Riscos D Acidentes Na Silvicultura artigos e trabalhos de pesquisa

  • Acidentes de trabalho: custos previdenciários e dias de trabalho perdidos

    2006;40(6):1004-12 Vilma Sousa SantanaI José Bouzas Araújo-FilhoI Paulo Rogério AlbuquerqueOliveiraII Anadergh Barbosa-BrancoIII Acidentes de trabalho: custos previdenciários e dias de trabalho perdidos Occupational accidents: social insurance costs and work days lost RESUMO OBJETIVO: Estimar a contribuição de benefícios concedidos por acidentes de trabalho dentre o total de benefícios relacionados com a saúde da Previdência Social, focalizando os custos conforme o tipo de benefício...

    5804  Palavras | 24  Páginas

  • Prevenir os acidentes e doenças decorrentes do trabalho

    Por que devemos prevenir os acidentes e doenças decorrentes do trabalho? Sob todos os aspectos em que possam ser analisados, os acidentes e doenças decorrentes do trabalho apresentam fatores extremamente negativos para a empresa, para o trabalhador acidentado e para a sociedade. Anualmente, as altas taxas de acidentes e doenças registradas pelas estatísticas oficiais expõem os elevados custos e prejuízos humanos, sociais e econômicos que custam muito para o País, considerando apenas os dados do...

    7410  Palavras | 30  Páginas

  • Análise de risco

    e segurança ocupacional adequado e eficaz, conforme os requisitos desta norma. Durante este curso iremos: • Conhecer conceitos e fundamento de perigos e riscos para saúde e segurança ocupacionais • Compreender riscos que estão ocorrendo com os seres humanos no trabalho • Ter noções básicas das tecnologias utilizadas para minimizar riscos • Entender os objetivos da OHSAS 18001:2007 • Compreender e manejar princípios, requisitos e controles da norma OHSAS 18001:2007 • Conhecer o processo de certificação...

    4117  Palavras | 17  Páginas

  • Silvicultura

    forrageiras para pasto) Grau de Risco – 3 CNPJ: 16.404.287/0092-92 O que é Silvicultura ? Silvicultura é a ciência dedicada ao estudo dos métodos naturais e artificiais de regenerar e melhorar os povoamentos florestais com vistas a satisfazer as necessidades do mercado e, ao mesmo tempo, é aplicação desse estudo para a manutenção, o aproveitamento e o uso racional das florestas. Silvicultura também está relacionada à cultura...

    2320  Palavras | 10  Páginas

  • linha do tempo acidentes de trabalho

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA c e n t r o ; DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÂO EM SAÚDE PÚBLICA LESÕES DECORRENTES DE ACIDENTES DE TRABALHO NAS INDÚSTRIAS MADEIREIRAS: Região do Posto do Seguro Social de Lages - Santa Catarina Janeiro de 1977 a Janeiro de 1999. Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública da Universidade Federal de Santa Catarina, como requisito parcial para obtenção do grau de mestre. Mestrando: Vidal de Souza Orientadora: Prof®...

    20253  Palavras | 82  Páginas

  • Mapa de risco

    responsabilidade dos empregados. Importante Observar nesta norma: Determina a obrigatoriedade da emissão da Ordem de Serviço por parte do empregador. Pergunte a si mesmo: A empresa em que atuo emite Ordens de Serviço que informam os trabalhadores sobre os riscos aos quais estão expostos? 3. Resumo das NR’s: NR-2 Inspeção Prévia Determina que todo estabelecimento novo deverá solicitar aprovação de suas instalações ao órgão regional do Ministério do Trabalho e Emprego, que emitirá o CAI - Certificado...

    3077  Palavras | 13  Páginas

  • máquinas e acidentes de trabalho

    Máquinas e Acidentes de Trabalho René Mendes Com a colaboração técnica da professora doutora Elizabeth Costa Dias, engenheiro Paulo Henrique Barros Silva e doutora Dalva Aparecida Lima, dentre outros. Coleção Previdência Social Volume 13 © 2001 – Ministério da Previdência e Assistência Social Ministério do Trabalho e Emprego Presidente da República: Fernando Henrique Cardoso Ministro da Previdência e Assistência Social: Roberto Lúcio Rocha Brant Secretário de Previdência Social:...

    12123  Palavras | 49  Páginas

  • riscos nas minas de carvão

    com a finalidade de promover a saúde e proteger a integridade do trabalhador no local de trabalho. (104.001-4 / I2) 4.2. O dimensionamento dos Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho vincula-se à gradação do risco da, atividade principal e ao número total de empregados do estabelecimento, constantes dos Quadros I e II, anexos, observadas as exceções previstas nesta NR. (104.002-2 / I1) 4.2.1. Para fins de dimensionamento, os canteiros de obras e as frentes...

