Resenha Crítica Do Livro Linguistica E Poética artigos e trabalhos de pesquisa

  • resenha critica

    RESENHA CRÍTICA - História da Língua Portuguesa / Segismundo Spina, (org). – Cotia, São Paulo: Ateliê Editorial, 2008 1- CREDENCIAL DO AUTOR O autor Segismundo Spina é graduando no curso de letras clássicas e a pós-graduando no USP. Ao longo da sua carreira de professor, atuou principalmente nas áreas de linguística, letras e artes, deram contribuições fundamentais a filosofia, a critica textual e aos estudos literários, publicou diversos livros. Ensinou Literatura Portuguesa na Universidade...

    970  Palavras | 4  Páginas

  • Oque é resenha

    N°30 1°D Índice: O que é Resenha....................................................1 Gêneros textuais Prescritivos......................................1 Gêneros Textuais argumentativos..........................2 Gêneros textuais expositivos.............................2,3 Gêneros textuais lírico.................................3 Gênero Narrativo........................................4 O que é Resenha: Resenha é uma abordagem para a construção...

    1554  Palavras | 7  Páginas

  • Resenha Critica do Livro Leitura e Produção de Texos

    RESENHA CRÍTICA TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO LEITURA E PRODUÇÃO DE TESTO CORREA, Vanessa Loureiro IESDE. 6ª Edição, Curitiba. PR/Brasil – 2008 Vanessa Loureiro Correa, graduada em Letras, e mestrado em Linguística. Professora do Ensino a Distância. Tipo de Obra Resenhada – Didático Pedagógica DESENVOLVIMENTO INTRODUÇÃO O ser humano utiliza a língua todos os dias para muitas finalidades como nas compras, vendas, ao expressar opiniões, sentimentos e necessidades. O objectivo...

    2260  Palavras | 10  Páginas

  • Resenha Critica do Livro O que lingu stica

    Resenha Critica do Livro O que é linguística. Por José Augusto S. Viegas ORLANDI, Eni Pulcinelli. O que é linguística.São Paulo: Brasiliense, 2007. Eni Pulcinelli Orlandi, nascida em São Carlos SP, possui graduação emLetras pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Araraquara (1964),mestrado em Linguística pela USP (1970), doutorado em Linguística pela USPe pela Universidade de Paris/Vincennes (1976). Tem experiência na área deLinguística, com ênfase em Teoria e Análise Linguística. É...

    881  Palavras | 4  Páginas

  • História da lingüística

    HISTÓRIA DA LINGÜÍSTICA FERDINAND DE SAUSSURE Nasceu em Genebra, em 1857. Estudou em Leipzig e em Berlim. Foi diretor da Escola de Altos Estudos em Paris ( 1880 – 1891 ). Retornou a Genebra, onde lecionou na Universidade até 1913, quando faleceu. Em vida publicou duas obras: Memória sobre o sistema primitivo das vogais nas línguas indo-européias e sua tese de doutorado sobre o genitivo absoluto em sânscrito (1878 e 1881, respectivamente). Uma série de artigos e notas foi reunida e publicada...

    2499  Palavras | 10  Páginas

  • Os Gêneros do Discurso do livro Estética da Criação Verbal escrito por Mikhail Bakhtin

    Rafael dos Santos Lopes Resenha do Capítulo Os Gêneros do Discurso do livro Estética da Criação Verbal escrito por Mikhail Bakhtin Belém – PA 2010 Universidade do Estado do Pará – UEPA Centro de Ciências Sociais e da Educação – CCSE Licenciatura Plena em Língua Portuguesa – Manhã Rafael dos Santos Lopes Resenha do Capítulo Os Gêneros do Discurso do livro Estética da Criação Verbal escrito por Mikhail Bakhtin Resenha apresentada na disciplina do 1° ano...

    736  Palavras | 3  Páginas

  • Resenha do livro o que é semiótica

    RESENHA CRÍTICA SANTAELLA, Lúcia. O que é semiótica. 1. ed. São Paulo. Brasiliense. 1983. (coleção primeiros passos; 103) CREDENCIAIS DA AUTORA. Lucia Santaella é pesquisadora CNPq, graduada em Letras- Português e Inglês. Professora titular no programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica da PUCSP, com doutoramento em Teoria Literária na PUCSP em 1973 e Livre-Docência em Ciências da Comunicação na ECA/USP. É coordenadora da Pós-Graduação em Tecnologias da Inteligência e Design Digital...

    2216  Palavras | 9  Páginas

  • Resenha A Lnguagem Liter Ria

    Disciplina-Teoria da Literatura Resenha acerca dos capítulos 1 ao 5 do livro “A linguagem literária” Daniela R.Evangelista Luciane da Silva Lima Ilhéus,BA. Maio;2009 FILHO, Domício Proença.A linguagem Literária.São Paulo:Ática,1992,88p. Domício Proença Filho no primeiro capítulo do seu livro:”A linguagem literária”,discorre...

