Resumo Politica João Ubaldo Ribeiro artigos e trabalhos de pesquisa

  • politica de joão ubaldo ribeiro

    Resumo do livro: Política. João Ubaldo Ribeiro A política está relacionada com o exercício do poder. No titulo, Ubaldo faz três perguntas “Quem manda? Por que manda? Como manda?” e ao decorrer do livro ele vai explicando esse assunto que interessa a todos e aos poucos desvendando conceitos considerados fundamentais da sociedade e do Estado. É evidente, que o ato político possui dois aspectos: o interesse e a decisão. Desta forma, a política passa a ser entendida como um processo onde interesses...

    540  Palavras | 3  Páginas

  • Fichamento João Ubaldo Ribeiro

     Aluno: Giovanna Serra Cambarotto Curso: Relações Internacionais FICHAMENTO 1 Referência bibliográfica do texto: Ribeiro, João Ubaldo; Politica: Quem manda, por que manda, como manda. Rio de Janeiro: Nova Fronteira S.A, 1998. Informações sobre o autor do texto: João Ubaldo Ribeiro nasceu em Itaparica (Bahia) em 1941, é um escritor, jornalista, roteirista e professor, formado em direito pela Universidade Federal da Bahia e membro da Academia Brasileira de Letras. Em 1957 estreia...

    2320  Palavras | 10  Páginas

  • Fichamento sobre politica

    |Curso: Gestão Pública | FICHAMENTO 01 |Referência Bibliográfica: | |Ribeiro, João Ubaldo. Política; quem manda, por que manda, como manda — 3.ed.rev. por Lucia Hippolito. — Rio de Janeiro: Nova | |Fronteira, 1998. | |Sobre...

    1101  Palavras | 5  Páginas

  • O CONCEITO DE ESPAÇO GEOGRÁFICO E O ESPAÇO DA BAIA DE TODOS OS SANTOS NA OBRA DE JOÃO UBALDO RIBEIRO

    DE ESPAÇO GEOGRÁFICO E O ESPAÇO DA BAIA DE TODOS OS SANTOS NA OBRA DE JOÃO UBALDO RIBEIRO Lucas dos Santos Paiva* RESUMO O presente artigo apresenta algumas colaborações no sentido de auxiliar na construção do conceito de espaço geográfico, mostrar como algumas técnicas do domínio da literatura têm auxiliado o geógrafo no seu trabalho de descrição do espaço geográfico e a referência que o literato João Ubaldo Ribeiro faz em sua obra sobre o espaço da Baia de Todos os Santos. O objetivo...

    4329  Palavras | 18  Páginas

  • resumo joao ubaldo

    Resumo João Ubaldo Ribeiro Capítulo 1 – Que coisa é a política O primeiro capítulo mostra algumas “definições” para termos habituais, e uma curta explicação sobre os mesmos. A política se constrói através do uso do poder, que é explicitado como uma decisão tomada (ato político), refletindo diretamente nas pessoas submetidas a esse poder. O ato político é constituído de dois aspectos, o interesse que se caracteriza pela vontade de alguém que deseja transformar o comportamento das pessoas, seja...

    878  Palavras | 4  Páginas

  • Resenha Política João Ubaldo Ribeiro

    Universidade Católica do Salvador Faculdade de Direito – turma 31 Disciplina: Ciência Política Política: Quem manda, Por que manda, Como Manda – João Ubaldo Ribeiro . – Rio de janeiro: Nova fronteira, 1981. No livro "Política: Quem manda, Por que manda, Como manda", da editora Nova fronteira, João Ubaldo Ribeiro procura, com sua linguagem direta e acessível a todos, destrinchar alguns enigmas da Política. Ao fim de cada capítulo, a partir do segundo, há alguns tópicos interessantes que provocam...

    742  Palavras | 3  Páginas

  • Política do ubaldo

    O livro “Política: Quem manda, por que manda, como manda” foi escrito por João Ubaldo Ribeiro e impresso pela Editora Objetiva. Lançado em 2010, possui 192 páginas e sem usar jargões nem impor qualquer visão particular, João Ubaldo procura destrinchar alguns enigmas da Política. Tem a ver com quem manda, por que manda, como manda. E João vai comendo pelas beiradas, explicando que coisa é essa, a Política, e por que ela interessa a todos e a cada um, e aos poucos desvendando conceitos considerados...

    725  Palavras | 3  Páginas

  • Resenha - josé ubaldo ribeiro

    Avaliação Final – “Política e Administração” de João Ubaldo Ribeiro Primeiramente, para melhor compreensão de um artigo acadêmico, é recomendável entender o contexto histórico que o envolve, bem como ter um breve conhecimento a respeito do autor e sua trajetória. O artigo “Política e Administração” de João Ubaldo Ribeiro foi publicado no ano de 1969, em meio à Ditadura Militar em um período em que o Brasil começava a ter um forte processo de industrialização, resultante do cenário mundial pós...