    11081  Palavras | 45  Páginas

  • Apostila ACIDENTE DE TRABALHO

    depois da vistoria  ASPECTOS TÉCNICOS  Conceituação de acidente do trabalho e doença ocupacional  Responsabilidade objetiva e subjetiva  Técnicas de investigação de acidentes  Condução do inquérito preliminar  Análise de risco para estabelecimento de culpa em acidentes  Análise ergonômica para estabelecimento de nexo para LER/DORT  Uso dos limites de tolerância para estabelecimento de nexo em doenças. Exercício prático de análise de acidente tipo  Exercício prático de análise de doença ocupacional ...

    7872  Palavras | 32  Páginas

  • ACIDENTE DE TRABALHO RURAL

    Reis Moreira N°:27 Turma:Pronatec Sumario Objetivos...................................1 Acidentes Rurais..................................2 Estatísticas de acidentes.....................7 Estatísticas de doenças ocupacionais........8 Agricultura....................................9 Pecuária.........................................11 Aquicultura......................................12 Silvicultura.......................................14 Cronograma de ações..........................16 Reportagem...

    4247  Palavras | 17  Páginas

  • Percepção dos agricultores de santa leopoldina – es sobre os riscos da exposição a agrotóxicos

    ENGENHARIA AMBIENTAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO MARIA IZABEL GOMES LOPES Percepção dos agricultores de Santa Leopoldina – ES sobre os riscos da exposição a agrotóxicos Vitória 2012 1 MARIA IZABEL GOMES LOPES Percepção dos agricultores de Santa Leopoldina – ES sobre os riscos da exposição a agrotóxicos Monografia apresentada ao Curso de Pós-graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho, da Universidade Federal do Espírito Santo, como requisito...

    9430  Palavras | 38  Páginas

  • ANÁLISE DE PERIGOS E RISCOS ASSOCIADOS À EXTRAÇÃO E BENEFICIAMENTO DE CARVÃO MINERAL

    UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE – UNESC CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL GABRIEL ZAPPELINI NUNES ANÁLISE DE PERIGOS E RISCOS ASSOCIADOS À EXTRAÇÃO E BENEFICIAMENTO DE CARVÃO MINERAL CRICIÚMA 2011 GABRIEL ZAPPELINI NUNES ANÁLISE DE PERIGOS E RISCOS ASSOCIADOS À EXTRAÇÃO E BENEFICIAMENTO DE CARVÃO MINERAL Trabalho de Conclusão de Curso, apresentado para obtenção de grau de Engenheiro Ambiental no curso de Engenharia Ambiental da Universidade do Extremo Sul Catarinense...

    31048  Palavras | 125  Páginas

  • Mapa de Risco

    15/05/2014 Módulo IV – Logística Empresarial Tema: Segurança Patrimonial 12 horas Competência: Controlar as atividades de segurança patrimonial e empresarial, desenvolvendo o mapa de risco, com base na legislação. 1 15/05/2014 Bases Tecnológicas • Segurança patrimonial: mapeamento dos riscos, contratação de seguro, sistema de monitoramento. • Norma Regulamentadora – NR 23 Indicadores de Desempenho • Indica elementos que devem constar de um plano de segurança patrimonial...

    1246  Palavras | 5  Páginas

  • Relatório de acidente

    adequadamente; É possível concluir que a empresa não possui Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho –SESMT nem Comissão Interna de Prevenção de Acidentes estando em desconformidade com a NR 4 E NR 5.Além disso fica claro que a empresa não possui programa de prevenção de riscos ambientais –PPRA NR 9 e consequentemente não possui programa de controle médico de saúde ocupacional NR7 ; Como falhas mais criticas pode-se identificar : Desconformidade com a NR...

    560  Palavras | 3  Páginas

  • O ACIDENTE DO TRABALHO DIANTE DA LEGISLA O BRASILEIRA

    UNIVERSIDADE DE UBERABA CURSO DE DIREITO FÁBIO LUCAS FARIA OLIVER O acidente do trabalho diante Da legislação brasileira UBERABA-MG 2010 FÁBIO LUCAS FARIA OLIVER O acidente do trabalho diante Da legislação brasileira Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Universidade de Uberaba como requisito parcial para obtenção do título de Bacharel em Direito. Orientadora: Professora Jussara Melo Pedrosa UBERABA-MG 2010 RESUMO Surge a idéia de...

