Resenha Do Livro A Hora Da Verdade Jan Carlzon artigos e trabalhos de pesquisa

  • A hora da verdade

    Este livro apresenta o relato da extraordinária experiência de Jan Carlzon – então presidente executivo da companhia de aviação escandinava SAS –, que criou um modelo inédito de administração, mudando os rumos da gestão empresarial e revolucionando o conceito de liderança.  Carlzon inverteu a tradicional pirâmide hierárquica e delegou poder a todas as pessoas na linha de frente do atendimento. Assim, conseguiu superar uma das maiores crises da história da SAS, conquistando o prêmio "Empresa Aérea...

    581  Palavras | 3  Páginas

  • Resenha A Hora da Verdade

    A HORA DA VERDADE BIBLIOGRAFIA Autor: Jan Carlzon Título: A Hora Da Verdade Título Original em inglês: Moments of Truth Ano de Publicação: 1985, o original; e 2005, a copyright de tradução. Editora: Editora Sextante editou a versão traduzida Tradução: Maria Luiza Newlands da Silveira Local de Publicação: Editora Sextante localizada na Rua Voluntários da Pátria, 45 – Botafogo – Rio de Janeiro – RJ. O LIVRO A Hora da Verdade é um dos livros mais importantes de todos os tempos. É...

    750  Palavras | 3  Páginas

  • Resenha do livro a hora da verdade

    “A Hora da Verdade”, de Jan Carlzon Resenha do Livro O livro A HORA DA VERDADE, de Jan Carlzon, apresenta a experiência do autor, então presidente executivo da companhia de aviação Scandinavian Airlines, a SAS, que criou um novo modelo de administração de negócios onde todos os funcionários sabem da importância do cliente para a empresa. Segundo o autor, o funcionário deve ter autonomia de tomar algumas decisões, pois os primeiros 15 segundos são decisivos para o cliente. No início dos anos...

    1104  Palavras | 5  Páginas

  • Processo decisório - a hora da verdade

    SILVA A HORA DA VERDADEJan Carlzon inventou uma parte importante do futuro. Ele nos deu um modelo de administração para a Nova Era” Janeiro de 2008 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...........................................................................................03 2. RESUMO DA OBRA..................................................................................04 3. ABORDAGEM DA DISCIPLINA................................................................06 4. RESENHA CRÍTICA...

    2830  Palavras | 12  Páginas

  • a hora da verdade

    “A Hora da Verdade”, de Jan Carlzon  Resenha do Livro  O livro A HORA DA VERDADE, de Jan Carlzon, apresenta a experiência do autor, então presidente executivo da companhia de aviação Scandinavian Airlines, a SAS, que criou um novo modelo de administração de negócios onde todos os funcionários sabem da importância do cliente para a empresa. Segundo o autor, o funcionário deve ter autonomia de tomar algumas decisões, pois os primeiros 15 segundos são decisivos para o cliente.  No início...

    1207  Palavras | 5  Páginas

  • A hora da verdade

     HORA DA VERDADE 2006 1. RESENHA BIBLIOGRÁFICA 1.1 INFORMAÇÕES BIBLIOGRÁFICAS A. Autor: Jan Carlzon B. Título: A hora da verdade C. Título Original em Inglês : Moments of truth D.Ano de Publicação: 1985, o original e 2005, a Copyright da tradução. E. Editora: Editora Sextante editou a versão traduzida. F. Tradução: Maria Luiza Newlands da Silveira. G. Local de Publicação: Editora Sextante se localiza na Rua Voluntários da Pátria,45 – Botafogo – Rio de Janeiro – RJ. 1.2 O LIVRO Lançado...

    3782  Palavras | 16  Páginas

  • Introdução ao Livro Hora da verdade, A Jan Carlzon

    Hora da verdade, A Jan Carlzon "O melhor livro sobre liderança escrito por um presidente executivo." - John Naisbitt, autor de O líder do futuro e Megatendências  "Jan Carlzon inventou uma parte importante do futuro. Ele nos deu um modelo de administração para a Nova Era, colocando de cabeça para baixo a tradicional pirâmide de autoridade e mostrando aos gerentes como servir e liderar ao mesmo tempo. Ele nos lembra que a única coisa que realmente importa é o que acontece na hora da verdade."...

