Teoria De Equidade De Adams artigos e trabalhos de pesquisa

  • Teoria da equidade

    O contributo da teoria da equidade de ADAMS Diferentes teóricos tentaram analisar a noção de equidade. A teoria da dissonância cognitiva de FESTINGER inspirou a teoria de ADAMS, elaborada em 1963.[1] Para ADAMS, existe percepção de uma injustiça cada vez que existe uma desigualdade entre o rácio compensação-retribuição de um indivíduo e o rácio dos outros. A compensação corresponde ao aspecto financeiro, interesse prestado, assim como o nível de formação e de qualificação. «O sentimento de desigualdade»...

    1239  Palavras | 5  Páginas

  • John Stacy Adams Teoria da Equidade

    John Stacy Adams John Adams: Foi o segundo presidente dos Estados Unidos e, anteriormente, primeiro vice-presidente dos Estados Unidos. Pai da Nação americana, Adams foi estadista, diplomata e um advogado importante no período da independência americana da Grã-Bretanha. De boa educação, Adams era um teórico político do Iluminismo que divulgou o republicanismo, tal como o conceito de um governo central, e escreveu várias obras sobre as suas idéias, tanto em trabalhos publicados como em cartas para...

    576  Palavras | 3  Páginas

  • Teoria da Equidade e Justiça Organizacional

    TEORIA DA EQUIDADE por STACY ADAMS INIQUIDADE Iniquidade: é a não observância da justiça no âmbito da igualdade. É a falta de igualdade no sentido de se cometer injustiças. Se a iniquidade é praticada em um abiente empresarial, dentre os os transtornos causados, pode-se citar: *Distorção da percepção sobre si próprio e do outro *Diminuição da motivação *Diminuição das contribuições *Deterioração do clima organizacional *Pedido de demissão Exemplos do que se passa na cabeça do funcionário: "Meu trabalho...

    2107  Palavras | 9  Páginas

  • equidade

    CONCLUSÃO: Concluímos com este trabalho que a Equidade é de suma importância para a produtividade e bem-estar nos relacionamentos interpessoais, visando proporcionar um ambiente de trabalho harmonioso, produtivo e também de respeito para com o próximo. OBJETIVO O objetivo deste trabalho é trazer para sala de aula um assunto que muitas vezes passamos ou assistimos no nosso ambiente de trabalho e muitas vezes não entendemos ou não prestamos atenção. Assim, a partir de agora, teremos...

    1320  Palavras | 6  Páginas

  • Equidade e comparação social

    assim, permanece um dos aspetos mais preocupantes do quotidiano das organizações. Existem várias teorias que explicam a motivação, cada uma com a sua forma peculiar. Todas elas são a expressão de uma maneira especial de ver o ser humano e nenhuma representa a verdade absoluta sobre o tema. Neste trabalho irei apresentar apenas uma teoria, a teoria da equidade de Adams. A teoria da equidade de Adams, baseia-se no fenómeno da comparação social no trabalho, focando a perceção pessoal de cada um sobre...

    1063  Palavras | 5  Páginas

  • Um estudo avaliativo dos fatores condicionantes ao egresso de alunos no curso de ciências contábeis numa abordagem da teoria da motivação humana de abraham maslow; frederick herzberg e j. stacey adams.

    numa Abordagem da Teoria da Motivação Humana de Abraham Maslow; Frederick Herzberg E J. Stacey Adams. Resumo: A motivação humana é algo que na sua tentativa de compreensão se torna complexa e subjetiva, por está relacionada ao ser humano e suas diversas maneiras de se comportar. Desta forma, este trabalho procura entender quais os fatores condicionaram o egresso de alunos no curso de ciências contábeis em uma IES localizada na cidade de Caruaru-PE, numa abordagem Stacey Adams. Para tanto, a metodologia...

    5512  Palavras | 23  Páginas

  • Teoria da Equidade

    deve ser feito para melhorar seu desempenho tem sido preocupação de muitas teorias motivacionais. Dentre as diversas teorias que tratam da motivação no ambiente de trabalho está a Teoria da Equidade concebida em 1963 por John Stacy Adams, notório psicólogo behaviorista. Esse trabalho aborda a Teoria da Equidade ressaltando a importância do senso de justiça na motivação dos membros de uma organização. Configura-se como teoria da motivação partindo da prerrogativa de que a satisfação e a motivação do...

