Uma Lente Esférica Produz A Imagem Real De Um Objeto Também Real Conforme A Figura Abaixo artigos e trabalhos de pesquisa

  • A refração e a dispersão da luz nos primas e as lentes esféricas e suas principais características.

    FÍSICA EXPERIMENTAL II REFERENTE AS AULAS 3 E 4 SOBRE A REFRAÇÃO E A DISPERSÃO DA LUZ NOS PRIMAS E AS LENTES ESFÉRICAS E SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS. ARIADNY DA SILVA ARCAS Cuiabá-MT Abril/2012 TERCEIRO RELATÓRIO DE FÍSICA EXPERIMENTAL II REFERENTE AS AULAS 3 E 4 SOBRE A REFRAÇÃO E A DISPERSÃO DA LUZ NOS PRIMAS E AS LENTES ESFÉRICAS E SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS. ARIADNY DA SILVA ARCAS Este relatório experimental é parte da avaliação...

    3849  Palavras | 16  Páginas

  • Lentes e suas Principais Características

    Ondas e Óptica Lentes e suas Principais Características Daniel Luizmar Ferreira da Silva Jataí, 14 de julho de 2014. Lentes e suas Principais Características 1 – Objetivos: - Conceituar lentes; - Classificar as lentes conforme o grupo divergente ou convergente, e - Identificar os três raios incidentes principais. 2 – Introdução Teórica: Introdução A refração é o fenômeno que ocorre com a luz quando ela passar de um meio homogêneo e transparente para outro meio também homogêneo e transparente...

    1807  Palavras | 8  Páginas

  • Lentes basicos

                  Lentes – Básico   Questão 01 - (FGV) Uma estudante usou uma lupa para pesquisar a formação de imagens de objetos reais. Num instante de Sol a pino, ela conseguiu obter um ponto luminoso no chão, colocando a lupa a 20 cm dele e paralelamente a ele. A seguir, aproximando a lupa a 15 cm de seu celular, obteve uma imagem do celular a) b) c) d) e) real, invertida e ampliada. real, invertida e reduzida. virtual, direita e ampliada...

    1981  Palavras | 8  Páginas

  • lentes

    EXERCÍCIOS DE FÍSICA - Professor Fabio Teixeira LENTES ESFÉRICAS 1. (Ufpe 2006) Uma "câmera tipo caixote" possui uma única lente delgada convergente, de distância focal f = 20 cm. Qual deve ser a distância da lente ao filme, em cm, para que a imagem de uma pessoa que está de pé a 400 cm da câmera seja focalizada sobre o filme? 2. (Uerj 2006) O transatlântico dispõe de uma luneta astronômica com aumento visual G igual a 10, composta por duas lentes convergentes. A distância focal da objetiva é...

    5557  Palavras | 23  Páginas

  • A importância das lentes esféricas: uma abordagem cotidiana

    A IMPORTÂNCIA DAS LENTES ESFÉRICAS: UMA ABORDAGEM COTIDIANA ANGÉLICA FREITAS MARIA LARISSE MARIANA DOS ANJOS MATHEUS TABOSA THAYWANNE NOVAES WILIAM FERREIRA INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS CAMPUS PALMEIRA DOS ÍNDIOS TÉCNICO EM INFORMÁTICA CLASSIFICAÇÃO DE ACESSO AO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE ANO. Considerando a natureza das informações e compromisso assumidos com suas fontes, o acesso ao trabalho de conclusão de ano do curso Técnico em Informática na disciplina de Física do Instituto Federal...

    3905  Palavras | 16  Páginas

  • Lentes Esfericas

    Lentes Esféricas Junho/2013 Colégio Nome: Nº: Turma: ...

    5028  Palavras | 21  Páginas

  • Lentes Avan Ada

            Lentes – Avançada   Questão 01 - (UFF RJ) Uma das principais diferenças entre câmeras fotográficas digitais e analógicas é o tamanho do sistema que armazena a luz do objeto fotografado. Em uma câmera analógica, o sistema utilizado é um filme de 24 mm de altura e 36 mm de largura. Nas câmeras digitais, o sensor possui 16 mm de altura por 24 mm de largura, aproximadamente. Tanto o filme quanto o sensor são colocados no plano onde se forma a imagem. Possuímos duas câmeras...

