Treinamento Poli Corte artigos e trabalhos de pesquisa

  • O uso de epi no corte de cana de açucar

    O uso dos equipamentos individuais de proteção e das ferramentas de trabalho no corte manual da cana - de - açúcar Maria Cristina Gonzaga Pesquisadora da Divisão de Ergonomia da FUNDACENTRO Março de 2002 Sumário Índice de Tabelas...............................................................................................................................3 Índice de Figuras ........................................................................................................................

    9178  Palavras | 37  Páginas

  • Armador

    | |Acidentes: Máquinas e Equipamentos sem Proteção, Queda de Altura, Queda de objetos das lajes superiores, Arranjo físico inadequado (no canteiro): | |entulhos da construção, fagulhas do corte de ferragem | |Equipamentos de Proteção Individual (EPI) Necessários e/ou Utilizados ...

    546  Palavras | 3  Páginas

  • Ordem de serviço

    | |Uso correto de EPIs; | |Treinamento para execução das tarefas; | |Correção das posturas de trabalho; ...

    583  Palavras | 3  Páginas

  • ordem de seviço

    Ergonômico: Levantamento e transporte manual de peso, posturas inadequadas Acidentes: Máquinas e Equipamentos sem Proteção, Queda de Altura, Queda de objetos das lajes superiores, Arranjo físico inadequado (no canteiro): entulhos da construção, fagulhas do corte de ferragem Equipamentos de Proteção Individual (EPI) Necessários e/ou Utilizados Capacete Sapato de segurança Luva de raspa ou Vaqueta Cinto de segurança com trava-quedas (para trabalhos em altura) Orientações de Segurança do Trabalho ...

    643  Palavras | 3  Páginas

  • Primeiros socorros

    risco dela se projetar contra os alunos e professores. Medidas Preventivas: Devem ser analisadas e criadas proteções para as correias, proteções estas que podem ser de acrílico ou poli carbonato, pois são matérias bastante resistentes que não geram um custo muito elevado. Outro ponto seria o treinamento e instrução dos alunos e professores a respeito da proteção e condições de segurança em maquinas. Instalação de sensores nas proteções das correias, sendo assim a maquina incapaz de iniciar...

    1613  Palavras | 7  Páginas

  • Corte, dobramento, montagem de armadura

    CORTE, DOBRAMENTO, MONTAGEM DE ARMADURAINTRODUÇÃO A ENGENHARIA CIVIL CORTE, DOBRAMENTO, MONTAGEM DE ARMADURA Materiais: Barra de aço CA60, Diâmetro 4,2mm Barra de aço CA50 Arame recosido Pastilha espaçadora Equipamentos: Poli corte Maquina de cortar ferro Chave de dobrar Torquêsa Arco de serra Lâmina ‘’starret’’ Marreta Termos técnicos: Dobramento Montagem de armadura Os projetos estruturais são bem detalhados no que diz respeito às armaduras. Todo o projeto apresenta quadros...

    904  Palavras | 4  Páginas

  • TRABALHO SGA PRONTO

    saúde da População Traçagem Geração de resíduos sólidos: giz e outros materiais utilizados para marcação / traçagem. - Contaminação do solo Corte a. maçarico b. corte plasma c. máquina de corte Geração de resíduos sólidos: cavacos, borras, e sucatas metálicas recicláveis. Geração de efluentes líquidos: óleos lubrificantes, líquidos refrigerantes e fluidos de corte. Emissões atmosféricas: material particulado (partículas inaláveis – PM10 e totais em suspensão), névoas e vapores. Uso de energia elétrica...

    2430  Palavras | 10  Páginas

  • Efeito de argilas bentoníticas no processo da biodegradação do poli (ácido lático) - pla

    Universidade Federal de Campina Grande Centro de Ciências e Tecnologia Coordenação do Curso de Doutorado em Engenharia de Processos PROJETO DE DOUTORADO EFEITO DE ARGILAS BENTONÍTICAS NO PROCESSO DA BIODEGRADAÇÃO DO POLI (ÁCIDO LÁTICO) - PLA Candidata: Bartira Brandão da Cunha Dezembro/2010 INTRODUÇÃO Há milênios, o homem tem retirado da natureza os elementos essenciais à sua existência, bem como inúmeros outros produtos que são utilizados para seu conforto e também para a melhoria...

