Resumo Por Capítulo Teoria Pura Do Direito artigos e trabalhos de pesquisa

  • Resumo teoria pura do direito

    KELSEN, Hans. Teoria pura do Direito. São Paulo: Martins Fontes, 1985. A obra – Esta obra, tradução de João Baptista Machado, é o resultado da segunda edição alemã (a primeira é de 1934), publicada em Viena em 1960, composta de oito capítulos: direito e natureza; direito e moral; direito e ciência; estática jurídica; dinâmica jurídica; direito e estado; o estado e o direito internacional; a interpretação, todos comsubdivisões, num total de 378 páginas. O autor – Hans Kelsen nasceu em Praga, cidade...

    656  Palavras | 3  Páginas

  • O que é trabalho "resumo do livro "

    Resumo de livro i do contrato social de rousseau No livro I Do contrato social, Rousseau submete-se a examinar as principais questões da vida políticas. Sua principal questão encontra-se no primeiro capítulo deste livro “O homem nasce livre, e por toda parte encontra-se acorrentado”. Neste sentido, Rousseau inicia questionando o que leva o Resumo do livro história da riqueza do homem de leo huberman Resumo do Livro História da Riqueza do Homem - Explica a história pelo estudo da teoria econômica...

    950  Palavras | 4  Páginas

  • Resumo teoria pura do Direito Capitulo 2 e 3

     DIREITO RODRIGO ALVES SCHMIDT R.A. 61010002906 RESUMO DE DOIS CAPITULOS DO LIVRO TEORIA PURA DO DIREITO Trabalho apresentado para avaliação da disciplina de Filosofiaministrada pela ProfessoraMsc.Maria Clara de Lima Camargo, do curso superior em direito – Turma A, da Faculdade Campo Grande. PROFESSORA: Msc. MARIA CLARA DE LIMA CAMARGO CAMPO GRANDE - MS JUNHO 2014 SUMÁRIO 1. Capitulo II: O Direito e a Moral..............................................

    4219  Palavras | 17  Páginas

  • Resumo de “Direito e Democracia”, de Habermas

    Pequeno Resumo de “Direito e Democracia”, de Habermas Habermas dedica a primeira parte da obra (caps. I e II) a explicar a tensão entre facticidade e validade e a metodologia crítico-reconstrutiva com que pretende abordá-la. Usa a segunda parte da obra (caps. de III a VI) para reconstruir a autocompreensão das ordens jurídicas modernas e configurar as várias manifestações da tensão interna entre facticidade e validade a partir de conceitos e teses da teoria do discurso. Finalmente, na terceira...

    1614  Palavras | 7  Páginas

  • resenha BOBBIO, Norberto. Teoria do Ordenamento Jurídico

    BRASÍLIA/DF, SETEMBRO DE 2014. RESENHA CRÍTICA BOBBIO, Norberto. Teoria do Ordenamento Jurídico; apresentação Tércio Sampaio Ferraz Júnior, tradução Maria Celeste C. J. Santos, revisão técnica Cláudio de Cicco. Brasília. Editora Universidade de Brasília, 6a edição, 1995. 184 p. APRESENTAÇÃO Tércio Sampaio Ferraz Júnior, inicia esta obra tecendo uma saudosa e didática apresentação sobre a trajetória bibliográfica e inferências das reflexões analíticas de Norberto Bobbio, a fim e elucidar ao leitor...

    1602  Palavras | 7  Páginas

  • A contribuição de hans kelsen para a ciência do direito

    A CONTRIBUIÇÃO DE HANS KELSEN PARA A CIÊNCIA DO DIREITO PAULO HENRIQUE PEREIRA SUMÁRIO: Introdução; a importância da ciência do direito na interpretação; a fundamentação do projeto Kelseniano; a interpretação autêntica e não-autêntica; considerações sobre a doutrina subjetiva e a doutrina objetiva; considerações finais; referências. RESUMO: A teoria pura do direito tem como objetivo maior aplicar uma metodologia que seja possível aplicar um ato de conhecimento, ou seja, tudo aquilo que se conhece...

    2525  Palavras | 11  Páginas

  • Teoria Pura do Direito

    Teoria Pura do Direito; Resumo capítulo 1 TPD -> Teoria do Direito Positivo. É teoria geral do Direito, não interpretação de particulares normas jurídicas, nacionais ou internacionais. Contudo, fornece uma teoria da interpretação. O autor inicia sua obra explicando que a Teoria Pura do Direito é uma teoria do Direito positivo – do Direito positivo em geral, não de uma ordem jurídica especial; que não se trata de interpretação de particulares normas jurídicas, nacionais ou internacionais, no...