    2664  Palavras | 11  Páginas

  • RIBEIRO, João Ubaldo. Política: Quem manda, Por que manda, Como manda. Ed. Nova Fronteira, 1998; pp. 13-31 (caps. 1 e 2).

    Nome: João Marcus Simões Dias R.A. :21550881 Turma: 1 semestre E Texto: RIBEIRO, João UbaldoPolítica: Quem manda, Por que manda, Como manda. Ed. Nova Fronteira, 1998; pp. 13-31 (caps. 1 e 2).  Em seu livro “Quem manda, Por que manda, Como manda”, João Ubaldo no decorrer do livro tenta de alguma forma criar um conceito para “que o é política? “. No início do texto começamos com uma breve e bem superficial definição de política, que seria algo relacionado ao poder (RIBEIRO, 1998 ...

    538  Palavras | 3  Páginas

  • RESENHA Jo O Ubaldo Ribeiro Pol Tica

    RESENHA – João Ubaldo Ribeiro Política – Quem manda como manda e porque manda? A política tem haver com tudo que esta relacionada ao nosso cotidiano e esta é outra concepção equivocada que o livro busca esclarecer para seus leitores. Visando ao leitor a ter consciência do papel importante que é a politica em nossa sociedade para o futuro e presente, pois ela influência na condução da mesma/sociedade. Quando deixamos de nos interessar por ela, não quer dizer que estamos sendo apolíticos, pois, mesmo...

    565  Palavras | 3  Páginas

  • Joao Ubaldo

    João Ubaldo Osório Pimentel Ribeiro nasceu na Ilha de Itaparica, Bahia, em 23 de janeiro de 1941, na casa de seu avô materno, à Rua do Canal, número um, filho primogênito de Maria Felipa Osório Pimentel e Manoel Ribeiro. O casal teria mais dois filhos: Sonia Maria e Manoel. Ao completar dois meses de idade, João muda-se com a família para Aracajú, SE, onde passaria a infância. Em 1947 inicia seus estudos com um professor particular. Seu pai, professor e político, segundo o biografado, não suportava...

    1080  Palavras | 5  Páginas

  • Resenha política: quem manda, porque manda, como manda

    Resenha: Política: Quem Manda, Porque Manda, Como Manda João Ubaldo Ribeiro Introdução Em seu livro, João Ubaldo Ribeiro expõe ao leitor uma série de conceitos referentes à esfera política. Citarei a seguir uma interpretação (própria) dos conceitos mais interessantes citados no livro. Levando em consideração a proposta do livro (levar o conhecimento político para os desinteressados no assunto) os conceitos abordados no livro são escritos de forma direta e simples fazendo com que até o...

    748  Palavras | 3  Páginas

  • Política

    1. Explique a relação entre o poder e política, tendo em vista: a) a análise de João Ubaldo Ribeiro; João Ubaldo Ribeiro investiga, desde a raiz, a relação existente entre o poder e a política. Segundo o autor, a política está inserida num contexto de variadas aplicações do ato de poder. O poder seria aquilo que orienta, quando visto em prática, os rumos da política, em primeira análise direcionando um jogo complexo de interesses, para culminar principalmente, em tomadas de decisão. Decisões...

    626  Palavras | 3  Páginas

  • Politica e administracao

    Política e Administração N APRESENTAÇÃO a edição passada da O&S fizemos uma apresentação rápida do artigo de João Ubaldo Ribeiro publicado em sua primeira parte naquela edição (37). Gostaríamos nesta edição, quando é publicada a 2.a parte, nos determos um pouco mais na apresentação deste artigo e o que o cerca. Tudo transcorreu assim. Inicialmente devo dizer que o texto não foi deixado na biblioteca da Escola de Administração da UFBA, onde foi encontrado, por nenhum “desconhecido”*, mas...

    15197  Palavras | 61  Páginas

  • joao ubaldo ribeiro política

    João Ubaldo ribeiroPolítica A política como um todo é um exercício de complexidade, às vezes não aparente, de alguma forma de poder, com atos, por exemplo, por detentores, com suas devidas conseqüências, tendo uma inter-relação com a fonte do poder e os submetidos a esse poder. Não chega a ser suficiente definir a política apenas como um exercício de poder, pois recaí vários significados da palavra poder e ele só pode ser sentindo ao ser exercido, ou seja, é em ação que se analisa o poder. ...

