Teoria De Enfermagem Martha Rogers artigos e trabalhos de pesquisa

  • Teoria de Martha Rogers

    INTRODUÇÃO Martha E. Rogers foi uma enfermeira que nasceu e morreu no séculopassado nos EUA e que se preocupava com a necessidade de educação superior também para as mulheres. Ela chegou a publicar vários trabalhos em periódicosde enfermagem, escreveu livros e contribuiu com capítulos para outros livros.Neste trabalho faremos uma abordagem relacionada à Teoria deEnfermagem de Martha E. Rogers, baseando-nos em sua definição deenfermagem, à definição de ser humano ao processo de enfermagem teorizadospor...

    2032  Palavras | 9  Páginas

  • Teoria de martha elizabeth rogers

    INTRODUÇÃO As teorias de enfermagem representam um dos elementos que compõem a linguagem específica, objetivando consolidar a Enfermagem como ciência e artena área da saúde. Teoria de Martha Elizabeth Rogers Martha Rogers, de naturalidade americana, desenvolveu sua Teoria de Enfermagem apresentando-a em 1970, com atualização em 1992, com orientação para campos da energia e padrão de ondas. O foco de sua teoria foi o ser humano como um...

    624  Palavras | 3  Páginas

  • Martha rogers

    referido protege até o pseudônimo pelo qual certa pessoa é reconhecida (Art. 19). (ANTONIO; CASTELANE, s.d.) Quando o indivíduo é hospitalizado temos o dever de receber e acolher esse ser como um todo, porém nem sempre isso acontece. É função da enfermagem cuidar desse paciente, tratando-o com respeito e dignidade. No entanto durante o processo de hospitalização esse indivíduo sofre um processo de descaracterização do seu ser. Importante iniciativa no campo da saúde, além das reflexões acadêmicas...

    874  Palavras | 4  Páginas

  • Martha E

    Martha E. Rogers Teoria Martha Rogers acreditava que o conhecimento do passado é fundamental para entendermos o presente da enfermagem e para a evolução das teorias e dos princípios que devem orientar a sua prática. ----------------------------------------------------------------------------------- Martha E. Rogers nasceu em Dallas, Texas, no dia 12 de Maio de 1914 e morreu em Phoenix, no dia 13 de março de 1994 ela frequentou a Universidade e recebeu seu diploma em 1936; um BS em enfermagem de...

    526  Palavras | 3  Páginas

  • Trabalho Teoria Martha Rogers

     Universidade Camilo Castelo Branco Martha RogersTeoria do modelo conceitual do Homem Antonia Erislândia RA 1415698-8 Barbara dos Santos RA 1416553-4 Derlinda U.Silva RA 1514828-1 Jorge Rodrigues RA 1415156-7 Maria Madalena Da Conceição RA1416806-6 Patricia Paiva Ribeiro RA 1417061-7 Stella Stanisci RA 1111307-3 Sumario Introdução 3 Biografia 3 Objetivo 3,4 e 5 Conclusão 5 Biografia Nascida em Dallas (Texas), começou...

    828  Palavras | 4  Páginas

  • teoria martha rogers

    TEORIA DE ROGERS E METAPARADIGMA DEENFERMAGEM Martha Rogers fala sobre o metaparadigma de enfermagem.O ambiente é um campo de energia irredutível, indivisível, pandimensional identificado por padrões e integrado ao campo humano.A enfermagem é uma arte e uma ciência humanística e humanitária.O objetivo das enfermeiras é participar no processo de mudança de forma que as pessoas possam se beneficiar.A saúde não é vista como um estado na teoria de Rogers. USO DOS PRINCÍPIOS DE ROGERS NO PROCESSO...

    830  Palavras | 4  Páginas

  • Algumas teorias de enfermagem

    DE CAMPO GRANDE CURSO DE ENFERMAGEM EVELLYN FERNANDA G. MENDES JULIANE ABREGOS FERREIRA MÔNICA REGINA DE SOUZA THAIS SAAB F. DE ALMEIDA THAYS P. CAVALCANTI WENDE KAUANY F. DA SILVA TEORIAS DE ENFERMAGEM CAMPO GRANDE 2013 EVELLYN FERNANDA G. MENDES JULIANE ABREGOS FERREIRA MÔNICA REGINA DE SOUZA THAIS SAAB F. DE ALMEIDA THAYS P. CAVALCANTI WENDE KAUANY F. DA SILVA TEORIAS DE ENFERMAGEM ...

    1742  Palavras | 7  Páginas

  • martha Rogers

    Marta Rogers Marta Rogers, de naturalidade americana, desenvolveu sua Teoria de Enfermagem apresentando-a em 1970, com atualização em 1992, com orientação para campos da energia e padrão de ondas. Acreditava que o conhecimento do passado é fundamento necessário para a compreensão presente da enfermagem, para a evolução das teorias e dos princípios que devem orientar sua prática.  Considera que a realidade das mudanças evolutivas está refletida na crescente complexidade do homem. Mediante o conhecimento...

