Trabalho Em Altura Dá Direito A Adicional De Periculosidade Porque artigos e trabalhos de pesquisa

  • Segurança do trabalho

    Tecnologia Disciplina: Sistema de Gestão, Saúde e Segurança do Trabalho Professor: Marco Souza ALUNO: Monalisa Lira Fernandes Paiva Barbara Rodrigues de Paula Insalubridade e Periculosidade 1. Que é adicional de periculosidade? A quem é devido o adicional de periculosidade? O adicional de periculosidade é um valor devido ao empregado exposto a atividades periculosas, na forma da regulamentação aprovada pelo Ministério do Trabalho e Emprego.  São periculosas as atividades ou operações...

    650  Palavras | 3  Páginas

  • seguração e saúde no trabalho

    SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO E ERGONOMIA. 1.O QUE É SEGURANÇA DO TRABALHO? A Segurança do Trabalho é a ciência que atua na prevenção dos acidentes do trabalho decorrentes dos fatores de riscos ocupacionais. Nos locais de trabalho existem inúmeras situações de risco passíveis de provocar acidentes do trabalho. Logo, a análise de fatores de risco em todas as tarefas e nas operações do processo é fundamental para a prevenção.entre os fatores de risco que provocam acidentes do trabalho,destacam -se Eletricidade...

    734  Palavras | 3  Páginas

  • Perguntas Segurança do Trabalho

    Questões Sobre Segurança e Saúde do Trabalho e Ergonomia 1. Que é Segurança do Trabalho? 2. Como a Segurança do Trabalho é regulamentada no Brasil? 3. O que é acidente de trabalho? 4. O que é doença ocupacional? 5. O que é doença do trabalho? 6. O que é acidente de trajeto? 7. O que fazer em caso de acidente fatal? 8. Que é doença ocupacional? 9. Que é doença do trabalho? 10. Que é a DRT? 11. Que é a FUNDACENTRO? 12. Sobre o que versa a BS8800? 13. Sobre o que versa a...

    1000  Palavras | 4  Páginas

  • Introdução á segurança do trabalho

    1. O que é Segurança do Trabalho? Segurança do trabalho pode ser entendida como os conjuntos de medidas que são adotadas visando minimizar os acidentes de trabalho, doenças ocupacionais, bem como proteger a integridade e a capacidade de trabalho do trabalhador. 2. Como a Segurança do Trabalho é regulamentada no Brasil? A Segurança do Trabalho é definida por normas e leis. No Brasil, a Legislação de Segurança do Trabalho compõe-se de Normas Regulamentadoras, leis complementares, como portarias...

    647  Palavras | 3  Páginas

  • monografia adicional de periculosidade

     CURSO DE DIREITOADICIONAL DE PERICULOSIDADE” PEDRO HENRIQUE ABREU BENATTO RA: 515940/8 TURMA: 3209-A FONE: 78373550 E-MAIL: phbenatto@hotmail.com SÃO PAULO 2011 PEDRO HENRIQUE ABREU BENATTO Monografia apresentada à Banca Examinadora do Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas, como exigência parcial para obtenção do título de Bacharel em Direito sob a orientação do Professor Doutor Ducler Sandoval Gasparini. SÃO PAULO 2011 BANCA...

    12848  Palavras | 52  Páginas

  • Segurança do trabalho

    1. Que é Segurança do Trabalho ? Segurança do trabalho pode ser entendida como os conjuntos de medidas que são adotadas visando minimizar os acidentes de trabalho, doenças ocupacionais, bem como proteger a integridade e a capacidade de trabalho do trabalhador. 2 – Como a Segurança do Trabalho e regulamentada no Brasil? R= A Segurança do Trabalho e regida por normas e leis no Brasil, a Legislação de normas regulamentadoras, leis complementares, como portarias e decretos, as convenções internacionais...

    1031  Palavras | 5  Páginas

  • Segurança e Medicina do Trabalho

    perfeita segurança aos que nelas trabalhem. Nesse sentido, os locais de trabalho deverão ter, no mínimo, 3 (três) metros de pé-direito, assim considerada a altura livre do piso ao teto. É importante ressaltar que este limite poderá ser reduzido, por ato da autoridade competente, desde que atendidas às condições de iluminação e conforto térmico compatíveis com a natureza do trabalho. Os pisos dos locais de trabalho não deverão apresentar saliências, nem depressões que prejudiquem a circulação...

    12085  Palavras | 49  Páginas

  • segurança do trabalho

    QUESTÕES SOBRE SEGURANÇA DO TRABALHO 1- O Que é Segurança do Trabalho? 2- Como a Segurança do Trabalho é regulamentada no Brasil? 3- As convenções da Organização Internacional do Trabalho têm força de lei no Brasil? 4- O que é acidente de trabalho? 5- O que é doença ocupacional? 6- O que é doença do trabalho? 7- O que é acidente de trajeto? 8- O que é acidente fatal? 9- Que é adicional de periculosidade? Qual a fundamentação legal? 10- Que é adicional de insalubridade? Qual a fundamentação...

