• Resumão IED
    todas as informações contidas nesse texto foram uma análise minha (Helena De Marco) sobre o livro "Introdução ao Estudo do Direito" do autor Tércio Sampaio Ferraz Júnior. Entender o significado de Direito é algo muito difícil, porém há de se convir que ele é, sobretudo, um fenômeno universal, e a língua...
    2320 Palavras 10 Páginas
  • Resumo
    RESUMO DO 1° CAPÍTULO DO LIVRO: Introdução ao Estudo do Direito AUTOR: Tércio Sampaio Ferraz Jr A introdução ao Estudo do Direito é um sistema de conhecimentos, recebidos de múltiplas fontes de informação, destinado a oferecer os elementos essenciais ao estudo do Direito, em termos de linguagem e...
    719 Palavras 3 Páginas
  • Zetética e Dogmática Juridica
    RESUMO O Estudo do Direito é a matéria encarregada de fornecer ao estudante as noções fundamentais para a compreensão do fenômeno jurídico.Nessa disciplina, dois enfoques são possíveis: o estudo do Direito enquanto ciência ou sistema normativo – dogmática jurídica – e o estudo do Direito sob o ponto...
    1603 Palavras 7 Páginas
  • Zetética e Dogmática Juridica
    RESUMO O Estudo do Direito é a matéria encarregada de fornecer ao estudante as noções fundamentais para a compreensão do fenômeno jurídico.Nessa disciplina, dois enfoques são possíveis: o estudo do Direito enquanto ciência ou sistema normativo – dogmática jurídica – e o estudo do Direito sob o ponto...
    1603 Palavras 7 Páginas
  • Zetética e Dogmática Juridica
    RESUMO O Estudo do Direito é a matéria encarregada de fornecer ao estudante as noções fundamentais para a compreensão do fenômeno jurídico.Nessa disciplina, dois enfoques são possíveis: o estudo do Direito enquanto ciência ou sistema normativo – dogmática jurídica – e o estudo do Direito sob o ponto...
    1603 Palavras 7 Páginas
  • Zetética e Dogmática Juridica
    RESUMO O Estudo do Direito é a matéria encarregada de fornecer ao estudante as noções fundamentais para a compreensão do fenômeno jurídico.Nessa disciplina, dois enfoques são possíveis: o estudo do Direito enquanto ciência ou sistema normativo – dogmática jurídica – e o estudo do Direito sob o ponto...
    1603 Palavras 7 Páginas
  • A NORMA JURÍDICA
    Suelen Regina Lemos Barth Página 3 de 35 4. INTRODUÇÃO 6. INSTITUTO JURIDICO 6. ESTRUTURA LÓGICA DA NORMA JURIDICA 15. CONCEITO BÁSICO DE DIREITO 15. CARACTERÍSTICAS DA NORMA JURÍDICA 16. FONTES DO DIREITO 18. PRINCIPAIS RAMOS DO DIREITO 19. VALIDADE, EXISTÊNCIA E EFICÁCIA 25. RELAÇÃO ENTRE NORMA...
    2414 Palavras 10 Páginas
  • Marcos nobre - apontamentos sobre a pesquisa em direito no brasil
    Cadernos... fazem parte da mesma estratégia: com eles, buscamos dar notícia de nossas atividades à comunidade universitária e aos profissionais da área jurídica, além de solicitar sua avaliação e crítica. O texto com que iniciamos a publicação dos Cadernos Direito GV, “Apontamentos sobre a pesquisa em Direito...
    6091 Palavras 25 Páginas
  • Classificação das Normas Juridicas
    INTRODUÇÃO A norma jurídica tem sido objeto de profundos estudos por parte de juristas. No último século, produziu-se um valioso legado doutrinário acerca da norma jurídica, que pela sua amplitude e variedade, vai influenciar gerações, em matéria...
    3074 Palavras 13 Páginas
  • pesquisa em direito no brasil
    APONTAMENTOS SOBRE A PESQUISA EM DIREITO NO BRASIL1 Marcos Nobre RESUMO O artigo apresenta um diagnóstico da situação da pesquisa em Direito no Brasil, buscando caracterizar a concepção de pesquisa vigente nesse campo disciplinar. Enfoca-se em particular a condição de extrema indistinção entre...