    17046  Palavras | 69  Páginas

  • “EXIGÊNCIAS DE ANÁLISE DE RISCO DE ACIDENTES, PARA FINS DE LICENCIAMENTO, EM INSTALAÇÕES QUE MANIPULAM SUBSTÂNCIAS PERIGOSAS, E PROPOSIÇÃO DE ABORDAGEM PARA ATENDIMENTO”

    UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS - UNICAMP FACULDADE DE ENGENHARIA QUÍMICA ÁREA DE CONCENTRAÇÃO SISTEMAS DE PROCESSOS QUÍMICOS E INFORMÁTICA “EXIGÊNCIAS DE ANÁLISE DE RISCO DE ACIDENTES, PARA FINS DE LICENCIAMENTO, EM INSTALAÇÕES QUE MANIPULAM SUBSTÂNCIAS PERIGOSAS, E PROPOSIÇÃO DE ABORDAGEM PARA ATENDIMENTO” Autor: Hélio Gervásio dos Reis Orientador: Profa. Dra. Elizabete Jordão Co-Orientador: Dr. Vanderley de Vasconcelos Dissertação de Mestrado apresentada à Faculdade de Engenharia ...

    45799  Palavras | 184  Páginas

  • Riscos de acidentes em silos de pequeno porte

    Etec “Jacinto Ferreira de Sá” RISCOS DE ACIDENTES EM OPERAÇÕES DE SILOS DE PEQUENO PORTE ANDREÍA FERNANDA PRADO RAFAELA HITNER GARCIA VINICIUS AMARAL VIERA PINTO Ourinhos – SP Dez/2011 Etec “Jacinto Ferreira de Sá” - 066 RISCOS DE ACIDENTES EM OPERAÇÕES DE SILOS DE PEQUENO PORTE ANDREÍA FERNANDA PRADO RAFAELA HITNER GARCIA VINICIUS AMARAL VIERA PINTO Trabalho de Conclusão de Curso, apresentado a Escola Técnica Estadual Jacinto Ferreira de Sá de Ourinhos, Curso...

    7999  Palavras | 32  Páginas

  • Silvicultura

    MANUAL DE SILVICULTURA TROPICAL Natasha Ribeiro, Almeida A. Sitoe Benard S. Guedes, Cristian Staiss Universidade Eduardo Mondlane Faculdade de agronomia e engenharia Florestal Departamento de engenharia Florestal MANUAL DE SILVICULTURA TROPICAL Natasha Ribeiro Almeida A. Sitoe Benard S. Guedes Cristian Staiss Maputo, 2002 Publicado com apoio da FAO, Projecto GCP/Moz/056/Net Conteúdo 1. Glossário 2. Definição e objectivos da silvicultura silvicultur 2.1. Definição 2.2. Subdivisões...

    23061  Palavras | 93  Páginas

  • Manual de silvicultura tropical

    MANUAL DE SILVICULTURA TROPICAL MANUAL Natasha Ribeiro, Almeida A. Sitoe Benard S. Guedes, Cristian Staiss Universidade Eduardo Mondlane U niversidade Faculdade de agronomia e engenharia Florestal Departamento de engenharia Florestal MANUAL DE SILVICULTURA TROPICAL Natasha Ribeiro Almeida A. Sitoe Benard S. Guedes Cristian Staiss Maputo, 2002 Publicado com apoio da FAO, Projecto GCP/Moz/056/Net Conteúdo C onteúdo 1. Glossário 1 2.. Definição e objectivos da...

    22733  Palavras | 91  Páginas

  • Agronegocio

    atividades de maior índice de acidentes no mundo, ao lado da construção civil e mineração. Os acidentes fatais giram em torno de 170 mil trabalhadores por ano na agroindústria mundial. A OIT, adota desde 1921, diversas convenções referentes à aspectos das atividades agrícolas, inclusive a segurança e saúde no desenvolvimento do trabalho. Citada no item 31.5.1.2 da Norma Regulamentadora 31 (Segurança e Saúde no Trabalho na Agricultura , Pecuária, Silvicultura, Exploração Florestal e Aqüicultura)...

    1863  Palavras | 8  Páginas

  • Ergonomia Aplicada Uma An Lise Dos Riscos E A Import Ncia Da Implanta O De Medidas De Seguran A Na Atividade Dos Boias Frias

    Centro de Ensino Grau Técnico Ergonomia aplicada: Uma análise dos riscos e a importância da implantação de medidas de segurança na atividade dos boias-frias Ângela Vieira; Aleyvison Wayner; Ana Flávia; Alba Simone; Danieli Spindula; Daniela Cristina; Maria Rayane; Tiago Mano Orientador: Luiz Miguel Caruaru, 2014 Lista de Figuras Figura 1: Infográfico______________________________________________________________________p. 04 Fonte: Site novacana.com Figura...

    1521  Palavras | 7  Páginas

  • nr31

    organização e no ambiente de trabalho, de forma a tornar compatível o planejamento e o desenvolvimento das atividades da agricultura, pecuária, silvicultura, exploração florestal e aquicultura com a segurança e saúde e meio ambiente do trabalho. 31.2 Campos de Aplicação 31.2.1 Esta Norma Regulamentadora se aplica a quaisquer atividades da agricultura, pecuária, silvicultura, exploração florestal e aquicultura, verificadas as formas de relações de trabalho e emprego e o local das atividades. 31.2.2 Esta Norma...