    1013  Palavras | 5  Páginas

  • trabalho

    QUESTÕES SOBRE SEGURANÇA DO TRABALHO 1- O Que é Segurança do Trabalho? 2- Como a Segurança do Trabalho é regulamentada no Brasil? 3- As convenções da Organização Internacional do Trabalho têm força de lei no Brasil? 4- O que é acidente de trabalho? 5- O que é doença ocupacional? 6- O que é doença do trabalho? 7- O que é acidente de trajeto? 8- O que é acidente fatal? 9- Que é adicional de periculosidade? Qual a fundamentação legal? 10- Que é adicional de insalubridade? Qual a fundamentação...

    1013  Palavras | 5  Páginas

  • Resumo Direito do Trabalho parte II

    Direito do Trabalho II Professora: Daniela Zapata 1-Salário e Remuneração Diferença entre Remuneração e Salário: Remuneração = Salário + Gorjeta Só recebe remuneração quem recebe gorjeta, quem não recebe gorjeta recebe salário. •Salário: Todo valor pago pelo empregador ao empregado em virtude do contrato de trabalho. S de salário, o professor Godinho chama esse S de complexo salarial. O complexo salarial é o conjunto das parcelas salariais devidas em virtude do contrato de trabalho. Exemplos de...

    10842  Palavras | 44  Páginas

  • Segurança no trabalho

    Segurança do Trabalho? 2. Como a Segurança do Trabalho é regulamentada no Brasil? 3. As convenções da Organização Internacional do Trabalho tem força de lei no Brasil? 4. O Que é acidente de trabalho? 5. O Que é doença ocupacional? 6. O Que é doença do trabalho? 7. O Que é acidente de trajeto? 8. O Que é acidente fatal? 9. O Que é adicional de periculosidade? 10. A quem é devido o adicional de insalubridade? 11. O Que é adicional de insalubridade? 12. A quem é devido adicional de insalubridade...

    2816  Palavras | 12  Páginas

  • 18 11Direito do Trabalho

    Disciplina: Direito do Trabalho Professor: Jair Mayer Segurança e Medicina do Trabalho. Fiscalização do Trabalho. Patrícia Mattos(6659409918) 1.Quais as principais normas que tratam de segurança e medicina do trabalho? 2.O fornecimento por si só de equipamentos de proteção é capaz de afastar o direito ao adicional de insalubridade? 3.Em caso de ação trabalhista, em que há realização da perícia para apuração de insalubridade/periculosidade, o juiz está obrigado a decidir...

    3202  Palavras | 13  Páginas

  • Questões resolvidas de segurança do trabalho

    Segurança do Trabalho? R= Conjunto de medidas que são adotadas visando a minimizar acidentes de trabalho, doenças ocupacionais, bem como proteger a integridade e a capacidade de trabalho do trabalhador. 2 – Como a Segurança do Trabalho e regulamentada no Brasil? R= A Segurança do Trabalho e regida por normas e leis no Brasil, a Legislação de normas regulamentadoras, leis complementares, como portarias e decretos, as convenções internacionais da Organização Internacional do Trabalho, ratificadas...

    3063  Palavras | 13  Páginas

  • Possibilidade de cumulação dos adicionais de insalubridade e periculosidade

    HUMANAS DE ITABIRA - FACHI POSSIBILIDADE DE CUMULAÇÃO DOS ADICIONAIS PERICULOSIDADE E INSALUBRIDADE: UMA ANÁLISE SISTEMÁTICA DESSES INSTITUTOS Itabira 2013 FUNDAÇÃO COMUNITÁRIA DE ENSINO SUPERIOR DE ITABIRA – FUNCESI FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE ITABIRA - FACHI Keiler Coelho Lage Procópio POSSIBILIDADE DE CUMULAÇÃO DOS ADICIONAIS PERICULOSIDADE E INSALUBRIDADE: UMA ANÁLISE SISTEMÁTICA DESSES INSTITUTOS Projeto de pesquisa...

    10613  Palavras | 43  Páginas

  • direito do trabalho 2

     FACULDADE ANHANGUERA DE RONDONÓPOLIS DIREITO – 4º Semestre “A” DARIO MORAIS RA 4215795748 DOUGLAS PEDROMILO RA 3786777394 GÉLISSY DE A. REIS 3715677054 LUCAS RODER RA 1299484724 MARCEL ITACARAMBI RA 4437879914 MARIANNY RIBEIRO RA 3226041807 Esta atividades foram desenvolvidas na disciplina de Direito do Trabalho II, como parte da 1º,2º,3º e 4º das ATPS, sob a orientação do professor LEONARDO PEIXOTO DE AZEVEDO. RONDONÓPOLIS-MT Novembro-2013 Questão...