    2412  Palavras | 10  Páginas

  • Lentes

    analise das lentes esféricas e de suas principais características. Dentre todas as aplicações da óptica geométrica, a que mais se destaca pelo seu uso no cotidiano é o estudo das lentes esféricas, seja em sofisticados equipamentos de pesquisa astronômica, ou em câmeras digitais comuns, seja em lentes de óculos ou lupas. Chamamos lente esférica o sistema óptico constituído de três meios homogêneos e transparentes, sendo que as fronteiras entre cada par sejam duas superfícies esféricas ou uma superfície...

    1109  Palavras | 5  Páginas

  • Relatório Lentes Delgadas

    EXATAS DEPARTAMENTO DE FÍSICA LENTES DELGADAS ACADÊMICOS: 2014 INTRODUÇÃO Lentes são instrumentos cuja função é desviar os raios de luz. É um meio transparente limitado por duas superfícies refringentes, de tal modo que a onda luminosa ao atravessá-la sofre desvios, mais especificamente, duas refrações. O que determina seu comportamento é o seu formato e seu índice de refração, este primeiro pode ter mais influencia, uma vez que na grande maioria das lentes, o índice de refração é maior do...

    2603  Palavras | 11  Páginas

  • Lentes esféricas

    Pinotti, Vanderlei Maurer Uma LENTE é um objeto ótico composto por duas superfícies refratoras, curvas ou planas, elaboradas em material transparente. Sabe-se que as primeiras lentes foram adaptações presentes na natureza, como uma gota d’agua (que pode ser vista como um objeto formado por duas superfícies refratoras curvas). É sabido que no Egito, surgiram lentes a partir do derretimento da areia do deserto. A lente mais simples que podemos encontrar é a esférica, que pode ser formada pela interseção...

    1218  Palavras | 5  Páginas

  • Lentes

    lentes FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA: * A luz, uma radiação eletromagnética estudada pela física, mais especificamente pela óptica, é de fundamental importância em nosso cotidiano. Com o auxílio dessa faixa de ondas visíveis a olho humano, podemos visualizar objetos que estão ao nosso redor. Se por algum método pudéssemos manipular estas radiações visíveis teríamos então diversas vantagens como aumentar imagens. Se mergulharmos um material em um fluido com índices de refração diferentes, teremos...

    2667  Palavras | 11  Páginas

  • Lentes esfericas

    propagação. Denomina-se lente esférica uma associação de dois dióptros onde pelo menos um é esférico. Assim temos dois grupos formados por três lentes todos os que se mostra a seguir na figura 1:  Figura 1 A lente é dita convergente quando, a luz ao passar pela lente forma um feixe cônico convergente, ou seja, os raios de luz convergem para um único ponto. A lente é dita divergente...

    1149  Palavras | 5  Páginas

  • Lentes delgadas

    Esta experiência tem como objetivo observar o processo de formação de imagens com lentes delgadas e verificar a distância focal em lentes pelo método de Bessel. Introdução Método de Bessel Pode-se comprovar que para uma distancia fixa A (ou a) entre o objeto e um anteparo, existem duas posições 1 e 2 da lente que produzem uma imagem nítida do objeto sobre o anteparo. Denominando-se D a distancia entre estas duas posições da lente, pode-se provar que: Esta expressão é denominada fórmula de Bessel...

    1487  Palavras | 6  Páginas

  • Lentes esféricas

     Índice Introdução............................................................................01 Lentes convergente e divergente........................................02 Definição/ Lente convergente................................................03 Definição/Lente divergente....................................................04 Equação de Gauss/aumento linear transversal......................05 Conclusão ..................................................................................

    842  Palavras | 4  Páginas

  • Lentes esfericas

    Relatório – Experimento 6 – Lentes Esféricas ARACAJU - SE AGOSTO – 2013 Relatório – Experimento 6Lentes Esféricas Relatório desenvolvido durante a disciplina de Física Experimental III, como parte da avaliação referente à nota do 2º bimestre. ARACAJU - SE AGOSTO – 2013 I – INTRODUÇÃO Dentre todas as aplicações da óptica geométrica, a que mais se destaca pelo seu uso no cotidiano é o estudo das lentes esféricas, seja em sofisticados...

    2477  Palavras | 10  Páginas

  • LENTES DEFINITIVO

    UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ – UEM CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE FÍSICA - FÍSICA EXPERIMENTAL IV LENTES GABRIEL PIMENTA 83630 LÍGIA DE ARAUJO MOREIRA PREIS 82148 NATÁLIA FAVARO PICOLI 84070 ENGENHARIA CIVIL PROFESSOR: ARI MARINGÁ – 24/10/2014. 1. Introdução Lentes são instrumentos cuja função é desviar os raios de luz. É um meio transparente limitado por duas superfícies refringentes, de tal modo que a onda luminosa ao atravessá-la sofre desvios, mais especificamente...

