Sobre A Escravidão Negra No Brasil No Periodo Colonial artigos e trabalhos de pesquisa

  • A análise marxista sobre a escravidão negra no Brasil Colonial

    A análise marxista sobre a escravidão negra no Brasil Colonial A importância estrutural do trabalho escravo negro na formação do Brasil é amplamente reconhecida pela historiografia tradicional , sendo concebido como um sistema. Entretanto, as linhas interpretativas sobre o caráter do sistema escravista são, ainda hoje, alvos de controvérsias. No presente trabalho pretendemos abordar aspectos da interpretação e metodologia utilizada por alguns historiadores marxistas na análise do sistema escravista...

    1338  Palavras | 6  Páginas

  • ROTEIRO PARA A ELABORAÇÃO DO PLANO DE AULA ESCRAVIDAO NO BRASIL

    – EF II Tema da aula: Escravidão no Brasil Disciplina: Historia Nível de Ensino: (X ) Ensino Fundamental II - 6 º ano Tempo de duração da aula: 60 minutos 1. Conteúdos História do Brasil Trabalho escravo durante o período colonial. 2. Objetivos Conhecer o significado do conceito de escravidão durante o período colonial e imperial, estabelecendo relação entre a escravidão no passado e no presente, analisando semelhanças e diferenças. Promovendo a reflexão sobre a utilização da mão de obra...

    616  Palavras | 3  Páginas

  • Escravidão No Brasil

    História do Brasil I. Professor: Luciano Figueiredo. Alunos: Anderson Amorin Breno Peres. Izabela Novaes. Rui Felipe ESCRAVIDÃO NO BRASIL COLÔNIA O trabalho trata da escravidão no Brasil colônia de acordo com os itens pedidos, fazendo referência desde o início,com a dominação dos portugueses em relação aos indígenas, ainda no período pré colonial,forçando-os ao trabalho em lavouras e submetendo-os à sua cultura e religião através dos jesuítas,até a abolição em 1888,já no período independente...

    1356  Palavras | 6  Páginas

  • O COTIDIANO ESCRAVO NO PERIODO COLONIAL

     O COTIDIANO ESCRAVO NO PERIODO COLONIAL. 1Rafael Cornélio Resumo: Este artigo tem por objetivo analisar o escravo negro africano vindo ao Brasil no período do século XVI, sua trajetória desde o momento em que sai de sua terra até a chegada ao novo mundo. Terá como foco principal a região do nordeste, procurando evidenciar o trabalho nos engenhos de açúcar do período colonial. Será tratado também alguns aspectos do cotidiano e alguns tipos de revolta escrava por conta da repressão sofrida. Palavras-chave:...

    1850  Palavras | 8  Páginas

  • Escravidão no BR

    História do Brasil I. Professor: Luciano Figueiredo. Alunos: Anderson Amorin Breno Peres. Izabela Novaes. Rui Felipe ESCRAVIDÃO NO BRASIL COLÔNIA O trabalho trata da escravidão no Brasil colônia de acordo com os itens pedidos, fazendo referência desde o início,com a dominação dos portugueses em relação aos indígenas, ainda no período pré colonial,forçando-os ao trabalho em lavouras e submetendo-os à sua cultura e religião através dos jesuítas,até a abolição em 1888,já no período independente...

    1356  Palavras | 6  Páginas

  • Escravidão teste

    A Escravidão Hoje A ESCRAVIDÃO HOJE A escravidão pode ser definida como o sistema de trabalho no qual o indivíduo (o escravo) é propriedade de outro, podendo ser vendido, doado, emprestado, alugado, hipotecado, confiscado. Legalmente, os escravos não têm direitos: não pode possuir ou doar bens e nem iniciar 561 Palavras3 Páginas Escravidão Negra INTRODUÇÃO Esta monografia tem como local de pesquisa o município de Ponta de Pedras, cidade onde ainda hoje podemos encontrar requiísios do período da...

    1168  Palavras | 5  Páginas

  • Resistência Negra e Indígena no Brasil

    Trabalho de História Resistência Negra e Indígena no Brasil Colonial. Introdução Nesse trabalho vamos tratar de entender sobre a resistência Negra e Indígena na época do Brasil colônia, explicando as dificuldades existentes naquele período. A escravidão negra foi a principal forma de se ganhar dinheiro. Os Índios foram catequizados pelos jesuítas através da Companhia de Jesus, os portugueses faziam muitas trocas de mercadoria com os índios que sempre foram enganados nessas...

