Resumo Filosofia Da Educaçao Maria Lucia Arruda Aranha artigos e trabalhos de pesquisa

  • Filosofia

    Disciplina:  FILOSOFIA, COMUNICAÇÃO E ÉTICA (979V)    Professor responsável: Vladimir Fernandes   Caro aluno,   Este é o modulo de apresentação da disciplina Filosofia, Comunicação e Ética. Aqui você inicia seu programa de estudos online. Os conteúdos estão divididos em oito módulos. Cada modulo contém: um texto introdutório, a bibliografia indicada para estudo, um exercício respondido e comentado e outros exercícios para você refletir e resolver.   MODULOS DA DISCIPLINA   1. Comunicação, linguagem...

    6338  Palavras | 26  Páginas

  • filosofia e religião

    ffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffff. ffffffffffffffffffffffffffddddddddddddddddddddddd Resumo - Filosofia Do Direito - Tércio |Estudos de Filosofia do Direito | |Reflexões sobre o Poder, a Liberdade, a Justiça e o Direito | |Tércio Sampaio Ferraz Junior | Obs: o que está em itálico, abaixo de algum título ou subtítulo, refere-se a algum pon 52133 Palavras209 Páginas Resumo Aulas Ciências Políticas E Filosofia Do Direito Resumo das aulas Pré-História = até 4.000 a.C. Antiguidade = de 4.000 a.C a 476 d...

    644  Palavras | 3  Páginas

  • Filosofia da educação

    Faculdade Anhanguera de Taboão da Serra Danielle de Almeida Silva RA 4208810790 Turma de pedagogia – 2ºA Filosofia da Educação – Professora Rita Resumo dos Capítulos 1 e 2 do PLT “ Filosofia da Educação”, de Maria Lucia Arruda Aranha Dezembro de 2012 Capitulo 1 – Filosofia e filosofia da educação Diferentes olhares Podemos olhar o mundo por diferentes olhares, entre eles: 1) Mito - Acreditar em algo por intermédio de fé, crença. Normalmente está ligada ao religioso, espiritual...

    1151  Palavras | 5  Páginas

  • FILOSOFIA

     (“A filosofia ocidental surgiu na Grécia, por volta dos séculos VII e VI a. C. antes da filosofia predominava o pensamento mítico, sobre tudo representado pelas epopeias de Homero ( Ilíada e Odisseia ) e a teogonia de Hsíodio”. ) Maria Lúcia Arruda Aranha Filosofia da Educação, capitulo 1. Página 22 (“Podemos olhar o mundo e a nós mesmos de diversas perspectivas: do mito, da religião, do senso comum, da ciência, da arte e da filosofia. Essas abordagens compreensivas...

    1047  Palavras | 5  Páginas

  • Maria Lucia Arruda

    ETEC Centro Paula Souza Ferraz de Vasconcelos Maria Lucia Arruda Aranha Cidade: Ferraz de Vasconcelos Data de Entrega: 13/05/2015 Arthur Bispo 1ºA Camila Francine Oliveira Samuel Vânio Oliveira Maria Lucia Arruda Aranha Trabalho de Filosofia sobre “Maria Lucia Arruda aranha” Apresentado para o professo Fabio na instituição de ensino ETEC ...

    898  Palavras | 4  Páginas

  • Resenha critica filosofia

    FEDERAL DE OURO PRETO CENTRO DE EDUCAÇÃO ABERTA E A DISTÂNCIA CURSO DE PEDAGOGIA DISCIPLINA: FILOSOFIA E EDUCAÇÃO II Resenha crítica realizada na disciplina Filosofia e Educação II com objetivo de confrontar as discussões do Fórum Contextos Educacionais com os textos de Maria Lúcia de Arruda Aranha. “Cultura e humanização”, “As relações de trabalho” e “As relações de poder” (Filosofia da Educação, 2006, capítulos 1, 2 e 3) de Maria Lúcia de Arruda Aranha alicerçou o primeiro Fórum de discussão...

    588  Palavras | 3  Páginas

  • Resumo dos 3 primeiro capitulos da MARIA LUCIA ARRUDA ARANHA FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO

    TÍTULO: FILOSOFIA E FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO - CAPÍTULO 01. DE MARIA LÚCIA ARRUDA ARANHA - FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO. A escola não é um espaço neutro e o professor deve ser um intelectual transformador, discutindo quais são as dificuldades atuais para implantação de trabalhos participativos no espaço escolar. Uma das maiores dificuldades que as escolas e os professores encontram é a falta de compromisso dos pais na educação de seus filhos, deixando essa tarefa para a escola (professor). O professor transformador...

