• Teoria de enfermagem
    FACULDADE ESTÁCIO DO CEARÁ TEORIAS DE ENFERMAGEM 1 Hickman (2000) de forma simplificada cita que “uma teoria sugere uma direção de como ver fatos ou eventos”;  Historicamente, a prática de Enfermagem subordinada à medicina e focada no desenvolvimento de tarefas, foi substituída com...
    1408 Palavras 6 Páginas
  • Estudo de caso - impetigo bolhoso
    (planejar), I (intervir) e A (avaliar), usado para sistematizar consultas de enfermagem, como base teórica, sendo fundamentado pela teoria da adaptação de Sister Callista Roy. Este estudo foi realizado com um paciente que se encontrava na unidade de internação com diagnóstico de Impetigo Bolhoso, seu desenvolvimento...
    1577 Palavras 7 Páginas
  • Teorias de enfermagem
    Teorias de enfermagem: * Teoria Ambiental: F. Nightingale (1820/1910). * Teoria das Necessidades Básicas: Virgínia Henderson (1897). * Teoria do Autocuidado: Dorothea Orem (1914). * Teoria da Adaptação: Sister Calista Roy (1939) * Teoria das Relações Interpessoais em Enfermagem:...
    679 Palavras 3 Páginas
  • Amoor
    Teoria Ambientalista de Florence Nightingale A teoria de Florence Nightingale foi apreendida e nomeada de Ambientalista no mundo contemporâneo, e constitui-se a base para as ações de enfermagem no processo de saúde-doença. Florence tinha uma peculiar capacidade de documentar suas atividades e reflexões...
    1825 Palavras 8 Páginas
  • teoria ambiental
    FESAR Andréia Carine Silva – Enfermagem 3º Período B Teoria Ambiental – Florence Nightingale – 1820/1910 O foco principal da teoria é o ambiente, cujo ambiente tem condições externas capazes de prevenir doenças, suprimi-las ou contribuir para elas. E o indivíduo cujas suas defesas naturais são...
    682 Palavras 3 Páginas
  • teorias administrativas
     TEORIA DE FLORENCE 1859 TEORIA AMBIENTALISTA Conceito básico mais característico nos trabalhos de Florence é o ambiente Enfatizou o ambiente físico preponderantemente em relação ao meio psicológico e social AMBIENTE FÍSICO •A higiene constitui uma noção inclusa, relacionada com todos os...
    1626 Palavras 7 Páginas
  • Enfermagem
    TEORIA HOLÍSTICA QUANDO SURGIO Em 1967, apareceram os primeiros trabalhos de Myra E. Levine, autora da "Teoria Holística", vê um o homem como um "todo", dinâmico, em constante interação com o ambiente dinâmico. OQUE É TEORIA HOLÍSTICA A teoria Holística, consiste na explicação de sistemas de respostas...
    1066 Palavras 5 Páginas
  • enfermagem
    aplicado à prática. Tais conhecimentos são expressos por mio de conceitos e teorias. A enfermagem é uma profissão que encontra-se em evolução e consequentemente está desenvolvendo um conjunto de conceitos e teorias que apoiem a prática 6 7 MODELOS CONCEITUAIS São baseados em conhecimentos...
    1762 Palavras 8 Páginas
  • Teoria
    TEORIA DE CALLISTA ROY A teoria de Calista Roy visa uma adaptação do individuo com o seu meio, uma maneira de adaptar o ser humano com o meio externo e sua complexidade, melhorando a prática do cuidado com seu cliente. Seu paradigma era: -Homem: Ser social, mental, espiritual e físico afetado por estímulo...
    366 Palavras 2 Páginas
  • Seringas
    Perspectivas conceituais na prática de enfermagem Teorias de enfermagem Trabalho em Sala de Aula / 0,5 – 22/10/2012 Teorias compreendem um conjunto de conceitos e pressupostos, relacionados entre si, abarcando o campo da prática, do ensino e da pesquisa. As teorias de enfermagem trazem conceitos e proposições...
