Resumo Do Livro Segundo Tratado Sobre O Governo Civil De artigos e trabalhos de pesquisa

  • Resenha: Segundo tratado sobre o governo civil

    RESENHA: SEGUNDO TRATADO SOBRE O GOVERNO CILVIL NATAL/RN 2013.2 STEPHANIE DANTAS SOUTO RESENHA: SEGUNDO TRATADO SOBRE O GOVERNO CIVIL Trabalho apresentado à disciplina Ciências Políticas, ministrada pelo professor Douglas Araujo do Departamento de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, para fins avaliativos da unidade. NATAL/RN 2013.2 RESENHA CRÍTICA LOCKE, John. Dois tratados sobre o Governo. 2ª Ed. Totalmente...

    1129  Palavras | 5  Páginas

  • Segundo tratado sobre o governo civil

    Fichamento de Livro Segundo Tratado sobre o Governo Civil e outros escritos Aluna: Vanessa Schwirkowsky Professor: Cristiano Ricardo Wulff Ciência Política e Teoria Geral do Estado |Fichamento do Livro: Segundo tratado sobre o governo civil e outros escritos | |Aluna: Vanessa Schwirkowsky ...

    5620  Palavras | 23  Páginas

  • Resumo do livro contrato social

    Rousseau ao considerar o homem e as leis, tenta investigar se há regra de administração legitima e segura na ordem civil. Para isso une a justiça e o interesse. Sente-se feliz quando medita nos governos, pois descobre novas razões para amar sua Pátria. O homem nasceu livre, porém está acorrentado e quem julga ser senhor dos demais, é de todos escravo. A ordem social é um direito sagrado fundado em convenções, onde todos os outros se fundamentam. A família é a mais antiga das sociedades, a única...

    4324  Palavras | 18  Páginas

  • RESUMO JOHN LOCKE – CAPÍTULOS III E IV (Segundo tratado do governo civil)

     RESUMO JOHN LOCKE – CAPÍTULOS III E IV Contextualização Nascido em 1632, filho de um advogado inglês, John Locke recebeu uma boa educação graças a ricos protetores. Estudou primeiro na Westminster School, em Londres, depois em Oxford. Ficou impressionado com a abordagem empírica da ciência, adotada pelo químico pioneiro Robert Boyle, de quem se tornou ajudante no trabalho experimental. Embora as ideias inatas empíricas de Locke sejam importantes, foram seus textos políticos que o tornaram...

    935  Palavras | 4  Páginas

  • RESUMO hobbes, maquiavel, locke e rosseau

    RESUMO Na obra O Príncipe, Maquiavel tende a revelar o interior do homem quando o mesmo precisa adquirir e (ou) conservar um estado, que no livro é chamado de principados, onde o governante é um príncipe. Em seu principal foco, consta que para ter sucesso devem-se escolher trilhos já percorridos por grandes homens e imitá-los, onde que para governar é necessário ter um bom exercito e astúcia. Ensina que alcançar seus objetivos está acima de tudo, mas se puderem alcançar por meios honestos, tal...

    4525  Palavras | 19  Páginas

  • Trabalho de ciência politica. resumo do livro os classicos da politica

    Trabalho de Ciência Política Salvador 2012 Departamento de Direito RESUMO DO LIVRO: OS Clássicos da política Trabalho individual apresentado à disciplina Ciência política e teoria geral do Estado, Ministrada pelo docente: Miguel Moacir Salvador 2012 Thomas Hobbes: O medo e a esperança Thomas Hobbes define o estado como um mal necessário, e este mal tem a função de organizar o caos através do “homem artificial”.Abrimos mão então de nossa liberdade natural,em nome de um contrato...

    4306  Palavras | 18  Páginas

  • segundo tratado sobre o governo

    JOHN LOCKE SEGUNDO TRATADO SOBRE O GOVERNO CIVIL CLUBE DO LIVRO LIBERAL | CLUBE DO LIVRO LIBERAL SEGUNDO TRATADO DO GOVERNO CIVIL John Locke Tradução: Magda Lopes e Marisa Lobo da Costa Publicação: Editora Vozes Organização: Igor César F. A. Gomes Distribuição: Clube do Livro Liberal Segundo Tratado Sobre o Governo Civil 3 ÍNDICE Introdução ...............................................................................................................................

    84463  Palavras | 338  Páginas

  • Resumo da obra “O Príncipe” de Nicolau Maquiavel

    Resumo da obra “O Príncipe” de Nicolau Maquiavel Maquiavel inicia seu livro dizendo que todos os estados que existem ouexistiram são ou foram republicas ou principados e é sobre os principados que elediscorre em sua obra, ele começa explicando a classificação usada para a divisão dostipos de principado feita a partir do conceito de principados hereditários (aquelespassados de pai para filho), ou novos (aqueles que foram conquistados através da força).A partir dessa divisão Maquiavel tenta traçar...