    712  Palavras | 3  Páginas

  • Antiguidade oriental à educação tradicionalista

    RESUMO Na Antiguidade Oriental, a educação passa a ser tradicionalista, e o ensino privilégio de uma pequena elite, ficando a grande massa excluída e restrita à educação familiar informal. Já a educação grega, buscava a formação integral, corpo-espírito e o debate intelectual. Na Grécia nascem a Filosofia, da Grécia vêm os sofistas, o diálogo socrático, a utopia de Platão e a pedagogia aristotélica, que, embora apresentasse algumas semelhanças com a grega, ao contrário desta, era mais literária...

    532  Palavras | 3  Páginas

  • Educação medieval

    EDUCAÇÃO MEDIEVAL Adriana Santa Rosa Barcelos Prof. Orientador: Fernando Roberto Barbosa Júnior Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI Licenciatura em Letras (LED 0102) - História da Educação. 08/07/11 RESUMO Na Idade Média, o que aprenderia e onde estudaria dependeria do tipo de sua família. As pessoas medievais acreditavam que a educação devia treiná-lo para ser bem sucedido na vida adulta, não era algo para ser desfrutado em si. Portanto, o filho de um nobre precisaria aprender...

    1182  Palavras | 5  Páginas

  • resumo filosofia da educação

    Fichamento Citação ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. Filosofia da Educação. São Paulo: Moderna, 1996. pp. 14-76. Capítulo 1 Cultura e humanização “[...] modo de pensar resulta da sociedade hierarquizada, que separa o trabalho humano em atividades intelectuais e manuais, valorizando as primeiras em detrimento das últimas... nas tribos não existe ainda a separação entre o pensar e o agir. Trata-se de outra cultura [...] O contato do homem com a natureza, com outros homens e consigo mesmo é intermediado...

    2371  Palavras | 10  Páginas

  • Maria de Lucia Arruda Aranha

    MARIA LÚCIA DE ARRUDA ARANHA BIOGRAFIA: MARIA LÚCIA DE ARRUDA ARANHA: Nasceu em Três Lagoas, Mato Grosso do Sul. Formada em Filosofia na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Lecionou para o Ensino Médio em escolas da rede pública e particular, até se aposentar. Em parceria com Maria Helena Pires Martins, é autora de "Filosofando - introdução à filosofia" e "Temas de filosofia", publicados pela Editora Moderna. É autora também de Filosofia da Educação e História da...

    737  Palavras | 3  Páginas

  • Educação Espartana

    EDUCAÇÃO NA GRÉCIA ANTIGA Educação Espartana Valdecir José Schappo Prof. Rakel de Queiroz Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI Curso de História (HID 0257) – História da Educação 09/11/2012 RESUMO Este trabalho discorre sobre a educação grega com ênfase na educação espartana. Como era realizada a educação espartana e seus princípios morais. Na Grécia antiga a educação tinha como principal objetivo a formação do cidadão, sendo que as cidades-estados tinham culturas...

    1902  Palavras | 8  Páginas

  • atividades filosofia

      Disciplina:  FUNDAMENTOS DE FILOSOFIA E EDUCAÇÃO     Professor responsável: Vladimir Fernandes     Caro aluno,   Este é modulo de apresentação da disciplina Fundamentos de Filosofia e Educação. Aqui você inicia seu programa de estudos online. Os conteúdos estão divididos em oito módulos. Cada módulo contém: um texto introdutório, a bibliografia indicada para estudo, um exercício respondido e comentado e outros exercícios para você refletir e resolver.   Esta disciplina tem como objetivos: ...

    1083  Palavras | 5  Páginas

  • resposa do livro filosofia filosofandopagina 24

    Resposta Da Pagina 24, Do Livro Filosofando RESPOSTA DA PAGINA 24, DO LIVRO FILOSOFANDO (FILOSOFIA) 1. Todos nós somos filósofos, no sentido bem amplo, porque todos têm a capacidade de pensar., porque temos pensamentos em comum. “O mal que ha no mundo é compatível com a existência de Deus?”, “O que é que nos permitem distingddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddd- dddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddd- ddddddddddddddddddsddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddd-...

    1035  Palavras | 5  Páginas

  • Atps filosofia

    ENSINO E APRENDIZAGEM CURSO: Serviço Social Disciplina: Período Letivo: Série: Periodo: Filosofia Aplicada ao Serviço Social 2° sem/2012 2ª Série Não definido C.H. Teórica: 60 C.H. Outras: 20 Semestre de Ano de Ingresso: Ingresso: 2012 1º C.H. Total: 80 Ementa Conceito de Filosofia. Filosofia e outras formas de conhecimento. Do senso comum à consciência filosófica do mundo. Panorama da história da filosofia. Correntes filosóficas. Análises temáticas a partir das correntes filosóficas e suas influências...

