Resumo Do Livro Discurso Do Metodo De Descartes artigos e trabalhos de pesquisa

  • Discurso do método (resumo)

    Discurso do Método (Bom resumo) Resumo do Livro Descartes – O Discurso do Método Para Bem Conduzir a Razão e Procurar a Verdade nas Ciências Logo pelo título fica claro que Descartes não era céptico, pois se é um método para procurar a verdade pressupõe que ela exista. Bom senso é o mesmo que razão para Descartes, ou seja, é o poder de bem julgar e distinguir o verdadeiro do falso e é igual em todos os Homens. Relacionar bom-senso, verdade e método. O bom senso é naturalmente igual em todos...

    696  Palavras | 3  Páginas

  • Resenha - discurso do método (rené descartes)

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CAMILO SANTOS FERREIRA MATHEUS DA SILVA BARRETO RESENHA CRÍTICA DISCURSO DO MÉTODO, DE RENÉ DESCARTES ARACAJU - 2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CAMILO SANTOS FERREIRA MATHEUS DA SILVA BARRETO RESENHA CRÍTICA DISCURSO DO MÉTODO, DE RENÉ DESCARTES Trabalho apresentado à disciplina Metodologia e Comunicação Científica, como requesito parcial, para conclusão do curso de Engenharia de Computação. ...

    990  Palavras | 4  Páginas

  • descartes

    Discurso do Método - Por Capítulos  O DISCURSO DO MÉTODO Biografia e Introdução à René Descartes René Descartes foi um filósofo francês,que alcançou sucesso na área da filosofia e da ciência,bem como na área da matemática e da física. Nasceu em 1596 e freqüentou um colégio jesuíta.Nessa época,Descartes já desenvolveu... 1041 Palavras 5 Páginas Resenha - discurso do método (rené descartes) FERREIRA MATHEUS DA SILVA BARRETO RESENHA CRÍTICA DISCURSO DO MÉTODO...

    707  Palavras | 3  Páginas

  • Discurso do método, de rené descartes

    Profª Djiane Strelciunas Discurso do Método, de René Descartes “Cogito ergo sum” : "Penso, logo existo". Tal proposição resume o espírito de René Descartes (1596-1650), sábio francês cujo Discurso do Método inaugurou a filosofia moderna. Em 1637, em uma época em que a força da razão tal qual a conhecemos era muito mais do que incipiente, e em que textos filosóficos eram escritos em latim, voltados apenas para os doutores, Descartes publicou Discurso do Método, redigido em língua vulgar, isto...

    2474  Palavras | 10  Páginas

  • Resumo O discurso do Mètodo

    UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ FACULDADE DE EDUCAÇÃO DISCIPLINA FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO RESUMO DO LIVRO “O DISCURSO DO MÉTODO” DE RENÉ DESCARTES FORTALEZA 2014 Resumo O livro “O discurso do Método” de Renè Descartes é dividido em seis partes, onde em cada uma o autor aborda temas importantes para a construção do conhecimento. Na primeira parte ele aborda as ciências, a necessidade de um método rigoroso para adquirir conhecimento a cerca de um todo e fala sobre as disciplinas estudadas...

    802  Palavras | 4  Páginas

  • Resumo "Discurso do Método" - René Descartes

    RESUMODISCURSO DO MÉTODO, RENÉ DESCARTES Valter Roque de Oliveira Junior walterjunior89@gmail.com RESUMO: O discurso do método segue a linha da narração autobiográfica, onde Descartes exemplifica seus argumentos citando as experiências obtidas através da sua vida escolar, das suas viagens, das meditações e da leitura de bons livros, fazendo sempre indagações, expondo seu ponto de vista sobre diversos assuntos e mostrando receio acerca de outros. Seu livro foi redigido em língua...

    2204  Palavras | 9  Páginas

  • Discurso do Método

     Trabalho de Filosofia sobre O DISCURSO DO MÉTODO De Descartes Disciplina: Filosofia Ano Lectivo: 2011/2012 Índice Conteúdo Páginas Primeira Parte………………………………………………………………………………………3 Segunda Parte………………………………………………………………………………………4 Terceira Parte………………………………………………………………………………………...

    1705  Palavras | 7  Páginas

  • Discurso do metodo

    Cogito ergo sum. "Penso, logo existo". Tal proposição resume o espírito de René Descartes (1596-1650), sábio francês cujo Discurso do Método inaugurou a filosofia moderna. Em 1637, em uma época em que a força da razão tal qual a conhecemos era muito mais do que incipiente, e em que textos filosóficos eram escritos em latim, voltados apenas para os doutores, Descartes publicou Discurso do Método, redigido em língua vulgar, isto é, o francês. Ele defendia o "uso público" da razão e escreveu o ensaio...