    1217  Palavras | 5  Páginas

  • A Escravidão No Brasil: Exploração e Resistência

    A Escravidão no Brasil: Exploração e Resistência . Durante o Brasil Colonial, a mão-de-obra escrava foi de suma importância para a exploração das riquezas. Portugal – pretendendo dar sustentação ao seu modelo de colonização exploratória – buscou na exploração da força de trabalho dos negros uma rentável alternativa. Além de viabilizar a exploração das terras brasileiras, o tráfico negreiro potencializou o desenvolvimento de outras atividades econômicas. . Inicialmente, ficou clara a dificuldade...

    615  Palavras | 3  Páginas

  • Historia do brasil

    holandeses dominarem Pernambuco, através da Companhia das Índias Ocidentais, a partir de 1630. a) O que foi a União Ibérica? b) Dê três motivos para a invasão holandesa no Brasil. A União Ibérica durou 60 anos e teve influência na colonização portuguesa do Brasil. Durante o período da união entre Portugal e Espanha, o Brasil: a) atingiu o auge da sua produção açucareira com ajuda de capitais espanhóis. b) foi invadido pela Holanda, interessada na produção do açúcar. c) conviveu com muitas rebeliões...

    1575  Palavras | 7  Páginas

  • escravidao

    Cadernos Imbondeiro. João Pessoa, v.2, n.1, 2012. PROJETO CATÁLOGO GERAL DOS MANUSCRITOS AVULSOS E EM CÓDICES REFERENTES À HISTÓRIA INDÍGENA E ESCRAVIDÃO NEGRA NO BRASIL: NOVOS OLHARES SOBRE A DIÁSPORA E ESCRAVIDÃO NO BRASIL COLÔNIA Eulina Souto Dias Graduanda História IFCG Harriet Karolina Galdino dos Santos Mestranda História UFCG Josinaldo Souza de Queiroz Graduando História UFCG Nita Keoma Lustosa Graduanda História UFCG Dra. Juciene Ricarte Apolinário Departamento de História...

    3362  Palavras | 14  Páginas

  • as identidades do brasil

    das relações raciais, a visão positiva do autor sobre a colonização foi interpretada por seus críticos como um esvaziamento do conflito entre colonizador e colonizado. Outros autores, como Sergio Buarque de Holanda em Raízes do Brasil, obra contemporânea à de Freyre, viram na colonização portuguesa seu aspecto violento e predatório. Nascido em Pernambuco, Gilberto Freyre retratou em Casa-grande & senzala as relações sociais e o cenário do Brasil colonial a partir de sua terra natal, sob a influência...

    4211  Palavras | 17  Páginas

  • dia da consciência negra

    DA CONSCIÊNCIA NEGRA. HUMBERTO DE CAMPOS-MA 2013 SUMÁRIO CAPA…………………………………………………………………………………… ... 01 CONTRA-CAPA…………………………………………………………….……………. 02 INTRODUÇÃO………………………………………………………………………. …… 03 O DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA……………………………………………………... 04 QUANDO TUDO ACONTECEU…………………………………………………………. 05 HISTÓRIA DO DIA NACIONAL DA CONSCIÊNCIA NEGRA………………………... 06 A IMPORTÂNCIA DA DATA…………………..………………………………………… 07 CONSCIÊNCIA NEGRA - CONTEXTO HISTÓRICO…………………………………...

    1730  Palavras | 7  Páginas

  • consciência negra

    Plano de trabalho Consciência Negra Objetivos - Discutir a desigualdade racial no nosso país - Compreender a origem do Dia da Consciência Negra e sua importância hoje - Analisar a situação atual do negro no Brasil com base em dados do Censo 2010 Conteúdos - Desigualdade social e racial - Escravidão e quilombos Tempo estimado Duas aulas Materiais necessários - Computadores com acesso à internet - Projetor multimídia para exibir o vídeo sobre Zumbi dos Palmares - Acesso à biblioteca...

    1511  Palavras | 7  Páginas

  • historia do brasil colonial

    Exercícios de História do BrasilPeríodo Colonialsobre Período do Açúcar com Gabarito 1) (Vunesp-2003) O Brasil foi dividido em quinze quinhões, por uma série de linhas paralelas ao equador que iam do litoral ao meridiano de Tordesilhas, sendo os quinhões entregues (…) [a] um grupo diversificado, no qual havia gente da pequena nobreza, burocratas e comerciantes, tendo em comum suas ligações com a Coroa. (B. Fausto, História do Brasil.) No texto, o historiador refere-se às A) câmaras...