    1743  Palavras | 7  Páginas

  • História da educação no brasil

    História da Educação Brasileira Resumo apresentado como requisito parcial para avaliação da disciplina de História da Educação do curso de Licenciatura em Computação do IFBA – Valença, sob orientação da professora Márcia Gonçalves. Valença – Bahia 2013 História da Educação Brasileiro A chegada dos jesuítas às terras brasileiras, há muito considerada como marco inicial da história da educação no país, trouxe um padrão formal de educação europeu...

    1800  Palavras | 8  Páginas

  • filosofia

    DISCIPLINA: FUNDAMENTOS FILOSÓFICOS DA EDUCAÇÃO NOME DO GRUPO: PEDAGOGAS DE ATITUDE “TÍTULO DA ATIVIDADE: FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO” ATPS ETAPA 1 PROFESSOR: MARCEL ERCOLIN JUNDIAÍ 16 DE SETEMBRO DE 2014 Tema escolhido: Filosofia da Educação, o ato de educar e senso comum. Porque da escolha: Escolhemos essa temática, porque ela abrirá novos horizontes na área da educação filosófica , sendo hoje o principal...

    1319  Palavras | 6  Páginas

  • filosofia

    Devido à ignorância, o baixo nível intelectual e a preguiça mental das pessoas. Filosofia é essencialmente espírito crítico, o filósofo não engole nada atravessado, ele questiona tudo, ele faz questão de entender e não acreditar. E isso dá um trabalho danado!!. É mais fácil "deixar pra lá". Se todos fossem mais exigentes, todos se interessariam pela Filosofia e aí ela se valorizava. FACULDADES UNIDAS DO VALE DO ARAGUAIA A IMPORTÂNCIA DO TRABALHO COM A LITERATURA INFANTIL PARA O DESENVOLVIMENTO INTEGRAL...

    1013  Palavras | 5  Páginas

  • lúdico na educação infantil

     Educação no período repúblicano Edriele da silva correa Professora: Bruna Centro Universitário Leonardo da Vinci- Uniasselvi Curso Pedagogia 0651 - Prática modulo I Resumo: O trabalho tem por objetivo analisar as contribuições da educação no período republicano, como era, e por que mudou, o que mudou durante o governo de Getúlio Vargas. Inrodução: Os republicanos criticavam a ordem estabelecidadurante o Império, propondo um novo projeto para o Brasil, pois o legado imperial relacionado...

    544  Palavras | 3  Páginas

  • Fundamentos da educação

    UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE – UFRN CURSO LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS- EAD FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO - FPD0003_2013.1 1° TRABALHO AVALIATIVO ALUNA: MATRICULA POLO MACAU-RN PROFESSORA: O que pode fundamentar o fazer pedagógico e didático do professor de ciências? O professor de ciências atualmente deve ter o seu fazer pedagógico fundamentado primeiramente em conceitos que concebam ao o ensino da ciência como uma atividade humana comprometida...

    1041  Palavras | 5  Páginas

  • Aula 2 Filosofia Antiga Parm Nides Her Clito Plat O E Arist Teles

    PARMÊNIDES DE ELÉIA E HERÁCLITO DE ÉFESO 1. CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS 1.1. O período cosmológico ou pré-socrático se estende do fim do século VII a.C. ao fim do século V a.C. As principais características da filosofia pré-socrática são as seguintes: 1.1.1. É uma explicação racional e sistemática sobre a origem, a ordem e a transformação da natu- reza. 1.1.2. Busca o princípio natural, eterno, imperecível e imortal, gerador de todos os seres. 1.1.3. Afirma que, embora a physis seja imperecível...

    4896  Palavras | 20  Páginas

  • Educação difusa: a educação entre os povos primitivos

    EDUCAÇÃO DIFUSA: A EDUCAÇÃO ENTRE OS POVOS PRIMITIVOS Neudes Silva do Nascimento Professor-autor: Giancarlo Moser Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI Licenciatura em Pedagogia (PED 0078) – História da Educação 12/06/2010 RESUMO O que se propõe com este paper é apresentar uma descrição do que foi a educação na idade primitiva; como os povos primitivos, a partir do surgimento do Homus Sapiens Sapiens, recebiam educação, se socializavam e criavam sua identidade étnica...

    2405  Palavras | 10  Páginas

  • Filosofando introducao a filosofia

    superior do formulário Pesquisar Parte inferior do formulário * Página Inicial » * Filosofia Resumo Livro Filosofando Resumo Livro Filosofando Universidade Católica do Salvador Síntese de Filosofia                                                                                     Turma 31 - Matutino Salvador, 24 de março de 2011 Texto: O Homem ( livro: Filosofando – Maria Lícia A. Aranha e Maria Helena Martins) Capítulo 1 – A Cultura 1.Introdução Sempre fora Critério de discussão humana...

