Uma Partícula Possui Dois Prótons Dois Nêutrons E Três Elétrons Pode Se Dizer Que Se Trata De Um artigos e trabalhos de pesquisa

  • Particulas

    conhecimentos sobre as Partículas Subatômicas que se refere à designação genéricas daquelas cujas dimensões são muito menores que as de um átomo. As partículas podem ser classificadas em termos das interações fundamentais a que estão sujeitas. As partículas que estão sujeitas a interação forte são chamadas de hádrons e as partículas que estão sujeitas a interação fraca são chamadas de léptons. No decorrer do século XX, foi comprovada a existência de aproximadamente 200 destas partículas. Neste período...

    2322  Palavras | 10  Páginas

  • Modelos Atômicos, Raios Cósmicos e Partículas Elementares

    Modelos Atômicos Inicialmente o átomo foi considerado como uma partícula maciça e indivisível, porém, com o passar do tempo, novas pesquisas revelaram que o átomo não era indivisível. Foi então que, a partir de novas experiências, surgiram novos modelos atômicos. • Thomson O modelo atômico de Thomson é conhecido como “pudim de passas” e enuncia que o átomo é uma esfera de carga elétrica positiva, não maciça e que nela se encontram cargas negativas estáticas...

    1821  Palavras | 8  Páginas

  • Físca de partículas

    Decaimento beta (β -) 35 Figura 5-4: Espalhamento de um neutrino de múon por um elétron 35 Figura 5-5: Interação entre um próton e um nêutron 38 Figura 5- 6: Interação entre os quarks 38 Figura 6-1: Uma das partes que compõem o acelerador de partículas (LHC): O detector ATLAS 45 Figura 6-2 (a): Grupo dos oito bárions mais leves 47 Figura 6-2 (b): Grupo dos mésons mais leves com spin 0 47 Figura 6-2 (c): Grupo dos dez bárions mais leves com spin 3/2 48 Figura 6-3 (a): Combinação quark-antiquark...

    8248  Palavras | 33  Páginas

  • Física de Partículas

    Física B Tema: Física de Partículas Janeiro de 2013 1 Índice 1. Introdução 3 2. Contexto Histórico 3 3. Modelo Padrão de Física de Partículas 4 3.1 Interação Entre Partículas 4 3.2 Antimatéria 5 4. LHC (Large Hadron Collider – LHC) 6 4.1 Funcionamento 6 4.2 Experimentos 8 5. Bóson de Higgs 9 6. Conclusões 9 7. Referências Bibliográficas 10 2 1. Introdução A física de partículas e campos é a área da física...

    3286  Palavras | 14  Páginas

  • Partículas Subatomicas

    3.9.Antimatéria......................................................................................15 3.10.Matéria Estranha...........................................................................16 3.11.Acelerador de Partículas...............................................................17 3.12.Buraco Negro................................................................................18 4.CONCLUSÃO.........................................................

    6471  Palavras | 26  Páginas

  • Alguns problemas de fronteiras em física de partículas.

    procurar entender um pouco sobre as partículas elementares, no que diz respeito às 32 partículas previstas pelo modelo padrão, estudar os resultados encontrados nos aceleradores LEPI e LEPII. Conhecer e tentar entender os conceitos de matéria e energia escura, os candidatos a matéria escura que o modelo das interações eletro-fracas e forte dispões, como por exemplo, WIMPs, AXIONs... Procurar entender a partícula Higgs, e porque ela é tão importante para a física de partículas. E por fim estudar as forças...

    5710  Palavras | 23  Páginas

  • Aceleradores de Partículas

    Acelerador de Particulas Eles são os maiores laboratórios já construídos pelo homem. Por fora, parecem grandes túneis, que podem ser retos ou em forma de anel e ter vários quilômetros de extensão. Dentro deles, as partículas que compõem os átomos - como prótons e elétrons - são aceleradas a velocidades próximas à da luz. Durante o trajeto pelo grande túnel, elas se chocam contra obstáculos ou até mesmo umas com as outras. Para quê? Para os cientistas entenderem melhor os mais ínfimos componentes...

    1248  Palavras | 5  Páginas

  • Introdução ao Estudo de Particulas Elementares

    Introdução ao Estudo de Física de Partículas Elementares Relatório Parcial Referente às Atividades Realizadas no 1º Semestre de 2014 Aluno: Rodrigo Tenório de Siqueira Orientador: Orlando Luis Goulart Peres Universidade Estadual de Campinas – Unicamp Campinas – São Paulo 2014 Título: Introdução à Física de Partículas Elementares Aluno: Rodrigo Tenório de Siqueira Curso: Programa de Formação Interdisciplinar – PRG Orientador: Orlando Luis Goulart...