    3343  Palavras | 14  Páginas

  • Livro teoria da literatura

    CATALOGAÇAO-NA-FONTE SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ. S718t 10. ed. Souza, Roberto Acízelo Quelha de, 1949Teoria da literatura/ Roberto Acízelo Quelha de Souza. 10. ed. São Paulo : Ática, 2007 87p. - (Princípios; 46) Inclui bibliografia comentada ISBN 978-85-08-10762-9 I. Literatura-Filosofia. I. Título. II. Série. 06-3553 CDD801 CDU82:1 016268 _______________________________________________________________________ IMPORTANTE: Ao comprar um livro, você remunera e reconhece o trabalho do...

    22680  Palavras | 91  Páginas

  • Resenha Crítica do texto “Linguística e Poética”, de Roman Jakobson

    DANTAS DE MORAIS Resenha Crítica do texto “Linguística e Poética” Roman Jakobson Jakobson, em texto transcrito de uma conferência por ele proferida, inicia sua explanação com uma pergunta que é o problema pelo qual deve se ocupar a poética: “Que é que faz de uma mensagem verbal uma obra de arte?” Prossegue dizendo que a poética se interessa pelos problemas da estrutura verbal, da mesma forma que a análise da pintura se interessa pela estrutura pictorial. E como a linguística é a ciência global...

    1031  Palavras | 5  Páginas

  • Resenha bibliográfica

    RESENHA BIBLIOGRAFICA LA LINGUISTIQUE de — Revue Internationale André direteses transformacionais (Chomsky), por Blan che de Grunig. consoantes 4. no 5. A estrutura do sistema por Francês Canadense, de linguistique générale n.° 1, 1966, Presses Universitaires Martinet. tora da (Oviedo), France. Emílio Diretor: a comissão Henri Integram ainda revista: outros. de grande interesse e atualiEric Buyssens), Alexander H u l l . crições ma de. da Um ou dois fonemas?, As diversas transe seu siste7...

    2566  Palavras | 11  Páginas

  • Resenha: Keith Jenkins a história repensada

    Número 1, 2010 RESENHA: JENKINS, Keith. A História repensada. Tradução de Mario Vilela. Revisão Técnica de Margareth Rago. São Paulo, Contexto, 2001. Por Marcos Carvalho Lopes1 "A história é basicamente um discurso em litígio, um campo de batalha onde pessoas, classes e grupos elaboram autobiograficamente suas interpretações do passado para agradarem a si mesmos".2 Keith Jenkins Os historiadores ainda tem dificuldades para lidar com todas as conseqüências da virada lingüística (linguistic...

    2489  Palavras | 10  Páginas

  • RESENHA DO LIVRO “O QUE É LINGUÍSTICA”.

    RESENHA DO LIVRO “O QUE É LINGUISTICA”. Autor da Resenha: Rômulo O livro “O que é Linguística” da autora Eni Pulcinelli Orlandi da coleção primeiros passos, 1999 - explica ao leitor o que é linguística como estudo e ciência. De acordo com o livro o homem busca dominar o mundo através do conhecimento e cita a linguagem como um dos meios para chegar a esta dominação, pois a comunicação é que diferencia o homem dos outros seres. A linguística remota de tempos antigos, mas somente no século XX...

    560  Palavras | 3  Páginas

  • fichamento linguistica

    113 à126). In: MATELOTTA, Mário Eduardo (Org.) Manual de linguística. São Paulo: Contexto, 2008. “A rigor, não podemos falar de um conceito único para o termo estruturalismo. Mesmo sem levarmos em consideração que a antropologia, a sociedade, a psicologia, entre outras áreas das ciências humanas, podem se apresentar sob a orientação de uma teoria estruturalista e nos restringimos aos domínios exclusivos das diversas escolas lingüísticas, (...). Entretanto, essas escolas, (...) apresentam concepções...

    5770  Palavras | 24  Páginas

  • resumo do livro de roberto acizelo

    INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS CAMPUS- MACEIÓ -LETRAS 1º Período Resumo do Livro de “Roberto Acízelo”, Solicitado pelo professor Fabio, da matéria Teoria da Literatura I. Maceió, Setembro de 2013. 1- Sem uma teoria, a literatura é o óbvio Há um conflito constante sobre o questionamento da pergunta “O que é Literatura?”, mesmo pra os que se dedicam ao estudo dessa matéria. Em todos essa pergunta gera certo embaraço, mas não é porque para ela se acha...