    702  Palavras | 3  Páginas

  • Resenha do livro a hora da verdade

    RESUMO DO LIVRO A HORA DA VERDADE "Jan Carlzon inventou uma parte importante do futuro. Ele nos deu um modelo de administração para a Nova Era, colocando de cabeça para baixo a tradicional pirâmide de autoridade e mostrando aos gerentes como servir e liderar ao mesmo tempo. Ele nos lembra que a única coisa que realmente importa é o que acontece na hora da verdade." - Karl Albrecht, autor de Revolução nos serviços Lançado originalmente nos anos 1980, A hora da verdade é um clássico da administração...

    1487  Palavras | 6  Páginas

  • A hora da verdade - arlzon, jan. a hora da verdade / jan carlzon e thomas langerstrom; tradução de maria luiza newlands da silveira – rio de janeiro: sextante, 2005.

    1. Referência Bibliográfica Carlzon, Jan. A hora da verdade / Jan Carlzon e Thomas Langerstrom; tradução de maria Luiza Newlands da Silveira – Rio de Janeiro: Sextante, 2005. Jan Carzon , que ingressou na Vingresor com apenas 32 anos nos relata uma nova maneira de administrar. Graduou-se em MBA na Escola de Economia de Estocolmo, em 1967, e imediatamente começou sua carreira na indústria da hospitalidade internacional no Vingresor. Levantou-se ao cargo de Presidente em 1974 e em 1978 se juntou...

    552  Palavras | 3  Páginas

  • LIVRO HORA DA VERDADE - JAN CARLZON

    A Hora da Verdade A história real do executivo que delegou poder às pessoas na linha de frente e criou um novo conceito de empresa focada nos clientes O autor... Jan Carlzon, nasceu na Suécia, em 25/06/41 • 1973, CEO da Vingresor – maior operadora de turismo sueco, em um momento em que o turismo foi afetado pela crise mundial de energia . • Na Graduate School of Economics, Estocolmo, com MBA é reconhecido como um dos maiores especialistas em qualidade na área de serviços. • 1978...

    2128  Palavras | 9  Páginas

  • Resumo do livro hora da verdadee

    Hora da verdade "O melhor livro sobre liderança escrito por um presidente executivo." - John Naisbitt, autor de O líder do futuro e Megatendências.  "Jan Carlzon inventou uma parte importante do futuro. Ele nos deu um modelo de administração para a Nova Era, colocando de cabeça para baixo a tradicional pirâmide de autoridade e mostrando aos gerentes como servir e liderar ao mesmo tempo. Ele nos lembra que a única coisa que realmente importa é o que acontece na hora da verdade." - Karl Albrecht...

    649  Palavras | 3  Páginas

  • A hora da verdade - resumo

    Resumo - A Hora da VerdadeJan Carlzon O livro A Hora da Verdade aborda a experiência profissional de Jan Carlzon durante sua permanência na SAS, Vingressor e Linjeflyg. Um dos assuntos mais abordados no livro é o “achatamento da pirâmide”. Trata-se de delegar poderes aos funcionários da linha de frente da empresa (aqueles que estão diretamente em contato com o cliente). Quando Jan Carlzon, em 1981, assumiu o cargo de CEO, a empresa estava em uma fase transitória de épocas prósperas para...

    598  Palavras | 3  Páginas

  • A Hora da verdade

    21/8/2014 Índice Introdução ---------------------------------------------------------------------------- Página 3 Capítulo 1 – A hora da verdade: --------------------------------------------------------- Página 4 Capítulo 2 – As reviravoltas da Vingressor e da Linjetflyg ------------------------- Página 4 Capítulo 3 A reviravolta da SAS --------------------------------------------------------- Página 5 Capítulo 4 – Profissão: líder --------------------------------------------------------------...

    2556  Palavras | 11  Páginas

  • A hora da verdade

    INTRODUÇÃO O livro A HORA DA VERDADE, de Jan Carlzon, reflete um conjunto de teorias da Administração que o autor coloca como experiências vividas por ele nas empresas onde trabalhou. O livro é baseado na Teoria de Qualidade onde os funcionários que estão na linha de frente devem ter autonomia para tomar algumas decisões necessárias para satisfazer a necessidade do cliente, pois segundo o autor 15 segundos de atendimento são decisivos para criar na mente do cliente a imagem da companhia. A...

