• Resenha livro historia
    Resenha sobre o livro de Roger chartier: a história cultural entre práticas e representações. Ieda Ramona do Amaral e Luciane Miranda Faria¹ 1 Referência CHARTIER, Roger. A História Cultural: entre práticas e representações. Tradução Maria Manuela Galhardo. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil...
    1507 Palavras 7 Páginas
  • 023766722275
    artefatos culturais e a linguagem são transformados pela própria atividade dos grupos humanos interação. Forma a linguagem contem o código das representações e recentes do mundo legados pela cultura, e assim que se transmitem as visões de mundo de uma geração a outra. Atividade humana condicionada...
    2192 Palavras 9 Páginas
  • Índice da revista brasileira de história
    políticas em Pernambuco, 1817-1824 A Adesão das Câmaras e a Figura do Imperador Pátria do Cidadão: a concepção de pátria/nação em Frei Caneca Livro: Formação Sindical no Brasil: história de uma prática cultural; Autor: Silvia Maria Manfredi Livro: La Cultura Della Plebs Romana; Autor: Nicholas Horsfall...
    19571 Palavras 79 Páginas
  • Educação
    Resenha do Livro: Representações culturais O subsidio fundamental de Chartier para as pesquisas que tem por objetivo resgatar elementos culturais do passado acontece pela reflexão que o autor faz da história tendo como referência as práticas e as representações. Chartier constitui essas...
    1755 Palavras 8 Páginas
  • Projeto leitura
    do Conto; * Jogos de leitura; * Produção de resenhas, * Recontagem de histórias; * Representações em desenho; * Fazer releituras conjugando a linguagem (com recitais e sínteses) e arte (com pinturas e esculturas), como forma de tornar a aprendizagem mais concreta. * Visita...
    947 Palavras 4 Páginas
  • Resenha do texto “O Mundo Como Representação” do livro “À Beira da Falésia"
    Cavaleiro da Ordem das Artes e das Letras do governo francês. Também leciona na Universidade da Pensilvânia, nos EUA, e percorre o mundo articulando palestras. O francês estuda a história da cultura e dos livros, a trajetória da leitura e da escrita como práticas sociais. Esta resenha busca analisar...
    700 Palavras 3 Páginas
  • Adm Pública
    expressava, aqui uma articulação conflituosa e singular de muitas representações que produziam e acionavam memórias, narrativas, símbolos, saberes, práticas, crenças, e imagens que permitiam forjar uma suposta unidade do grupo em torno de uma identidade cultural marcada por representações vigentes de...
    3830 Palavras 16 Páginas
  • Ensinar a geografia ou ensinar com a geografia? das praticas e dos saberes espaciais á construçao do conhecimento geografico na escola
    pelos fenômenos geográficos, conseqüências das diversas representações do espaço ligadas ao conjunto das praticas sociais e da importância estratégica e econômica dos fenômenos de localização e das mudanças que ocorrem ao longo da historia nas praticas sociais em relação ao espaço. Couto, diz que...
    1559 Palavras 7 Páginas
  • jogos e brincadeiras
    de brincadeiras em praças e espaços públicos de lazer Avaliação: apresentação de trabalhos, resenhas escritas, planejamento e execução de aulas práticas. Total de 45 pontos distribuídos. UNIDADE II: AS INFÂNCIAS EM DIVERSOS CONTEXTOS Tema: Conhecer a história do brinquedo e as representações...
    1318 Palavras 6 Páginas
  • Resenha referente a obra Levi, Giovanni. A Herança Imaterial: Trajetória de um exorcista no Piemonte do século XVII.
    estudos na história do livro, da edição e da leitura. Uma das contribuições decisivas deste intelectual consiste na construção de conceitos, entre os quais, os de práticas e representações no contexto da Nova História Cultural, sem contar a grande contribuição de Chartier para o conceito de...
