• A libras como disciplina no ensino superior
    . Levantamento Bibliográfico do Tema BRASIL. Constituição Federal nº 5.626 de 22 de dezembro de 2005. Regulamenta a Lei 10436/2002 que oficializa a Língua de Sinais – Libras _______Declaração de Salamanca e linha de ação sobre as necessidades Educacionais Educativas. Brasília: Ministério da Educação 1990...
    1815 Palavras 8 Páginas
  • O Papel do intérprete de libras em sala de aula
    . ________. Estudos surdos I / Ronice Müller de Quadros (org.). – [Petrópolis, RJ] Arara Azul, 2006. 324 p. : 21cm ISBN 85-89002-18-7 1. Surdos – Meios de comunicação. 2. Língua de sinais. 3. Surdos – Educação. I. Quadros, Ronice Müller de. II. Série. CDD 371.912 _______.Lei10436. Brasília, 24 de...
    1243 Palavras 5 Páginas
  • pedagogia
      Moderada; C)      De 56 a 70 (D.B.) - Surdez  Acentuada; D)      De 71 a 90 (D.B.) - Surdez  Severa; E)      De acima de 91 (D.B.) - Surdez Profunda; F)      Anacusia (Profunda)    Lei federal nr.10436  de 24 de abril de 2002   O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta...
    2447 Palavras 10 Páginas
  • aula
    LEI 10436, DE 24 DE ABRIL DE 2002 E DECRETO Nº 5.626, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2005. LEI 10436, DE 24 DE ABRIL DE 2002 E DECRETO Nº 5.626, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2005. Sirlane Franco de Carvalho Nunes*. A lei 10436/02 é a lei que regulariza e reconhece a Libras como um sistema linguístico, com a sua...
    953 Palavras 4 Páginas
  • ANALISE SOBRE ACESSIBILIDADE ESCOLAR, DIREITOS A EDUCAÇÃO E ORGANIZAÇÃO ESCOLAR: “QUAL A ESCOLA IDEAL PARA O NOSSO FUTURO”.
    diferenciadas dos demais alunos, e que demanda a utilização de linguagens e códigos aplicáveis, Inciso, VI – gestão democrática do ensino público, na forma da lei. Brasil. (Lei 10436/2002) Entende-se como Língua Brasileira de Sinais – Libras, a forma de comunicação e expressão, em que o sistema linguístico de...
    10895 Palavras 44 Páginas
  • Decreto de libras 5626
    reconhece a Língua Brasileira de Sinais como meio legal de comunicação entre surdos. A Lei 10436/02 enfatiza a necessidade de que a Língua Brasileira de Sinais – Libras seja objeto de uso corrente nas comunidades A Lei10436, de 24 de abril de 2002, instituiu a Língua Brasileira de Sinais: Art...
    415 Palavras 2 Páginas
  • pedagogia
    comunidades onde existe a possibilidade de comunicação oral, pois as pessoas surdas necessitam da língua de sinais e das experiências visuais para realizarem uma comunicação satisfatória com outras pessoas. Segundo a Lei 10436 de 24 de abril de 2002, em seus artigos 1 e 2, entende-se como Língua...
    5886 Palavras 24 Páginas
  • Libras variações linguisticas
    construção e utilização. Legislação Decreto 5626 de 22 de dezembro de 2005 Regulamenta a lei a lei numero 10436 de 24 de abril de 2002, que dispõe sobre a língua brasileira de sinais-libras, e o artigo 18 da lei 10098 de 19 de dezembro 2000. Lei 10436 de 24 de abril de 2002 Inclui a língua...
    296 Palavras 2 Páginas
  • Contribuições de vigotski para a educação de surdos
    foi aprovada pela Lei nº. 10436, de 24 de abril de 2002. De acordo com pesquisas recentes, a língua de sinais é comparável em complexidade e expressividade com qualquer língua oral. A língua de sinais preenche as mesmas funções que a linguagem falada tem para os...