    4200  Palavras | 17  Páginas

  • Direito

    Faculdade Anhanguera-Unibam Campus – Vila Mariana Graduação em Direito Dennis Elias Victor de Oliveira – RA n° 4252055888 Jessica Pamela Leite Alves Cornelio – RA n° 4614893620 Marcelo Santana Franco Martini Camargo – RA n° 4204788396 Pedro de Araújo Ramos – RA n° 3776761839 Silvia Maria Rodrigues da Silva – RA n° 4248887750 Norma Jurídica – Caracteres – Sanção e Classificação – Destinatários...

    1473  Palavras | 6  Páginas

  • Resumo Cap. 3 Alexy

    Resumo do capítulo 3 da obra “Teoria dos direitos fundamentais” de Robert Alexy por Rachel Dudley - O capítulo 3 da teoria dos direitos fundamentais de Robert Alexy trata da distinção entre regras e princípios, que o autor diz ser a base da teoria da fundamentação no âmbito dos direitos fundamentais. - O autor cita diversos critérios que existem para distinguir regras e princípios, mas considera muitos de forma obscura – faz críticas a Dworkin também. Ele critica a regra do grau generalidade e...

    802  Palavras | 4  Páginas

  • Resumo IED Paulo Nader

    Introdução ao Estudo do Direito I - Resumos dos capítulos 37; 38; 39; 40; da ‘’Nona Parte’’ do livro Introdução ao Estudo do Direito – Paulo Nader A IDEIA DO DIREITO NATURAL Os motivos fundamentais do pensamento ao Direito Natural (Jusnaturalismo) são as aspirações de justiças que acompanha o indivíduo. O Direito positivo, é aceito como forma de expressão da vontade do Estado, que podem servir como instrumento para servir o homem como pode consagrar valores negativos que impedem o desenvolvimento...

    1373  Palavras | 6  Páginas

  • Introdução ao estudo de direito

    Resumo do Capítulo VI – GUSMÃO, Paulo Dourado de. Introdução ao Estudo do Direito. 43ª ed. São Paulo: Forense, 2010. ; baseado nas perguntas elaboradas no terceiro passo da Etapa III e solicitadas na Etapa IV. 1. A Norma Jurídica 2.1 O que é norma jurídica? A Norma Jurídica é estabelecida como uma proposição normativa construída em uma fórmula jurídica, tendo a garantia de aplicabilidade do poder público ou pelas organizações internacionais. A Norma Jurídica tem como finalidade principal...

    1328  Palavras | 6  Páginas

  • INTRODUÇAO AO ESTUDO DO DIREITO

    ESTUDO DO DIREITO INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO - CCJ0003 Título INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO Número de Aulas por Semana Número de Semana de Aula 1 Tema Apresentação da disciplina Introdução ao Estudo do Direito. Objetivos O aluno deverá ser capaz de: Compreender o Plano de Ensino da Disciplina e sua importância para os objetivos do curso; o campo da ciência do direito e de suas diversas ramificações e sua relação com as ciências afins; as diversas concepções do Direito; a distinção...

    4250  Palavras | 17  Páginas

  • Resumo do capítulo 8 do livro "direito e poder", de norberto bobbio

    Resumo do Capítulo 8 do Livro "Direito e poder", de Norberto Bobbio - Kelsen não se detém em Weber. Vai além. Seu argumento principal é que nenhum sociólogo do direito vai desenvolver pesquisa sobre comportamentos jurídicos de uma dada sociedade se não possuir um critério que lhe permita distinguir um comportamento jurídico. Só a teoria do direito lhe fornece esse critério. Kelsen dá 3 exemplos: a) A exigência de pagar uma taxa sob ameaça de pena; b) A exigência da mesma soma feita por...

    1231  Palavras | 5  Páginas

  • Fichamento sobre Direito e Moral

    Resumo: Direito e Moral 1. As normas morais como normas sociais Ao definir o Direito como norma, na medida em que ele constitui o objeto de uma específica ciência jurídica, delimitamo-lo em face da natureza e, ao mesmo tempo, delimitamos a ciência jurídica em face da ciência natural. Ao lado das normas jurídicas, há outras normas que regulam a conduta dos homens entre si, isto é, normas sociais, e a ciência jurídica não é, portanto, a única disciplina dirigida ao conhecimento e à descrição de...

    1723  Palavras | 7  Páginas

  • Direito, moral e mentira segundo kant

    Curso: 2º PERÍODO DIREITO FICHAMENTO 01 Referência Bibliográfica: | SANDEL,Michael j, Justiça:o que é fazer a coisa certa,Rio de Janeiro ;Civilização brasileira 2011; | | Resumo, citações, comentários...