    2913  Palavras | 12  Páginas

  • Industria de ferramentaria - ferramentas de corte

    INDÚSTRIAS DE FERRAMENTARIA: A indústria de ferramentaria possui vários segmentos de confecção de peças que são: • Ferramentaria • Moldes plásticos e injeção plástica • Ferramentas de corte para usinagem • Molde • Estamparia FERRAMENTARIA: • É uma a arte de criação de ferramentas, peças mecânicas, estampo, corte e dobra. • O ferramenteiro visa solucionar problemas rápidos para a produção em massa. • É o profissional mais completo da metalurgica, tendo conhecimento em todas as áreas. • Equipementos...

    1163  Palavras | 5  Páginas

  • Visita técnica

    PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE ENGENHARIA CURSO DE ENGENHARIA CIVIL LABORATÓRIO DE EDIFICAÇÕES GUSTAVO DE POLI JOÃO OTÁVIO TESLE TESSELE RELÁTÓRIO DE VISITA AO CANTEIRO DE OBRAS DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL Porto Alegre 2013 GUSTAVO DE POLI JOÃO OTÁVIO TESLE TESSELE RELÁTORIO DE VISITA AO CANTEIRODE OBRAS DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL Monografia...

    2269  Palavras | 10  Páginas

  • Treinamento Pr Tico Em Leitura Din Mica

    rosto.pdf 5/4/2010 17:22:39 Alberto Dell'Isola Volume O homem-memória brasileiro, recordista latino-americano de memorização Treinamento Prático em Leitura Dinâmica C M Y CM MY CY CMY K São Paulo 2010 1 Coleção Mentes Brilhantes © 2010 by Universo dos Livros Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998. Nenhuma parte deste livro, sem autorização prévia por escrito da editora, poderá ser reproduzida ou transmitida sejam quais forem os meios empregados:...

    31693  Palavras | 127  Páginas

  • RECICLAGEM QU MICA DE POLI PET

    26º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental III-384 - AVALIAÇÃO DA UTILIZAÇÃO DE ETILENO GLICOL E DIETILENO GLICOL NA RECICLAGEM QUÍMICA DE POLI (TEREFTALATO DE ETILENO) – PET Talissa Thumé de Moraes(1) Acadêmica do Curso de Química Industrial da Universidade de Santa Cruz do Sul. Cláudia Mendes Mählmann(2) Professora do Departamento de Química e Física da Universidade de Santa Cruz do Sul, UNISC; Doutoranda em Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais pela Escola de Engenharia...

    3541  Palavras | 15  Páginas

  • OPERADORES DE MAQUINAS DE OBRA

    Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção). Objetivos do Treinamento Este treinamento tem como objetivo esclarecer, de forma simples e objetiva, as normas de segurança para operadores de máquinas de obras, a partir da educação e conscientização, para que desfrutem dos benefícios alcançados pela realização de um trabalho seguro nos canteiros de obras. A apostila de treinamento ilustra situações reais e corretas na prática das operações de máquinas exercidas...

    1771  Palavras | 8  Páginas

  • poli

    por isso é usado em roupas de camuflagem para evitar a detecção por radares. Fig.3-Molécula de polipirrol. Filmes finos de poli-p-fenilenovinileno (PPV), (fig.4) emitem luz quando expostos de um campo eléctrico. Variando a composição do polímero, as emissões de luz ocorrem em várias cores. Fig.4-Molécula...

    842  Palavras | 4  Páginas

  • ESQUADRIAS EM POLI (CLORETO DE VINILA)

    UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS – UNISINOS UNIDADE ACADÊMICA DE GRADUAÇÃO CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO QUÍMICA TECNOLÓGICA ESQUADRIAS EM POLI (CLORETO DE VINILA) Alan Lorenz, Alex Rocho, Bruno Kreutz, Marcos Abreo Trabalho realizado como parte dos requisitos para obtenção da nota de grau B da Disciplina de Química Tecnológica do Curso de Engenharia da Produção. SÃO LEOPOLDO, 13 DE JUNHO DE 2014. SUMÁRIO Lista de tabelas Lista de gráfico Lista de figuras ...

    5134  Palavras | 21  Páginas

  • Análise de mapa de risco

    CONSTRUÇÃO DE UM MAPA DE RISCOS Isa Maria Chagas de Miranda (aluna graduação Turma TI)– POLI / UPE isamcm555@hotmail.com Tel: 34621771 Thaís Leite Veloso (aluna de graduação Turma TI) – POLI / UPE thaisinha_veloso@hotmail.com Tel: 96943067 Renan de Figueiredo Wanderley (aluno de graduação Turma TI) – POLI / UPE - renanwand@hotmail.com Tel: 94897334 Prof. Dr. Béda Barkokébas Junior (professor da POLI / UPE período 2009-1) bedalsht@upe.poli.br Resumo Diante do contexto de desenvolvimento...