    666  Palavras | 3  Páginas

  • Relações entre política, estado, políticas públicas e políticas educacionais

    RELAÇÕES ENTRE POLÍTICA, ESTADO, POLÍTICAS PÚBLICAS E POLÍTICAS EDUCACIONAIS Marta Maria Alves da Silva Balbino A princípio, neste trabalho, daremos a definição do termo política. Sem dúvida, cada indivíduo possui seu próprio conceito de política, mesmo que não tenha consciência disso. Para muitos indivíduos política lembra partidos, campanhas eleitorais, compra e venda de votos, troca de favores, comícios, corrupção. Há quem diga que política é a manipulação do poder em benefício próprio ou de...

    1010  Palavras | 5  Páginas

  • Uma reflexão política

    UMA REFLEXÃO POLÍTICA Teixeira de Freitas 2009 MARIA LUCIENE ALVES MENSITIERI UMA REFLEXÃO POLÍTICA Trabalho apresentado ao Curso Serviço Social da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para a disciplina Sociologia. Orientador: Prof. Sérgio de Goes Barbosa. Teixeira de Freitas 2009 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO 3 2 POLÍTICA 4 2.1 Origem da palavra 4 2...

    1546  Palavras | 7  Páginas

  • Que coisa a politica

    de poder é complexo e cheio de implicações. E é este o terreno da Política. O termo “Política”, em qualquer de seus usos, na linguagem comum ou na linguagem dos especialistas e profissionais, refere-se ao exercício de Definir a Política apenas como algo relacionado ao poder não chega a alguma forma de poder e, naturalmente, às múltiplas consequências ser satisfatório. Se pensarmos bem, veremos que a frase “a Política tem desse exercício. a ver com o exercício de poder” não quer...

    1330  Palavras | 6  Páginas

  • O que é política?

    que é política? A palavra política é uma derivação grega do termo grego “Pólis” que significa (cidade ,estado) é bem comum encontrarmos este termo em outras palavras como metrópoles ,Petrópolis ,diversas cidades que se relacionam com esse termo ,porém esse termo em grego não significa somente cidade .O conceito de “polis” é bem amplo ,antigamente surgiram na Grécia as “Pólis”,elas eram quase como alguns países atuais, Esparta e Atenas são as mais famosas, inicialmente a palavra política fazia...

    534  Palavras | 3  Páginas

  • Politica

    Professora: Silvia Ingrid Lang 1 1. "Será que existe algum 'poder' que só dependa de quem o exerce e nem um pouco daqueles sobre os quais é exercido? A obediência é sempre uma coisa imposta, mesmo que não pareça? " Ribeiro , João UbaldoPolítica . Quem manda, por que manda, como manda. Rio de Janeiro, Nova Fronteira , 1986, p.30 R: Ao ler essa questão o primeiro fato que me veio à cabeça sobre um poder em que só dependa de quem o exerce foram os governos autoritários, considerando que...

    611  Palavras | 3  Páginas

  • Aula 1 Cien Politica Faraco

    Introdução à POLÍTICA Antônio Luiz Arquetti Faraco Jr. Cientista Político Antônio Luiz Arquetti Faraco Jr. ELABORAÇÃO 2 © 2015 - Todos os direitos reservados. LEITURA OBRIGATÓRIA: BOBBIO, Norberto. O significado da Política. In: BOBBIO, Norberto et alii. Curso de introdução à Ciência Política. 2. ed. Brasília: UnB, 1984. Unidade 1, bloco 1, p. 5-19. BOBBIO, Norberto. Política e moral. In: ______. Teoria geral da política: a filosofia política e as lições dos clássicos. Rio de Janeiro: Campus...

    3436  Palavras | 14  Páginas

  • Artigo Roberto

    O espaço geográfico na obra de João Ubaldo Ribeiro XAVIER, Roberto M. de J.; ALCÂNTARA, Renivaldo S. de. Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) Campus Salvador Resumo Este trabalho tem como objetivo identificar e justificar a importância e aprofundamento do estudo do projeto de analise do espaço, retratado no livro “A Arte de Roubar Galinhas”, (1998) de João Ubaldo Ribeiro sua legitimidade diante das historias, destacando a grandeza da sua contribuição para a definição...

    1937  Palavras | 8  Páginas

  • O homem de vocação politica

    DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO SERVIÇO SOCIAL TRABALHO INTERDISCIPLINAR EM GRUPO O homem de vocação política Vitória da Conquista 2012 1 TRABALHO INTERDISCIPLINAR EM GRUPO O homem de vocação política Trabalho apresentado ao Curso Serviço Social – 3º Semestre da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, como avaliação interdisciplinar com o tema “O Homem de Vocação Política”. Professores: Ângela Santini, Paulo Sérgio Aragão, Giane Albiazzetti, e Sérgio de Goes Barboza. Vitória...