    536  Palavras | 3  Páginas

  • Acidentes de trabalho no corte manual da cana-de-açúcar: estratégias para o trabalho do assistente social

    Acidentes de trabalho no corte manual da cana-de-açúcar: estratégias para o trabalho do assistente social. Tais Pereira de Freitas, Assistente Social, Mestre em Serviço Social pela UNESP Franca. ACIDENTES DE TRABALHO NO CORTE MANUAL DA CANA-DE-AÇÚCAR: ESTRATÉGIAS PARA O TRABALHO DO ASSISTENTE SOCIAL RESUMO: O trabalhador empregado no corte manual da cana-de-açúcar encontra-se exposto a condições de trabalho que podem ser consideradas insalubres e onde os riscos de acidentes e adoecimentos...

    3393  Palavras | 14  Páginas

  • NR 31

    SILVA SILVIO JUNIOR ALVES DE SOUSA NR 31 – SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO NA AGRICULTURA, PECÚARIA, SILVICULTURA, EXPLORAÇÃO FLORESTAL E AQUICULTURA PORTO NACIONAL – TO 2014 DYANA CAMILLA RODRIGUES SANTOS VANNESSA AIRES DA SILVA SILVIO JUNIOR ALVES DE SOUSA NR 31 – SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO NA AGRICULTURA, PECÚARIA, SILVICULTURA, EXPLORAÇÃO FLORESTAL E AQUICULTURA Trabalho apresentado à disciplina de Saúde e Segurança do Trabalho do curso...

    5752  Palavras | 24  Páginas

  • Analise de acidentes de trabalho

    PRODUÇÃO ANÁLISE DE ACIDENTES DE TRABALHO OCORRIDOS NA ATIVIDADE DA INDÚSTRIA METALÚRGICA E METAL-MECÂNICA NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL EM 1996 E 1997 BREVE INTERLIGAÇÃO SOBRE O TRABALHO DO SOLDADOR Pôr CLAUDIO FERNANDO GOLDMAN Engenheiro Civil Dissertação de Mestrado PPGEP PORTO ALEGRE 2002 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENGENHARIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ANÁLISE DE ACIDENTES DE TRABALHO OCORRIDOS...

    39838  Palavras | 160  Páginas

  • RELATORIO DAS NRS

    Cabral CUIABÁ – MT NORMA REGULAMENTADORA 31 -  NR 31 Segurança e saúde no trabalho na agricultura, pecuária silvicultura, exploração florestal e aquicultura O governo brasileiro buscando garantir condições adequadas aos trabalhadores que atuam no primeiro setor publicou a Norma Regulamentadora 31 (NR 31) com o título “Segurança e saúde no trabalho na agricultura, pecuária, silvicultura, exploração florestal e aquicultura”. O foco da NR 31 é garantir que os empregadores forneçam condições de trabalho...

    1795  Palavras | 8  Páginas

  • Risco de Incêndio

    ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO Risco de Incêndio na região da Grande Lisboa. Proposta de ordenamento do Território Trabalho realizado por: André Matos n.º 32500 Grupo 6 Rodrigo Carmo n.º 40952 Rita Leal n.º 32397 Docente: Eng.ª Paula Lamego 12 Dezembro 2013 Ordenamento do Território – Trabalho de Grupo Defesa da Floresta contra Incêndios – Influência dos Incêndios no Ordenamento do Território Índice 1. Resumo / Abstract .................................................

    10989  Palavras | 44  Páginas

  • Paper nr 31

    COMO PREVENIR ACIDENTES DE TRABALHO NA PECUÁRIA. Nome xxxxxxxxxxxxxx Prof. xxxxxxxxxxxxxx Faculdade Metropolitana de Lages – FAMELAGES Nome do curso Data RESUMO O presente paper aborda a importância da prevenção dos acidentes de trabalho na pecuária seguindo orientação da NR 31. Os direitos humanos possuem valores fundamentais como o da dignidade humana, a saúde do trabalhador preservando sua integridade física e moral para que se torne condição indispensável à prevenção ou proteção...

    1172  Palavras | 5  Páginas

  • NR 31 - Itens 31.12.66 ao 31.23.11.3

    31 SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO NA AGRICULTURA, PECUÁRIA SILVICULTURA, EXPLORAÇÃO FLORESTAL E AQUICULTURA Item 31.12.66 ao 31.23.11.3 Aluna: Natália Quintão Araújo INTRODUÇÃO Esta NR regulamenta as atividades de agroindústrias e estabelece os preceitos a serem observados na organização e no ambiente de trabalho, de forma a tornar compatível o planejamento e o desenvolvimento das atividades da agricultura, pecuária, silvicultura, exploração florestal e aquicultura com a segurança e saúde...