    18685  Palavras | 75  Páginas

  • UM OLHAR SOBRE A ESCRAVID O NO PIAU

    UM OLHAR SOBRE A ESCRAVIDÃO NO PIAUÍ A escravidão esteve presente ao longo da história e foi praticada por civilizações distintas. A característica essencial no ser escravizado estava na prática social em que um ser humano assumia os direitos de propriedade sobre outro por meio da força. O escravizado constituía uma propriedade viva do senhor e por isso estava sujeito a ele: “o senhor é simplesmente o senhor do escravo, porém não pertence a este essencialmente; o escravo ao contrário, não só é...

    1965  Palavras | 8  Páginas

  • conciencia negra

    INDICE Introdução----------------------------------------------------------------------------------1 Dia da Consciência Negra------------------------------------------------------------------------------------------2 Como surgiu o Dia da Consciência Negra----------------------------------------------------------3 O fim da escravidão e suas consequências para os escravos------------------4 e 5 Quem foi Zumbi dos Palmares--------------------------------------------------------6 e 7 O que eram...

    2912  Palavras | 12  Páginas

  • Personalidades Negras

    Princesa ANASTÁCIA São poucos os dados concretos sobre essa escrava negra, filha de uma princesa bantu. A aldeia dessa princesa foi invadida pelos portugueses e um comerciante português engravidou-a à força, trazendo - a em seguida para o Brasil. Anastácia teria nascido durante a viagem entre a África e o Brasil. A princesa Anastácia, como era chamada, viveu algum tempo numa fazenda de Abaete, na Bahia, mas foi em Minas Gerias que ela passou a maior parte da sua vida, na fazenda de seu pai. Ajudando...

    514  Palavras | 3  Páginas

  • O discurso legitimador da escravidão negra nos sermões de antonio vieira

    Instituto de Filosofia e Ciências Sociais Departamento de História Título da Monografia O Discurso Legitimador da Escravidão Negra nos Sermões de Antônio Vieira Autor: Alexandre Vivalde Prata DRE: 100162138 Orientadora: Drª Juliana Beatriz de Souza Julho - 2006 AGRADECIMENTOS Agradeço a minha família pelo apoio dado durante o período da faculdade e a meus amigos Simone, Henrique, André, e Marcelo Agueda. Do meu trabalho agradeço ao Diretor Nélio Pinguelli...

    16852  Palavras | 68  Páginas

  • Conciencia negra

    de 1970, os brasileiros têm comemorado o Dia da Consciência Negra, em 20 de novembro. A data foi escolhida justamente por ter sido o dia em que Zumbi dos Palmares, símbolo da resistência negra ao regime escravocrata, foi assassinado, em 1695. Seu objetivo é fazer refletir sobre a inserção do negro na sociedade brasileira e sobre a questão da igualdade racial. Embora ainda não seja um feriado nacional, o Dia da Consciência Negra têm estimulado centenas de municípios a decretarem feriado...

    2089  Palavras | 9  Páginas

  • Processo Colonizador: raízes coloniais-escravistas da questão social no Brasil

    PARTE I AS DETERMINAÇÕES SÓCIO-HISTÓRICAS DA QUESTÃO SOCIAL NO BRASIL Processo Colonizador: raízes coloniais-escravistas da questão social no Brasil1 1. Introdução O fenômeno da questão social2 será compreendido e analisado ao longo deste estudo e a partir deste momento, como sinônimo de antagonismo, exploração, contradição, conflitos e lutas sociais geradas no interior da sociedade capitalista brasileira traduzindo-se, historicamente...

    6401  Palavras | 26  Páginas

  • Trabalho De Geografia Africanos No Brasil

    Escravidão negra No Brasil, a escravidão teve início com a produção de açúcar na primeira metade do século XVI e se intensificou entre os anos de 1700 e 1822, sobretudo pelo grande crescimento do tráfico negreiro. O apogeu do afluxo de escravos negros pode ser situado entre 1701 e 1810, quando 1.891.400 africanos foram desembarcados nos portos coloniais. Os comerciantes de escravos portugueses vendiam os africanos como se fossem mercadorias aqui no Brasil, segundo eles, a mão-de-obra negra era...

    1979  Palavras | 8  Páginas

  • A Representação da Identidade Negra nos Livros Didáticos da Disciplina de Literatura Brasileira

    A REPRESENTAÇÃO DA IDENTIDADE NEGRA NOS LIVROS DIDÁTICOS DA DISCIPLINA DE LITERATURA BRASILEIRA Luana Teixeira Porto Doutora em Letras Rafael da Cruz Freitas Acadêmico do Curso de Letras-Inglês URI – Frederico Westphalen Resumo: Este estudo aborda a identidade do negro no livro didático e, para realizá-lo, foram selecionadas duas coleções de livros didáticos do Ensino Médio disponibilizados pelo Programa Nacional de Livros Didáticos (PNLD) sendo estas: Português: linguagens, de William...