    1109  Palavras | 5  Páginas

  • Teoria Pura do Direito

    Resumo dos Capítulos I, II e III do Livro Teoria Pura do Direito de Hans Kelsen. São Paulo: Martins Fontes, 2013. Novembro, 2013 Capítulo I – Direito e Natureza 1. A “pureza”. A teoria pura do direito é uma teoria do direito positivo, uma teoria de caráter mais geral. Esta busca conhecer o próprio objeto e responder a seguinte indagação: “O que é e como é o Direito?”. Define-se como uma ciência jurídica, e, propõe-se a garantir um estudo exclusivo do Direito e nada além...

    5409  Palavras | 22  Páginas

  • Direito noberto bobbio

    Resumo do Livro: “Teoria da Norma Jurídica” - Norberto Bobbio Capitulo 1 – O DIREITO COMO REGRA DE CONDUTA 1. UM MUNDO DE NORMAS O melhor modo para aproximar-se da experiência jurídica e aprender seus traços característicos é considerar o direito como um conjunto de normas, ou regras de conduta. A nossa vida se desenvolve em um mundo de normas. Acreditamos ser livres, mas na realidade, estamos envoltos em uma rede muito espessa de regras de conduta que, desde o nascimento ate a morte, dirigem...

    1137  Palavras | 5  Páginas

  • Direito

    1 TEORIA DA ARGUMENTAÇÃO JURÍDICA – ANÁLISE E CRÍTICA A CASO CONCRETO – PRINCÍPIOS DA PROPORCIONALIDADE E DA RAZOABILIDADE Robson Zagre* RESUMO O maior desafio dado ao operador do direito constitui na melhor interpretação: quando advogado ou promotor, na busca dos interesses de seu cliente e da sociedade, respectivamente; quando magistrado, no melhor empenho de adequação objetivando um sentido de correção para atendimento da tutela jurisdicional. Os novos rumos dados aos princípios como...

    6230  Palavras | 25  Páginas

  • RESENHA DO 2º CAP. DO LIVRO "A CIÊNCIA DO DIREITO"

    MARQUES NETO, Agostinho Ramalho. A Ciência do Direito: Conceito, Objeto, Método. 2. Ed.: Capítulo II - O CONHECIMENTO CIENTÍFICO. Rio de Janeiro: RENOVAR, 2001. 28 p. MARQUES NETO, Agostinho Ramalho. Ensino e profissionalização do bacharel em Direito no Maranhão. Rio de Janeiro, P.U.C., 1979 (Dissertação de Mestrado). Resumo: Capítulo II O CONHECIMENTO CIENTÍFICO 1. Considerações sobre o senso comum Preliminarmente, vale ressaltar que preferimos empregar a expressão senso comum, ou conhecimento...

    3305  Palavras | 14  Páginas

  • Pequeno resumo do livro raça e história

    Resumo do livro “Raça e História” Capitulo 1 – Raça e Cultura * “nada no estado atual da ciência permite afirmar a superioridade ou inferioridade intelectual de uma raça em relação a outra” * Gobineau – quem a história fez de pai das teorias racistas – não acreditava na desigualdade entre raças por caráter quantitativo, mas sim por caráter qualitativo. “Para ele, as grandes raças primitivas que formavam a humanidade nos seus primórdios – branca, amarela, negra – não eram só desiguais em...

    710  Palavras | 3  Páginas

  • Introdução ao estudo de direito

    ao pobre obriga. A lei é teia de aranha, em minha ignorância tentarei explicar, não a temem os ricos, nem jamais os que mandam, pois o bicho grande a destrói e só aos pequeninos aprisiona..." Martín Fierro 1 - ETAPA Nº 3: Direito e Moral. Norma Jurídica. Esta atividade é importante para que você aprenda a formular um raciocínio lógico e a analisar uma questão jurídica. É o primeiro passo para a construção do raciocínio jurídico, que será indispensável ao aluno nas demais...

    5815  Palavras | 24  Páginas

  • Resumo - a luta pelo direito

    1. SOBRE O AUTOR Rudolf Von Ihering, jurista e romancista alemão nascido em Aurich, Frísia, é tido como pioneiro na defesa da concepção do direito como produto social e fundador do método teleológico no campo jurídico. Iniciou o estudo do direito na famosa cidade universitária de Heidelberg, completando-o em Göttingen, e doutorou-se em direito na Universidade de Berlim (1842). No campo jurídico logo adquiriu renome e foi convidado para lecionar como professor universitário na Basiléia, Suíça...

    1712  Palavras | 7  Páginas

  • Intruducao ao estudo de direito

    Introdução ao Estudo do Direito Introdução ao Estudo do Direito  Sumário Resumo Introdução Capítulo I  Conceito do Direito Capítulo II  O Problema da Classificação das Ciências Capítulo III  O Direito no Quadro das Ciências Capítulo IV  Visão Conjunta da Ciência do Direito Conclusão Referências Bibliográficas      Resumo        Para incrementar o raciocínio jurídico é importante conceituar o Direito.        Examinaremos a significação da palavra Direito e as realidades que o constituem...