    2908  Palavras | 12  Páginas

  • Direito do Trabalho

    Atps- Direito do trabalho. Etapa 3: Passo 2. 1- Quais as principais normas que tratam de segurança e medicina do trabalho? Resposta: Conforme a Constituição federal de 1988: Art. 7º São direitos dos trabalhadores ... Além de outros  XXII- Redução dos riscos inerentes ao trabalho , por meio de normas de saúde,higiene e segurança .  XXIII –Adicional de remuneração para as atividades penosas , insalubres ou perigosas na forma da lei..  ART 23. É competência comum da União , dos estados, do...

    5442  Palavras | 22  Páginas

  • Qeustões ergonomia e segurança do trabalho

    01. O que é acidente de trabalho? Um acidente de trabalho é aquele que se verifique no local e no tempo de trabalho, produzindo lesão corporal, perturbação funcional ou doença de que resulte redução na capacidade de trabalho. 02. O que é doença ocupacional? Doença ocupacional é designação de várias doenças que causam alterações na saúde do trabalhador, provocadas por fatores relacionados com o ambiente de trabalho. 03. O que é doença do trabalho? A doença do trabalho é aquela adquirida ou desencadeada...

    5262  Palavras | 22  Páginas

  • questoes sobre seguranca e saude do trabalho e ergonomia

    Segurança do Trabalho 1. Que é Segurança do Trabalho? A Segurança do Trabalho é a ciência que atua na prevenção dos acidentes do trabalho decorrentes dos fatores de riscos ocupacionais. 2. Como a Segurança do Trabalho é regulamentada no Brasil? 3. As convenções da Organização Internacional do Trabalho tem força de lei no Brasil? 4. Que é acidente de trabalho? 5. Que é doença ocupacional? 6. Que é doença do trabalho? 7. Que é acidente de trajeto? 8. Que é acidente fatal? 9. Que é adicional de periculosidade...

    5353  Palavras | 22  Páginas

  • direito do trabalho

    Direito do Trabalho II Jornada de Trabalho 1. Fundamentos para fixação da Jornada de Trabalho a) Natureza Biológica b) Caráter Social c) Ordem Econômica 2. Jornada de Trabalho (definição) 3. Horário de Trabalho (definição) 4. Trabalho em regime de tempo parcial 5. Registro de horário Jornada de Trabalho 1. Fundamentos para fixação da Jornada de Trabalho Os fundamentos estão na preservação do trabalhador, como forma de evitar um esgotamento do trabalhador. Preservação física...

    29145  Palavras | 117  Páginas

  • A Negociacao Coletiva E O Respeito Aos Direitos Sociais Minimos Julio Bernardo Do Carmo TRT3

    A NEGOCIAÇÃO COLETIVA E O RESPEITO AOS DIREITOS SOCIAIS MÍNIMOS Júlio Bernardo do Carmo1 Na última sessão ordinária da 4ª Turma do Egrégio Tribunal Regional do Trabalho da 3ª. Região, que tenho a elevada honra de integrar, surgiu candente discussão em torno dos limites constitucionais da flexibilização das relações de trabalho. O tema em debate girou em torno da validade de cláusula sindical inserida em convenção coletiva de trabalho que desonerava o empregador do pagamento de horas extras itinerantes...

    3911  Palavras | 16  Páginas

  • ACIDENTE DE TRABALHO

    SENHOR DOUTOR JUIZ FEDERAL DA VARA DO TRABALHO DE PIRASSUNUNGA/SP nome, brasileiro, união estável, portador do RG/SSP/ n., inscrito nos quadros do CPF/MF sob o n., residente e domiciliada na Rua, n. , CEP n. , cidade de , vem respeitosamente à presença de Vossa Excelência, mediante seu bastante procurador que esta subscreve e cujo endereço de escritório consta do rodapé da presente exordial, ajuizar RECLAMAÇÃO TRABALHISTA em face de, pessoa jurídica de direito privado inscrita nos quadros do CNPJ/MF...

    8622  Palavras | 35  Páginas

  • Direito do Trabalho - Apostila AJAJ - TRT-SP 2008

    APOSTILA DE DIREITO DO TRABALHO ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA AUTOR: ALEXANDRE WALKER RIBEIRO Confeccionada com base no conteúdo programático do TRT-SP 2008 SUMÁRIO 1. JUSTIÇA DO TRABALHO 5 2. JORNADA DE TRABALHO 5 2.1 Tempo Residual à Disposição 6 2.2 Tempo In Itinere 6 2.3 Jornadas Não Controladas 6 2.4 Trabalho em Regime de Tempo Parcial 6 3. TRABALHO EXTRAORDINÁRIO 6 3.1 Atividades ou Circunstâncias...

