Resumo Da Lei 10436 De 2002 artigos e trabalhos de pesquisa

  • Resumo de Libras

    Resumo Libras - Antiguidade – Sócrates, os surdos mudos devem usar os gestos para se comunicar, Platão e Aristóteles, não invistam em surdos e mudos, porque se não existe a fala não existe pensamento. Idade Media – Os surdos eram considerados inaptos à educação e ao sacerdócio, somente eram respeitados juridicamente se falassem e casavam-se apenas com autorização do Papa.nesse período passaram a ser olhados com dó, pediam esmolas, etc. Idade Moderna – Girolano Cardano medico matemático italiano...

    588  Palavras | 3  Páginas

  • Leis de Acessibilidade ao Deficiente Físico

    Leis de acessibilidade ao Deficiente auditivo  Lei Federal nr. 6.606 de 07 de dezembro de 1978 Art.1º são as emissoras de televisão em todo o país obrigada a incluir, nas suas programações semanais de filmes estrangeiros, de preferência aos sábados, pelo menos um filme com legendas em português.   http://www.mc.gov.br/legislacao/leis/lei-n-6-606-de-07-de-dezembro-de-1978     Resolução nr. 734/1989 - Conselho Nacional de Trânsito - CONTRAN  • art.54 o candidato à obtenção de carteira...

    1519  Palavras | 7  Páginas

  • Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS- lei 10436 de 24 de abril de 2002.

    lei 10436 de 24 de abril de 2002. Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS Lei Nº 10.436, de 24 de Abril de 2002 Dispõe sobre a Língua Brasileira de Sinais – Libras e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte lei: Art. 1º - É reconhecida como meio legal de comunicação e expressão a Língua Brasileira de Sinais – Libras e outros recursos de expressão a ela associados. Parágrafo único - Entende-se como Língua Brasileira...

    4917  Palavras | 20  Páginas

  • A aprendizagem de LIBRAS por ouvintes: a indissociabilidade entre teoria e prática constante para sua efetivação

    A aprendizagem de LIBRAS por ouvintes: a indissociabilidade entre teoria e prática constante para sua efetivação¹ Jair Cunha dos Santos² RESUMO A aprendizagem em LIBRAS por pessoas ouvintes se torna cada dia mais evidente graças ao aumento do uso dessa língua em diversos ambientes da vida social, impulsionada pela legislação referente a ela em vigor no Brasil. Neste caso a aprendizagem desse grupo em especial foi o foco desta pesquisa, estudando assim, como se dá essa aprendizagem e qual...

    3777  Palavras | 16  Páginas

  • o movimento social em prol de uma educação inclusiva

    Pesquisa 15/06/2013 RESUMO Incluir e adaptar a língua Brasileira de sinais (libras) no ensino regular, no Brasil, é de grandes avanços. Criar praticas pedagógicas de inclusão, que fazem com que haja uma interação entre surdos e ouvintes. A escola, além de alfabetizar, tem o papel de fazer com que o surdo supere as diferenças existentes em sala de aula. Os surdos têm si organizados criando movimentos em prol da garantia de seus direitos. A lei nº 10.436, de 24 abril de 2002, além de garantir uma...

    1473  Palavras | 6  Páginas

  • Artigo sobre Interprete de LIBRAS em Linhares-ES

    IMPLEMENTAÇÃO DO PROFISSIONAL INTERPRETE DE LIBRAS NA REDE ESTADUAL DE ENSINO, NO MUNICÍPIO DE LINHARES – ES Ana Paula dos Santos Gonçalves Barbara Biancardi de Sousa Edmara Costa Silva Elaine Cristina Leite Keila Pereira Lozorio RESUMO Este artigo tem por objetivo analisar o processo de implementação dos profissionais interpretes de Libras na rede Estadual de Ensino do município de Linhares. E específicos: Descrever, brevemente, os aspectos históricos da educação dos surdos; examinar os aspectos...

    5437  Palavras | 22  Páginas

  • GESTÃO ESCOLAR E INCLUSÃO: COMO ACONTECE NOS DIAS ATUAIS

    Ana Teresinha Cabral Maria Dulcicleide Braga Leite Resumo: Presente artigo esta voltando para o que dez respeito a uma gestão escolar inclusiva. De forma a abordar as caracteristica principais que favorece os educandos nos dias atuais. O objetivo do mesmo é focalizar de forma clara e objetiva como deve...

    1888  Palavras | 8  Páginas

  • A libras como disciplina no ensino superior

    do Trabalho Científico, orientado pela Profª. Dra. Sônia de Jesus Nunes Bertolo, como requisito avaliativo. Belém - Pará 2012 ROSSI, Renata Aparecida. Revista de Educação. A libras como disciplina no Ensino Superior. Vol. 13. Nº 15. Ano 2010. Resumo O artigo trata da discussão sobre o processo inclusivo, abordando o pensamento segregatórias incutida na sociedade, apontando assim, os costumes e crenças. Nesse sentido a autora inicia uma argumentação assinalando as possibilidades de mudanças na...