    1467  Palavras | 6  Páginas

  • Escravidão breves perspectivas entre duas historiografias

    Escravidão: Breves perspectivas entre duas historiografias Resumo: A escravidão no Brasil Colonial é um dos temas mais estudados da História do país. Se por um lado o grande volume de obras produzidas sobre a mesma permite uma configuração pormenorizada daquela instituição no quadro histórico em que se insere, por outro gera grandes discrepâncias acerca de inúmeros fatores, interpretados à luz de correntes historiográficas nem sempre convergentes. O presente artigo visa, portanto, traçar um breve...

    2738  Palavras | 11  Páginas

  • a construção da identidade negra fernandes florestan

     SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO..................................................................................... 1 1.1. PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE NEGRA.....1 1.2. ASPECTOS HISTÒRICOS.................................................................1 2. A CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE....................................................3 2.1 IDENTIDADE: IDENTIDADE O DIREITO A UMA SOCIAL E IDENTIDADE JURÍDICA...........

    6823  Palavras | 28  Páginas

  • A cultura negra

    Cultura Negra |  A cultura negra chegou ao Brasil por meio dos escravos africanos trazidos para cá no período colonial. A cultura europeia, tida como branca, predominava no país e não dava margem aos costumes africanos, que era discriminado pela sociedade branca, na época, maioria. Então, observa-se que na sociedade não se tinha as manifestações; porém, os negros tinham sociedades clandestinas, chamadas de quilombos. Lá, nessas comunidades, havia a liberdade para os negros se manifestarem,...

    791  Palavras | 4  Páginas

  • Cultura Negra

    Cultura Negra Dança NegraA cultura negra chegou ao Brasil por meio dos escravos africanos, na época do Brasil Colônia. A cultura europeia, tida como branca, predominava no país e não dava margem aos costumes africanos, que era discriminado pela sociedade branca, na época, maioria. Então, observa-se que na sociedade não se tinha as manifestações; porém, os negros tinham sociedades clandestinas, chamadas de quilombos. Nessas comunidades, havia a liberdade para os negros se manifestarem, tudo...

    1118  Palavras | 5  Páginas

  • a história da escravidão

    INTERNACIONAL DE CURITIBA INSTITUTO BRASILEIRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM HISTÓRIA HISTÓRIA DA ESCRAVIDÃO NO BRASIL ATÉ OS DIAS DE HOJE SETEMBRO/2013 CORINA UZAE DOS SANTOS HISTÓRIA DA ESCRAVIDÃO NO BRASIL ATÉ OS DIAS DE HOJE Projeto de Pesquisa apresentado a Faculdade Internacional de Curitiba, como requisito parcial para aprovação na disciplina...

    4897  Palavras | 20  Páginas

  • Mulher negra no b

    1.4 A Mulher Negra A realidade vivida pelas mulheres negras no Brasil é o retrato de um passado sombrio, e que ainda hoje permeia de forma crucial, ou seja, o que ocorre é um prolongamento da realidade vivida no período da escravidão, onde as mulheres negras eram submetidas a trabalhos forçados e de baixo cunho intelectual, sendo vistas pela sociedade com demérito e preconceito. A falta de registros sobre a participação das afro descendentes na participação na formação e no desenvolvimento...

    1644  Palavras | 7  Páginas

  • Colonização do Brasil

    COLONIZAÇÃO NO BRASIL Nome: Eduardo Couto Número: 04 Ano: 1°A Data: 07/10/20414 Introdução Sempre que ouvimos falar da colonização portuguesa na América, lembramos logo da colonização do Brasil. Será que o Brasil foi realmente descoberto pelos portugueses? Ou o processo de colonização portuguesa foi uma conquista? A colonização portuguesa no Brasil teve como principais características: civilizar, exterminar, explorar, povoar, conquistar e dominar. Sabemos que os termos civilizar, explorar...

    1521  Palavras | 7  Páginas

  • MÃO- DE- OBRA ESCRAVA NO BRASIL COLONIAL

    OBRA ESCRAVA NO BRASIL COLONIAL INTRODUÇÃO Durante quatrocentos anos a escravidão assombrou o Brasil colônia. A característica da economia decidiu o tipo de escravidão e determinou o futuro de um país. O período de escravidão no Brasil é considerado o momento de maior crueldade histórica. Cenas de punições e torturas eram muito frequentes no cotidiano do Brasil colônia, época em que os negros eram considerados mercadorias rentáveis e de raça inferior. O descobrimento do Brasil acontece em 22 de...