    2621  Palavras | 11  Páginas

  • O discurso do Método

    ogito ergo sum. "Penso, logo existo". Tal proposição resume o espírito de René Descartes (1596-1650), sábio francês cujo Discurso do Método inaugurou a filosofia moderna. Em 1637, em uma época em que a força da razão tal qual a conhecemos era muito mais do que incipiente, e em que textos filosóficos eram escritos em latim, voltados apenas para os doutores, Descartes publicou Discurso do Método, redigido em língua vulgar, isto é, o francês. Ele defendia o "uso público" da razão e escreveu o ensaio...

    2620  Palavras | 11  Páginas

  • metodo de descartes

    Cogito ergo sum. "Penso, logo existo". Tal proposição resume o espírito de René Descartes (1596-1650), sábio francês cujo Discurso do Método inaugurou a filosofia moderna. Em 1637, em uma época em que a força da razão tal qual a conhecemos era muito mais do que incipiente, e em que textos filosóficos eram escritos em latim, voltados apenas para os doutores, Descartes publicou Discurso do Método, redigido em língua vulgar, isto é, o francês. Ele defendia o "uso público" da razão e escreveu o ensaio...

    2620  Palavras | 11  Páginas

  • Fichamento do livro discurso do método - rené descartes

    Fichamento do Livro Discurso do Método - René Descartes Resumo: O livro Discurso do Método – René Descartes – é dividido em seis partes nas quais o autor redige um guia para conduzir o pensamento humano baseado na experiência do autor e conduzido de forma matemática – para não haver a existência de dúvidas – além de expressar seus ideais e conceitos em relação ao conhecimento. A primeira parte segue com...

    1112  Palavras | 5  Páginas

  • Trabalho acadêmico - rené descartes - discurso do metodo

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Descartes o sujeito do conhecimento Arapiraca 2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Jordana Moreira dos Santos Freitas Rayssa Maria Duarte Pereira Rodrigo Rafael Ferreira de Lucena Descartes o Sujeito do Conhecimento Artigo apresentado aos discentes da disciplina Produção do conhecimento: ciência e não ciência destinado à utilização como instrumento de produção textual acadêmica na UFAL – Campus Arapiraca. E-mail do autor: jordanafreitas.s@gmail.com...

    3129  Palavras | 13  Páginas

  • Resenha discurso sobre o metodo

    matemático francês René Descartes é considerado o pai da filosofia e da matemática moderna. Formou-se em direito, porém nunca exerceu profissão. Ficou conhecido no ramo da matemática por fundir álgebra à geometria. Considerado um dos maiores pensadores da história. Mundialmente conhecido pela sua famosa frase "Penso, logo existo", ele acredita na forte ligação entre "pensar" e "ser". Entre suas obras, se destacam "Geometria", "Meditações Metafísicas", "Discurso sobre o Método", entre outros. Este último...

    988  Palavras | 4  Páginas

  • Resenha Discurso sobre o Método

     UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE UFS RESENHA Discurso sobre Método (René Descartes) Janeiro – 2013 Aracaju – SE DESCARTES, René. Discurso Sobre Método. São Paulo: Livraria Martins Fontes Editora Ltda, 2001. 71p. O francês René Descartes é um dos mais renomados filósofos, sendo reconhecido também nas áreas de matemática e física. É considerado um dos pensadores mais importantes e influentes da História do Pensamento Ocidental sendo uma figura chave da Revolução...

    1458  Palavras | 6  Páginas

  • Discurso Do M Todo

    RESUMO: DISCURSO DO MÉTODO – RENÉ DESCARTES VITÓRIA DA CONQUISTA 2014 Discurso do Método é um livro publicado no ano de 1637 que propõe o uso da razão, por meio de um método quase matemático, para conduzir o pensamento humano, procurando buscar certeza em algo totalmente subjetivo. Seu autor, René Descartes, considerado pai da matemática e da filosofia modernas, nasceu em La Haye, França, em 1596 e morreu em Estocolmo em 1650. Após a publicação do livro Discurso do Método, seu nome...

    522  Palavras | 3  Páginas

  • Discurso do Metodo

    Em seu livro, René Descartes, aborda a maneira de se obter, perante a vida, maiores conhecimentos. Descartes buscava na verdade, provar a existência de Deus através da ciência, através da razão. Para provar isso, este filósofo utilizou um método que vinha desenvolvendo há algum tempo, baseado em evidências, em ideias claras e distintas e em recusar-se a utilizar-se de qualquer coisa sem estar coberto de certeza. O autor destaca os motivos pelos quais chegou a tais conclusões, relatando sua vida...