    1994  Palavras | 8  Páginas

  • Outrização

    Viva entrevista esta noite João Ubaldo Ribeiro, escritor baiano que acaba de colocar nas livrarias seu mais novo produto, este Miséria e grandeza do amor de Benedita, produzido inicialmente como livro para a internet. [Inserção de vídeo] [Imagens de João Ubaldo Ribeiro, da Bahia e de seus livros. Narração de Valéria Grillo] Baiano, barroco, quase sempre de bermudas e sandálias. Dividido entre o trabalho e a preguiça. Nascido na Ilha de Itaparica em 1941, João Ubaldo Ribeiro é considerado um dos nomes...

    13722  Palavras | 55  Páginas

  • Relações Internacionais

    Elsevier, 2009. Informações sobre o autor do texto: Karen Mingst, bacharel em Ciências Politicas pela Colorado College, possui mestrado e doutorado pela Universidade de Wisconsin. Lecionou em varias universidades, dentre elas na Universidade Estadual de Louisiana. Ministrando também, cursos de curto prazo no Japão, Vietnã e Quirguistão. Principais obras publicadas: Organizações Internacionais: As politicas e processos de Governança Global, 2004, Fundamentos das Relações Internacionais, 1999, As...

    2092  Palavras | 9  Páginas

  • Estado João Ubaldo

    Isso fez com que fossem criadas as Leis de Mercado, a demanda, etc. O egoísmo humano, o desejo de proteger seus interesses, a determinação de progredir, dentro da visão de “progresso” tida à época, embalaram o sonho da sociedade da economia, da política, marchando harmoniosamente ao futuro. Era indispensável, portanto, que o Estado “interviesse o mínimo possível na economia, ou na vida de seus cidadãos”, isso era à base do liberalismo, tanto político quanto econômico, que eram “as duas faces da...

    2212  Palavras | 9  Páginas

  • Resgatar os aspectos historicos da construção das politicas sociais no brasil

    brasileira com relação à sua política todo e da nossa sociedade. Também aborda o comportamento do homem público brasileiro, no que diz respeito às suas atitudes, e, sobretudo a visão que as pessoas têm das suas ações. Basicamente relata o significado da palavra “Política” e faz uma relação entre o vídeo apresentado pelo professor Sérgio de Goes Barbosa, chamado “Sociologia Política”, que trata da inauguração de uma ponte por um político, e a charge sobre a palavra Política. Dessa forma, o foco do trabalho...

    1977  Palavras | 8  Páginas

  • direito politica

    O significado da política Aula 1 Prof. Antônio Luiz Arquetti Faraco Jr. Tópicos Um primeiro conceito de política Conceitos associados à política Poder Estado Conflito Bem comum (concepções teleológicas) O que é a política? O político e o social Política e moral Antônio Luiz Arquetti Faraco Jr. 2 Um primeiro conceito de política Política: Derivado do adjetivo originado de polis – politikós, que significa tudo o que se refere à cidade e, conseqüentemente, o que é urbano...

    4589  Palavras | 19  Páginas

  • O poder

    O poder RESUMO O presente trabalho tem como objetivo definir poder segundo a visão dos autores João Ubaldo Ribeiro, Paulo Bonavides e Norberto Bobbio. A pesquisa bibliográfica realizada constata que poder, tem a ver com um jogo de interesses e decisões, que é evidenciado na relação Estado e sociedade, onde instituições (poder executivo, legislativo e judiciário) são instauradas com a finalidade de manter a ordem do povo e moderar o poder do governante. INTRODUÇÃO Varias são as vertentes...

    3582  Palavras | 15  Páginas

  • Prosa Contemporânea

    da Silva. Turma: 3ºC Professora: Liani Prosa contemporânea 1- Romancistas contemporâneos: a) João Ubaldo Ribeiro b) Cristóvão Tezza c) Carlos Heitor Cony d) Milton Hatoum e) Raduan Nassar f) Chico Buarque Para cada poeta pesquisar: Biografia e foto (5 a 10 linhas) Principais obras de cada autor e assuntos tratados. João Ubaldo Ribeiro João Ubaldo (Osório Pimentel) Ribeiro nasceu em Itaparica, Bahia, em 23 de janeiro de 1941. Dos primeiros meses de idade até cerca de onze anos, viveu...