    8007  Palavras | 33  Páginas

  • Resenha Lucas Fernando de Morais

     Resenha sobre o livro O que é linguística, de Eni Puccinelli Orlandi. O ser humano desde sempre procura dominar o mundo. Uma das maneiras de dominá-lo é através do conhecimento, e é por conta disso que ele está constantemente em busca de explicações para tudo que existe. A linguagem é uma das coisas que procura explicar. No livro observa-se, de forma sintética, as principais características da linguística, a ciência que estuda a linguagem humana. Sabe-seque na Grécia antiga haviam muitas discussões...

    590  Palavras | 3  Páginas

  • resenha

    Universidade Federal do Mato Grosso do sul (CPTL) Resenha feita pelo acadêmico Daiane Aparecida Fernandes da Silva MARTELOTTA, M. E. .(org).(2008). Manual da linguística.1° Ed. 1° Reimpressão, São Paulo. Contexto , Capítulo 1. Uma abordagem não iria conseguir apresentar todas as multiplicidades da linguaguem, sendo a linguística um âmbito de estudo extremamente complexo; Mário Eduardo Martelotta, mestre e doutor em linguística ,foi professor de linguística na faculdade de letras da universidade federal...

    655  Palavras | 3  Páginas

  • Resena Critica

     RESENHA Resenha é a apresentação de uma obra, com certos detalhes, seja ela um texto, um livro, ou capítulo de um livro, um filme, uma peça de teatro, etc. A resenha é, em geral, veiculada por jornais e revistas. Nela, encontramos informações sobre o contexto e o tema, o objetivo e a descrição da estrutura da obra resenhada, que pode ser em capítulos ou agrupamento de capítulos. Traz também os comentários do resenhista e a sua apreciação sobre a obra. Estes podem ser positivos ou negativos...

    1037  Palavras | 5  Páginas

  • resenha

    de um livro, de um capítulo, de um filme, de uma peça de teatro ou de um espetáculo, sem qualquer crítica ou julgamento de valor. Trata-se de um texto informativo, pois o objetivo principal é informar o leitor.Resenha-crítica:     É um texto que, além de resumir o objeto, faz uma avaliação sobre ele, uma crítica, apontando os aspectos positivos e negativos. Trata-se, portanto, de um texto de informação e de opinião, também denominado de recensão crítica.2. Quem é o resenhista     A resenha, por ser...

    739  Palavras | 3  Páginas

  • resenha

    R /G P T/R ES EN H A .P H P 1.D efi nições  Resenha-resumo: É um texto que se limita a resumir o conteúdo de um livro, de um capítulo, de um filme, de uma peça de teatro ou de um espetáculo, sem qualquer crítica ou julgamento de valor. Trata-se de um texto informativo, pois o objetivo principal é informar o leitor. R esenha-crítica:  É um texto que, além de resumir o objeto, faz uma avaliação sobre ele, uma crítica, apontando os aspectos positivos e negativos. Trata-se...

    1124  Palavras | 5  Páginas

  • Poética de Todorov

    Relatório de Leitura do Capítulo I “Definição da Poética” da obra «Poética» de Tzvetan Todorov Unidade Curricular: Metodologia dos Estudos Literários Docente: Luís Fernando Adriano Carlos Discente: Maria Beatriz Monteiro Serra Cruz Curso: Línguas Literaturas e Culturas (variante: Português, Inglês) Número: 201306431 1º Ano 1º Semestre Ano Letivo: 2013/2014 Relatório de Leitura do Capítulo I “Definição da poética”da obra «Poética» de Tzvetan Todorov Um dos principais...

    1754  Palavras | 8  Páginas

  • Resenha encontrada do mil platos

    MANA 4(2):143-167, 1998 RESENHAS DELEUZE, Gilles e GUATTARI, Félix. 1995-1997. Mil Platôs. Capitalismo e Esquizofrenia. Rio de Janeiro: Editora 34. 715 pp. Ovídio Abreu Filho Prof. de Antropologia, UFF Em 1997, publicado seu quinto volume, concluía-se a edição brasileira de Mil Platôs, de Gilles Deleuze e Félix Guattari, que se iniciara em 1995. O intervalo entre a edição original dessa obra, que é de 1980, e a de sua tradução completa para o português não deixa de revelar as dificuldades...

    12971  Palavras | 52  Páginas

  • Como Fazer Uma Resenha

    RESENHA   Como um gênero textual, uma resenha nada mais é do que um texto em forma de síntese que expressa a opinião do autor sobre um determinado fato cultural, que pode ser um livro, um filme, peças teatrais, exposições, shows etc. O objetivo da resenha é guiar o leitor pelo emaranhado da produção cultural que cresce a cada dia e que tende a confundir até os mais familiarizados com todo esse conteúdo. Como uma síntese, a resenha deve ir direto ao ponto, mesclando momentos de pura descrição com...