    2288  Palavras | 10  Páginas

  • trabalho

    e vidro. Estratégia: Prestar serviços com qualidade. Foco na satisfação do cliente. Propaganda, boca a boca. Manter uma saúde financeira. Treinamento para uma execução adequada e de qualidade: Aprender fazendo. Processos (Parceiros, Fornecedores): Trabalhar com materiais de alta qualidade focando sempre na qualidade e na satisfação do do cliente. Buscando através da satisfação...

    630  Palavras | 3  Páginas

  • Estagio Supervisionado

    acompanhando o trabalho dos operadores, isso por linha de produção 50 Poli funcional Acompanhar e coordenar as atividades dos operadores, substituir as mesmas no caso de falta ou necessidade de se ausentar do seu posto de trabalho. 1200 Operadores Execução das tarefas • Na Electric Cable o organograma descrevendo por quantidades tem as seguintes quantidades: 1 gerente 2 supervisores 4 lideres gerais 25 lideres 50 poli funcional 1.200 Operadores. 5 ESTRUTURA FÍSICA...

    1871  Palavras | 8  Páginas

  • mineração

    transformação de todo o material escrito e detalhado no programa para as situações de campo.  O processo de implantação do programa contempla: Desenvolvimento/aprimoramento de projetos e implementação de medidas de controle; Adoção de programas de treinamento de pessoal envolvido na obra, para manter a “chama” da segurança sempre acesa; Especificação de equipamentos de proteção individual; Avaliação constante dos riscos, com o objetivo de atualizar e aprimorar sistematicamente o PCMAT; Estabelecimento...

    10916  Palavras | 44  Páginas

  • Trabalho de pcmat

    choques, quedas de objetos e matérias, golpes, perfurações e cortes. 2º ETAPA: ESTRUTURA: • Riscos Físicos: ruído e vibrações. • Riscos Químicos: concreto, óleo mineral, impermeabilizante e outros aditivos do concreto. • Riscos Ergonômicos: levantamento de peso, postura incorreta e esforço físico. • Riscos de Acidentes: instalações provisórias, choques, quedas de objetos e matérias, golpes, perfurações e cortes. 3º ETAPA: ALVENÁRIA • Riscos Físicos: ruído...

    2973  Palavras | 12  Páginas

  • Maquinas e ferramentas para corte em concreto armado

    Maquinas e ferramentas para corte em concreto armado 1. FINALIDADE DAS MÁQUINAS 2. HISTÓRIA DO CONCRETO O surgimento do concreto foi, é claro, condicionado à descoberta de um agente aglomerante cimentício. Dessa forma, pode-se considerar como o início do concreto o século II AC, quando surgiu o primeiro aglomerante conhecido. Era um tipo especial de areia vulcânica chamada ‘pozolana’, encontrada apenas na região sul da Itália, na baía de Nápoles, próximo a Pozzuoli, de onde o nome se originou...

    1520  Palavras | 7  Páginas

  • treinamento esportivo

     FACULDADE VALE DO JAGUARIBE – FVJ CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA PAULO FELIPE DA SILVA TREINAMENTO DESPORTIVO ARACATI 2014 Aquecimento geral de uma equipe de Futebol Microciclo Objetivo de trabalhar a parte tática da equipe. Segunda, quarta e sexta. 1 Parte: alongamentos Alongamentos gerais dos membros inferiores primeiro, seguindo por membros superiores, 40 polichinelos, 20 flexões (apoio de frente), 50 abdominais. Depois...

    1324  Palavras | 6  Páginas

  • segurança do trabalho

    salários, benefícios e jornada de trabalho. Haverá técnica de recrutamento e seleção. Normas de regulamentação, levantamento de dados sobre equipamentos dos trabalhadores e da empresa, quais os EPI’s ou EPC’s a serem usados pelos trabalhadores. Treinamento para conscientizar tanto empresa como trabalhadores referente à prevenção de acidente no trabalho. Propor uma linha de negociação entre a organização, trabalhadores e sindicado visando um bem comum para ambas as partes, dando fim à paralisação dos...

    2513  Palavras | 11  Páginas

  • AVALIAÇÃO DAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EM CANTEIROS DE OBRAS DE EDIFICAÇÕES VERTICAIS

    Silva Braga de Souza (professor NSHT/POLI/UPE) – POLI / UPE - bbouwman@hotlink.com.br Prof. Dr. Béda Barkokébas Junior (professor da POLI / UPE período 2010-2) bedalsht@upe.poli.br Profa. Dra. Emilia Rahnemay Kohlman Rabbani (professora da POLI / UPE período 2010-2) emilialsht@.poli.br Profa. M.Sc. Eliane Maria Gorga Lago, Doutoranda (professora da POLI / UPE período 2010-2) elianelsht@poli.br Profa. M.Sc. Juliana Claudino Véras, Doutoranda (professora da POLI/UPE período 2010-2) julianalsht@poli...