    2027  Palavras | 9  Páginas

  • acelerador de partículas e outros!

    Acelerador de partículas! Os aceleradores de partículas são equipamentos que fornecem energia a feixes de partículas subatômicas eletricamente carregadas. Todos os aceleradores de partículas possibilitam a concentração de grande energia em pequeno volume e em posições arbitradas e controladas de forma precisa. Exemplos comuns de aceleradores de partículas existem nas televisões e geradores de raios-X, na produção de isótopos radioativos, na radioterapia do câncer, na radiografia de alta potência...

    3657  Palavras | 15  Páginas

  • Particulas elementares

    Partícula elementar Em física de partículas, uma partícula elementar ou partícula fundamental é uma partícula que não possui nenhuma subestrutura. Por exemplo, átomos são feitos de partículas menores conhecidas como elétrons, prótons e nêutrons. Os prótons e nêutrons, por sua vez, são compostos de partículas mais elementares conhecidas como quarks. Um dos mais notáveis da física de partículas é encontrar as partículas mais elementares – ou as co-denominadas partículas fundamentais – as quais constroem...

    2171  Palavras | 9  Páginas

  • Acelerador de particulas

    Acelerador de partículas Introdução: O acelerador de partículas do Instituto Weizmann da Ciência em Rehovot, Israel. Os aceleradores de partículas são equipamentos que fornecem energia a feixes de partículas subatômicas eletricamente carregadas. Todos os aceleradores de partículas possibilitam a concentração de alta energia em pequeno volume e em posições arbitradas e controladas de forma precisa. Exemplos comuns de aceleradores de partículas existem nas televisões e geradores de raios-X,...

    2040  Palavras | 9  Páginas

  • Acelerador de particulas subatomicas

    estrutura do átomo. Descobrimos que o átomo era feito de fragmentos bem pequenos chamados partículas subatômicas: mais notadamente o próton, o nêutron e o elétron. Entretanto, os experimentos conduzidos na segunda metade do século XX com os "quebradores de átomos", ou os aceleradores de partícula, revelaram que a estrutura subatômica do átomo era muito mais complexa. Os aceleradores de partículas podem pegar uma partícula, tal como um elétron, acelerá-lo até quase a velocidade da luz, colidi-lo com um átomo...

    3244  Palavras | 13  Páginas

  • Aceleradores Lineares de Particulas

    Eletromagnetismo Aceleradores lineares de partículas ACELERADORES LINEARES DE PARTÍCULAS Resumo Com o passar dos anos a ciência vem evoluindo de maneira exponencial trazendo soluções inimagináveis, principalmente nos dias de hoje onde a tecnologia está totalmente a favor de novas pesquisas, os recursos para novas descobertas são praticamente ilimitados. Com a ajuda desses inúmeros recursos que vem sendo utilizados desde o início do século XX, foi descoberto o átomo e que ele é feito...

    3536  Palavras | 15  Páginas

  • Aceleradores de partículas

    ACELERADORES DE PARTÍCULAS INTRODUÇÃO No início do século XX, foi descoberta a estrutura do átomo. A partir disto pôde-se perceber que o átomo era feito de fragmentos menores aos quais deram o nome de partículas subatômicas. No entanto, tinham a idéia que essas partículas eram mais notadamente os prótons, nêutrons e os elétrons. Entretanto, os experimentos conduzidos na segunda metade do século XX com os “quebradores de átomos” ou “aceleradores de partículas”, revelaram que a estrutura...

    2819  Palavras | 12  Páginas

  • Particulas atomicas

    trabalho será apresentado as seguintes partículas atômicas: Elétrons que são partículas de carga negativa, que giram em torno do átomo, responsável pela criação de campos magnéticos e elétricos. Os elétrons são utilizados na vida cotidiana, como os raios catódicos de um televisor, por exemplo. Prótons que são partículas subatômicas que fazem parte do núcleo de todos os elementos. Diferentemente de Elétrons, os prótons possuem carga elétrica positiva. Os prótons são utilizados para a formação de componentes...