    770  Palavras | 4  Páginas

  • Resenha

    SUMÁRIO 2 Coerência Textual. 6 3 Coesão Textual. 13 4 Texto Argumentativo. 22 5 Redação Técnica. 31 6 Resumo 38 1 Níveis de Compreensão. 2 8 Resenha 50 9 Relatório 54 10 Fichamento 58 11 Tipos de Documentos. 60 12 Textos. 85 Níveis de Compreensão.[1] A interação do leitor com o texto pode ocorrer em níveis mais superficiais ou mais profundos, dependendo de alguns fatores, entre eles o propósito com que ele lê. Assim, costuma-se hierarquizar a compreensão da leitura em três níveis:...

    29369  Palavras | 118  Páginas

  • Resenha

    COMUN ICAÇÃO EMPRESARIAL PROFª: ANALICE DE SOUSA GOMES RESENHA A resenha é uma técnica de leitura (consequentemente de estudo) que melhor representa a elaboração de uma síntese de leitura. Propõe [...] examinar e apresentar o conteúdo e obras prontas, acompanhado ou não de avaliação critica. É talvez o nível mais elementar da pesquisa científica e caracteriza-se apenas como pesquisa exploratória; pois embora possa conter uma critica, o texto base já está pronto (SANTOS, 1999, p. 34) Também...

    804  Palavras | 4  Páginas

  • Como elaborar uma resenha

    Como elaborar uma resenha 1. Definições Resenha-crítica: é um texto que, além de resumir o objeto, faz uma avaliação sobre ele, uma crítica, apontando os aspectos positivos e negativos. Trata-se, portanto, de um texto de informação e de opinião, também denominado de recensão crítica. Uma resenha acadêmica objetiva fundamentalmente responder às questões básicas: quem é o autor, sobre o que trata o livro, como se comprara com outros livros do mesmo autor, da mesma área, do mesmo assunto. O texto...

    2956  Palavras | 12  Páginas

  • Como fazer uma Resenha

    Guia de Produção Textual ­ PUCRS Como elaborar uma resenha 1. Definições Resenha­resumo:      É um texto que se limita a resumir o conteúdo de um livro, de um capítulo, de um filme, de  uma  peça  de  teatro  ou  de  um  espetáculo,  sem  qualquer  crítica  ou  julgamento  de  valor. Trata­se de um texto informativo, pois o objetivo principal é informar o leitor. Resenha­crítica:           É  um  texto  que,  além  de  resumir  o  objeto,  faz  uma  avaliação  sobre  ele,  uma  crítica, apontando os aspectos positivos e negativos...

    3570  Palavras | 15  Páginas

  • FICHAMENTO - Subsídio para Compreensão do Gênero Resenha

    FICHAMENTO Subsídio para Compreensão do Gênero Resenha CURITIBA 2014 Área: Linguística Disciplina: Produção de texto Revista Letras, Curitiba, N.70, p. 267-281, set/Dez. 2006. Editora UFPR MUNIZ Oliveira, S. Subsídio para Compreensão do Gênero Resenha. Síntese Geral O material tem como objetivo fazer um estudo sobre o gênero resenha, buscando uma melhor definição para a chamada resenha e a resenha crítica, apontando as dificuldades para identificá-las...

    2064  Palavras | 9  Páginas

  • Resenha

    Como elaborar uma resenha 1. Definições Resenha-resumo: É um texto que se limita a resumir o conteúdo de um livro, de um capítulo, de um filme, de uma peça de teatro ou de um espetáculo, sem qualquer crítica ou julgamento de valor. Trata-se de um texto informativo, pois o objetivo principal é informar o leitor. Resenha-crítica: É um texto que, além de resumir o objeto, faz uma avaliação sobre ele, uma crítica, apontando os aspectos positivos e negativos. Trata-se, portanto, de um texto...

    1459  Palavras | 6  Páginas

  • Resenha Artigo Ensino de Língua Português e Contextos Teórico-Metodológicos.

    Resenha Artigo Ensino de Língua Português e Contextos Teórico-Metodológicos. Maria Auxiliadora Bezerra é autora do artigo Ensino de Língua Portuguesa e Contextos Teórico-Metodológicos, doutora em Lingüística pela Universidade de Toulouse-le, Mirail, na França e professora do programa de Pós Graduação em linguagem e ensino da UFCG. Bezerra considera o ensino da língua portuguesa muito voltada para o ensino das regras gramaticais, prendendo-se a uma gramática totalmente normativa e prescritiva...