    3972  Palavras | 16  Páginas

  • Pcmat

    higiene e saúde. 3. Máquinas e equipamentos Betoneira: Canteiro de obra Vibrador: Uso geral Serra Mármore: Uso geral Rompedor: Uso geral Compactador de solo Canteiro de obra Serra circular: Canteiro de obra Furadeira elétrica: Uso geral Poli corte: Canteiro de obra Elevador: Canteiro de Obra 4 – PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS AMBIENTAIS – PPRA 4.1 - RISCOS IDENTIFICADOS E SUAS MEDIDAS DE CONTROLE PROPOSTAS – Químicos, Físicos, Biológicos, Ergonômicos e de Acidentes: ...

    2937  Palavras | 12  Páginas

  • Acidentes em torres de telecom

    Raios-Choques em equipamentos elétricos | - Choque elétrico- Queimadura grave- Morte | IV | - Treinamento- Supervisão | 2.Queda da torre. | - Falta de utilização do EPI(Cinto)-Falha no equipamento (Cinto) | - Lesão- Fratura- Morte | IV | - Treinamento- Supervisão- Uso do Cinto- Manutenção do EPI | 3.Cortes e Ferimentos | - Má utilização de ferramentas | - Ferimentos- Infecção através de ferimentos | I e II | - Treinamento | 4.Vertigem | -Altura da torre | - Tontura- Náuseas | I | - Uso do cinto de segurança...

    1386  Palavras | 6  Páginas

  • Levantamento e necessidade de treinamento

    SUMÁRIO 1. LEVANTAMENTO DE NECESSIDADE TREINAMENTO 1 1.1 O sistema organizacional 1 1.1.1 Clima organizacional 1 1.1.2 Eficiência organizacional 1 1.2 O sistema de treinamento 2 1.2.1 Nível de qualificação requerido pelo trabalho de cada empregado 2 1.3 O SISTEMA DE AQUISIÇÃO DE HABILIDADES 3 2. MEIOS DE LEVANTAMENTO DE NECESSIDADES DE TREINAMENTO 4 2.1 Indicadores a priori: 4 2.2 Indicadores a posteriori: 5 2.2.1 Problemas de produção 5 ...

    2506  Palavras | 11  Páginas

  • A INSTABILIDADE POSTURAL NA DOENÇA DE PARKINSON E OS EFEITOS DO TREINAMENTO DE FORÇA

    UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO-SENSU EM EDUCAÇÃO FÍSICA A INSTABILIDADE POSTURAL NA DOENÇA DE PARKINSON E OS EFEITOS DO TREINAMENTO DE FORÇA Hugo Rodrigues Paulista BRASÍLIA 2013 A INSTABILIDADE POSTURAL NA DOENÇA DE PARKINSON E OS EFEITOS DO TREINAMENTO DE FORÇA HUGO RODRIGUES PAULISTA Dissertação apresentada à Faculdade de Educação Física da Universidade de Brasília para requisito para a obtenção do grau de Mestre em ...

    18000  Palavras | 72  Páginas

  • Ferramenta de corte

    FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA CURSO DE ENGENHARIA MECATRÓNICA, 2° ANO LABORAL MATÉRIAS MECÂNICOS Projecto de Ferramenta de Corte Discente: JOÃO, Chicra Carlos Beira, 2014 UNIVERSIDADE ZAMBEZE FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA CURSO DE ENGENHARIA MECATRÓNICA 2° ANO LABORAL Projecto de Ferramenta de Corte Discente: JOÃO, Chicra Carlos ...

    3254  Palavras | 14  Páginas

  • Riscos

    Barkokébas Jr. (Professor da POLI/UPE – 2011-2) bedalsht@poli.br Profª. Dra. Emilia Rahnemay Kohlman Rabbani (Professora da POLI/UPE – 2011-2) emilialsht@poli.br Profª. M.Sc. Eliane Mª Gorga Lago, Doutoranda (Professora da POLI/UPE – 2011-2) elianelsht@poli.br Profª. M.Sc. Bianca Mª Vasconcelos, Doutoranda (Professora da POLI/UPE – 2011-2) biancalsht@poli.br Tatiana Regina Fortes da Silva (Mestranda NSHT/POLI/UPE) tatianalsht@poli.br Mario José de Lira (Mestrando NSHT/POLI/UPE) mariolsht@poli...