    1808  Palavras | 8  Páginas

  • Resenha - Discurso do método

    Resenha da obra: DESCARTES, René. Discurso do Método. [Tradução Maria Ermantina Galvão. Revisão da tradução Monica Stahel]. São Paulo: Martins Fontes, 2001. 102p. René Descartes, também conhecido como Renatus Cartesius, foi um importante filósofo, físico e matemático francês. O livro Discurso do método, traduzido do original Discurso sobre o método, é uma obra filosófica de René Descartes, publicado originalmente na França, em 1637 em francês, na cidade de Leiden e publicado em latim, em 1656...

    1462  Palavras | 6  Páginas

  • René Descartes

    nas áreas da Epistemologia e Metafísica. Descartes é considerado o pioneiro no pensamento filosófico moderno. Ele nasceu na cidade de La Haye (França) em 31 de março de 1596 e morreu na cidade de Estocolmo (Suécia) em 11 de fevereiro de 1650. Principais realizações - Sugeriu a união entre os estudos da Álgebra e Geometria, criando a Geometria Analítica. - Desenvolveu o Sistema de Coordenadas, também conhecido como Plano Cartesiano. - Desenvolveu o Método Cartesiano no qual defende que só se deve...

    3832  Palavras | 16  Páginas

  • TGA Rene Descartes

    Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Administração Curso de Administração Disciplina: Teoria da Administração Análise da Obra de René Descartes: O DISCURSO DO MÉTODO Goiânia Setembro de 2011 Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Administração Curso de Administração Disciplina: Teoria da Administração Grupo Número 09: 1. Angélica Montalvão Martins; 2. Elineide Oliveira de Sousa; 3. Gabriel Américo Albuquerque Oliveira; ...

    1582  Palavras | 7  Páginas

  • Descartes

    René Descartes Filósofo e matemático francês René Descartes (1596-1650) foi um filósofo e matemático francês. Autor da frase "Penso Logo Existo". É considerado o criador do pensamento cartesiano, sistema filosófico que deu origem a Filosofia Moderna. Sua preocupação era com a ordem e a clareza. Propôs fazer uma filosofia que nunca acreditasse no falso, que fosse fundamentada única e exclusivamente na verdade. Uma nova visão da natureza anulava o significado moral e religioso dos fenômenos...

    3645  Palavras | 15  Páginas

  • Na Primeira Parte Da Obra Discurso Do M Todo

    primeira parte da obra Discurso do Método, Descartes conceitua a capacidade humana de julgar e de distinguir o verdadeiro do falso como bom senso. Ele é a potencialidade própria do homem para orientar seus pensamentos e desenvolver suas virtudes. Segundo Descartes, o bom senso, se bem orientado, leva o homem à perfeição do espírito e ao conhecimento da verdade. Assim, propõe-se a apresentação do conceito de bom senso natural e do método de buscar a verdade nas ciências e descobrir métodos para conduzir nossos...

    1056  Palavras | 5  Páginas

  • Discurso do Método - Por Capítulos

     O DISCURSO DO MÉTODO Biografia e Introdução à René Descartes René Descartes foi um filósofo francês,que alcançou sucesso na área da filosofia e da ciência,bem como na área da matemática e da física. Nasceu em 1596 e freqüentou um colégio jesuíta.Nessa época,Descartes já desenvolveu sua primeira crítica presente na primeira parte de sua obra “Discurso do Método”,afirmando que a instituição não lhe ofereceu uma boa base educacional e uma orientação segura ,revelando problemas da...

    1041  Palavras | 5  Páginas

  • Descartes e o ensino matemático

     Descartes e o Conhecimento Matemático Vera Lúcia Maria Luciano Vilela1, Marcos Corrêa da Silva Loureiro2 1Professora do Curso de Pedagogia e Diretora de Extensão, Assuntos Comunitários, Estudantis e Culturais da UNIFIMES, Rua 22 s/n Setor Aeroporto, CEP 75 830-000, Mineiros, Goiás, ²Marcos Corrêa da Silva Loureiro, Professor Aposentado da Faculdade de Educação da UFG, Rua 217, 930, ap. 502, Setor Leste Universitário, Goiânia, 74 603-090, Goiânia, Goiás. INTRODUÇÃO Este texto...