    1066  Palavras | 5  Páginas

  • LOCKE Segundo Tratado do Governo Civil

    JOHN LOCKE SEGUNDO TRATADO SOBRE O GOVERNO CIVIL CLUBE DO LIVRO LIBERAL | CLUBE DO LIVRO LIBERAL SEGUNDO TRATADO DO GOVERNO CIVIL John Locke Tradução: Magda Lopes e Marisa Lobo da Costa Publicação: Editora Vozes Organização: Igor César F. A. Gomes Distribuição: Clube do Livro Liberal Segundo Tratado Sobre o Governo Civil 3 ÍNDICE Introdução ...............................................................................................................................

    84463  Palavras | 338  Páginas

  • resumo: o caso dos denunciantes invejosos

    UNIFOZ CURSO DE DIREITO FERNANDA WICHOSKI PEREIRA SERAFIM RESUMO: O CASO DOS DENUNCIANTES INVEJOSOS FOZ DO IGUAÇU/PR 2013 FACULDADES UNIFICADAS FOZ DO IGUAÇU – Resumo apresentado à disciplina de Introdução ao estudo de Direito, como requisito parcial de avaliação...

    2998  Palavras | 12  Páginas

  • OS SEIS LIVROS DA REPÚBLICA (Jean Bodim)

    Neves, do primeiro ano, do curso de Direito. Dourados 2013 OS SEIS LIVROS DA REPÚBLICA - Jeam Bondin Quando publicou os Seis livros da República, em 1576, aos 46 anos de idade, Bodin já gozava da reputação de grande erudito na Corte Francesa e nos meios intelectuais de outros países europeus. Havia publicado, em 1566, Método para facilitar o conhecimento da história, em latim, e logo a seguir um texto sobre economia, tendo ambos encontrado acolhida favorável entre os estudiosos. ...

    2795  Palavras | 12  Páginas

  • Resumo do Livro “Hobbes, Realism and the Tradition of International Law

    LEONARDO VALENTE – TURMA: 2013.2 – NOITE RESUMO DO LIVRO: “Hobbes, Realism and the Tradition of International Law” Logo na Introdução do livro, seu autor Charles Covell retrata a posição de Hobbes em relação a questões de política internacional, e em relação com a tradição do direito internacional. A discussão de Hobbes é restrito aos argumentos que tem a ver com os princípios do direito, estado e do governo que pertencem à sua filosofia civil. A concepção realista da política internacional...

    1937  Palavras | 8  Páginas

  • John Locke - Segundo Tratado Sobre o Governo

    JOHN LOCKE SEGUNDO TRATADO SOBRE O GOVERNO CIVIL CLUBE DO LIVRO LIBERAL | CLUBE DO LIVRO LIBERAL SEGUNDO TRATADO DO GOVERNO CIVIL John Locke Tradução: Magda Lopes e Marisa Lobo da Costa Publicação: Editora Vozes Organização: Igor César F. A. Gomes Distribuição: Clube do Livro Liberal Segundo Tratado Sobre o Governo Civil 3 ÍNDICE Introdução ...............................................................................................................................

    84463  Palavras | 338  Páginas

  • Resumo do Livro IV do Contrato Social (Jean- Jacques Rousseau)

    Resumo do Livro IV do Contrato Social (Jean- Jacques Rousseau) No quarto livro, Rousseau considera que a vontade geral é indestrutível, pois não existem interesses duvidosos, enquanto muitos homens reunidos formam um único corpo, suas vontades se relacionam com a conservação do bem-comum. As vontades individuais podem até ser reconhecidas globalmente, mas não cabem discussões para transformar em lei o que cada um pensa em fazer. Por isso, a vontade geral deve ser constante e inalterável, sendo que...

    708  Palavras | 3  Páginas

  • História do Direito (resumo)

    Resumo de História do Direito - Rodrigo Scalquetti Código de Hamurabi 282 artigos; Rei Hamurabi → idioma universal para obter um melhor diálogo -Sociedade: 3 classes → Avilum (homens livres, ricos e/ou pobres); Muskeluns (trabalhador do MP); Wardum (Escravos → prisioneiros de guerra) -Lei de Talião: ideia de equivalência; “olho por olho”; o crime tem equivalencia ao dano; não é uma lei, mas uma ideia. -Falso testemunho Bab. → por ser difícil constatação de provas materiais nos processos...

    6007  Palavras | 25  Páginas

  • Livro de locke, segundo tratado sobre o governo civil

    SEGUNDO TRATADO SOBRE O GOVERNO CIVIL E OUTROS ESCRITOS EDITORA VOZES Coleção CLÁSSICOS DO PENSAMENTO POLÍTICO – Tratado sobre a clemência (Sêneca) – A conjuração de Catilina/A guerra de Jugurta (Salústio) – Escritos políticos de Santo Tomás de Aquino (São Tomás de Aquino) – Sobre o poder eclesiástico (Egídio Romano) – Sobre o poder régio e papal (João Quidort) – Brevilóquio sobre o principado tirânico (Guilherme de Ockham) – Defensor menor (Marsílio de Pádua) – Tratado sobre o regime...