    1184  Palavras | 5  Páginas

  • Uma aplicação da Teoria da Equidade em sala de aula

    Justiça às avessas: Uma aplicação da Teoria da Equidade em sala de aula Thelma M. Franco Rabelo A. Pereira¹, Zacarias Felipe de Moura Lima2 , André Yves G. C. dos Santos², João Batista dos Santos Araújo²e Túlio Caio Chaves Lima². 1 2 Professora do IFRN e Mestre em Psicologia – Universidade Federal do Rio Grande do Norte. e-mail: thelma.rabelo@ifrn.edu.br Alunos do Curso Técnico de Segurança do Trabalho - IFRN. e-mail: seg.trabalho11.1@gmail.com Resumo: O estudo da motivação humana é um...

    4838  Palavras | 20  Páginas

  • Equidade entre primatas

     Equidade entre primatas Existem duas teorias de processo da motivação : Teoria da Expectativa e Teoria da Equidade. A experiência realizada pela bióloga,pode ter como empregabilidade a Teoria da Equidade,o que é a teoria da equidade? Teoria da Equidade adiciona ao fenômeno da Motivação, a problemática da comparabilidade entre desempenhos e benefício. As reflexões sobre a equidade e iniqüidade, formuladas por Stacy Adams, consideram que a motivação, o desempenho e a satisfação de um funcionário...

    552  Palavras | 3  Páginas

  • A teoria da equidade

    A teoria da equidade, desenvolvido por John Stacey Adams, diz que a satisfação é baseada na percepção de uma pessoa de justiça. Aplicando essa teoria quando realização de avaliações de desempenho de uma empresa envolve equilibrar a avaliação da contribuição de um empregado de seu trabalho com a remuneração e outras recompensas associadas com o seu sucesso. Empregados em geral, altamente pagos e recompensados tendem a ser os mais motivados para continuar um bom desempenho no trabalho. Teoria entendimento ...

    687  Palavras | 3  Páginas

  • Teorias da motivação - gestão

    TEORIAS DA MOTIVAÇÃO TEORIAS DE PROCESSO CARLA RODRIGUES Aluno Nº20001017 RESUMO: A motivação constitui um tema basilar no Comportamento Organizacional. Pode ser compreendida através de duas teorias: a teoria de conteúdo e a teoria de processo. O presente trabalho centra-se na teoria de processos que se sustenta em modelos de motivação que realçam como e porque é que as pessoas optam por certos comportamentos para alcançar os seus objectivos. As teorias de processo são constituídas pelas...

    4198  Palavras | 17  Páginas

  • TEORIA DA EQUIDADE

    Teoria da Equidade, também conhecida como Teoria do Equilíbrio, é uma das várias teorias sobre motivação que coloca a ênfase na percepção pessoal do indivíduo sobre a razão. Faz parte do princípio de que a motivação depende do equilíbrio entre o que a pessoa oferece à organização através do desempenho e compensação, tem por base a crença de que as recompensas devem ser proporcionais ao esforço e iguais para todos. As pessoas sentem-se motivadas sempre que esperam receber da organização uma compensação...

    850  Palavras | 4  Páginas

  • teoria adans e vroom

    Matéria: Psicologia Organizacional Tema: O papel da remuneração fixa e variável na motivação de acordo com a teoria de Adams e Vroom. Componentes: Caroline Lorraine/ Edilamar/ Felipe/ Karoline Ramos/ Igor Bello/ João/ Renata Mariani/ Thais Muniz. Motivação Para aprofundarmos melhor no tema, vamos falar um pouco sobre motivação (do Latim moveres, mover) refere-se em psicologia, em etologia e em outras ciências humanas à condição do organismo que influencia a direção (orientação para um objetivo)...

    1168  Palavras | 5  Páginas

  • Ator estratégico e Teoria da Equidade

    Psicossociologia das Organizações Ator estratégico e Teoria da Equidade Trabalho realizado por: Laura Ferreira Disciplina: Psicossociologia das Organizações 2013/2014 Índice Introdução ................................................................................................. 1 Ator estratégico .................................................................................... 2 a 6 Teoria da Equidade .......................................................................

    3163  Palavras | 13  Páginas

  • Teorias de motivação

    1. TEORIAS DE MOTIVAÇÃO 1.1 Teoria da Hierarquia das Necessidades – Maslow A teoria em questão estuda a motivação através das necessidades dos seres humanos. Maslow, o autor da teoria, considera “necessidade”, a manifestação natural de sensibilidade interna, que desperta uma tendência a realizar um ato ou a procurar uma determinada categoria de objetos. Maslow organizou as necessidades humanas em cinco categorias hierárquicas, conforme sua predominância e probabilidade: - Necessidades Fisiológicas:...