    4531  Palavras | 19  Páginas

  • FICHAMENTO SOBRE O LIVRO DISCURSO DO MÉTODO

    Assunto (Tema): Discurso do Método Referência bibliográfica: DESCARTES, Renê. Discurso do método. Brasília: UnB, 1985. Texto da Ficha: Descarte relata, primeiramente, na obra Discurso do Método suas considerações gerais sobre os diversos tipos de ciências, demonstrando ao leitor que mesmo com todo o conhecimento que ele adquiriu ao longo de sua formação, ele necessitava de um método eficaz para adquirir e propagar esse conhecimento que, segundo ele, está presente em todos que possuem...

    609  Palavras | 3  Páginas

  • SEÇÃO RESENHAS / RESUMOS

    SEÇÃO RESENHAS / RESUMOS Autor da Resenha: Afonso de Sousa Cavalcanti* Resenha da obra: DESCARTES, René. O Discurso sobre o método. São Paulo: Escala, 2002. René Descartes (Touraine, 1596 - Estocolmo, 1650), também conhecido como Renatus Cartesius, foi filósofo, físico e matemático francês. O Discurso sobre o método, por vezes traduzido como Discurso do método, ou ainda Discurso sobre o método para bem conduzir a razão na busca da verdade dentro da ciência, é um tratado matemático e filosófico...

    1124  Palavras | 5  Páginas

  • 900335 Trabalho Sobre A Obra Discurso Do M Todo

    sobre a obra Discurso do Método (1637), de René Descartes Disciplina: Filosofia – Razão e Modernidade Prof(a) : Valéria Lima Bontempo Valor: 5,0 pontos Aluno: Alexandre Duarte Ferrari Sala: 402 1)Qual a posição de Descartes diante dos conhecimentos recebidos em sua formação? (indique qual foi a crítica de Descartes em relação a filosofia, a teologia , a matemática e outras áreas do conhecimento) Para descartes, os ensinamentos...

    1103  Palavras | 5  Páginas

  • resumo do discurso do método

    Resumo: Discurso Do Método. René Descartes Na primeira parte do Discurso do Método Descartes comunica ao leitor o propósito desta obra que, escrita no século XVII causaria tão grande impacto sobre o pensamento filosófico e cientifico da modernidade. O seu discurso é fruto da intenção de apresentar o método que empreendera para conduzir a sua razão em busca do que é verdadeiro.  A razão é entendida como o “poder de julgar de forma e discernir entre o verdadeiro e o falso”, sendo a única coisa...

    827  Palavras | 4  Páginas

  • Vida e obra de descartes

    AUTARQUIA EDUCACIONAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO - AEVASF FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS E SOCIAIS DE PETROLINA - FACAPE CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS CIÊNCIAS CONTÁBEIS VIDA E OBRA DE RENÉ DESCARTES Petrolina-PE 2011 VIDA E OBRA DE RENÉ DESCARTES Trabalho apresentado como requisito avaliativo parcial do 2º período do curso de Ciências Contábeis, na disciplina Metodologia do Trabalho...

    2586  Palavras | 11  Páginas

  • Discurso do metodo

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA Alisson dos Santos Lima Felipe Rocha Ribeiro Resenha Discurso do Metodo São Cristóvão 2013 DESCARTES, Renè. Discurso do Método. Tradução Elza Moreira Marcelina. Brasília: Editora Universidade de Brasília; São Paulo: Ática. 1989. 2 – Credenciais do Autor Renè Descartes é um dos mais importantes autores da modernidade, viveu no século XVII. Constrói um pensamento definitivo para a compreensão da racionalidade e...

    1002  Palavras | 5  Páginas

  • Amor e Descartes

    fraterno, do amor a Deus, do amor a vida, do amor pelo conhecimento (filosofia) e até de amor platônico, ou seja, aquele que inspira a contemplação O Banquete de Platão "O Banquete" é um livro de diálogos de Platão atribuído a ele mesmo e não a Sócrates, seu mestre. O pano de fundo são os sete discursos acerca do deus Eros, o deus do amor. Diz-se que depois de muitas festas, com bebidas em excesso, resolveram dar uma trégua à orgia e instituíram um encontro filosófico sobre o elogio ao deus Eros...

    3074  Palavras | 13  Páginas

  • Fichamento: Discurso do Método

    Relatório de leitura: Discurso do Método René Descartes Introdução O Discurso do Método é um trabalho que procura destacar o método para alcançar o verdadeiro conhecimento e descobrir a verdade. Ele foi escrito por René Descartes em 1637, este tratado é uma de suas obras mais importantes, considerada uma das primeiras obras da filosofia moderna. Discurso do Método é uma introdução aos seus outros trabalhos a dióptricos, Meteoros e Geometria. O conteúdo deste trabalho é extenso e variado...