    6115  Palavras | 25  Páginas

  • Direito

    Título: Direito e Moral Participantes: Janaina Rodrigues da Silva N°12100798 Resumo: O trabalho será tratado sobre a discussão entre direito e moralidade, e mostrara a forma de cada pensador como Hans kelsen, Emanuel Kant e Otfried Höffe. Usando os seus conceitos por escrito dós seus próprio livros, como a Teoria pura do Direito e o Conceito de Direito. Introdução: Sem sombra de dúvidas, a filosofia moral e jurídica tomou novos rumos a partir das obras de HANS KELSEN...

    3891  Palavras | 16  Páginas

  • Introdução estudo direito

    Introdução ao Estudo do Direito Paulo Nader Introdução ao Estudo do Direito  Sumário Resumo Introdução Capítulo I  Conceito do Direito Capítulo II  O Problema da Classificação das Ciências Capítulo III  O Direito no Quadro das Ciências Capítulo IV  Visão Conjunta da Ciência do Direito Conclusão Referências Bibliográficas      Resumo        Para incrementar o raciocínio jurídico é importante conceituar o Direito.        Examinaremos a significação da palavra Direito e as realidades que...

    5703  Palavras | 23  Páginas

  • Introdução ao estudo do direito

    Introdução ao Estudo do Direito Introdução ao Estudo do Direito Sumário Resumo Introdução Capítulo I Conceito do Direito Capítulo II O Problema da Classificação das Ciências Capítulo III O Direito no Quadro das Ciências Capítulo IV Visão Conjunta da Ciência do Direito Conclusão Referências Bibliográficas Resumo Para incrementar o raciocínio jurídico é importante conceituar o Direito. Examinaremos a significação da palavra Direito e as realidades que o constituem...

    6109  Palavras | 25  Páginas

  • Resumo Informativo

    UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE TECNOLOGIA CURSO: ENGENHARIA CIVIL RESUMO INFORMATIVO TERESINA 02/06/2014 RESUMO O QUE É CIÊNCIA AFINAL? – A. F. CHALMERS. Capítulo I – Indutivismo: Ciência como conhecimento derivado dos dados da experiência Visando dar vida à ideia de Indutivismo como ciência, o autor subdivide o primeiro capítulo de sua obra em cinco partes. A primeira enuncia uma concepção do senso comum de ciência plausível. Assim é porque a ciência é...

    5610  Palavras | 23  Páginas

  • Resumo do livro "O que é Ideologia" (Marilena Chauí)

    RESUMO SOBRE O LIVRO “O QUE É IDEOLOGIA”, DE MARILENA DE SOUZA CHAUÍ INTRODUÇÃO Motivo de frequentes discussões e inúmeras definições, o termo ideologia, desde sua gênese, é encarado por diferentes perspectivas. A ideologia como ideias da classe dominante apresentadas como interesse de toda uma sociedade – justificada pelo Estado e pelo Direito – é o foco principal do livro de Marilena Chauí, “O que é ideologia?”, que compõe a Coleção Primeiros Passos da editora Brasiliense. Dividido em três...

    2744  Palavras | 11  Páginas

  • INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO

    Introdução ao Estudo do Direito Introdução ao Estudo do Direito Sumário Resumo Introdução Capítulo I Conceito do Direito Capítulo II O Problema da Classificação das Ciências Capítulo III O Direito no Quadro das Ciências Capítulo IV Visão Conjunta da Ciência do Direito Conclusão Referências Bibliográficas Resumo Para incrementar o raciocínio jurídico é importante conceituar o Direito. Examinaremos a significação da palavra Direito e as realidades que o...

    6105  Palavras | 25  Páginas

  • Resumo A Busca De Le Corbusier Pela Forma Ideal

    armado, com as lições que havia aprendido com a tradição. Esses objetivos são relevantes para o entendimento da Vila Schwob (casa na periferia de La Chax-de-Fonds, 1916). Nela, tinha estrutura independente de concreto armado, um espaço central com pé-direito duplo e galerias suspensas, lajes de cobertura planas e vidros duplos em suas janelas, influencias de Perret e Behrens: estão nas elevações e no uso do concreto, influencias de Wright: nos espaços interiores, influencia romana: das casas de Pompéia...

    3435  Palavras | 14  Páginas

  • Teoria do ordenamento jurídico

    Introdução ao Estudo do Direito I Professor Alexandre Veronese 1º sem / 2008 – noite Manuela Martins de Sousa BOBBIO, Norberto. Teoria Geral do Direito. São Paulo: Martins Fontes, 2007. • CAPÍTULO I: O direito como regra de conduta. No primeiro capítulo de sua obra Teoria Geral do Direito, o pensador italiano Norberto Bobbio afirma, primeiramente, que para este estudo adotou o ponto de vista normativo, ou seja, partindo do princípio de que a experiência jurídica é uma experiência...