    1681  Palavras | 7  Páginas

  • Teorias motivacionais

    Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais Campus de Poços de Caldas 5.2.2. TEORIAS MOTIVACIONAIS 2º Per. Administração: 5.3. Alessandra Valim Ribeiro Cristiane Moreira de Oliveira Denise Helena de Moura Dias Leidiane de Oliveira Martins Nicolle Carneiro Valim Disciplina: Teorias da Administração Professor : Henrique 2 SUMÁRIO 1. 2. 3. 4. 5. Introdução ........................................................................................... 03 03 O que é Motivação...

    2655  Palavras | 11  Páginas

  • Economia classica - adam smith

    Economia Clássica Adam Smith Apesar de ser considerada a primeira grande obra de economia política, na verdade o livro "Riqueza das Nações" é a continuação do primeiro, "A Teoria dos Sentimentos Morais". A questão abordada no "Riqueza" é da luta entre as paixões e o "espectador imparcial", ao longo da evolução da sociedade humana Adam Smith adotava um atitude liberal, apóia o não intervencionismo, pois ele acredita que o Intervencionismo prejudica mais. A desigualdade é vista como um incentivo...

    1513  Palavras | 7  Páginas

  • mono equidade renan

    DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FILOSOFIA Direito e equidade: os requisitos para a legitimidade da imposição de deveres jurídicos Paulo Baptista Caruso MacDonald Porto Alegre 2013 UNIVERSIDADE FEDERAL legitimidade da imposição de deveres jurídicos Tese apresentada ao Programa de Pós-Graduação...

    35177  Palavras | 141  Páginas

  • Adam smith

    Pensamento Económico Adam Smith Após as 3 primeiras partes da História do Pensamento Económico, o Mundo de Economia apresenta-lhe a Quarta Parte deste imenso trabalho, um exclusivo Mundo de Economia. Nesta parte da História do Pensamento Económico, iremos começar a analisar a Economia Clássica. O primeiro autor que se irá analisar é um nome que dispensa apresentações: Adam Smith. Mas primeiro analisemos os principais fundamentos da Economia Clássica e concretamente de Adam Smith. Adam Smith no início...

    1442  Palavras | 6  Páginas

  • teoria do H

    (notícias, livros e acadêmico) Parte da série sobre Liberalismo.png Desenvolvimento[Expandir] Ideias[Expandir] Variantes[Expandir] Pessoas[Expandir] Organizações[Expandir] Liberalismo Política v • e Mão invisível foi um termo introduzido por Adam Smith em "A Riqueza das nações" para descrever como numa economia de mercado, apesar da inexistência de uma entidade coordenadora do interesse comunal, a interação dos indivíduos parece resultar numa determinada ordem, como se houvesse uma "mão invisível"...

    847  Palavras | 4  Páginas

  • Teorias de motivacionais

    Semana 16 PRINCIPAIS TEORIAS MOTIVACIONAIS Para que as organizações funcionem da maneira correta, deve-se ter certo nível de comprometimentos de seus membros. Esta realidade levou os estudiosos a sempre criarem teorias sobre motivação, os fatores que provocam, canalizam e sustentam o comportamento humano. (BITTENCOURT, 2007). Os estudos sobre motivação evoluíram das primeiras abordagens que eram muito parecidas entre si, onde se tentava construir um único modelo correto, que se aplicassem a...

    4087  Palavras | 17  Páginas

  • Teoria da motivação e liderança

    TEÓRICOS COMPORTAMENTALISTAS E AS TEORIAS SOBRE MOTIVAÇÃO E LIDERANÇA A caracterização do Homem Adminstrativo: Homem Administrativo Procura a “maneira satisfatória” e não a melhor maneira de fazer um trabalho. Concepção que parte da suposição de que as p essoas são motivadas, simultaneamente, por recompensas e incentivos salariais/materiais e por recompensas e incentivos sociais e simbólicos, que se alternam ao longo da vida. O comportamento administrativo não é otimizante nem procura a...

    2093  Palavras | 9  Páginas

  • Motivação - teorias x e y

    sobre as teorias que elucidam critérios importantes a serem considerados na lida com as pessoas. Teorias antigas sobre a motivação Durante a década de 1950 foram desenvolvidos conceitos sobre motivação que deram origem a três teorias. São elas: A hierarquia das necessidades as teorias X e Y e a teoria de dois fatores. Estas teorias serviram de base para as teorias mais modernas e atualmente alguns executivos ainda as utilizam para enteder a motivação de seus funcionários. A teoria da hierarquia...