    3558  Palavras | 15  Páginas

  • Programa de controle auditivo

    Branco Miguel DESCRIÇÃO DOS LOCAIS DE SERVIÇO: Obra Replan Degremont 1. Canteiro de Obras 2. Pipe-Shop 3. ETDI 4. ETA 5. ETC 6. CARACTERÍSTICAS DAS ATIVIDADES TIPOS DE MATERIAIS EMPREGADOS: Corte Desbaste SERVIÇOS E MÁQUINAS TERCEIRIZADOS: Lixadeira Makita Esmerilhadeira Poli Corte ÍNDICE Caracterização da Empresa – Obra 2 OBJETIVO 4 ABRANGÊNCIA 4 REFERÊNCIAS 4 Definições e siglas 4 RESPONSABILIDADES 4 5.1 Da Niplan Engenharia...

    2159  Palavras | 9  Páginas

  • modelo de horas

    objetivos. Na análise de Benchmarking e dos fatores de desempenho, foram identificadas as oportunidades, ameaças, os pontos fortes e fracos da empresa e constatados que alguns pontos fracos são o ressuprimento inadequado de matériasprimas, falta de treinamento e alta rotatividade de funcionários. Para reduzir ou eliminar esses pontos fracos foram aplicadas técnicas de Cronoanálise, Catalogação de Produto, e Administração de Materiais (Classificação ABC, Previsão de Demanda, Gráfico de Pareto e outros)...

    51048  Palavras | 205  Páginas

  • TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO

    elaborado para a disciplina de Gestão de Pessoas, atendendo à proposta de contribuirmos para o levantamento das necessidades de treinamento e para a sugestão de treinamentos para a COCESP-USP. No início do semestre, foi proposta a atividade de elaborarmos uma espécie de consultoria para a COCESP, com o objetivo de levantarmos as necessidades e elaborarmos aplicações de treinamento e desenvolvimento de seus funcionários e, por conseqüência, contribuir para o desempenho da instituição. Foi identificada...

    4510  Palavras | 19  Páginas

  • Pcmat

    tópicos. 1- PROGRAMA EDUCATIVO E TREINAMENTO EM PREVENÇÃO DE ACIDENTES DO TRABALHO 1. Análise Preliminar de Risco A.P.R.; 2. Programa de treinamento e recursos; 3. Programa de treinamento admissional / integração; 4. Palestras mensais de segurança; 5. Treinamentos de capacitação por tipo de atividades: 5.1. Treinamentos e reforços em segurança nas operações perigosas; 5.2. Prevenção e combate a incêndio; 5.3. Treinamento para atendimento a acidentados; 5...

    5646  Palavras | 23  Páginas

  • PT TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO

    portfólio n° 01 Levantamento das necessidades de treinamento ............................................................................................................................. Guarulhos 2015 heloisa kelvin santos – ra 226562015 thaina conceição santos da cruz – ra 231542015 Thaysa kelly de carvalho oliveira – ra 208682015 Trabalho apresentado ao Curso de Gestão em Recursos Humanos...

    1403  Palavras | 6  Páginas

  • Polimeros

    embalagem } · { Deixe um comentário } São números ou siglas inscritos no produto que indicam o material empregado na confecção da embalagem. Normalmente estão localizados na parte inferior dos frascos   PET - Poli (Tereftalato de etileno) PEAD - Polietileno de Alta Densidade PVC - Poli (Cloreto de Vinila) PEBD – Polietileno de Baixa Densidade PP – Polipropileno PS – Poliestireno Outros – Outros plásticos diferentes dos anteriores. * Comportamento mecânico (dureza, embranquecimento na dobra...

    5837  Palavras | 24  Páginas

  • Trabalho Empreendedorismo

    instruções do fornecedor do sistema; Os painéis devem ser executados pensando no seu tamanho e peso, de forma a facilitar o seu transporte, montagem e desforma; Todas as peças devem ser medidas e os painéis devem ser estruturados; As superfícies de corte devem ser planas e lisas, sem apresentar serrilhas; Selar os topos de chapas com tinta a óleo ou selante à base de borracha clorada, tão logo as peçassejam serradas na bancada; Identificar os painéis com uma numeração ou código para facilitar na montagem;...

    3025  Palavras | 13  Páginas

  • MENTALIZAÇÃO E AUTOCONFIANÇA

    esportivas e enfrentamento de dor ou lesão. Para desenvolver um bom programa de treinamento de mentalização é necessário uma avaliação das condições do atleta. Motivação e expectativas realistas são os primeiros passos para o estabelecimento de um programa de treinamento de mentalização. Para a avaliação, usa-se um instrumento como o questionário de Mentalização do Esporte, antes de iniciar o treinamento. Esse treinamento inclui exercícios de nitidez e capacidade de controle. O atleta deve praticar...