    1815  Palavras | 8  Páginas

  • O Papel do intérprete de libras em sala de aula

    O PAPEL DO INTÉRPRETE DA LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS NA SALA DE AULA Célia Regina Antunes Mauro 1 Ana Luiza de Lima Guimarães 3 RESUMO: Este trabalho insere-se na linha de pesquisa Inclusão, envolvendo a temática da postura do intérprete na sala de aula. Apresenta os seguintes objetivos: Compreender a função do intérprete de Libras; descrever com clareza ao perfil do profissional intérprete; descobrir possíveis atribuições do intérprete em sala. A problemática se dá em torno de uma questão:...

    1243  Palavras | 5  Páginas

  • Contribuições de vigotski para a educação de surdos

    íamos direto do trabalho estudar. COSTA, Meirinalva Antonini. Contribuições de Vigotski para a Educação de Surdos. 2012. 33 páginas. Monografia (Especialização em Educação Especial) - Universidade Norte do Paraná, Londrina, 2012. RESUMO O TEMA CONTRIBUIÇÕES DE VIGOTISKI PARA A EDUCAÇÃO DE SURDOS, DESCRITO NESTA MONOGRAFIA DE ESPECIALIZAÇÃO TEM COMO PRIORIDADE APONTAR A NECESSIDADE DE COMPREENDER A CONCEPÇÃO HISTÓRICA DA SOCIEDADE EM RELAÇÃO AOS ALUNOS COM SURDEZ, LEVANDO EM CONSIDERAÇÃO...

    8420  Palavras | 34  Páginas

  • INCLUSÃO DA LÍNGUA DE SINAIS COMO GRADE CURRICULAR NO ENSINO MÉDIO.

    INCLUSÃO DA LÍNGUA DE SINAIS COMO GRADE CURRICULAR NO ENSINO MÉDIO. Resumo Este trabalho tem como finalidade dar um parecer no âmbito do que seria a verdadeira inclusão de alunos surdos em sala de aula regular, onde este possa- ser adaptado, possibilitando uma integração verdadeira com alunos ouvintes, sendo que a viabilização esta intrinsicamente ligada ao ensino de LIBRAS a partir do Ensino Fundamental...

    2861  Palavras | 12  Páginas

  • UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA

    referências Nacional na área da surdez, prestando assessoria técnica na prevenção à surdez, audiologia, fonoaudiologia, orientação familiar para o trabalho e qualificação profissional, artes plásticas, dança, língua de sinais, etc. 2. Faça um quadro resumo das abordagens pelas quais passou a educação de surdos. Oralistas, Comunicação Total e Bilíngüe. A fase oralista foi a primeira e o processo pretende capacitar o surdo na compreensão e na produção de linguagem oral que parte do principio de que o...

    2722  Palavras | 11  Páginas

  • aula

    LEI 10436, DE 24 DE ABRIL DE 2002 E DECRETO Nº 5.626, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2005. LEI 10436, DE 24 DE ABRIL DE 2002 E DECRETO Nº 5.626, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2005. Sirlane Franco de Carvalho Nunes*. A lei 10436/02 é a lei que regulariza e reconhece a Libras como um sistema linguístico, com a sua própria estrutura gramatical. Ela é de natureza visual-motora, oriundos da comunidade de pessoas surdas do Brasil. A mesma ainda destaca as responsabilidades do poder público, da saúde e do sistema educacional...

    953  Palavras | 4  Páginas

  • a lingua de sinais para deficientes auditivos

    SOUZA GOMES RODRIGUES A ALFABETIZAÇÃO DO DEFICIENTE AUDITIVO E A LÍNGUA DOS SINAIS. Monografia julgada e aprovada: Prof. Orientador:_______________ Membro da Banca______________ BRASÍLIA – D.F. 2010 RESUMO Esta pesquisa tem como objetivo verificar como o deficiente auditivo aprende, se ele passa pelas mesmas fases de uma criança ouvinte e evidenciar a importância da língua de sinais na educação dos surdos em classes regulares. Para a realização desta...

    5691  Palavras | 23  Páginas

  • Estudo Morfológico para Surdos

    agradeço a todos aqueles que estiveram comigo nessa jornada de trabalho, estudos e pesquisas. 5 “Vivemos um tempo sem delicadezas, no qual tornamo-nos ouvintes incapazes de escutar nossos silêncios.” (Ricardo Kubrusly; Apud Silva) 6 RESUMO Este trabalho irá mostrar um pouco da educação dos surdos desde os primórdios até hoje. Falará um pouco sobre as abordagens educacionais e cultura surda. O objetivo principal é mostrar como a abordagem oralista influencia na educação dos surdos...

