Resumo Do Livro A Cidade Na Historia Lewis Mumford artigos e trabalhos de pesquisa

  • Historia da Arquitetura

     A História da Arquitetura como prática dialógica entre os saberes historiográficos JOÃO HENRIQUE DOS SANTOS 1 1 Doutor. Professor do Departamento de História e Teoria da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Rio de Janeiro (FAU/UFRJ). RESUMO A História da Arquitetura vem sendo usualmente tratada pela Historiografia como parte da História da Arte. Contudo, dispõe de uma natureza que a torna específica pela ligação que constrói entre as diferentes possibilidades...

    1575  Palavras | 7  Páginas

  • Resenha - A cidade na história, Mumford

    FACULDADES BARDDAL / UNISESP CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO DISCIPLINA: TEORIA E HISTÓRIA DA ARQUITETURA E DO URBANISMO I PROF. KARINE DAUFENBACH FLORIANÓPOLIS, 12/09/2013 MUMFORD, Lewis. A cidade na história: suas origens, transformações e perspectivas – Capítulo 1 Santuário, aldeia e fortaleza. São Paulo: Martins Fontes, 2008, pág. 1 – 32. Resenhado por François Urban (Faculdades Barddal - UNIESP) Lewis Mumford era nova-iorquino e estudou no City College na New School for Social Research...

    1199  Palavras | 5  Páginas

  • a cidade na historia

    Lewis Mumford era nova-iorquino e estudou no City College na New School for Social Research. Tinha como reputação a de um escritor interessado pelas questões urbanas. Estreou com“A História da Utopia” (1922), incluía a literatura, a arte e a ação comunitária como meio para aprimorar a qualidade de vida. Mumford publicou diversas outras obras, dentre elas a obra a ser resenhada“A Cidade na História (1961). Lewis Mumford faleceu em 27 de janeiro de 1990. No livro “A Cidade na História” o autor...

    580  Palavras | 3  Páginas

  • Historia da arte

    FINAC – Faculdades Integradas Nacional THAU 1 – Teoria e História da Arquitetura e Urbanismo Professor Luiz Marcello Gomes Ribeiro A CRISTALIZAÇÃO DA CIDADE SEGUNDO LEWIS MUNFORD Lewis Munford escreve a Cidade na História, obra que serve de base para a atual resenha. A Cidade História, escrito no ano de 1961, foi seu livro de maior importância e teve sua publicação agraciada com o prêmio US National Book Award, importante prêmio na classe literária dos Estados Unidos. Nesta resenha crítica...

    1124  Palavras | 5  Páginas

  • Questionário referente ao Capítulo VIII do livro: “A Cidade na História” de Lewis Mumford.

    Questionário referente ao Capítulo VIII do livro: “A Cidade na História” de Lewis Mumford. Teoria e Historia da Arquitetura e Urbanismo III Questionário referente ao Capítulo VIII do livro: “A Cidade na História” de Lewis Mumford. 1- Quais as culturas exerceram influência na formação da cidade Romana, e quais foram estas influencias? A cidade Romana se construiu buscando bases em outras culturas do mundo antigo, em especial a Cultura Helênica e a Etrusca. “Dos povos etruscos os romanos...

    1044  Palavras | 5  Páginas

  • TEORIA DAS CIDADES

    .......................... Lewis Mumford.............................................................................................................. 1.1 Introdução Há grandes afinidades entre os teóricos ingleses e americanos que pensaram a questão urbana a partir dos séculos XIX e XX. Cabe lembrar que o socialista utópico Robert Owen levou para os Estados Unidos seu modelo de cidade, tentando implementá-lo na Louisiânia...

    2997  Palavras | 12  Páginas

  • A cidade na história

     MUMFORD, Lewis. A cidade na história – suas origens, transformações e perspectivas. São Paulo: Martins Fontes, 1998. p.9-36. Resenhado por Frank Ferdinand de Bem Urban (Faculdades Barddal - Acadêmico do Curso de Arquitetura e Urbanismo) Lewis Mumford (1895-1990) foi um historiador norte americano que pesquisou nas áreas da arte, ciência e tecnologia. Foi também escritor, crítico literário e professor. Estudou no City College e na New School for Social Research. Colaborou em publicações...

    1138  Palavras | 5  Páginas

  • labirintos no tempo a cidade medieval e o espaço

    História, imagem e narrativas N 10, abril/2010 - ISSN 1808-9895 - http://www.historiaimagem.com.br o Labirintos no tempo: a cidade medieval e os espaços Marlen Batista De Martino Prof. Dra. História e Teoria da Arte da Universidade do Estado de Santa Catarina demartino.marlen@gmail.com Isadora Gonçalves de Azevedo Licenciatura em Artes Visuais da Universidade do Estado de Santa Catarina isadoracga@gmail.com Resumo: Abordamos neste artigo algumas características pertinentes as cidades...