    994  Palavras | 4  Páginas

  • Adam smith

    Pontifícia Universidade Católica Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade. Curso de Ciências Econômicas Adam Smith Luca Locatelli de Medeiros Renato Antonelli São Paulo, 21 de setembro de 2012 Adam Smith Trabalho apresentado no curso de graduação à Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade. Curso de Ciências Econômicas São Paulo. 2012 Índice Página 1 ............

    2873  Palavras | 12  Páginas

  • Teoria do equilibrio geral

    Resenha: Teoria do Bem Estar- Equilíbrio Geral Aluno: Pedro Oliveira O conceito de bem-estar econômico está por sua vez ligado ao conceito de equilíbrio geral da economia, ou seja, de uma situação em que os preços de todos os bens e serviços em todos os mercados são tais que estes se encontram em equilíbrio, ou seja, não há incentivos para que os agentes econômicos, tanto do lado da oferta como da procura, alterem os seus comportamentos. Paralelamente, a questão do bem-estar econômico...

    552  Palavras | 3  Páginas

  • TEORIA MOTIVACIONAL

    TEORIA MOTIVACIONAL O QUE É MOTIVAÇÃO? É a energia ou força que movimenta o comportamento do indivíduo.  Possui três propriedades como:  Direção – O rumo para a qual a motivação leva o comportamento;  Intensidade – Magnitude da motivação;  Permanência – Duração da motivação.  MOTIVAÇÃO Teorias de processo Teorias de conteúdo Procuram explicar como funciona. Procuram explicar quais fatores motivam as pessoas. •Modelo do comportamento; •Teria da expectativa; •Behaviorismo; •Teoria da equidade...

    672  Palavras | 3  Páginas

  • FACIG Motiva O E Suas Teorias

    FACIG – Faculdade Ciências Humanas e Sociais de Igarassu MOTIVAÇÃO E SUAS TEORIAS 1º Período – Logística Alunos: Alef Ruan Arthur Menezes Kledir Carlos Edilma de Souza Edna Pereira Francisco Arcanjo Gizeli Passos Ilka Pereira Jairo José Mirian Fernandes Disciplina: Introdução à Administração Professora: Maria Raquel 1 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO ............................................................................................03 2. O QUE É MOTIVAÇÃO? ......................................

    3437  Palavras | 14  Páginas

  • Adam Smit, Taylor, Fayol e Ford.

    CIÊNCIA E TECNOLOGIA FUNDAÇÃO DE APOIO À ESCOLA TÉCNICA E.T.E. HENRIQUE LAGE ORGANIZAÇÃO & NORMAS Adam Smith, Taylor, Fayol e Ford PROFESSOR : LUIS ANTONIO BATISTA RANGEL Março/2010 Adam Smith. A partir do Século XVII, desenvolveu-se principalmente da Europa, e paralelamente às diversas correntes filosóficas, uma grande quantidade de teorias econômicas concentradas na explicação dos fenômenos empresariais (microeconômicos) e baseadas inicialmente em dados...

    2223  Palavras | 9  Páginas

  • A Riqueza das Nações de Adam Smith

    O`ROURKE, P. J. A Riqueza das Nações de Adam Smith: Uma biografia. Trad. Roberto Franco Valente. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2008. Resenha O século XVIII foi palco das grandes revoluções burguesas de enorme importância na história da humanidade. A ela foi dada o nome de iluminismo ou filosofia da luzes, que se difundiu na França e na Inglaterra. A principal característica do movimento, que depois se espalhou por toda Europa, era a valorização da ciência e da racionalidade como forma de eliminar...

    2642  Palavras | 11  Páginas

  • Teorias Motivacionais

    FACULDADE PAN AMAZÔNICA AULA 01 TEORIAS MOTIVACIONAIS Conforme já foi dito, existem muitas teorias motivacionais, concentraremo-nos nas teorias mais utilizadas nas organizações. As teorias de conteúdo enfatizam o que motiva as pessoas, as de processo, como as pessoas se mobilizam, e as de reforço, a manutenção da motivação. Teorias de conteúdo: concentram-se nas necessidades internas que motivam o comportamento, alterando o clima organizacional. Maslow – Hierarquia das...