    107879  Palavras | 432  Páginas

  • DIP Aula 3 Resumo OK

    Resumo Aula-tema 03: O Estado em Direito Internacional 1. Estado: conceito, elementos e classificação O conceito de Estado veiculado no livro-texto da disciplina é propugnado por Casella (2009), como “agrupamento humano, estabelecido permanentemente num território determinado e sob governo independente”. A definição revela três elementos constitutivos do Estado, que são: a) população; b) território; c) governo. Um quarto elemento seria a capacidade de entrar em relação com os demais Estados. Entre...

    1528  Palavras | 7  Páginas

  • Liberdade e direito de propriedade segundo locke

    DIRETORIA DE DIREITO CURSO DE DIREITO LIBERDADE E DIREITO DE PROPRIEDADE SEGUNDO LOCKE SÃO PAULO 2011 LIBERDADE E DIREITO DE PROPRIEDADE SEGUNDO LOCKE Trabalho equivalente a primeira Avaliação – AV1, da disciplina de FILOSOFIA JURÍDICA do Curso de Direito. Professor Eudes Vitor Bezerra São Paulo 2011 RESUMO John Locke está entre os filósofos empiristas, assim chamados devido a abrirem...

    6444  Palavras | 26  Páginas

  • RESUMO DE INTRODU O S CIENCIAS SOCIAIS MARQUE A ATERNATIVA CORRETA 1

     RESUMO DE INTRODUÇÃO ÀS CIENCIAS SOCIAIS MARQUE A ATERNATIVA CORRETA 1. Dos diferentes tipos de conhecimento o .................................. e o conhecimento ..............................................., respectivamente exigem uma reflexão racional, um método e uma comprovação universal. a) empírico e científico b) filosófico e mitológico c) mitológico e científico d) filosófico e científico e) religioso e mitológico 2. A ideologia para Marx significa: a) falsa consciência, ilusão, mascaramento/camuflagem...

    4255  Palavras | 18  Páginas

  • Perguntas e Respostas- Aula-tema 01: Introdução ao Estudo do Direito- Aula-tema 03: Direito Constitucional- Aula-tema 04: Direito Civil – Parte Geral

    Aula-tema 01: Introdução ao Estudo do Direito Notas: 1 O autor do livro-texto informa que: “O juízo moral pressupõe um ponto de vista voltado para o interior. A moral impõe ao sujeito uma escolha entre as ações que pode praticar, mas diz respeito ao próprio sujeito.” ...e que: “Para o Direito, o comportamento do sujeito é levado em consideração tendo em vista o comportamento de outrem.” Partindo dessas afirmativas, considere os fatos I e II a seguir: I) uma pessoa não cumprimenta outra,...

    2148  Palavras | 9  Páginas

  • SEGUNDO TRATADO DO GOVERNO CIVIL

    moderna de Poder Político e sua relevância na contemporaneidade Nome: Maristela Bitencourt de Miranda NºUSP:6774377 São Paulo, 2013 1. Resumo Este presente trabalho embarca sobre o Segundo Tratado do Governo Civil de John Locke analisando através da sua Concepção moderna de Poder Político, para foi realizado um breve resumo com as principais ideias de Locke. A posterior avalia a sua relevância na contemporaneidade através assuntos e comportamentos atuais nacionais que se encaixam...

    2137  Palavras | 9  Páginas

  • relatorio palestras introdução a civil

    Introdução Será tratado aqui sobre como são formados, o que visam, o que fazem, como é feito para ingressar nos grupos e a melhoria que proporcionam para a comunidade acadêmica e para a população de Ilha Solteira os grupos PET, Centro Acadêmico da Engenharia Civil, Empresa Júnior Alicerce e Diretório Acadêmico, que se apresentaram na aula de Introdução à Engenharia Civil do dia 10 de junho de 2015. Resumo PET O grupo PET (Programa de Educação Tutorial) foi criado em 1979 pelo governo federal, que...

    1069  Palavras | 5  Páginas

  • Resumo Bestilizados

    RESUMO RESENHA DO LIVRO “OS BESTIALIZADOS: O RIO DE JANEIRO E A REPÚBLICA QUE NÃO FOI”, DE JOSÉ MURILO DE CARVALHO Resenha do livro de José Murilo de Carvalho, Os bestializados: o Rio de Janeiro e a República que não foi, um clássico da historiografia brasileira no que se refere ao estudo da prática da cidadania no início da República. O autor analisa o imaginário político do povo e sua prática política nesse período. Palavras-chave: Cidadania. República. Imaginário político...