    1370  Palavras | 6  Páginas

  • teoria de enfermagem

    TEORIAS DE ENFERMAGEM Conceitos são palavras que descrevem objetos, propriedades ou acontecimentos e constituem componentes básicos da teoria. Teoria é uma forma sistemática de olhar o mundo e descrevê-lo, explicá-lo prevê-lo ou controlá-lo. Teoria É um conjunto de conceitos inter-relacionados, definições e proposições que apresentam uma forma sistemática de ver os fatos/eventos, pela especificação das relações entre as variáveis, com a finalidade de explicar e prever o fato/evento. (Kerlinger...

    996  Palavras | 4  Páginas

  • metaparadigmas de enfermagem

    SANTARÉM Curso de Enfermagem Perspetivas de Enfermagem Resumo El Pensamiento Enfermero Indicadores: Conceitos do metaparadigma em enfermagem e paradigmas; Escolas de Pensamento (com referência às teóricas de enfermagem em cada escola). A enfermagem assenta em quatro conceitos gerais, o cuidado, a pessoa, a saúde e o meio, estes conceitos não são exclusivos da enfermagem. São várias as correntes de pensamento que influenciaram a construção de modelos de concepção de enfermagem, as mais importantes...

    757  Palavras | 4  Páginas

  • Teoristas de Enfermagem

    1. NECESSIDADES E PROBLEMAS 1.1 Florence Nightingale Teoria Ambientalista Considerada a precursora da Enfermagem Moderna,nasceu em 12 de Maio de 1820, na cidade de Florença, Itália. Aos 33 anos começou sua carreira como superintendente de Enfermagem na Casa de Gentlemen, na Inglaterra, em 1854 atuou como voluntaria na epidemia de cólera em Londres. No mesmo ano, ocorreu a Guerra da Criméia, onde permaneceu por 21 meses, virou lenda como a “Dama da Lamparina”, mas também destaque como sanitarista...

    2321  Palavras | 10  Páginas

  • Teorias

    Teórica Nome da teoria Definição da teoria Hidegard Peplau Teoria das relações interpessoais em enfermagem Conforme a teoria a enfermagem é um processo interpessoal terapêutico, através da relação enfermeiro-paciente, para conseguir ajudar a atingir a maturidade e facilitar uma vida criativa, construtiva e produtiva. Deste modo, este processo de relação enfermeiro-paciente de Peplau passa por quatro fases: orientação, identificação, exploração e resolução. Florence Nightingale Teoria ambientalista...

    1117  Palavras | 5  Páginas

  • TEORIAS DE ENFERMAGEM

    TEORIAS DA ENFERMAGEM SUMÁRIO Teoria Ambiental, Florence Nightingale------------------------------------------------------------------------- 6 Teoria das Necessidades Básicas, Virginia Henderson -------------------------------------------------- 7  Teoria do Autocuidado, Dorothea Orem ---------------------------------------------------------------------- 9 Teoria da Adaptação, Calista Roy ----------------------------------------------------------------------------- 10  Teoria das...

    2993  Palavras | 12  Páginas

  • Enfermagem

    Teorias de Enfermagem Na década de 60 surgiram as primeiras teorias de Enfermagem, por exemplo: * A sinergística - relação com o cuidado de enfermagem; * A homeostática – segue a teoria dos sistemas; * Teorias de Imogenes King e Martha Rogers; Teoria Homeostática * 1961 – Wanda McDowell; * Relação entre a enfermagem e a homeostasia; * O paciente comunica informações sobre ele e suas condições; * O enfermeiro colhe as informações por observação e comunicação; ...

    1233  Palavras | 5  Páginas

  • teoria ambiental

    Carine Silva – Enfermagem 3º Período B Teoria Ambiental – Florence Nightingale – 1820/1910 O foco principal da teoria é o ambiente, cujo ambiente tem condições externas capazes de prevenir doenças, suprimi-las ou contribuir para elas. E o indivíduo cujas suas defesas naturais são influenciadas por um ambiente saudável ou não. A enfermagem tem por papel modificar os aspectos não saudáveis do ambiente a fim de colocar o paciente na melhor condição para ação da natureza. Teoria das Necessidades...

    682  Palavras | 3  Páginas

  • teoricas de enfermagem

     XV CURSO DE LICENCIATURA EM ENFERMAGEM Unidade Curricular: fUNDAMENTOS DE ENFERMAGEM Ano Letivo 2012/2013 ESCOLAS DO PENSAMENTO EM ENFERMagem ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO iii 2. CONCEÇÕES DE ENFERMAGEM iii 3. ESCOLAS DO PENSAMENTO v 3.1. ESCOLA DAS NECESSIDADES v 3.1.1. VIRGINIA HENDERSON vi 3.1.2. AUTOCUIDADO vii 3.2. ESCOLA DA INTEREÇÃO viii 3.2.1. HILDEGARD PEPLAU ix 3.2.2. JOSEPHINE G. PATERSON E LORETTA T. ZDERAD x 3.4. ESCOLA DA APRENDIZAGEM DA SAÚDE xii 3.4.1. NOLA...