    1199  Palavras | 5  Páginas

  • A HORA DA VERDADE

     FACULDADE INTEGRADA DO CEARA INTRODUÇÃO A ADMINISTRAÇÃO A HORA DA VERDADE INFORMACOES BIBLIOGRÁFICAS AUTOR: JAN CARLZON TITULO: A HORA DA VERDADE TITULO ORIGINAL EM INGLÊS: MOMENTS OF TRUTH (MOMENTOS DE VERDADE) TITULO EM SUECO: RIV PYRAMIDERNA (INVERTA A PIRAMIDE) ANO DE PUBLICAÇÃO: 1985, O ORIGINAL E 2005, A COPYRIGHT DA TRADUÇÃO PAGINAS: 137 EDITORA: EDITORA SEXTANTE EDITOU A VERSÃO TRADUZIDA TRADUÇÃO: MARIA LUIZA NEWLANDS DA SILVEIRA LOCAL DE PUBLICAÇÃO: EDITORA SEXTANTE SE...

    857  Palavras | 4  Páginas

  • Resenha jean carlzon

    Carlzon, Jan; À hora da verdade foi lançado no ano de 1980, tornando-se um clássico da administração e um dos mais importantes de negocio. Antes de tudo, "A Hora da Verdade" conta uma história real, a experiência de Liderança do sueco Jan Carlzon à frente da SAS - Scandinavian Airlines System - desde sua prematura presidência aos 32 anos na subsidiária de viagens da companhia, passando pela filial de cargas até a presidência do grupo, levando a empresa problemática a ser escolhida a melhor companhia...

    2832  Palavras | 12  Páginas

  • A hora da verdade

    “A Hora da Verdade e a atualidade do mercado japonês” Originalmente lançado nos anos 80, 'A hora da verdade' é um clássico da administração e um dos mais importantes livros de negócios de todos os tempos. Ele apresenta o relato da extraordinária experiência de Jan Carlzon - então presidente executivo da companhia de aviação escandinava SAS -, que criou um modelo inédito de administração, mudando os rumos da gestão empresarial e revolucionando o conceito de liderança. Carlzon inverteu a tradicional...

    819  Palavras | 4  Páginas

  • Resumo A Hora da Verdade

    O livro "A hora da verdade" foi escrito originalmente por Jan Carlzon em 1985. O livro se tornou um clássico da administração moderna, pois ele trouxe um novo pensar aos empresários, o modo de administrar que o levou ao sucesso tantas vezes. A idéia principal que o autor tenta trazer é a da liderança e da boa distribuição de responsabilidades, a horizontalização dos cargos na empresa. No livro o autor conta várias histórias ocorridas durante três administrações, como ele conseguiu ser presidente...

    2135  Palavras | 9  Páginas

  • A hora verdade " serviços"

    A Hora da Verdade Termo "hora da verdade" foi muito utilizado por Jan Carlzon, presidente da Scandinavian Airlines. Esse termo refere-se a todos os momentos em que um funcionário de uma empresa, que trabalha na linha de frente, entra em contato com um cliente. Em seu livro, Carlzon (1994) diz: "No ano passado, cada um dos nossos 10 milhões de clientes entrou em contato com aproximadamente cinco empregados da SAS, e este contato durou uma média de quinze segundos de cada vez. Desta forma, a SAS...

    2022  Palavras | 9  Páginas

  • Livro a hora da verdade

    ............................................10  CONCLUSÃO........................................................................11  INTRODUÇÃO  O livro A HORA DA VERDADE, de Jan Carlzon, reflete um conjunto de teorias da Administração que o autor coloca como experiências vividas por ele nas empresas onde trabalhou.  Todo o livro é baseado na Teoria da Qualidade Total onde todos sabem da importância do cliente para a empresa. O funcionário deve ter autonomia de tomar algumas decisões...

    2026  Palavras | 9  Páginas

  • Administração

    RESENHA DO LIVRO A Hora da Verdade Jan Carlzon Guarulhos 2011 ...

    6022  Palavras | 25  Páginas

  • Administração

    Lançado originalmente nos anos 1980, 'A hora da verdade' é um clássico da administração e um dos mais importantes livros de negócios de todos os tempos. Ele apresenta o relato da extraordinária experiência de Jan Carlzon - então presidente executivo da companhia de aviação escandinava SAS -, que criou um modelo inédito de administração, mudando os rumos da gestão empresarial e revolucionando o conceito de liderança. Carlzon inverteu a tradicional pirâmide hierárquica e delegou poder a todas as pessoas...