    1905  Palavras | 8  Páginas

  • Os escravos livres e libertos no Brasil colonial

    RUSSELL-WOOD, A.J.R. Escravos e libertos no Brasil colônia. Rio de Janeiro, 2005. PP. 83 -126; A escravidão africana na América Portuguesa. *Biografia de Anthony Jonh R. Russell-Wood: Anthony John R. Russell-Wood, foi um grande historiador sobre Brasil colonial, do Império Português e no mundo luso-brasileiro mais amplo, nasceu no país de Gales e foi educado no Rossall escola e universidade de Oxford, se tornou um membro do corpo docente do departamento de História da Universidade Johns Hopkins...

    1916  Palavras | 8  Páginas

  • Mão de obra negra

    CURSO DE SERVIÇO SOCIAL MÃO-DE-OBRA NEGRA Manaus 2009 Aldeniza Gomes Viana Elielson Mendes dos Anjos Gleima Lima de Souza Jeanne de Jesus Henriques Márcia de Oliveira Queiroz da Silva Turma SST0206 MÃO-DE-OBRA NEGRA Trabalho apresentado para obtenção de nota na disciplina de Fundamentos Sócio Histórico do Brasil, ministrada pela Profa. Msc. Kátia Maria Motta Teixeira de Oliveira do...

    1343  Palavras | 6  Páginas

  • Consciência Negra

    estas aulas o grupo deve discutir os temas postos nas aulas 17,18 e 19, bem como se cercar dos princípios sociológicos já discutidos nos fóruns e atividade 1. Cada grupo poderá escolher uma das datas abaixo. O grupo deve fazer uma pequena pesquisa sobre a origem a data e explicá-la sociologicamente com os conceitos postos nas aulas citadas (tais como etnocentrismo, alteridade, relativismo cultural, etc.), demonstrando assim, os motivos da instituição da data, as implicações sociais, econômicas, históricas...

    1210  Palavras | 5  Páginas

  • consciência negra

    CONSCIÊNCIA NEGRA 20 DE NOVEMBRO, DIA PARA REFLEXÕES E DECISÕES. A lei N.º 10.639, de 9 de janeiro de 2003, incluiu o dia 20 de novembro no calendário escolar, data em que comemoramos o Dia Nacional da Consciência Negra. A mesma lei também tornou obrigatório o ensino sobre História e Cultura Afro-Brasileira. Com isso, professores devem inserir em seus programas aulas sobre os seguintes temas: História da África e dos africanos, luta dos negros no Brasil, cultura negra brasileira e o negro...

    3052  Palavras | 13  Páginas

  • Consciência negra

    Data: 22.11.2012 TRABALHO SOBRE CONSCIÊNCIA NEGRA O Dia Nacional de Consciência Negra é comemorado no dia 20 de novembro no Brasil. Esta data foi estabelecida pelo projeto lei número 10.639, no dia 9 de janeiro de 2003. Foi escolhida a data de 20 de novembro, pois foi neste dia, no ano de 1695, que morreu Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares. História do Dia Nacional de Consciência Negra O dia Nacional da Consciência Negra é dedicado à reflexão sobre a inserção do Negro na sociedade...

    588  Palavras | 3  Páginas

  • Atividade 1 Brasil Colonia

    ATIVIDADES DE VESTIBULAR - Brasil colônia 1. (UFMG/1994) Leia os versos: “Seiscentas peças barganhei-- Que pechincha! -- no Senegal; A carne é rija, os músculos de aço, Boa liga do melhor metal. Em troca dei só aguardente, Contas, latão -- um peso morto!Eu ganho oitocentos por cento Se a metade chegar ao porto”. a. Identifique a atividade a que se referem esses versos. b. Cada uma das estrofes desenvolve uma idéia central. Identifique essas idéias. 2. (UNICAMP/2010) Segundo o historiador indiano...

    994  Palavras | 4  Páginas

  • O racismo no brasil

    trabalho vamos mostrar um pouco sobre a questão do racismo, no Brasil, e como é a sua situação do negro no país. Também será mostrada a situação do negro no mundo e como é a visão deles a respeito do tal. Ainda vamos citar as cotas raciais, e como essa lei é vista. O RACISMO NO BRASIL Falar de relações raciais no Brasil sempre constituiu um tabu, principalmente pela forma como essas relações foram construídas ao longo dos tempos. O processo de escravidão, e a cultura que se estabeleceu...