    2768  Palavras | 12  Páginas

  • Resumo Geral História do DIREITO

    RESUMO DE HISTÓRIA DO DIREITO Ordenações Reais As ordenações reais são as compilações de leis e costumes que primeiro nortearam a sociedade portuguesa. O “Corpus Júris Civilis” que tem por significado de corpo do direito Civil, teve muita importância, pois influenciou juridicamente o Brasil no período colonial. E deu origem a varias obras que utilizamos atualmente. Ordenações Afonsinas – 1446 São uma coletânea de leis promulgadas como primeira compilação oficial do século XV, durante...

    3977  Palavras | 16  Páginas

  • Análise dos Elementos fundamentais nos estudos da sociedade Civil e dos Estados baseados nos principais contratualistas de Seculo XVII e XVIII

     ANALIZE DOS ELEMENTOS FUNDAMENTAIS NOS ESTUDOS DA SOCIEDADE CIVIL E DOS ESTADOS BASEADOS NOS PRINCIPAIS CONTRATUALISTAS DO SÉCULO XVII E XVIII OLIVEIRA, Erbernia Lourenço - 11216965 Graduanda em Relações Internacionais - UFPB DANTAS, Nivea Helena - 11213140 Graduanda em Relações Internacionais - UFPB Resumo A teoria política moderna foi marcada por vários escritores renomados que deixaram um legado fundamental para a continuidade do pensamento político da atualidade. Dentre eles,...

    6905  Palavras | 28  Páginas

  • Resenha Critica Sobre A Obra De Jean Jacques Rousseau

    Resenha critica sobre a obra de Jean Jacques Rousseau intitulada “o contrato social” obra essa que causou grande furor desde sua publicação, em 1762 e eternizou-se como um dos principais textos fundamentadores do estado moderno. Apresentada na disciplina de historia do direito do curso de direito na pontifícia universidade católica de Goiás Professor: Welton Ferreira Goiânia/Goiás 17 de Abril de 2012  Introdução  O contrato social  O Contrato social é visto como a obra prima de seu autor Jean Jacques...

    5741  Palavras | 23  Páginas

  • Marco civil

    PROPAGANDA MARCO CIVIL DA INTERNET VITÓRIA 2014 MARCO CIVIL DA INTERNET Trabalho Acadêmico do Curso de Comunicação Social – Publicidade e Propaganda apresentado à FAESA – Faculdades Integradas Espírito-Santenses, como parte das exigências da disciplina Estudos contemporanios da publicidade, sob orientação do Prof. Felipe Tessarolo. VITÓRIA 2014 SUMÁRIO RESUMO.............................................

    2482  Palavras | 10  Páginas

  • RESUMO SOBRE CIÊNCIA POLÍTICA

    .........04 2.1 Aulas 1 – O que é Política? O que é Poder? O que é Democracia?.........................04 2.2 Aula 2 – A Dicotomia – Público – Privado............................................................05 2.3 Aula 3 – Estado, Governo e Sociedade Civil..........................................................07 2.4 Aula 4 – Quando nasceu o Estado? Relação Estado – Sociedade...........................08 2.5 Aula 5 – Estado e Direito........................................................

    5161  Palavras | 21  Páginas

  • Resumo A Cultura do Novo Capitalismo

    RESUMO LIVRO: A CULTURA DO NOVO CAPITALISMO Autor: Richard Sennet Mestranda: Elane Mendes Nunes de Alencar Introdução O autor inicia-se com um histórico sobre o capitalismo, originando-se no conceito de cultura e interpelando quais são os valores e práticas que permitem a manutenção da cultura, mesmo após a dissolução da organização em que vivem. Além de sobreviver neste tipo de ambiente instável, existe um tipo de homem ou mulher que são ideais para prosperarem sob estas condições...

    2755  Palavras | 12  Páginas

  • Resumo A Grande Ilusão

    César Nascimento da Costa RESUMO Thomas Hobbes (1588-1679), filósofo inglês, desenvolveu um pensamento político que foi de grande contribuição para o direito e a política internacional. Hobbes colocou-se em posição de destaque perante diversos acadêmicos que questionavam-no sobre seus pontos de vista em relação aos estudos internacionais e entre esses estudos destacava-se o da política e do direito internacional. São pertinentes aos argumentos da filosofia civil de Hobbes os princípios dos...

    1825  Palavras | 8  Páginas

  • Do contrato social resumo completo do livro 1 ao livro 4

    Do Contrato Social (resumo do livro 1 ao livro 4) Cap. I - Assunto deste primeiro livro.  O Primeiro Capítulo começa com a seguinte frase famosa: O homem nasce livre, e por toda a parte encontra-se a ferros.  Estes “ferros” são as restrições impostas à liberdade dos cidadãos nos Estados Modernos. Pois para Rousseau pode haver autoridade política, se o estado que defendesse as Restrições, defendesse a liberdade.  Rousseau rejeita a ideia de que a autoridade política é encontrada na natureza...