    2803  Palavras | 12  Páginas

  • A Hora Da Verdade 2

    Capítulo 1: Assumindo riscos Orientação para o cliente. Inverter a pirâmide tradicional: que coloca o pessoal da linha de frente, pessoas que tem o real contato com o cliente, pessoas que compõe a hora da verdade, sem poder de decisão. Para realmente ser efetiva essa orientação para as necessidades individuais de cada cliente, devemos transferir a responsabilidades por ideias as pessoas que lidam diretamente com os clientes. Mas para que isso aconteça é preciso que o líder seja capaz de criar...

    2159  Palavras | 9  Páginas

  • Resenha do Livro: A SAGA BRASILEIRA

    26670083185 Faculdade Pitágoras Resenha do Livro: A SAGA BRASILEIRA Ipatinga 2013 Resenha do livro: A saga Brasileira A longa luta de um povo por sua moedaMuitos dizem o que brasileiro tem “memória curta” e que pouco aprende com seus erros, voltando a cometê-los em pouco tempo. Se hoje temos uma moeda estável, com inflação sob controle (baseado em um sistema de metas), e que representa parte da grande transformação econômica vivida na última década, muito se deve ao fato de...

    1682  Palavras | 7  Páginas

  • Resenha acadêmica

    RESENHA ACADÊMICA A resenha é um texto que proporciona ao leitor uma apresentação da obra de um livro, palestra, filme ou evento, descrevendo-a criticamente, relatando o seu conteúdo, situando o texto dentro do campo de pesquisa ao qual pertence e evidenciando as suas relações com o campo teórico. A análise deste gênero nos indica que, ao resenhar algo, desenvolvemos quatro etapas em que realizamos as ações de: A resenha acadêmica pode ser crítica ou temática. 1)...

    1442  Palavras | 6  Páginas

  • Resenha sabor da qualidade

    tecnologia/inovação e preços | |acessíveis, é necessário uma mudança de atitude onde o ponto de partida são os clientes que estão cada vez mais exigentes e o atendimento às suas | |necessidades básicas. Conforme pontua CARLZON, Jan. A hora da verdade. Rio de Janeiro: Sextante, 2005. pg 19, “no mundo de hoje, o ponto de partida deve | |ser o consumidor – não o produto ou a tecnologia – e isto significa que as empresas devem se organizar de forma diferente para sobreviver”. ...

    753  Palavras | 4  Páginas

  • Papel dos gerntes

    Este livro apresenta o relato da extraordinária experiência de Jan Carlzon – então presidente executivo da companhia de aviação escandinava SAS –, que criou um modelo inédito de administração, mudando os rumos da gestão empresarial e revolucionando o conceito de liderança. Carlzon inverteu a tradicional pirâmide hierárquica e delegou poder a todas as pessoas na linha de frente do atendimento. Assim, conseguiu superar uma das maiores crises da história da SAS, conquistando o prêmio "Empresa Aérea...

    1438  Palavras | 6  Páginas

  • Administração e liderança

    autores: James Hunter, consultor-chefe na área de consultoria de relações de trabalho e treinamento, conhecido pelo seu livro que virou sucesso de vendas, O Monge e o Executivo; Luis Fernando Birck, autor gaúcho, com experiência nas áreas de relações humanas, formação de equipes e atividades participativas, autor do livro O Líder Profissional; e Jan Carlzon, que com seu livro A Hora da Verdade nos dá uma importante lição sobre foco no cliente e liderança organizacional. Esperamos que esta pesquisa...

    2091  Palavras | 9  Páginas

  • Fichamento

    LIDERANÇA A hora da verdade CARLZON, J. A hora da verdade. Rio de Janeiro: Sextante. 2005. 138p CAPITULO 1 – A HORA DA VERDADE Citação: “Estabelecer uma boa comunicação com seus empregados partilhando com eles a visão da companhia...”(pg19) Este livro trata de um homem visionário que aprendeu juntamente com os percalços da vida, a manter uma empresa fazendo com que a pirâmide organizacional existente dentro de uma companhia aérea virasse de cabeça para baixo. Segundo o autor, deu se o nome ao...

    2449  Palavras | 10  Páginas

  • Resenha sobre a ordem do discurso

    Linguagem em (Dis)curso – LemD, v. 9, n. 1, p. 181-185, jan./abr. 2009 RESENHA DE “DISCURSO POLÍTICO” [CHARAUDEAU, P. – SÃO PAULO: CONTEXTO, 2006] Jaçanã Ribeiro * O livro de Patrick Charaudeau, professor de Ciências da Linguagem na Universidade de Paris XII e diretor do Centro de Análise do Discurso, apresenta uma reflexão sobre a natureza, funções, regras e procedimentos do discurso político enquanto processo de influência social 1 . A obra traz também um questionamento importante sobre...