    26987  Palavras | 108  Páginas

  • Direito do trabalho

    Regulamentadoras  Em 1978, o Ministério do Trabalho publica através da Portaria n. 3214, de 08 de junho de 1978, as normas regulamentadoras relativas à medicina, higiene e segurança do trabalho, como consequência das políticas voltadas para a área do trabalho.  As Normas Regulamentadoras (Portaria Ministerial 3214/78), dentre uma série de recomendações técnicas, estabelece a obrigatoriedade das empresas em constituírem o Serviço Especializado em Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT) e as categorias profissionais...

    1071  Palavras | 5  Páginas

  • SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO

     SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO ANNA CAROLINA DA SILVA CARDIANO BÁRBARA DA SILVA PEREIRA BRUNA MOREIRA DA SILVA CHARLIANE DE SOUSA MESQUITA ERICK MATEUS FAUSTINO LUCAS ALBUQUERQUE ARNAUD DE SOUZA LIMA MARIANNA DA PAIXÃO FRASCARI THIAGO ANTONINO VANESSA DE ARRUDA SILVA RIO DE JANEIRO 2014 ANNA CAROLINA...

    30275  Palavras | 122  Páginas

  • DIREITO DO TRABALHO ATPS II

    ANHANGUERA CURSO: DIREITO DISCIPLINA: DIREITO do TRABALHO II ATIVIDADE PRATICA SUPERVISIONADA ETAPA: III e IV Professor (a) Ms. Edson Ferreti. Integrantes do grupo de Estudo: Adônis Ramos de Brito Cavalcante. RA: 3730.715.170 Jesuíno Rodrigues. RA: 4610.905.104 Jackson Cardoso dos Santos RA: 4400.827.829 São Bernardo do Campo, 15 de outubro de 2013. São Paulo SUMARIO Etapa III Aula Tema: Segurança e Medicina do Trabalho, Fiscalização do Trabalho. Passo I......

    5760  Palavras | 24  Páginas

  • DIREITO DO TRABALHO 4 SEMESTRE SEGURAN A E MEDICINA NO TRABALHO

     AULA – TEMA: SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO. FISCALIZAÇÃO  DO TRABALHO. CURSO DE DIREITO – TURMA B ETAPA: 3 E 4 NOME: DAIANE ANDRADE DA CONCEIÇÃO RA: 4251801211 NOME: LEONEL BORONI RA: 681416850 NOME: MARCO ANTÔNIO ...

    6131  Palavras | 25  Páginas

  • Tecnico em segurança do trabalho

    profissional de Segurança, Medicina e Higiene do Trabalho que comparece na empresa só para assinar documentos? E quando ele toma o mesmo procedimento por várias empresas? R: Deve sua conduta ser comunicada ao CRM e Crea. Havendo dano aos empregados ou terceiros, motivados pelo comportamento declinado na pergunta, desde que, devidamente comprovado, haverá responsabilidade civil e criminal do relapso. 2. Um funcionário é afastado por acidente de trabalho e não retorna na data marcada pelo médico, tentando...

    11392  Palavras | 46  Páginas

  • Adicional de periculosidade

    ADICIONAL DE PERICULOSIDADE O adicional de periculosidade é um valor devido ao empregado exposto a atividades periculosas. São periculosas as atividades ou operações, onde a natureza ou os seus métodos de trabalhos configure um contato com substancias inflamáveis ou explosivos, em condição de risco acentuado como, por exemplo, frentista de posto de combustível, operador em distribuidora de gás, entre outros. CARACTERIZAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO A periculosidade é caracterizada...

    2208  Palavras | 9  Páginas

  • Ltcat laudo técnico das condições ambientais de trabalho

    Vanessa Silva Melo LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO SÃO LUÍS-MA 2012 Ana Patrícia Duarte Graça Ivanete Maria de Sousa Trabalho apresentado como requisito para Avaliação da disciplina Saúde dos Trabalhadores do Curso Engenheiro de...

    6751  Palavras | 28  Páginas

  • ATPS TRABALHO O fornecimento por si só de equipamentos de proteção é capaz de afastar o direito ao adicional de insalubridade?

    .................................................................Páginas 13/24 DIREITO DO TRABALHO ETAPA – 3 PASSO 2 QUESTÕES 1 Quais as principais normas que tratam de segurança e medicina do trabalho? R: Por intermédio da Portaria nº 3.214, de 08 de julho de 1978, o Ministério do Trabalho expediu as normas regulamentadoras ( NRs ) as quais seguem abaixo: NR 1 – Disposições gerais: NR 2 - Inspeção Prévia; ...

    7551  Palavras | 31  Páginas

  • DIREITO DO TRABALHO II

    SUMÁRIO I. Segurança e Medicina do Trabalho. Fiscalização do Trabalho .............04 I.I - Quais as principais normas que tratam de segurança e medicina do trabalho? ................................................04 I.II - O fornecimento por si só de equipamentos de proteção é capaz de afastar o direito ao adicional de insalubridade?.......................................................................................................................................................