    1629  Palavras | 7  Páginas

  • O atomo e suas particulas

    Átomo e suas Partículas A matéria que compõe os corpos que a Física e a Química estudam é organizada em porções que os gregos chamaram de átomos, isto é, indivisível. Hoje sabemos que os átomos não são indivisíveis, mas que têm uma estrutura interna. Nos primeiros anos após a descoberta da divisibilidade do átomo, pensou-se que eles eram formados por duas partículas, os elétrons (com carga elétrica negativa) e os prótons (com a mesma carga elétrica do elétron, mas positiva). Os prótons se localizavam...

    824  Palavras | 4  Páginas

  • Partículas Elementares

    Partículas Elementares Laureana Moreira Mota De que a matéria é feita no seu nível mais fundamental? Sabemos hoje que umas poucas partículas constroem o Universo, principalmente em se tratando de matéria padrão. E muitas partículas existem que só aparecem em casos especiais, como em raios cósmicos ou em aceleradores de partículas. Mas, quais são as partículas elementares? Qual a natureza das leis que governam o comportamento dessas partículas? Por que elas se juntam e formam outras partículas...

    1645  Palavras | 7  Páginas

  • Partículas Elementares

    Partículas Elementares A física de hoje tem uma espécie de “tabela” que lista todas as partículas elementares que são os menores elementos presentes em tudo que há no Universo, constituem toda a matéria cósmica percebida pela visão. Estes constituintes básicos da existência não podem ser fragmentados em porções mais reduzidas, são basicamente os tijolos fundamentais da matéria. Enquanto os elétrons, localizados em volta do núcleo atômico, realmente não podem, até onde se sabe, ser divididos...

    1143  Palavras | 5  Páginas

  • Aceleração de particulas

    ACELERADORES DE PARTÍCULAS INTRODUÇÃO No início do século XX, descobrimos a estrutura do átomo. Descobrimos que o átomo era feito de fragmentos bem pequenos chamados partículas subatômicas: mais notadamente o próton, o nêutron e o elétron. Entretanto, os experimentos conduzidos na segunda metade do século XX com os "quebradores de átomos", ou os aceleradores de partícula, revelaram que a estrutura subatômica do átomo era muito mais complexa. Os aceleradores de partículas podem pegar uma...

    5327  Palavras | 22  Páginas

  • Partículas Elementares

    Partículas Elementares INTRODUÇÃO Foram os filósofos gregos que primeiro observaram a grande quantidade de matéria existente na natureza. Eles então deduziram que tudo isso devesse vir de algo que pudesse originar tal variedade. Emócrito e Leucipo já usavam o termo átomo por volta de 460 a.C., para fins de estudo, mas foi apenas no século XIX que houve a convicção de que toda matéria de fato é constituída por átomos. Acreditou-se que o átomo seria a origem da matéria, pelo fato de que, no...

    1246  Palavras | 5  Páginas

  • Maior acelerador de partículas do mundo

    Maior acelerador de partículas do mundo, o LHC, começa a operar nesta quarta Projeto de pesquisa básica europeu custou mais de 3 bilhões de euros. Experimentos têm potencial para revolucionar as atuais teorias físicas. Salvador Nogueira Do G1, em São Paulo Técnica checa conexões no interior do túnel subterrâneo do LHC (Foto: Cern) Nesta quarta-feira (10), o maior acelerador de partículas do mundo entrará em operação. A um custo estimado em mais de 3 bilhões de euros, o LHC sondará as entranhas...

    1523  Palavras | 7  Páginas

  • Química- Partículas Elementares

     Partículas Elementares Índice Introdução 2 Evolução dos modelos da matéria 2 Modelo Atômico Atual 3 Detecção e identificação de partículas 4 A natureza e a intensidade das forças nas transformações das partículas 4 Conclusão 6 Bibliografia 7 Introdução Em física de partículas, uma partícula elementar é uma partícula da qual outras partículas maiores são compostas. Por exemplo, átomos são feitos de partículas menores conhecidas como...

    2032  Palavras | 9  Páginas

  • Quarks a ciencia no brasil e particulas elementares

    nome de partículas elementares àquelas não constituídas por outras menores. Podemos citar como exemplo de partícula elementar o elétron (partícula portadora de carga negativa) e o fóton (partícula de luz). O átomo, ao contrário do que muitos pensam, não é uma partícula elementar pois é constituído por elétrons que giram ao redor do seu núcleo central, e em seu núcleo há prótons e nêutrons fortemente ligados por interações de caráter núclear. Antigamente achava-se que prótons e nêutrons fossem partículas...