    2581  Palavras | 11  Páginas

  • Adam smith, biografia e ideologia.

    sabe sobre a vida do filósofo e economista Adam Smith, além das informações oficiais sobre os poucos livros que publicou, postos acadêmicos que ocupou e funções públicas que exerceu pois, quando morreu, a ordem expressa deixada para que fossem queimados cartas e documentos foi estritamente seguida. Assim sendo, sobrou relativamente pouco material para que sua vida pessoal, além da profissional pudesse ser contada com detalhe. Economista escocês, Adam Smith nasceu em Kirkcaldy, Fireshire, em data...

    2281  Palavras | 10  Páginas

  • Teorias motivacionais

    | | Teorias sobre motivação | | ...

    2603  Palavras | 11  Páginas

  • teoria do processo

    AS TEORIAS MOTIVACIONAIS DE PROCESSO Atkinson estabeleceu que, embora muitas teorias motivacionais tenham sido propostas através do tempo, só duas reúnem realmente um caráter compreensivo.22 Estas são a teoria do acionamento e a teoria das expectativas. Campbell23 refere-se a estes mesmos enfoques teóricos básicos como a duas das três teorias motivacionais "de processo". Uma terceira seria, segundo ele, aquela denominada teoria da eqüidade. 4.1A teoria da eqüidade Esta noção emerge da chamada...

    4479  Palavras | 18  Páginas

  • Teoria da mão invisível

    ADAM SMITH 1 INTRODUÇÃO Este trabalho tem por objetivo contribuir com a disciplina economia política, demonstrando o pensamento teórico de Adam Smith, um economista e filósofo que viveu no século das luzes, que foi um pensador clássico do liberalismo econômico, considerado o pai da economia moderna. Adam Smith era escocês, nasceu em Kirkcaldy, Fife, em 5 de junho de 1723 e morreu em Edimburgo no ano de 1790. As idéias de Adam Smith tiveram uma grande influência na burguesia européia do século...

    3519  Palavras | 15  Páginas

  • Teorias

    TEORIA DA AUTOEFICÀCIA A Autoeficàcia-( conceito-chave da teoria cognitiva que se refere a crença de um individuo de  que pode desempenhar determinada tarefa. Quanto maior a eficácia de alguém , maior será a confiança na possibilidade de realizar uma tarefa com sucesso, com baixa autoeficacia apresenta maior probabilidade de diminuir seus esforços ou desistir completamente, as pessoas com elevada autoeficacia parecem responder ao feedback negativo com motivação, as vezes com baixa autoeficacia...

    1454  Palavras | 6  Páginas

  • FATORES QUE INFLUENCIAM A ENTRADA, A PERMANÊNCIA E A SAÍDA DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO CENTRO ACADÊMICO DO AGRESTE À LUZ DAS TEORIAS DA EXPECTATIVA, DA EQUIDADE E DA BIFATORIAL.

    SERVIDORES PÚBLICOS DO CENTRO ACADÊMICO DO AGRESTE À LUZ DAS TEORIAS DA EXPECTATIVA, DA EQUIDADE E DA BIFATORIAL. Meiryelen Gomes da Costa Lucas Verçosa Thomaz de Moraes Albuquerque Resumo Este estudo se desenvolve com o objetivo de identificar os fatores que influenciam a entrada, permanência e saída dos servidores públicos do Campus Acadêmico do Agreste, através do estudo das teorias da expectativa, da higiene-motivação e da equidade. Para que este estudo fosse concluído, foi feita inicialmente...

    8003  Palavras | 33  Páginas

  • Teorias Motivacionais

    Kelly Prata da Silva TEORIAS MOTIVACIONAIS SÃO GONÇALO - RIO DE JANEIRO 2013 Thayana Kelly Prata da Silva TEORIAS MOTIVACIONAIS Monografia apresentada ao Curso Senes Superior - Emp. Educ. São Francisco de Assis, como Trabalho de Conclusão do Curso Técnico em Administração (TCC). Orientadora: Professora Cristiane Lessa da Cunha. SÃO GONÇALO - RIO DE JANEIRO 2013 Thayana Kelly Prata da Silva TEORIAS MOTIVACIONAIS Monografia...

    5067  Palavras | 21  Páginas

  • Teorias de motivação

    8.1 Teorias de Motivação A motivação dos colaboradores nas empresas tem sido um tema bastante discutido no mercado de trabalho atual, essa discussão ocorre porque muitas organizações tem apresentado deficiência nesse aspecto. Antes de se trabalhar com a motivação dos funcionários, é preciso entender um pouco seu conceito. Segundo Chiavenato (1999): “a motivação é o desejo de exercer altos níveis de esforço em direção a determinados objetivos organizacionais, condicionados pela capacidade de satisfazer...