    10463  Palavras | 42  Páginas

  • Educação em libras

    A IMPORTANCIA DA LINGUA DE SINAIS NA ESCOLA REGULAR Por adriana costa do nascimento A IMPORTÂNCIA DA LÍNGUA DE SINAIS NA EDUCAÇÃO DO SURDO NA ESCOLA REGULAR. Adriana Costa do Nascimento* Carmem da Silva Mascarenhas* RESUMO Este artigo tem como objetivo evidenciar a importância da língua de sinais na educação dos surdos em classes regulares. Para a realização desta, foi feito uma pesquisa bibliográfica para reflexões, estudo e embasamento sobre os assuntos pertinentes ao tema apresentado...

    6108  Palavras | 25  Páginas

  • ANALISE SOBRE ACESSIBILIDADE ESCOLAR, DIREITOS A EDUCAÇÃO E ORGANIZAÇÃO ESCOLAR: “QUAL A ESCOLA IDEAL PARA O NOSSO FUTURO”.

    CAMPO 2013 “A arte da educação deve ser cultivada em todos os aspectos, para se tornar uma ciência construída a partir do conhecimento profundo da natureza humana.” Johann Heinrich Pestalozzi. SUMARIO RESUMO....................................................................................05 INTRODUÇÃO.........................................................................06 JUSTIFICATIVA............................................................

    10895  Palavras | 44  Páginas

  • surdos

    AS PRINCIPAIS METODOLOGIAS UTILIZADAS NA EDUCAÇÃO DOS SURDOS NO BRASIL Resumo Este trabalho tem a finalidade de fazer uma análise dos principais métodos usados na educação dos surdos no Brasil. Para isso foi necessário volta ao passado e ver onde tudo começou, a históricocomeça com a chegada do professor francêsHernest Huet que era surdo no ano de 1855, data em que chegou ao Brasil convidado e trazido por D. Pedro II. No decorrer dos anos, várias metodologias eram introduzidas nos ensinamentos...

    3850  Palavras | 16  Páginas

  • A istoria dos surdos e a inclusao das crianças no ensino fundamental

    A HITÓRIA DOS SURDOS E A INCLUSÃO DAS CRIANÇAS NO ENSINO FUNDAMENTAL RESUMO A abordagem desse artigo demonstrara aspecto histórico-cultural, considerando que a relação entre o homem e a sociedade é sempre mediada por produtos culturais humanos. Vivemos momentos históricos marcados pelo surgimento de novas leis direcionadas aos surdos como não deficientes. Pois toda criança de ambos os sexos, independente da raça, cor e religião tem direito fundamental a educação. E assim o Brasil...

    2744  Palavras | 11  Páginas

  • trabalho de libras

    Maternidade na Zona Leste de Manaus, que recebe em suas dependências pacientes surdos. O objetivo dessa observação é conhecer os processos de inclusão social de pacientes surdos em maternidades e saber como são tratadas e se estão cumprindo as devidas leis de acolhimento de pessoas com surdez. Desenvolvimento Assim como os outros grupos populacionais, os surdos necessitam de meios para acesso às instituições de saúde. Porém, ao chegar a uma instituição de saúde, na maioria das vezes se deparam com...

    1207  Palavras | 5  Páginas

  • bibliotecas para surdos

    Educação Brasileira, UFC, Fortaleza, Ceará 5 Graduando em Engenharia de Teleinformática, UFC, Fortaleza, Ceará 6 7 Bacharel em Biblioteconomia, UFC, Fortaleza, Ceará Graduando em Engenharia de Teleinformática, UFC, Fortaleza, Ceará RESUMO O acesso a informação e ao conhecimento é indispensável na sociedade contemporânea, principalmente no ambiente acadêmico, entretanto esse acesso não é uma das tarefas mais fáceis, principalmente para pessoas com deficiência. No caso de pessoas...

    3198  Palavras | 13  Páginas

  • Inclusão educacional e social: em face da eficácia das políticas públicas e dos programas sociais.

    Resumo Este estudo tem como objetivo analisar a evolução do conceito de exclusão social e a contraposição entre os conceitos de inclusão educacional e social, no Brasil e no mundo, analisando as principais manifestações da exclusão dos deficientes auditivos no Brasil, daí refletir sobre as políticas públicas sociais e educacionais dos governos do século XIX ao XXI, que teve sua governabilidade iniciada pelo presidente Fernando Henriques Cardoso- FHC (1995 - 2002) com a sanção das leis que beneficiam...