    2767  Palavras | 12  Páginas

  • Retrato do Brasil, de Paulo Prado. Resumo

    Resumo de: PRADO, Paulo. Retrato do Brasil: ensaio sobre a tristeza brasileira. — 2. Ed. — São Paulo: IBRASA; Brasília: INL, 1981. Karen Suellen Lobato de Sousa Filho de Antônio Prado e Maria Catarina da Costa Prado, Paulo da Silva Prado nasceu em São Paulo, no dia 20 de maio de 1869 e faleceu no Rio de Janeiro, em 3 de outubro de 1943. Bacharel em Direito pela Faculdade do Largo de São Francisco, foi, além de escritor, investidor em negócios, cafeicultor (em 1887, membros de famílias ricas...

    1373  Palavras | 6  Páginas

  • direito

    Aborto de anencéfalos Curso Direito Disciplina: Filosofia Geral e Jurídica. Professor(a): Jaqueline Marcela Moraes de Barros Matrícula: 201101306009 Aborto de Anencéfalo: Certo ou Errado? Petrópolis 2012 Introdução Trata-se de uma crítica pautada em questões fiilosóficas de valor ético, moral e social... 1680 Palavras7 Páginas Nana promover também uma tecnologia da guerra. No domínio da civilização, esta modalidade do desenvolvimento não é praiseworthy, nem é moral justifiable. Desde que não...

    1051  Palavras | 5  Páginas

  • M TODO DIAL TICO E TEORIA POL TICA DE MICHAEL LOWY

    FUNDAMENTOS DA SOCIOLOGIA MARCELO AUGUSTO DE OLIVEIRA Resumo do texto: MÉTODO DIALÉTICO E TEORIA POLÍTICA, DE MICHAEL LOWY Capítulos III e IV Neste texto, o autor começa por esclarecer que mesmo que um pensador ou politico não pertença pessoalmente a uma determinada camada social, as suas concepções sociais e politicas serão inseridas de uma forma orgânica em uma das classes sociais de sua época, obedecendo a condicionantes objetivas e subjetivas, tais como seu vinculo profissional, sua dependência...

    1083  Palavras | 5  Páginas

  • Gênese do direito

    Resumo do Capítulo I – Programa de Sociologia Jurídica (Sergio Cavalieri Filho) GÊNESE DO DIREITO 1. Escola Jusnaturalista ou Direito Natural. O direito é um conjunto de ideias ou princípios superiores, eternos, uniformes, permanentes, imutáveis, outorgados ao homem pela divindade, quando da criação, a fim de traçar-lhe o caminho a seguir e ditar-lhe a conduta a ser mantida. Seria como um sopro ético com que a Divindade bafejou a sua criação. As principais característica do direito natural...

    1226  Palavras | 5  Páginas

  • Introdução ao estudo do direito

    Resumo da matéria Introdução ao estudo do Direito. 1 – Defina “Direito”. Conjunto de regras obrigatórias que garantem a convivência social graças ao estabelecimento de limites à ação de cada um dos seus membros. 2 – Qual a etimologia da palavra Lei? Lei refere-se à ligação, laço, relação, o que se completa com o sentido nuclear “jus”, que invoca idéia de jungir, unir, ordenar, coordenar. 3 – Correlacione Direito como fato social e Direito como ciência. O Direito é um fato ou fenômeno social porque...

    7600  Palavras | 31  Páginas

  • Resumo do livro ensino da gramática opressão? liberdade?

    Ensino Da Gramática Opressão? Liberdade? Evanildo Bechara. Capitulo I A escola e a chamada crise do idioma Resumo: Mesmo em uma análise superficial é possível apontar três ordens de crises independentes, mas estreitamente relacionadas, que acabam desaguando na ação da escola. Essas crises têm raízes mais profundas do que uma simples verificação de escassez de recurso e do desinteresse das autoridades competentes, ou do despreparo do corpo docente e discente. A primeira crise é na ordem institucional...

    993  Palavras | 4  Páginas

  • resenha nos confins do direito

    UFMA – UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CURSO DIREITO NOTURNO DISCIPLINA: TGD PROFESSOR: ARISTEU ALUNA: Luciana Costa de Menezes ROULAND, NORBERT. NOS CONFINS DO DIREITO. CAPÍTULO 1 O autor inicia expondo o objetivo do livro: estudar os sistemas jurídicos gerados pelas sociedades humanas e para tanto, irá ao longo do livro indagar a respeito do direito positivo vigente na França à época da sua obra. Questiona ainda o que seria direito? E critica o fato de não se chegar com clareza a uma resposta...