    2411  Palavras | 10  Páginas

  • Enfermagen

    extensas. O HPS é resolutivo, e apesar de não ter concorrentes, cumpre com excelência a sua tarefa, e é isso que o torna tão popular na Região Sul. São diversos os tipos de atendimentos feitos no HPS. Se o ferimento decorrente do acidente for um corte ou um esmagamento de “pequenas” proporções, o destino é a Sala 2, ou Sala de Sutura. Se o acidente envolver a região da boca, do nariz e ouvidos, onde o “corpo estranho” é o mais corriqueiro, o destino é a Sala 5, ou Sala de Buco, e a Sala 4, ou...

    33092  Palavras | 133  Páginas

  • Projeto de automação processo de usinagem de amostra para ensaios tecnologicos

    numéricas CN, a tarefa de treinamento foi originalmente empreendida por instituições com capacidade para dispor de um laboratório com essas máquinas - ferramentas. A ausência deste recurso restringia a habilidade do estudante para entender as funções e operações envolvidas. Ocorre que o equipamento CN e o material para usinagem e manutenção têm custo elevado e, bastante restrito devido a problemas de quebra de ferramentas e de danos nos componentes mecânicos surgidos nos treinamentos. Como resultado, ficava...

    3949  Palavras | 16  Páginas

  • Tcc de segurança no trabalho

    desempenho das atividades; d) situações de perigo para os trabalhadores; e) levantamento dos EPI’s utilizados pela empresa; Pesquisas de CA no site do ministério do trabalho, formas de restauração e higienização dos EPI’s f) levantamento de treinamentos; g) exames; verificação dos exames realizados em cada atividade. Ao final do levantamento foi feito relatório para o administrador na intenção de deixá-lo a par de tudo que acontecer dentro da empresa com a relação à saúde e...

    2673  Palavras | 11  Páginas

  • WinNC Fanuc21T Apostila De Treinamento

    POS PROG F3 MEM OS 100%T 12:00:00 F5 F6 OFFSET SYSTEM F4 EDIT O0001 N0005 F5 MDI F7 ALARM > F6 JOG F7 REF > OU UTILIZAR AS TECLAS DIREITA E ESQUERDA DO MOUSE Aperte as Teclas para visualizar as telas do comando Fanuc. WINNC APOSTILA DE TREINAMENTO © - DIDATECH -Todos os Direitos Reservados 2006 1 EXERCÍCIO DE PROGRAMAÇÃO DE TORNO C.N.C Ferramentas: T2-Desbaste e acabamento/ T3-Broca de Centro / T6–Bedame / T8-Roscar Ponto de Troca R3 X40 Z70 1x 45O ∅30 M20x1 ∅26 ∅18 ∅13 ∅10 5,5 10...

    4210  Palavras | 17  Páginas

  • PAPER PRIMEIROS SOCORROS

    emergenciais das mais variadas naturezas, sejam ocupacionais ou não. Assim, um operário qualquer, munido de suas ferramentas e suspenso em um pingente andaime, poderá, tornar-se vítima tanto de uma circunstância acidental, despencando de seu posto e poli traumatizando-se no chão, como também poderá, perfeitamente, ter uma de suas artérias coronárias, subitamente ocluídas, e perecer em decorrência de um Infarto Agudo do Miocárdio. Embora isso possa, a primeira vista, parecer óbvio, ou seja, o trabalhador...

    7290  Palavras | 30  Páginas

  • Estrategias de gestão - investimento em treinamento

    Estratégias de Gestão: Investimento em Treinamento, A classificação contábil pode ser um reflexo da forma como a liderança realiza a classificação mental do que é treinamento. Quando entendido como mero custo, o treinamento é encarado como um mal necessário. Não se sabe exatamente a que fim serve, mas todas as organizações praticam e, por isso, deve ter alguma utilidade. Ou ainda, treina-se apenas para atender às exigências de órgãos fiscalizadores oficiais ou de clientes. Entender o tema sob essa...

    1740  Palavras | 7  Páginas

  • Mapa de rico

    processo de trabalho (materiais, equipamentos, instalações, suprimentos e espaços de trabalho) e a forma de organização do trabalho (arranjo físico, ritmo de trabalho, método de trabalho, postura de trabalho, jornada de trabalho, turnos de trabalho, treinamento, etc.). O mapa é um levantamento dos pontos de risco nos diferentes setores das empresas. Trata-se de identificar situações e locais potencialmente perigosos. A partir de uma planta baixa de cada seção são levantados todos os tipos de riscos...