    3249  Palavras | 13  Páginas

  • libras

    Constituição brasileira, em seu Artigo 208, fica garantido "O atendimento especializado aos portadores de deficiência, preferencialmente na rede regular de ensino". A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), lei nº 9394/96, procurando garantir o determinado na constituição estabelece em seu Artigo 58 que, na concepção da lei, a "educação especial" é definida como “a modalidade de educação escolar na rede regular de ensino, para educando portadores de necessidades especiais.” Segundo o...

    3726  Palavras | 15  Páginas

  • Historia da educação de surdos

    discussões e transformações em relação às Políticas Nacionais de Educação é que surgiram as primeiras leis deliberando a respeito da Educação Especial e defensores de uma educação bilíngue onde os alunos surdos teriam acesso a duas línguas: língua de sinais e a língua portuguesa (Lei nº 4024/61, artigos 88 e 89; Lei nº 5692/71, artigo 9º - LDBN e Lei nº 9394/96, capítulo V, artigo 58 – ECA). A divulgação das leis juntamente com os questionamentos realizados no Seminário Nacional de Integração da Pessoa Portadora...

    595  Palavras | 3  Páginas

  • Lingua Brasileira de Sinais

    incapacidade da criança aprender a falar naturalmente,pois uma vez que a criança não houve fica muito difícil aprender a falar. A criança surda pode aprender a falar, ainda que haja dificuldades.A partir da Lei 10436, o governo brasileiro reconhece a LIBRAS ainda que haja dificuldades.A partir da Lei 10436, o governo brasileiro reconhece a LIBRAS como língua, e os surdos têm o direito de nas instituições educacionais, as aulas sejam ministradas em LIBRAS, ou, pelo menos com a presença de um interprete de...

    1790  Palavras | 8  Páginas

  • Lei sarbanes

    CONTABILIDADE APLICADA II LEI SARBANES-OXLEY ALUNA: ANA CôRTES. TRABALHO APRESENTADO NA DISCIPLINA DE CONTABILIDADE APLICADA II, CURSO DE GRADUAÇÃO EM 2013. PROFESSOR : GILBERTO QUADROS. CURITIBA 2013 Sumário 1 SURGIMENTO 3 2 OBJETIVO 3 3 GOVERNANÇA CORPORATIVA 3 4 IMPACTO NO BRASIL 4 4.1 ABRANGÊNCIA 5 4.2 ALGUMAS EMPRESAS SUJEITAS A LEI 5 5 CARACTERÍSTICAS DA LEI 5 5.1 SEÇÃO 302 6 5.1.1 Resumo da Seção 302 6 5.2 SEÇÃO 401 6 5.2.1 Resumo da Seção 401 7 ...

    2388  Palavras | 10  Páginas

  • Atividade colaborativa do ava sobre libras

    por meio da lei10436/2002 como língua das comunidades surdas brasileiras. Mas nem sempre foi assim, pois sabemos que alguns anos atrás a situação de pessoas surdas era bem mais complicadas, pois, não existiam leis que os beneficiassem e sendo assim enfrentavam muita exclusão, tanto no âmbito educacional como na sociedade em geral. Podemos destacar três conquistas alcançadas pela comunidade surda: -Reconhecimento da Língua Brasileira de Sinais por meio da lei nº 10.436/2002 como a língua...

    596  Palavras | 3  Páginas

  • ALUNOS COM NECESSIDADES ESPECIAIS AUDITIVAS NO ENSINO REGULAR E A AQUISI O DA L NGUA PORTUGUESA

    ministradas em LIBRAS, a escolha deste tema se justifica pela necessidade de compreender como o professor atua em sua prática pedagógica, uma vez que, além de ser a língua oficial da comunidade surda, é um direito assegurado com a implementação da lei (LDB, 1996) que garante a todos os portadores de necessidades especiais o acesso a uma modalidade de educação especial, oferecida, preferencialmente, na rede regular de ensino. Contudo, através de estudos anteriores, foi possível constatar que nem sempre...

    1902  Palavras | 8  Páginas

  • PRÁTICAS PEDAGÓGICAS INCLUSIVAS NA CAPACITAÇÃO DOCENTE

    em Psicologia Social / UNIVERSO-RJ. Especialista em Terapia de Família/UCAM; Psicopedagogia / UCAM; Psicossomática Contemporânea/UGF; Educação Inclusiva e LIBRAS / Inst. Eficaz-PR. Professora da Cidade do Rio de Janeiro. Professora da UNIABEU. RESUMO Alguns professores percebem em diferentes momentos de suas atividades profissionais a urgência de uma formação, ou capacitação específica para trabalharem melhor as necessidades educacionais especiais. Essa percepção sobre a dificuldade de aplicar...