    1783  Palavras | 8  Páginas

  • Descartes

    Introdução O exórdio do livro leva-nos a conhecer um pouco mais sobre a vida e obra de René Descartes e as suas hipóteses sobre alguns assuntos. O filósofo estudou humanidades e filosofia no colégio jesuíta de La Flèche e depois fez sua licenciatura em Direito pela Universidade de Poitiers. Depois de – por motivos desconhecidos – ter ingressado no exército holandês sob o comando do príncipe Maurício de Nassau, em 1918, René conheceu Isaac Beeckman e suas preferências foram das humanas para as...

    1275  Palavras | 6  Páginas

  • O discurso do método - resenha

    DIREITO O DISCURSO DO MÉTODO (Resumo) Trabalho apresentado como parte do Curso de Filosofia do Direito do Curso de Direito da Universidade Estácio de Sá/Juiz de Fora-MG. Aluno Jorge Paulo dos Santos Soares Juiz de Fora, março de 2010 Fl 01 O DISCURSO DO MÉTODO Descartes (31 de março de 1596 – 11 de fevereiro de 1650) René Descartes, nome latino Renatus Cartesius,...

    2134  Palavras | 9  Páginas

  • descartes

     RESUMO Nesse trabalho exponho a escolástica em sua constituição e a crítica de Descartes ao seu método de ensino-aprendizagem e busca da verdade. Descartes, que estudou nessas escolas elitizadas, viveu de perto os dogmas e a forma de pensamento que constituem a escolástica, e rompe com isso, criando seu próprio método em alternativa à todo conservadorismo escolástico. escolástica- crítica- método- dogmas- Descartes ...

    1971  Palavras | 8  Páginas

  • 900338 Trabalho sobre a obra Discurso do M todo

    obraDiscurso do Método (1637), de René Descartes. (Tradução de J. Guinsburg e Bento Prado Júnior, 4 ed., São Paulo: Abril Cultural, 1979) ; e responder as questões abaixo Leia a obra e responda as questões abaixo: Valor: 5,0 pontos Entregar as questões no dia do seminário : 1)Qual a posição de Descartes diante dos conhecimentos recebidos em sua formação? (indique qual foi a crítica de Descartes em relação a filosofia, a teologia , a matemática e outras áreas do conhecimento) 2)Descartes busca dar...

    1307  Palavras | 6  Páginas

  • Descartes - Meditações e as quatros regras

    Pontifica Universidade Católica de São Paulo Trabalho de Teoria do Conhecimento Descartes: As seis meditações e as quatro regras do método. Para alcançar o conjunto de princípios fundamentais que constituirão a base de todo o conhecimento verdadeiro, Descartes busca um ponto de partida indubitável. A seguir exponho um resumo das meditações do livro meditações de primeira filosofia. Meditações Na primeira meditação expõem as causas porque podemos e devemos duvidar de todas as coisas...

    871  Palavras | 4  Páginas

  • Discurso do método

    DISCURSO DO MÉTODO (René Descartes) De quantas partes se compõe o Discurso do Método? O discurso é dividido em seis partes: * Considerações sobre as ciências; * Regras do método cartesiano; * Regras de moral, segundo o método cartesiano; * Prova a existência de Deus e da alma humana; * A diferença de alma entre o homem e o animal; * Razões que o levaram a escrever. O que Descartes entende por "bom senso"? Descartes acreditava que a melhor coisa da vida no mundo...

    1039  Palavras | 5  Páginas

  • Rene descartes

    Discurso do Método René Descartes 1- Qual a posição de Descartes diante dos conhecimentos recebidos em sua formação? Ele pensava que os ensinamentos recebidos eram cheios de engano que lhe ofuscavam a razão. E que estudar os costumes dos homens, sendo estes tão diferentes entre si, não era satisfatório, queria um outro paradigma. Confessa que a matemática lhe parece mais adequada. Ela, assim parece, tem um grau de certeza e exatidão que as filosofias tradicionais não possuíam. Mas ele ainda...