    1915  Palavras | 8  Páginas

  • lentes esfericas

    óptica da visão 327 Resolução: (I) Objeto muito distante: A imagem é formada no plano focal da lente. Tópico 5 1 (Unifei-MG) Um estudante construiu uma caixa retangular provida de uma lente biconvexa de distância focal f = 50,0 mm e pretende usá-la como máquina fotográfica. A distância entre a lente e a parte posterior da caixa onde será registrada a imagem pelo filme é de 150 mm. A que distância à frente da lente deve se localizar um objeto para que sua foto fique perfeitamente focalizada...

    7696  Palavras | 31  Páginas

  • Espelhos esféricos, lentes e instrumentos ópticos

     Reflexão da luz em espelhos esféricos Assim como para espelhos planos, as duas leis da reflexão também são obedecidas nos espelhos esféricos, ou seja, os ângulos de incidência e reflexão são iguais, e os raios incididos, refletidos e a reta normal ao ponto incidido. Distância Focal Abaixo temos os raios incidindo paralelamente ao eixo principal do espelho côncavo e convexo, nessa ordem, e saindo pelo foco: Se mirarmos...

    1400  Palavras | 6  Páginas

  • LENTES

    INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA LENTES Kelven Clinsman da Silva Capistrano Porto Velho 25 de novembro de 12 KELVEN CLINSMAN DA SILVA CAPISTRANO LENTES Trabalho apresentado ao Professor Érick Castro, da disciplina de física da turma de 2º ano, turno vespertino do curso de Eletrotécnica. IFRO – Porto Velho Rondônia – 25 de novembro de 2012 Lentes são instrumentos de ampla utilização, cuja intenção é desviar raios de luz. Sua forma e seu índice de refração determinarão...

    4832  Palavras | 20  Páginas

  • Construção de Imagens Geométricas em Lentes Divergentes

    Construção de Imagens Geométricas em Lentes Divergentes Quando um raio luminoso paralelo atinge uma lente, sofre uma refração mudando sua direção, essa refração nas lentes divergentes faz com que os raios se afastem do eixo central. Os casos mais comuns são as lentes que  apresentam as extremidades mais espessas do que a parte central (lentes Bi côncavas, plano côncavas e convexo–côncava) são divergentes. Existem também os casos especiais, onde o índice de refração do meio é maior que o índice...

    506  Palavras | 3  Páginas

  • Lentes e prismas ópticos

    |Lentes e Prismas Ópticos | |Lentes convergentes e divergentes | | | |ITABUNA ...

    3097  Palavras | 13  Páginas

  • lentes

    Lente Esféricas Dentre todas as aplicações da óptica geométrica, a que mais se destaca pelo seu uso no cotidiano é o estudo das lentes esféricas, seja em sofisticados equipamentos de pesquisa astronômica, ou em câmeras digitais comuns, seja em lentes de óculos ou lupas. Chamamos lente esférica o sistema óptico constituido de três meios homogêneos e transparentes, sendo que as fronteiras entre cada par sejam duas superfícies esféricas ou uma superfície esférica e uma superfície plana, as quais...

    3215  Palavras | 13  Páginas

  • Relatório de Espelhos e lentes

     1. Objetivos O presente experimento tem por escopo averiguar experimentalmente as relações e onde também vale ‌‌‌‌ para espelhos e lentes . 2. Desenvolvimento Teórico O desenvolvimento de imagens nas lentes esféricas delgadas e nos espelhos esféricos, pode ser examinada, com muito boa aproximação, pelo modelo geométrico de “raios” de luz partindo de pontos do objetivo. A óptica geométrica se abstrai  da natureza ondulatória da luz. Na óptica geométrica se estudam as leis de propagação...

    2463  Palavras | 10  Páginas

  • LENTES E SUAS APLICAÇÕES TEMA: A UTILIDADE DAS LENTES CONVERGENTES EM INTRUMENTOS ÓPTICOS

    UNIVERSIDADE CEUMA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE ENGENHARIA CIVIL DISCIPLINA: FÍSICA II PERÍODO: 3° LENTES E SUAS APLICAÇÕES TEMA: A UTILIDADE DAS LENTES CONVERGENTES EM INTRUMENTOS ÓPTICOS SÃO LUIS – MA 2014 UNIVERSIDADE CEUMA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE ENGENHARIA CIVIL Dados dos alunos/IES: ANNY ISABEL GUIMARÃES DA ROCHA CPD: 16079 BEATRIZ LEITE GUIMARÃES CPD: 17510 CAMILA...

