• Gêneros textuais
    sintaxe, e sem grandes preocupações com ritmo, métrica, rimas, aliterações e outros elementos sonoros), e pode designar também um tipo de conteúdo (um texto cuja função lingüística predominante não é a poética, como por exemplo, um livro técnico, um romance, uma lei, etc...). Na acepção relativa à...
    1013 Palavras 5 Páginas
  • resenha critica
    principalmente nas áreas de linguística, letras e artes, deram contribuições fundamentais a filosofia, a critica textual e aos estudos literários, publicou diversos livros. Ensinou Literatura Portuguesa na Universidade Presbiteriana Mackenzie e administrou cadeiras de filosofia e língua portuguesa na Faculdade...
    970 Palavras 4 Páginas
  • Oque é resenha
    são resenhas elaboradas e ensinadas na universidade. Esse tipo de resenha apresenta uma síntese e uma crítica sobre um trabalho científico, e pode ser elaborada com base em leitura motivada por interesse próprio ou sob demanda. Resenha de livros é uma forma de crítica literária, em que um livro é...
    1554 Palavras 7 Páginas
  • História da lingüística
    fontes de Pânini. Publicou estudos sobre línguas malaio-polinésias e considerava, como outros lingüistas americanos, as línguas ameríndias. Falou da reconstituição de uma proto-língua, num domínio sem tradição escrita. Na lingüística geral, escreveu um só livro: Language. Sua 1a edição foi em 1914...
    2499 Palavras 10 Páginas
  • Sistema de comuniação
    das pessoas das notícias e livros. 3-Função Apelativa (colotativa) Emissor procura influenciar o comportamento ao receptor 4-Função Tática Centralizada no canal linguagem das falas telefônicas e-mail. 5-Função Poética 6- Metalinguística 12-04-11 Resumo e Resenha Condensar...
    445 Palavras 2 Páginas
  • jhennifffer
    , Entrevistas e Resenhas que estejam de acordo com o foco e escopo da revista: https://periodicos.ufsc.br/index.php/textodigital/index. Em linguística, a noção de texto é ampla e ainda aberta a uma definição mais precisa. Grosso modo, pode ser entendido como manifestação linguística das ideias de...
    937 Palavras 4 Páginas
  • Kaspar
    Alfa, Säo Paulo 29:131-139, 1985. RESENHAS/REVIEWS Rafael Eugênio HOYOS-ANDRADE* BLIKSTEIN, Izidoro — Kaspar Hauser ou a fabricação da realidade. São Paulo, Cultrix-Edusp, 1983. 98. p. Este pequeno livro constitui um comentário semiótico-filosófico do filme de Werner Herzog e, ao...
    5461 Palavras 22 Páginas
  • Resenha Critica do Livro Leitura e Produção de Texos
    RESENHA CRÍTICA TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO LEITURA E PRODUÇÃO DE TESTO CORREA, Vanessa Loureiro IESDE. 6ª Edição, Curitiba. PR/Brasil – 2008 Vanessa Loureiro Correa, graduada em Letras, e mestrado em Linguística. Professora do Ensino a Distância. Tipo de Obra Resenhada...
    2260 Palavras 10 Páginas
  • plano ensino
    de opinião, cartas de leitor, resenhas críticas, crônicas, charges, tiras, anúncios publicitários, blog, email, discurso político. Obs.: As atividades com o gênero literário são organizadas de modo a contemplar títulos de livros que são indicados a cada ano, mediante decisão da subárea de Língua...
    1318 Palavras 6 Páginas
  • A literatura em teoria
    Columbia, neste livro cita que a literatura varia conforme as épocas e as culturas ele descreve que para Aristóteles a arte poética compreende gênero épico e dramático, excluindo o gênero lírico, porque nele o poeta fala em primeira pessoa o que fez com que ele fosse julgado como um gênero menor essa...