    1071  Palavras | 5  Páginas

  • Ren Descartes

    EPISTEMOLOGIA DA PSICOLOGIA RENÉ DESCARTES EDUARDO ELIAS MOREIRA KARIME BARROS LUCAS SANTOS MARIAH Carolina JAYNE DOS SANTOS SOUZA JULIA RYANA KLEINA CURITIBA 2015 EPISTEMOLOGIA DA PSICOLOGIA RENÉ DESCARTES EDUARDO ELIAS MOREIRA KARIME CRISTINA BARROS LUCAS SANTOS MARIAH CAROLINA JAYNE DOS SANTOS SOUZA JULIA RYANA KLEINA Relatório apresentado ao Curso de Psicologia, da Universidade Tuiuti do Paraná, como requisito avaliativo e discussão oral do 1º bimestre da disciplina de Epistemologia da...

    1745  Palavras | 7  Páginas

  • Resumo de rené descartes

    RESUMO DO DISCURSO DO MÉTODO DE RENÉ DESCARTES Werner Schrör Leber PARTE 1 O tom de Descartes é a pessoalidade. Seu Discurso se inicia na primeira pessoa. Descartes narra como chegou ao Método, isto é, como chegou a uma nova maneira de compreender a razão e o pensamento, pois é isso que está a buscar, reportando-se sempre ao percurso que seguiu para encontrar um elemento filosófico substancialmente...

    4017  Palavras | 17  Páginas

  • Discurso do Método- DESCARTES, René.

    RESUMO: DISCURSO DO MÉTODO (René, Descartes) O texto apresenta seis partes, no qual Descartes descreve sua trajetória. Em sua obra, o autor explana a questão do pensamento e da razão. A diversidade de opiniões não se deve a seres mais racionais que outros, diz que certos caminhos o conduziram para caminhos que outros não foram, e os julgamentos que faz de si mesmo, faz pela desconfiança e não pela presunção. Pode-se facilmente equivocar por várias coisas, si próprio ou outrem. Coloca...

    1399  Palavras | 6  Páginas

  • Reflexão sobre a dúvida como processo para o conhecimento no discurso do método de descartes

    SOBRE A DÚVIDA COMO PROCESSO PARA O CONHECIMENTO NO DISCURSO DO MÉTODO DE DESCARTES Jaciel Dias de Andrade jacieldias@folha.com.br Graduando do 4º período de filosofia, SDNSR Resumo O presente texto traz uma abordagem filosófica da dúvida como caminho para o conhecimento. O enfoque maior foi dado à dúvida no pensamento de Descartes, por ser ele o fundador da filosofia moderna, tendo a dúvida essencialmente como método. Assim, Descartes colocou tudo em dúvida, para através dela obter alguma...

    5667  Palavras | 23  Páginas

  • Resenha da obra - Discurso do Método - René Descartes

    Resenha DA OBRA – O DISCURSO DO MÉTODO – RENÉ DESCARTES Possibilidades do Conhecimento Somos capazes de conhecer a verdade? É possível ao sujeito apreender o objeto? Afinal, quais são as possibilidades do conhecimento humano? As respostas dadas a essas questões levaram ao surgimento de duas correntes básicas e antagônicas na história da filosofia. Uma é o ceticismo, que diagnostica a impossibilidade de conhecermos a verdade. A outra é o dogmatismo, que defende a possibilidade de conhecermos...

    2255  Palavras | 10  Páginas

  • Discurso do método

    FACULDADES INTERGRADAS SANTA CRUZ - INOVE ROSANA BARBOSA ADAMCESKI – PED1SA RESUMO DO LIVRO ¨DISCURSO DO MÉTODO¨ CURITIBA 2012 FACULDADES INTERGRADAS SANTA CRUZ - INOVE ROSANA BARBOSA ADAMCESKI – PED1SA RESUMO DO LIVRODISCURSO DO MÉTODO” Trabalho apresentado á disciplina de Filosofia da Educação, ministrada pelo professor Everson Nauroski com intuito de acompanhamento e avaliação. CURITIBA 2012 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO …..........................................

    3424  Palavras | 14  Páginas

  • Metodo cartesiano

    SUPERIOR DO AMAPÁ Curso de Direito Professora Kátia Paulino RENÉ DESCARTES Robson Stigar Mestre em Ciências da Religião. Especialização em História do Brasil; Especialização em Ensino Religioso; Especialização em Psicopedagogia; Especialização em Educação, Tecnologia e Sociedade; Especialização em Catequetica; Especialização em Filosofia; MBA em Gestão Educacional; Professor de Filosofia, Sociologia e Ensino Religioso. Sua Vida René Descartes, nascido em 1596 em La Haye (um povoado da Touraine), numa...