    3855  Palavras | 16  Páginas

  • Óptica-Lentes Delgadas

    Lentes delgadas e formação e imagens Aluno(a): Flávia Moura Rede- 200720355811 1-Introdução teórica A lente é um sistema constituído de dois dioptros esféricos ou um dioptro esférico e um plano, nos quais a luz sofre duas refrações consecutivas. Para efeito de classificação, pode-se dividir as lentes em dois...

    995  Palavras | 4  Páginas

  • LENTES completo

    LENTES Ana Claudia Sabino R.A. 48920 William Renan Bassoli R.A. 79297 André Bertogna de Toledo R.A. 69963 Maringá, Novembro de 2013 1. OBJETIVOS Estudar as imagens formadas por lentes delgadas; Determinar a distância focal de uma lente convergente; Determinar a distância focal de uma lente divergente...

    1703  Palavras | 7  Páginas

  • fisica lentes esfericas

     Sumário Introdução 3 Tipos de lentes 4 Lente biconvexa 4 Lente plano-convexa 4 Lente côncavo-convexa 5 Lente bicôncava 6 Lente plano-côncava 6 Lente convexo-côncava 7 Nomenclatura das lentes 7 Comportamento óptico 7 Centro óptico 8 Lentes esféricas convergentes 8 Lentes esféricas divergentes 9 Raios Principais de uma Lente: 10 Raios luminosos particulares 10 Construções de imagens: 11 As equações das lentes esféricas são: 13 Equação de Gauss: 13 Conclusão 15 Referências bibliográficas 16 ...

    1466  Palavras | 6  Páginas

  • Lentes esfericas

    Apostila de Física 39 – Lentes Esféricas 1.0 Definições Lente – Sistemas ópticos de maior importância em nossa civilização. Lente esférica – Sistema óptico constituído por 3 meios homogêneos e transparentes separados por uma superfície esférica e outra plana ou por 2 superfícies esféricas: Os meios externos são idênticos – Ar. O meio intermediário é a lente propriamente dita – Vidro. Eixo principal – Reta comum aos centros de curvatura o1 e o2. Vértice das faces – Interseção do eixo principal...

    877  Palavras | 4  Páginas

  • Óptica-lentes

    1. DESENVOLVIMENTO DE LENTES Os primeiros óculos não tinham grau nas lentes, então eles eram usados como adorno, ou forma de discriminação social. Lentes são instrumentos de ampla utilização, cuja intenção é desviar raios de luz. Sua forma e seu índice de refração determinarão o comportamento desta, que, em geral, é apenas determinado por seu formato, pois seu índice de refração, na grande maioria dos casos, é maior do que o ar - ambiente em que a lente geralmente imersa. A partir do século...

    1713  Palavras | 7  Páginas

  • LEntes

    Lentes Divergentes Lentes Divergentes são corpos transparentes limitado por duas superfícies refratoras com um eixo central em comum. Quando um raio luminoso paralelo atinge uma lente, sofre uma refração mudando sua direção, essa refração nas lentes divergentes faz com que os raios se afastem do eixo central . As lentes divergentes fornecem sempre uma imagem virtual, direita e menor sendo muito  utilizadas no tratamento de miopia e em olhos mágicos instalados nas portas. Figura 1 : Raios luminosos...

    829  Palavras | 4  Páginas

  • AS LENTES ESFÉRICAS E SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS

    Salinas – MG Telefone: (38) 3841-7000 – Fax: (38) 3841-7009 AS LENTES ESFÉRICAS E SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS 10 de Outubro de 2014 Licenciatura em Física 6° período Disciplina: Física Experimental IV Autor: Guilherme Carvalho S. de S. Lima INTRODUÇÃO No mundo em que vivemos hoje as lentes são utilizadas em inúmeros instrumentos ópticos, como lunetas, óculos, binóculo, lupa e microscópios. A partir dessas lentes temos a reflexão luminosa que é à base da construção e utilização dos...