    3116  Palavras | 13  Páginas

  • Resumo da unidade iv do livro convite a não vioelncia

    RESUMO DA UNIDADE IV, DO LIVRO CONVITE A FILOSOFIA DE MARILENA CHAUI Sinop 2010 -CHAUI, M. Convite a Filosofia. São Paulo: 12ª Ed Editora Ática, 2001. p 109-178. UNIDADE IV – O CONHECIMENTO CAPÍTULO 1 – A PREOCUPAÇÃO COM O CONHECIMENTO No inicio desta quarta unidade a autora relaciona o tema abordado com os primeiros filósofos, fazendo uma retrospectiva do surgimento da palavra Ser, através da indagação "O que é Ser?", logo em seguida, escreve o significado: em Português, significa esse; em...

    2751  Palavras | 12  Páginas

  • Resumo introdução ao estudo da ciência política, teoria do estado e da constituição

    RESUMOS TEXTO 12 – INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA CIÊNCIA POLÍTICA, TEORIA DO ESTADO E DA CONSTITUIÇÃO CAPÍTULO I O SURGIMENTO DO ESTADO MODERNO 1.1. As origens Iniciamos, evidentemente pela mais antiga teoria, que vê no Estado o desenvolvimento e a ampliação da família. Esta teoria, conhecida como a Teoria da Origem Familiar do Estado, sustenta que a primeira organização social humana é a família. Depois encontramos outras teorias que são, A Teoria da Origem Contratual do Estado, é...

    1352  Palavras | 6  Páginas

  • Resumo o nascimento da clinica

    Este livro é composto de prefácio e dez capítulos. No prefácio explica quanto à linguagem, a partir de que momento e qual modificação semântica ou sintática puderam-se reconhecer a transformação da mesma em discurso racional. Fala que segundo Descartes e Melenbranch, ver era perceber, porém, tratava-se de, sem despojar a percepção do seu corpo sensível, torna-la transparente para o exercício do espirito. No final do século XVIII, ver consiste em deixar a experiência em sua maior opacidade...

    3553  Palavras | 15  Páginas

  • Direito das Sucessões

    RESUMO ESQUEMÁTICO Regras básicas da sucessão – Art. 1.784 do CC. Aberta a sucessão, a herança transmite-se, desde logo, aos herdeiros legítimos e testamentários (droit de saisine). Trata-se de uma das mais importantes regras do Direito das Sucessões, verdadeiro princípio sucessório. Herdeiro legítimo é aquele apontado pela lei; herdeiro testamentário é aquele nomeado por testamento, legado ou codicilo (art. 1.796 do CC). – Art. 1.785 do CC. A sucessão deve ser aberta no lugar do último domicílio...

    1488  Palavras | 6  Páginas

  • Direito - Filosofia e Teoria do Direito

     - Direito e Justiça Três vertentes quanto ao conceito de Direito (marcos): Direito clássico (Grécia); 1. 1 Direito moderno (Kant ); 2. 2 Direito pós-moderno (Kelsen ). 3. : três níveis ou graus Ciência do Direito e Filosofia do Direito poíesis ()fazer, confeccionar; sem preocupação com o próprio saber. Saber Técnico: 1. theoren. Explicação da realidade. Saber Teórico: 2. Saber Especulativo: razão reflexiva...

    6995  Palavras | 28  Páginas

  • Trablho de Economia resumo PLT

    Direito Disciplina: Economia Fundamentos de Economia Evolução do Pensamento: Breve retrospecto Anhanguera Educacional 2013 Resumo Trabalho desenvolvido na disciplina Economia apresentado à Anhanguera Educacional como exigência para a avaliação, sob orientação do professor Luis Neutzling. Anhanguera Educacional 2013 Capítulo 2 PLT A teoria econômica iniciou-se principalmente quando foi publicada...

    1114  Palavras | 5  Páginas

  • A teoria da interpretação jurídica de hans kelsen

    A teoria da interpretação jurídica de Hans Kelsen: uma crítica a partir da obra de Friedrich Müller Sérgio Urquhart Cademartori* Nestor Castilho Gomes** Sumário: Introdução; 1. A Teoria Pura do Direito: a distinção entre ser e dever-ser como traço fundamental do projeto epistemológico kelseniano; 2. A teoria da interpretação jurídica de Hans Kelsen; 3. Críticas à teoria da interpretação de Kelsen a partir da obra de Friedrich Müller. Considerações finais. Referências. Resumo: O artigo analisa...

    8345  Palavras | 34  Páginas

  • DA BAUHAUS AO NOSSO CAUS RESUMO

    Engenharia Departamento de Arquitetura e Urbanismo RESUMO DO LIVRO “ DA BAUHAUS AO NOSSO CAOS ” "Não permitiremos alterações, encomendas especiais, ou imposições de clientes. Sabemos o que é melhor. Somos os donos exclusivos da verdadeira visão do futuro da arquitetura." Trabalho direcionado ao curso de Arquitetura e Urbanismo, da Faculdade de Engenharia, da Universidade Federal de Juiz de Fora, como requisito parcial para conclusão da disciplina Teoria III. Orientador: Prof.(a) Carlos Eduardo Ribeiro ...