    1424  Palavras | 6  Páginas

  • Riscos Biologicos

     Introdução – Riscos Biológicos Segundo a NR-09 e NR-32, consideram-se agentes biológicos: as bactérias, os fungos, bacilos, parasitas, protozoários, vírus e outros. No ambiente de trabalho, a exposição ocupacional a esses agentes pode ocorrer em hospitais, laboratórios, estábulos, gabinetes de autópsias, coleta de lixo, entre outros. Os contaminantes de origem biológica veiculados pelo ar incluem bioaerossóis (partículas veiculadas pelo composto de organismos vivos ou dele derivados) e compostos...

    1873  Palavras | 8  Páginas

  • Nr 31

    Como Prevenir Acidentes Em Atividades Rurais 1 INTRODUÇÃO O empregador deve garantir adequadas condições de trabalho, higiene e conforto, avaliar riscos e adotar as medidas cabíveis juntamente com a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalhador Rural. Instruir os trabalhadores sobre riscos, direitos e deveres em segurança e saúde. Informar resultados dos exames médicos e avaliações ambientais. Permitir que um representante dos trabalhadores acompanhasse a fiscalização...

    1114  Palavras | 5  Páginas

  • Empreendedorismo

    Para a discussão, foram selecionados vinte artigos científicos publicados em periódicos latino-americanos, sendo dez deles tratando sobre a colheita mecanizada e dez sobre a semimecanizada. Foi constatado que a colheita semimecanizada propicia riscos à saúde, devido à adoção de posturas inadequadas e ao alto esforço físico, derivando em patologias ligadas à coluna vertebral, como lombalgia e hérnia de disco. A colheita conduzida por empresas terceirizadas, ou pelo produtor florestal, tende...

    6317  Palavras | 26  Páginas

  • sestr

    ambiente de trabalho para evitar ou eliminar os Acidentes de Trabalho no Meio Rural. SUMÁRIO 1 - Introdução 2 – Desenvolvimento 2.1 - HISTÓRICO DA SEGURANÇA NO TRABALHO RURAL 2.2 - A ORGANIZAÇÃO DA SEGURANÇA DO TRABALHO NO MEIO RURAL 2.3 - COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES DO TRABALHO RURAL – CIPATR 2.4 - SERVIÇO ESPECIALIZADO EM SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO RURAL – SESTR 3 - TIPOS MAIS COMUNS DE ACIDENTES DO TRABALHO NO MEIO RURAL 4 - MEDIDAS PREVENTIVAS ...

    1910  Palavras | 8  Páginas

  • A importância da cipatr

    A importância da CIPATR e do SESTR Na data de 03 de Março de 2005, o Ministério do Trabalho e Emprego, através da Portaria nº. 86 aprovou a Norma Regulamentadora de Segurança e Saúde do trabalho na Agricultura, Pecuária, Silvicultura, Exploração Florestal e Aquicultura - NR 31. Em função da realidade histórica do Brasil, marcada pela desvalorização do trabalho rural, que teve suas origens no sistema de trabalho escravo do período colonial, ainda persistem, em muitas regiões, condições precárias...

    1496  Palavras | 6  Páginas

  • Segurança do trabalho

    Regulamentadoras de Segurança e Medicina do Trabalho do Trabalho Urbano, bem como os direitos e obrigações do Governo, dos empregadores e dos trabalhadores no tocante a este tema específico. I - os riscos profissionais que possam originar-se nos locais de trabalho; II - os meios para prevenir e limitar tais riscos e as medidas adotadas pela empresa; III - os resultados dos exames médicos e de exames complementares de diagnóstico aos quais os próprios trabalhadores forem submetidos; IV - os resultados...

    1406  Palavras | 6  Páginas

  • Apps e ucs x áreas de risco

    de Conservação da Natureza, b) fortalecimento de sistemas de transferência e mecanismos de pagamento de serviços ambientais, c) disponibilização de informações relevantes para decisões sobre a biodiversidade na Mata Atlântica e proteção do clima e d) desenvolvimento de capacidades e competências. O Projeto Proteção da Mata Atlântica II, financiado a partir de Decisão do Parlamento da Alemanha, conta com recursos da Iniciativa Internacional de Proteção ao Clima por meio do Ministério do Meio...

    23859  Palavras | 96  Páginas

  • NR-31

    NR - 31 – segurança E SAÚDE NO TRABALHO NA AGRICULTURA, PECUÁRIA, SILVICULTURA, EXPLORAÇAO FLORESTAL E AQUICULTURA Tem por objetivo estabelecer os preceitos a serem observados na organização e no ambiente de trabalho, de forma a tornar compatível o planejamento e o desenvolvimento das atividades da silvicultura e exploração florestal com a segurança e saúde do trabalho. Cabe ao Empregador Rural ou Equiparado - Garantir adequadas condições de trabalho, higiene e conforto, definidas...