    3933  Palavras | 16  Páginas

  • Lewis mumford

    Resumo do texto: O URBANISMO – Lewis Mumford Lewis Mumford é americano estudou na universidade de Colúmbia, estudou a historia da civilização e se especializou na era maquinista, tornou-se discípulo e continuador de Patrik Geddes. Para ele a cidade e o centro mais importante do nosso tempo, inspirado neste tema escreveu “Stick and Stones” (1924) e “The Brown Decades” (1931), mais tarde sua melhor obra “The Culture of cities” (1938) Com um conhecimento profundo da realidade urbana contemporânea...

    694  Palavras | 3  Páginas

  • biografia de Lewis Munford

    LEWIS MUNFORD Lewis Mumford (1895-1990) foi um escritor norte-americano que escreveu a respeito do impacto da urbanização sobre os homens ao longo da história. A variedade da sua escrita colocou em contato com uma ampla diferença de segmentos, incluindo escritores, artistas,urbanistas, arquitetos, filósofos, historiadores e arqueólogos. Apesar de não ter concluído nenhuma faculdade.Trabalhou em diversos periódicos de respeitado valor na área de arquitetura e urbanismo. Ele era crítico de...

    1439  Palavras | 6  Páginas

  • Resumo livro peter hall

    RESUMO ESQUEMÁTICO DO LIVRO: HALL, PETER. CIDADES DO AMANHÃ: UMA HISTÓRIA INTELECTUAL DO PLANEJAMENTO E DO PROJETO URBANOS NO SÉCULO XX. SÃO PAULO, PERSPECTIVA,1995. 22 de outubro de 2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS FACULDADE DE ARQUITETURA E URBANISMO Debora Rocha Vilela de Farias Disciplina: Teoria do Urbanismo 1 | Professora: Anna Maria Vieira Soares Filha | Data: 22 de outubro de 2013 HALL, Peter. Cidades do Amanhã: uma história intelectual do planejamento e do projeto urbanos...

    2658  Palavras | 11  Páginas

  • Natureza Da Cidade Antiga

    Natureza da cidade antiga Lewis Mumford - Foi um americano que estudou a história da civilização, discípulo de Patrick Geddes. A cidade é o centro mais importante, segundo Mumford. Obra importante: “A cultura das cidades” (1938). Mumford dizia que a sociedade tecnológica deveria entrar em harmonia com o desenvolvimento pessoal e as aspirações culturais regionais. Monopólio da criatividade Antigamente as funções criativas eram monopolizadas e relacionadas à religião, eram sagrada na maior parte...

    623  Palavras | 3  Páginas

  • Resenha do livro "a construção das cidades segundo seus princípios artísticos"

    SITTE, Camillo. A construção das cidades segundo seus princípios artísticos. Tradução de Ricardo Ferreira Henrique. 4.ed. São Paulo: Ática, 1992. p.14-34, 145-164. Notável arquiteto e pintor austríaco, Camillo Sitte tinha bastante influência e autoridade no desenvolvimento de planejamento e construção urbana. Além disso, é considerado o primeiro “esteta”, fato evidenciado na sua obra A construção das cidades segundo seus princípios artísticos. Neste, o autor faz uma crítica estética ao urbanismo...

    655  Palavras | 3  Páginas

  • Historia urbana

    Resenha: História Urbana, de Ronald Raminelli RAMINELLI, Ronald. História Urbana. IN Domínios da História. Ensaios de teoria e metodologia. 5ª Edição. Editora Campus. Rio de Janeiro. RJ. Brasil. 1997             O historiador Ronald Raminelli é mestre e doutor pela Universidade de São Paulo e atua como professor na UFF, do Rio de Janeiro. É autor de diversos livros e artigos sobre historiografia e o período colonial brasileiro. Os primeiros estudos sistemáticos sobre a cidade se desenvolvem...

    1341  Palavras | 6  Páginas

  • A CIDADE NA HISTORIA

    A cidade na históriaLewis Mumford Tratando de aspectos da vida medieval e comparada com vida moderna a família medieval tinha vários agregados como trabalhadores, aprendizes e etc. sendo que o casamento durava mais tempo do que hoje. A família era chamada de guilda que era patriarcal. As casas dessas guildas são apenas com dois ou três andares, com grande pátio e um único portão levando a rua. As casas mais antigas tinham pequenas aberturas de janelas e só posteriormente ia ser acrescentado...