    1689  Palavras | 7  Páginas

  • Resenha acadêmica no ensino superior

    1 ReVeLe - nº 2 - Jan/2011 A PRODUÇÃO DE RESENHA ACADÊMICA NO ENSINO SUPERIOR Ana Virgínia Lima-Silva - FALE/UFMG 1. INTRODUÇÃO A produção de resenhas oferece ao estudante oportunidades de executar práticas discursivas que são requeridas a ele como membro da comunidade acadêmica. Esse domínio do gênero1 refere-se tanto à leitura quanto à escrita, atividades através das quais o aluno, sendo um agente que participa da estruturação comunicativa acadêmica, formaliza o seu papel de aprendiz...

    4445  Palavras | 18  Páginas

  • logistica industrial e empresarial

    SUMÁRIO 1. A HORA DA VERDADE 2 1.1 Quebrando barreiras 2 1.2 Exercendo a liderança 3 1.3 Aprendendo a gerenciar uma empresa 3 2. CONCLUSÃO 5 3. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 6 1. A HORA DA VERDADE O livro "A hora da verdade" retrata a experiência do autor Jan Carlzon em liderar uma companhia aérea de viagens, SAS - Scandinavian Airlines System, que o desafiou em transformá-la de problemática, devido a crise do setor na época, início dos anos 80, em melhor...

    1259  Palavras | 6  Páginas

  • Respostas desenvolvimento gerencial

    criativo e inovador para a solução de problemas do dia a dia da organização. 3. Pontos observados no livro “A hora da verdade” de Jan Carlzon: R= A percepção e inovação com os “primeiros 15 segundos”, é o momento que o cliente entra em contato com o pessoal da linha de frente, é nessas ocasiões que forma a sua imagem diante da empresa, que o faz voltar ou não a procurar os serviços. Jan Carlzon convenceu internamente uma empresa a priorizar o cliente e mostrar que com isso é que viria a lucratividade...

    767  Palavras | 4  Páginas

  • Case A hora da mentira

    A HORA DA MENTIRA Análise de uma seqüência de falhas na “hora da verdade” Preparado pelo Prof. Rodrigo Siqueira, ESPM RJ. 2008 Destinado exclusivamente ao estudo e discussão em classe, sendo proibida a sua utilização ou reprodução em qualquer outra forma. Direitos reservados ESPM. www.espm.br/centraldecases | centraldecases@espm.br (11) 5085-4625 RESUMO O presente estudo pretende discutir alguns conceitos de marketing de serviços, notadamente qualidade do atendimento, hora da...

    4603  Palavras | 19  Páginas

  • Resenha livro historia

    Resenha sobre o livro de Roger chartier: a história cultural entre práticas e representações. Ieda Ramona do Amaral e Luciane Miranda Faria¹ 1 Referência CHARTIER, Roger. A História Cultural: entre práticas e representações. Tradução Maria Manuela Galhardo. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1990. 245p. 2. Credenciais do autor: Roger Chartier nasceu em Lyon, na França, em 1945. Desde jovem tem se dedicado a pesquisas e projetos coletivos na direção de novas abordagens e de novos objetos para...

    1507  Palavras | 7  Páginas

  • Resenha À paz perpertua

    Resenha –––––––––––––––––––––––––––––– ––––––––––––––––––––––––––––– À paz perpétua, de Immanuel Kant LUIZA MARIA GERHARDT * ––––––––––––––––––––––––– –––––––––––––––––––––––– A obra À paz perpétua foi escrita pelo filósofo alemão Immanuel Kant, em 1795. A singularidade da contribuição de Kant está na sua fé em uma paz perpétua que se constrói porque a razão tem mais força do que o poder, e a razão [...] condena absolutamente a guerra como procedimento de direito e torna, ao contrário...

    4353  Palavras | 18  Páginas

  • Que Cuidados Tomar na Fase De Implementação do Plano de Negócio

    como oportunidades e adaptar-se a elas para fazer bons negócios.   Do mesmo modo, o melhor planejamento e as melhores ferramentas para seu acompanhamento, avaliação e revisão não fazem sentido sem que se possa contar com uma forte equipe de execução. Em seu livro Empreendedorismo: transformando ideais em negócios, José Dornelas destaca que ""sem uma equipe de primeira linha, qualquer outra parte do plano de negócios dificilmente se concretizará e ainda que muitos investidores perguntam-se ao analisar oportunidades...