    1419  Palavras | 6  Páginas

  • pgssmatr

    PROGRAMA DE GESTÃO DE SEGURANÇA, SAÚDE E MEIO AMBIENTE DE TRABALHO RURAL (PGSSMATR) Baseado na NR 31 – Segurança e Saúde no Trabalho na Agricultura, Pecuária, Silvicultura, Exploração Florestal e Aqüicultura. SOCIEDADE AGRÍCOLA MGS FAZENDA VERDES CAMPOS UNAI - MG DEZEMBRO / 2010 VALIDADE DO PROGRAMA: JANEIRO DE 2011 a DEZEMBRO DE 2012 ÍNDICE ANALÍTICO 1. IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESa 2. OBJETIVO 3. SEGURANÇA NO TRABALHO 4. MEDICINA DO TRABALHO 4.1. Desenvolvimento...

    1456  Palavras | 6  Páginas

  • alto indice de acidente e mrtalidade na construução civil

    FLORÊNCIO PAULO ROBERTO ROSILENE SILVA PIMENTA VANUSA CRISTINA DOS SANTOS LIBÓRIO WILKER NOBRE ALTO ÌNDICE DE ACIDENTES E MORTALIDADE NA CONSTRUÇÃO CIVIL BRASIL – MINAS GERAIS Vespasiano/MG 2013 MARILENE GUILHERME MICHELLE FLORÊNCIO PAULO ROBERTO ROSILENE SILVA PIMENTA VANUSA CRISTINA DOS SANTOS LIBÓRIO WILKER NOBRE ALTO ÌNDICE DE ACIDENTE E MORTALIDADE NA CONSTRUÇÃO CIVIL BRASIL - MINAS GERAIS Trabalho apresentado para obtenção de Conclusão de curso...

    6640  Palavras | 27  Páginas

  • Nr-31

    Norma Regulamentadora 31 (NR-31) de Segurança e Saúde no Trabalho na Agricultura, Pecuária, Silvicultura, Exploração Florestal e Aqüicultura - Aprovação Portaria MTE nº 86, de 03/03/05, do Gabinete do Ministro (DOU 04/03/05) Aprova a Norma Regulamentadora de Segurança e Saúde no Trabalho na Agricultura, Pecuária, Silvicultura, Exploração Florestal e Aqüicultura O Ministro de Estado do Trabalho e Emprego, no uso da competência prevista no inciso II do parágrafo único art. 87 da Constituição...

    10888  Palavras | 44  Páginas

  • NR - 37

    Norma Regulamentadora 31 (NR-31) de Segurança e Saúde no Trabalho na Agricultura, Pecuária, Silvicultura, Exploração Florestal e Aqüicultura - Aprovação Portaria MTE nº 86, de 03/03/05, do Gabinete do Ministro (DOU 04/03/05) Aprova a Norma Regulamentadora de Segurança e Saúde no Trabalho na Agricultura, Pecuária, Silvicultura, Exploração Florestal e Aqüicultura O Ministro de Estado do Trabalho e Emprego, no uso da competência prevista no inciso II do parágrafo único art. 87 da Constituição...

    11966  Palavras | 48  Páginas

  • segurança no trabalho

    68.240.00 MUNICÍPIO: ALMERIM ESTADO: PARÁ CNPJ: 08.848.847/0001-32 GRAU DE RISCO: 03 RAMO DA ATIVIDADE: EXTRAÇÃO DE MADEIRA EM FLORESTAS PLANTADAS CNAE: 02.10-1-07 N° DE FUNCIONARIO: 616 JORNADA DE TRABALHO: A empresa adota apenas um horário para seus colaboradores da Silvicultura seguindo os regulamentos da legislação, como segue: Colaboradores na Silvicultura: de segunda a sexta das 07:00 ás 12:00 e das 13:00 ás 16:00. Aos sábados alternados das...

    3812  Palavras | 16  Páginas

  • Segurança do trabalho

    normativos voltados à área de Segurança que lançamos este ano é o Floresta Segura, que tem como objetivo apresentar aos funcionários próprios e provedores, diretrizes voltada as atividades de Saúde e Segurança do Trabalho. Os índices de afastamento por acidentes vem caindo a cada ano, demonstrando a preocupação da Empresa não apenas com a integridade de seus profissionais, mas também com a de prestadores de serviços, fornecedores e visitantes. Por esses motivos, a Empresa acredita que nenhum trabalho é tão...

    14853  Palavras | 60  Páginas

  • Aula NORMAS REGULAMENTADORAS

    Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho Norma Regulamentadora Nº 05 - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes Norma Regulamentadora Nº 06 - Equipamentos de Proteção Individual - EPI Norma Regulamentadora Nº 07 - Programas de Controle Médico de Saúde Ocupacional Norma Regulamentadora Nº 08 - Edificações Norma Regulamentadora Nº 09 - Programas de Prevenção de Riscos Ambientais Norma Regulamentadora Nº 10 - Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade Norma Regulamentadora Nº...