    5542 Palavras 23 Páginas
  • Normas Jurídicas
    Maravilha de Benguela Trabalho Investigativo de Introdução ao Direito TEMA Turma: A 10ª Classe Curso: Ciência Económica Jurídica Grupo nº 3 Elaborado Por Armando Aníbal nº3 Edson Armando Martins nº15 Lucunde Edvaldo Segunda...
    7086 Palavras 29 Páginas
  • A construção da efetividade da norma jurídica
    A CONSTRUÇÃO DA EFETIVIDADE DA NORMA JURÍDICA PELO ENFOQUE POSITIVISTA E A SUPERAÇÃO PELO PÓS-POSITIVISMO Resumo O artigo em questão visa estabelecer um estudo de como se verifica a efetividade da norma jurídica pelo enfoque positivista e póspositivista. Nesse sentido, busca estabelecer como se...
    5354 Palavras 22 Páginas
  • Direito
    CRISTALINA MANOEL ACÁCIO G. DE CASTRO COMO INTERPRETAR O SISTEMA JURÍDICO Orientador: Professor PANDOLFI, Roberto Cristalina, GO. 2012 RESUMO: O presente estudo tem como objetivo investigar o surgimento e analisa o Direito como linguagem e sua plurivocidade, a qual dá ensejo a diversas interpretações...
    6615 Palavras 27 Páginas
  • Trabalho de introdução
    norma jurídica. Na busca de uma definição do Direito, a norma jurídica, em si, não é suficiente para defini-lo, sendo, portanto, necessária a perspectiva do ordenamento jurídico para fazê-lo. Nesse contexto, dá a sua própria definição de direito, identificando-a com a da própria norma jurídica, para...
    3795 Palavras 16 Páginas
  • Sistema prional
    Resumo: Este artigo busca apresentar sumariamente algumas dificuldades encontradas nas disciplinas zetéticas dos cursos de Direito, enfocando os conteúdos e os problemas com a pesquisa. Defende-se que há uma dicotomia entre disciplinas dogmáticas e disciplinas zetéticas levam a um estranho ensino de...
    10082 Palavras 41 Páginas
  • Disciplina introdução ao estudo do direito i
    Escola de Ciências Jurídicas DISCIPLINA INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO I 1. APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA A Introdução ao Estudo do Direito é matéria de iniciação, que abre para os alunos as portas do Curso de Direito. Seu objetivo principal é despertar nos principiantes o gosto e o entusiasmo...
    3433 Palavras 14 Páginas
  • Traba
    DOGMÁTICA JURÍDICA: CARACTERIZAÇÃO DE UM CONHECIMENTO JURÍDICO HISTORICAMENTE CONSTRUÍDO Lucas Suárez de Oliveira Tozo * Ari Marcelo Solon** SUMÁRIO: 1 Introdução. 2 Referencial teórico: 2.1 Perspectiva histórica da Dogmática Jurídica; 2.2 As três heranças e suas contribuições para a Dogmática Jurídica;...
    12083 Palavras 49 Páginas
  • Gerencial
    DIREITO: DO DIREITO PRUDENCIAL AO DIREITO CONTEMPORÂNEO. THE RELATIONSHIP BETWEEN RIGHT AND MORAL: THE PRUDENTIAL RIGHT TO CONTEMPORARY LAW Resumo A relação entre o direito e a moral não pode ser esquecida, apesar de serem ramos diferentes das ciências humanas, eles não devem se distanciar...
    10894 Palavras 44 Páginas
  • Zetética e Dogmática jurídica
    CONCEPÇÕES ZETÉTICA E DOGMÁTICA DO DIREITO Alagoinhas/Bahia Março/2013 UNIRB/FARAL – Faculdade Regional de Alagoinhas Curso de Bacharelado em Direito CONCEPÇÕES ZETÉTICA E DOGMÁTICA DO DIREITO Trabalho...
    2197 Palavras 9 Páginas
  • Normas jurídicas
    INTRODUÇÃO A norma jurídica é a célula do ordenamento jurídico (corpo sistematizado de regras de conduta, caracterizadas pela coercitividade e imperatividade). É um imperativo de conduta, que coage os sujeitos a se comportarem da forma por ela esperada e desejada. A compreensão da norma jurídica somente é possível...
    4929 Palavras 20 Páginas