    2169 Palavras 9 Páginas
  • ISAFISJAFAS
    RESENHAS A temática indígena na escola Aracy LOPES DA SILVA e Luís Donisete Benzi GRUPIONI (orgs.), A ternática indígena na escola: novos subsídios para professores de 1º e 2º graus. Brasília, MEC/Mari/Unesco, 1995. 575 páginas. Jair de Souza Ramos Ao longo da história brasileira...
    1126 Palavras 5 Páginas
  • Geografia Urbana
    Anjos e “Representações da África e da população negra nos livros didáticos de Geografia”, Alecsandro Ratts. A referida resenha será estruturada em três momentos, o primeiro deles diz respeito à apresentação dos pontos centrais abordados pelos autores em cada texto, o segundo será a correlação...
    2014 Palavras 9 Páginas
  • Macena
    UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI-URCA CURSO:GEOGRAFIA DISCIPLINA:SOCIOLOGIA TURNO:NOITE PROF:DEUVO RESENHA DO LIVRO: REPRESENTAÇÕES SOCIAIS: INVESTIGAÇÕES EM PSICOLOGIA SOCIAL D...
    1194 Palavras 5 Páginas
  • Cultura e identidade
    sentido de uma identificação nacional. Por fim, o que nos interessou com esta pequena resenha historiográfica foi demonstrar como o Estado se apropriou de várias práticas culturais, visando disciplinar a sociedade e construir uma identidade nacional. Buscou também demonstrar as vozes dissonantes...
    3215 Palavras 13 Páginas
  • História
    História Cultural foi Roger Chartier, em sua obra “A história cultural: entre práticas e representações”. De acordo com ela: “pode-se dizer que a proposta da História Cultural seria, pois, decifrar a realidade do passado por meio das suas representações, tentando chegar àquelas formas, discursivas e...
    2250 Palavras 9 Páginas
  • História Cultural
    . História e linguagens. RJ: 7Letras, 2006, pp. 29-44. CHARTIER, Roger. O mundo como representação. Estudos avançados 11(5), 1991, pp. 173-188. CHARTIER, Roger. A história cultural: entre práticas e representações. Lisboa: Difel, 1990. CUCHE, Denys. A noção de cultura nas ciências sociais. SP...
    5596 Palavras 23 Páginas
  • A literatura do sertão de Canudos vai além de "Os Sertões": Memórias do povo sertanejo.
    . Tanto é que, colocando em prática as oficinas de memórias literárias do projeto do MEC nas Olimpíadas de Língua Portuguesa, desde o ano de 2010, cheguei a conclusão de que essa história cultural do sertanejo deve ser registrada, uma vez que o levantamento das memórias da comunidade, como a visita a...
    1731 Palavras 7 Páginas
  • Gênero em debate
    “cultura erudita”. Tanto que, para Burke, “um dos aspectos mais característicos da prática da história cultural entre as décadas de 1960 e 1990 ArtCultura, Uberlândia, v. 9, n. 15, p. 235-239, jul.-dez. 2007 237 resenhas foi a virada em direção à antropologia” (p. 44), fundamentalmente devido...
    2010 Palavras 9 Páginas
  • O uso ritual da ayauasca
    identificação precisa das espécies botânicas com a sensibilidade antropológica para o exame da vida social. Os escritos apresentados, com efeito, procuram contextualizar as práticas produtivas e as representações sobre o meio ambiente no quadro das cosmovisões e estruturas cognitivas que as acompanham...
    10784 Palavras 44 Páginas
  • Resenha
    FELIPE, DA, TERUYA TK. Ensino de História Cultura Afro-brasileira e Africana na Educação Básica: Desafios e Possibilidades. Arq Mudi. 2007; 11 (Supl.2): 503-8 Introdução aos Estudos Científicos em Educação. Esta resenha crítica trata do artigo “Ensino de História Cultura Afro-brasileira e...
    568 Palavras 3 Páginas