    791  Palavras | 4  Páginas

  • Cinética das Partículas, Força, Massa, Aceleração e Equação do Movimento

    LUISA GUIMARÃES PALOMA VASCONCELOS HERCULADO SUIANE LIMA CARLOS RIO BRANCO – AC 2014 BARBARA OTSUKA DAPHNE DE OLIVEIRA PERES JESSICA KARINE BARROS SILVA LUISA GUIMARÃES PALOMA VASCONCELOS HERCULANO SUIANE LIMA CARLOS Cinética das Partículas, Força, Massa, Aceleração e Equação do Movimento. Trabalho requisito apresentado parcial como para a obtenção de parte da nota da n2 na disciplina Mecânica Geral, no curso de Engenharia Civil, na Universidade Federal ...

    3234  Palavras | 13  Páginas

  • Acelerador de partículas

    ACELERADORES DE PARTÍCULAS Os aceleradores de partículas ou “quebradores de átomos” são equipamentos que fornecem energia a feixes de partículas subatômicas eletricamente carregadas (próton, elétron e nêutron). Eles possibilitam a concentração de alta energia em pequeno volume e em posições arbitradas e controladas de forma precisa. Dessa forma, é possível pegar uma partícula, um elétron, por exemplo, e acelerá-la até uma velocidade próxima a da luz, e depois disso, colidi-la com um átomo, com...

    1324  Palavras | 6  Páginas

  • Acelerador de particulas

    extensão. Dentro deles, as partículas que compõem os átomos - como prótons e elétrons - são aceleradas a velocidades próximas à da luz. Durante o trajeto pelo grande túnel, elas se chocam contra obstáculos ou até mesmo umas com as outras. Para quê? Para os cientistas entenderem melhor os mais ínfimos componentes da matéria. Os quarks, por exemplo, que formam prótons e nêutrons, só foram descobertos em aceleradores. Só com esse tipo de equipamento é possível quebrar partículas incrivelmente densas e milhões...

    1286  Palavras | 6  Páginas

  • como escrever com eletrons

    P. 188 FONE FAX – 0XX 47 36440716 - e mail – eefjz@sed.sc.gov.br COMO ESCREVER COM ELÉTRONS CRISTIANE MENELLI KOVALCZIKOWSKI EDUARDO EMANUEL FERREIRA JAINE APARECIDA DA SILVA JAYSON KRUGER KARINA CAMARGO KLEYSON PENKAL RIBEIRO PROFESSORA: PÂMELA ANDREZA PADILHA FÍSICA RIO NEGRINHO 2015 RESUMO Para escrevermos com elétrons, ou seja, usando a eletricidade, usaremos a “caneta de elétrons”. A “caneta de elétrons” funciona porque o alumínio, a água e o sal de cozinha conduzem muito bem a eletricidade...

    2133  Palavras | 9  Páginas

  • As partículas fundamentais

    As partículas fundamentais Roberto A. Salmeron - USP [pic] Recomende esta página para um amigo [pic] Imprimir Chamam-se partículas fundamentais às partículas constituintes do átomo (antigamente eram chamadas partículas elementares; mas, depois se descobriu que várias delas podem se desdobrar em duas ou mais partículas, isto é, não são elementares). Atualmente conhece-se onze partículas fundamentais cuja existência está definitivamente comprovada. Além dessas, há várias que foram descobertas...

    1378  Palavras | 6  Páginas

  • Escrever com eletrons

    (neutro) possui a mesma quantidade de prótons e elétrons. PRÓTONS: É uma partícula subatômica que faz parte do núcleo de todos os elementos. O próton tem carga elétrica positiva. NÊUTRON: É uma das partículas, junto com o próton, que formam os núcleos atômicos. Fora do núcleo atômico é instável e tem uma vida média de cerca de 15 minutos, emitindo um elétron e um antineutrino para se converter em um próton. Sua massa é muito similar à do próton. Ele não tem carga. ELÉTRONS: É uma partícula que circunda...

    1911  Palavras | 8  Páginas

  • Aceleradores de partículas

    ELETRICIDADE E CALOR Aceleradores de Partículas Pedro Henrique Alencar Pereira Veras 12/Maio/2011 A4961F-4 Índice Introdução Os Aceleradores de Partículas Quando surgiram? O que são? Tipos de Aceleradores Aceleradores Lineares Aceleradores Cíclicos Mas como colidir os prótons então? Aceleradores de Partículas ar redor do mundo REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 1 2 2 3 4 4 6 8 9 11 Introdução Todos sabemos que, no século XX o homem desenvolveu técnicas para “conquistar o poder do átomo”...