    877  Palavras | 4  Páginas

  • Ad - gestão de pessoas

    Partindo desse pressuposto, analise a charge abaixo, e pautando-se nos estudos do livro didático, você deverá escrever um texto de 8 a 12 linhas, descrevendo 3 atitudes/posturas que uma pessoa deve ter para conquistar um bom perfil de empregabilidade. Justifique as atitudes apresentadas de forma fundamentada. Para a fundamentação você poderá utilizar-se de leituras externas ao material da disciplina como: artigos e ou livros. (3,0 pontos) Orientações: • os textos motivadores não devem ser copiados; •...

    1320  Palavras | 6  Páginas

  • resenha critica sobre a garota das laranjas

    ESCOLA NOTRE DAME MENINO JESUS Resenha crítica do livro: “A garota das laranjas” Estudante: Naiele Wickert Garbilla Série/turma: 8ª série A Disciplina: Filosofia Professora: Franciele Passo Fundo, novembro de 2014 1. FICHA TÉCNICA Autor: JOSTEIN GAARDER Editora: Cia Das Letras Categoria: Literatura Estrangeira / Ficção Edição: 1 Idioma: Português Número de páginas: 132 2. RESUMO ...

    1256  Palavras | 6  Páginas

  • Livros didáticos

    Livro Didático: problematizações sobre a escolha e utilização nos Anos Iniciais Antônio Maurício Medeiros Alves1 Vânia Grim Thies2 Um dos materiais didáticos mais largamente utilizados nas escolas, em particular na educação básica, é o livro didático. Esse texto pretende abordar esse objeto escolar a partir de algumas questões geradoras:      O que é livro didático (LD)? O que caracteriza o Programa Nacional do Livro Didático – PNLD? Como se processa a escolha dos LD nas escolas? Como...

    4196  Palavras | 17  Páginas

  • Resenha Ball

    RESENHAS Políticas Educacionais: Questões e Dilemas STEPHEN J. BALL, JEFFERSON MAINARDES (Org.) SÃO PAULO: CORTEZ, 2011, 288 p. A obra organizada por Stephen J. Ball e Jefferson Mainardes é uma coletânea de artigos de pesquisadores britânicos, brasileiros e de um argentino, e favorece amplo debate sobre as questões e os dilemas enfrentados pelas políticas educacionais contemporâneas. Stephen J. Ball, professor do Instituto de Educação da Universidade de Londres, tem várias publicações,...

    1785  Palavras | 8  Páginas

  • NEGOCIOS

    Estudo de caso: o reposicionamento da Scandinavian Airlines durante a crise do petróleo O modelo inédito de administração criado por Jan Carlzon, mudando os rumos da gestão empresarial e revolucionando o conceito de liderança. Ele inverteu a tradicional pirâmide hierárquica e delegou poder às pessoas na linha de frente do atendimento, a fim de criar uma melhor experiência com o cliente André Azevedo, 24 de junho de 2011 Compartilhar A SAS (Scandinavian Airlines System) era uma empresa...

    6862  Palavras | 28  Páginas

  • Liderança

    SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO 4 2 FUNDAMENTOS DA LIDERANÇA 5 2.1 Definições 5 2.2 O líder 7 2.3 Características de um líder 9 2.4 Qualidades do líder 10 3 A HORA DA VERDADE 14 4 CONCLUSÃO 16 5 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 17 1 INTRODUÇÃO A palavra liderar, etimologicamente, significa conduzir. O líder é aquele que conduz o grupo. Conduzir pode ser compreendido como a ação de mostrar o caminho, de orientar os esforços dos membros do grupo para...

    3555  Palavras | 15  Páginas

  • O Livro didático de Geografia

    ensino-aprendizagem, o Livro Didático tem assumido um papel fundamental no cenário da Educação de nosso país. Esse poderoso instrumento tem estado cada vez mais no centro das discussões políticas e teóricas educacionais, seja pela necessidade de um aperfeiçoamento de sua política de produção e distribuição nas escolas públicas brasileiras, seja pelo seu correto uso por parte dos professores e alunos em sala. Felizmente, essa preocupação tem proporcionado crescentemente uma valorização e melhoramento do Livro Didático...

    18900  Palavras | 76  Páginas

  • Resenha crítica

    |O QUE É RESENHA? | | |É fazer uma relação das propriedades de um objeto, enumerar cuidadosamente seus aspectos relevantes e descrever as | | |circunstâncias que o envolvem. | | |O objeto resenhado pode ser um acontecimento qualquer da realidade (um jogo de futebol, uma comemoração...

