• Resenha
    BAUMAN, Zygmund. A Sociedade Individualizada: Vidas Contadas e Histórias Vividas. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed. 2008 Zygmund Bauman é um sociólogo polonês, nascido em Poznań no dia 19 de novembro de 1925. Bauman  iniciou sua carreira acadêmica na Universidade de...
    2495 Palavras 10 Páginas
  • Formação do mundo contemporâneo
    trabalho que está fora dele mas que permite que ele consuma e assim crie vínculos superficiais. O homem perde o sentido da vida, pois vive em uma sociedade onde o valor e o consumo é mais forte do que relações interpessoais. O ser humano busca incessantemente o status e o dinheiro, assim fica preso ao...
    918 Palavras 4 Páginas
  • Formação do mundo
    predominando os valores de um individualismo associal absoluto e também pela destruição das sociedades do socialismo real. E pode ser caracterizada como a mais perturbadora, pois através dela acontece uma destruição das sociedades onde predominava o socialismo, dando um maior espaço para o capitalismo. 2. Analise...
    962 Palavras 4 Páginas
  • Resenha do Livro Modernidade Líquida
    Revista Âmbito Jur ídico Resenhas Resenhas Resenha do livro: Modernidade Líquida Ana Fátima de Brito, Claudia Simone Vieira Resumo: Este trabalho é uma resenha do clássico livro de ZYGM UNT BAUM AN, filósofo polonês, cuja obra é M odernidade Líquida. Através desta resenha é possível analisar e refletir...
    4850 Palavras 20 Páginas
  • Resenha - zygmunt bauman
    Resenha - Zygmunt Bauman Nas décadas de 60 e 70, o capitalismo estava sendo contestado de todos os lados. Além das greves freqüentes, estudantes e minorias se rebelavam e articulavam, no discurso e na prática, a miséria do cotidiano – preconceitos, sexualidade restrita, vida tediosa e programada – às...
    1156 Palavras 5 Páginas
  • resenha ideias para europa
    DOI:10.5007/1807-1384.2011v8n2p238 RESENHA – REVIEW – RESEÑA IDÉIAS ‘DE’ E ‘PARA’ A EUROPA IDEAS ‘OF’ AND ‘FOR’ EUROPE IDEAS ‘DE’ Y ‘PARA’ EUROPA Por: Diogo da Silva Roiz, doutorando em História pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), bolsista do CNPq. Mestre em História pela Unesp. Professor...
    1606 Palavras 7 Páginas
  • modernidade liquida - resumo
    Resenha do livro: Modernidade Líquida Ana Fátima de Brito, Claudia Simone Vieira   Resumo: Este trabalho é uma resenha do clássico livro de ZYGMUNT BAUMAN, filósofo polonês, cuja obra é Modernidade Líquida. Através desta resenha é possível analisar e refletir sobre as mudanças que a sociedade moderna...
    4733 Palavras 19 Páginas
  • Identidade no mundo globalizado
    em 2001 por Polity Press, de Cambridge, Inglaterra Copyright © 2001, Zygmunt Bauman Copyright da edição em língua portuguesa ©fc009y Introdução l ...
    5702 Palavras 23 Páginas
  • Resenha #1 Aprendendo a Pensar com a Sociologia
    título de Resenha # e uma numeração sequencial. Para começar, nada melhor que um grande pensador, Zygmunt Bauman, resenhado por um grande escritor, José Castello. Sociologia da Imperfeição Escrita por José Castello Publicada no Jornal Valor Econômico, 12/2/2010 [Zygmunt Bauman rebate aqueles...
    1459 Palavras 6 Páginas
  • Resenha Modernidade Liquida
    Resumo: Este trabalho é uma resenha do clássico livro de ZYGMUNT BAUMAN, filósofo polonês, cuja obra é Modernidade Líquida. Através desta resenha é possível analisar e refletir sobre as mudanças que a sociedade moderna atravessa desde o individualismo até as relações de trabalho, família e comunidade...