    7956  Palavras | 32  Páginas

  • Evolução história da enfermagem

    Introdução As prática de saúde ao longo da história e o desenvolvimento das práticas de enfermagem, podem ser datadas em períodos como o pré-cristão, onde as doenças eram tidas como castigo de Deus ou resultavam do poder do demônio. Onde os sacerdotes e feiticeiros acumulavam funções de médicos e enfermeiros. A profissão surgiu do desenvolvimento e evolução das práticas de saúde no decorrer dos períodos históricos. As práticas de saúde instintivas foram as primeiras formas de prestação de assistência...

    1086  Palavras | 5  Páginas

  • Teoria de enfermagem

    De acordo com Meleis, as teorias de enfremagem podem ser clasificadas de dois modos, apartir do foco primario, que possibilita distinguir quatro grupos de teorias 1) as centradas no cliente; 2) as centradas no relacionamento entre o cliente e o meio ambiente; 3) as centradas nas interações enfermeira-cliente; e 4) as centrados na terapêutica de enfermagem. No segundo modo, a classificação das teorias é feita tendo por base o papel que as enfermeiras desempenham na prática profissional ...

    625  Palavras | 3  Páginas

  • Enfermagem

    DISTÂNCIA CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM TURMA V52 Processo de Cuidar IV Tutor EAD: Mirna Coelho de Barros Acadêmicos: Adriana Costa Sousa: RA: 307554 Francisca de Jesus Silva: RA: 292019 Joana Dark dos Reis Queiroz: RA: 306961 Karine dos Santos Lima RA: 330072 Suane Barros Cunha: RA: 292701 Wanny Regina Guimarães da Silva RA: 292823 Florence Nighintgale As concepções teóricos-filosoficas de enfermagem desenvolvidas por Nightingale tiveram...

    1879  Palavras | 8  Páginas

  • Teorias Da Enfermagem Historia Da Enfermagem

    Falando um pouco sobre as teorias da Enfermagem. WANDA A. HORTA Horta (1970), era um enfermeira que desenvolveu uma teoria onde implementava a sistematização da assistencia de enfermagem individualizada e humanizada nos hospitais. Seus conceitos eram que os pacientes como seres humanos, tinham de ser tratados com sentimento e emoção, atendendo assim suas necessidades básicas, recuperando, mantendo e promovendo sua saúde. Vizava que isso era possível através de uma equipe, onde pudesse realizar...

    1748  Palavras | 7  Páginas

  • Sistematização da Assistência de Enfermagem

    Sistematização da Assistência de Enfermagem Sistematização da Assistência de Enfermagem Competências do candidato: Referenciais teóricos da Enfermagem Evolução histórica da SAE Etapas da SAE: definições RESOLUÇÃO COFEN-358/2009 Dispõe sobre a Sistematização da Assistência de Enfermagem e a implementação do Processo de Enfermagem em ambientes, públicos ou privados, em que ocorre o cuidado profissional de Enfermagem, e dá outras providências. O que é sistematização ? Segundo...

    4591  Palavras | 19  Páginas

  • SAE SISTENATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM

    Sistematização da Assistência de Enfermagem Competências do candidato: Referenciais teóricos da Enfermagem Evolução histórica da SAE Etapas da SAE: definições RESOLUÇÃO COFEN-358/2009 Dispõe sobre a Sistematização da Assistência de Enfermagem e a implementação do Processo de Enfermagem em ambientes, públicos ou privados, em que ocorre o cuidado profissional de Enfermagem, e dá outras providências. O que é sistematização ? Segundo Ferreira,1975, sistematizar é tornar...

    4054  Palavras | 17  Páginas

  • Teorias de enfermagem

    Teorias de enfermagem Adélia Oliveira Teoria Origem: Grego- “Visão” .Constitui a forma sistemática de olhar o mundo, para descrevê-lo, explicá-lo, prevê-lo ou controlá-lo . Composta de conceitos, definições, modelos, preposições e suposições Teoria “ Conjunto de conceitos inter-relacionados que proporcionam visão sistemática de um fenômeno, que é, por sua natureza, explicativo e profético” (Kerlinger). Objetivos: Descrever...