    1273  Palavras | 6  Páginas

  • Resenha de "O fio e os rastros", de Carlo Ginzburg

    princípio de realidade que deu base e originou cada uma daquelas diferentes narrativas (míticas e históricas). Mas essa condição de distanciamento entre o mito e a história talvez seja apenas aparente. É o que indicou Georges Balandier, em seu livro O dédalo, ao avaliar o processo de elaboração e manutenção de um mito no tempo e interpretar as mudanças drásticas, rápidas e sutis das sociedades (em especial, as contemporâneas), que lhe foi ensejada por meio da análise do mito do labirinto, não...

    4853  Palavras | 20  Páginas

  • Servi Os E Vendas

    feitas e de promessas cumpridas. Daí vem o efeito: satisfação e lealdade dos clientes. Jan Carlzon no seu famoso livro “A Hora da Verdade”, escrito em 1985 permanece atual. Carlzon criou o termo "hora da verdade" ao momento que durante a interação na prestação do serviço, o pessoal da linha de frente - do atendimento - mantém contato com  a necessidade ou expectativa do cliente, usuário ou consumidor. É nessa hora que o cliente experimenta e cria o seu próprio conceito de qualidade do serviço prestado...

    934  Palavras | 4  Páginas

  • Orientacao resenha

    ANHEMBI MORUMBI SÊNIA BASTOS ORIENTAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DE RESENHA São Paulo 2009 Uma universidade de fronteiras e mentes abertas. ORIENTAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DE RESENHA SUMÁRIO INTRODUÇÃO 3 1 A NATUREZA DA RESENHA 3 2 A ESTRUTURA DA RESENHA 4 2.1 A configuração do texto 4 REFERÊNCIAS 5 APÊNDICE A — ELABORAÇÃO DE REFERÊNCIAS 6 2 ORIENTAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DE RESENHA INTRODUÇÃO Nas últimas décadas tem se verificado o aumento das...

    2903  Palavras | 12  Páginas

  • Resenha FEB

     RESENHA DO ARTIGO: A INVENÇÃO COMO OFÍCIO: AS MÁQUINAS DE PREPARO E BENEFÍCIO DO CAFÉ NO SÉCULO XIX. Belo Horizonte 20 maio 2013 RESENHA DO ARTIGO: A INVENÇÃO COMO OFÍCIO: AS MÁQUINAS DE PREPARO E BENEFÍCIO DO CAFÉ NO SÉCULO XIX. Resenha apresentada à disciplina Formação Econômica do Brasil do 5° período Noite do curso de Ciências Econômicas do Instituto de Ciências Econômicas e Gerenciais PUC Minas BH. Belo...

    1610  Palavras | 7  Páginas

  • Aula sobre Resenha

    Niederauer Resenha O objetivo da resenha é oferecer ao leitor a avaliação de algum livro recém lançado. Várias discussões, entretanto, cercam esse gênero textual. Se, por um lado, somente especialistas em uma área têm conhecimento suficiente para avaliar com propriedade um novo livro. Por outro, esses especialistas não têm tempo para produzir resenhas, e nem interesse, pois a resenha não é o tipo de gênero que tenha grande prestígio no meio acadêmico. Os maiores interessados em publicar resenhas são...

    2125  Palavras | 9  Páginas

  • Diferença sobre resumo e resenha

    de segmentação a divisão em parágrafos. Pode ser que se encontre uma segmentação mais ajustada que a dos parágrafos, mas como inicio de trabalho, o parágrafo pode ser um bom indicador. Quando se trata de um texto maior (o capitulo de um livro, por exemplo) é conveniente adotar um critério de segmentação mais funcional, o que vai depender de cada texto (as oposições entre os personagens, as oposições de espaço, de tempo). Em seguida, com palavras abstratas e mais abrangentes...

    3276  Palavras | 14  Páginas

  • Fichamento do livro branding

    FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS FICHAMENTO DO LIVRO: BRANDING NOVEMBRO – 2011 Assunto: Branding – O marketing de relacionamento Referência: MARTINS, José Roberto. Branding: um manual para você criar, gerenciar e avaliar marcas. Editora Copyright,2006.pag 147- 177 Em “O marketing de relacionamento e os momentos da verdade”, o autor diz que em branding a base do marketing de relacionamento só...

