• Historia afro
    Resumo: Este texto propõe uma relação entre dois importantes intelectuais e suas interpretações a cerca das relações raciais no Brasil a partir de seus olhares: Nina Rodrigues e Gilberto Freyre. Nina Rodrigues apresentando a classificação das raças discutindo qual era a fundamentação teórica utilizada...
    2778 Palavras 12 Páginas
  • kkkshshs
    Rio Grande do Sul de Dante de Laytano Mariana Selister Gomes1* Resumo Este trabalho historiográfico propõe uma relação entre dois importantes intelectuais / historiadores e suas interpretações a cerca das relações raciais no Brasil a partir de seus olhares regionais: Laytano e o Rio Grande do Sul...
    3703 Palavras 15 Páginas
  • Fichamento livro Rediscutindo a mestiçagem no Brasil
    FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLGIA DO PARÁ JULIANA MONTEIRO DE MORAES FICHAMENTO: REDISCUTINDO A MESTIÇAGEM NO BRASIL Belém-Pará Outubro/2013 GOVERNO FEDERAL MINISTERIO DA EDUCAÇÃO SECRETRIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL...
    1688 Palavras 7 Páginas
  • rediscutido a mestiçagem
    Jeniffer Wanessa Costa Pires Pedagogia - C911NO Rediscutindo A Mestiçagem No Brasil Identidade Nacional Versus Identidade Negra KABENGELE MUNANGA Belém - 2014 Kabengele Munanga, Rediscutindo A Mestiçagem No Brasil, identidade nacional versus identidade negra; Petrópolis 1999;...
    1104 Palavras 5 Páginas
  • estudante
    ANTIRRACISMO E REJEIÇÃO INTELECTUAL Rafael Petry Trapp Mestrando em História pela PUCRS. Bolsista do CNPQ E-mail: rafaelpetrytrapp@hotmail.com RESUMO Na história intelectual brasileira, Oliveira Vianna está para o pensamento racista como Gilberto Freyre para o pensamento do hibridismo. Contudo...
    9264 Palavras 38 Páginas
  • O negro na historiografia brasileira
    Marilene Rosa. Obrigado pelo exemplo de profissionalismo e dedicação. RESUMO Em nosso trabalho discutimos a questão do preconceito racial contra os indivíduos afro-brasileiros, um problema evidente...
    13331 Palavras 54 Páginas
  • Rediscutindo a mestiçagem no Brasil
    Introdução: Em Rediscutindo a mestiçagem no Brasil, Kabengele Munanga aborda as origens da desigualdade racial, e consequentemente social, em nosso país. Para isto, é remontado o cenário das doutrinas racistas elaboradas ao longo do século XIX e do início do século XX, especialmente as europeias, que...
    5522 Palavras 23 Páginas
  • Tese de mestrado cotas
    da sociedade brasileira. Nessa perspectiva, impende desenvolver uma análise crítica do processo de construção das relações entre brancos e negros no Brasil, fortemente marcado por atitudes e práticas discriminatórias, nas esferas pública e privada, contra a população negra, que permanece excluída do gozo...
    67670 Palavras 271 Páginas
  • Kabengele Munanga
    2009, com o geógrafo Demétrio Magnoli. Este o acusou, num artigo intitulado Monstros Tristonhos, de ser um dos líderes do projeto de racialização do Brasil. Além disso, sustentou que duas universidades federais — as de Santa Maria e São Carlos, haviam criado tribunais raciais e cancelado as matrículas...
    683 Palavras 3 Páginas
  • O olhar docente e as práticas educativas sob a égide do anti-racismo: um estudo antropológico acerca da implementação da lei 10.639/2003
    e as práticas educativas sob a égide do anti-racismo: um estudo antropológico acerca da implementação da lei 10.639/2003 Gisele Nascimento Barroso RESUMO O presente trabalho intitulado “O olhar docente e as práticas educativas sob a égide do antiracismo: um estudo antropológico acerca da implementação...