    2070  Palavras | 9  Páginas

  • Acelerador de particulas

    Cardoso RANCHO QUEIMADO 2012/01 ACELERADOR DE PARTÍCULAS Aceleradores de partículas são aparelhos que tem o objetivo de acelerar partículas subatômicas eletricamente carregadas (prótons, elétrons e nêutrons) a grandes velocidades. As partículas são aceleradas a velocidades próximas as da luz, utilizando campos eletromagnéticos para esse efeito. O único requisito para acelerar partículas é o de que estas tenham carga elétrica e consigam sobreviver tempo suficiente...

    762  Palavras | 4  Páginas

  • Particulas carregadas

    Partículas carregadas Gustavo A. Pina Marco Antonio Z. Gil Pedro Garcia Giacon Rafael Pacheco Theo Kaminski Victor Breve Bochetti Novembro, 2011 Diadema – SP Professora Para uma melhor analise do que são partículas carregadas, faremos uma breve introdução nos modelos atômicos através da história. O químico inglês John Dalton, que viveu entre 1.766 a 1.825, afirmava que o átomo era a partícula elementar, a menor partícula que constituía...

    1188  Palavras | 5  Páginas

  • Dois

    BE1-ELETRICIDADE (CIVIL) 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS ENTREGA INDIVIDUAL EM CAPA DA FESP ATÉ 01 DE ABRIL DE 2011 NO PROTOCOLO . PROFESSOR: JOSÉ MARIA BONATO 1) Nos metais, as partículas responsáveis pela condução de corrente elétrica são: a) moléculas carregadas positivamente. b) prótons. c) núcleos livres. d) elétrons. e) neutrons. 2) Numa residência estão ligadas 3 lâmpadas de 100W, 1 ferro elétrico de 500W e 1 geladeira que consome 300W. A diferença de potencial na rede é de 110V. Calcule a corrente...

    1166  Palavras | 5  Páginas

  • Particulas elementares

    Partícula elementar Em física de partículas, uma partícula elementar ou partícula fundamental é uma partícula que não possui nenhuma subestrutura1 . Por exemplo, átomos são feitos de partículas menores conhecidas como elétronsprótons e nêutrons. Os prótons e nêutrons, por sua vez, são compostos de partículas mais elementares conhecidas como quarks. Um dos mais notáveis da física de partículas é encontrar as partículas mais elementares – ou as co-denominadas partículas fundamentais – as quais...

    895  Palavras | 4  Páginas

  • Física - Partículas Elementares

     Partículas Elementares Os constituintes básicos de todo o Universo Resumo Segundo o modelo de Bohr, os átomos são formados por elétrons que estão em órbita em torno de um núcleo que é formado por prótons e nêutrons. Porém o átomo é muito mais complexo do que isto. Ao mesmo tempo, a física de partículas elementares, nos revelou que: os prótons e nêutrons não eram partículas verdadeiramente elementares. Tanto os prótons como os nêutrons eram formados por...

    954  Palavras | 4  Páginas

  • Partículas elementares

    ○ ○ ○ ○ ○ Quantas e quais são as partículas elementares que compõem a matéria observada no nosso universo? Neste artigo contamos brevemente a descoberta destas partículas elementares. Representações lúdicas e artísticas tentam amenizar para o leitor essa aventura maravilhosa. 38 Q uantas e quais são as partículas elementares que compõem a matéria observada no nosso universo? Não exatamente usando o conceito de partículas elementares (que é moderno), durante milhares de...

    5906  Palavras | 24  Páginas

  • Química

    fosse um objeto macroscópico, com um diâmetro de 100 m, qual seria o diâmetro do núcleo de tal átomo? Você consegue imaginar um objeto que seja deste tamanho? Para o cálculo devemos converter as unidades, passar tudo para metros e fazer a regra de três. 1 pm ------ 10-12 m 0,001 pm---- x x = (0,001 x 10-12)/1 x = 0,001 x 10-12 m 0,001 pm corresponde a 0,001 x 10-12 m. 1 pm ------ 10-12 m 100 pm---- x x = (100 x 10-12)/1 x = 100 x 10-12 m 100 pm corresponde a 100 x 10-12 m. Raio do núcleo H = 0,001...

    2328  Palavras | 10  Páginas

  • Ufms

    ATOMÍSTICA O que é átomo Átomo é a menor partícula que ainda caracteriza a matéria. Estrutura do átomo Já vimos que um átomo é tão pequeno, que não conseguimos enxergá-lo, mesmo com a ajuda de um microscópio. Mas através de resultados experimentais, conseguimos chegar ao que é chamado de modelo atômico. Um átomo é constituído por uma parte central chamada de núcleo atômico: Onde se encontram os prótons (partículas positivas) e os nêutrons (partículas neutras). E outra parte que circunda esta...