    2949  Palavras | 12  Páginas

  • Conhecimento em descartes

    Resumo: este presente artigo pretende analisar a questão do conhecimento em René Descartes a partir de sua obra o Discurso do Método. Por meio do método que conduz a razão o conhecimento claro e distinto, ou seja, a verdade das coisas livrando a razão do erro e da ilusão. Palavras-chave: Conhecimento, método, verdade. Introdução O que é o conhecimento? Problemática perpassa há muito tempo na história da humanidade, e esta presente em diversas ciências e na filosofia não é diferente. A filosofia...

    1951  Palavras | 8  Páginas

  • René Descartes

    René Descartes René Descartes Filosofia do século XVII Nome completo René Descartes Escola/Tradição: Cartesianismo, racionalismo,fundacionalismo Data de nascimento: 31 de março de 1596 * Local: La Haye en Touraine (atualmente Descartes), Indre-et-Loire,França  Data de falecimento 11 de fevereiro de 1650 (53 anos) * Local: Estocolmo, Suécia Principais interesses: Metafísica, epistemologia,matemática, ciência Trabalhos notáveis Cogito ergo sum, dualismo cartesiano, dúvida metódica...

    3007  Palavras | 13  Páginas

  • Trabalhos prontos (rene descartes)

    RESENHA DA OBRA – O DISCURSO DO MÉTODO – RENÉ DESCARTES O DISCURSO DO MÉTODO RENÉ DESCARTES RESENHA DA OBRA - ELABORADO PELO PROF. REINALDO FONTELES Possibilidades do Conhecimento Somos capazes de conhecer a verdade? É possível ao sujeito apreender o objeto? Afinal, quais são as possibilidades do conhecimento humano? As respostas dadas a essas questões levaram ao surgimento de duas correntes básicas e antagônicas na história da filosofia. Uma é...

    2124  Palavras | 9  Páginas

  • Discurso do método

    FICHAMENTO DO LIVRO DISCURSO DO MÉTODO - RENÉ DESCARTES São Luís 2013 RESUMO: O livro Discurso do Método – René Descartes é dividido em partes, nessas partes o autor redige um guia para conduzir o pensamento humano, onde o mesmo faz exposição do método que ele desenvolveu e suas principais regras, relatando suas experiências e procurando mostrar os motivos que o levaram a buscar novos rumos para seu conhecimento, sempre tomando por base a razão. No livro o autor expressa...

    1502  Palavras | 7  Páginas

  • Fichamento: descartes,rené. discurso do método. petrópolis, rj: vozes, 2008.

    1 OBRA EM FICHAMENTO: Descartes,René. Discurso do Método. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008. 2 ESPECIFICAÇÃO DO REFERENTE UTILIZADO: Desenvolver do método 3 RESUMO DO LIVRO: Primeira Parte - Narrar sua vida de aluno declara ter recebido o que de melhor tinha de cultura de seu tempo. Estudou Lógica, Teologia, Filosofia e por fim abandonou totalmente o estudo das letras, e resolveu buscar o conhecimento no mundo, “gastou o resto da mocidade viajando, visitando cortes e exércitos, mantendo intercâmbios...

    1155  Palavras | 5  Páginas

  • Discurso do método fichamento

     UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - LINCENCIATURA MARIANA MARQUES FARIAS DISCURSO DO MÉTODO: SOBRE RENÉ DISCASTES: fichanto São Luís 2013 MARIANA MARQUES FARIAS DISCURSO DO MÉTODO: SOBRE RENÉ DISCARTES: fichanto Trabalho apresentado à disciplina Metodologia Científica do curso de Ciências Biológicas Licenciatura da Universidade...

    2408  Palavras | 10  Páginas

  • René descartes

    René Descartes Introdução René Descartes foi um filósofo, físico e matemático francês. Durante a Idade Moderna também era conhecido por seu nome latino Renatus Cartesius. Notabilizou-se sobretudo por seu trabalho revolucionário na filosofia e na ciência, mas também obteve reconhecimento matemático por sugerir a fusão da álgebra com a geometria - fato que gerou a geometria analítica e o sistema de coordenadas que hoje leva o seu nome. Por fim, ele foi uma das figuras-chave na Revolução Científica...

    2135  Palavras | 9  Páginas

  • metodos de resenha

    O DISCURSO DO MÉTODO – RENÉ DESCARTES  RESENHA DA OBRA -  ELABORADO  PELO   PROF. REINALDO FONTELES  Possibilidades do Conhecimento  Somos capazes de conhecer a verdade? É possível ao sujeito apreender o objeto? Afinal, quais são as possibilidades do conhecimento humano?   As respostas dadas a essas questões levaram ao surgimento de duas correntes básicas e antagônicas na história da filosofia. Uma é o ceticismo, que diagnostica a impossibilidade de conhecermos a verdade. A outra é o dogmatismo...