    8949 Palavras 36 Páginas
  • Diversidade, identidade, etnicidade e cidadania
    escravidão e enfim à colonização do continente africano e de seus povos. É nesse contexto histórico que devemos entender a chamada identidade negra no Brasil, num país onde quase não se houve um discurso ideológico articulado sobre a identidade “amarela” e a identidade “branca”, justamente porque os que...
    4794 Palavras 20 Páginas
  • Diversidade racial e identidade negra
    “africanidade” marcante na liturgia pentecostal. Mas, em todas as religiões se faz necessário, revermos a questão básica para a igualdade racial no Brasil, porque quando os brasileiros entenderem o processo histórico do surgimento desta nação poderão reivindicar que haja igualdade de direitos neste caldeirão...
    1535 Palavras 7 Páginas
  • Racismo a brasileira
    RACISMO À BRASILEIRA DIEMIS Resumo: O presente trabalho tem por propósito fornecer informações a respeito do tema Racismo à Brasileira, distinguindo-os dos racismos europeus e norte-americanos, colocando em evidência a miscigenação das raças. O Brasil é um país de grandes contrastes sociais...
    1063 Palavras 5 Páginas
  • Redaçao
    cheiro de minha África, cheiro de miséria e de abandono, aroma virgem e ao mesmo tempo forte, cuja sedução eu conheço.” Albert Camus (1997:53) Resumo: Este artigo discute a trajetória do escritor argelino Albert Camus, para entendermos a crise de identidade resultante de sua vida na fronteira...
    3945 Palavras 16 Páginas
  • teorias raciais
    que desumanizou e reduziu os subordinados tanto ao olhar científico como ao desejo dos superiores” (SAID, 2004: pág. 52) Em seu livroRediscutindo a mestiçagem no Brasil”, o professor Kabengele Munanga demonstra como inúmeros autores europeus considerados clássicos e inatacáveis em nossos currículos...
    4364 Palavras 18 Páginas
  • EDUCAÇÃO, O PILAR PARA UMA SOCIEDADE MAIS JUSTA E IGUALITÁRIA
    UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL PROGRAMA DE EDUCAÇÃO PARA A DIVERSIDADE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS COM FOCO EM RAÇA E GÊNERO POLO DE CONSELHEIRO LAFAIETE ELIETE APARECIDA RODRIGUES EDUCAÇÃO, O PILAR PARA UMA SOCIEDADE MAIS JUSTA E IGUALITÁRIA ...
    6920 Palavras 28 Páginas
  • Do silencio do lar ao silencio escolar
    Questão de gênero e raça: o desempenho escolar de meninos negros1 Andréia Botelho de Rezende2 Resumo A pesquisa aqui descrita abrangeu entrevistas com uma professora e quatro meninos negros de uma segunda série em uma escola pública na cidade de São Paulo. Os meninos negros entrevistados apresentavam...
    5238 Palavras 21 Páginas
  • Afro
    Em relação aos estereótipos raciais presentes na literatura brasileira, é incorreto afirmar que: a. Muitos livros da literatura clássica brasileira ajudaram a manter intactos os estereótipos de cunho racista. b. Os textos de Monteiro Lobato também reproduzem os...
    1873 Palavras 8 Páginas
  • Diversidade
    elemento caracterizador de nossa identidade, começando a se forjar, no final do século XIX, a ideologia do “Brasil-cadinho”[2]. A isto somam-se o recente processo de enraizamento da democracia no Brasil e o correlato alargamento dos espaços de vocalização de diferentes interesses que colocaram no centro das...
    7456 Palavras 30 Páginas
  • Ser diferente é normal
    ressaltar que em se tratando da questão do afrodescendente no Brasil abre-se um leque de possibilidades de abordagens a serem discutidas e entendidas. A primeira delas é sobre o processo histórico e político no momento de ocupação territorial no Brasil. Essa ocupação é marcada pelo recebimento legal e ilegal...
    3683 Palavras 15 Páginas