    4175  Palavras | 17  Páginas

  • CONTEÚDOS DE BIOLOGIA APLICADOS NAS SELEÇÕES REALIZADAS POR UNIVERSIDADES PUBLICAS EM MANAUS-AM: UMA ANÁLISE DOS LIVROS DIDÁTICOS UTILIZADOS PELA SEDUC -AM

    CONTEÚDOS DE BIOLOGIA APLICADOS NAS SELEÇÕES REALIZADAS POR UNIVERSIDADES PUBLICAS EM MANAUS-AM: UMA ANÁLISE DOS LIVROS DIDÁTICOS UTILIZADOS PELA SEDUC -AM MANAUS 2014 Marcos André Lima de Souza UTILIZADOS PELA SEDUC -AM Trabalho do curso de pós –graduação em metodologia do ensino em biologia...

    2948  Palavras | 12  Páginas

  • Resumo flávia piovesan

    Resumo do Livro Direitos Humanos e o Direito Constitucional Internacional de Flávia Piovesan Índice PRIMEIRA PARTE – A Constituição Brasileira de 1988 e os Tratados Internacionais de Proteção dos Direitos Humanos Capítulo I – Introdução Capítulo II – Delimitando e Situando o Objeto de Estudo Capítulo III – A Constituição Brasileira de 1988 e o Processo de Democratização no Brasil – A institucionalização dos direitos e garantias fundamentais Capítulo IV – A Constituição Brasileira de 1988...

    34413  Palavras | 138  Páginas

  • A Republica de Platão - Livro 8

    UNINOVE – Universidade nove de Julho – Campos Vergueiro Publicidade e Propaganda Grupo Joise – Livro Vlll Seminário – A República, de Platão – livro Vlll. São Paulo 2014 UNINOVE – Universidade nove de Julho – Campos Vergueiro Publicidade e Propaganda Grupo Joise – Livro Vlll Seminário – A República, de Platão – livro Vlll. Trabalho para obtenção de nota, apresentado à Banca Examinadora da Universidade Nove de Julho (UNINOVE)...

    3288  Palavras | 14  Páginas

  • SEGUNDO TRATADO SOBRE O GOVERNO CIVIL: CERNE DO LIBERALISMO DE LOCKE

    SEGUNDO TRATADO SOBRE O GOVERNO CIVIL: CERNE DO LIBERALISMO DE LOCKE LOCKE, John. Segundo tratado sobre o governo civil. Tradução de Anoar Aiex e E. Jacy Monteiro. 3º edição. São Paulo: Abril Cultural, 1983. 1 RESUMO DA OBRA O autor, John Locke (1632-1704), foi um grande filósofo inglês e propulsor do liberalismo. Locke se insere de modo mais claro e audaz na história exatamente em um dos períodos mais conturbados da política inglesa, durante a chamada Revolução Gloriosa, na qual o Rei Jaime...

    1649  Palavras | 7  Páginas

  • RESUMO - CONTRATO SOCIAL - ROUSSEAU

      RESUMO DO LIVRO CONTRATO SOCIAL ROUSSEAU LIVRO I   Rousseau, em sua breve introdução deste livro cita que tem como finalidade “saber se na ordem civil pode haver alguma regra de administração legítima e segura, tomando os homens tais como são e as leis tais como podem ser”. É de seu interesse aliar à sua investigação “o que o direito permite com que o interesse prescreve a fim de que a justiça e a utilidade não fiquem divididas”.  TEMA DESTE PRIMEIRO LIVRO  “O homem nasceu livre e em...

    9703  Palavras | 39  Páginas

  • Resumo

    cidadezinha da Prússia Oriental, era filho de um negociante de origem escocesa e considerado o pai da filosofia crítica. Sua educação foi baseada no pietismo - movimento encetado dentro do protestantismo, pelos fins do século XVII, na Alemanha, segundo o qual a verdadeira religiosidade baseava-se na autonomia da consciência, na piedade particular e nas obras de misericórdia, sendo o dogma secundário ou supérfluo. Cursou a Universidade de Königsberg onde se formou nas áreas de filosofia e matemática...

    4116  Palavras | 17  Páginas

  • Segue do tratado do governo civil, john locke

    ......................07 4. Das Sociedades e Comunidades.................................................................................................08 4.1 Da Sociedade Política ou Civil, Suas Origens e Fins...............................................................08 4.1.1 Sociedade Política ou Civil....................................................................................................08 4.1.2 Suas Origens....................................................................

