantadas principalmente nos estados da região sul (Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná) e em São Paulo. Já a uva é produzida na maioria das regiões, sendo que no nordeste é possível obter mais de duas colheitas por ano. Como as variedades de uvas sem sementes são mais procuradas...

    26527  Palavras | 107  Páginas

  • contabilidade da uva no estado Parana

    1. INTRODUÇÃO O presente trabalho tem como principal objetivo apresentar de forma sucinta o tema proposto, sendo este, o cultivo da uva no estado do Paraná, e de uma maneira prática a contabilidade de um produtor rural. Auxiliando assim a compreensão se não completa, pelo menos inicial da contabilidade agropecuária. 2. A HISTÓRIA DA UVA NO ESTADO DO PARANÁ Originaria do árido Cáucaso, na Ásia, é considerada por historiadores uma das frutas mais antigas utilizadas na alimentação humana...

    1661  Palavras | 7  Páginas

  • Sabiá mimosa

    a 5,9 mm de comprimento por 4,4 mm a 6,3 mm de largura, e 1,3 mm a 1,8 mm de espessura; tegumento castanho-claro a marrom, de superfície lisa lustrosa, com pleurograma, em forma de ferradura (FELICIANO, 1989). Biologia Reprodutiva e Eventos Fenológicos Sistema sexual: essa espécie é monóica. Vetor de polinização: essencialmente a abelha africanizada Apis mellifera (NORONHA, 1997) e diversos insetos pequenos. Floração: de março a abril, no Maranhão; de abril a junho em Pernambuco (CARVALHO, 1976);...

    6415  Palavras | 26  Páginas

  • Milho

    Revista Brasileira de Tecnologia Aplicada nas Ciências Agrárias, Guarapuava-PR, v.4, n.1, p.135–149, 2011. Artigo Científico Resumo Avaliação do ciclo fenológico da cultura do milho em função da soma térmica em Guarapuava, Sul do Brasil1 A disponibilidade térmica tem influência direta sobre o desenvolvimento fenológico das plantas, de tal forma que locais ou períodos com Marcus Vinicius Wagner 2 temperaturas mais elevadas determinam Sidnei Osmar Jadoski 3 aceleração em seu...

    4476  Palavras | 18  Páginas

  • URBANIZAÇÃO E O MEIO AMBIENTE – O IMPACTO DA VEGETAÇÃO SOB A REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NA AGÊNCIA REGIONAL DE VIDEIRA DA CELESC DISTRIBUIÇÃO

    AMBIENTE – O IMPACTO DA VEGETAÇÃO SOB A REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NA AGÊNCIA REGIONAL DE VIDEIRA DA CELESC DISTRIBUIÇÃO CAÇADOR – SC 2012 PAULO ROBERTO DOS SANTOS TIBES URBANIZAÇÃO E O MEIO Trabalho de conclusão de curso apresentado para obtenção do título...

    11488  Palavras | 46  Páginas

  • Avaliação de incidência de doenças na cultura do milho em função da aplicação de fungicida

    Incidência de Doenças Foliares em Cinco Cultivares de Milho Submetidos à Aplicação Foliar de Fungicida em Diferentes Estádios Fenológicos Willian Bosquette1, José Barbosa Duarte Júnior2, Gabriel Matheus Fachin3, Milciades Ariel Melgarejo Arrua4 e Antonio Carlos Torres da Costa5 1Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE, Marechal Cândido Rondon- PR. willian_agro@hotmail.com 1Acadêmico da UNIOESTE e bolsista CNPq/Pibic, 2,5Professor Adjunto da UNIOESTE/CCA/Agronomia, jose.junior6@unioeste...

    2374  Palavras | 10  Páginas

  • Vinicultura

    diferentes tanques de fermentação... ................ 78 Figura 25. Atesto das barricas na cave de amadurecimento dos vinhos... ................................... 79 10 x LISTA DE TABELAS Tabela 1. Relação dos porta-enxertos indicados para o Estado de Santa Catarina. ..................... 24 Tabela 2. Relação entre número de armadilhas para Grapholita molesta e área do pomar......... 34 Tabela 3. Número de frascos necessários para controle de Anastrepha fraterculus de acordo com a área...