    1878  Palavras | 8  Páginas

  • diagnostico de desenvolvimento e treinamento

    DIAGNOSTICO DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO; ASA ALIMENTOS Breve descrição da empresa analisada: A asa alimentos é uma empresa que atua na avicultura e pecuária, possui mais de 40 anos de experiência na área. Segundo a asa, "sua atuação abrange toda a cadeia produtiva. Criação de aves – matrizes e frangos de corte - suínos e ovinos, fabricação de rações e armazenamento de grãos, abate, processamento e comercialização de alimentos refrigerados. Possui toda essa cadeia de produção acoplada...

    665  Palavras | 3  Páginas

  • MONOGRAFIA TrimeTEX Ltda

    produção de poli(tereftalato de trimetileno), bem como aferir sua viabilidade de implantação no território brasileiro. Foi desenvolvido um plano de negócios estudando todos os aspectos relacionados ao empreendimento, passando por análise de mercado, processo produtivo, controle de qualidade, segurança e outros. A empresa TrimeTEX Ltda. estará estrategicamente localizada em São José dos Campos, em São Paulo, próximo ao polo petroquímico do estado e ao porto de Santos. Produzirá o polímero poli(tereftalato...

    17973  Palavras | 72  Páginas

  • Treinamento operador de motosserras

    Treinamento operação de Motosserras ACIONAMENTO DAS MOTOSERRAS •Mistura a Gasolina •Ar comprimido •Eletricidade SEMPRE OBSERVAR AS CARACTERISTICAS DA MAQUINA Marca: Modelo: Potencia do motor: Cilindrada: Rotação máxima: Tanque de combustível: Peso: Tamanho do sabre: Passo da corrente: Velocidade da corrente: RISCOS NA OPERAÇÃO DE MOTOSERRAS A motosserra, ao lado da desfribadora de sisal e do trator agrícola, é uma das máquinas utilizadas na zona rural e uma das...

    1291  Palavras | 6  Páginas

  • Máquina de corte

    Máquina de corte Uma Máquina ou ferramenta de corte é um dispositivo, geralmente alimentado por sistemas hidráulicos, motores elétricos, ou métodos mais avançados, que são utilizados na indústria para cortar uma variedade de materiais. Tipicamente, o seu propósito é o de fabricar metais que não podem ser facilmente cortados ou moldados de forma manual. Existem literalmente centenas de diferentes tipos de projetos para as ferramentas de corte em uma determinada máquina, o que resulta em uma classificação...

    3188  Palavras | 13  Páginas

  • Treinamento de Esmirilhadeiras

    MANUAIS Treinamento de Uso de Lixadeiras – Setembro - 2013 30 de julho de 2014 – slide 1 INTRODUÇÃO Qualquer empresa que almeja alcançar bons resultados, necessita que sejam definidos seus Objetivos, Metas e Planos para realizá-los, tendo seus funcionários treinados e motivados para tal. Este treinamento foi elaborado visando lhe proporcionar as condições básicas de operação, utilização e segurança de esmerilhadeiras angulares, lixadeiras e retificadoras. Treinamento de Uso de Lixadeiras...

    1480  Palavras | 6  Páginas

  • Epi em cana de açucar

    execução da atividade. Segundo representantes da empresa e dos trabalhadores, ambos necessitam de adequação para facilitar o trabalho no corte manual da cana, para torná-los mais seguros e confortáveis. O objetivo desse trabalho é analisar o uso de equipamentos de proteção individual e das ferramentas de trabalho durante a execução da atividade do corte manual da cana - de - açúcar. Com base na compreensão do desenvolvimento de suas atividades, na aquisição do epis, à armazenagem e a distribuição...

    3586  Palavras | 15  Páginas

  • Seminário Consultoria Organizacional

    .............................................12 5.2.3 – Registro novo Colaborador...............................................12 5.2.4 – Registro Terceirizados......................................................13 5.2.5 – Integração e Treinamento Admissional............................13 5.2.6 – Assinatura Documentação/Cartão Ponto.........................13 5.2.7 – Epi’s, Uniforme.................................................................15 5.2.8 – Controle de ferramentas........

    12280  Palavras | 50  Páginas

  • Corte de Metais

    ENGENHARIA MECÂNICA ANGEL OTTO OLINEK TIPOS DE CORTE DE METAIS GUARAPUAVA 2014 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO..........................................................................................................4 2 TIPOS DE CORTE....................................................................................................5 2.1 CORTE POR JATO D’ÁGUA.......................................................................5 2.2 CORTE A LASER..............................................