    1068  Palavras | 5  Páginas

  • Resenha aranha, maria lucia de arruda. filosofia da educação. 2º ed. rio de janeiro/rj. ed. moderna. 2006.

    INTRODUÇÃO O filme mostra a realidade da educação em uma pequena escala que, está conectada com a totalidade educacional na relação professor – aluno de modo geral, isto é, em escala global, e nos textos da autora Maria Lucia de Arruda aranha é demostrado essa relação em todos os níveis possíveis, passando pela escola tradicional, a escola tecnicista e a escola nova ASSOCIAÇÃO A escola nova pretendera revolucionar os métodos trazendo para a vida a escola tradicional. No entanto...

    1447  Palavras | 6  Páginas

  • a influencia burguesa na educaçao moderna

    A INFLUÊNCIA BURGUESA NA EDUCAÇÃO MODERNA Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI RESUMO As idéias e pensamentos filosóficos influenciaram a transformação do ensino no início da educação moderna e, ainda hoje essas idéias e pensamentos influenciam os pedagogos. Na educação moderna a criança se desprende das normas da igreja e pode se expressar livremente. Com o fim das cruzadas no século XIII, ocorre um grande crescimento urbano e cultural. A burguesia cresce e no período do renascimento...

    1582  Palavras | 7  Páginas

  • Resenha Do FIlme A Missão E Os Textos De Aranhas 1 Bimestre

    ARANHA, Maria Lucia De Arruda. Historia da Educação e da pedagogia: geral e Brasil. São Paulo: Moderna, 2006. A Missão. Direção: Roland Joffé .Produção Fernando Ghia , foz Iguaçu-PR , 1986.126 min.Son,color ,formato: 16mm. 417 MB. Carina Greicy Rak ¹ Luciani Wolf ² A presente resenha discute a educação jesuítica no Brasil ,tendo por base os textos estudados pelos alunos de pedagogia noturno da UNESPAR, os texto são da Autora Maria Lucia de Arruda Aranha e o filme A MISSÃO dirigido por Roland...

    1262  Palavras | 6  Páginas

  • A filosofia como ciência e a dificuldade em se implantar o ensino da disciplina nas escolas

    Fundamentos Filosóficos da Educação Resumo Este trabalho vai mostrar o panorama da educação pelo prisma da Filosofia contemplando as dificuldades da implantação desta disciplina nas escolas, e educação no presente século e seus desafios a indústria cultural e sua influência na educação e a análise da teoria o filósofo Pierre Bourdieu e sua aplicação à realidade brasileira. A Filosofia como ciência e a dificuldade em se implantar o ensino da disciplina nas escolas A Filosofia é a ciência que estuda...

    2594  Palavras | 11  Páginas

  • filosofia

    RESUMO: O artigo científico tem por finalidade mostrar a passagem do pensamento mítico para o racional mostrando os acontecimentos que influenciaram essa mudança. O mito como primeira forma de o homem se encontrar no mundo, sua influência no meio social e os fatos que fizeram com que essa forma de situar o ser humano fosse superada pela razão, como por exemplo, as divergentes explicações filosóficas pré-socráticas sobre o princípio das coisas, o surgimento do universo e as inúmeras transformações...

    4145  Palavras | 17  Páginas

  • História da educação e da pedagogia no brasil

    MUNICÍPIO DE SAPUCAIA DO SUL - CONCURSO PÚBLICO N.º 01/2011 PROGRAMAS E BIBLIOGRAFIAS SMED – SECRETÁRIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO NÍVEL MÉDIO LÍNGUA PORTUGUESA CARGOS: TODOS PROGRAMAS: As questões de Língua Portuguesa versarão sobre o programa abaixo. Não serão elaboradas questões que envolvam o conteúdo relativo ao Acordo Ortográfico promulgado pelo Decreto n.º 6.583, de 29/09/2008. 1. Análise e interpretação de texto. 1.1 Compreensão global do texto. 1.2 Estrutura do texto e dos parágrafos. 1.3 Idéias...

    8925  Palavras | 36  Páginas

  • Filosofia da educação x formação docente

    FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO X FORMAÇÃO DOCENTE: uma reflexão necessária Local 2013 RESUMO A filosofia da educação como elemento indispensável à formação docente no processo de instrução do discente. O objetivo deste artigo é apresentar o lugar que a filosofia da educação ocupa na formação e na prática do educador. Para tanto, realiza-se uma reflexão filosófica na educação, como forma de entender os conceitos preeminentes da filosofia e assim direcionar...