    1092  Palavras | 5  Páginas

  • Trabalho de física - lentes

    Trabalho de Física Introdução As lentes são dispositivos muito comuns em nosso dia a dia, utilizados para ampliar ou reduzir o tamanho dos objetos. Podem apresentar diferentes formas, pois são aplicadas em instrumentos diversos, como nos óculos e em máquinas fotográficas. São formadas por um meio transparente: vidro ou plástico e limitadas por faces curvas que, na maioria das vezes, são esféricas. Podemos ter seis diferentes tipos de lentes: biconvexa, bicôncava, plano-convexa, plano-côncava...

    1327  Palavras | 6  Páginas

  • Relat rio N 07 Refra o da luz em lentes concavas e convec as

     INTRODUÇÃO TEÓRICA REFRAÇÃO DA LUZ EM LENTES CÔNCAVAS E CONVEXAS Lente bicôncava É côncava em ambas as faces e tem a periferia mais espessa que a região central, seus elementos são: • • • • • • • Lente plano-côncava É plana em uma das faces e côncava em outra, tem a per feria mais espessa que a região central, seus elementos são: • • • • • • Lente convexo-côncava Tem uma de suas faces convexa e outra côncava, tem a periferia mais espessa que a região central. Seus elementos...

    2388  Palavras | 10  Páginas

  • Processamento de imagens mamograficas

    Processamento de Imagens O uso de imagem na medicina é considerado um recurso importante na elaboração dos diagnósticos médicos. O processamento de imagens se concentra em desenvolver procedimentos para extrair informações de uma imagem de forma adequada para o processamento computacional. Técnicas de análise auxiliadas por computador têm sido propostas com o objetivo de oferecer melhores parâmetros para a elaboração de um diagnóstico mais acurado, indicando áreas suspeitas, bem como anormalidades...

    5982  Palavras | 24  Páginas

  • lentes esfericas

    Publicar comentário • Lentes convergentes e divergentesPresentation Transcript • 1. Colégio Alberto Ferreira Rezende Física: 2º B Sistema de Ampliação da Visão : LentesLENTES CONVERGENTES • LENTES DIVERGENTES Professora: Claudia • 2. "A ciência humana de maneira nenhuma nega a existência de Deus. Quando considero quantas e quão maravilhosas coisas o homem compreende, pesquisa e consegue realizar, então reconheço claramente que o espírito humano é obra de Deus, e a mais notável." Galileu...

    1016  Palavras | 5  Páginas

  • Resenha do livro gestalt do objeto

    percepção das coisas. Como nos fenômenos de ilusão de óptica e, em outros exemplos, baseado em figuras geométricas. Introdução de elementos retos e inclinados = efeito de lente na região esférica. Gestalt do objeto é um livro que trata de como fazer a leitura visual da forma, a partir de fundamentações científicas e de psicologia perceptual da forma o autor expressa cada questão por meio de tópicos e imagens. LEIS DE GESTALT Baseados numa série de experimentos, os psicólogos da Gestalt descobriram...

    2117  Palavras | 9  Páginas

  • Relatorio lentes - laboratorio de otica

    graficamente a distância focal de lentes esféricas através da construção geométrica de imagens utilizando as mesmas. 2 - Resumo O experimento realizado em sala de aula é baseado em medir as distâncias entre objetos e suas respectivas imagens em lentes (convergente e divergente) e na análise do comportamento de feixes luminosos ao passar pelos mesmos tipos de lentes para a posterior determinação da distância focal das mesmas. Para tal, foram utilizadas lentes esféricas (uma convergente e outra divergente)...

    2358  Palavras | 10  Páginas

  • FIGURAS GEOMETRICAS

    Reflexão de raios de luz em um Espelho Plano. Esquema de inversão de imagem em Espelho Plano. Em um espelho plano comum, vemos nossa imagem com a mesma forma e tamanho, que parece encontrar-se atrás do espelho. Essa imagem é enantiomorfa, e se encontra à mesma distância do objeto ao espelho. No caso de um espelho plano a distância da imagem, i, é sempre igual em módulo a distância do objeto, p. Os raios que partem de um objeto, diante de um espelho plano, refletem-se no espelho e atingem nossos...

    2438  Palavras | 10  Páginas

  • Física -Lentes

    Óptica Física [Lentes] Barbacena ,Novembro de 2012 Introdução: Não se tem certeza de quando é que foram criadas as primeiras lentes, mas já no século VIII a.C existia um cristal de rocha com propriedades de ampliação da imagem. No entanto, foi só no século XIII que esse cristal passou a ser conhecido e utilizado, foi então que surgiram os primeiros óculos. Desde a sua origem esse instrumento óptico tem sido muito utilizado. Já se passaram muitos...