    645  Palavras | 3  Páginas

  • lewis mumford

    Lewis Mumford nasceu em Nova York. Estudou no City College nova-iorquino e na New School for Social Research. Colaborou em publicações, e seus primeiros textos publicados tanto emjornais quanto em livros, firmaram sua reputação como escritor interessado pelas questões urbanas. Desde a estréia porém, com "A História da Utopia" (1922), sempre situou seus comentários num contexto amplo, que incluía a literatura, a arte e a ação comunitária como meio para aprimorar a qualidade de vida. Em outras obras...

    564  Palavras | 3  Páginas

  • lewis mumford - a cidade na história

     A cidade na HistóriaLewis Mumford Fichamento Hadassa Silva da Cruz Santana Lewis Mumford (1895 – 1990) nascido em Nova York foi um escritor norte-americano que escreveu a respeito da urbanização e do impacto por ela provocado sobre os homens ao longo da história. Apesar de não concluído nenhuma faculdade – devido a uma tuberculose, precisou sair da City College of New York –, trabalhou em diversos jornais na área de arquitetura e urbanismo. Preferia ser chamado de escritor, não historiador...

    1084  Palavras | 5  Páginas

  • historia

    UNIVERSIDADE PARANAENSE CAMPUS FRANCISCO BELTRÃO ARQUITETURA E URBANISMO HISTÓRIA DA ARQUITETURA E DO URBANISMO - I Arquitetura Românica PROF. ARQ. e URB. GUILHERME DALTOÉ ANO LETIVO: 2014 IDADE MÉDIA Em 476, com a tomada de Roma pelos povos bárbaros, tem início o período histórico conhecido por Idade Média. Na Idade Média a arte tem suas raízes na época conhecida como Paleocristã, trazendo modificações no comportamento humano, com o Cristianismo a arte se voltou para a valorização ...

    2343  Palavras | 10  Páginas

  • Fichamento Charles Tilly - As cidades e os estados na história do mundo

    TILLY, Charles. As cidades e os estados na história do mundo. In “Coerção, Capital e Estados Europeus.” São Paulo, Editora da USP. 46 – “Os estados foram por mais de cinco mil anos as organizações mais extensas e mais poderosas do mundo. Definamos os estados como aquelas organizações que aplicam coerção, distintas das famílias e dos grupos de parentesco e que em alguns aspectos exercem prioridade manifesta sobre todas as outras organizações dentro de extensos territórios. O termo abrange...

    6847  Palavras | 28  Páginas

  • Breve Historia da Arquitetura Românica

    ARQUITETURA E URBANISMO 1º PERÍODO Vitória Forbeck Bianco Laura Benatti Jeferson Luiz Klauck HISTÓRIA DA ARQUITETURA: ROMÂNICOS CONTEXTO HISTÓRICO: A arte românica surgiu em plena época feudal, tendo-se desenvolvido entre os sécs. XI e finais do séc. XII, transformando-se numa arte amadurecida e estruturalmente flexível, que se espalhou por toda a Europa, tornando-se no primeiro estilo internacional da Idade Média. Nesta época, toda a civilização europeia se moveu em nome de uma renovação arquitetônica...

    891  Palavras | 4  Páginas

  • Capitulo 1 - Lewis Mumford

    HISTÓRIA DAS CIDADES (Lewis Mumford) Esclarecimento Para melhor compreensão deste resumo do cap. 1 cabe um breve esclarecimento sobre os objetivos, alguns conceitos, e a divisão histórica, utilizados por Benevolo. Neste primeiro capítulo o autor irá desenvolver algumas hipóteses sobre o surgimento das primeiras cidades sempre frisando que a datação exata de tal momento é praticamente impossível. Assim ele vai remontar a história do surgimento das primeiras aldeias e como elas se tornaram cidades...

    1343  Palavras | 6  Páginas

  • RESUMO: A cidade do pensamento Único - Otília Arantes

    Resumo: Livro A CIDADE DO PENSAMENTO ÚNICO Otília Arantes, Carlos Vainer, Ermínia Maricato 1. Uma nova geração urbanística? Uma nova geração? Tenho dúvidas. O que está sendo chamado de “terceira geração” urbanística, a meu ver, não representa nenhuma ruptura maior de continuidade com a anterior. O que levou, não por acaso, a ressuscitar o vocabulário descartado do “planejamento”, posto em descrédito pela voga contextualista anterior. Porque o novo planejamento urbano, dito estratégico...

    3083  Palavras | 13  Páginas

  • a cidade na região

    A CIDADE NA REGIÃO NASCE O PLANEJAMENTO REGIONAL: EDIMBURGO, NOVA YORK, LONDRES (1900-1940) A cidade regional é norte-americana e o seu planejamento surgiu com Patrick Geddes,o pai do Planejamento urbano, que pensava em como se deve administrar uma cidade. Mas foi através do encontro com Lewis Mumford na década de 20 que sua teoria foi desenvolvida, essa filosofia de planejamento das cidades fez com que se criasse um grupo de planejadores na cidade de Nova York, onde se espalhou para o mundo...