    2576  Palavras | 11  Páginas

  • Paper historia da educação

    A EDUCAÇÃO NO RENASCIMENTO As Mudanças da Educação Jakeline Sens Kamers Prof. Giancarlo Moser Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI Pedagogia (PED6131) – História da Educação 07/03/08 RESUMO O Renascimento é um marco que expande o conhecimento para todos, trazendo mudanças no modo de viver e pensar das pessoas. Este estudo esclarece as principais dúvidas a respeito da postura do homem frente aos novos caminhos tomados após a Renascença, desvendando a ele os segredos...

    1438  Palavras | 6  Páginas

  • Educação no renascimento

    A EDUCAÇÃO NO RENASCIMENTO Educação na Reforma e na Contra-Reforma Reforma Protestante e a Educação Reforma Católica e a Educação Marilene Neves de Oliviera Prof. Giancarlo Moser Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI História/Licenciatura (turma HID 1571)- História da Educação 20/08/08 RESUMO O período renascentista foi um despertar das mentes adormecidas pelo jugo que o sistema feudal causou ao povo; um sistema que já estava ultrapassado. Com as conquista marítimas a burguesia...

    1342  Palavras | 6  Páginas

  • Filosofia- introdução

    1 Núcleo de Educação a Distância UVAONLINE Filosofia Unidade 1 A Condição Humana 2011 2 Núcleo de Educação a Distância Aviso importante Este material foi produzido com o objetivo de permitir que você realize consultas off-line ao conteúdo do curso virtual. No entanto, alertamos para o fato de que o curso deve ser feito no modo digital. O conteúdo foi desenvolvido prevendo a utilização dos recursos que a mídia eletrônica pode oferecer. Através do ambiente UVAONLINE, a...

    4193  Palavras | 17  Páginas

  • Transformações na educação durante arevolução burguesa

    TRANSFORMAÇÕES NA EDUCAÇÃO DURANTE A REVOLUÇÃO BURGUESA RESUMO Ao final do século XVIII o mundo passava por grandes transformações, uma delas a Revolução Burguesa, destacamos as revoluções que aconteceram na educação, pensadores e pensamentos que transformaram este período. A burguesia cresce e no período do renascimento, as sociedades têm grande interesse pela educação. A burguesia de modo especial tem interesse pela educação, para que seus filhos tomassem frente à política e aos seus negócios...

    1513  Palavras | 7  Páginas

  • A educação Jesuitica

    A Educação Jesuitica e o Desenvolvimento da Cultura Indigena Ao chegar no Brasil em 1500 portugal surpreendeu-se com povo presente,um povo tribal sem costumes,sem educação,segundo eles. Após a descoberta passou-se quase 50 anos para fala-se em educação pois de inicio os colonizadores só tinha a precupação de explorar os recursos presentes, a fauna,flora,e os recursos minerais,segundo o autora Aranha Maria Lúcia de Arruda(2006,pág139) “a educação não consistia uma prioritária,já que o desenpenho...

    919  Palavras | 4  Páginas

  • Fichamento de Texto transcrito: ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. Filosofia da Educação. São Paulo: Moderna, 1996. pp. 14-76.

    Fichamento de Texto transcrito: ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. Filosofia da Educação. São Paulo: Moderna, 1996. pp. 14-76. Capitulo 16 - A escola tradicional 1. Origem da escola tradicional “A escola se institucionaliza de maneira mais complexa a partir do Renascimento e da Idade Moderna, quando exige o confinamento dos alunos em internatos, a separação por idades, a graduação em séries, a organização de currículos e o recurso dos manuais didáticos”. 2. Características gerais “Quanto ã relação...

    1137  Palavras | 5  Páginas

  • A filosofia da educação

    A FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO Marcelo de Magalhães Brasil Professor Instituição RESUMO Palavras Chave: Filosofia, educação, libertação humana. 1. INTRODUÇÃO Com o Surgimento da Filosofia traz através de diversos debates e diálogos uma reflexão da problematização, da argumentação, que leva o educador a descobrir um método eficiente e capaz de ajudar o educando a pensar e refletir e não apenas a reproduzir conhecimentos...

    2000  Palavras | 8  Páginas

  • Importância da Filosofia na educação

    IMPORTÂNCIA DA FILOSOFIA NA EDUCAÇÃO E Projeto apresentado para integralização da Prática do Módulo 02 - Licenciatura em Ciências Biológicas - Centro Universitário Leonardo da Vinci. Nome: Professora-Tutora externa: Gicele Marcon. ...