    2083  Palavras | 9  Páginas

  • Discurso do metodo eng ele puc

    Discurso do Método René Descartes   1- Ele pensava que os ensinamentos recebidos eram cheios de engano que lhe ofuscavam a razão. E que estudar os costumes dos homens, sendo estes tão diferentes entre si, não era satisfatório, queria um outro paradigma. Confessa que a matemática lhe parece mais adequada. Ela, assim parece, tem um grau de certeza e exatidão que as filosofias tradicionais não possuíam. Mas ele ainda não havia percebido toda a utilidade da matemática. Achava que servia apenas às...

    942  Palavras | 4  Páginas

  • Descartes

     PONTIFICA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS DESCARTES ASSUNTO: DESCARTES ALUNA: LÍLIAN ALVES DE QUEIROZ PROFESSORA: VALÉRIA BON TEMPO CURSO: ENGENHARIA ELÉTRICA - 1º PERÍODO 1- Qual a posição de Descartes diante dos conhecimentos recebidos em sua formação? Ele pensava que os ensinamentos recebidos eram cheios de engano que desmerecia a razão. Confessa que a matemática era a mais adequada, por que possuía um grau de exatidão que os filósofos não possuíam. Achava...

    900  Palavras | 4  Páginas

  • Resenha O Discurso do Método

    de Ciências Humanas Curso de Psicologia Resenha do livro discurso do método de René Descartes PAMELLA SANDIM DA SILVEIRA CAMPO GRANDE MARÇO DE 2013 Preocupado em construir um modo para que pudéssemos chegar a um conhecimento seguro e assumindo o espírito humanista de sua época e apostando na capacidade racional humana na busca de conhecimento, Descartes observa que esse modo é a dúvida e seu método, o caminho. Partindo desse ponto ele diz, “Nisso não é provável...

    1694  Palavras | 7  Páginas

  • Descartes - vida e obras

    CENTRO DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE FILOSOFIA DESCARTES E SUA CONTRIBUIÇÃO PARA A FUNDAMENTAÇÃO DAS CIÊNCIAS NO SÉCULO XVIII, E QUE NOS SEGUEM ATÉ OS DIAS DE HOJE. DOCENTE: PROF. DR. SAULO HENRIQUE DISCENTE: MURILO GOMES DA SILVA TURMA: G0 São Cristóvão, Novembro de 2009 SÃO CRÍSTÓVÃO, NOVEMBRO DE 2009 Murilo Gomes da Silva DESCARTES E SUA CONTRIBUIÇÃO PARA A FUNDAMENTAÇÃO DAS CIÊNCIAS NO SÉCULO XVIII, E QUE...

    2475  Palavras | 10  Páginas

  • René Descartes

    René Descartes nasceu em 31 de Março de 1596 em La Haye. Com oito anos, ingressou no colégio jesuíta Royal Henry-Le-Grand, em La Flèche. Descartes reconheceu que lá havia certa liberdade; no entanto, no seu "Discurso sobre o método", declara a sua decepção, não com o ensino da escola em si, mas com a tradição escolástica, cujos conteúdos considerava confusos, obscuros e nada práticos. Em carta a Mersenne, diz que "osConimbres são longos, sendo bom que fossem mais breves (crítica já então corrente...

    1306  Palavras | 6  Páginas

  • Renê descartes

    René Descartes | Filosofia do século XVII | | Nome completo | René Descartes | Escola/Tradição: | Cartesianismo, racionalismo,fundacionalismo | Data de nascimento: | 31 de março de 1596 | * Local: | La Haye en Touraine (atualmente Descartes), Indre-et-Loire, França | Data de falecimento | 11 de fevereiro de 1650 (53 anos) | * Local: | Estocolmo, Suécia | Principais interesses: | Metafísica, Epistemologia,Matemática, Ciência | Trabalhos notáveis: | Cogito ergo sum, dualismo cartesiano...

    2264  Palavras | 10  Páginas

  • Discurso do método

    PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Engenharia Elétrica FILOSOFIA E MODERNIDADE Professora: Valéria Lima Bontempo Contagem, 2013. 1- Qual a posição de Descartes diante dos conhecimentos recebidos em sua formação? Descartes acreditava que os ensinamentos recebidos eram enganosos causando a ofuscação a razão, acreditava também que os costumes dos homens são muitos diferentes sendo assim estudar os mesmos não era algo que o satisfazia...

    1019  Palavras | 5  Páginas

tracking img