    2225  Palavras | 9  Páginas

  • 184985380124

    Planejada Desejada Localização e Infra – Estrutura Responsabilidade Social 2. Estrutura Organizacional e Funcional Descrição Legal Estrutura Funcional Gerencias; suas habilidades e competências. Área de produção Quadro de Funcionários Treinamentos e Desenvolvimento Processo de Produção 3. Plano Operacional Sistemas de Gestão Gestão Participativa Marketing Comercialização Controle de Qualidade 4. Produtos A linha de Produtos Descrição de Produtos Uso e Apelo dos Produtos ...

    3540  Palavras | 15  Páginas

  • Praticas integradoras eletrica

    de instalações elétricas, o pré requisito para os atendentes do estabelecimento é: Auxiliar administrativo: Elevada capacidade de organização e trabalho orientado para a obtenção de resultados; capacidade de adaptação no trabalho e versatilidade/poli valência nas funções; auto - aprendizagem ; autonomia e tomada de decisão: comunicação escrita e oral; iniciativa, relacionamento inter – pessoal em equipe. Balconista: Responsável pela organização e separação das mercadorias nas prateleiras e...

    2130  Palavras | 9  Páginas

  • Doenças ocupacionais no CME

    funcionalidade mais segura. Aplicação de normas e uso do equipamento de proteção assim como treinamento, são regras valiosas e um dever da instituição e um direito do trabalhador, uma vez que ele depende destas condições para continuar exercendo sua função. Os profissionais envolvidos na função de tratamento de materiais estão expostos continuamente a acidentes e contaminação. Faz-se então a necessidade de treinamento e conhecimento dos riscos que estão expostos diariamente. 2. Desenvolvimento Atividades...

    2796  Palavras | 12  Páginas

  • Modelo de relatório de estágio curso de segurança do trabalho

    Objetivos organizacionais 14 5.3 Programa de prevenção e riscos ambientais (PPRA) 14 5.4 Programa de controle médico de saúde ocupacional (PCMSO) 14 5.4.1Atestado de saúde ocupacional (ASO) 15 5.5 Comunicação de acidente de trabalho (CAT) 15 5.6 Treinamentos 16 5.7 Ferramentas de segurança 16 6 CONSIDERAÇÕES FINAIS 17 7 ANEXOS 19 1 INTRODUÇÃO Apresento o meu relatório de estágio curricular à coordenação de estágio do Icep. Estágio executado na empresa Construtora Norberto Odebrecht S/A...

    3218  Palavras | 13  Páginas

  • Relatório Final para Treinamento Profissional em Biotério de Criação - CBR/UFJF

    RELATÓRIO FINAL DE TREINAMENTO PROFISSIONAL TREINAMENTO PROFISSIONAL EM BIOTÉRIO DE CRIAÇÃO: ALOJAMENTO DE RATOS E DE CAMUNDONGOS FERNANDA MORAIS E SOUZA JUÍZ DE FORA JUNHO/2014 FERNANDA MORAIS E SOUZA TREINAMENTO PROFISSIONAL EM BIOTÉRIO DE CRIAÇÃO: ALOJAMENTO DE RATOS E DE CAMUNDONGOS Relatório parcial do programa de Treinamento Profissional realizado de maio/2013 a junho/2014. Prof.(a) Orientador(a): Vera Maria Peters Supervisor: Pedro Bellei JUÍZ DE FORA JUNHO/2014 ...

    8928  Palavras | 36  Páginas

  • PCMAT - Reforma Centro Convenções - Eng Civil

    trabalhadores, ficando a critério do engenheiro da obra a forma de distribuição do mesmo. Caso fique uma pessoa responsável pela distribuição, os funcionários devem receber a informação de quem e onde procurar, esta informação poderá ser dada através dos treinamentos introdutórios e ou por cartazes colocados próximos aos banheiros; Modificado o lay-out inicial das áreas de vivência, observar para que as instalações sanitárias não se liguem diretamente com locais de refeição; INSTALAÇÕES SANITÁRIAS VASOS...

    12568  Palavras | 51  Páginas

  • Utilização dos epi's no corte da cana-de-açúcar

    TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO SENAC Utilização de EPI’s no corte da Cana-de-Açúcar CHARLES LOMBARDI Trabalho apresentado à disciplina de NRs no Curso – Técnico em Segurança do Trabalho sob a supervisão do Profº. Claudinei Nascimento. BARRETOS 2011 SUMÁRIO Introdução.................................................................................................................2 1. Capítulo I - Cana-de-Açúcar – Contexto Histórico.......

    17872  Palavras | 72  Páginas

tracking img