    7678  Palavras | 31  Páginas

  • A ADMISSIBILIDADE DA CUMULAÇÃO DO ADICIONAL DE INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE

    TECNOLOGIA E CIÊNCIAS FACULDADE DE DIREITO LUÃ LINCOLN LEANDRO OLIVEIRA A ADMISSIBILIDADE DA CUMULAÇÃO DO ADICIONAL DE INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE VITÓRIA DA CONQUISTA - BA 2011 LUÃ LINCOLN LEANDRO OLIVEIRA A ADMISSIBILIDADE DA CUMULAÇÃO DO ADICIONAL DE INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE Artigo científico de conclusão de curso, apresentado como requisito parcial para obtenção do título de bacharel, junto ao curso de Graduação em Direito, pela Faculdade de Tecnologia e Ciências...

    8074  Palavras | 33  Páginas

  • Apostila ACIDENTE DE TRABALHO

    LEGAIS  O que é Perícia Judicial? Quem é o Perito Judicial?  Papel do Perito Judicial  Prerrogativas e obrigações do Perito Judicial  Relacionamento com o perito antes, durante e depois da vistoria  ASPECTOS TÉCNICOS  Conceituação de acidente do trabalho e doença ocupacional  Responsabilidade objetiva e subjetiva  Técnicas de investigação de acidentes  Condução do inquérito preliminar  Análise de risco para estabelecimento de culpa em acidentes  Análise ergonômica para estabelecimento de nexo para...

    7872  Palavras | 32  Páginas

  • A ADMISSIBILIDADE DA CUMULAÇÃO DO ADICIONAL DE INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE

    A ADMISSIBILIDADE DA CUMULAÇÃO DO ADICIONAL DE INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE INTRODUÇÃO O presente trabalho tem por objetivo demonstrar a admissibilidade da cumulação do adicional de insalubridade e periculosidade, tendo em vista que não há fundamentos jurídicos, lógicos e nem biológicos que sustentem a impossibilidade do recebimento concomitante dos referidos adicionais. Justifica-se esse estudo, uma vez que a possibilidade do trabalhador exercer sua atividade laboral em ambientes insalubres...

    3318  Palavras | 14  Páginas

  • Direito do Trabalho

    Medeiros – Direito do Trabalho Direito do Trabalho Completo para Tribunais – Revisão – TRT DA SEGURANÇA E DA MEDICINA DO TRABALHO Art. 193 - São consideradas atividades ou operações perigosas, na forma da regulamentação aprovada pelo Ministério do Trabalho, aquelas que, por sua natureza ou métodos de trabalho, impliquem o contato permanente com inflamáveis ou explosivos em condições de risco acentuado. § 1º - O trabalho em condições de periculosidade assegura ao empregado um adicional de 30%...

    884  Palavras | 4  Páginas

  • Segurança do trabalho

    de Segurança do Trabalho Organizadores EZEQUIAS MILLER DO PRADO Biólogo, Licenciado em Ciências Biológicas, graduado pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Especialista em Gestão de Tecnologias Ambientais – Universidade Federal do Espírito Santo. Técnico de Segurança do Trabalho ROVANI GUIMARÃES JORGE Técnico de Segurança do Trabalho WEYDER J. ZAHN Técnico em Segurança do Trabalho Técnico em Higiene Ocupacional Técnico em Enfermagem do Trabalho 1 Apresentação ...

    62592  Palavras | 251  Páginas

  • Adicionais de Insalubridade e Periculosidade

    internet WWW.CONTEUDOJURIDICO.COM.BR INSALUBRIDADE X PERICULOSIDADE: A PROBLEMÁTICA DA NÃO CUMULAÇÃO David Schlickmann Michelle Zomer Fenili 1 Resumo: Tendo em vista a fática possibilidade de estarem presentes em um mesmo ambiente de trabalho fatores que afetem a saúde do empregado e o coloquem em risco de vida, é perfeitamente possível que o empregado tenha direito a perceber cumulativamente os adicionais de insalubridade e de periculosidade. A Lei veda tal cumulação, no entanto, sem qualquer...

    3132  Palavras | 13  Páginas

  • PERICULOSIDADE TST

    De acordo com o artigo 193 da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) são consideradas atividades ou operações perigosas, na forma da regulamentação aprovada pelo Ministério do Trabalho, aquelas que, por sua natureza ou métodos de trabalho, impliquem o contato permanente com inflamáveis ou explosivos em condições de risco acentuado. 3. CARACTERIZAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO/PERÍCIA Conforme a NR 16, item 16.1 são consideradas atividades e operações perigosas as constantes dos Anexos números 1 e 2 desta...