    25418  Palavras | 102  Páginas

  • Sansao do campo

    tocadas por qualquer corpo estranho (BURKART, 1979). Parece que o nome vulgar sabiá lhe decorre da cor da casca, parecida com a plumagem do conhecido cantor de nossas matas, pássaro do gênero Turdis (BRAGA, 1960; TIGRE, 1970). Ocorre naturalmente nos Estados do Rio Grande do Norte, Piauí e Ceará, na região Nordeste do Brasil. Nome popular: Sabiá, sebiá, sansão-do-campo. Nome científico: Mimosa caesalpinifolia Origem: Brasil Ciclo de vida: Perene. De acordo com o Sistema de Classificação de Cronquist...

    5084  Palavras | 21  Páginas

  • PriscilaReginato

    esporângios e esporangióforos (D). Todas as figuras são do autor, exceto a figura 1D, cedida por Jwu-Guh Tsay...................................... FIGURA 2 Incidência (A) e severidade (B) de míldio em trifólios, em diferentes datas e estádios fenológicos de soja, cultivar BRS 133, submetida a diferentes fungicidas e condições climáticas (C), durante a condução do ensaio. Dourados – MS.................................................................... FIGURA 3 Massa de 1000 grãos (A), produtividade...

    13749  Palavras | 55  Páginas

  • Aspectos reprodutivos de espécies de Mucugê

    ASPECTOS FENOLÓGICOS E REPRODUTIVOS DA PORTUCALA WERDERMANNII E DA PAEPALANTHUS PULVINATUS NO MUNICÍPIO DE MUCUGÊ, NA BAHIA. SALVADOR 2014 SALVADOR 2014 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO O município de Mucugê localiza-se na Chapada Diamantina no estado da Bahia. É uma das...

    2169  Palavras | 9  Páginas

  • Fenologia de senna macranthera (collad.) irwin & barneby e senna multijuga (rich.) irwin & barneby no parque nacional da serra dos órgãos e na área urbana de teresópolis - rj

    Instituto de Florestas, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ, 2006. O presente estudo apresenta o comportamento fenológico de duas espécies de leguminosas arbóreas da Mata Atlântica (Senna macranthera e Senna multijuga). A coleta de dados foi realizada em duas localidades com marcantes diferenças fisionômicas, no município de Teresópolis, Estado do Rio de Janeiro (UA1 – Área de floresta no Parque Nacional da Serra dos Órgãos e UA2 – Área urbana de Teresópolis), no período de um...

    7293  Palavras | 30  Páginas

  • Acumulo de micronutrientes em sorgo

    sendo que as exigências nutricionais são variáveis. O presente estudo teve como objetivo determinar o acúmulo dos micronutrientes (Fe, Cu, Zn, Mn, B) e de matéria seca na planta de sorgo granífero cultivado na safrinha, em função dos estádios fenológicos da cultura. O experimento foi conduzido na fazenda em Janaúba - MG, utilizando o híbrido de sorgo DKB 599. Utilizou-se o delineamento em blocos casualizados e tratamentos dispostos num esquema fatorial 9 x 4, sendo nove épocas de avaliação (E1 =...

    1889  Palavras | 8  Páginas

  • Seminário Milho Pipoca - Plantas de Lavoura

    didático no Centro de Ciências Agrárias da UFSC. Objetivos Específicos • Realizar o teste de germinação com as sementes de milho e determinar o cálculo de semeadura. • Realizar a implantação do canteiro. • Acompanhar o desenvolvimento dos estádios fenológicos da cultura analisando a influência de fatores bióticos e abióticos. Taxonomia do Milho • Reino: Plantae • Divisão: Magnoliophyta • Classe: Liliopsida • Ordem: Poales • Família: Poaceae • Subfamília: Panicoideae • Tribo: Maydeae • Gênero: Zea •...

    1598  Palavras | 7  Páginas

tracking img