    1494  Palavras | 6  Páginas

  • A Cidade Renascentista

    “voltar a nascer”, o que traduz o intuito do movimento de reviver a antiga cultura grego-romana, mais especificamente a romana. A base desse movimento encontra-se no crescimento gradativo da burguesia comercial e das atividades econômicas entre as cidades europeias devido a transição do feudalismo para o capitalismo. Surge uma transformação nas ideias e comportamento: o ideal humanista. Esse ideal tem como característica: Consciência do homem como centro e medida de todas as coisas; Afirmação do homem...

    4236  Palavras | 17  Páginas

  • A Cidade na Hist ria

    A Cidade na História * A Cristalização da cidade ‘‘ SE QUISERMOS LANÇAR NOVOS ALICERCES PARA A VIDA URBANA, CUMPRE-NOS COMPREENDER A NATUREZA HISTÓRICA DA CIDADE E DESTINGUIR, ENTRE AS SUAS FUNÇÕES ORIGINAIS, AQUELAS QUE EMERGIRAM E AQUELAS QUE PODEM AINDA SER EVOCADAS’’ Equipe: Alan Caldas Bryza Santos Camilla Vieira Henrique Basílio Tópicos: Lewis Mumford Da Proteção à Destruição A Primeira Transformação Urbana Lei e Ordem Urbana A Primeira Implosão Urbana Ansiedade, Sacrifício e Agressividade...

    634  Palavras | 3  Páginas

  • introdução morte e vida nas grandes cidades

    ÍNDICE Agradecimentos................................................................... IX 1. Introduçao..................................................................... 1 PARTE l A natureza peculiar das cidades 1. Os usos das calçadas: segurança................................... 29 3. Os usos das calçadas: contato....................................... 59 4. Os usos das calçadas: integrando as crianças............... 81 5. Os usos dos parques de bairro...

    9556  Palavras | 39  Páginas

  • Morte e Vida de Grandes Cidades Jane Jacobs Resumo

    ÍNDICE Agradecimentos................................................................... IX 1. Introduçao..................................................................... 1 PARTE l A natureza peculiar das cidades 1. Os usos das calçadas: segurança................................... 3. Os usos das calçadas: contato....................................... 4. Os usos das calçadas: integrando as crianças............... 5. Os usos dos parques de bairro..................................

    9305  Palavras | 38  Páginas

  • Historia do Urbanismo

    Docente: Carmelina Suquerê Cuiabá – MT, 2013 A pré-história é o período anterior ao aparecimento da escrita, por volta do ano 4000 a.C.Seu estudo depende da análise de documentos não-escritos, como restos de armas, utensílios, pinturas, desenhos e ossos. O gênero HOMO apareceu entre 4 e 1 milhão de anos a.C. Aceita-se três etapas na evolução do homem pré-histórico, entre os estudiosos. São elas: I - PALEOLÍTICO (idade da pedra lascada) a) Paleolítico inferior: 500.000 – 30.000...

    1594  Palavras | 7  Páginas

  • Cidade antiga

    respectivamente versam sobre os primeiros vestígios à cidade constituída e da cidade moderna às cidades contemporâneas. No tópico o campo e a cidade: antecedentes e polemicas o urbanista Lewis Mumford relata que mesmo possuindo vestígios e indícios sobre nossos antepassados tudo não passa apenas de hipóteses com poucas possibilidades de comprovação, contudo estabeleceu-se um consenso no ramo da arqueologia da cidade de que a vida rural antecedeu o surgimento das cidades, do comercio, das industrias e por seguinte...

    1067  Palavras | 5  Páginas

  • Introdução morte e vida das grandes cidades

    ÍNDICE Agradecimentos................................................................... IX 1. Introduçao..................................................................... 1 PARTE l A natureza peculiar das cidades 1. Os usos das calçadas: segurança................................... 3. Os usos das calçadas: contato....................................... 4. Os usos das calçadas: integrando as crianças............... 5. Os usos dos parques de bairro..................................

    9305  Palavras | 38  Páginas

  • A Cidade na Historia Resenha

    A Cidade na História Resenha: Capítulo VI - O cidadão contra a cidade ideal - Lewis Mumford 1 - Cidade e cidadão Lewis faz uma comparação entre a cidade física e a cidade cidadã (construções x cidadania). O aspecto de ordem que conhecemos de Atenas, só se concretizou no fim do período Helenístico, antes disso a cidade era mais orgânica, refletia a confusão da mente humana da época. Também fala sobre a grande insignificância da cidade Helênica do período em relação à arquitetura e planejamento de...