    805  Palavras | 4  Páginas

  • Resumo das teorias da enfermagem

    Teorias da Enfermagem Teoria: “Um conjunto de conceitos, definições, e propostas inter-relacionadas, que apresentam uma visão sistemática dos fenômenos, especificando relações entre variáveis, como propósito de explicar e prever os fenômenos ”. Elas proporcionam o referencial teórico que norteia a implantação do processo de Enfermagem, sob uma perspectiva de assistência sistematizada. No Brasil por volta dos anos 70, o marco de modernização para o ensino e pratica de Enfermagem se fez com a publicação...

    1208  Palavras | 5  Páginas

  • teorias

    Teorias de Enfermagem Introdução Teoria: Constitui a forma sistemática de olhar o mundo, para descrevê-lo, explica-lo, prevê-lo ou controlá-lo. Composta de conceitos, definições, modelos, preposições e suposições. Teoria de Enfermagem: É a conceitualização de alguns aspectos da enfermagem comunicados com a finalidade de descrever, explicar, diagnosticar e/ou prescrever cuidado de enfermagem. Ou seja, as teorias de enfermagem compõem os pilares para a cientificidade da profissão na atualidade...

    1797  Palavras | 8  Páginas

  • Teorista e Teorias de Enfermagem

    Teorista e Teorias de Enfermagem Florence Nightingale 1820-1910 – Em 1859 apresentou a Teoria Ambientalista demonstrou que em ambiente limpo diminuía a infecção, conceito que hoje se compreende como Infecção Hospitalar. Hildegard Peplau 1909-1999 – Sua proposta foi apresentada em 1952, com a Teoria Interpessoal, apresenta o processo de Interação Enfermeiro/Cliente, o modo como acontecem que elementos estão contidos nesta relação e como agir diante das situações adversas. Faye Abdellah 1952... –...

    842  Palavras | 4  Páginas

  • Teorias de enfermagem

    Teorias de Enfermagem Florence Nightingale- Dos escritos de Florence Nightingale, o meio ambiente emerge como conceito principal, sendo considerado como todas as condições e influências externas que afetam a vida e o desenvolvimento de um organismo, capazes de prevenir, suprimir ou contribuir para a doença e a morte. Exemplos: Ventilação:provisão de ar fresco, sem correntes de ar. Florence dizia que “conservar o ar que o paciente respira tão puro quanto o ar exterior, sem deixá-lo sentir frio...

    958  Palavras | 4  Páginas

  • teoria

     Teorias de enfermagem 1. 1- TEORIA Compreendem um conjunto de conceitos e pressupostos, relacionados entre si, no campo da prática, do ensino e da pesquisa. 2. As teorias de enfermagem trazem conceitos e proposições relacionados à enfermagem e atrelados a uma visão de mundo. 3. Elas proporcionam o referencial teórico que norteia a implantação do Processo de Enfermagem, sob uma perspectiva de assistência sistematizada. 1. No Brasil, por volta dos anos 70, o marco de...

    6376  Palavras | 26  Páginas

  • Sistematização da assistência de enfermagem

    P. Castellanos; Processo de Enfermagem; editora EPU, 1979. São Paulo, 97 páginas. Horta introduz a sua obra comentando que “a enfermagem é uma magnífica epopéia de serviços à humanidade” que passou por um processo de evolução com instrumentos inadequados, mas que foram essências para ajudar o homem. Comenta ainda que “não mais a experiência poderá ser equacionada com a aprendizagem,que habilidades intelectuais na utilização do corpo de conhecimentos da enfermagem é um fator determinante na prática...

    1072  Palavras | 5  Páginas

  • Principais teorias da enfermagem

    PRINCIPAIS TEORIAS Ano 1860 TEORIA O QUE É O QUE NÃO. Teórica Florence Nightingale . Notas sobre enfermagem Propósito: Ajudar as pessoas responsáveis pelo cuidado do cliente a “ pensar como a enfermeira” a teoria aborda as necessidades fundamentais do doente o principio básico do bom cuidado de saúde. Tópicos dos componentes: Pessoa – um indíviduo com processos reparativos vitais para lidar com a doença. Ambiente – condição externa que afetam a vida e desenvolvimento do individuo...

    3893  Palavras | 16  Páginas

  • EVOLUCAO HISTORICA DE ENFERMAGEM

    assistência de enfermagem abordando três momentos históricos que marcaram o desenvolvimento da profissão: o surgimento da enfermagem moderna, com Florence Nightingale, das teorias de enfermagem e da Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE), mencionando as atuais tendências relacionadas à tentativa de padronização da linguagem com a utilização das classificações dos diagnósticos de enfermagem pela Nursing American Diagnoses Association (Nanda), com propostas de intervenções de enfermagem definidas...