    2766  Palavras | 12  Páginas

  • A Escravidao Trabalho

    UNIESP- FACULDADE VILLAS BOAS Educação na Diversidade Cultural A escravidão Negra no Brasil Professor: Gilvan São Paulo/2014 Viviane das Neves Lima Educação na Diversidade Cultural A escravidão Negra no Brasil São Paulo/2014 Sumário Introdução A escravidão Negra no Brasil Como tratavam os negros A abolição Conclusões Bibliografia Introdução A escravidão pode ser definida como o sistema de trabalho no qual o indivíduo (o escravo) é propriedade...

    1427  Palavras | 6  Páginas

  • Escravidão no brasil colônia

    A escravidão no Brasil colônia O período de escravidão no Brasil é considerado o momento de maior crueldade histórica. Cenas de punições e torturas eram muito frequentes no cotidiano do Brasil colônia, época em que os negros eram considerados mercadorias rentáveis e de raça inferior. O descobrimento do Brasil acontece em 22 de abril de 1500. Porem começou a ser colonizado de fato trinta anos depois, com a fundação das primeiras vilas e a introdução da cana-de-açúcar e a escravidão africana como...

    2555  Palavras | 11  Páginas

  • Relatorio Museu Afro Brasil

    ARTE E CULTURA Parte 1: “Arte, Adorno, Design e Tecnologia no Tempo da Escravidão” Tema: Tecnologia da escravidão e sua arte. A exposição traz invenções utilizadas pelos negros nos séculos XVIII e XIX, ela conta com mais de 70 objetos urbanos e rurais, muitos deles utilizados na agricultura nas fazendas de engenho de açúcar, essas invenções são uma contribuição dos negros para a tecnologia do brasil. No museu podemos encontrar folhas de tabaco, moendas de milho, forjas de ferreiro, plainas...

    663  Palavras | 3  Páginas

  • Brasil colonial

    BRASIL COLONIAL 1500 – 1822 A Expansão Marítima ➔ Europa do século XV: transição para a Idade Moderna; emergência de mentalidade humanista; antropocentrismo; centralização política (Estado Absolutista); crescimento demográfico; desafios para o renascimento comercial: escassez de metais preciosos; intermediários árabes no comércio com o Oriente. Saída encontrada: navegações; explorar novas regiões. ➔ Navegações Portuguesas: ➔ Por que Portugal foi pioneiro? ➔ Longa experiência no comércio de longa...

    1854  Palavras | 8  Páginas

  • A presença da Africa no Brasil

    Aspectos da formação da sociedade brasileira PERÍODOS DE NOSSA HISTÓRIA  Período Colonial – 1500-1822  Período Imperial – 1822 - 1889  Período Republicano – 1889 – até hoje A colonização das terras da América Portuguesa tem como característica a presença de etnias distintas: O colonizador português  Os povos pré-colombianos – os índios  Os negros africanos O Brasil Mestiço e a Invenção do Povo Brasileiro Todo o brasileiro, mesmo o alvo, de cabelo louro, traz na alma, quando não na...

    643  Palavras | 3  Páginas

  • A QUESTÃO DO MITO DE DEMOCRACIA RACIAL PRESENTE NAS CANÇÕES “ZUMBI” DE JORGE BEN JOR E A “MÃO DA LIMPEZA” DE GILBERTO GIL BASEADO NA HISTÓRIA PATRIARCAL NO BRASIL POR GILBERTO FREYRE

     A QUESTÃO DO MITO DE DEMOCRACIA RACIAL PRESENTE NAS CANÇÕES “ZUMBI” DE JORGE BEN JOR E A “MÃO DA LIMPEZA” DE GILBERTO GIL BASEADO NA HISTÓRIA PATRIARCAL NO BRASIL POR GILBERTO FREYRE CRISTIANE DA SILVA MACHADO LUANA ALANA MENDONÇA UNIVERSIDADE FEDERAL...

    1687  Palavras | 7  Páginas

  • Dia Da Conscie Ncia Negra

    Consciência Negra O Dia da Consciência Negra é celebrado em 20 de Novembro no Brasil e é dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. A data foi escolhida por coincidir com o dia da morte de Zumbi dos Palmares, em 1695. Apesar das várias dúvidas levantadas quanto ao caráter de Zumbi nos últimos anos (comprovou-se, por exemplo, que ele mantinha escravos particulares) o Dia da Consciência Negra procura ser uma data para se lembrar a resistência do negro à escravidão de forma...

    600  Palavras | 3  Páginas

  • Escravismo colonial e capitalismo

    Escravismo colonial e capitalismo A implantação da escravidão como elemento chave da organização econômica das colônias atendeu as exigências do sistema capitalista nascente e de sua efetivação na periferia do Sistema Colonial, ou seja, a escravidão foi fundamental para a realização da acumulação do capital. O trabalho compulsório no Brasil abrangeu dois tipos de escravidão: a indígena (o escravismo vermelho) e a negra africana. A primeira, apesar de toda a reação contrária dos religiosos...