    527  Palavras | 3  Páginas

  • Grupo 1 A Natureza da Cidade Antiga

    A natureza da cidade antiga Lewis Mumford Americano que se aprofundou no estudo da historia da civilização e se especializou na era maquinista, tornou-se discípulo e continuador de Patrik Geddes. Para ele a cidade e o centro mais importante do nosso tempo, inspirado neste tema escreveu uma de suas obras mais importantes: “A cultura das cidades” (1938) Em suas obras, Mumford advertiu que a sociedade tecnológica deveria entrar em harmonia com o desenvolvimento pessoal e as aspirações culturais regionais...

    669  Palavras | 3  Páginas

  • RESENHA “A CIDADE NA REGIÃO. NASCE O PLANEJAMENTO REGIONAL: EDIMBURGO, NOVA YORK, LONDRES (1900-1940)”, DO LIVRO CIDADES DO AMANHÃ, DE PETER HALL

    RESENHA DO CAPÍTULO V “A CIDADE NA REGIÃO. NASCE O PLANEJAMENTO REGIONAL: EDIMBURGO, NOVA YORK, LONDRES (1900-1940)”, DO LIVRO CIDADES DO AMANHÃ, DE PETER HALL. REFERÊNCIA DO TEXTO: HALL, Peter. A Cidade na Região. Nasce o Planejamento Regional: Edimburgo, Nova York, Londres (1900-1940). In: _______. Cidades do Amanhã. São Paulo: Editora Perspectiva, 2002. p.160-203 O planejamento regional nasceu com Patrick Geddes, mas foi através do encontro com Lewis Mumford na década de 20 que sua teoria...

    2378  Palavras | 10  Páginas

  • A cidade clássica e a cidade barroca

    A Cidade Clássica e a Cidade Barroca: consonâncias 1. A Cidade Clássica Historicamente, o período do renascimento tem origem em 1453 1, ocasião em que os turcos conquistam Constantinopla2, pondo um fim no Império Romano do Oriente3 e abrindo caminho para uma grande mudança cultural e econômica da sociedade européia. Com a queda de Constantinopla, as principais rotas comerciais do Mar Mediterrâneo se deslocaram para o Oceano Atlântico. Por volta do final do século XV, a dinâmica da civilização...

    2058  Palavras | 9  Páginas

  • Portifolio de historia

    1. Observe a imagem do mapa de Waldseemüller e leia o texto a seguir. " Este mapa é de fundamental significação na história da cartografia. Sintetizou a revolução dos vinte anos precedentes na geografia e ampliou a imagem contemporânea do mundo, proporcionando uma visão essencialmente nova do mesmo. [....] Seu histórico é conhecido indubitavelmente a partir do tratado geográfico 'Cosmographiae Introductio' que acompanhou sua publicação em 1507. [...] Este mapa tem uma importância histórica única...

    2550  Palavras | 11  Páginas

  • Intertextualida Cronicas de Narnia e os Livros Gênesis e Apocalipse

    FACULDADE ANHANGUERA DE LIMEIRA CURSO DE LETRAS ELI CRISTINA LAGE SILVA ASPECTOS INTERTEXTUAIS ENTRE CRONICAS DE NÁRNIA E OS LIVROS GENESIS E APOCALIPSE DA BÍBLIA ORIENTADORA Profº. Ana Karina Giusti Mantovani LIMEIRA 2013 GENESIS E APOCALIPSE DA BÍBLIA Trabalho de conclusão de curso apresentado a banca examinadora da Faculdade de Limeira da ...

    7974  Palavras | 32  Páginas

  • Fichamento - "A Fábrica e o Cortiço" Lewis Mumford

    CAROLINA GOETTEN CONING DATA: 03/11/2014 5 - A fábrica e o Cortiço Mumford, Lewis. A cidade na história – suas origens, transformações e perspectivas. São Paulo , 1998 4ª ed. p.496 - “Os principais elementos do novo complexo urbano foram as fábricas, as estrada de ferro e o cortiço.” / Com a Revolução Industrial e o avanço de tecnologia, a grande maioria da população saio do meio rural para tentar a vida em cidades grandes. “[...] A transformação dos rios em esgotos abertos foi um fato...