    2908  Palavras | 12  Páginas

  • Libras

    ponto de vista de pais e professores a respeito das interações linguísticas de crianças surdas1 Parents’ and teachers’ points of view about deaf children’s linguistic interactions Simone SCHEMBERG2 Ana Cristina GUARINELLO3 Giselle MASSI4 RESUMO: diversos estudos atuais têm revelado que a surdez deve ser reconhecida como diferença, especialmente no que diz respeito aos aspectos linguístico-discursivos. Contudo, crianças surdas vêm enfrentando, na família e na escola, barreiras linguísticas...

    7339  Palavras | 30  Páginas

  • LIBRAS

    surdos filhos de pais surdos têm melhores desempenhos escolares e são mais equilibrados mental e emocionalmente que os surdos filhos de pais ouvintes. No entanto, existem contradições acerca do uso da língua de sinais nas classes regulares. A lei 10436/2002 (lei da Libras) regulamentada pelo decreto 5626/2005 estabelece o uso da Libras em classes regulares, bem como a formação de profissionais para que possam garantir uma educação inclusiva, mas a realidade é bem diferente. Para Carvalho, “não basta...

    748  Palavras | 3  Páginas

  • Resumo

    CDU 364(81)(01) PUCSP PPGPS/UFES PUCRS © copyright 2010by PPGPS/UFES 1ª Edição 2010 Fica autorizada a reprodução parcial ou integral, a citação, e o compartilhamento sem fins comerciais, desde que citada a fonte nos termos da Lei 9.610, de 1998. • 2010 • Compiladores RAMO 1: ASSISTÊNCIA SOCIAL Eixo: Controle Social Maria Beatriz Lima Herkenhoff Aniele Zanardo Pinholato Graduanda em Serviço Social/UFES Camila Falçoni Specimille Graduanda em Serviço Social/UFES ...

    121466  Palavras | 486  Páginas

  • Libras

    comunidade de surdos está amparada pela Lei nº 10.436, de 24 de abril de 2002. A Lei foi criada devido à luta pela conquista de direitos dos surdos em espaços de cidadania a exemplo de: escola, sociedade, igreja e outros que os levem a adquirir independência.  Libras é um meio de comunicação de utilização corrente de comunidade surdas do Brasil. O portador de deficiência auditiva vem sofrendo muito com a pouca difusão de sua língua, apesar da lei 10436/02 reconhecer LIBRAS como meio legal de comunicação...

    566  Palavras | 3  Páginas

  • Resumo de pesquisa

    CIENTÍFICA - CAPS. 7, 8, 13 E 141 Profa. Vera Lúcia Varanda Lombard-Platet2 Você deve ler os capítulos propostos e fazer seu próprio resumo, pois este material é apenas um esquema com alguns itens desses capítulos! DI DOMENICO, V. G. C.; CASSETARI,L. Métodos e técnicas de pesquisa em psicologia: uma introdução. 2ª ed. rev. e ampl. São Paulo, EDICON, 2002. cap. 7, 8,13 e 14. 1. CONHECIMENTO DO SENSO COMUM: Conhecimento adquirido a partir de observação, das fontes de influência do pensamento...

    2412  Palavras | 10  Páginas

  • AV2 Libras

    Considera as dificuldades como parte do processo de desenvolvimento e aprendizagem, vendo a surdez como diferença. Busca compensar os déficits do surdo através de um treino sistematizado de audição, fala, etc. 8a Questão (Cód.: 132345) Segundo a Lei 10436/2002: A LIBRAS não substitui a modalidade escrita da língua portuguesa A LIBRAS complementa a modalidade escrita da língua portuguesa A LIBRAS substitui a modalidade escrita da língua portuguesa. A LIBRAS é um meio de comunicação sem expressão. A LIBRAS...

    1858  Palavras | 8  Páginas

  • resumo de machado de assis

    RESUMO INTERPRETATIVO DE CONTOS DE MACHADO DE ASSIS 1. Introdução   O propósito desse resumo interpretativo é abordar os traços típicos da obra machadiana. A questão da análise do comportamento humano, o olhar crítico do autor, associado às várias facetas sociais - são elementos que se perpetuaram na história. O fato atemporal de sua obra enriquece não só a literatura brasileira, mas a todos que por um determinado motivo vê-se frente a essa rica leitura.  O resumo em questão pretende fazer...

    2333  Palavras | 10  Páginas

  • Trabalho ti

    com.br/ De acordo com dados do censo de 2012 (IBGE), o Brasil tem 9,4 milhões de pessoas que apresentam algum tipo de deficiência auditiva. Quando pensamos na pessoa surda, de imediato nos vem à mente a comunicação diferenciada, que desde 2002, com a lei10436 foi reconhecida a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) como língua oficial da comunidade surda. As questões relacionadas a acessibilidade e a pessoa com deficiência são sempre muito discutidas pois elas geram autonomia e independência para...