    7825  Palavras | 32  Páginas

  • NORMA REGULAMENTADORA 4

    pelo professor XXXXXXXXXX. • Discentes: XXXXXXX NR 4 – SESMT Serviço Especializado de Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho NR 4 - SESMT Os acidentes de trabalho devem-se a trabalhadores despreparados para enfrentar certos riscos. NR 4 - SESMT NR 4 - SESMT NR 4 - SESMT N R 4 – S ES M T Acidente do Trabalho Art. 139 da CLT - Ocorre pelo exercício do trabalho a serviço da empresa. (provoca lesão corporal ou perturbação funcional que cause a morte, a...

    734  Palavras | 3  Páginas

  • Segurança do trabalho

    máquinas e equipamentos ; d) notificar as empresas , estipulando prazos para eliminação e/ou neutralização de insalubridade; e) atender requisitos judiciais para a realização de perícias sobre segurança e medicina do trabalho nas localidades onde não houver Médico do Trabalho ou Engenheiro de Segurança do Trabalho registrado no MTB. 4.Como deve ser o funcionamento da CIPA e CIPAT conforme NR5? a) identificar os riscos do processo de trabalho, e elaborar o mapa de riscos, com a participação do maior...

    976  Palavras | 4  Páginas

  • Segurança no trabalho

    Trabalho vincula-se à gradação do risco da, atividade principal e ao número total de empregados do estabelecimento, observadas as exceções previstas nesta NR. Em outras palavras a NR quis dizer que o dimensionamento do SESMT é feito com base no grau de risco da atividade e número total de empregados. O Que é o Serviço Especializado em Segurança e Saúde do Trabalhador Portuário - SESSTP? A NR 29 tem por objetivo, regular a proteção obrigatória contra acidentes e doenças profissionais, facilitar...

    887  Palavras | 4  Páginas

  • Ergonomia

    ruído, radiações diversas; a agentes químicos , por exemplo, benzeno, asbesto, fumos metálicos, ácidos etc.; a agentes ergonômicos , como movimentos repetitivos; a agentes biológicos : bactérias, fungos, bacilos e a agentes mecânicos ou de acidentes: arranjos físicos inadequados, máquinas sem proteção, iluminação deficiente, podem causar doenças específicas do trabalho. Para evitar a ocorrência de doenças, a melhor maneira é a prevenção. INTRODUÇÃO À SEGURANÇA DO TRABALHO 2. O meio...

    3919  Palavras | 16  Páginas

  • Engenheiro

    ruído, radiações diversas; a agentes químicos , por exemplo, benzeno, asbesto, fumos metálicos, ácidos etc.; a agentes ergonômicos , como movimentos repetitivos; a agentes biológicos : bactérias, fungos, bacilos e a agentes mecânicos ou de acidentes: arranjos físicos inadequados, máquinas sem proteção, iluminação deficiente, podem causar doenças específicas do trabalho. Para evitar a ocorrência de doenças, a melhor maneira é a prevenção. INTRODUÇÃO À SEGURANÇA DO TRABALHO 2. O meio...

    4503  Palavras | 19  Páginas

  • Ergonomia 1

    ruído, radiações diversas; a agentes químicos , por exemplo, benzeno, asbesto, fumos metálicos, ácidos etc.; a agentes ergonômicos , como movimentos repetitivos; a agentes biológicos : bactérias, fungos, bacilos e a agentes mecânicos ou de acidentes: arranjos físicos inadequados, máquinas sem proteção, iluminação deficiente, podem causar doenças específicas do trabalho. Para evitar a ocorrência de doenças, a melhor maneira é a prevenção. INTRODUÇÃO À SEGURANÇA DO TRABALHO 2. O meio...

    4503  Palavras | 19  Páginas

  • Resumo das nr

    das Leis do Trabalho - CLT. Importância e funções do S S S T Funções e competência da D R T. NR-2 - INSPEÇÃO PRÉVIA Todo estabelecimento novo, antes de iniciar suas atividades, deverá solicitar aprovação de suas instalações ao Órgão do Ministério do Trabalho. NR-3 - EMBARGO E INTERDIÇÃO A D R T ou D T M, conforme o caso, à vista de laudo técnico do serviço competente que demonstre grave e iminente risco para o trabalhador, poderá interditar estabelecimento, setor de serviço, máquina ou equipamento...

    2362  Palavras | 10  Páginas

  • cipa cipatr

    Interna de Prevenção de Acidentes) X CIPATR (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes no Trabalho Rural) Regulamentação As ações da CIPA são amparadas pela Lei 6.514 de 1977, portaria 3.214, de 08 de junho de 1978 do Ministério do Trabalho, através da NR5 - CIPA. As ações da CIPATR são amparadas pela Lei 6.514 de 1977, portaria 3.214, de 08 de junho de 1978 do Ministério do Trabalho, através da NR31 – Segurança e Saúde no Trabalho na Agricultura, Pecuária, Silvicultura, Exploração Florestal...