    584  Palavras | 3  Páginas

  • SOCIEDADES EM REDES, CIDADES GLOBAIS, TECNOLOGIAS INFORMACIONAIS E A CONSTRUÇÃO DA VIVÊNCIA URBANA CONTEMPORÂNEA

    SOCIEDADES EM REDES, CIDADES GLOBAIS, TECNOLOGIAS INFORMACIONAIS E A CONSTRUÇÃO DA VIVÊNCIA URBANA CONTEMPORÂNEA 23 de agosto de 2005 | Das 19h às 22h Cidade: Fixos e Fluxos Lucrécia D’Alessio Ferrara Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica – PUCSP Resumo Neste trabalho procura-se: 1. as diferenças históricas e sociais que assinalam as manifestações da cidade cosmopolita no auge do século XIX, a metrópole que ampara a expansão industrial e o adensamento populacional e a megalópole...

    11730  Palavras | 47  Páginas

  • A Cidade Na Hist Ria

     A cidade na história: Suas origens, transformações e perspectivas. Lewis Mumford - O que o autor quis dizer com: “Santuário, aldeia e fortaleza”. Inicialmente, apresenta um questionamento em relação ao surgimento das cidades na história, bem como, sua origem e importância para a sociedade, na qual, sua origem é indefinida e seu futuro é desconhecido. Propõe a criação de um novo tipo de cidade, com uma nova estrutura e que não siga o modelo padrão que vivenciamos e que enriqueça o desenvolvimento...

    1088  Palavras | 5  Páginas

  • Trabalho A Cidade Na Hist Ria MUMFORD

    Fichamento Avaliativo MUMFORD, Lewis. Paraíso Paleotécnico: Coketown. In:______. A Cidade na História: suas origens, transformações e perspectivas. 4. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1998. p. 496-507. 5 – A fábrica e o cortiço p. 496: “Os principais elementos do novo complexo urbano foram a fábrica, a estrada de ferro e o cortiço”. [...] “A fábrica passou a ser o núcleo do novo organismo urbano. Todos os demais detalhes da vida ficaram subordinados a ela”. As fábricas eram bem localizadas, perto...

    1061  Palavras | 5  Páginas

  • Resenha do livro o urbanismo

     Resenha do livro "O Urbanismo - Françoise Choay"     A Cidade foi a criação mais complexa que o homem já construiu. Para entender seus processos construtivos e para consequentemente melhorá-la, é necessário um estudo aprofundado sobre sua história e como A Cidade vem se moldando aos novos meios de vida da sociedade contemporânea.       Este livro, indicado por uma das minhas professoras, faz uma passagem no tempo desde a revolução industrial até hoje. A leitura dele é um pouco pesada, porém, lendo...

    2736  Palavras | 11  Páginas

  • Resenha_O MITO DA MEGALÓPOLIS

    RESENHA DA OBRA A CIDADE NA HISTÓRIA, DE LEWIS MUMFORD – 2008 (CAP. 7, O MITO DA MEGALÓPOLIS) Conforme Mumford, a ideia de a população urbana, maior que a rural, está de certa forma ultrapassada, pois atualmente muitos países estão entrando agora em uma era em que a área real ocupada pela população urbana, rivaliza com a área destinada ao cultivo de mantimentos. Esse rápido aumento da população e da área urbana coloca em cheque o urbano, e o autor chega a levantar dúvidas sobre o futuro de desenvolvimento...

    1775  Palavras | 8  Páginas

  • Evolução temporal das cidades e mudanças em suas formas e funções

    objetivo fazer uma breve análise temporal da evolução histórica das cidades e as mudanças nas suas formas e funções, utilizando como base a bibliografia e as aulas da disciplina Geografia Urbana. Antes de entendermos historicamente os processos e formas urbanas, é preciso definir o que são cidade e urbanização. Para ser considerada uma cidade, uma determinada aglomeração de pessoas deve exercer uma centralidade, sendo assim, “toda cidade é do ponto de vista geoeconômico, isto é, das atividades econômicas...

    2107  Palavras | 9  Páginas

  • ciam

    Do Coração da cidade – a Otterlo (1951-59): discussões transgressoras de ruptura, a semente das novas direções pós-CIAM. Marisol Rodríguez Sosa Dr. em Urbanismo Universidad Autónoma de Ciudad Juárez (UACJ) Instituto de Arquitectura, Diseño y Artes (IADA) Av. del Charro, 610 Norte, Fracc. Universidad, Ciudad Juárez, Chih, CEP. 32310, México Tel. (52)(656) 688-48-20., Fax:(52)(656)688-4826 e-mail: marisolrs@gmail.com Roberto Segre Dr. em Planejamento Regional e Urbano Universidade Federal...