    2046  Palavras | 9  Páginas

  • Av1 - adm - sem 4 - teoria econômica

    Av1 - ADM - Sem 4 - Teoria Econômica Questão 1: Nota: Excelente O conceito de economia nos leva a idéia de escassez de recursos. Em economia a expressão ‘não existe almoço grátis’ é utilizada porque: Alternativas 1 - Não é necessário pagar a conta quando almoçamos no restaurante 2 - Não existe escassez 3 - Não existe cobrança, tudo cai do céu; 4 - Sempre existe uma relação de troca entre os agentes; 5 - Na economia não existe trocas; Sua resposta 4 - Sempre existe uma relação de troca...

    891  Palavras | 4  Páginas

  • Adam Smith

    ADAM SMITH ATIBAIA 03/2014 SUMÁRIO 1. Introdução 3 2. Biografia 4 3. Os Fundamentos de Adam Smith 6 4. As Obras de Adam Smith ...

    4630  Palavras | 19  Páginas

  • TEORIAS ADMINISTRATIVAS

     TEORIAS ADMINISTRATIVAS E ECONOMICAS E O DESENVOLVIMENTO SOCIAL Autores: Luis Fabiano da Silva, Jean Durban Vargas Ribeiro, Eliane Aparecida Cremones e Tatiara Mendes Prof. Maria de Fatima Oliveira Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI Tecnologia em Gestão Financeira (GFI0059) – Paper da Teoria Organizacional da Administração 09/06/15. RESUMO O objetivo deste estudo de teorias administrativas e econômicas e suas relações com o desenvolvimento social é termos um paramento de como...

    3070  Palavras | 13  Páginas

  • Teorias motivacionais

    PRINCIPAIS TEORIAS MOTIVACIONAIS Várias teorias foram levantadas acerca da motivação e do que ela é; tais teorias se preocupam em determinar as razões pelas quais as pessoas adotam determinados comportamentos, e o processo que causa tais comportamentos. As chamadas teorias das necessidades partem do princípio de que os motivos do comportamento residem dentro do próprio indivíduo: sua motivação para agir e se comportar deriva das forças que existem dentro dele próprio. Algumas dessas necessidades...

    4764  Palavras | 20  Páginas

  • Teorias de motivação

    necessidade, em particular se torna ativa, ela pode ser considerada um estímulo à ação e uma impulsionadora das atividades do indivíduo. Essa necessidade determina o que passa a ser importante para o indivíduo e molda o seu comportamento como tal. Na teoria de maslow, portanto, as necessidades se constituem em fontes de motivação. O comportamento motivado pode ser encarado como uma ação que o indivíduo se obriga a tomar para aliviar a tensão (agradável ou desagradável) gerada pela presença da necessidade...

    1834  Palavras | 8  Páginas

  • Teorias Motivacionais

    intimamente ligados às ações individuais dos gerentes em relação aos seus subordinados. E de EXTRÍNSECA quando as causas estão baseadas em recompensas tangíveis: salários, benefícios, promoções, sendo são determinadas pela alta administração. TEORIA DAS NECESSIDADES DE MASLOW "Quanto mais saudáveis nós somos emocionalmente, mais importantes se tornam nossas necessidades de preenchimento criativo no trabalho. Ao mesmo tempo, menos nós toleramos a violação de nossas necessidades para tal preenchimento...

    5106  Palavras | 21  Páginas

  • AULA 3 TEORIAS DA ADMINISTRACAO

    TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO Prof.: QUINQUIOLO, J. M. Administração Aula 3 I – HISTÓRIA DA ADMINISTRAÇÃO • 5.000 a.C. – Sumérios tentavam resolver seus problemas práticos. • 1.100 a.C. – Os chineses já praticavam as 4 funções da administração: planejar, organizar e assessorar, liderar e controlar. • 400 a 350 a.C. – Os gregos reconhecem a administração como arte separada, já com uma abordagem separada. • Romanos – Descentralização da administração dos impérios a.C. II – PRIMEIROS CONCEITOS E INFLUÊNCIAS...