    1911  Palavras | 8  Páginas

  • ÁTOMOS

    gregos. Segundo eles a matéria seria constituída por pequenas partículas indivisíveis às quais deram o nome de átomos (palavra grega que significa não divisíveis). A matéria não se poderia dividir infinitamente, porque o átomo era sua unidade fundamental. Essas especulações não possuíam base experimental. Em 1808, o professor e químico inglês, John Dalton, com base nas idéias dos antigos gregos admitiu que a matéria é formada por partículas esféricas e indivisíveis: os átomos. As idéias de Dalton sobre...

    4143  Palavras | 17  Páginas

  • 0Oficina d quimik anhanguera com resposta nota 10

    Uma partícula possui dois prótons, dois nêutrons e três elétrons. Pode-se dizer que se trata de um: Escolher uma resposta. | a. um íon positivo | | | b. um átomo | | | c. um ânion | x | | d. um pósitron | | | e. um cátion | | Resposta correta: Ânion, pois possui mais partículas negativas (elétrons) do que partículas positivas (próton). Comentários resposta correta: Parabéns! Uma partícula que apresenta igual número de prótons e elétrons recebe o nome de átomo. A partícula...

    944  Palavras | 4  Páginas

  • oficina de quimica

    500 IV 80 100 V 30 10 Escolher uma resposta. a. I b. II Correto c. III d. IV e. V Resposta correta: O material dois, pois possui massa igual a 200g e ocupa um volume de 10mL, logo, sua densidade é 200g dividido por 10mL, ou seja, 20g/mL. Comentários resposta correta: Muito bom! Sua densidade é 200g dividido por 10mL, ou seja, 20g/mL. Também pode ser escrito da seguinte forma: g/cm3. Correto Notas relativas a este envio: 1/1. Ques A porcentagem em massa de carbono no formaldeído...

    899  Palavras | 4  Páginas

  • Oficina de Quimica

    semelhante a um “pudim de passas” e. é descobridor do nêutron Resposta correta: Realmente, Rutherford propôs um modelo em que o átomo apresenta duas regiões distintas: o núcleo (pequeno, denso e positivo) onde ficam os prótons e os nêutrons, e a eletrosfera, onde os elétrons ficam girando ao redor do núcleo, assim como os planetas que ficam girando ao redor do Sol. Comentários resposta correta: Certa resposta! É isso aí, o cientista Ernest Rutherford foi quem formulou o modelo atômico planetário...

    932  Palavras | 4  Páginas

  • Exercicio de quimica

    no escuro. Essas figuras apresentam em sua constituição a substância sulfeto de zinco. O fenômeno ocorre porque alguns elétrons que compõem os átomos dessa substância absorvem energia luminosa e saltam para níveis de energia mais externos. No escuro, esses elétrons retornam aos seus níveis originais, liberando energia luminosa e fazendo a figurinha brilhar. Essa característica pode ser explicada considerando-se o modelo atômico proposto por: a) Dalton. b) Thompson. c) Lavoisier. d) Rutherford. ...

    11206  Palavras | 45  Páginas

  • Oficina de quimica

    estequiométrico e número de moléculas )) Resposta correta: Os números 2 e 3 são chamados de coeficientes e indicam a quantidade de moléculas. Comentários resposta correta: Parabéns! Os números 2 e 3 são chamados de coeficientes estequiométricos. Pode ser interpretado como número de moléculas ou número de mols de moléculas. ******************************************************************************************************************************** 2-Quantas moléculas de butano (C4H10) existem...

    690  Palavras | 3  Páginas

  • Evolução do átomo

    BÓSON – são partículas que possuem spin inteiro, essas promovem interações entre outras particulas. 2. ESCOPO - (latim scopus, -i, do grego skopós, -oú, observador, espião, vigilante) s. m. Alvo, mira. Objectivo! Objetivo que se pretende atingir. = desígnio, fim, intuito, propósito Limite ou abrangência de uma operação (ex.: ainda não definiram o escopo da campanha). 3. FÉRMION – partículas de spin semi-inteiro, alguns exemplos são os eletrons, os protons e os neutrons. 4. HÁDRON...