    2632  Palavras | 11  Páginas

  • Aprendendo com amor

    estão escondidos pelos anteparos, numa região em que o ar atmosférico é homogêneo. Estes elementos podem ser: I. uma lente delgada convergente; II. uma lente delgada divergente; III. uma lâmina de vidro de faces paralelas. 3 (Fuvest-SP) Uma colher de plástico transparente, cheia de água e imersa no ar, pode funcionar como: a) lente convergente. d) microscópio composto. b) lente divergente. e) prisma. c) espelho côncavo. Resposta: a 4 Acompanhando, de cima para baixo, as trajetórias...

    14095  Palavras | 57  Páginas

  • Lentes

    As lentes são objectos comuns utilizados em óculos, projectores, máquinas fotográficas e de filmar, etc. São portanto muito úteis e é importante conhecer o seu funcionamento. Uma lente provoca uma mudança de direcção nos raios de luz que nela incidem. As Lentes Esféricas podem ser de dois tipos: Convergentes ou Convexa (de bordos delgados), Lentes Divergentes ou Côncovas (de bordos expessos). As lentes Convergentes ou Convexas, têm uma curvatura para o exterior tal como mostrado na figura e, como...

    1092  Palavras | 5  Páginas

  • lentes

     Lentes As lentes esféricas são meios transparentes, nos quais a luz pode se propagar. Possuem duas faces esféricas ou uma face esférica e a outra plana. As lentes podem apresentar dois comportamentos ópticos: convergente e divergente. Os raios das faces das lentes R1 e R2 podem ser iguais ou diferentes. Se a face for plana, significa que o raio é igual a infinito. Para nomear as lentes, citamos em primeiro lugar o nome da face de maior raio de curvatura. Lentes de bordos finos Lentes de...

    500  Palavras | 2  Páginas

  • lentes esfericas

    LENTES ESFÉRICAS IVONETE PEREIRA JULIANO COSTA RESUMO As lentes são os dispositivos ópticos de maior aplicação prática, basta observamos a quantidade de pessoas que delas se utilizam para corrigir anomalias da visão e suas aplicações em instrumentos ópticos. O presente artigo visa ressaltar a importância das lentes esféricas, destacando seus conceitos e definições, mostrando que a mesma assume cada vez mais um papel importante na sociedade. Destacamos sua utilização no nosso cotidiano...

    1041  Palavras | 5  Páginas

  • espelhos e lentes

     ESPELHOS E LENTES Alunos: Jéssica Flávia Júlia Carolina Gabriela Duarte Hellen Assunção Fátima Rafael Martins Coronel Fabriciano / Outubro 2013 ESPELHOS E LENTES Relatório apresentado ao professor solicitante do Centro Universitário do Leste de Minas Gerais, como representação prática de tal experimento realizado pelos alunos do Curso de Engenharia Química. Professor: Augusto Ferreira de Freitas RESUMO O trabalho...

    628  Palavras | 3  Páginas

  • Lentes delgadas

    Lentes delgadas. As lentes podem ter uma grande variedade de formas. Uma lente é normalmente um sistema óptico constituído por dois ou mais dioptros um dos quais pelo menos é curvo. As superfícies não planas tem os respectivos centros de curvatura sobre um eixo comum. São quase sempre esféricas e frequentemente revestidas de filmes dielétricos que permitem controlar a sua transmissão. Uma lente constituída por um só elemento (dois dioptros) é uma lente simples. Uma lente composta é constituída...

    827  Palavras | 4  Páginas

  • Lentes e Olho humano

    Lentes Lente é um instrumento muito utilizado para a formação de imagens em diversos sistemas ópticos. Por exemplo, elas são bastante utilizadas em máquinas fotográficas, filmadoras, telescópios, microscópios e principalmente na correção visual das pessoas. De forma parecida com a dos espelhos, as lentes têm por finalidade modificar os raios de luz que nelas incidem. Elas mudam a trajetória dos raios por meio da refração. Sendo assim, podemos classificar as lentes em convergente e divergente...