    2984  Palavras | 12  Páginas

  • Adicional de Insalubridade e Periculosidade

    PERICULOSIDADE65CONCLUSÃO76REFERÊNCIAS7 INTRODUÇÃO O presente trabalho irá tratar, de forma sucinta, dois adicionais bastante conhecidos dentro do Direito Trabalhista e Previdenciário brasileiros, o adicional de insalubridade e periculosidade, tratando de forma simples e clara de todos os seus aspectos e repercussões no contrato de trabalho. 2CONCEITO DE ADICIONAL A palavra adicional, independente para que se caracterize (noturno, hora extra, etc.) e o que estamos tratando de periculosidade e insalubridade é caracterizada por...

    860  Palavras | 4  Páginas

  • Revolução industrial segurança do trabalho

    O trabalho em campos de mineração é um dos mais arriscados do setor industrial, com altos índices de acidentes graves ou fatais. Com a tarefa de extrair os recursos minerais a muitos metros abaixo da superfície do solo, os mineiros colocam suas vidas em risco por falta de preparo e de melhores treinamentos, e, principalmente, pela negligência das empresas as quais eles representam. As minas podem variar em extensão e profundidade, no entanto, as mesmas precauções básicas de segurança são usados em...

    5654  Palavras | 23  Páginas

  • APLICABILIDADE OU NÃO DA CUMULAÇÃO DOS ADICIONAIS DE INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE

    BRUNO DA SILVA LACERDA ALVES APLICABILIDADE OU NÃO DA CUMULAÇÃO DOS ADICIONAIS DE INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE Trabalho de conclusão de curso apresentado à faculdade de Direito do Centro Universitário Ritter dos Reis, como requisito parcial para obtenção do título de Bacharel em Direito. Orientador: Hugo Leo Verbist Canoas 2011 AGRADECIMENTOS Primeiramente, e especialmente, tenho a agradecer, a meus pais, Silvio...

    17834  Palavras | 72  Páginas

  • O pagamento de periculosidade aos servidores da segurança pública

    O PAGAMENTO DE PERICULOSIDADE AOS SERVIDORES DA SEGURANÇA PÚBLICA André Cardoso[1] Orientador: Ricardo José Nodari[2] RESUMO Este artigo trata da questão do pagamento de periculosidade aos servidores da Segurança Pública na figura do policial militar. O principal enfoque a ser dado no presente trabalho é a discussão sobre a possibilidade de o Estado passar a pagar a periculosidade aos policiais minitares e a sua responsabilidade por esta omissão, haja vista que milhares profissionais morrem...

    5989  Palavras | 24  Páginas

  • Trabalho sobre caldeiras e vasos de pressão

    RELATÓRIO TÉCNICO NR 13 – CALDEIRAS E VASOS DE PRESSÃO Portaria nº23, de 27-12-1994 DOU DE 28-12-1994 Nome: Marlete de Fatima Colares Estagiária Técnica – Curso Segurança do Trabalho Estágio Curricular Colégio Nossa Senhora de Fátima Introdução A Norma Regulamentadora 13 – Caldeiras e Vasos de Pressão, traz as diretrizes para instalação de caldeiras e vasos de pressão, informações sobre itens obrigatórios que devem estar presentes nas caldeiras instaladas e os procedimentos a serem...

    839  Palavras | 4  Páginas

  • Adicional de periculosidade. trabalho em pátio de manobra de aeronaves. área de risco. cabimento

    Acórdão-6ªC RO 0004272-52.2010.5.12.0026 ADICIONAL DE PERICULOSIDADE. TRABALHO EM PÁTIO DE MANOBRA DE AERONAVES. ÁREA DE RISCO. CABIMENTO. Comprovado nos autos ter o obreiro laborado em aeroporto, no pátio de manobras, no qual, de forma concomitante, eram abastecidas as aeronaves, faz jus ao adicional de periculosidade. Isso porquanto, consoante dispõe o item 3 “g” do anexo 2 da NR-16 da Portaria 3214/78, considera-se condição periculosa...

    3842  Palavras | 16  Páginas

  • Adicionais a remuneracao

    Resumo de Direito Trabalho Tema: Adicionais à remuneração Fonte: Aulas, Ricardo Resende, Pro Labore Conceito: os adicionais são parcelas salariais devidas ao trabalhador em razão de circunstâncias especiais que tornam a execução do trabalho mais gravosa. Em alguns países do mundo, os empregadores preferem neutralizar o local do que pagar adicionais. No Brasil, porém, há a chamada monetarização da saúde , ou seja, paga-se a saúde/ vida do trabalhador. Não quer dizer que porque paga adicionais o empregador...