    3899  Palavras | 16  Páginas

  • Oficina de Química

    1 Notas: 1 Quantas substâncias simples possui uma mistura gasosa contendo CO2(g), H2(g), N2(g), H2O(g), CH4(g) e HCN(g). Escolher uma resposta. a. 3 b. 2 Correto c. 4 d. 1 e. 5 Resposta correta: Apenas duas substâncias simples: H2 e N2. Comentários resposta correta: Muito bom! Excelente! Substâncias simples são aquelas formadas por um único elemento químico. Correto Notas relativas a este envio: 1/1. Question 2 Notas: 1 Identifique a opção em que está representada a...

    914  Palavras | 4  Páginas

  • Oficina de quimica anhanguera

    criou um modelo para o átomo semelhante ao “Sistema Solar” Resposta correta: Realmente, Rutherford propôs um modelo em que o átomo apresenta duas regiões distintas: o núcleo (pequeno, denso e positivo) onde ficam os prótons e os nêutrons, e a eletrosfera, onde os elétrons ficam girando ao redor do núcleo, assim como os planetas que ficam girando ao redor do Sol. Comentários resposta correta: Certa resposta! É isso aí, o cientista Ernest Rutherford foi quem formulou o modelo atômico planetário...

    876  Palavras | 4  Páginas

  • fontes renovaveis

    1. Modelo Atômico Modelos atômicos foram sugeridos, desde a Antiguidade, por gregos como Demócrito de Abdera(420 a.C.) e Leucipo (450 a.C.), que já afirmavam que a matéria era composta por pequenas partículas que receberam a denominação de átomo, palavra que em grego significa indivisível. Esse modelo é um modelo filosófico sem forma definida e sem núcleo, e não tem nenhuma base científica. Desde então passou por modelos propostos por Dalton(1803) e por Thomson (1898), até chegar ao modelo...

    2549  Palavras | 11  Páginas

  • radiação

    Radiação Corresponde a uma propagação de energia, sendo dividida geralmente em dois grupos: Radiação corpuscular e Radiação eletromagnética Energia de uma partícula: Ec  1 2 mv 2 Energia de uma onda eletromagnética: cf E  h. f Dualidade onda-partícula: mv  h  6,63x1034 J .s  4,14 x1015 eV .s, h  c  3x108 m / s Tipos de Radiação Dependendo da quantidade de energia, uma radiação pode ser descrita como não ionizante ou ionizante. Radiações não ionizantes...

    2627  Palavras | 11  Páginas

  • Difração de Elétrons

    1. Introdução De Broglie postulou que partículas de massa “m” e velocidade “v” teriam um momentum: E uma energia cinética: O momento pode ser calculado da velocidade que o elétron adquire ao se acelerar numa diferença de potencial UA: O comprimento de onda é então Admitindo h = 6,625x10⁻ᴲ⁴J.s (valor da constante de Planck), e = 1,602x10⁻¹⁹C (carga do elétron) e m = 9,109x10⁻³¹kg (a massa de repouso do elétron). Chamamos a distância d de distância entre planos de...

    1502  Palavras | 7  Páginas

  • Quimica

    ideia dos átomos como constituintes básicos da matéria. Para ele os átomos seriam partículas pequenas, indivisíveis e indestrutíveis. Essas partículas eram esferas de diferentes tipos em relação a quantidades de átomos conhecidos. A palavra átomo, de origem grega, significa exatamente indivisível, pois segundo Demócrito, a sua divisão era impossível. O modelo atômico que desenvolveu, representava o átomo como uma partícula maciça. Ficou então conhecido como o modelo da "Bola de bilhar", também chamado...

    3879  Palavras | 16  Páginas

  • Oficina de quimica

    aglomerado de cátions e ânions. Tais partículas são chamadas genericamente de íons. Correto Notas relativas a este envio: 1/1. Question 2 Notas: 1 Uma partícula possui dois prótons, dois nêutrons e três elétrons. Pode-se dizer que se trata de um: Escolher uma resposta. a. um ânion Correto b. um cátion c. um átomo d. um pósitron e. um íon positivo Resposta correta: Ânion, pois possui mais partículas negativas (elétrons) do que partículas positivas (próton). Comentários...

    998  Palavras | 4  Páginas

  • Pesquisas: o que são prótons, nêutrons, íon, ânion, cátion.

    prótons, nêutrons e elétrons íon, ânion, cátion As partículas subatômicas: os componentes do átomo Durante muitos séculos acreditou-se que todos os átomos fossem constituídos do mesmo material, mas que diferissem em forma e tamanho. As idéias sobre os átomos foram sendo alteradas com o tempo, e no início do século XX, com os avanços tecnológicos-científicos, possibilitou a um cientista chamado Rutherford idealizar um modelo de átomo. Segundo esse modelo, ele teria duas regiões: • Uma região...