    934  Palavras | 4  Páginas

  • Fisioterapia

    das cores e na detecção da luminosidade. Consegue distinguir imagens se a sequência estiver abaixo de 10 imagens por segundo. Também distingue dois pontos se a separação angular entre eles for superior a 1/60 graus, conhecido como ângulo de acuidade visual. Neste trabalho será tratado como o olho humano se ajusta para captar de forma nítida uma imagem ou de como se pode ajudá-lo a fazer tal função. Também será visto a maneira como a imagem é processada e transmitida ao cérebro. BIOFÍSICA DA VISÃO ...

    2132  Palavras | 9  Páginas

  • Relatório sobre óptica

    INTRODUÇÃO A luz, ou luz visível como é fisicamente caracterizada, é uma forma de energia radiante. É o agente físico que, atuando nos órgãos visuais, produz a sensação da visão. A luz que percebemos tem como característica sua frequência que vai da faixa de (vermelho) até (violeta). Esta faixa é a de maior emissão do Sol, por isso os órgãos visuais de todos os seres vivos estão adaptados a ela, e não podem ver além desta, como por exemplo, a radiação ultravioleta e infravermelha.   Conceitos...

    2187  Palavras | 9  Páginas

  • Lentes Esféricas

    FAG-FACULDADE ASSIS GURGACZ BRIAM, RENE, WILLIAN, JONATAS, LUCAS B., PAULO, MATEUS C., EVERTON LENTES ESFÉRICAS E ÓPTICA DA VISÃO CASCAVEL, PR 2014 FAG-FACULDADE ASSIS GURGACZ BRIAM, RENE, WILLIAN, JONATAS, LUCAS B., PAULO, MATEUS C., EVERTON LENTES ESFÉRICAS E ÓPTICA DA VISÃO Trabalho apresentado como requisito parcial de conclusão da disciplina de Física – Ótica e Eletricidade, do curso de Engenharia Mecânica, da Faculdade Assis...

    1389  Palavras | 6  Páginas

  • Fisica

    constante que produz o mesmo impulso que a força representada no gráfico durante o intervalo de tempo de 0 a 25 s é, em newtons, igual aa) 1,2                      b) 12                      c) 15                       d) 20                       e) 21    07-(MACKENZIE-SP) Durante sua apresentação numa "pista de gelo", um patinador de 60 kg, devido à ação exclusiva da gravidade, desliza por uma superfície plana, ligeiramente inclinada em relação à horizontal, conforme ilustra a figura a seguir. O...

    5579  Palavras | 23  Páginas

  • 2ano

    interior de um microscópio. Nesse esquema, os pontos A, B e C podem ser classificados como objeto ou imagem (real ou virtual) em relação à lente objetiva (L1) ou à lente ocular (L2). Assinale a opção que apresenta a classificação correta: a) A é Objeto Virtual em relação a L1. b) B é Imagem Virtual em relação a L1. c) B é Objeto Real em relação a L1. d) C é Imagem Virtual em relação a L2. e) C é Objeto Real em relação a L2. 2ª) (FEI-SP) Um raio de luz incide verticalmente sobre um espelho plano...

    4086  Palavras | 17  Páginas

  • Relatorio 5 Espelhos E Lentes

    MINAS GERAIS Espelhos e Lentes Relatório apresentado à disciplina de Física IV, do curso de Engenharia Civil do Centro Universitário do Leste de Minas Gerais. Autores: Bruna Iris dos Santos Cristiane Carvalho Gama Lage João Paulo Alves Vieira Laís Magalhães Martins Lucca de Salles Cysne Stephany Rodrigues Leal Professor: Anderson Augusto Freitas Coronel Fabriciano – MG 1. 2. OBJETIVOS Realizar a análise do comportamento da luz ao incidir em espelhos e lentes, determinando a distância...

    1430  Palavras | 6  Páginas

  • INSTRUMENTOS ÓPTICOS

    como espelhos, prismas e lentes. Os instrumentos ópticos têm por finalidade aplicar, captar, fornecer imagens. Existem dois tipos de instrumentos ópticos: os de projeção e os de observação. Os instrumentos ópticos de projeção são os equipamentos que têm por finalidade conjugar imagens finais reais. Já os instrumentos ópticos de observação são os que conjugam imagens finais virtuais, que são observadas diretamente pelo observador. 3.0 Máquina Fotográfica A máquina fotográfica também é um instrumento...