    5018  Palavras | 21  Páginas

  • Teoria de enfermagem

    CEARÁ TEORIAS DE ENFERMAGEM 1 Hickman (2000) de forma simplificada cita que “uma teoria sugere uma direção de como ver fatos ou eventos”;  Historicamente, a prática de Enfermagem subordinada à medicina e focada no desenvolvimento de tarefas, foi substituída com o advento do desenvolvimento das teorias de enfermagem;  Florence Nightingale foi um marco na enfermagem moderna e foi considerada a primeira teórica de enfermagem ao delinear o que considerava a meta de enfermagem e o...

    1408  Palavras | 6  Páginas

  • teoria ambientalista

    Teorias da Enfermagem Enfermagem e Ciência 1° Período – Enfermagem 2013 Teoria Ambiental – Florence Nightingale A teoria de Florence Nightingale foi apreendida e nomeada de Ambientalista no mundo contemporâneo, e constitui-se a base para as ações de enfermagem no processo de saúde-doença. Florence tinha uma peculiar capacidade de documentar suas atividades e reflexões diárias. Nesses registros, Notas sobre Enfermagem de 1859, (NIGHTINGALE, 1989), ela deu ênfase às condições...

    3049  Palavras | 13  Páginas

  • TEORIAS DE ENFEMAGEM

    TEORIA AMBIENTAL. A teoria ambiental foi criada por em 1859 por Florence Nightingale,e nos mostra com esta teoria que o meio ambiente emerge como conceito principal, sendo considerado como todas as condições e influências externas que afetam a vida e o desenvolvimento de um organismo, capazes de prevenir, suprimir ou contribuir para a doença e a morte. Nightingale tende a dedicar maior ênfase ao ambiente físico do que aos ambientes psicológico e social (embora estes aspectos sejam...

    1397  Palavras | 6  Páginas

  • Teorias de Enfermagem

    TEORIAS ADMINISTRATIVAS E TEORIAS DE ENFERMAGEM André Reis Arquivo disponível em http://materialenfermagem.blogspot.com RESUMO - TEORIAS ADMINISTRATIVAS E TEORIAS DE ENFERMAGEM 1. TEORIAS ADMINISTRATIVAS Teoria CIENTÍFICA CLÁSSICA DAS RELAÇÕES HUMANAS Teórico Frederick Taylor Henry Fayol Elton Mayo Propostas da teoria, princípios e críticas Propostas: # Aumento da produção pela eficiência do nível operacional; # Homem econômico, movido pela remuneração...

    1120  Palavras | 5  Páginas

  • TEORIA Entregar

    TEORIA DO VIR-SER-A-SER HUMANO Suzan Daiane Gonzaga Professora: Tatiana Lunelli Centro Universitário Leonardo da Vinci – Uniasselvi/Kroton Bacharel em Enfermagem (Enf 24) – Fundamentos da Sistematização da Assistência de Enfermagem História Rosemarie Rizzo Parse Parse é graduada da Universidade de Duquesne, em Pittsburgh e recebeu seu mestrado e doutorado na Universidade de Pittsburgh. Ela era um membro da mesma Universidade. Foi fundadora e editora da revista Nursing Science Quarterly, presidente...

    1133  Palavras | 5  Páginas

  • As teorias de enfermagem

    "A Enfermagem é uma arte; e para realizá-la como arte, requer uma devoção tão exclusiva, um preparo tão rigoroso, quanto a obra de qualquer pintor ou escultor; pois o que é tratar da tela morta ou do frio mármore comparado ao tratar do corpo vivo, o templo do espírito de Deus? É uma das artes; poder-se-ia dizer, a mais bela das artes!" Florence Nightigale As teorias da administração e a enfermagem Teorias da Enfermagem A enfermagem, como qualquer atividade humana, possui um conjunto de idéias...

    5177  Palavras | 21  Páginas

  • enfermagem

    PROCESSO DE ENFERMAGEM REFERENCIAL TEÓRICO Prof.ª Enfª Paula A. Adriani 2 Sistematização da Assistência de Enfermagem - SAE Prestar assistência de enfermagem sistematizada, individualizada, humanizada à clientes admitidos, promovendo o atendimento de suas necessidades, desenvolvendo o autocuidado quando possível, visando sua qualidade de vida, embasada em conhecimento técnicocientífico. Sistematização da Assistência de Enfermagem - SAE Entendendo que o planejamento da ...

    1762  Palavras | 8  Páginas

  • Teorias enfermagem

    1 – O QUE É UM PARADIGMA Define-se paradigma como o conjunto de elementos culturais, de conhecimentos e códigos teóricos,técnicos e metodológicos compartilhados pelos membros de uma comunidade científica.São três os paradigmas em que a enfermagem se tem inscrito no tempo: Categorização, Integraçãoe Transformação. Estes paradigmas são localizáveis cronologicamente porque são representativosda época onde se inserem ( ideologias, política social, organizações).Cada paradigma contém conjuntos de representações...