    3983  Palavras | 16  Páginas

  • Principais autores e conceitos das Teorias de Motivação

    TEORIAS DE MOTIVAÇÃO Principais autores e conceitos das Teorias de Motivação: Victor Vroom Teorias das expectativas - Analisa os mecanismos motivacionais, se apoiando em três conceitos: a Expectância, a Instrumentalidade e a Valência: A Expectância é aquilo que um indivíduo acredita ser capaz de fazer, após empreender um esforço. A instrumentalidade é se o trabalho executado representa claramente a possibilidade de se atingir um objetivo esperado e a Valência representa a ligação entre objetivo...

    973  Palavras | 4  Páginas

  • Teorias da administração

    Introdução Desde o início dos tempos sempre existiu de alguma forma a organização administrativa, começando com o Código de Hamurabi. Porém suas idéias e teorias foram desenvolvidas muito lentamente até o século XIX onde as organizações eram poucas e pequenas, tornando-se acelerado no início do século XX. Onde foram sofrendo várias influências. São elas: Influência dos Filósofos - Sócrates (470 a.C. -399 a.C.): administração com habilidade pessoal. - Platão (429 a.C. – 347 a.C.):...

    912  Palavras | 4  Páginas

  • Principais Teorias da Motivação

    Instituto Politécnico de Viana do Castelo Escola Superior de Tecnologia e Gestão Principais teorias da motivação Psicossociologia das Organizações CET Aplicações Informáticas de Gestão Paulo Rodrigues Ano Letivo 2013-2014 1º Semestre 1 PRINCIPAIS TEORIAS DA MOTIVAÇÃO 1 - INTRODUÇÃO A preocupação com a motivação surge com a Escola das Relações Humanas, pois as organizações deixaram de ser vistas como um conjunto de relações com regras simples e procedimentos automatizados...

    4497  Palavras | 18  Páginas

  • Teorias organizacionais

    TRABALHO De TEORIAS ORGANIZACIONAIS ANTECEDENTES HISTÓRICOS DA ADMINISTRAÇÃO Com base no material discutido em sala de aula e nos livros indicados no Plano de Ensino responda as questões abaixo. O trabalho deverá ser desenvolvido e entregue para o representante da sala durante a aula de 20/03/2012 em grupos de no máximo 06 pessoas. Boa sorte! ANTECEDENTES HISTÓRICOS DA ADMINISTRAÇÃO 1-Qual a contribuição dos antigos filósofos gregos, como Sócrates, Platão e Aristóteles para a Administração...

    2166  Palavras | 9  Páginas

  • Teoria do estabelecimento de metas

    metas sobre o comportamento humano no trabalho alcançando uma maior sistematização. Neste período, aquilo que era um aglomerado de resultados, advindos de estudos isolados uns dos outros, passa a tomar forma de uma teoria. Teoria do Estabelecimento de Metas - Locke e Latham A teoria de Locke e Latham (1990), conhecida como Estabelecimento de Metas, baseada em estudos anteriores de Locke, afirma que metas afetam o desempenho na tarefa em três formas: 1° metas energizam o desempenho por motivar...

    2191  Palavras | 9  Páginas

  • Teorias Contemporâneas sobre a Motivação 

    Teorias Contemporâneas sobre a Motivação  Existe uma série de teorias contemporâneas que possuem uma coisa em comum: cada uma tem um razoável grau de fundamentação válida. Evidentemente, isso não significa que as teorias de que vamos falar agora sejam inquestionavelmente corretas. Nós as chamamos de “teorias contemporâneas” não porque necessariamente tenham sido desenvolvidas recentemente, mas porque representam o que de mais avançado existe atualmente para explicar a motivação dos trabalhadores...

    7959  Palavras | 32  Páginas

  • Teorias motivacionais

    INTRODUÇÃO Para compreender os motivos que levam uma pessoa a se empenhar mais em suas atividades, principalmente quando não são remuneradas, se fez necessário o estudo de inúmeras Teorias Motivacionais, que intrínseca ou extrinsecamente motivam o ser. A área RH Segundo Spector (2006) “na área de RH está o gerenciamento e a eficiência organizacional por meio apropriado de recursos humanos”. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA O QUE É MOTIVAÇÃO Segundo Chiavenato...

    2569  Palavras | 11  Páginas

  • trabalho Escola Comportamentalista Teorias da Motivação

    Trabalho 2: Escola Comportamentalista Teorias da Motivação Disciplina: Comportamento Organizacional Professor: Me. Nelson Germano Beck Acadêmico: Aline Fatima Pereira Soledade, junho de 2015. ESCOLA COMPORTAMENTALISTA – TEORIAS DE MOTIVAÇÃO 1 – Introdução A abordagem comportamentalista, também denominada novas relações humanas, teve origem como desdobramento da Teoria das Relações Humanas como uma tentativa de consolidar o enfoque das relações humanas nas teorias das organizações. A Escola Comportamentalista...