    3901  Palavras | 16  Páginas

  • Resenha informativa do texto grave crise existencial de joão ubaldo ribeiro

    Fonte: HTTP://oglobo.globo.com/opiniao/grave-crise-existencial-6688253#ixzz2C0WAyiks O escritor João Ubaldo Ribeiro analisa em seu texto “Grave crise existencial” a situação de quem vive de direitos autorais através da analogia com a forma que o nome do peru, a ave, é tratado no mundo. Para tanto, foi desenvolvida uma comparação com a confusão de identidades que o peru sofre nos continentes. Em Portugal, deram-lhe o nome de peru porque lá se dizia que ele veio do Peru, entretanto, no próprio país...

    521  Palavras | 3  Páginas

  • A Revolução de 1930 (Resumo)

    A Revolução de 1930 (Resumo) Introdução No fim da década de 1920, os setores que contestavam às instituições da República Velha não tinham possibilidade de êxito: Os tenentes, após vários insucessos, estavam marginalizados ou noexí1io; as classes médias urbanas não tinham autonomia para se organizar. Todavia, uma oportunidade abrir-se-ia para esses setores: uma nova divergência entre as oligarquias regionais e o golpe sofrido pelo setor cafeeiro com a crise mundial de 1929. Fatores da Revolução...

    919  Palavras | 4  Páginas

  • Resumo do livro til

    XIX. Berta é a típica heroína romântica de alma bondosa que se sacrifica em prol de todos. Resumo : Besita, moça pobre, mais bela da região, é objeto de desejo de Luis Galvão, jovem fazendeiro, quanto de Jão, órfão que foi criado junto com Luis Galvão. A moça corresponde ao amor do rico fazendeiro, mas ele não tem interesse em Besita, pois ela é pobre. Influenciada por seu pai, Besita acaba casa com Ribeiro. Ele logo dps a noite de núpcias, parte em viagem para resolver problemas relacionados a uma...

    938  Palavras | 4  Páginas

  • Direito

    FACULDADE DE DIREITO DISCIPLINA: CIÊNCIA POLÍTICA Resumo do livro: Política, João Ubaldo Ribeiro, 1998. Política, de acordo com o livro Política, de João Ubaldo Ribeiro, refere-se ao exercício de alguma forma de poder, e suas consequências. Ela desencadeia uma inter-relação entre a “fonte do poder” e os submetidos a ele. Mas dizer que a Política está relacionada apenas com o exercício do poder, não é satisfatório, pois ela envolve mais. Poder é a capacidade de influência na conduta dos...

    2457  Palavras | 10  Páginas

  • Roteiro de Leitura - A Revolução dos Bichos

    suas metáforas, revela uma aversão a toda espécie de autoritarismo, seja ele familiar, comunitário, estatal, capitalista ou comunista. A obra é de uma genial atualidade. Apesar de tudo o... 1491 Palavras6 Páginas A Revolução dos Bichos - Resumo e Conclusão Resumo: O livro a Revolução dos Bichos faz uma alusão a Revolução Russa, e também é uma sátira ao comunismo e foi escrito por Orwell no auge de Revolução, em 1945. A história se passa na Granja do Solar, onde os animais são escravizados e maltratados...

    1007  Palavras | 5  Páginas

  • Gêneros textuais na mídia impressa

    importância e interesse para a comunidade, sem comentários pessoais, opiniões ou interpretações por parte de quem escreve. Os títulos são chamativos (manchetes) para atrair a atenção de quem lê. No início do texto, freqüentemente, aparece um pequeno resumo com as informações essenciais do fato noticiado. Reportagem Relato de fatos de interesse do público, com acréscimo de entrevistas e comentários para que possa ter uma visão mais ampla do assunto tratado. Nesse tipo de texto, podem ocorrer interpretações...

    746  Palavras | 3  Páginas

  • Fichamento livro- Política quem manda, por que manda, como manda

    Fichamento Texto II – Política quem manda, por que manda, como manda. O presente livro de João Ubaldo inicia caracterizando o conceito de política como sendo algo que vai além da relação de se possuir poder (poder aqui como sendo as relações de dominação), para esclarecer tal ideia o texto expõe o exemplo de indivíduos que ocupam cargos públicos, mas são submetidos a vontade de terceiros que não ocupam cargo algum, logo cabe a esses terceiros o exercício do poder, o que são chamadas de eminencias...

    1541  Palavras | 7  Páginas

  • O velho viajante – Crônica de João Ubaldo Ribeiro

    O velho viajante – Crônica de João Ubaldo Ribeiro By admin | March 31, 2014 0 Comment Acordei cedo e me deu um branco total. Não é a primeira vez em que isto me acontece. Pelo contrário, quanto mais velho vou ficando, mais acontece. Onde estou, de que me trato, que horas são, que cama é esta, que cortinas são estas, que quarto é este, aonde eu fui ontem à noite, bebi alguma coisa estranha? Calma, respirar fundo, deve haver uma explicação, sempre há, não entrar em pânico. E, vagarosamente, as...