    4259  Palavras | 18  Páginas

  • EVOLU O DAS INSTITUI ES E DO PENSAMENTO POL TICO RESUMO

    ANHANGUERA EDUCACIONAL LTDA. FACULDADE ANHANGUERA DE PASSO FUNDO Daniel Ubirajara do Vale RA: 8827387726 1º SEMESTRE – TURMA A – SALA 51 RESUMO DOS CAPÍTULOS 23 AO 29 DO PLT TEORIA GERAL DO ESTADO E CIÊNCIA POLÍTICA DE CLÁUDIO DE CICCO E ALVARO DE AZEVEDO PROFESSORA: PAULA TIMM CIÊNCIA POLÍTICA EVOLUÇÃO DAS INSTITUIÇÕES DO PENSAMENTO POLÍTICO Conceito de Política e Ciência Política: Podemos definir a ciência como sendo “um conjunto organizado de conhecimentos, que se desenvolve...

    12477  Palavras | 50  Páginas

  • Ficha do livro: segundo tratado sobre o governo civil - john locke

    FICHA DO LIVRO: SEGUNDO TRATADO SOBRE O GOVERNO CIVIL - JOHN LOCKE I 1. Para o homem, a escravidão é um estado tão vil, tão miserável e tão diretamente contrário ao temperamento generoso e à coragem de nossa nação, que é dificil imaginar que um cavalheiro poderia advogar em seu favor. 2. (O livro, o Decálogo) Se baseia em "Todo governo é uma monarquia" e "Nenhum homem nasce livre". 3. Desde que surgiu no mundo uma geração pronta a lisonjear príncipes formulando a opinião de que são investidos...

    13300  Palavras | 54  Páginas

  • Resumo de assuntos de ied

    Introdução ao Estudo do Direito Resumo para a prova da 2a. Unidade Assunto 1: Fontes do Direito São as origens do Direito, ou seja, o lugar ou a matéria-prima pela qual nasce o direito, através da qual surgem as NORMAS JURÍDICAS ou os PRINCÍPIOS GERAIS DA CIÊNCIA DO DIREITO. Dividem-se em: * Fontes Materiais (axiológicas) * Fontes Formais Fontes Materiais * São os motivos éticos, morais, históricos, sociológicos, religiosos e políticos, que deram origem à norma jurídica...

    5466  Palavras | 22  Páginas

  • resumo livro

    O Manifesto Comunista (Das Kommunistische Manifest), originalmente denominado Manifesto do Partido Comunista (em alemão: Manifest der Kommunistischen Partei), publicado pela primeira vez em 21 de Fevereiro de 1848, é historicamente um dos tratados políticos de maior influência mundial. Comissionado pela Liga dos Comunistas e escrito pelos teóricos fundadores do socialismo científico Karl Marx e Friedrich Engels, expressa o programa e propósitos da Liga.[1] O Manifesto Comunista foi escrito no meio...

    2433  Palavras | 10  Páginas

  • Resumo Capitulo 1 ao 4 Livro Fundamentos de Historia do Direito Organizador antonio Carlos Wolkmer

    Resumo Livro: Fundamentos de Historia do Direito 7 ed. Editora Del Rey Organizador: Antônio Carlos Wolkmer CAPÍTULO 1 - O DIREITO NAS SOCIEDADES PRIMITIVAS O direito está presente em todas as culturas, em todas as sociedades, desde os tempos mais primitivos. Designa-se direito arcaico ou primitivo o direito das sociedades que não chegaram a dominar a técnica da escrita. A origem do direito é religiosa, e está intimamente ligada à família (Fustel de Coulanges) ou à autoridade dos sacerdotes...

    3083  Palavras | 13  Páginas

  • Fichamento 3 primeiros livros "A cidade antiga"

    A Cidade Antiga Assunto ou Tema: Crenças Antigas. Nº 01/13. Referência Bibliográfica: FUSTEL de Coulanges, Numa Denis. A cidade Antiga. São Paulo: Rideel, 2005. LIVRO PRIMEIRO Crenças sobre a alma e sobre a morte O trabalho de Fustel mostra que desde os tempos antigos o homem, com sua inteligibilidade, busca entender o mistério quanto à sua natureza, sua alma e sua própria morte. Para isso, ele utiliza a cultura de alguns povos como exemplo: os da Grécia e de Roma, principalmente...

    6955  Palavras | 28  Páginas

  • Resumo DIPRI - Irineu Strenger

    Resumo para a P1 de DIPRI – Irineu Strenger 4. Fontes A FONTE MATERIAL é aquela que é identificada como uma inspiração, havendo quem afirme que assumem uma forma determinada através de um ato ou de uma série de atos que constituem precisamente as fontes formais. Já a FONTE FORMAL é aquela que se vincula a um direito conhecido, palpável, preceitual. Em resumo, podemos dizer que duas são as fontes do direito, a) materiais – de inspiração do direito e b) formais – que seriam as de vigência...