    3140 Palavras 13 Páginas
  • Enfermagem
    criança com diagnóstico de câncer e seu familiar/ acompanhante e com a construção de uma metodologia para a consulta de enfermagem baseada na teoria de adaptação de Roy. Este estudo foi realizado no Ambulatório Oncológico Pediátrico do Hospital Infantil Joana de Gusmão, no período de 06 de outubro a 08 de...
    34165 Palavras 137 Páginas
  • Enfermagem
    criança com diagnóstico de câncer e seu familiar/ acompanhante e com a construção de uma metodologia para a consulta de enfermagem baseada na teoria de adaptação de Roy. Este estudo foi realizado no Ambulatório Oncológico Pediátrico do Hospital Infantil Joana de Gusmão, no período de 06 de outubro a 08 de...
    34341 Palavras 138 Páginas
  • teorias de enfermagem
    CIÊNCIA DA SAÚDE – ENFERMAGEM TRABALHO ACADÊMICO: TEORIA ADAPTATIVA DE CALLISTA ROY   DÉBORA EVELYN MARTINS DA COSTA FABIANO FERREIRA DE LIMA JOSIANA VICENTE TATIANA FREITAS MOREIRA INTRODUÇÃO "O Modelo de Adaptação de Roy é o processo e o resultado onde o pensamento e o sentimento...
    1241 Palavras 5 Páginas
  • CALLISTA ROY
     LABEST – ESCOLA TÉCNICA TRABALHO DE HISTÓRIA DA ENFERMAGEM TEMA: CALLISTA ROY ALUNA: JOICE PROENÇA DA COSTA PETRÓPOLIS- RJ MARÇO / 2014 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO............................................................................
    622 Palavras 3 Páginas
  • Teorias de enfermagem
    Introdução: “O modelo de adaptação de Roy é o processo e o resultado onde o pensamento e o sentimento da pessoa utilizam o conhecimento e a escolha conscienciosa para criar a integração humana e ambiental. É uma resposta positiva que promove o crescimento, a reprodução e o domínio da sobrevivência”...
    926 Palavras 4 Páginas
  • TEORIAS DE ENFERMAGEM
    TEORIAS DA ENFERMAGEM SUMÁRIO Teoria Ambiental, Florence Nightingale------------------------------------------------------------------------- 6 Teoria das Necessidades Básicas, Virginia Henderson -------------------------------------------------- 7  Teoria do Autocuidado, Dorothea Orem...
    2993 Palavras 12 Páginas
  • Teoria da adaptação sister callista roy
    Sister Callista Roy nasceu em 14 de outubro de 1939 em Los Angeles, Califórnia em 1966. Ela era um membro das Irmãs de José de Carondelet. Então, em 1968, começou operationalzing seu Modelo de Adaptação quando Saint Mary's College adapation adoptou o quadro para a base filosófica do currículo de enfermagem...
    336 Palavras 2 Páginas
  • Teoria da adaptação - Callista Roy
    TEORIA DA ADAPTAÇÃO CALLISTA ROY Allan Karlos Ana Paula Simão Keren Apuque Luana S. Santos Petúnia Rodrigues Sumário INTRODUÇÃO.............................................................................................................3 MODELO DE ADAPTAÇÃO DE ROY........
    1769 Palavras 8 Páginas
  • teoria
    Sister Callista Roy 1. Nasceu em 14 de outubro de 1939 em Los Angeles. 2. Graduada em 1963 pelo St. Mary College. 3. Mestre em enfermagem em 1966. 4. Roy desenvolveu o Modelo de Adaptação em 1976. 5. Douta em sociologia 1977 pela universidade de Los Angeles. 6. Membro da Academia Americana para...
    455 Palavras 2 Páginas
  • Callista11
    SISTER CALLISTA ROYTeoria da adaptação. Sister Callista Roy,nascida dia 14 de outubro de 1939, em Los Angeles Califórnia, membro da congregação das Irmãs de Saint Joseph de Carondelet. 1963, recebeu o título de Bacharel de Artes na Enfermagem, pela Escola Mount Saint Mary, Los Angeles...
    1720 Palavras 7 Páginas