    1009  Palavras | 5  Páginas

  • Diversos

    uma visão geral do que está sendo abordado.Que abordara o conto, de João Ubaldo Ribeiro que tem como título ‘’O vagabundo de Lisboa’’. Iremos retratar o que se passa nessa historia e sobre a biografia do autor. • Biografia de João Ubaldo Ribeiro João Ubaldo Ribeiro (1941) é escritor brasileiro. Membro da Academia Brasileira de Letras, ocupa a cadeira nº24. Recebeu o prêmio Camões em 2008. A exemplo de Jorge Amado, Ubaldo Ribeiro é um grande disseminador da cultura brasileira, sobretudo a baiana...

    735  Palavras | 3  Páginas

  • SFSDF

    FSDSNesta atividade você deverá apresentar, em forma de resumo, as ideias defendidas pelo autor João Ubaldo Ribeiro no Artigo "Nós, os desordeiros". Para acessar o artigo, clique no endereço abaixo: http://www.academia.org.br/abl_e4w/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?from_info_index=51&infoid=152 00&sid=955 Para produzir o resumo, siga as instruções abaixo, apontadas por Hartmann e Santarosa (2011, p.153): HARTMANN, Schirley H. de Gois; SANTAROSA, Sebastião D. Práticas de Escrita para o letramento...

    3260  Palavras | 14  Páginas

  • Til - resumo do livro de jose de alencar

    Resumo Besita, moça pobre, porém das mais belas da região, é objeto de desejo tanto de Luis Galvão, jovem fazendeiro, quanto de Jão, um órfão que foi criado junto com Luis Galvão. A moça corresponde ao amor do rico fazendeiro, mas este não tem interesse em desposar Besita, pois ela é pobre. Influenciada por seu pai, Besita acaba casando-se com Ribeiro. Esse, logo após a noite de núpcias, parte em viagem para resolver problemas relacionados a uma herança de família e fica anos afastado. Durante...

    1160  Palavras | 5  Páginas

  • Resenha do livro: política: quem manda, por que manda, como manda - josé ubaldo ribeiro

    Política: quem manda, por que manda, como manda José Ubaldo Ribeiro O livro, denominado pelo próprio autor como um Manual, possui estrutura e linguagem simplificada; procura expor os conteúdos de forma básica, bem explicativa, até didática; tem por conteúdo base um tema comum a todos, já que qualquer ser humano, por viver em sociedade, acaba por coexistir com a Política, das mais diversas formas e em suas mais diversas vertentes. Quanto à estrutura, o conteúdo é organizado em capítulos bem...

    681  Palavras | 3  Páginas

  • Resumo de literatura

    semelhante - Anacoluto: quebra do sentido lógico da frase “a beleza, é em nós que ela existe” - Silepse: * Número: “a plateia ficou extasiada e, no final, aplaudiram de pé” * Pessoa: “os professores precisamos participar mais...” * Gênero: “João, Luís, está enganado” - Diácope: OXO - Epizeuxe: O,O - Anáfora: O------- - Epístrofe: --------O - Epanalepse: O------O - Epanadiplose: O---------- -----------O - Anadiplose: ----------- ---------O O---------- ------------- - Epânodo:...

    3718  Palavras | 15  Páginas

  • Resenha Politica

    RESENHA - do livro de João Ubaldo Ribeiro - POLÍTICA: Quem manda, como manda e por que manda? RESENHA POLÍTICA: Quem manda, como manda e por que manda? “A Política tem a ver com o exercício do poder”, esta definição de política como algo relacionado ao poder não chega a ser satisfatória, pois há inúmeras definições de poder. Os americanos, por exemplo, definem política como “a capacidade de influenciar o comportamento das pessoas”. É evidente, que o ato político possui dois aspectos inerentes:...

    4758  Palavras | 20  Páginas

  • Ciencia politica e teoria geral do estado

    1- Qual é o objeto de estudo da Ciência Política? Como foi o seu surgimento? Como ocorreu o surgimento da Ciência Política no Brasil? R Ciência política é o estudo da política, dos sistemas políticos, das organizações políticas e dos processos políticos. Os Cientistas Políticos podem estudar instituições como corporações ou empresas, uniões ou sindicatos, igrejas ou outras organizações cujas estruturas e processos de ação se aproximem de um governo, em complexidade e interconexão. Conhecimento...