    1712  Palavras | 7  Páginas

  • A ciência do Direito

     A CIÊNCIA DO DIREITO Tércio Sampaio Ferraz Júnior CAPÍTULO I - DIFICULDADES PRELIMINARES NA CONCEITUAÇÃO DE CIÊNCIA DO DIREITO 1. O termo “ciência” O significado da palavra ciência não é unívoco, mas plurívoco ou polissêmico (diversas significações possíveis): realização de previsões; sentido histórico; estabelecimento de leis. Outro problema seria o modo de se fazer ciência do direito. Há as chamadas “Ciências Naturais e “Ciências Humanas”...

    7683  Palavras | 31  Páginas

  • Resumo De Metodologia

    Resumo – Metodologia: Tércio Sampaio – Introdução ao estudo do Direito: Técnica, decisão e dominação. INTRODUÇÃO: “Ser livre é estar no direito e, no entanto, o direito também nos oprime e tira-nos a liberdade.” Estudar o direito é, assim, uma atividade difícil, que exige não só acuidade, inteligência, preparo, mas também encantamento, intuição, espontaneidade. Para compreendê-lo, é preciso, pois, saber amar. Só o homem que sabe pode ter-lhe o domínio. Mas só quem o ama é capaz de dominá-lo, rendendo-se...

    5297  Palavras | 22  Páginas

  • Fichamento A ciencia do direito T rcio Sampaio

    SOCIAIS CURSO DE DIREITO ENOQUE LIMA DA SILVA FICHAMENTO: A CIÊNCIA DO DIREITO São Luís 2015 UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CURSO: DIREITO DISCIPLINA: TEORIA GERAL DO DIREITO PROFESSOR: DIMAS SALUSTIANO ALUNO: ENOQUE LIMA DA SILVA DATA: 10/08/2015 FICHAMENTO: A CIÊNCIA DO DIREITO (Livro). Ferraz Júnior, Tércio Sampaio, - A ciência do direito 1 Tércio Sampaio Ferraz Júnior – 2ª.ed. - São Paulo: Atlas, 1980. RESUMO: O primeiro capítulo desta obra é dedicado...

    3350  Palavras | 14  Páginas

  • Fichamento - A luta pelo Direito

    O fim do direito é a paz, o meio de que se serve para consegui-lo é a luta. Enquanto o direito estiver sujeito ás ameaças da injustiça -- e isso perdurará enquanto o mundo for mundo -, ele não poderá prescindir da luta. A vida do direito é a luta: luta dos povos, dos governos, das classes sociais. Dos indivíduos.   O direito não é uma simples ideia, é uma força viva. Por isso a justiça sustenta numa das mãos a balança com que pesa o direito, enquanto na outra segura a espada por meio da qual...

    4702  Palavras | 19  Páginas

  • Resumo dos capítulos I, II e IV do livro Introdução à Filosofia, de Battista Mondin

    UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL – UFRGS FACULDADE DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E SOCIAIS - DIREITO DISCIPLINA DE INTRODUÇÃO À FILOSOFIA DO DIREITO TRABALHO DE INTRODUÇÃO À FILOSOFIA DO DIREITO Resumo dos capítulos I, II e IV do livro Introdução à Filosofia, de Battista Mondin. Leandro Marcio Teixeira Professor: Cezar Saldanha 1º semestre – noturno – turma B Porto Alegre, 21 de agosto de 2013. O que é Filosofia...

    2494  Palavras | 10  Páginas

  • Ecologia Integral - A mãe Terra: Dignidade e Direitos

     RESUMO Do Livro: Cuidar da Terra, Proteger a Vida Como evitar o fim do mundo CAPÍTULO I Ecologia Integral – A Mãe Terra: Dignidade e Direitos Aluno: Maria Aparecida dos Santos Professor Paulo de Souza Nunes Disciplina Meio Ambiente 11 de Maio de 2014 RESUMO Capítulo I - Ecologia Integral – A Mãe Terra: Dignidade e Direitos 1. Somos todos africanos Civilizações – crise – olhar para o passado – inspiração para o futuro Hominização África ...

    1904  Palavras | 8  Páginas

  • O Indivíduo no Direito Internacional

    RESUMO Aborda-se neste trabalho aspectos relacionados com o Indivíduo sendo este um sujeito direito ou indirectamente do Direito Internacional. É de salientar ainda que o mesmo (o Indivíduo) não pode dirigir uma reclamação directa na esfera internacional contra o Estado autor do fato ilícito nem pode levá-lo ante uma jurisdição ou outro órgão internacional. Se o indivíduo é vítima de uma violação de Direito Internacional Público, deve reclamar no plano interno do Estado infractor. Se não obtém...