    4148  Palavras | 17  Páginas

  • evolução da enfermagem

    EVOLUÇÃO DA ENFERMAGEM: De Florence Nightingale a Wanda de Aguiar Horta O processo de evolução da enfermagem passa por três momentos históricos, o surgimento da enfermagem moderna com Florence Nightingale, formação de sua base cientifica com as teorias de enfermagem e da sistematização da assistência de enfermagem (SAE) na tentativa de padronizar a linguagem. O trabalho de Nightingale constitui um marco para a história da enfermagem moderna. Segundo OLIVEIRA et al 2007, no século XIX o nome...

    2158  Palavras | 9  Páginas

  • fundamentos da enfermagem

    EDUCAÇÃO EM ENFERMAGEM INFLUÊNCIAS SOCIAIS NA ENFERMAGEM Professora: Maria de Lurdes Granja REVISÃO HISTÓRICA • Bacon afirmava que o " objetivo do cientista era extrair da natureza, sob tortura, todos os seus segredos". (Capra, 1991). Status de curar = poder • “A trajetória da Enfermagem trás consigo, diversos estigmas e preconceitos que são reforçados pelo fato de que, além de ser uma profissão de desempenho eminentemente manual, carrega ainda a fragilidade de, em todos os tempos...

    1722  Palavras | 7  Páginas

  • Teoricos da enfermagem

    Katharina Kolcaba Teoria do Conforto A teoria do conforto é uma teoria de enfermagem que foi inicialmente desenvolvido na década de 1990 por Katharine Kolcaba. A teoria do conforto é teoria de médio alcance para a prática de saúde, educação e pesquisa. No inicio do século XX , o conforto era a meta central da enfermagem e medicina. Conforto foi a primeira reflexão do enfermeiro. Kolcaba descreveu conforto em três formas: alívio, tranqüilidade, e da transcendência. Além disso, Kolcaba descreve...

    2530  Palavras | 11  Páginas

  • Teoria De Enfermagemccccc

    Teoria de enfermagem “Um conjunto de conceitos, definições, e propostas inter-relacionadas, que apresentam uma visão sistemática dos fenômenos, especificando relações entre variáveis, COM O PROPÓSITO DE EXPLICAR E PREVER OS FENÔMENOS”. TODA CIÊNCIA... – Apresenta conhecimentos específicos, próprios e organizados. Enfermagem é uma ciência = TEORIAS DE ENFERMAGEM Surgimento das Teorias A partir de 1950: necessidade de um conhecimento específico na Enfermagem; As teorias foram fundamentadas...

    2908  Palavras | 12  Páginas

  • praticas complementares de enfermagem

    Complementares e a Enfermagem 5 3. Conceito e Objetivos 6 4. História das Práticas Complementares 6 4.1 Terminologia 8 4.2 Características das Práticas Complementares 10 4.3 Fundamento das Práticas Complementares 10 4.4 Legislação Reguladora 11 4.5 As Práticas Complementares e as Teorias de Enfermagem 13 4.5.1 Acupuntura, Auriculoterapia e Enfermagem 14 4.5.2 Fitoterapia como Terapêutica Alternativa e Promoção da Saúde 18 4.5.3 Iridologia 21 4.5.4 O uso da Música na Assistência de Enfermagem no Brasil...

    12007  Palavras | 49  Páginas

  • teoristas de enfermagem

    FACULDADE ANHANGUERA TABOÃO DA SERRA CURSO DE ENFERMAGEM TEORIAS DE ENFERMAGEM TABOÃO DA SERRA 2014 FACULDADE ANHANGUERA TABOÃO DA SERRA CAMILA NOVAIS CLAUDIANE DE ANDRADE CRISLAN OLIVEIRA DRIELLI APARECIDA ÉLIDA DAMARIS ELIAS DE ANDRDADE ELISANGELA RAINHA LUANA FERREIRA DOS SANTOS MIRIAN DO CARMO SILVA SIMONE PORTO TEORIAS DE ENFERMAGEM Trabalho de Atividades Práticas desenvolvidas...

    5074  Palavras | 21  Páginas

  • Faye Glenn Abdellah e Martha E. Rogers

    publicações relacionadas com o atendimento, a educação para a prática avançada da enfermagem e a pesquisa em enfermagem, continuando a construir uma liderança na enfermagem. Em 1960, influenciada pelo desejo de promover um cuidado abrangente de enfermagem centralizado no cliente, Abdellah descreveu a enfermagem como uma ação parta o indivíduos, famílias e, portanto, para a sociedade. De acordo com Abdellah, a enfermagem é baseada na arte e na ciência moldada nas atitudes, na competência intelectual...

    527  Palavras | 3  Páginas

  • Teoria Enf

    TEORIAS DE ENFERMAGEM Conhecimento - Processo ontológico, dinâmico e em constante mudança; - Raiz cultural (depende das crenças, valores e costumes); - Tem que existir alguém que conheça (sujeito) e algo que possa ser conhecido (objeto); - Pode ser comunicado e partilhado com os outros; Conhecimento do senso comum: conhecimento empírico, contudo pode transformar-se em conhecimento científico; transmitido de geração em geração; período pré-paradigmático; Conhecimento científico: transmite-se...