    2930  Palavras | 12  Páginas

  • A escravidão no brasil e suas consequências

    A Escravidão no Brasil e suas consequências “O racismo começa quando a diferença, real ou imaginária, é usada para justificar uma agressão. Uma agressão que assenta na incapacidade para compreender o outro, para aceitar as diferenças e para se empenhar no diálogo.” (Mário Soares, Ex-presidente de Portugal) Os africanos começaram a ser trazidos para a América em meados do século XVI. Escravizados, vieram para suprir a falta de mão de obra. Eles foram escolhidos por, supostamente, serem...

    3653  Palavras | 15  Páginas

  • Escravidão no brasil

    ESCRAVIDÃO NO BRASIL A escravidão, também conhecida como escravismo ou escravatura, foi a forma de relação social de produção adotada, de uma forma geral, no Brasil desde o período colonial até o final do Império. A escravidão no Brasil é marcada principalmente pelo uso de escravos vindos do continente africano, mas é necessário ressaltar que muitos indígenas também foram vítimas desse processo. A escravidão indígena foi abolida oficialmente por Marquês do Pombal, no final do século XVIII. Os escravos...

    2928  Palavras | 12  Páginas

  • Escravidão

    "O negro foi a base do sistema colonial do Brasil. Mais do que pés e mãos do engenho, foi pés e mãos do Brasil."  | | Condições da escravidão africana | Introdução A sociedade brasileira formou-se e modificou-se sempre em função das necessidades e interesses econômicos do capitalismo. No século XVI, mais do que nunca, as potências européias precisavam acumular capitais: a solução para se chegar a um custo baixo de produção foi a utilização do trabalho escravo. No caso de Portugal essa...

    3699  Palavras | 15  Páginas

  • Escravidão no brasil

    A escravidão no Brasil ...sumário... A escravidão no Brasil..................................................................01,02,03,04,05,06 Escravos na produção de açúcar........................ 07, 08,09 A vida dura dos escravos....................................10,11 Historia da escravidão negra no Brasil................12,13 Como era tratado o escravo................................14,15,16 Escravidão no Brasil - A escravidão...

    1825  Palavras | 8  Páginas

  • Conciência Negra (ética ou história)

    Consciência Negra Introdução “A luta pela liberdade dos negros brasileiros jamais cessou. Em 1971, um significativo capítulo de nossa história vinha à tona pela ação de homens e mulheres do Grupo Palmares. Lá do Rio Grande do Sul era revelada a data do assassinato de Zumbi, um dos ícones da República de Palmares. Passados sete anos, ativistas negros reunidos em congresso do Movimento Negro Unificado contra a Discriminação Racial cunharam o 20 de novembro como Dia da Consciência Negra. Em 1978, era...

    676  Palavras | 3  Páginas

  • Conciência negra

    Dia da Consciência Negra História do Dia da Consciência Negra, cultura afro-brasileira, importância da data, quem foi Zumbi dos Palmares e Dandara. Por que dia 20 e dia da consciência negra? A criação desta data foi importante, pois serve como um momento de conscientização e reflexão sobre a importância da cultura e do povo africano na formação da cultura nacional. Os negros africanos colaboraram muito, durante nossa história, nos aspectos políticos, sociais, gastronômicos e religiosos de...

    690  Palavras | 3  Páginas

  • Rela Oes Etnico Raciais No Brasil Conteudo 2

    apresentam alguns dos mitos e inverdades que acabaram sendo propagados a respeito de nosso passado colonial e escravista, exceto: Resposta Selecionada: c.  O Brasil já era parte de um grande projeto capitalista moderno desde o início de sua colonização, com altos investimentos da elite econômica da época, representada pela burguesia. Respostas: a.  O nosso povoamento é fruto de uma política colonial que teria enviado às terras brasileiras os “piores cidadãos” portugueses, indesejados na Europa...

    2830  Palavras | 12  Páginas

  • A Questão Escravista na Amazônia Colonial – Reflexões Sobre a Mão-de-Obra Indígena e Africana e Suas Contribuições Econômicas.

    1 A Questão Escravista na Amazônia Colonial – Reflexões Sobre a Mão-de-Obra Indígena e Africana e Suas Contribuições Econômicas. Durante o período colonial, mais especificamente na Amazônia, foco do debate, é percebível que o aumento das práticas que sustentam, nesse momento, a economia necessitam claramente do aumento da produtividade e consequentemente da mão-de-obra, isso se refletirá em dois momentos: usar os próprios índios como mão-de-obra e posteriormente a inserção de mão-de-obra...