    959  Palavras | 4  Páginas

  • Resenha Critica do livro Como fazer e apresentar trabalhos científicos em eventos acadêmicos

    No livro Como fazer e apresentar trabalhos científicos em eventos acadêmicos1 Antonio Carlos Xavier, vê-se a busca por auxiliar ao máximo a vida acadêmica do estudante universitário, lhe direcionando na produção de gêneros acadêmicos por meio de instruções da organização de tais gêneros e oferecendo estratégias de apresentação. Vários gêneros são explicitados e explicados na obra com intuito de familiarizar os alunos do nível superior com os gêneros encontrados em meio a esse âmbito...

    523  Palavras | 3  Páginas

  • A escrita academica resenha e resumo

    de maneira sucinta e objetiva, as principais ideias do artigo, sem apresentar quaisquer avaliações ou críticas Correto b. uma resenha, pois seu autor apresenta as ideias principais do artigo de Leonardo Boff, tecendo críticas construtivas a respeito c. uma resenha, pois seu autor apresenta as ideias principais do artigo de Leonardo Boff, tecendo críticas construtivas a respeito; uma resenha acadêmica, pois trata-se de um artigo publicado em revista especializada da área de teologia. d...

    2449  Palavras | 10  Páginas

  • Metodologia científica: o que é fichamento, resenha, resumo, sinopse, resenha crítica, esquemas

    METODOLOGIA CIENTÍFICA: O QUE É FICHAMENTO, RESENHA, RESUMO, SINOPSE, RESENHA CRÍTICA, ESQUEMAS O que é fichamento, resenha , resumo, sinopse, resenha critica, dentre outros e exemplo de todos. Introdução O trabalho a seguir trata de assuntos acerca de métodos científicos, sendo estudado neles, sinopses, resumos, esquemas, resenhas criticas, resumos críticos e fichamentos. Expondo dados relevantes no conhecimento, para que se possa fazer bem os descritos acima, apresentando definições e exemplos...

    4219  Palavras | 17  Páginas

  • Linguistica E Filologia

     Linguística e Filologia – Divergências e Relações. Resenha de: SILVA, Janaína de Assis da. Acadêmica do curso de Letras da UNESPAR campus de Paranavaí. Disciplina de Linguística I, sob a orientação da Professora Zilda Ferreira Barbosa A Filologia é uma ciência muito antiga e desde seus primórdios foi utilizada para nomear atividades e indagações que tinham a finalidade de preservar e fixar os textos. Além disso, para designar os homens eruditos que se debruçavam nas ciências  da linguagem os chamados...

    1131  Palavras | 5  Páginas

  • Como elaborar uma resenha

    Lendo.org | Livros, literatura e resenhas Sugestões: 1. Trata-se de uma avaliação que o resenhista faz do trabalho analisado, destacando aspectos positivos e negativos do mesmo; 2. Pode-se iniciar mostrando se o autor conseguiu alcançar os objetivos a que se propôs; 3. Pode-se demonstrar se o tema tratado pelo autor é relevante e se apresenta originalidade (conhecimentos novos); 4. Pode-se explicitar falhas, incoerências e limitações na abordagem adotada pelo autor. Parte superior...

    4454  Palavras | 18  Páginas

  • Resenha critica

    Resenha crítica Resenha crítica é uma descrição que faculta o exame e o julgamento de um trabalho (teatro, cinema, obra literária, experiência científica, tarefa manual, etc). A apreciação necessita ser elaborada de maneira impessoal, sem demonstração satírica ou cômica. Contém posicionamentos de ordem técnica diante do objeto de análise, seguidos de um resumo do conteúdo e possível demonstração de sua importância. Resenha Crítica é a apresentação do conteúdo de uma obra, acompanhada de uma avaliação...

    3981  Palavras | 16  Páginas

  • Resenha - Liguagem e Ideologia

    SANTOS NOGUEIRA RESENHA CRÍTICA DO LIVRO: LINGUAGEM E IDEOLOGIA, de José Luiz Fiorin EUNÁPOLIS / BA 2011 IRMA SANTOS NOGUEIRA RESENHA CRÍTICA DO LIVRO: LINGUAGEM E IDEOLOGIA, de José Luiz Fiorin EUNÁPOLIS / BA 2011 FIORIN, José Luiz. Linguagem e Ideologia. 8ª ed. 2ª imp. São Paulo: Ática, 2005. 85p. José Luiz Fiorin é professor do Departamento de Lingüística da Faculdade de Filosofia, Letras...

    1314  Palavras | 6  Páginas

  • A.V.A Resenha e resumo (respotas)

    2004. p. 16) Escolher uma resposta. a. uma resenha acadêmica, pois trata-se de um artigo publicado em revista especia-lizada da área de teologia b. uma resenha, pois seu autor apresenta as ideias principais do artigo de Leonardo Boff, tecendo críticas construtivas a respeito c. um resumo, pois apresenta de maneira sucinta e objetiva, as principais ideias do artigo, sem apresentar quaisquer avaliações ou críticas d. uma resenha, pois seu autor apresenta as ideias principais do...