    3125  Palavras | 13  Páginas

  • Estratégias argumentativas no discurso feminino televisivo: um estudo da interação no programa saia justa

    ESTRATÉGIAS ARGUMENTATIVAS NO DISCURSO FEMININO TELEVISIVO: UM ESTUDO DA INTERAÇÃO NO PROGRAMA SAIA JUSTA Eliete Sampaio Farneda Universidade de São Paulo Resumo: A proposta deste trabalho é analisar as estratégias argumentativas femininas, em uma atividade interacional. As atividades das interlocutoras são observadas durante um programa feminino televisivo, para tanto, levamos em conta a Teoria da Nova Retórica, por Perelman e Olbrechts-Tyteca (1996), as questões relacionadas à linguagem e sexo...

    4225  Palavras | 17  Páginas

  • DARCY RIBEIRO: VIDA E OBRA EM BUSCA DA IDENTIDADE CULTURAL DO POVO BRASILEIRO

    DARCY RIBEIRO: VIDA E OBRA EM BUSCA DA IDENTIDADE CULTURAL DO POVO BRASILEIRO CULTURA BRASILEIRA I Rio de Janeiro 2011 O autor Darcy Ribeiro contribuiu de forma significativa para a construção de uma perspectiva crítica em relação à formação do povo brasileiro. Desde a dedicação a causa indígena, passando pela luta por uma educação de qualidade em todos os níveis, chegando à contribuição na política e culminando com a obra “O Povo Brasileiro”. Darcy Ribeiro, antropólogo...

    2176  Palavras | 9  Páginas

  • resumo Ldb

    LICENCIATURA EM CIÊNCIAS SOCIAIS - EAD Política e Organização da Educação básica no Brasil Prof. Jéssika Danielle Dos Santos Pereira Aluno: Jose Duarte Cardoso Ribeiro dias Polo: Olho d’Água das Flores Resumo: Livro Texto 3ª Unidade: As Primeiras Leis de Diretrizes e Bases da Educação Textos Complementares: Revista Aprendiz - Lei que transformou o País completa 50 anos; O Estado de S. Paulo - Os 50 Anos da maior Lei brasileira Para a Educação RESUMO Amparada pela perspectiva de análise...

    1640  Palavras | 7  Páginas

  • PPP

    total domínio, sem duvida a pesquisa em várias fontes foi necessária para comparar e saber o que o leitor de determinado contexto espera de nós escritores. A metodologia utilizada foi os livros base das disciplinas, a análise e escrita da charge, resumo de opinião do artigo “Nós, os desordeiros”, produção de um Editorial, uma carta ao leitor, uma entrevista e uma nota de jornal expressando nossas ideias sobre assuntos relevantes a sociedade. Através desse relatório será possível perceber a importância...

    2622  Palavras | 11  Páginas

  • Fichamento 1

    Fichamento Nome: Fellipe Rodrigues Guedes de Araújo R.A.:21500755 Turma: Direito F/ Matutino Texto: João Ubaldo Ribeiro. “Política. Quem manda, por que manda, como manda” João Ubaldo Ribeiro demonstra em seu texto os diferentes contextos em que a palavra “política” está inserida na sociedade. Seja em contextos que podemos denominar mais particulares, como em uma simples discussão de um casal que vai ao cinema e não sabe qual filme assistir, seja em contextos que envolva um contingente...

    782  Palavras | 4  Páginas

  • Erotismo

    Ditosos” de João Ubaldo Ribeiro. Ana Carolina Alves de Abreu Joabson Lima Figueiredo Resumo: O presente artigo propõe discutir a concepção ocidental sobre o sexo. O erotismo e a pornografia serão as peças chaves desta pesquisa, porém a relação da realidade com a obra A Casa dos Budas Ditosos de João Ubaldo Ribeiro será de grande pertinência para estudar os fenômenos que envolvem a sociedade com a sua sexualidade. Palavras – chave: Literatura transgressora; João Ubaldo Ribeiro;...

    2849  Palavras | 12  Páginas

  • HISTÓRIA DE PIRATINI - RS

    "Capela do Piratinim", por estar próxima ao rio Piratinim. O crescimento da povoação em virtude da excelência das terras para a criação de gado e cultivo de cereais e algodão, fez chamar a atenção do governo que, por alvará do Príncipe Regente, D. João, datado de 3 de abril de 1810, a elevou à categoria de Freguezia, com a denominação de "Freguezia de Nossa Senhora da Conceição de Piratinim". Com a chegada do primeiro vigário, reverendo Jacinto José Pinto Moreira, no mesmo local da primitiva Capela...

