Resumo Lei N10436 E Decreto 5626 05 Trabalhos Escolares e Acadêmicos Prontos

  • PROFISSIONAIS E LIBRAS

    UEL Resumo: Este artigo põe em pauta um assunto de extrema relevância no contexto educacional atual, principalmente após uma década de reconhecimento da Língua Brasileira de Sinais, pela Lei 10.436 de 22 de abril de 2002, regulamentada pelo Decreto 5626 de 22 de dezembro de 2005. Este decreto, ao...

      6363 Palavras | 26 Páginas  

  • 2013 Daniela Reno A ESCOLA BILINGUE COMO MECANISMO DE VIABILIZACAO DA IGUALDADE DE OPORTUNIDADES AO ALUNO SURDO

    LIBRAS e Educação e Surdos SÃO JOSÉ DOS CAMPOS 2013 Resumo Observamos nos últimos anos diversas Leis e Decretos que vêm regulamentar e nortear, sob a perspectiva da educação inclusiva, a educação da pessoa surda no Brasil. Primeiramente, a Lei nº10.098/00 estabelece normas gerais e critérios básicos...

      4307 Palavras | 18 Páginas  

  • libras no ensino superior

    licenciatura plena em letras. SÃO MIGUEL DO ARAGUAIA 2013 Resumo A Lei 10.436/02 reconhece oficialmente a Língua Brasileira de Sinais (Libras) como língua e o Decreto 5626/05 que regulamenta a referida lei, assegura o ensino dessa língua nos cursos de formação de professores. Essa...

      1820 Palavras | 8 Páginas  

  • Programa de Inclusão Educacional para Surdos- PROSURDO

    INTERNACIONAL DO INES/2013 PROGRAMA DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA PARA SURDOS NA PERSPECTIVA BILINGUE – PROSURDO Modalidade de apresentação: Pôster 2 RESUMO O PROGRAMA DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA PARA SURDOS NA PERSPECTIVA BILINGUE – PROSURDO, proposto pela Secretaria Municipal de Educação de Goiânia, tem por...

      2280 Palavras | 10 Páginas  

  • Resumo de aulas

    Resumo das aulas de Libras 02 á 07 Aula 02 Nessa aula explica como é uma Política de Educação Inclusiva e Educação Especial, sobre o ensino AEE e também sobre o decreto Decreto 5626/05 e a Lei nº 10.436/02, que é a educação para pessoas surdas e a libras, onde a escola tem que ser uma escola inclusiva...

      905 Palavras | 4 Páginas  

  • igrejas

      MANDAGUARI-PR  2013                                                    RESUMO  Já te expliquei que o resumo vc faz por último, lembra? Pf excluir este resumo, LER o trabalho todo pra depois elaborar o resumo. Veruska LER é muitoooo importante, sei que não é fácil, mas é preciso LER muito...

      10175 Palavras | 41 Páginas  

  • Libras

    III Período Noturno LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS: LIBRAS Trabalho referente à disciplina Libras Prof. Robson Vieira SÃO PAULO 2012 RESUMO A finalidade desse trabalho é mostrar a importância de LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) no contesto escolar, a importância desde modo de comunicação...

      3105 Palavras | 13 Páginas  

  • Artigo sobre Interprete de LIBRAS em Linhares-ES

    MUNICÍPIO DE LINHARES – ES Ana Paula dos Santos Gonçalves Barbara Biancardi de Sousa Edmara Costa Silva Elaine Cristina Leite Keila Pereira Lozorio RESUMO Este artigo tem por objetivo analisar o processo de implementação dos profissionais interpretes de Libras na rede Estadual de Ensino do município...

      5437 Palavras | 22 Páginas  

  • A aprendizagem de LIBRAS por ouvintes: a indissociabilidade entre teoria e prática constante para sua efetivação

    A aprendizagem de LIBRAS por ouvintes: a indissociabilidade entre teoria e prática constante para sua efetivação¹ Jair Cunha dos Santos² RESUMO A aprendizagem em LIBRAS por pessoas ouvintes se torna cada dia mais evidente graças ao aumento do uso dessa língua em diversos ambientes da vida social...

      3777 Palavras | 16 Páginas  

  • UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA

    fonoaudiologia, orientação familiar para o trabalho e qualificação profissional, artes plásticas, dança, língua de sinais, etc. 2. Faça um quadro resumo das abordagens pelas quais passou a educação de surdos. Oralistas, Comunicação Total e Bilíngüe. A fase oralista foi a primeira e o processo pretende...