    6140  Palavras | 25  Páginas

  • Teoria do Cuidar Humano - Jean Watson

    e a sua Teoria do Cuidar Humano, sendo para este efeito analisado todo o percurso da autora desde a sua primeira teoria até à sua última atualização, passando por falar da sua biografia por forma a melhor compreender os efeitos das suas vivências no desenvolvimento do seu trabalho teórico. Pretende-se desta forma proporcionar um melhor conhecimento desta autora não apenas em termos conceptuais, mas também e dando especial ênfase aos seus contributos para a melhor compreensão da enfermagem e de tudo...

    11230  Palavras | 45  Páginas

  • Teorias de enfermagem

    FACULDADE PITÁGORAS CURSO DE ENFERMAGEM BASES TEÓRICAS, PRÁTICAS E PEDAGÓGICAS DE ENFERMAGEM PROF LUCIANA COELHO TEORIAS DE ENFERMAGEM: VÍRGINIA HENDERSON, DOROTHEA OREM E BETTY NEUMAN Albenilde Chagas Fabiane Moura ...

    3917  Palavras | 16  Páginas

  • Teórica de enfermagem

    1- Virginia Henderson Para ela, a função da enfermagem é assistir ao individuo doente ou sadio, no desempenho de atividades que contribuem para a saúde ou para uma morte tranquila, ajudando para a independência. Ela incorporou os princípios fisiológicos e psicopatológicos ao seu conceito de enfermagem, dizendo que: a única função de um enfermeiro é ajudar ao individuo são ou enfermo, na realização daquelas atividades que contribuem para a sua saúde, sua recuperação ou uma morte calma. As atividades...

    3394  Palavras | 14  Páginas

  • A IMPORTÂNCIA DA ENFERMAGEM COMO AGENTE DE PROMOÇÃO A SAÚDE E PREVENÇÃO DE AGRAVOS RELACIONADOS AO CONSUMO ABUSIVO DE ALCOOL NA POPULAÇÃO MASCULINA

    Brasileira de Enfermagem PESQUISA REBEn Efeitos gradativos do toque terapêutico na redução da ansiedade de estudantes universitários Gradual effects of therapeutic touch in reducing anxiety in university students Efecto gradual del tacto terapéutico en la reducción de la ansiedad en estudiantes universitarios Vanessa Miranda GomesI, Maria Júlia Paes da SilvaI, Eutália Aparecida Cândido AraújoI Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem, Departamento de Enfermagem Médico-Cirúrgica...

    2157  Palavras | 9  Páginas

  • Teoria transcultural de madeleine leininger

    palavra Teoria tem origem grega“Visão”, constitui a forma sistemática de olhar o mundo, para descrevê-lo, explicá-lo, prevê-lo ou controlá-lo. Composta de conceitos, definições, modelos, preposições e suposições. Teoria de Enfermagem é a forma de relacionar conceitos, através do uso de definições que sejam úteis ao desenvolvimento de inter-relações significativas para a descrição ou classificação da prática. Existem várias teorias de enfermagem como: • Teoria Ambiental: F. Nightingale; • Teoria das...

    9591  Palavras | 39  Páginas

  • Enfermagem enquanto disciplina:que campo de conhecimento identifica a profissão?

    Revista Brasileira de Enfermagem REFLEXÃO REBEn Enfermagem enquanto disciplina: que campo de conhecimento identifica a pr ofissão? profissão? Nursing as a discipline: what scientific knowledge field identifies the profession? Enfermería en cuanto disciplina: qué campo del conocimiento la identifica como profesión? Maria Cecília Puntel de AlmeidaI, Silvana Martins MishimaI, Maria José Bistafa PPereira ereiraI, Pedr o FFredemir redemir PalhaI, T ereza Cristina Scatena VillaI,...

    4653  Palavras | 19  Páginas

  • Sistematização da assistência de enfermagem: fatores intervenientes para sua aplicabilidade na prática.

    Assistência de Enfermagem (SAE) é uma metodologia de organização, planejamento e execução de ações sistematizadas e constitui um meio para o enfermeiro agregar seus conhecimentos técnico-científicos à sua prática profissional administrando seu tempo na execução de suas ações com qualidade (NEVES, 2010). De acordo com a resolução do COFEN de número 358/2009, a SAE contempla o Processo de Enfermagem (PE) que é baseado em cinco fases: Histórico do cliente, diagnósticos de enfermagem, planejamento...