    4185  Palavras | 17  Páginas

  • Ensinar-aprender filosofia na escola: a experiência no minicípio de Salvador

    Revista Sul-Americana de Filosofia e Educação – RESAFE ENSINAR–APRENDER FILOSOFIA NA ESCOLA: A EXPERIÊNCIA DO PIBID NO MUNICÍPIO DE SALVADOR/BA Adriany Thatcher Castro Soares* Alexandra Quadro Siqueira** Vera Lúcia Santos Mutti Malaquias*** Resumo: O presente trabalho analisa o itinerário do ensino de filosofia no Brasil, analisando o percurso da ausência desta disciplina nos currículos escolares, até a recente obrigatoriedade legal, que fundamenta a criação de propostas tais como a do Programa...

    3575  Palavras | 15  Páginas

  • Educação é qualidade de vida

    EDUCAÇÃO É QUALIDADE DE VIDA Azenate Pereira de Sousa1 Andréia Alves Poty2 Umbelina Maria Cardoso Freitas3 RESUMO Esta pesquisa visa trabalhar uma reflexão crítica no uso do conceito de educação com a ideia de iniciar uma compreensão de que a educação é o único fator responsável e condizente para a conquista de uma condição de vida satisfatória e desejável em todos os aspectos sociais e econômicos. Partindo da questão de que a educação é o fundamento básico para o desenvolvimento do ser humano...

    3903  Palavras | 16  Páginas

  • Educação

    UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ-UESPI CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO ,CULTURA E ARTES-CCECA LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA REGIME-ESPECIAL DISCIPLINA: PRÁTICA EM ENSINO FUNDAMENTAL CELCIANE RODRIGUES DE MOURA DALVITA DO NASCIMENTO SANTOS APLICAÇÃO DA MÚSICA COMO RECURSO DE APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL URUÇUÍ 2011 CELCIANE RODRIGUES DE MOURA DALVITA DO NASCIMENTO SANTOS APLICAÇÃO DA MÚSICA COMO RECURSO DE APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL Monografia apresentada como pesquisa final...

    5199  Palavras | 21  Páginas

  • Os “diversos rostos da infância” e suas respectivas formas de educação

    RESPECTIVAS FORMAS DE EDUCAÇÃO Desafio de aprendizagem da Disciplina de Fundamentos Filosóficos da Educação do Curso de Pedagogia da Universidade Anhaguera-Uniderp. . Osasco/SP 2011 RESUMO Ao elaborar este trabalho teve como objetivo refletir sobre A Construção histórico-filosófica do conceito de infância, tendo como questão central Os “diversos rostos da infância” e suas respectivas formas de educação. Em primeiro momento...

    2301  Palavras | 10  Páginas

  • Filosofia cap.1 revisado

    Literatura Hispânica Fundamentos de Filosofia FUNDAMENTOS DE FILOSOFIA Prof. Esp. Paulo Sérgio Rodrigues da Silva Fundamentos da Filosofia 1 Licenciatura em Letras SUMÁRIO INTRODUÇÃO PLANO DO CURSO CAPÍTULO 1 – Origem da Filosofia: do mito a reflexão filosófica CAPÍTULO 2 – Conhecimento: senso comum e conhecimento científico CAPÍTULO 3 – A linguagem na compreensão filosófica CAPÍTULO 4 - Aspectos introdutórios à Filosofia da Educação CONSIDERAÇÕES FINAIS REFERÊNCIAS ...

    4109  Palavras | 17  Páginas

  • a filosofia

    ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E NORMAL PROPOSTA PEDAGÓGICA CURRICULAR DISCIPLINA DE FILOSOFIA FORMAÇÃO DE DOCENTES DA EDUCAÇÃO INFANTIL E ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL, EM NÍVEL MÉDIO, NA MODALIDADE NORMAL MARECHAL CÂNDIDO RONDON 2010 JUSTIFICATIVA A disciplina de Filosofia no ensino médio esteve oficialmente fora dos currículos escolares de educação básica desde 1971 quando em plena ditadura militar, no governo do general Emílio Garrastazu Médici...

    1703  Palavras | 7  Páginas

  • História da Educação no Brasil

    A HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO NO BRASIL Relações entre a formação do sujeito e as influências do meio escolar Mayara da Silva Gladys Soraia Silva Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI Pedagogia (ped553) – Prática do Módulo I 23/06/2012 RESUMO A Educação sempre esteve presente na sociedade, mesmo que sejam na pré-história, as suas ações já contribuíram para formar a história da educação, pois vários fatores estão vinculados a isso, a cultura, filosofia, religião, política...