    4735  Palavras | 19  Páginas

  • Teorias administrativas

    A teoria da Administração iniciou-se com a ênfase das tarefas (atividades executadas pelos operários das fábricas, com a Administração Cientifica de Taylor. A sua preocupação básica passou para “ênfase na estrutura”, com a teoria clássica de Fayol e com a Teoria da Burocracia de Weber, segue indo-se mais tarde a teoria estruturalista. As teorias administrativas surgirão com as relações de trabalho de modo a analisar o comportamento do homem, algumas teorias se destacaram como: teoria cientifica...

    1589  Palavras | 7  Páginas

  • Teorias admistrativas

    Antecedentes históricos da Administração Teorias da Administração Idéias Fundamentais Prof. Evandro Denzin Grandes Projetos do Oriente Organizações militares. Grécia Desde 4000 a.C. Desde 3.500 aC Desde 500 aC VII aC. e IV A.D Século XVI. Administração de Projetos de Engenharia: cidades, pirâmides, projetos de irrigação. Organização, disciplina, hierarquia, logística, planejamento de longo prazo, formação de recursos humanos (Ex. Assírio – logísitca; romano – centuriões; Sun Tzu – A...

    1396  Palavras | 6  Páginas

  • Teorias de aprendizagem

    secundários ou culturais) Teoria da hierarquia de necessidades (Maslow) encara as necessidades humanas de acordo com uma hierarquia de cinco passos: fisiológicas, de segurança, sociais, de autoestima e autorealização. Teoria ERC (Alderfer) classifica as necessidades humanas em três categorias: de existência, de relacionamento, de crescimento. Teoria das necessidades adquiridas (McClelland) Identifica as necessidades de realização, de associação e de poder. Teoria dos Dois fatores (Herzberg)...

    1368  Palavras | 6  Páginas

  • teoria da tributação e tributação de renda no mercado de capitais

    JOÃO VICTOR GUEDES SANTOS TEORIA DA TRIBUTAÇÃO E TRIBUTAÇÃO DA RENDA NOS MERCADOS FINANCEIRO E DE CAPITAIS: ENTRE A EQÜIDADE E A EFICIÊNCIA, ENTRE A CAPACIDADE CONTRIBUTIVA E A INDUÇÃO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO Orientador: Roberto Quiroga Mosquera USP São Paulo 2011 E A EFICIÊNCIA, ENTRE A CAPACIDADE CONTRIBUTIVA E A INDUÇÃO Dissertação apresentada...

    10257  Palavras | 42  Páginas

  • Teoria da administração

    " Demóstenes INTRODUÇÃO Neste trabalho identificaremos como surgiram as Teorias da Administração como um evento social, desde as primeiras propostas feitas pelos considerados precursores da Administração até o momento que o contexto requereu nova visão a respeito deste caminho, sua importância e quais os problemas as teorias pretendiam solucionar. DESENVOLVIMENTO Primeira etapa. Passo 2. Na história da humanidade, verifica-se...

    4373  Palavras | 18  Páginas

  • Teoria Comportamental X e Y

    Teoria X Administração Engenharia Mecânica Industrial São Luis - 2014 Introdução  Todos nós temos razões diferentes para nos levantarmos da cama de manhã.  Por que é que Richard Branson quis dar a volta ao mundo em balão?  Por que é que vocês estão estudando Engenharia?  Os nossos motivos são grandes determinantes no nosso comportamento. Introdução  Se nós compreendermos melhor os motivos de alguém (desejo de mais tempo livre, por exemplo), podemos ...

    1971  Palavras | 8  Páginas

  • Quadro Resumo Teorias

    Quadro Resumo das Teorias Teorias Principais Representantes (1) Data (2) Ênfase (3) Principais ideias (4) Pontos positivos (5) Críticas (6) Reflexão: (7) Vídeo: (8) Fonte Pesquisada (9) Científica Wilson Taylor 1903 Tarefas Alta Produtividade e Melhores Salários Especialização do Trabalhador Fragmentação das Tarefas Menor tempo e Movimentos Pouca atenção ao elemento humano não considerando seu lado social equiparando-os às máquinas A especialização dos trabalhadores...

    1993  Palavras | 8  Páginas

tracking img