• questões
    morais e as normas jurídicas? b) O que as distingue? c) A que campo de estudo pertence cada uma? 4. Procure expressar o que você entendeu da relação entre moral e liberdade, usando os seguintes conceitos: consciência moral, juízo, escolha, liberdade: 5. faz sentido julgar moralmente a ação...
    856 Palavras 4 Páginas
  • Trabalhos
    praticada com Liberdade. Quando não se tem escolha, (Liberdade) é impossível decidir entre o bem e omal (Consciência Moral). 5°- faz sentido julgar moralmente a ação de uma pessoa se essa ação foi praticada em liberdade. Comente essa afirmação e dê exemplos. R: Não há duvida, pois o que éimoral para...
    382 Palavras 2 Páginas
  • Ética
    Liberdade, a Liberdade e a Consciência estão intimamente relacionadas, porque tem sentido julgar moralmente a ação de uma pessoa se esta ação for praticada com Liberdade quando não se tem escolha, (Liberdade) é impossível decidir entre o bem e o mal (Consciência Moral). 5 - faz sentido...
    1847 Palavras 8 Páginas
  • Etica e Moral
    moralmente a ação de uma pessoa se essa ação foi praticada em liberdade. Comente essa afirmação e dê exemplos. 6. Discorra sobre a virtude e o vício. Analise-os, compare-os e dê exemplos para cada um baseados em seu cotidiano. TRANSFORMAÇÃO DA MORAL 7. Como se expressa no âmbito da moral, a relação...
    312 Palavras 2 Páginas
  • filosofia
    : Consciência, moral, juízo, escolha e liberdade. 5) faz sentido julgar moralmente  a ação de uma pessoa se essa ação foi praticada em liberdade. Comente essa afirmação e dê exemplos. 6) Discorra sobre a virtude e o vício. Analise-os, compare-os e dê exemplo  para cada um a partir do seu...
    273 Palavras 2 Páginas
  • Filosofia
    praticada com Liberdade. Quando não se tem escolha, (Liberdade) é impossível decidir entre o bem e o mal (Consciência Moral). 5°- faz sentido julgar moralmente a ação de uma pessoa se essa ação foi praticada em liberdade. Comente essa afirmação e dê exemplos. R: Não há duvida, pois o que é...
    1246 Palavras 5 Páginas
  • Filosofia
    não se tem escolha, (Liberdade) é impossível decidir entre o bem e o mal (Consciência Moral). 5°- faz sentido julgar moralmente a ação de uma pessoa se essa ação foi praticada em liberdade. Comente essa afirmação e dê exemplos. R: Não há duvida, pois o que é imoral para uns é perfeitamente...
    1544 Palavras 7 Páginas
  • Ética
    ter responsabilidade por cada ato cometido no passado, presente e no futuro. Escolha é o ato de decidir seu destino e liberdade é poder fazer tudo isso do teu jeito da tua maneira . 5. faz sentindo julgar moralmente a ação de uma pessoa se essa ação foi praticada em liberdade. Comente essa...
    1848 Palavras 8 Páginas
  • Mudança soical
    expressão, de escolha, de direito a sem discriminação. 2- faz sentido julgar moralmente a ação de uma pessoa se essa ação foi praticada em liberdade. Comente essa afirmação e dê exemplo. RESPOSTA: Bom eu acho que se uma pessoa fez uma ação para que todos ouvissem e que ele queria expor sua ideia ou...
    305 Palavras 2 Páginas
  • Filosofia moral
    consciência moral estão ligadas, porque tem sentido julgar moralmente a ação de uma pessoa se essa ação foi praticada em liberdade. Se há coação, não se tem escolha, nem liberdade, pois a decisão é imposta por uma conduta. existe consciência moral quando estamos livres para escolher esta ou aquela...
    1759 Palavras 8 Páginas
  • Filosofia --
    dando palpite em sua vida ou fique te descriminado por ser quem você quer ser. Liberdade de expressão, de escolha, de direito a sem discriminação. 5) faz sentido julgar moralmente a ação de uma pessoa se essa ação foi praticada em liberdade. Comente essa afirmação e dê exemplos. Se uma pessoa...
    1157 Palavras 5 Páginas
  • Ética
    defrontam diretamente, legadas e transmitidas pelo passado”. A liberdade e a consciência moral estão intimamente relacionadas. Isso porque tem sentido julgar moralmente a ação de uma pessoa se esta ação foi praticada em liberdade. Quando não se tem escolha ( liberdade ), é impossível decidir...
    2164 Palavras 9 Páginas
  • trabalhos
    ignorância e agir na ignorância. No primeiro caso, age-se por causa da ignorância, isto é, a ignorância é a causa da ação. Se soubesse o que fazia, a pessoa não agiria de tal maneira. Por exemplo, quando uma criança brincando com um revólver o dispara acidentalmente, ferindo uma pessoa, ou quando...
    5457 Palavras 22 Páginas
  • Etica
    a dada situação. Quando se afirma que determinado livro é bom, por exemplo, está-se afirmando que as pessoas devem comprá-los e/ou lê-lo. Os julgamentos normativos são, ainda, um “guia de ação “. Eles influenciam o comportamento humano no presente e no futuro. Os julgamentos não...
    5190 Palavras 21 Páginas
  • Ética
    tem sentido julgar moralmente a ação de uma pessoa se essa ação foi praticada em liberdade. Quando não se tem escolha (liberdade), quando se é coagido a praticar uma ação, é impossível decidir entre o bem e o mal ( consciência moral ). A decisão , nesse caso, é imposta pelas forças coativas, isto é...
    3255 Palavras 14 Páginas
  • Matéria 10º exame nacional filosofia 11º
    . 2)Nenhum dos tipos de ação é contrário ao dever, mas as ações feiotas por dever têm valor moral. 3)Uma ação conforme o dever é moralmente correta porque cumpre o dever. 4)O objetivo da distinção é defender que o valor moral das ações depende unicamente da intenção com que são praticadas...
    5578 Palavras 23 Páginas
  • Moral e liberdade
    seu caminho, construir sua maneira de ser e sua história chamamos de liberdade. Assim, se consciência moral e liberdade estão intimamente relacionadas, tem sentido julgar moralmente a ação de uma pessoa se essa ação foi praticada em liberdade. Quando não se tem escolha (liberdade), quando se é...
    494 Palavras 2 Páginas
  • moral e liberdade
    seu caminho, construir sua maneira de ser e sua história chamamos de liberdade. Assim, se consciência moral e liberdade estão intimamente relacionadas, tem sentido julgar moralmente a ação de uma pessoa se essa ação foi praticada em liberdade. Quando não se tem escolha (liberdade), quando se é...
    547 Palavras 3 Páginas
  • A consciência Moral e a Liberdade
    . Isso porque tem sentido julgar moralmente a ação de uma pessoa se esta ação foi praticada em liberdade. Quando não se tem escolha (liberdade), é impossível decidir entre o bem e o mal (consciência moral). Entretanto, quando estamos livres para escolher entre esta ou aquela ação, tornamo-nos...
    2708 Palavras 11 Páginas
  • filosofia
    . Podia ter tido outra intenção. 7. Que relação há entre agir livremente e ser moralmente responsabilizado pelo que se faz? A relação é esta: a) Ser responsável implica ser livre. Não se pode responsabilizar uma pessoa por uma ação se ela não agiu livremente. Que um agente seja...
    23678 Palavras 95 Páginas