    5237  Palavras | 21  Páginas

  • RESENHA DO FILME: ARN O CAVALEIRO TEMPLÁRIO

    CURSO: LICENCIATURA EM HISTÓRIA DISCIPLINA: HISTÓRIA MEDIEVAL II PROFESSOR: OTENBERG TRUMA: 78 RESENHA DO FILME – ARN: O CAVALEIRO TEMPLÁRIO MAIK ANDERSON GOMES DE OLIVEIRA FORTALEZA – CEARÁ 2014 RESENHA ARN, O Cavaleiro Templário é um filme épico de 2007 tendo 128 minutos, Baseado nos dois primeiros Livros da Trilogia de JAN GUILLOU sobre a História do Cavaleiro Arn Magnusson: Vagen Till Jerusalem (1998) e Tempelriddaren (1999).Este filme...

    676  Palavras | 3  Páginas

  • Empreendedorismo

    analisando autores e instituições especializadas que trataram sobre o assunto, sendo isto feito através de pesquisas em sites especializados, material didático fornecido e leitura realizada em livros indicados ao Curso de Administração. Dê acordo com Severino (2000), a pesquisa bibliográfica é uma busca apurada em livros, revistas, sites, jornais, documentários a respeito de um assunto. Ela tem o objetivo de auxiliar o pesquisador no desenvolvimento de sua pesquisa, pois ela irá apresentar e explicar o...

    2760  Palavras | 12  Páginas

  • Marketing holistico

    elaborar projetos, campanhas e ações que visem aproveitar esse processo de percepção humana, para que o consumidor confirme que a promessa feita pelo fornecedor é exatamente aquela que ele constatou no momento da compra ou do consumo.  Cientes dessa verdade atual do mercado, muito mais do que para não perder “market share”, os gestores das organizações percebem que fazer marketing alinhado com a ética é mais do que um bom negócio, é uma excelente prática.  O marketing holístico é um conceito recente...

    3853  Palavras | 16  Páginas

  • Resenha do filme os companheiros

     ELABORAÇÃO DE RESENHA Semestre 2013.02 Goiás, GO Agosto de 2013 Elaboração de Resenha ____________________________________ INTRODUÇÃO A resenha constitui num texto que expõe a síntese de um livro, artigo e/ou outros objetos de reflexão, apresentando uma análise dos elementos axiais e abordagens teórico-metodológico do objeto em questão. Além de aferir a relevância e clarificar ao leitor a que público destina-se o texto lido, assim...

    2517  Palavras | 11  Páginas

  • Resenha a missa do galo

    [pic] RESENHA A resenha é um gênero literário que tem como função avaliar as principais partes de uma obra e comentá-la, seja ela: literária, cinematográfica ou teatral. Uma boa resenha deve constar de: • Referências bibliográficas da obra, seguindo as normas da ABNT; • Apresentação da obra (descrever em poucas linhas o conteúdo a ser resenhado; • Resumo da obra ou síntese do artigo, destacando a área do conhecimento, o tema e as idéias principais da...

    927  Palavras | 4  Páginas

  • Livro bernardinho

    revisão Sérgio Bellmello Soares e Tereza da Rocha projeto gráfico e diagramação Mareia Raed capa Raul Fernandes fotolitos R R Donnelley impressão e acabamento Geográfica e Editora Ltda CIP-BRASIL CATALOGAÇÃO-NA-FONTE SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RB444t Bernardinho, 1959/ Bernardinho — Rio de Janeiro Sextante, 2006 Inclui bibliografia ISBN 85 7542-242-1 Bernardinho, 1959- 2 Jogadores de voleibol — Brasil 3 Treinadores de voleibol — Brasil 4 Voleibol — Brasil — História 5 Vontade 6 Autodomínio...

    49711  Palavras | 199  Páginas

  • O que é resenha

    RESENHA | | | | |  | |Najara Ferrari Pinheiro | |  ...

    3239  Palavras | 13  Páginas

  • Resenha-Anos de Chumbo

    Resenha bibliográfica MAZZUCCHELLI, Frederico. Os anos de chumbo: economia e política internacional no entreguerras. Campinas: UNESP-FACAMP, 2009. 429 p.* Rogério Arthmar1 Em vista da dimensão da crise financeira da atualidade, não poderia ser publicado em momento mais oportuno o livro do Professor Frederico Mazzucchelli, Os anos de chumbo: economia e política internacional no entreguerras. O título, por si, informa de antemão que o conteúdo privilegia não apenas a instância estritamente...

    3604  Palavras | 15  Páginas

tracking img