    3742  Palavras | 15  Páginas

  • Resenha: o segundo tratado sobre o governo civil john locke

    Resenha: O Segundo Tratado Sobre o Governo Civil John Locke Nome: Pricilla Caixeta Disciplina: Teoria Democrática. John Locke – Contexto Histórico Filho de burgueses comerciantes, nascido no anos de 1632 no sudoeste da Inglaterra, Locke presenciou a Revolução Gloriosa no período entre 1688 e 1689 que desestabilizou a organização política e econômica da Grã-Bretanha. Primeiro e Segundo tratado sobre o governo civil Combate a tese do cientista político Robert Filmer, seguidor de...

    1433  Palavras | 6  Páginas

  • Resumo do livro os exploradores de caverna

    PAULISTA RITIERI DANILO BRABO RESUMO DO LIVRO O CASO DOS EXPLORADORES DE CAVERNAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO 2012 O livro “O Caso dos Exploradores de Cavernas” de Lon L. Fuller trouxe à minha apreciação os mais diferentes temas e teorias filosóficas do direito para uma futura dedicação, maior e mais específica, sobre as lógicas de argumentação e entendimento e uma reflexão sobre nossas normas jurídicas. Sem dúvida alguma, e como já mencionado no livro, é um fato fictício, porém, de um aproveitamento...

    1912  Palavras | 8  Páginas

  • O Engenheiro na Sociedade Defesa Civil

    FACULDADE NOVOS HORIZONTES Curso de Graduação de Engenharia Civil O PAPEL DO ENGENHEIRO CIVIL NA SOCIEDADE A Defesa Civil na Sociedade Homero Neris Novaes Lucas César Serra Silva Belo Horizonte 2015 Homero Neris Novaes Lucas César Serra Silva O PAPEL DO ENGENHEIRO CIVIL NA SOCIEDADE: Defesa Civil na Sociedade Projeto Interdisciplinar apresentado à Coordenação do Curso de Engenharia Civil da Faculdade Novos Horizontes, Unidade Santo Agostinho, como requisito para aprovação das matérias...

    3012  Palavras | 13  Páginas

  • BREVES REFLEXÕES SOBRE “O SEGUNDO TRATADO SOBRE O GOVERNO CIVIL” DIANTE DOS SISTEMAS DE SEPARAÇÃO DE PODERES CONTEMPORÂNEOS

    BREVES REFLEXÕES SOBRE “O SEGUNDO TRATADO SOBRE O GOVERNO CIVIL” DIANTE DOS SISTEMAS DE SEPARAÇÃO DE PODERES CONTEMPORÂNEOS MARCIO CALDAS DE OLIVEIRA Mestre em Direito LLM em Direito Corporativo Especialista em Direito Público PROLEGÔMENOS O Segundo Tratado sobre o Governo Civil apresenta fonte primária da concepção de separação de poderes, onde uma atualização dessas concepções nos dias atuais torna obrigatório a compreensão e o aprofundamento das bases teóricas lançadas por John...

    1964  Palavras | 8  Páginas

  • RESUMO DO LIVRO METODOLOGIA DO ENSINO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

     FACULDADE SOCIAL DA BAHIA EDUCAÇÃO FÍSICA MAICON DEIVISON ORNELAS DA CRUZ FRANÇA MOREIRA SÍNTESES DOS LIVROS E TRABALHO APRESENTADO Salvador 2013 RESUMO DO LIVRO METODOLOGIA DO ENSINO DE EDUCAÇÃO FÍSICA – Coletivo de Autores - Cortez O livro Metodologia do Ensino de Educação Física, assinado por um Coletivo de Autores e editado pela Cortez expõe e discute questões teórico-metodológicas da Educação Física. Sendo...

    2667  Palavras | 11  Páginas

  • O Tratado sobre o governo civil de LOCKE

    O Tratado sobre o governo civil de LOCKE é frequentemente descrito como uma defesa da Revolução de 1688, mais conhecida como a revolução gloriosa, mas também chamada de revolução sem sangue, por ser uma revolução em grande parte não-violenta, onde o rei Jaime II foi subsistido por sua filha e seu genro no trono, Jaime II era catolico e sua filha era protestante. O principal problema de Jaime II era não ser protestante, o que o limitava perante ambos os partidos do parlamento - os tories, conservadores...

    1106  Palavras | 5  Páginas

  • Trabalho sobre a obra Maquiavel .docx

     Introdução A obra O Príncipe de Maquiavel foi impressa em 1532 por um editor de Roma, cinco anos depois da morte do autor. O que se pode afirmar de um livro que depois de cinco séculos ainda nos inspira? O que se poderia dizer de um livro que alcançou tanta fama, que provocou a ira de muitos setores da sociedade da época e dos séculos posteriores? Esse opúsculo (obra) expôs conceitos que deixou muitos revoltados com os ataques desferidos (lançados) pelo autor contra princípios morais e cristãos...