    7728  Palavras | 31  Páginas

  • O perfil do engenheiro ao longo da história

    | | RESUMO DE TEXTOS | O perfil do engenheiro ao longo da história | REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS [1] E. Lewis, http://www.vf.k12.mo.us/cccb1/sld017.htm. [2] E. Marcorini, Science and Technology – A Narrative Chronology, Facts on File, New York, NY, 1988, p. 4. [3 ] G. A. Haaf, Origem da Humanidade, Círculo do Livro, Abril, São Paulo, 1979 [ 4] J. Milititsky...

    1559  Palavras | 7  Páginas

  • Fichamento dos Capítulos 12 e 13 do livro: "Arquitetura Moderna desde 1900"

    12 - ARQUITETURA E REVOLUÇÃO NA RUSSIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO TEORIA E HISTÓRIA DA A RTE ARQUITETURA E URBANISMO   ALUNAS: JOSEN AN AZEVEDO, KESSIA KAIOANE, LETÍCIA COUTO, MARÍLIA BORGES O R I E N TA D O R A : F E R N A N D A M O R E I R A ARQUITETURA E REVOLUÇÃO NA RUSSIA - Ainda que as formas da arquitetura moderna criadas durante a desde de 1920 não possam serem compreendidas fora dos ideias sociais que ás emocionaram, devemos suspeitar das simplificações...

    4246  Palavras | 17  Páginas

  • Mumford

    Departamento de História PET-História Fichamento Tutora: Prof. Dr. Eunícia Fernandes 2010.1 MUMFORD, Lewis. “Paraíso Paleotécnico: Coketown” In: A cidade na história. São Paulo: Martins Fontes, 1998. [1961] Bianca Miki1 Sobre o autor: Lewis Mumford (1895-1990) foi um escritor norte-americano que escreveu a respeito do impacto da urbanização sobre os homens ao longo da história. Apesar de não ter concluído nenhuma faculdade – teve que sair da City College of New York devido a tuberculose – trabalhou...

    3067  Palavras | 13  Páginas

  • O desenho

    BARÃO DE MAUÁ FERNANDO STABILE MILIORINI (1413711) Síntese do Texto “O Desenho“ – Livro: Caminhos da arquitetura Trabalho de Desenho Arquitetônico Ribeirão Preto – 08/2012 FERNANDO STABILE MILIORINI (1413711) Síntese do Texto “O Desenho“ Livro: Caminhos da arquitetura Trabalho apresentado ao Curso de Arquitetura...

    1132  Palavras | 5  Páginas

  • A Rua na História das Cidades

      A  rua  e  suas  transformações  na  história  das  cidades:  Da  gênese  da  cidade   clássica  ao  final  do  período  barroco.                       UBERLANDIA-­‐MG   MARÇO/2014     A  rua  e  suas  transformações  na  história  das  cidades:  Da  gênese  da  cidade  clássica  ao  final  do  período   barroco....

    6677  Palavras | 27  Páginas

  • Resumo - não jogue sua vida fora - john piper

    MATÉRIA: VOCAÇÃO E ESPIRITUALIDADE ATIVIDADE: RESUMO DO LIVRO – NÃO JOGUE SUA VIDA FORA - JOHN PIPER DATA DE ENTREGA: 05/04/2012 O pai de John Piper era um evangelista, que iniciava as pregações com humor, trabalhava muitos textos na Bíblia, e ele até tremia a ouvir seu pai. Nos da a entender que era um mensageiro de Deus, muito espiritual que se preocupava em manejar bem a palavra, vocacionado que repassava às pessoas as verdades bíblicas e se preocupava muito com a salvação dessas vidas...

    1502  Palavras | 7  Páginas

  • Acao do tempo

    AÇÃO DO TEMPO: uma metáfora do relógio na transformação do nosso cotidiano   Osvaldo Manoel Corrêa Resumo O tempo é elemento fundamental em nossas vidas: nossos trabalhos, estudos, lazeres e desejos são vivenciados pela perspectiva do relógio. No entanto, atribuímos ao tempo uma determinada naturalidade, um certo caráter de regularidade inatingível e, muito raramente, refletimos criticamente sobre ele. É nesse contexto que devemos atentar para o fato de que a exploração dos problemas relativos...

    4483  Palavras | 18  Páginas

  • A cidade sob olhar semiótico - Praça Portugal: De cenário a palco urbano.

    UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ A CIDADE SOB O OLHAR SEMIÓTICO PRAÇA PORTUGAL: DE CENÁRIO A PALCO URBANO Recorte: Pretende-se com este trabalho discutir uma proposta para a leitura da cidade como um conjunto de signos. Devido a complexidade que esta apresenta, adotou-se como recorte o elemento praça, um dos signos materiais nela presente desde sua origem, e como forma de enriquecer a discussão junto a turma, procurou-se debruçar sobre uma realidade local a Praça Portugal. Procura-se com isso...