    2449  Palavras | 10  Páginas

  • proposta resenha engenharia 1

    um texto escrito no gênero tratado (resenha), contemplando em suas argumentações não só a defesa de uma tese (ponto de vista) como também pesquisas outras que embasarão e fortalecerão a discussão proposta. Seguem algumas dicas e especificações do gênero, que podem auxiliara na tarefa: Resenha-resumo:      É um texto que se limita a resumir o conteúdo de um livro, de um capítulo, de um filme, de uma peça de teatro, de um espetáculo, etc., sem qualquer crítica ou julgamento de valor. Trata-se de...

    1127  Palavras | 5  Páginas

  • Resenha

    Mônica R. Nobre 1. RESENHA E RECENSÃO 2. RESUMO 3. FICHAMENTO 4. SINOPSE 1. RESENHA 1.1 A Resenha Resenhar  significa "fazer uma relação de propriedades de um objeto, enumerando cuidadosamente seus aspectos relevantes, descrevendo as circunstâncias que o envolvem". (Platão & Fiorin, p. 426) A resenha é uma modalidade do discurso descritivo; não é completa tampouco exaustiva (as propriedades são infinitas e as circunstâncias também). Na resenha filtram-se apenas os aspectos...

    1001  Palavras | 5  Páginas

  • As politicas linguisticas

    RESENHA/REVIEW CALVET, Louis-Jean 2007. As Políticas Lingüísticas. Florianópolis e São Paulo: Ipol/Parábola. 166 p. Resenhado por/by: Kanavillil RAJAGOPALAN (UNICAMP) Com o lançamento deste livro, a Editora Parábola demonstra mais uma vez seu afinco em manter-se à frente de tendências mundiais em matéria de reflexão sobre a linguagem. Como bem lembra Gilvan Muller de Oliveira, em seu prefácio, falar em política lingüística era, até recentemente, uma coisa quase impensável em centros de Lingüística...

    1752  Palavras | 8  Páginas

  • Aula sobre Resenha

    Niederauer Resenha O objetivo da resenha é oferecer ao leitor a avaliação de algum livro recém lançado. Várias discussões, entretanto, cercam esse gênero textual. Se, por um lado, somente especialistas em uma área têm conhecimento suficiente para avaliar com propriedade um novo livro. Por outro, esses especialistas não têm tempo para produzir resenhas, e nem interesse, pois a resenha não é o tipo de gênero que tenha grande prestígio no meio acadêmico. Os maiores interessados em publicar resenhas são...

    2125  Palavras | 9  Páginas

  • Resenha critica - as tramas do texto

    OLIVEIRA SILVA RESENHA CRÍTICA PARÁ DE MINAS 2012 KOCH, Ingedore Grunfeld Villaça. As tramas do texto. Rio de Janeiro. Nova Fronteira, 2008 (p. 11-20) A autora teve uma ampla formação acadêmica e trabalho profissional. Ingedore Grunfeld Villaça Koch, nascida na Alemanha veio para o Brasil ainda criança. Koch possui graduação em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade de São Paulo e possui licenciatura plena em Letras. A autora é um dos maiores nomes em Linguística Textual. É mestre...

    1014  Palavras | 5  Páginas

  • Resenha temática sobre indústria cultural

    UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA MESTRADO PROFISSIONAL EM LINGUÍSTICA E ENSINO DISCIPLINAS: LETRAMENTO DIGITAL E ENSINO PROFESSOR : DENILSON PEREIRA DE MATOS ALUNA: SILVANA MARIA SAMPAIO CAMURÇA RESENHA TEMÁTICA A resenha aqui apresentada versa sobre a indústria cultural: seu conceito, sua relação com a comunicação de massa, o processo ideológico presente nela e a consequência de sua existência para aqueles que fazem parte de nossa sociedade. A importância desse tema, presente na disciplina:...

    978  Palavras | 4  Páginas

  • Caminhos da linguística histórica - resenha

    Resenha Crítica TENTATIVA PARA “OUVIR O INAUDÍVEL” Resenhado por: Luiz Carlos de Prado SILVA, R. V. M. e. Caminhos da Linguística Histórica – ouvir o inaudível. Parábola Editorial: São Paulo, 2008. Extraído da obra Caminhos da Linguística Histórica – ouvir o inaudível, escrita por Rosa Virgínia Mattos e Silva, publicada em 2008 pela Parábola Editorial, S. Paulo, esse texto de vinte páginas corresponde à Introdução do livro. Nela a autora desenvolve conceitos básicos para...