    3120  Palavras | 13  Páginas

  • cumulação de insalubridade e periculosidade

    PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO Módulo III - Direito do Trabalho MILLARAY ATALIA CORTEZ ZAMBON DA CUMULAÇÃO DA INSALUBRIDADE E DA PERICULOSIDADE CANOAS 2013 EMENTA ADICIONAIS DE INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE. CUMULAÇÃO. IMPOSSIBILIDADE. De acordo com o art. 193, § 2º, da CLT, inviável a cumulação dos adicionais de insalubridade...

    4583  Palavras | 19  Páginas

  • TCC PRONTO DE DIREITO

    JURÍDICAS CURSO DE DIREITO ANA PAULA ULIANA PERICULOSIDADE PERCEBIDA A MAIS DE DEZ ANOS E O PRINCÍPIO DA ESTABILIDADE FINANCEIRA BLUMENAU 2012 ANA PAULA ULIANA PERICULOSIDADE PERCEBIDA A MAIS DE DEZ ANOS E O PRINCÍPIO DA ESTABILIDADE FINANCEIRA Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Curso de Graduação em Direito do Centro de Ciências Jurídicas da Universidade Regional de Blumenau, como requisito parcial obtenção do grau de Bacharel em Direito. Profª. Elsa...

    21483  Palavras | 86  Páginas

  • Insalubridade e periculosidade

    INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE Novo Hamburgo, 08 de abril de 2002 INSALUBRIDADE Chamamos de insalubres as atividades que, por sua natureza, condição ou métodos de trabalho, expõem os empregados a agentes nocivos à saúde acima dos limites de tolerância fixados no art. 189 e 190 da CLT. A delegacia Regional do Trabalho é responsável pela fiscalização e notificação das empresas quanto a essas operações insalubres. O art. 191 da CLT reza que a empresa terá que o ambiente de trabalho torne-se menos...

    817  Palavras | 4  Páginas

  • Segurança do trabalho

    Introdução à Segurança do Trabalho 1. Que é Segurança do Trabalho? 2. Como a Segurança do Trabalho é regulamentada no Brasil? 3. As convenções da Organização Internacional do Trabalho tem força de lei no Brasil? 4. Que é acidente de trabalho? 5. Que é doença ocupacional? 6. Que é doença do trabalho? 7. Que é acidente de trajeto? 8. Que é acidente fatal? 9. Que é adicional de periculosidade? 10. A quem é devido o adicional de insalubridade? 11. Que é adicional de insalubridade? 12...

    4405  Palavras | 18  Páginas

  • Adicional de Periculosidade para Vigilantes Lei 12.740

    EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO Emerson Ricardo Ianella ANÁLISE DA LEI N.º 12.740/2012 ADICIONAL DE PERICULOSIDADE PARA PROFISSIONAIS VIGILANTES LONDRINA – PARANÁ 2013 Emerson Ricardo Ianella ANÁLISE DA LEI N.º 12.740/2012 ADICIONAL DE PERICULOSIDADE PARA PROFISSIONAIS VIGILANTES Trabalho de Conclusão de Curso, apresentado ao curso de Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho da Universidade Estadual de...

    5287  Palavras | 22  Páginas

  • Pedido de adicional de insalubridade + periculosidade

    DA_____ VARA DO TRABALHO DE MACAPÁ-AP             ANTONILSON NEVES CHAVES, solteiro, jardineiro, inscrito sob o CPF n° 304.822.322-34, domiciliado e residente na Rua Damião da Cruz Barreto, n° 1388, bairro Fonte Nova, Santana/AP, CEP: 68.928-160, por meio de seu advogado, que esta subscreve, procuração anexa, vem, perante Vossa Excelência, com fulcro no art. 840, §1º, da CLT, propor a presente RECLAMAÇÃO TRABALHISTA em face de: 1ª C NOGUEIRA SOUSA ME, pessoa jurídica de direito privado, inscrita...

    2649  Palavras | 11  Páginas

  • Adicional de periculosidade: aplicabilidade da lei 12.740/12

    Autoaplicabilidade da Lei 12.740/2012: Desnecessidade de regulamentação para a concessão do adicional de periculosidade aos vigilantes. Alexandre Magno Calegari Paulino Oscar Henrique Peres de Souza Krüger Recentemente a Presidente da República sancionou a Lei nº 12.740, de 8 de dezembro de 2012, que dispõe: Art. 1º O art. 193 da Consolidação das Leis do Trabalho - CLT, aprovada pelo Decreto-Lei nº 5.452, de 1º de maio de 1943, passa a vigorar com as seguintes alterações: “Art. 193. São...