    3853  Palavras | 16  Páginas

  • resumo

    FICHAMENTO RESUMO Direito e Lei No capítulo I do livro O Que é Direito Roberto Lyra Filho discorre sobre o conceito de Direito como lei emanada do Estado, comandado pelos detentores do poder econômico. A mescla entre Direito e lei é proveniente do discurso ideológico dos que fazem parte da classe dominante disseminando a não existência de Direito sem lei. Estabelecendo a composição da legislação em Direito correto, mas também em um Direito negado corrompido pelo poder situado. Reconhece a relevância...

    1378  Palavras | 6  Páginas

  • Trabalho processos administrativo direito e legislação

    MARIVALDO FERNANDES DE LIMA MENDES - 194702 PATRÍCIA CRISTINA LOPES DE FREITAS – 236756 PAULO RICARDO F. GURJÃO – 220540 REGINA CELIA TOMAZ DE MENDONÇA - 198789 SHIRLEY SANTOS DE LIMA - 202794 TRABALHO PROCESSOS ADMINISTRATIVO DIREITO E LEGISLAÇÃO Ananindeua 2011 Universidade anhanguera – Uniderp Centro de educação à distância ALEXSANDRA CARLOS DA SILVA IGOR JOÃO FRAZÃO MUNIZ JOELTON DO SOCORRO OLIVEIRA LIMA LICURGO FAVACHO CHARALABO MARINILZA ALMEIDA...

    4554  Palavras | 19  Páginas

  • Resumo do Cap 7 Psicologia

    INTERPRETAÇÃO CAPÍTULO 7: A ORIGEM DA NOÇÃO DE PERSONA - A MÁSCARA NA TRAGÉDIA GREGA A palavra pessoa está relacionada com a máscara, que para os gregos significa o que disfarça. No teatro grego, a máscara era utilizada pelos atores caracterizando um personagem. No teatro clássico, a máscara serve como portadora do simbolismo ao representar tipos, ao invés de indivíduos. A representação de tipos sociais é feita no lugar de personagens específicos pois pode representar uma categoria...

    1717  Palavras | 7  Páginas

  • Introdução ao estudo do Direito

    Resumo do livro Introdução ao estudo do Direito – Tércio Sampaio Ferraz Dicotomia dogmática X zetética - A Dogmática, é um sistema de respostas. Cumpre, simultaneamente, a função de ensinar, informar, direcionar e de dar respostas para uma investigação. A visão dogmática busca a formação de opiniões.Do ponto de vista finalista, a dogmática soluciona o embate entre opiniões diferentes através da imposição do que é consolidado. - A Zetética é um sistema de perguntas. Através de perguntas,...

    1352  Palavras | 6  Páginas

  • Teoria tridimensional

    UNIVERSIDADE UNIGRANRIO Curso Bacharel em Direito Celso Gonçalves Mesquita TEORIA TRIDIMENSIONAL DO DIREITO Duque de Caxias 2013 UNIVERSIDADE UNIGRANRIO Curso Bacharel em Direito Celso Gonçalves Mesquita – 2209447 TEORIA TRIDIMENSIONAL DO DIREITO Pequeno trabalho sobre a Teoria Tridimensional do Direito, da matéria Introdução ao Estudo do Direito ministrada no 1º Período – turno da manhã. ...

    2005  Palavras | 9  Páginas

  • Base para uma metodologia da pesquisa em direito

    INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR UNYAHNA REJANE SANTANA DE FREITAS Professor; André Batista. Resumo BASES PARA UMA METODOLOGIA DA PESQUISA EM DIREITO João Maurício Adeodato Professor do Programa de Pós-Graduação em Direito da Escola Superior da Magistratura de Pernambuco. 1. Introdução: o contexto brasileiro e a importância da pesquisa e da pós-graduação em direito. O ensino jurídico vem atravessando mais uma grande modificação estrutural, talvez a maior na história do ensino...

    2680  Palavras | 11  Páginas

  • introduçao ao estudo do direito

     Introdução a Ciência do Direito Resumo A teoria da justiça é um dos capítulos fundamentais da ciência jurídica. Se o direito é considerado essencialmente uma ciência “normativa” e a estrutura lógica de toda proposição jurídica é um deve-ser, qual o valor fundamental que orienta esse deve-ser? Basicamente a sentença deve ser justa, a lei deve ser justa, a obrigação e a indenização devem ser justas o salário e o preço deve ser justo, foi ai que Del Vecchio escreveu: “A noção do justo...

    3116  Palavras | 13  Páginas

tracking img