    2052  Palavras | 9  Páginas

  • Paulo

    uma ddp de 1,5 volt. Nessas condições, a sua resistência elétrica, em ohms, vale: Escolher uma resposta. a. 60 b. 6,0 c. 0,6 d. 600 e. 6.000 Question 3 Notas: 1 Uma lente esférica produz a imagem real de um objeto, também real, conforme a figura abaixo. Pode-se dizer que a lente é: Escolher uma resposta. a. divergente de distância focal f = - 50cm b. convergente de distância focal f = + 16cm c. divergente de distância focal f = - 16cm d. convergente...

    921  Palavras | 4  Páginas

  • Trabalho de ga

    Uberlândia, 6 de novembro de 2012. LENTES PROGRESSIVAS UM ESTUDO BASEADO NA GEOMETRIA ANALÍTICA DO CONE OLIVEIRA, FABIO S. (1); CAMPOS, GHABRIELLE A. (2); GONÇALVES, HEMELY. (3) 1. Estudante de Engenharia Química Universidade Federal de Uberlândia fabio.hmno4@hotmail.com 2. Estudante de Engenharia Química Universidade Federal de Uberlândia ghabi.campos@hotmail.com 3. Estudante de Engenharia Química Universidade Federal de Uberlândia hemelyg@hotmail.com Universidade Federal de Uberlândia...

    2738  Palavras | 11  Páginas

  • Aperfeiçoamento da visão: instrumentos ópticos de observação

    Espalhamento 8 2.1.5 Polarização 8 2.1.6 Refração 8 2.2 FORMAÇÃO DE IMAGENS 10 2.2.1 Casos Simples 10 2.2.2 Poder refrativo das lentes 11 2.2.3 Formação da imagem – Método Geométrico. 12 2.2.4. Dioptria – Grau de Lentes 14 2.2.5 Associação de Lentes 15 2.2.6 Relações Geométricas e Algébricas de Interesse em Óptica Fisiológica 16 2.2.7 Efeito Diafragma 17 2.2.8 Lentes Cilíndricas 17 2.2.9 Aberrações ópticas 18 3. O GLOBO OCULAR 19 3.1...

    8059  Palavras | 33  Páginas

  • Física

    35° (C) 45° (D) 55° (E) 65° 02. (FAAP) O ângulo entre o raio refletido e o raio incidente é 72°. O ângulo de incidência é: (A) 18° (B) 24° (C) 36° (D) 72° (E) 144° 03. (UNIRIO) Numa aula prática de Física foi feito o experimento esquematizado nas figuras I e II, onde o professor alternou a posição da fonte e do observador. Com esse experimento, o professor pretendia demonstrar uma aplicação da(o): Que ângulo formam entre si as secções E e E’ dos dois espelhos? (A) 15°. (D) 60°. (B) 30°. (E) 75°. (C)...

    3328  Palavras | 14  Páginas

  • CONSTRUÇÃO DE LUNETA E PROJETOR CASEIROS PARA ENTENDIMENTO DE ÓPTICA

    Aurélio Araújo Resumo. Neste trabalho abordamos a construção da luneta e projetor caseiro de celular, utilizando materiais baratos, simples, podendo ser encontrados facilmente no comércio e de fácil montagem. Além da construção do projetor e luneta, também fizemos o tripé com uma garrafa de pet. O trabalho nos fez entender melhor a sua construção e assim entender os princípios de óptica. Apesar de se usar materiais simples, os resultados são satisfatórios. Os experimentos podem ser explicados por...

    4278  Palavras | 18  Páginas

  • Otica geometrica

    luz A cor de um objeto Quando um objeto é iluminado com luz branca, ele absorve algumas cores e reflete outras. A cor do objeto é determinada pelas cores que ele reflete. Assim, por exemplo, um objeto é dito verde porque ao ser iluminado com luz branca ele reflete a luz verde e absorve todas as demais cores. Logo, um corpo que se apresenta branco, reflete as luzes de todas as cores. Um corpo negro absorveas totalmente. Meios Transparentes: Permitem a passagem de luz. Os objetos são vistos com nitidez...

    13387  Palavras | 54  Páginas

  • Trabalho

    estudos realizados em casa. Respire fundo, reserve uma parte de seu tempo e queime parte de seus neurônios para resolver esses exercícios, ok? Qualquer eventual dúvida, favor me procurar. Boa sorte! Questão 01 A Bandeira Nacional da França (também conhecida como a tricolor ou bleu, blanc, rouge), tricolor em três faixas verticais (azul, branca e vermelha), simboliza a Revolução Francesa (1789), sendo que o azul representa o poder legislativo, o branco, o poder executivo e o vermelho, o ...

    4821  Palavras | 20  Páginas

tracking img