    5680  Palavras | 23  Páginas

  • Processo de enfermagem wandahorta

    Professora Titular da Escola de Enfermagem da USP CIP-Brasil. Catalogação-na-Fonte Câmara Brasileira do Livro, SP H811p Horta, Vanda de Aguiar. Processo de enfermagem / Wanda de Aguiar Horta, com a colaboração de Brigitta E. P. Castellanos. - São Paulo : EPU 1979. Bibliografia. 1. Enfermagem como profissão 2. Enfermagem - Estudo e ensino 3. Enfermeiros e enfermagem 4. Prática de enfermagem I. Castellanos, Brigitta Elza Pfeiffer. 11. Título. Processo de Enfermagem Com a colaboracão de Brigitta...

    22809  Palavras | 92  Páginas

  • Jean Watson - Teoria do Cuidar Transpessoal

     TEORIA DO CUIDAR TRANSPESSOAL Jean Watson ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 5 2. ASPETOS BIOGRÁFICOS DE JEAN WATSON 8 3. TEORIA DE JEAN WATSON 10 3.1. DEFINIÇÃO DE TEORIA 10 3.3. PRESSUPOSTOS E PREMISSAS DA TEORIA 12 3.4. CONCEITOS METAPARADIGMÁTICOS 16 3.4.1 PESSOA 16 3.4.2. SAÚDE 17 3.4.3. AMBIENTE 18 3.4.4. ENFERMAGEM 18 3.5. OUTROS CONCEITOS DA TEORIA 20 3.5.1. CAMPO FENOMENOLÓGICO 20 4. ESCOLA DE PENSAMENTO E PARADIGMA...

    8105  Palavras | 33  Páginas

  • SISTEMATIZAÇÃO DO CUIDADO EM ENFERMAGEM: UMA ANÁLIS E DA IMPLEMENTAÇÃO

    -GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM MESTRADO ACADÊMICO EM ENFERMAGEM SISTEMATIZAÇÃO DO CUIDADO EM ENFERMAGEM: UMA ANÁLISE DA IMPLEMENTAÇÃO CURITIBA 2007 SANDRA MARIA BASTOS PIRES SISTEMATIZAÇÃO DO CUIDADO EM ENFERMAGEM: UMA ANÁLISE DA IMPLEMENTAÇÃO Dissertação apresentada ao Curso de Mestrado em Enfermagem, Programa de Pós – Graduação em Enfermagem, Setor de Ciências da Saúde, da Universidade Federal do Paraná, como parte das exigências para obtenção do título de Mestre em Enfermagem. Área...

    40561  Palavras | 163  Páginas

  • Regers

    VITÓRIA ENFERMAGEM ANDRÉ LUIZ CABRAL DYONATA LUCAS RIBEIRO DE JESUS EDMILA TONONI FURLAN GERLANE ZEMKE GABRIELA LOUISE CALDAS KOENE JHONATHAN BROZEGHINI PASSOS MARIA JULIA MAZEGA PAGANI NATÁLIA PEREIRA PINTO STEIN MARTHA ELIZABETH ROGERS VITÓRIA – ES 2015 ANDRÉ LUIZ CABRAL DYONATA LUCAS RIBEIRO DE JESUS EDMILA TONONI FURLAN GERLANE ZEMKE GABRIELA LOUISE CALDAS KOENE JHONATHAN BROZEGHINI PASSOS MARIA JULIA MAZEGA PAGANI NATÁLIA PEREIRA PINTO STEIN MARTHA ELIZABETH ROGERS ...

    1103  Palavras | 5  Páginas

  • CURSO DE MESTRADO EM ENFERMAGEM

    CURSO DE MESTRADO EM ENFERMAGEM ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO EM SUPERVISÃO CLÍNICA COMPETÊNCIAS COMUNICACIONAIS EM ESTUDANTES DO CURSO DE LICENCIATURA EM ENFERMAGEM APÓS A PRIMEIRA EXPERIÊNCIA DE ENSINO CLÍNICO Maria Filomena Simões Patrício Orientador: Professor Doutor Rogério Manuel Clemente Rodrigues, Professor Adjunto da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra. Co-orientadora: Mestre Rosa Cristina Correia Lopes, Professora Adjunta da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Dissertação...

    27426  Palavras | 110  Páginas

  • Teoria

    Este trabalho é uma resenha das teorias de FLORENCE NIGHTINGALE, CALLISTEA ROY, MARTA ROGERS, JOSEPHINE PATERSON e LORETTA ZDERAD E MADALAINE LENINGER, DOROTHEA OREM, IMOGENE KING, WANDA HORTA, PEPLAU INTRODUÇÃO Florence Nightingale (Florença, 12 de maio de1820 – Londres, 13 de agosto de 1910). Florence Nightingale é considerada a primeira teórica da enfermagem, percebendo que o saber expresso pelos princípios científicos era também dependente e não possuía natureza específica, incumbiu-se de...

    2315  Palavras | 10  Páginas

tracking img