    641  Palavras | 3  Páginas

  • projeto multidisciplinar 2

    RESUMO Este trabalho consiste em um relatório sobre Libras e a Cultura Surda com o objetivo de verificar através de uma pesquisa em sites, livros e artigos qual a importância da Libras para a pessoa surda, as características da cultura surda e, também o planejamento de atividades a serem desenvolvidas nas salas do currículo comum para alunos surdos, os quais merecem toda atenção quanto ao direito de estarem inseridos na escola com condições de aprendizagem de qualidade. Segue também um relato...

    3404  Palavras | 14  Páginas

  • Libras contextualização

    Brasil, os primeiros estudos sobre a língua de sinais utilizada no país foram realizados na década de 1980, por Ferreira-Brito e Felipe. O reconhecimento da Língua Brasileira de Sinais como a língua da comunidade surda brasileira ocorreu em 2002, com a Lei 10436/02, regulamentada pelo Decreto 5626/05, apenas no ano de 2005. A fonologia e a fonética são áreas da linguística cujo objeto de estudo são as unidades mínimas da língua de sinais (que correspondem aos fonemas nas línguas orais) que formam...

    573  Palavras | 3  Páginas

  • Como fazer resumo resenha

    RESUMO É a condensação de conteúdo, sem análise crítica ou interpretação. Deve ter o mesmo vocabulário do autor e seguir a mesma ordem do texto. O resumo deve ter: a) brevidade; b) claridade; c) fidelidade. [pic]RESENHA Não deixa de ser uma condensação do texto, mas também há a análise interpretativa do texto lido. É um resumo crítico, pois deve existir uma apreciação crítica sobre a obra. Como fazer a resenha? Primeiramente deve-se resumir o conteúdo e depois fazer a transição...

    3948  Palavras | 16  Páginas

  • lei 12974

    Em 1991, com a publicao da Lei 8.200/91, que tratava da correo monetria das demonstraes financeiras para efeitos fiscais e societrios, tivemos que complementar a Correo Monetria de Balano com um ajuste tomando-se por base o IPC-90. Esta complementao do ajuste IPC/BTNF gerou na poca muito trabalho para ser implementado corretamente na contabilidade das empresas, e gerou consequncias fiscais com reflexos em diversos anos subsequentes. Posteriormente, com a publicao da Lei 9.249/95 foi revogada a correo...

    2352  Palavras | 10  Páginas

  • Libras

    surdo, aprendeu o espanhol, além de ter estudado no Instituto Nacional de Surdos de Paris, onde se formou professor. Em 1855 imigrou para o Brasil a convite de D. Pedro II, com o propósito de fundar uma escola para surdos. Em 1857 D Pedro II, lei 839,26/9/1857, funda o Instituto dos Surdos-Mudos no RJ. Após 100 anos da fundação, passou a denominar INES, com atendimento só para meninos de 7 a 14 anos. Em 1929 o Bispo Dom Francisco de Campos Barreto, fundou o Instituto Santa Terezinha, só para...

    1439  Palavras | 6  Páginas

  • Libras

    eramexcluídos da sociedade, mais nos dias de hoje no presente os surdos são reconhecidos saíram e do anonimato para melhor. 1º conquista: O reconhecimento da língua de sinais - Libras como língua oficial das comunidadesdo Brasil, pela Lei Federal n. 10436, de 24 de abril de 2002, trouxe mudanças para a educação dos surdos, para os brasileiros os sinais passar a receber cada vez mais atenção por parte dos educadores e crescer significativamente. 2º conquista: As escolas de surdos passaram a ter alunos adultos...

    642  Palavras | 3  Páginas

  • Resumo De M Todos E T Cnicas

    Resumo de Métodos e técnicas: Unidade 1:Universidade Ciência e Conhecimento científico As universidades foram criadas na Idade Média para atender a demandas sociais por novos profissionais e que seu papel foi se transformando ao longo dos séculos para acompanhar a evolução científica, tecnológica e cultural. Houve uma grande expansão do ensino superior nos últimos 40 anos. As principais tarefas da universidade de acordo com a Lei de Diretrizes e Bases nº 9.394/96, assim como suas três funções indissociáveis:...

    1718  Palavras | 7  Páginas

  • Resumo Civil AV1

    RESUMO DE CIVIL AV1 Código Civil de 1916 para o Código Civil de 2002. O C.C. de 16 havia dispositivos que refletiam o poder patriarcal. Este se prestava a assegurar apenas o DIREITO PUBLICO. Com o evoluir do tempo o HOMEM passou a ser a maior preocupação social ( anos 70 aos 80). Sendo assim o Direito se incumbiu de providenciar normas que promovessem esta proteção conferindo-o garantias. Constituição Federal de 1988. Evoluiu a supremacia do C.C. e deixou claro seu papel de proteção ao homem...