    1492  Palavras | 6  Páginas

  • Resumo do livro

    Resumo do livro Os Capitães da Areia são um grupo de meninos de rua. O livro é dividido em três partes. Antes delas, no entanto, há uma seqüência de pseudo-reportagens, explica-se que os Capitães da Areia são um grupo de menores abandonados e marginalizados, que aterrorizam Salvador. Os únicos que se relacionam com eles são Padre José Pedro e uma mãe-de-santo. O Reformatório é um antro de crueldades, e a polícia os caçam como os adultos antes do tempo que são. PERSONAGENS - Pedro Bala: chefe...

    2438  Palavras | 10  Páginas

  • Resumo completo das obras do enem

    ENEM. Porém não é tão fácil conseguir uma boa nota, por isso é importante se preparar. Pensando nisso, os professores do ensino médio propõem aos seus alunos trabalhos que abordam as questões desse exame. O trabalho a seguir é uma compilação de resumos e análises literárias das obras que são abordadas na parte de Literatura do ENEM. Facilitando assim o aprendizado, a compreensão e a interpretação de clássicos da literatura. MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE BRÁS CUBAS Publicado em 1881, o livro aborda as...

    9959  Palavras | 40  Páginas

  • Centro Universit rio de Bras lia UniCEU1

    Texto: RIBEIRO, João Ubaldo. Política: Quem manda, por que manda, como manda. Ed Nova Fronteira, 1998; PP 13-31 (caps 1 e2) No primeiro capítulo do texto de, João Ubaldo Ribeiropolítica: quem manda, por que manda, como manda”, Ribeiro começa questionando se a política realmente é apenas o exercício do poder, porém discutir de fato é muito restrito devido ao poder ser algo muito complexo. E isso acaba gerando uma ligação entre quem executa o poder e quem é submetido a ele, na política...

    607  Palavras | 3  Páginas

  • POLÍTICA BRASILEIRA

    Escola Estadual Amélia Santana Barbosa João Paulo Azevedo Política Política no Brasil e a história dos partidos políticos Brasileiros Betim Setembro de 2012 João Paulo Tadeu de Azevedo Ribeiro Política Política no Brasil e a história dos partidos políticos Brasileiros explicada brevemente em um trabalho...

    2914  Palavras | 12  Páginas

  • Resumo - triste fim de policarpo quaresma

    Sumário 1.Resumo do livro : Triste fim de Policarpo Quaresma........................Pág.4 2. Tradução : Triste fim de Policarpo Quaresma..................................Pág.5 3. Biografia ...........................................................................................Pág.6 4. Obras ................................................................................................Pág.7 5. Referencias bibliograficas..................................................................Pág...

    819  Palavras | 4  Páginas

  • CADERNO RESUMOS Monografias Esp Gest Doc EaD UFSC

    Resumo Monografias Florianópolis Out/2013 Especialização em Gestão e Docência em EaD - UFSC 0 FICHA TÉCNICA INSTITUIÇÃO UFSC - UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA COORDENADOR DO CURSO Prof. Dr. Altair Borgert COORDENADORA PEDAGÓGICA Profa. Dra. Araci Hack Catapan CURSO Especialização em Gestão e Docência em EaD DOCENTES BANCAS Adelson de Paula Silva Altair Borgert Ana Alice Freire Ago ho Andreza Regina Lopes da Silva Araci Hack Catapan Carlos Alberto Dallabona Célio Alves Tibes Júnior Clovis...

    25825  Palavras | 104  Páginas

  • GARIMPO E CONFLITOS: DISPUTAS POLITICAS E TERRITORIAIS NA BACIA DO GARÇA( 1920 – 1930 ).

     GARIMPO E CONFLITOS: DISPUTAS POLITICAS E TERRITORIAIS NA BACIA DO GARÇA( 1920 – 1930 ). Evandro Gabriel Cegati Universidade Federal da Grande Dourados – UFGD / Bacharelado – História. RESUMO Este trabalho apresenta fatos ocorrido no período de 1920 a 1930 na região da Bacia do Garça limite entre os estados de Mato Grasso e Goiás. O estudo se apóia no garimpo de diamantes, e foi constituído além do referencial bibliográfico por uma amostra de 10 documentos históricos. Os dados indicam...

    2152  Palavras | 9  Páginas

  • Obras e Vida

    é o dos quadris”. João Ubaldo João Ubaldo Osório Pimentel Ribeiro nasceu em 23 de janeiro de 1941, na Ilha de Itaparica, Bahia. Cresceu em Sergipe, onde o pai atuava como professor e político, e voltou a morar em Itaparica, por sete anos. Antes passou por outras cidades como Lisboa, Rio de Janeiro e Salvador. No início dos anos 1990 mudou-se para Berlim, na Alemanha, na volta fixou residência na capital carioca. Formado em Direito pela Universidade Federal da Bahia, Ubaldo nunca exerceu a profissão...

    1044  Palavras | 5  Páginas

tracking img