    764  Palavras | 4  Páginas

  • Oficina de quimica - anhanguera

    Com base nos conhecimentos sobre soluções, pode-se afirmar: Escolher uma resposta. a. O etanol é separado do álcool hidratado por destilação simples. b. Soluções saturadas apresentam soluto em quantidade menor do que o limite estabelecido pelo coeficiente de solubilidade. c. Dissolvendo-se 10 g de NaCl em água, de tal forma que o volume total seja 500 mL, a concentração da solução obtida é igual a 0,513 mol/L. d. A solubilidade de qualquer substância química, em água, aumenta com...

    1169  Palavras | 5  Páginas

  • Atomistica Estrutura Do Atomo

    Atomística – Estrutura do Átomo 1. (Udesc 2014) O enunciado ―Em um mesmo átomo, não podem existir dois elétrons com o mesmo conjunto de números quânticos‖ refere-se a(ao): a) Princípio da Exclusão de Pauli. b) Princípio da Conservação de Energia. c) modelo atômico de Thomson. d) modelo atômico de Rutherford. e) um dos Princípios da Teoria da Relatividade Restrita. 2. (Ufg 2013) Uma amostra de um elemento E tem isótopos AE e BE com abundâncias 75% e 25%, respectivamente. Considerando-se que a massa...

    4980  Palavras | 20  Páginas

  • PARTÍCULAS RADIOATIVAS

    1. INTRODUÇÃO. O presente trabalho a seguir trata-se de um relatório sobre as partículas radioativas, o desastre de Chernobyl e como as partículas radioativas afetaram a população que viva na região. 2. DESENVOLVIMENTO. 3. 3.1. O QUE SÃO PARTICULAS RADIOTIVAS? O esquecimento de uma rocha de urânio sobre um filme fotográfico virgem levou à descoberta de um fenômeno interessante: o filme foi velado (marcado) por “alguma coisa” que saía da rocha, na...

    3429  Palavras | 14  Páginas

  • quimica inorganica

    Profª: Cleide Mariano 2011 2 OBSERVANDO A NATUREZA Desde o início da civilização até hoje, a humanidade pôde observar que a natureza é formada por materiais muito diferentes entre si. O solo em que pisamos pode ser de: terra vermelha, terra preta, areia, pedras etc. Os vegetais também apresentam enorme variedade: existem desde os minúsculos musgos até árvores gigantescas; a madeira pode ser mais mole ou mais dura; as flores têm cores muito diversificadas; há grandes diferenças entre os frutos...

    8338  Palavras | 34  Páginas

  • quimica

    sendo estes de prótons, nêutrons e elétrons. - O número atômico (Z) é o número de prótons que existem no núcleo de um átomo qualquer. Esse número será igual ao de elétrons se o átomo for eletricamente neutro; - O número de massa (A) é a soma do número de prótons e de nêutrons que existem num átomo, satisfazendo a equação: A=Z(p)+N Sendo assim, a partir desta expressão é possível também calcular o número de nêutrons ou de prótons do átomo. Ao analisar os números, atômico, de nêutrons e o de massa...

    4244  Palavras | 17  Páginas

  • Oficina de Química - Anhnguera

    de sacarose dissolvida em dois litros de água III - 1 mol de ureia dissolvida em quatro litros de água IV - 10 mol de etileno glicol dissolvida em dois litros de água V - 20 mols de glicerina dissolvida em dez litros de água Das soluções obtidas, qual apresenta uma maior concentração: Escolher uma resposta. a. I  b. IV c. II d. III e. V Comentários resposta errada: Infelizmente não. A solução mais concentrada é a que apresenta maior concentração, vale dizer, maior relação entre...

    1068  Palavras | 5  Páginas

  • Oficina de Química Anhanguera 2013

    Parte inferior do formulário Iniciado em domingo, 1 setembro 2013, 14:23 Completado em domingo, 1 setembro 2013, 14:40 Tempo empregado 17 minutos 3 segundos Nota 10 de um máximo de 10(100%) Question1 Notas: 1 Se 1,5 gramas de um composto possui 1022 moléculas, qual é a sua massa molecular? Escolher uma resposta. a. 30u b. 45u c. 90u  d. 75u e. 60u Resposta correta: A massa molecular é a massa de um única molécula, medida em unidades de massa atômica (u), logo,...

    1198  Palavras | 5  Páginas

tracking img