    528  Palavras | 3  Páginas

  • Na Antiguidade Os Surdos Eram Vistos Como Um Peso Na Sociedade

    surdos foi fundada em 1857 no Rio de Janeiro por D. Pedro II, surdos e mudos de várias regiões se dirigiam á escola buscando educação e ao retomar a sua cidade de origem divulgaram o que aprendiam. Nos dias de hoje os surdos são amparados pela lei 10436 de 2002, onde o governo reconheceu a libra como sendo a primeira língua dos surdos e mudos e pelo decreto 5.626 de 2005, através de suas comunidades inseridas na sociedade ouvinte, conquistaram seus esforços. O decreto de 2005 fez com que fossem...

    566  Palavras | 3  Páginas

  • Lei sarbanes-oxley

    (em inglês, Sarbanes-Oxley Act) é uma lei estadunidense, assinada em 30 de julho de 2002 pelo senador Paul Sarbanes (Democrata de Maryland) e pelo deputado Michael Oxley (Republicano de Ohio). Motivada por escândalos financeiros coorporativos (dentre eles o da Enron, que acabou por afetar drasticamente a empresa de auditoriaArthur Andersen), essa lei foi redigida com o objetivo de evitar o esvaziamento dos investimentos financeiros e a fuga dos investidores causada pela aparente insegurança a respeito...

    647  Palavras | 3  Páginas

  • Lei Sox e Sua Implicação na Controladoria

    RESUMO                      O Estudo objetiva analisar o processo de implantação dos controles previstos na Lei Sarbanes-Oxley (SOX), suas implicações e reflexos organizacionais em empresas com American Depositary Receipts (ADRs). O processo de implantação da SOX Teve significativas mudanças na cultura das empresas. No código Civil brasileiro nos procedimentos de controle adotados por empresas localizadas no Brasil, partindo da premissa de que estes controles servem de base para a manutenção...

    2229  Palavras | 9  Páginas

  • Princípios básicos do código civil de 2002

    I – Profº Eder Fernandes PRINCÍPIOS BÁSICOS DO CÓDIGO CIVIL DE 2002 GUSTAVO SANTANA DE PAULA E SILVA Niterói-RJ INTRODUÇÃO O Código Civil sancionado em 2002 foi responsável pela recodificação do direito privado no Brasil, com objetivo claro de dar efetividade às suas diretrizes conforme foi sendo inserido na rota da ordem constitucional. O código de 2002 resgatou a importância da ética nas relações privadas, algo que havia sido relegado...

    1419  Palavras | 6  Páginas

  • Pre projeto de pesquisa A efetividade da Lei Maria da Penha

     A EFETIVIDADE DA LEI DA MARIA DA PENHA NO COMBATE A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E FAMILIAR CONTRA A MULHER DO MUNICÍPIO DE TOLEDO/PR. LISANE BERNADETE SCHNEIDER SCHAEFER Linha de Pesquisa: “Democracia e Políticas Públicas”. UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ – UNIOESTE CAMPUS DE TOLEDO A EFETIVIDADE DA LEI DA MARIA DA PENHA NO COMBATE A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E FAMILIAR CONTRA A MULHER DO MUNICÍPIO DE TOLEDO/PR. ...

    2756  Palavras | 12  Páginas

  • llibras

    Brasil, os primeiros estudos sobre a língua de sinais utilizada no país foram realizados na década de 1980, por Ferreira-Brito e Felipe. O reconhecimento da Língua Brasileira de Sinais como a língua da comunidade surda brasileira ocorreu em 2002, com a Lei 10436/02, regulamentada pelo Decreto 5626/05, apenas no ano de 2005.  A fonologia e a fonética são áreas da linguística cujo objeto de estudo é as unidades mínimas da língua de sinais (que correspondem aos fonemas nas línguas orais) que formam os...

    529  Palavras | 3  Páginas

  • coquistas dos surdos

    por meio da lei10436/2002 como língua das comunidades surdas brasileiras. Mas nem sempre foi assim, pois sabemos que alguns anos atrás a situação de pessoas surdas era bem mais complicadas, pois, não existiam leis que os beneficiassem e sendo assim enfrentavam muita exclusão, tanto no âmbito educacional como na sociedade em geral. Podemos destacar três conquistas alcançadas pela comunidade surda: -Reconhecimento da Língua Brasileira de Sinais por meio da lei nº 10.436/2002 como a língua...

