• Referencial Teórico - Cadeia de Suprimentos
    componentes aos fornecedores que possam reabastecer seus estoques. 1.6 Visão Push/Pull no processo da cadeia de suprimentos; Toda cadeia de suprimentos independente de seu processo se identifica com um dos sistemas de produção, o sistema de ambiente empurrado (push terno em inglês) ou sistema de...
    5477 Palavras 22 Páginas
  • Produção e logística organizacional
    SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO cURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM processos gerenciais trabalho de sistemas de suprimento e produção em ambientes empurrado e puxado trabalho de sistemas de suprimento e produção em ambientes empurrado e puxado...
    1217 Palavras 5 Páginas
  • Simulação empresarial wal mart
    produtivo. É interessante analisarmos se esses dois sistemas podem ser aplicados em conjunto ou não. Para isso, ratificaremos as principais características de cada um deles, separadamente. Ambientes de controle empurrado e puxado O MRP (ambiente empurrado) é um sistema...
    4937 Palavras 20 Páginas
  • Rede logistica
    é curto, o fluxo de produtos deve ser “puxado”, orientando-se pelo comportamento da demanda real. - Tempo do ciclo de suprimento e distribuição, ou tempos médios de recebimento mais demorados dos insumos necessários à produção e de entrega do produto ao cliente. Se o tempo de resposta que os...
    2621 Palavras 11 Páginas
  • 54354679789809
    aspectos entre os sistemas puxados e os sistemas empurrados, evidenciando suas diferenças, vantagens e desvantagens. Passo 3 (Equipe) Pesquisar sobre cases e exemplos relevantes sobre o assunto. Bibliografia complementar • Livros de “Administração da Produção e Operações” que constam na...
    1829 Palavras 8 Páginas
  • Just in time
    principio de um “sistema puxado”, enquanto a abordagem MRP para o planejamento e controle é um “sistema empurrado”. Uso do Jit: para disperdicios e melhoria continua, para a eliminação dos disperdícios todas as atividades da fabrica e descontinuar as que agregam valor a producao. Dentro dos disperdicios...
    2641 Palavras 11 Páginas
  • planejamento jusi in time
    planejamento e controle considera a análise do contraste entre os dois sistemas de manufatura: Fig. 3.3: Fluxo tradicional e JIT Fonte: SLACK – Adminstração da Produção Administração de Suprimentos e Logística 1 MÓDULO 6 – FASCÍCULO 6 Rodolpho Antonio Mendonça Wilmers No...
    4233 Palavras 17 Páginas
  • Logistica reversa
    objetivos do serviço ao cliente 2.8 Estabelecendo prioridades no serviço ao cliente 2.9 Estabelecendo padrões de serviço 3. Criando a cadeia de suprimentos responsiva 3.1 Sistemas empurrados versus sistemas puxados 3.2 A filosofia japonesa 3.3 Os fundamentos da agilidade 3.4 Um roadmap para a...
    539 Palavras 3 Páginas
  • Sistemas de suprimentos e pridução
    Empurrado e Puxado Manaus 2011 luís fernando silva de souza SISTEMAS DE SUPRIMENTO E PRODUÇÃO Em Ambientes de Controle Empurrado e Puxado Trabalho apresentado as disciplinas Introdução a Logística, Cadeia de Suprimentos, Simulação Empresarial e Administração da...
    2635 Palavras 11 Páginas
  • Just in time kanban
    cartões para operar um “sistema puxado” de controle de material ou componente, interligando as operações de suprimentos com a linha de montagem. É, basicamente, um método manual de administração de materiais e controle da produção. Os kanbans são apenas meios pelos quais o transporte, a produção ou o...
    1622 Palavras 7 Páginas
  • Planejamento e controle
    geração de estoque em processo (vide figura 3.7). Fig. 3.7: Sistemaempurrado” e "puxado” de programação da produção Fonte: Correa. Administração de Produção e Operações O modelo simples de controle e monitoramento da produção mostrado na figura 3.8 auxilia no entendimento das funções básicas da...
    3173 Palavras 13 Páginas
  • Estágio supervisionado
    . Professor Orientador: Luciano Mesquita São José dos Campos 2011 LISTA DE FIGURAS Figura 1 - Embraer no mundo 08 Figura 2 - Reduzindo os estoques para expor os problemas do processo 16 Figura 3 - Diferença entre sistemas puxados e empurrados 18 Figura 4 - Kanban de produção 19 Figura 5...
    3994 Palavras 16 Páginas
  • administração de empresas
    : Produto feito se baseando nas especificações dos clientes. Os produtos são altamente customizados e o nível de interação com os clientes é muito grande. Classificação quanto ao sistema de controle da produção -Sistema puxado: As peças ou produtos somente são enviadas para a próxima estação de...
    1845 Palavras 8 Páginas
  • Produçao
    zero. (SLACK, N. et al. 2009). Características principais do MRP • Embora desenhado como um sistema puxado ( o programa – mestre fornece o sinal para puxar todo o sistema), a maneira com a qual o MRP é na verdade utilizado , configura-o como um sistema empurrado. O estoque é...
    2423 Palavras 10 Páginas
  • Resumo
    micro-operação antecedente, atuando como gatilho. Suprimento: Compra e produção do produto é disparado conforme a necessidade do mercado. Demanda Dependente. METODOS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE: AMBIENTE EMPURRADO: SISTEMAS DE 2 OU 3 GAVETAS: Aplicável em: Itens de classificação C; Baixo valor...
    706 Palavras 3 Páginas
  • Implantação de um sistema puxado de matéria prima (kanban) para uma fábrica montadora
    problemas de produtividade sejam resolvidos. O tema abordado neste trabalho de conclusão de curso é o desafio logístico de uma cadeia de suprimentos do setor industrial, na qual aplicou-se a teoria dos sistemas de produção puxada para propor a implantação de um sistema puxado de matéria prima para o...
    13287 Palavras 54 Páginas
  • Supply chain
    componentes. 4.4.2. visão push/pull (empurrados/puxados): Nesta visão os processos são divididos em duas categorias, resposta aos pedidos dos clientes (pull) e antecipação aos pedido dos clientes (Push). Sistema Empurrado: Segundo Simchi-Levi (2003) e Chopra (2003) os sistemas...
    5576 Palavras 23 Páginas
  • Logistica
    necessárias três mudanças importantes: As empresas da cadeia de suprimentos devem trabalhar de forma colaborativa e o sistema de medição de desempenho da cadeia de suprimentos deve refletir isso claramente. O sistema de medição deve estar estruturado para incentivar um ambiente de colaboração. Cada...
    7163 Palavras 29 Páginas
  • Intermodais
    . Explorar os princípios que sustentam uma cadeia de suprimentos ágil Fazer a distinção entre sistemas empurrados e sistemas puxados no Sugerir meios para elaboração de estratégias híbridas para a cadeia de Apresentar um roadmap para alcançar altos níveis de responsividade. suprimentos, combinando...
    713 Palavras 3 Páginas
  • Logistica empresarial
    conceito de organização enxuta. Fazer a distinção entre sistemas empurrados e sistemas puxados no projeto de uma cadeia de suprimentos. Sugerir meios para elaboração de estratégias híbridas para a cadeia de suprimentos, combinando as abordagens de organização ágil e enxuta. Apresentar um roadmap para...
    772 Palavras 4 Páginas