    617  Palavras | 3  Páginas

  • Resenha De Por Que Estudar A M Dia

    sugere?”, pergunta Roger Silverstone, no capítulo dez de Por que estudar a mídia? (p. 165). Perguntas que nós, da área de educação, deveríamos há muito nos fazer também. Publicado no Brasil, em 2002, pelas Edições Loyola, Por que estudar a mídia? é um livro muito instigante e provocador, escrito por um dos autores que se tornou referência aos estudos de mídia, de recepção e de relações entre mídia e educação, desenvolvidos na América Latina, desde o início da década de 1980. Roger Silverstone é professor...

    1657  Palavras | 7  Páginas

  • Resenha do texto Polemica Vazia

    5577840-670560005577840-77533500LARISSA PAULA DA SILVA JERÔNIMO RESUMO CRÍTICO (RESENHA) Atividade apresentada à disciplina de Produção de texto para fins de avaliação parcial, sob a orientação do (a) prof.ª (a) Juçara Zanoni Do Nascimento e do(a) tutores Ana Cristina Garcia e Marcelo da Silva no curso de Pedagogia, na modalidade a distância, na UNIVERSIDADE FEDERAL DO MATO GROSSO DO SUL. ÁGUA CLARA, MS. 2014 5663565-594360SUMÁRIO TOC \o "1-3" \h \z \u RESENHA PAGEREF _Toc401527844 \h 3REFERÊNCIAS PAGEREF _Toc401527845...

    728  Palavras | 3  Páginas

  • O que é lingüística

    O que é Lingüística. Orlandi, Eni Puccinelli, 1942-. O que é Lingüística-. 2.ed.--São Paulo: Brasiliense, 2009. 70 p. O livro “O que é lingüística”’’com 70 páginas, escrito pela autora Eni Puccinelli Orlandi, traz uma introdução ao estudo da lingüística, está organizado em dez tópicos interessantíssimos; são eles: I-Saber e poder, II-O que é e o que não é lingüística, III-Duas obras, um Saussure e nenhuma publicação, IV-As muitas funções, V-Chomsky: uma teoria científica explicativa...

    3872  Palavras | 16  Páginas

  • MODELO PRÁTICO DE ELABORAÇÃO DE RESENHA CRÍTICA OU CIENTÍFICA

    MODELO PRÁTICO DE ELABORAÇÃO DE RESENHA CRÍTICA OU CIENTÍFICA CONCEITO De modo geral, resenhar consiste em examinar e apresentar o conteúdo de obras prontas. É talvez o nível mais elementar de pesquisa científica e caracteriza-se apenas como pesquisa exploratória, pois o texto-base já está pronto. Como trabalho de ponta, é normalmente feito por pessoas com sólidos conhecimentos na área, já que o trabalho de crítica demanda “olho clínico” apurado. É, também, excelente exercício inicial de autonomia...

    1792  Palavras | 8  Páginas

  • como elaborar uma boa resenha

    RESENHA Segundo Fiorin e Saviolli (2007), resenhar é relacionar as propriedades de um objeto destacando os aspectos relevantes e descrever as circunstâncias que o envolvem. A resenha pode surgir a partir de um acontecimento qualquer da realidade (jogo de futebol, feira de livros, comemoração solene) ou textos e obras culturais (filmes, romances, teatro). A resenha pode ser descritiva não apresentando julgamentos ou apreciações do resenhador, ou crítica, com apreciações, notas, correlações...

    3945  Palavras | 16  Páginas

  • Resenha - Espiral Hermenêutica

    TIAGO JEOVÁ DE OLIVEIRA DIAS RESENHA DO LIVRO: ―A ESPIRAL HERMENÊUTICA:‖ Trabalho acadêmico apresentado como exigência parcial para a conclusão do grau de Bacharel em Teologia, ao Prof. Marcos Enéas Vasconcelos, da Disciplina Hermenêutica, 2º ano, 1º semestre, Turma de Sábado, do Instituto Betel de Ensino Superior – IBES. Instituto Betel de Ensino Superior São Paulo — Junho de 2014 2 OSBORNE, Grant R. A espiral hermenêutica: uma nova abordagem à interpretação bíblica. São...

    1326  Palavras | 6  Páginas

  • Resenhas

    até o dia | Objetivo: Proporcionar ao aluno a reflexão crítica acerca das questões sociais e suas expressões, trazendo a oportunidade de exercitar o senso crítico a partir de elementos apresentados ao longo do semestre pelas disciplinas trabalhadas. Estimular a escrita e análise crítica. Orientação: Para realização deste trabalho o aluno terá que se utilizar dos textos e outros materiais indicados, bem como estar atento...