    8420 Palavras 34 Páginas
  • A istoria dos surdos e a inclusao das crianças no ensino fundamental
    11.405, dispõe sobre a oficialização da língua Brasileira de Sinais. Dia 27 de setembro de 2001, Lei Municipal 3.349, recolheu oficialmente no município, como meio de comunicação objetiva e de uso corrente a linguagem gestual codificada em Libras. No ano de 2002 foi...
    2744 Palavras 11 Páginas
  • Inclusão educacional e social: em face da eficácia das políticas públicas e dos programas sociais.
    Brasileira de Sinais - Libras, e o art. 18 da Lei no 10.098, de 19 de dezembro de 2000. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, 23 dez. 2005. BRASIL. Lei10436, de 24 de abril de 2002. Dispõe sobre a Língua Brasileira de Sinais – Libras e dá outras providências. Diário...
    3249 Palavras 13 Páginas
  • A história do surdo
    à educação bem como reconhecer a língua LIBRAS como meio legal de comunicação é o Decreto 5626 de 22 de dezembro de 2005 que regulamentou a lei 10436/02, a lei definiu. O decreto trata da inclusão de LIBRAS como disciplina curricular, só que assim como os meus alunos muitos (a maioria) ainda é...
    2827 Palavras 12 Páginas
  • Artigo surdez no ensino medio
    esta preparada para trabalhar com o aluno surdo. A Lei10436/2002, dispõe sobre a Língua de Sinais Brasileiras e a mais recente e o Decreto 5623/2005, que regulamenta as Leis nº 10098/94 e a 10436/02, o decreto orienta ações para o atendimento à pessoa surda, estas orientações não tem sido...
    6359 Palavras 26 Páginas
  • Educação em libras
    lingüístico de direito e de fato em 2002, com a sanção da lei nº. 10436, que a reconhece legalmente como forma de expressão, com sistema lingüístico visual-motor próprio para exercer comunicação. Diante destas análises acerca da língua de sinais, ao longo deste estudo, será possível compreender os...
    6108 Palavras 25 Páginas
  • libras
    igualitário, aos benefícios dos programas sociais suplementares disponíveis para o respectivo nível do ensino regular. Relacionado à educação do deficiente auditivo, a Procuradoria Geral do Trabalho sancionou, em 24 de abril de 2002, a lei nº 10. 436 que reconhece a Língua Brasileira de Sinais...
    3726 Palavras 15 Páginas
  • bibliotecas para surdos
    de informação, deixando de alcançar algumas das minorias linguísticas existentes em nosso país. Por isso como fruto da luta das comunidades surdas brasileira pela diminuição das barreiras comunicativas, no ano de 2002 foi sancionada a Lei10436 que oficializou a Libras como língua oficial das...
    3198 Palavras 13 Páginas
  • Lei de Libras
    Lei de Libras - Lei 10436/02 | Lei nº 10.436, de 24 de abril de 2002 O PRESIDENTE DA REPÚBLICA. Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º É reconhecida como meio legal de comunicação e expressão a Língua Brasileira de Sinais - Libras e outros recursos...
    327 Palavras 2 Páginas
  • Historia da educação de surdos
    de uma educação bilíngue se beneficiaram com o reconhecimento da LIBRAS (Língua de Sinais Brasileira) como meio legal de comunicação e expressão através da Lei10436/2002 que em 2005 seria ratificada pelo Decreto n° 5626/2005. Atualmente no Brasil, pratica-se a inclusão escolar com o bilinguismo...
    595 Palavras 3 Páginas
  • 102367810272
    da lei10436/2002 como língua das comunidades surdas brasileiras. Mas nem sempre foi assim, pois sabemos que alguns anos atrás a situação de pessoas surdas era bem mais complicadas, pois, não existiam leis que os beneficiassem e sendo assim enfrentavam muita exclusão, tanto no âmbito...
    427 Palavras 2 Páginas
  • atsp libras
    concebendo como deficiência e sim diferença. LEI 10436/2002 – SUAS CONTRIBUIÇÕES Á EDUCAÇÃO E SOCIEDADE:    O Brasil reconheceu a língua brasileira de sinais, libras por meio da lei 10436/02, como a língua das comunidades surdas brasileiras, no seu artigo 4º dispõe que o sistema educacional...
    2017 Palavras 9 Páginas