    1903  Palavras | 8  Páginas

  • ANÁLISE SOBRE O “CONTO DE ESCOLA” DE MACHADO DE ASSIS ACERCA DA EDUCAÇÃO

    ANÁLISE SOBRE O “CONTO DE ESCOLA” DE MACHADO DE ASSIS ACERCA DA EDUCAÇÃO Mayra Othero Nunes Jardim Mugnaini¹ RESUMO Este artigo tem como objetivo a análise do “Conto de Escola” do escritor brasileiro Machado de Assis, utilizando como base alguns conceitos, destacando-os acerca da educação. Primeiramente, considera-se o contexto histórico-social-educacional em que o Brasil, no século XIX, encontra-se. Utilizando assim, após, os conceitos de: liberdade, etnocentrismo, gênero, ideologia, disciplina...

    3391  Palavras | 14  Páginas

  • educaçao e movimento social

    Educação e Movimento Social: contradições e convergências nos movimentos pela reforma agrária e pelo trabalho associado Edi Augusto Benini Elcio Gustavo Bonini Grabiel Gualhanone Nemirovisky Cristhiane Aparecido Falchette A educação na perspectiva das lutas sociais O texto nos faz refletir na pergunta para que educação? Para manter a classe burguesa no fundo é bem isso, poderíamos também transformar o mundo e a si próprio. Nas sociedades em que existe uma desigual...

    655  Palavras | 3  Páginas

  • A relação entre Manacorda e Aranha

    A RELAÇÃO ENTRE MANACORDA E ARANHA É certo que muito já se escreveu sobre historia da educação. Pretendo acrescentar alguns elementos nessa discussão, tentando mostrar que a pratica educacional é constante e que a educação escolar nasce não como valor social, mas como mecanismo de luta de classes ou, se quisermos outra categoria, ela se manifesta como mecanismo de manutenção das estruturas sociais. Sendo assim, a classe dominante se utiliza não só da educação informal, mas da instituição escolar...

    852  Palavras | 4  Páginas

  • 1 Importancia da história da educação

    25/02/2012 IMPORTÂNCIA DA HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO História da Educação História – pensar o passado não deve ser compreendido como exercício de saudosismo, curiosidade ou preocupação erudita. O passado não é algo morto: nele estão as raízes do presente. É compreendendo o passado que podemos dar sentido ao presente e elaborar o futuro. A história, portanto, resulta da preocupação que o homem tem de reconstituir o passado, relatando os acontecimentos por meio da seleção dos fatos considerados...

    723  Palavras | 3  Páginas

  • Filosofia da educação

    A CONSTRUÇÃO HISTÓRICO-FILOSÓFICA DO CONCEITO DE INFÂNCIA [1] São Paulo-SP 2010 RESUMO O presente trabalho tem como objetivo principal analisar a infância do ponto de vista histórico, promovendo assim, uma reflexão sobre o seu desenvolvimento em função das mudanças sociais, na aquisição de conhecimentos e através da Educação. Palavras Chave: Infância; Conceito; História. SUMÁRIO ...

    2591  Palavras | 11  Páginas

  • Resumo 114

    FILOSOFIA NAS SÉRIES INICIAIS: UMA PRÁTICA POSSIVEL? Aline Menon 1 Sandra Apª Polon 2 RESUMO: Este artigo é parte integrante da pesquisa monográfica Filosofia nas Séries Iniciais: Uma prática possível? Desenvolvida no curso de Pedagogia, à qual tem por finalidade investigar o ensino de filosofia nas séries iniciais. É um estudo qualitativo, os dados foram obtidos através da pesquisa bibliográfica, e de entrevista com professoras, realizada no primeiro semestre de 2010. Priorizamos neste trabalho...

    4660  Palavras | 19  Páginas

  • Alienação e Ideologia in Filosofia da educação

    GOMES FERREIRA ARANHA, Maria Lucia de Arruda. Alienação e Ideologia in Filosofia da Educação. 3 ed. São Paulo: Moderna, 2006. Maria Aranha lecionou para o ensino médio em escolas de rede pública e particular até se aposentar. Formada em filosofia na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo; Em parceria com Maria Helena Pires Martins é autora de “Filosofando- Introdução à filosofia” e “Temas de filosofia”. É autora também de Filosofia da educação (2006) e História da educação e da pedagogia-...

    650  Palavras | 3  Páginas

  • filosofia e etica

    Século XVIII - Das Luzes: o Ideal Liberal de Educação O século XVIII, ou século das luzes, caracterizou-se por grande fermentação intelectual, por conta da fértil produção dos pensamentos iluministas. Na educação, fortalecia-se a tendência liberal e laica, em que se buscavam novos caminhos para a aprendizagem e a autonomia do educando. O Iluminismo é uma das marcas importantes do século XVIII, também conhecido como o século das Luzes. Luzes significam o poder da razão humana de interpretar e...