    1971  Palavras | 8  Páginas

  • Como fazer um resumo e uma resenha.

    TEXTOS ACADÊMICOS: RESUMO E RESENHA 1- Definições e exemplos de resumo e resenha O texto acadêmico com função informativa estrutura-se de acordo com alguns tipos básicos, como o resumo e a resenha. Observe como se caracterizam e de que forma são elaborados. 1.1 Resumo Resumo pode ser definido como uma apresentação concisa e seletiva das ideias de um texto. Trata-se de um gênero informativo, pois o objetivo principal é informar o leitor e não fazer críticas ou julgamentos de valor. Constitui...

    2428  Palavras | 10  Páginas

  • RESUMO DO CAPÍTULO I DO LIVRO O DEMÔNIO DA TEORIA DE ANTOINE COMPAGNON

    LITERATURAS PROFESSORA ANA CLÁUDIA AED RESUMO DO CAPÍTULO I DO LIVRO O DEMÔNIO DA TEORIA DE ANTOINE COMPAGNON JORGE OTONIEL DOMINGUES SANTIAGO MAT. 2013 2 0125 0100 3 GOIÂNIA 20 DE OUTUBRO DE 2014 A EXTENÇÃO DA LITERATURA No sentido mais amplo, literatura é tudo que é impresso (ou manuscrito), são todos os livros que a biblioteca contém. No conjunto orgânico assim constituído, segundo a filologia, pela língua...

    3466  Palavras | 14  Páginas

  • Linguagem & Ensino - Diversas Resenhas

    Resenhas PERINI, Mário A. Princípios de lingüística descritiva: introdução ao pensamento gramatical. São Paulo: Parábola, 2006. 201p. Resenhado por Ana Cláudia Pereira de ALMEIDA A democratização do Ensino Superior1 possibilita que pessoas oriundas de backgrounds econômicos e sociais diversos cheguem às Universidades. Essa constatação mostra o tanto de evolução que a educação brasileira obteve, uma vez que simboliza mobilidade social e indiscutível possibilidade de ascensão dos historicamente...

    13976  Palavras | 56  Páginas

  • Resenha - J. de Alencar

    RESENHA CRÍTICA Santo Estevão 2014 THIAGO DIAS GONCALVES DE OLIVEIRA - SE-20112-LETI-G3 RESENHA CRÍTICA Atividade apresentada ao Curso de Licenciatura em Letras com habilitação em Língua Inglesa e Literaturas na Modalidade EAD da Universidade do Estado da Bahia- UNEB para fins de avaliação. Orientador (a): Ann Marie Santo Estevão 2014 RESENHA CRÍTICA: Romance...

    743  Palavras | 3  Páginas

  • modelo trabalho do livro

    ..............................................5 3. Personagens.................................................................................6 4. Análise da linguagem....................................................................7 5. Resenha crítica.............................................................................8 6. Características da obra..................................................................9 7. Biografia do autor....................................................

    1818  Palavras | 8  Páginas

  • Resenha do Livro o que é Semiótica.

    Resenha do livro : O que é semiótica. Semiótica é a ciência dos signos, porque estuda a linguagem dos signos, mas ainda não é uma ciência totalmente definida, que ainda está em total processo de descoberta e investigações. Essa ciência nos ajuda a entender nosso passado como espécie em eterna evolução, desde os tempos das cavernas até hoje. A Semiótica investiga todos os tipos de linguagens, então é uma ciência vasta pois toda a nossa vida somos tomados por linguagens e até representados por ela...

    1458  Palavras | 6  Páginas

  • Resenha critico informativo

    POR UMA EDUCAÇÃO POÉTICA São Carlos 2011 POR UMA EDUCAÇÃO POÉTICA Resenha crítico-informativo desenvolvida como exigência parcial da disciplina Metodologia do Trabalho Científico,sob a orientação da Profa. Dra. Elisabete Gabriela Castellano. São Carlos 2011 Por uma educação poética CHALITA, Gabriel Benedito Isaac. Por uma educação poética. Folha de São Paulo, 19...

    546  Palavras | 3  Páginas

  • A influência da “poética” de aristóteles nos estudos de teoria e crítica literária do século xx

    LAURA FARAONE RAPHAEL PAPPA LAUTENSCHLAGER RAQUEL PRACONI PINZON A INFLUÊNCIA DA “POÉTICA” DE ARISTÓTELES NOS ESTUDOS DE TEORIA E CRÍTICA LITERÁRIA DO SÉCULO XX CURITIBA 2009 TEORIA E CRÍTICA LITERÁRIA DO SÉCULO XX Projeto de pesquisa apresentado à disciplina Iniciação...

    2409  Palavras | 10  Páginas

tracking img