    3705  Palavras | 15  Páginas

  • Cidades Antigas Construção Nova

    Tradução Raquel Neimann e Mila Regina (PPGAU-UFBA) Cidades Antigas Construção Nova Roberto Pane Este breve escrito foi apresentado por mim no congresso nacional de urbanística realizado em Turim em outubro de 1956. Era meu propósito reunir, em uma rápida síntese, os assuntos mais recorrentes na atual problemática dos centros antigos, para estabelecer alguma premissa útil aos debates que ainda estão se desenvolvendo. A imagem do mundo que se reflete na construção é digna de conduzir os...

    8459  Palavras | 34  Páginas

  • Cidades renascentistas

    As Cidades Renascentistas Introdução Renascimento foi o nome dado a um período que se passou na Itália desde o começo do século XV até o final do século XVIII,  no qual há um retorno aos valores da antiguidade clássica, com várias fases, entre elas o primeiro Renascimento, o Renascimento tardio, o Barroco, o Rococó e o Neoclássico, que para a arquitetura e para Urbanismo trouxe o equilíbrio, a harmonia e a regularidade geométrica, quando a arquitetura passou a ser vista também como uma ciência...

    1984  Palavras | 8  Páginas

  • Dominios da História

    Conta Capa: Domínios da História é obra coletiva, voltada para o amplo público de professores e alunos de pós-graduação em história, podendo interessar ainda aos que atuam nas demais áreas das chamadas ciências sociais, bem como aos docentes vinculados ao ensino médio. Com o objetivo de traçar um panorama atualizado dos vários campos de investigação da história, o livro expõe os principais conceitos e as polêmicas que se fizeram presentes na história das disciplinas e da pesquisa, com ênfase...

    197845  Palavras | 792  Páginas

  • Resumo da cidade de cachoeira/bahia

    Monteiro, Breno Braga, Joselito Borges e Maicon Ventura ANÁLISE DO LIVRO: O DIREITO À CIDADE DE HENRY LEFEBVRE, INFOMAÇÃO HISTÓRICA E DADOS DA CIDADE DE CACHOEIRA (BA). Salvador 2009 André Monteiro, Breno Braga, Joselito Borges e Maicon Ventura ANÁLISE DO LIVRO: O DIREITO À CIDADE DE HENRY LEFEBVRE, INFOMAÇÃO HISTÓRICA E DADOS DA CIDADE DE CACHOEIRA (BA). ...

    5018  Palavras | 21  Páginas

  • Texto de ciro flamarion cardoso - os domínios da história

    Conta Capa: Domínios da História é obra coletiva, voltada para o amplo público de professores e alunos de pós-graduação em história, podendo interessar ainda aos que atuam nas demais áreas das chamadas ciências sociais, bem como aos docentes vinculados ao ensino médio. Com o objetivo de traçar um panorama atualizado dos vários campos de investigação da história, o livro expõe os principais conceitos e as polêmicas que se fizeram presentes na história das disciplinas e da pesquisa, com ênfase na...

    185024  Palavras | 741  Páginas

  • resumo

    resumo do livro alice no páis das maravilhas Alice's Adventures in Wonderland, frequentemente abreviado para Alice in Wonderland (Alice no País das Maravilhas) é a obra mais conhecida de Charles Lutwidge Dodgson, publicada a 4 de julho de 1865 sob o pseudônimo de Lewis Carroll. É uma das obras mais célebres do gênero literário nonsense. O livro conta a história de uma menina chamada Alice que cai numa toca de coelho que a transporta para um lugar fantástico povoado por criaturas peculiares e...

    5820  Palavras | 24  Páginas

  • resumo livro O URBANISMO

    – É assim que CHOAY começa o livro, e logo em seguida nos revela que seu estudo não possui a intenção de trazer uma contribuição suplementar às críticas quanto ao planejamento das cidades urbanas, mas sim procurar o significado e as razões dos erros cometidos ao longo do tempo que persistem desde a antiguidade. Choay que é historiadora e professora de urbanismo, artes e arquitetura na Université de Paris VIII, publica diversos livros desde a década 1970, e neste livro, ela faz uma antologia revendo...

    5551  Palavras | 23  Páginas

  • Sociedade

    não há uma meditação mais aprofundada sobre algumas questões como o método científico ou os princípios das ciências. Autores dentro do movimento CTS, como Shapin (1996), sustentam que a “Revolução Científica” nunca existiu. O conhecimento atual da história da ciência do século 17 levou historiadores a reconsiderar a idéia de Revolução Científica como um acontecimento singular e discreto, localizado no tempo e no espaço. Esses mesmos historiadores rejeitam que existiu no século 17 uma única entidade...

    15512  Palavras | 63  Páginas

tracking img