    1170  Palavras | 5  Páginas

  • Atps de filosofia

    UNIVERSIDADE ANHANGUERA UNIDERP POLO REPUBLICA 7224 LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA FUNDAMENTOS FILOSÓFICOS DA EDUCAÇÃO NÁBIA MASSAROTO DA SILVA BELÉM/PARÁ 09/2012 Podemos observa tudo o que nos cerca de diversas maneiras e o modo como educação é transmitida pode colabora de um jeito significativo para uma observação mais crítica do mundo. Para Aranha (2006), a filosofia é muito além de um conhecimento do tipo do senso comum ou da ciência. Ela coloca em questão aquilo que para a maioria parece...

    1466  Palavras | 6  Páginas

  • psciologia,sociologia e filosofia

    Psicologia, sociologia e filosofia, as ciências que são as bases da educação. Ao longo do tempo temos observado as varias mudanças que ocorreram no âmbito da educação, elas nos ajudaram a construir um novo pensamento com ferramentas que colabora para caminhar em um horizonte e também observa as tendências e teorias dos novos pensadores de nosso tempo. se hoje podemos confiar nas ciências que são sustento para a educação ,isso no século anterior foi uma grande luta para mudar o pensamento vigente...

    1476  Palavras | 6  Páginas

  • A DIVERSIDADE NA EDUCAÇÃO

    THAÍS RODRIGUES FERREIRA A DIVERSIDADE NA EDUCAÇÃO Trabalho apresentado ao Curso de pedagogia da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para a disciplina [Sociedade e diversidade no contexto educacional; Processo educativo no contexto histórico-filosófico;comunicação e linguagem;Seminário I ]. Prof. Okçana Battini; Fábio Luiz da Silva; Bernadete; Marcia Bastos; e Lilian Salete A. M. Lima. Cacoal 2013 INTRODUÇÃO Neste trabalho relata sobre diversidades...

    1039  Palavras | 5  Páginas

  • Filosofia

    FILOSÓFICOS EM EDUCAÇÃO I I Código: PROFESSOR: Elbio Gerardo Silveira Ramos I – DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Carga Horária Teórica:30h Carga Horária Prática: 00 II – EMENTA Abordagens sociais e históricas da economia da educação: teorías econômicas clássicas e teorias econômicas contemporâneas: suas influencias e implicações políticas no campo educacional. Teorias do Capital, globalização e o papel de organismos financeiros internacionais. Atuais políticas de financiamento da educação básica. Ação...

    924  Palavras | 4  Páginas

  • Principais definições de filosofia da educação

    Principais Definições de Filosofia da Educação Podemos obter a seguinte definição sobre o que é a filosofia da educação: é um ramo do pensamento que se dedica à reflexão sobre os processos educativos, à análise do(s) sistema(s) educativo(s), sistematização de métodos didáticos, entre diversas outras temáticas relacionadas com a pedagogia. O seu escopo principal é a compreensão das relações entre o fenômeno educativo e o funcionamento da sociedade. Mas ao aprofundarmos mais no assunto podemos verificar...

    1472  Palavras | 6  Páginas

  • Relatório pesquisa e prática em educação

    SÁ CURSO DE GRADUAÇÃO - LICENCIATURA EM PEDAGOGIA EAD – ESTÁCIO CAMPUS VIRTUAL ELISÂNGELA DE SOUZA FARIA 201001491726 PESQUISAS E PRÁTICAS EM EDUCAÇÃO I “O HOMEM É AQUILO QUE A EDUCAÇÃO FAZ DELE” (KANT) CAMPOS DOS GOYTACAZES 17/11/2010 “O HOMEM É AQUILO QUE A EDUCAÇÃO FAZ DELE” (KANT) Todos os dias ouvimos sobre educação, seja na escola, em casa, nos centro de lazer, na mídia; tornou-se uma palavra corriqueira em nosso vocabulário. Mas o que muitos não pararam para pensar...

    1550  Palavras | 7  Páginas

  • A educação

    A EDUCAÇÃO NO BRASIL NO PERÍODO COLONIAL, IMPERIAL E REPÚBLICA Flávia Maria, José igor, Rislayne e Weurique Cesar¹ Verônica Cavalcanti ² ¹ Estudantes do curso de letras ² Docente – FAINTVISA; Introdução A história da educação do Brasil nos leva a refletir a uma serie de fatores que estão vinculados politicamente e economicamente com a educação do brasil. A analise será feita desde o periodo colonial até o periodo república, procuramos decompor os fundamentos historicos e...

    1197  Palavras | 5  Páginas

tracking img