    1065 Palavras 5 Páginas
  • Resenha
    eróticas, inspirado em um livro sobrenatural, acho que o momento de analisar estruturas linguísticas, contextos e panoramas, repetições de vocabulário, entre outros, não cabe tanto nesta resenha, quanto nesse  gênero de livro.  Esclarecido o ponto voltemos.  Esta é uma série completamente viciante...
    925 Palavras 4 Páginas
  • Baktin
    do discurso, neste caso, no que diz respeito à questão da heterogeneidade discursiva. Inicialmente, a autora expõe as concepções de Volochinov e Bakhtin sobre a enunciação, o dialogismo e a polifonia, incluindo as críticas desses autores à Lingüística Estrutural e à Estilística. Extrapolando a...
    2063 Palavras 9 Páginas
  • Estudo
    Bühler de forma triádica, “apontando três fatores | |básicos: o destinador (mensagens de caráter expressivo), o destinatário (mensagens de caráter apelativo) e o contexto (mensagens de| |caráter comunicativo)”; o de Roman Jakobson, que “no ensaio Lingüística e poética, amplia para seis...
    14926 Palavras 60 Páginas
  • demonio da teoria
    minha geração. Sob várias denominações – ‘nova crítica’, ‘poética’, ‘estruturalismo’, ‘semiologia’, ‘narratologia’ –, ela brilhava em todo seu esplendor. [...] Naquele tempo, a imagem do estudo literário, respaldada pela teoria, era sedutora, persuasiva, triunfante.  \\  Esse não é mais exatamente o...
    7704 Palavras 31 Páginas
  • comunicaçao e expressao
    leitura LEITURA CRÍTICA: o sentido do texto passa pelo contexto de sua produção, inicia uma leitura, com intuito de interpretar. RESENHA: é um genero associado a leitura crítica, é uma sintese seguida de um comentário sobre uma obra ...
    1256 Palavras 6 Páginas
  • Os Gêneros do Discurso do livro Estética da Criação Verbal escrito por Mikhail Bakhtin
     Universidade do Estado do Pará – UEPA Centro de Ciências Sociais e da Educação – CCSE Licenciatura Plena em Língua Portuguesa – Manhã Rafael dos Santos Lopes Resenha do Capítulo Os Gêneros do Discurso do livro Estética da Criação Verbal escrito por Mikhail Bakhtin...
    736 Palavras 3 Páginas
  • pós modernismo
    disso desenvolveu-se como uma forma de poética, de crítica, literária e de análise lingüística do discurso, substituindo o modelo humanista que interpretava textos particulares como sendo a expressão singular de um determinado autor.(Peters, 2000: 13, 14, 15) 7. Um detalhe importantíssimo se trata...
    5288 Palavras 22 Páginas
  • Conteúdo do 1°ano do ensino médio - Português
    interpretação; leitura crítica da realidade sócio-histórica para produção de textos dissertativos. - Atividades no Laborátorio de Informática; - Oficinas de Literatura: Obras Literárias solicitadas UFPR. Projetos Sedução da Linguagem Poética - Concurso de Declamação - Varal de Poesia – poema de...
    1377 Palavras 6 Páginas
  • Resenha do livro o que é semiótica
    RESENHA CRÍTICA SANTAELLA, Lúcia. O que é semiótica. 1. ed. São Paulo. Brasiliense. 1983. (coleção primeiros passos; 103) CREDENCIAIS DA AUTORA. Lucia Santaella é pesquisadora CNPq, graduada em Letras- Português e Inglês. Professora titular no programa de Pós-Graduação em Comunicação e...
    2216 Palavras 9 Páginas
  • Novos horizontes no estudo da linguagem e da mente
    RESENHAS CHOMSKY, Noam. Novos horizontes no estudo da linguagem e da mente. Tradução Marco Antônio Sant’Anna. São Paulo: UNESP, 2005. Resenhado por Ivanaldo Santos (UERN)* O livro de Noam Chomsky New horizons in the study of language and mind, publicado originalmente em 2000, e traduzido...
    2546 Palavras 11 Páginas