    1173  Palavras | 5  Páginas

  • Segurança do trabalho

    em 1700, na sua celebre obra De morbis Artificum, quem demarcou o processo de trabalho como fator de risco para o desenvolvimento de diversas doenças. Posteriormente, o crescente desenvolvimento da indústria teve como legado o aumento das péssimas condições de trabalho e exploração da energia humana para a garantia dos processos de trabalho e produtividade. Consequentemente, as doenças, os acidentes, e as mortes passariam a figurar como elementos de grande impacto político, econômico e social. Diante...

    6193  Palavras | 25  Páginas

  • Terceirização

    ....................................................... 9 4. EXEMPLOS DE ATUAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO NO COMBATE À TERCEIRIZAÇÃO DE ATIVIDADE-FIM NA SILVICULTURA E OUTROS SETORES....................................................................................................................... 15 4.1. SILVICULTURA E SIDERURGIA DE BASE VEGETAL - casos em que a indústria adota por objeto social também a atividade de florestamento para produção de carvão..........................

    23109  Palavras | 93  Páginas

  • Tutano

    iniciar suas atividades, deverá solicitar aprovação de suas instalações ao órgão do Ministério do Trabalho. NR-3: Embargo ou Interdição A Delegacia Regional do Trabalho, á vista de laudo técnico do serviço competente que demostre grave e iminente risco para o trabalhador, poderá interditar estabelecimentos, setor de serviço, máquina ou equipamento, ou embargar a obra.  NR-4: Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho A NR 4 diz respeito aos Serviços Especializados...

    2726  Palavras | 11  Páginas

  • Segurança do trabalho

    mínima de 6 (seis) horas, ser ministrado dentro do horário de trabalho, antes de o trabalhador iniciar suas atividades, constando de: a) informações sobre as condições e meio ambiente de trabalho; b) riscos inerentes a sua função; c) uso adequado dos Equipamentos de Proteção Individual - EPI; d) informações sobre os Equipamentos de Proteção Coletiva - EPC, existentes no canteiro de obra. 18.28.3 O treinamento periódico deve ser ministrado: a) sempre que se tornar necessário; b) ao início de...

    883  Palavras | 4  Páginas

  • toxicologia dos agrotóxicos

    REGULAMENTADORA  LEI 7802/89 (Dispõe sobre a pesquisa, a experimentação, a produção, a embalagem e Dispõe rotulagem, o transporte, o armazenamento, a comercialização, a propaganda comercial, a utilização, a i tili ã importação, a exportação, o d ti final d resíduos e embalagens, o registro, a t ã t ã destino fi l dos íd b l i t classificação, o controle, a inspeção e a fiscalização de agrotóxicos, seus componentes e afins, e dá outras providências)  LEI 9974/00 (Altera a Lei 7802/89) ...

    2371  Palavras | 10  Páginas

  • Doutor

    do serviço competente que demonstre grave e iminente risco para o trabalhador, poderá interditar estabelecimento, setor de serviço, máquina ou equipamento, ou embargar a obra, indicando na decisão tomada, com a brevidade que a ocorrência exigir as providências que deverão ser adotadas para prevenção de acidentes do trabalho e doenças profissionais. Considera-se grave e iminente risco toda condição ambiental de trabalho que possa causar acidente do trabalho ou doença profissional com lesão grave á...

    4299  Palavras | 18  Páginas

  • Seguran A Do Trabalho Salvo Automaticamente

    medicina do trabalho, inclusive a Campanha Nacional de Prevenção dos Acidentes do Trabalho - CANPAT, o Programa de Alimentação do Trabalhador - PAT e ainda a fiscalização do cumprimento dos preceitos legais e regulamentares sobre segurança e medicina do trabalho. 1.4.1 – Compete, ainda, a SRTE a) Adotar medidas necessárias a fiel observância das leis .... b) Impor penalidades .... c) Embargar obra, interditar estabelecimento .... d) Notificar as empresas, estipulando prazos .... e) Atender requisitos...

    6475  Palavras | 26  Páginas

  • Agroindústria

    SEGURANÇA NA AGROINDÚSTRIA Trabalho do módulo Prevenção e Controle de Riscos apresentado no curso de Pós Graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho, no Centro Universitário de Volta Redonda - UNIFOA, Campus Tangerinal. Professor: Ronaldo Borges VOLTA REDONDA - RJ 2012 INTRODUÇÃO Os poucos dados e estudos existentes apontam para uma situação preocupante, com relação aos riscos de acidentes envolvidos nas lidas da agricultura, em função de vários fatores, dentre os quais...

    3615  Palavras | 15  Páginas

tracking img