      2722 Palavras | 11 Páginas  

  • A história do surdo

    fonoaudiologia, orientação familiar para o trabalho e qualificação profissional, artes plásticas, dança, língua de sinais, etc. 2. Faça um quadro resumo das abordagens pelas quais passou a educação de surdos. Oralistas, Comunicação Total e Bilíngüe. A fase oralista foi a primeira e o processo pretende...

      2827 Palavras | 12 Páginas  

  • UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA

    fonoaudiologia, orientação familiar para o trabalho e qualificação profissional, artes plásticas, dança, língua de sinais, etc. 2. Faça um quadro resumo das abordagens pelas quais passou a educação de surdos. Oralistas, Comunicação Total e Bilíngüe. A fase oralista foi a primeira e o processo pretende...

      2722 Palavras | 11 Páginas  

  • Acessibilidade para surdo por meio da libras e das sinalizações visuais em ambientes públicos

    aperfeiçoar o nosso aprendizado e podermos compartilhá-lo com nossos colegas e educadores. Resumo A Libras é a 2ª língua oficial do nosso país! Foi pelo decreto 5626/2005 que regulamenta a Lei n⁰. 10.436 de 24 e abril de 2002 que o governo reconheceu a LIBRAS como língua materna da população...

      4155 Palavras | 17 Páginas  

  • libras

    da sua gramática. (Dicionário Mini Aurélio 6ª Ed) LIBRAS RECONHECIDA  Lei 10.436, de 24 de abril de 2002, que reconhece como segunda língua oficial do Brasil a Língua Brasileira de Sinais -Libras.  DECRETO Nº 5.626, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2005. LÍNGUA DE SINAIS VS. LÍNGUA ORAL ...

      1212 Palavras | 5 Páginas  

  • aproveitamento de agua de chuva

    Co-orientador _______________________________________________ Nome do terceiro professor integrante da banca 5 RESUMO O presente trabalho avaliou e comparou a Lei 10.785/03 e Decreto Lei 293/06 do Município de Curitiba-PR, no tocante ao dimensionamento do reservatório de aproveitamento de água de...

      10205 Palavras | 41 Páginas  

  • O ATENDIMENTO E A OITIVA DE DEFICIENTE AUDITIVO NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA E NAS SUAS RESPECTIVAS VARAS NO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO - RONDÔNIA

    no judiciário. 2 Definições doutrinárias e legais, 2.1 Conceito de pessoa surda à luz do Decreto n. 5.626/05, 2.2 A obrigação do poder público de apoiar o uso e difusão da LIBRAS conforme determinação da Lei 10.436/02. 3 Da acessibilidade dos deficientes auditivos ao judiciário, 3.1 Do acesso das...

      6736 Palavras | 27 Páginas  

  • ESCOLAS BILINGUES NO BRASIL

    escolas bilíngues para aquisição e desenvolvimento da Libras. No Brasil, observa-se a tentativa de contemplar essa diversidade na Lei da LIBRAS nº 10.436/02 e Decreto 5626/05, documentos oficiais que trazem pela primeira vez a nomenclatura Surdo, em contraposição a Deficiente Auditivo, conforme os anseios...

      737 Palavras | 3 Páginas  

  • Provaa1

    1) Após 24 de abril de 2002 quando a Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS ser oficializada no Brasil pela Lei Federal 10.436 o empenho da comunidade surda por uma educação bilíngue se tornou ainda mais evidente. Qual é a concepção desta educação. Alternativas: a) A educação bilíngue é uma proposta...

      500 Palavras | 2 Páginas  

  • Comex

    LIBRAS é língua brasileira de sinais. Decreto 5626 de 22 de Dezembro de 2005. PCDs = pessoa com deficiência. DEMU = deficiência múltipla,é aquele q tem mais de uma deficiência seja ela auditiva,visual, etc. DA = deficiência auditiva. “Não amaldiçoará um surdo e nem colocara pedras no caminho de...

      260 Palavras | 2 Páginas  

  • AV1EDUCAÇÃO INCLUSIVA E LINGUAS BRASILEIRASDE SINAIS LIBRAS

    Após 24 de abril de 2002 quando a Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS ser oficializada no Brasil pela Lei Federal 10.436 o empenho da comunidade surda por uma educação bilíngue se tornou ainda mais evidente. Qual é a concepção desta educação. Alternativas: a) A educação bilíngue é uma proposta...

      544 Palavras | 3 Páginas  

tracking img