    4661 Palavras 19 Páginas
  • ZYGMUNT BAUMAM
    FILOSOFIA E SOCIOLOGIA NA EDUCAÇÃO COMTEMPORÂNEA ZYGMUNT BAUMAN Nascimento 18 de Novembro de 1925 (88 anos) Poznań Nacionalidade Polónia Cônjuge Janina Zytuansk Filho(s) 3 filhas: Anna (matemática) Lydia (pintora) Irena (arquiteta). ...
    3494 Palavras 14 Páginas
  • Modernidade Líquida
     Modernidade Líquida - Zygmunt Bauman Resenha apresentada como requisito parcial para a obtenção de nota na disciplina Universidade e Sociedade do programa de Bacharelado em Pedagogia da Universidade Federal do Paraná. Prof: Dr. Gelson João Tesser Curitiba 2011 ...
    2832 Palavras 12 Páginas
  • Consumismo
    suprimos necessidades para a sobrevivência, quando este ato vai além dessa finalidade e ainda possui outros motivadores surge o consumismo, que segundo Bauman (2007), começa como necessidade e deve terminar como compulsão ou vício. Com um olhar mais atento, podem-se encontrar questionamentos que indicaram...
    4277 Palavras 18 Páginas
  • Modernidade líquida
    RESENHA MODERNIDADE LÍQUIDA CAROL O seu drama não era o drama do peso, mas o da leveza. O que se abatera sobre ela não era um fardo, mas a insustentável leveza do ser. [...] A contradição pesado/leve é a mais misteriosa e a mais ambígua de todas as contradições".[1] Zygmunt Baumam, sociólogo polonês...
    9205 Palavras 37 Páginas
  • blabla
    sendo preparada para substituir algo que venha a faltar, é o que Bauman diz ser a transformação do homem em um objeto. (valores culturais) 3º Um exemplo da influência dos valores Neoliberais no comportamento social das pessoas na Sociedade Atual. Devido a globalização, a produção tecnológica avança...
    581 Palavras 3 Páginas
  • estudo de caso
    debate em torno de sua definição é contínuo, adentrando a teoria social contemporânea. Recorrente nesse debate é a dicotomia entre comunidade e sociedade e entre a forma de vida tradicional e a moderna. Neste artigo, debatem-se algumas das principais teorizações clássicas e contemporâneas sobre a...
    9960 Palavras 40 Páginas
  • A comunidade: da sociologia clássica à sociologia contemporânea
    debate em torno de sua definição é contínuo, adentrando a teoria social contemporânea. Recorrente nesse debate é a dicotomia entre comunidade e sociedade e entre a forma de vida tradicional e a moderna. Neste artigo, debatem-se algumas das principais teorizações clássicas e contemporâneas sobre a...
    9960 Palavras 40 Páginas
  • redes tecnologia comunicação
    formarem o carretel maior e melhor possível. O filósofo polonês Zygmund Bauman em sua obra “Modernidade Líquida” publicada em 2001, época na qual a “aldeia global” de Marshall McLuhan incitada pela internet começava a se enraizar na sociedade, constatou em sua obra um interessante conceito para compreender...
    683 Palavras 3 Páginas
  • Artigo Baumann
    MODERNIDADE E PÓS-MODERNIDADE AS SEMENTES DAGLOBALIZAÇÃO REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS BAUMAN,Zigmund, Modernide e Ambivalência. 1ª ed. Rio de Janeiro: Zahar Ed, 1999. -O mal-estar da pós-modernidade. Rio de Janeiro:Zahar ...
    1561 Palavras 7 Páginas
  • direito
    mundo passa por momentos de profundas transformações. Em entrevista publicada na revista Época, de 10 de fevereiro de 2014, o sociólogo polonês Zygmund Bauman denuncia a perda de referências políticas, culturais e morais da civilização e afirma que vivemos o “fim do futuro”. Esta é apenas uma das muitas...
    823 Palavras 4 Páginas