    3373  Palavras | 14  Páginas

  • Abertura de capital das empresas de construção civil

    DIRETORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA CURSO DE GESTÃO FINANCEIRA E CONTROLADORIA A ABERTURA DE CAPITAL NAS EMPRESAS DE CONSTRUÇÃO CIVIL ENTRE 2004 E 2008 E SEUS IMPACTOS NO VOLUME DE RECURSOS CAPTADOS, NA GERAÇÃO DE EMPREGOS E NA GOVERNANÇA CORPORATIVA. Murilo Egidio de Melo Goiânia 2011 MURILO EGÍDIO DE MELO A ABERTURA DE CAPITAL NAS EMPRESAS DE CONSTRUÇÃO CIVIL ENTRE 2004 E 2008 E SEUS IMPACTOS NO VOLUME DE RECURSOS CAPTADOS, NA GERAÇÃO DE EMPREGOS E NA GOVERNANÇA CORPORATIVA. Trabalho...

    5847  Palavras | 24  Páginas

  • Hobbes e Locke: duas propostas políticas para a guerra civil inglesa (sec. XVII)

    Hobbes e Locke: duas propostas políticas para a guerra civil inglesa (sec. XVII) Resumo: O artigo em tela aborda as guerras civis ocorridas na Inglaterra durante o século XVII a partir da ótica de dois pensadores, a saber, Thomas Hobbes e John Locke. Buscou-se expor como a trajetória de cada um dos autores influenciou de forma diferente sua forma de pensar o Estado. Apesar de ambos viverem o mesmo período histórico, em função de estarem em posições diferentes nas revoluções ocorridas da Inglaterra...

    9279  Palavras | 38  Páginas

  • Resumo - o contrato social

    Rousseau questiona por que o homem nasce livre e se deixa tornar-se escravo. Como isso acontece? Diz ele que não sabe como se deu essa mudança de um estado de liberdade para o de viver sob um tipo de “escravidão”, porém, essa mudança se torna legítima, segundo ele, e assim vai tentar explicá-la. Cita a diferença entre o direito natural e o direito positivado, que é o que põe o homem sob ferros. Para tentar explicar, fala o autor da família, como sendo a mais antiga de toda a sociedade. Explica que...

    3261  Palavras | 14  Páginas

  • O contrato social segundo Jean-Jacques Rousseau

    Ciência Política O contrato social segundo Jean-Jacques Rousseau Goiânia, 1 de julho de 2014 Introdução Jean-Jacques Rousseau, nascido na suíça no século XVIII, foi um dos expoentes do movimento iluminista. Respeitado teórico e filósofo, também teve reconhecimento em outras áreas, como na música e na literatura, sendo considerado um dos influenciadores do romantismo. Suas principais obras são escritas durante seu período na França, grande centro...

    1836  Palavras | 8  Páginas

  • Resumo administração geral

    Capítulo I O Livro começa retratando o conjunto de operações que pode ser divido em toda empresa. São eles seis grupos técnicas, comerciais, financeiras, segurança, contabilidade e administrativas. Em seguida ele explica as funções, farei um breve resumo. Função técnica: O numero, variedade e a importância das operações técnicas. O quase exclusivamente técnico de nossas escolas profissionais. Função comercial: A prosperidade de uma empresa depende muito da função comercial. Zela para que os preços...

    3666  Palavras | 15  Páginas

  • Prisão Civil e Direitos Humanos

     Nome PRISÃO CIVIL E PROTEÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS Brasília-DF 2007 Nome PRISÃO CIVIL E PROTEÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS Trabalho de Conclusão de Curso submetido ao Corpo Docente da Coordenação do Curso de Direito do Centro Universitário UNIEURO, como parte das exigências para a obtenção do título de Bacharel no Curso de Direito. Orientador: Sérgio Anselmo Dantas. ...

    12401  Palavras | 50  Páginas

  • Resumo do texto população e sociedade

    Filosofia e Ciências Sociais – FAFIC Departamento de História – DHI Disciplina: Brasil II (2014.1) Professor: Lucilvana Ferreira Barros Aluno: Ingrid Kristiensen Silva de Oliveira Resumo Parte 1: População e Sociedade Autor: CHALHOUB, Sidney. Resumo Parte 2: A Vida Política Autor: DE CARVALHO, José Murilo MOSSORÓ/RN 2014 Parte 1 Após a independência em 1822, foi requisitado ao poder executivo que fossem...

    9496  Palavras | 38  Páginas

  • Resumo politico

    considerada um dos primeiros tratados sistemáticos sobre a arte e a ciência de governar a pólis. Foi devido, em grande medida, a essa obra clássica que o termo política se firmou nas línguas ocidentais. Para Aristóteles, a política era uma continuação da ética, só que aplicada à vida pública. Assim, depois de refletir sobre o modo de vida que conduz à felicidade do homem em Ética a Nicômaco, Aristóteles investigou em Políticas as instituições públicas e as formas de governo capazes de propiciar uma maneira...

    2013  Palavras | 9  Páginas

tracking img