    879  Palavras | 4  Páginas

  • Tendências didáticas contemporâneas no ensino superior

    com Paulo Sérgio de Jesus Oliveira paulimjesus@gmail.com Universidade Federal de Uberlândia Resumo O presente estudo tem como objetivos analisar as influências de políticas educacionais e inclusivas sobre a formação do docente que ministra aulas de Libras e as implicações dessas influências na prática pedagógica do professor de Libras no Ensino Superior. Por imposição dessas políticas, amparadas pela Lei de Libras nº 10.436/02 regulamentada pelo decreto nº 5.626/05, o sistema educacional federal...

    5665  Palavras | 23  Páginas

  • Leis pis cofins

    LEIS   PIS ( Não Cumulativo ) Programa De Integração Social Lei Complementar  10637/2002   COFINS ( Não Cumulativo ) Contribuição Para Financiamento Da Seguridade Social Lei Complementar  10833/2003   ICMS Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação . Lei 6.763 de 26/12/75 consolidou a legislação tributaria de Minas Gerais atualmente regido pelo decreto 43...

    1106  Palavras | 5  Páginas

  • Inclusão do surdo no mercado de trabalho

    desafios são vividos não somente pelo próprio surdo, mas também pela família que acompanha seus passos e pode ter papel decisivo nos caminhos percorridos. O reconhecimento da Libras como "meio legal de comunicação e expressão" através de lei10436, em 2002, foi uma grande conquista da comunidade surda, favorecendo a integração social e reconhecimento a Libras como um sistema lingüístico, de natureza visual-motora e com estrutura gramatical própria. Porém, mesmo sendo reconhecida como língua e...

    667  Palavras | 3  Páginas

  • TRABALHO LEI SOX

    VERIDIANA NATALI LEI SARBANES OXLEY FOZ DO IGUAÇU - PR ABRIL 2015 CENTRO UNIVERSITÁRIO DINÂMICA DAS CATARATAS CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS LEI SARBANES OXLEY Trabalho apresentado ao Centro Universitário Dinâmica das Cataratas -UDC. Como requisito parcial para obtenção da avaliação da disciplina de Auditoria do Curso de Ciências contábeis. Ao Prof(o) Valdir Antonio Ferreira. FOZ DO IGUAÇU - PR MARÇO 2015 INTRODUÇÃO LEI SARBANES OXLEY...

    991  Palavras | 4  Páginas

  • Resumo analitico

    * RESUMO ANALÍTICO (Deseja solicitar ajuda? Preencha e envie o formulário) São extrações de ideias do texto de enorme utilidade didática e científica, sendo este uma síntese das reflexões do leitor e não das palavras do texto. * O resumo analítico é uma síntese concisa das ideias do texto lido, destacando-se os elementos de maior interesse e importância, isto é, as principais ideias do autor da obra. * No entanto, vários autores trabalham com a ideia da existência de dois tipos de...

    732  Palavras | 3  Páginas

  • TRABALHO 01 RESUMO REGULAMENTA O PROFISSIONAL PRERROGATIVAS DO PROFISSIONAL CONT BIL

     RESUMO “REGULAMENTAÇÃO PROFISSIONAL PRERROGATIVAS DO PROFISSIONAL CONTÁBIL REGISTRO E FISCALIZAÇÃO DA PROFISSÃO CONTÁBIL.” Capim Grosso – BA 2015 Anatálio Souza Costa Joelma da Cruz Marcelo Lopes Rosânia Montenegro RESUMO “REGULAMENTAÇÃO PROFISSIONAL PRERROGATIVAS DO PROFISSIONAL CONTÁBIL REGISTRO E FISCALIZAÇÃO DA PROFISSÃO CONTÁBIL.” Resumo solicitado pelo professor Aslen Andrade, como requisito avaliativo para a disciplina de Ética e Legislação Contábil...

    867  Palavras | 4  Páginas

  • Oralismo

    AS PRINCIPAIS METODOLOGIAS UTILIZADAS NA EDUCAÇÃO DOS SURDOS NO BRASIL RESUMO: A presente pesquisa busca fazer uma análise dos principais métodos utilizados na educação dos surdos no Brasil. Para isso foi necessário fazer um retrospecto histórico que começa no ano de 1855, data em que chegou ao Brasil o professor surdo francês chamado Hernest Huet, trazido por D. Pedro II. A pesquisa será realizada por meio de um levantamento bibliográfico pertinente ao tema, bem como sua análise crítica...

    4987  Palavras | 20  Páginas

  • RESUMO DE ARTES SOBRE PATRIMONIO VIVO

     Resumo de artes sobre patrimônio vivo (Av2) O patrimônio é o legado que recebemos do passado, vivemos no presente transmitimos ás futuras gerações. Segundo o artigo 216 da Constituição Federal, configuram patrimônio as formas de expressão; os modos de criar; as criações científicas, artísticas e tecnológicas; as obras objetos, documentos, edificações e demais espaços destinados ás manifestações artístico-culturais; além de conjuntos...

    590  Palavras | 3  Páginas

tracking img