    1542  Palavras | 7  Páginas

  • Cultura Negra no Brasil

    CULTURA NEGRA NO BRASIL, LOCALIZADO NA BAHIA NA UNIVERSIDADE FEDERAL. O Museu Afro-Brasileiro da Universidade Federal da Bahia é um dos poucos no país a tratar exclusivamente das culturas africanas e sua presença na formação da cultura brasileira. Através de importantes elementos materiais, representativos dessas culturas, o museu apresenta conteúdos que facilitam a compreensão dos aspectos históricos, artísticos e etnográficos que identificam as sociedades africanas e permitem uma reflexão sobre a importância...

    1335  Palavras | 6  Páginas

  • Colonização, miscigenação e questão racial: notas sobre equívocos e tabus da historiografia brasileira resenha critica

    8 Tempo Colonização, miscigenação e questão racial: notas sobre equívocos e tabus da historiografia brasileira Ronaldo Vainfas * Brasil, quinhentos anos de história, se adotarmos a periodização de Varnhagen, ou sabe-se lá quantos séculos, se optarmos pelo seguidor e rival do Visconde de Porto Seguro, mestre Capistrano de Abreu , cujo primeiro capítulo dos Capítulos de história colonial tem por título “Antecedentes indígenas”, embora deles o capítulo pouco trate na verdade. De todo modo, se...

    6471  Palavras | 26  Páginas

  • Igreja e escravidão africana no Brasil Colonial

    Igreja e escravidão africana no Brasil Colonial Anderson José Machado de Oliveira Doutor em História pela Universidade Federal Fluminense, Professor Adjunto do Instituto de Aplicação da UERJ. Resumo. O presente artigo tem como objetivo discutir a visão da Igreja Católica sobre a escravidão africana, no Brasil Colonial, no que tange ao seu discurso de legitimação do cativeiro africano e às formas de inserção subordinada do negro na sociedade colonial brasileira por meio da ação da...

    11071  Palavras | 45  Páginas

  • Consciência negra:

    Dia Nacional da Consciência Negra: O Dia Nacional da Consciência Negra é celebrado em 20 de Novembro no Brasil, é dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. A semana dentro da qual está esse dia recebe o nome de Semana da Consciência Negra. A data foi escolhida por coincidir com o dia da morte de em 1695. O Dia da Consciência Negra procura ser uma data para se lembrar a resistência do negro à escravidão de forma geral, desde o primeiro transporte de africanos para...

    820  Palavras | 4  Páginas

  • ESCRAVID O NO BRASIL

    PORTUGUESA PERMITE O INGRESSO DE ESCRAVOS NO BRASIL • Em 1559 a coroa portuguesa permitiu a entrada de escravo negros no Brasil, então começarão a trazer escravo africanos para o Brasil para trabalhar nas lavoras dos senhores. Os escravos eram trazidos para o Brasil em navios pequenos. Cada embarcação trazia 400 escravos acorrentados um nos outros, com péssima alimentação e higiene pessoal. Normalmente morriam 20% dos escravos nos navios que viam para o Brasil, por isso os navios eram chamados de tumbeiros...

    1564  Palavras | 7  Páginas

  • ESCRAVIDÃO AFRICANA NO BRASIL E SUA ABOLIÇÃO – LEGADO CULTURAL E IMPLICAÇÕES SOCIAIS

     ESCRAVIDÃO AFRICANA NO BRASIL E SUA ABOLIÇÃO – LEGADO CULTURAL E IMPLICAÇÕES SOCIAIS Rafaela Gonçalves dos santos [...] Descendentes de escravos e de senhores de escravos, seremos sempre servos da malignidade instalada em nós. A mais terrível de nossas heranças é esta de levar conosco a cicatriz de torturador impressa na alma e pronta a explodir na brutalidade racista e classista. Ela é que
 incandesce, ainda hoje, em tanta autoridade brasileira predisposta a torturar, seviciar e machucar...

    6759  Palavras | 28  Páginas

  • Consciencia negra

    VARGINHA-MG 2011 Dia da Consciência Negra O Dia Nacional da Consciência Negra é celebrado em 20 de novembro no Brasil e é dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. A semana dentro da qual está esse dia recebe o nome de Semana da Consciência Negra. A data foi escolhida por coincidir com o dia da morte de Zumbi dos Palmares, em 1695. O Dia da Consciência Negra procura ser uma data para se lembrar a resistência do negro à escravidão de forma geral, desde o primeiro...

    1309  Palavras | 6  Páginas

tracking img