    1280  Palavras | 6  Páginas

  • periculosidade e insalubridade

    FACULDADE DE DIREITO PROFESSOR DAMÁSIO DE JESUS Curso de Pós Graduação Lato Sensu em Direito e Processo do Trabalho Luanna da Silva Figueira INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE: POSSIBILIDADE CONSTITUCONAL DE ACUMULAÇÃO DOS ADICIONAIS. Cachoeiro de Itapemirim 2014 WWW.CONTEUDOJURIDICO.COM.BR Luanna da Silva Figueira INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE: POSSIBILIDADE CONSTITUCIONAL DE ACUMULAÇÃO DOS ADICIONAIS. Trabalho de Conclusão de Curso de Pós Graduação Lato Sensu em Direito e Processo...

    15269  Palavras | 62  Páginas

  • Adicional de Periculosidade x Radiação Ionizante

    X) ADICIONAL DE PERICULOSIDADE .1) A reclamante, bem como seus demais colegas de área não se fazem presentes no momento da utilização do aparelhos de imagem (Raio X), que são operados por técnicos terceirizados, os quais fazem a medição por dosimetria de radiação ionizante, demonstrando que não há exposição aos próprios executores e, por conseqüência, nem mesmo aos demais que acompanham. Entretanto a reclamante não acompanhava a utilização deste equipamento, o que, por si só, já afasta seu pedido...

    1018  Palavras | 5  Páginas

  • trabalho a céu aberto

    Direito ao adicional de insalubridade nas atividades a céu aberto com exposição aos raios solares Leia mais: http://jus.com.br/artigos/21611/direito-ao-adicional-de-insalubridade-nas-atividades-a-ceu-aberto-com-exposicao-aos-raios-solares#ixzz2nCOTfolg RESUMO: O presente estudo visa a demonstrar o crasso equívoco perpetrado pela O.J. n.º 173 da SDI-1 do TST, cujo entendimento, examinado sob um viés meramente positivista, mostra-se insustentável. Além disso, de lege lata,aponta um caminho para...

    10239  Palavras | 41  Páginas

  • contestação - direito trabalho telecomunicações

    EXMO. SENHOR DOUTOR JUIZ DA ..ª VARA DO TRABALHO DE .... XXXXXX., por seu advogado ao final assinado, nos autos da RECLAMAÇÃO TRABALHISTA que lhe move FELIPE GOMES KAZAHAYA, vem à presença de Vossa Excelência, oferecer sua CONTESTAÇÃO, o que faz nos seguintes termos: Estão corretas da forma indicada na inicial, as datas de contratação e desligamento do Reclamante. Seu cargo sempre foi de Auxiliar Técnico Operacional. Seu último salário foi de R$ XXXX...

    3737  Palavras | 15  Páginas

  • A base de Cálculo para o adicional de Insalubridade

    A BASE DE CÁLCULO PARA O ADICIONAL DE INSALUBRIDADE TRABALHO DE APRESENTAÇÃO NO CONGRESSO CIENTIFICO DA UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO EDIÇÃO 2011 UMESP/SBC 2011 A BASE DE CÁLCULO PARA O ADICIONAL DE INSALUBRIDADE Débora Cristina de Vasconcelos1 Elaine Cristina Saraiva2 Elisa Sandre Silvestrini3 RESUMO Este estudo tem como objetivo esclarecer, por meio de análise da doutrina e da jurisprudência, acerca da base de cálculo para o adicional de insalubridade, buscando...

    5472  Palavras | 22  Páginas

  • segurança do trabalho

    um engenheiro com habilitação legal em segurança no trabalho. 3. Segundo a NR-18, são documentos que integram o PCMAT, exceto: a) Projeto de execução das proteções coletivas em conformidade com a execução da obra. b) Especificação técnica das proteções coletivas e individuais a serem utilizadas. c) Layout inicial do canteiro de obras, inclusive da área de vivência. d) Documentos que comprovem habilitação legal em segurança do trabalho de engenheiro devidamente registrado no respectivo conselho...

    14735  Palavras | 59  Páginas

  • Aspectos técnico e legais da periculosidade

    1. INTRODUÇÃO Os adicionais de insalubridade e periculosidade são uma deformação no aspecto jurídico e técnico de prevenção ou um benefício para o trabalhador? O que estes adicionais representam para a sociedade? Estes questionamentos envolvem uma discussão profunda sobre a organização do trabalho e os interesses do capital sobre o bem-estar de seus colaboradores. Na avaliação do juiz Sebastião Geraldo de Oliveira, “a cultura empresarial brasileira ainda dedica muito tempo e esforço para conviver...

    10052  Palavras | 41  Páginas

  • Segurança do trabalho

    Monografia: Insalubridade, periculosidade e a engenharia de segurança e medicina do trabalho Faculdades Integradas Claretianas 2009 Resumo Com a intenção de mostrar aos trabalhadores e para a sociedade em geral a importância da segurança no ambiente de trabalho, o que repercute nas áreas insalubres e perigosas, desde que providências não sejam tomadas, tanto para empregadores, quanto para empregados. O meio ambiente de trabalho dependendo da situação em que se encontram...

    7921  Palavras | 32  Páginas

tracking img