Reino De Axum artigos e trabalhos de pesquisa

  • Reino Axum

    Introdução O império de Axum também chamado de Reino de Axum I Aksum foi um dos primeiros reinos a surgirem (VIII a.C. - VII d.C). Ele ficou localizado no Nordeste africano, no local denominado chifre da África, onde hoje se encontra a Etiópia e a Eritreia. Por volta do século I, tinham a sua capital na cidade de Axum, sua prosperidade vinha da agricultura e do comercio realizado no porto de Adulis, no Mar Vermelho. Desenvolvimento A cidade de Axum, capital do reino, tornou-se um centro...

    613  Palavras | 3  Páginas

  • reino de axum

    REINO DE AXUM Alberto Vasconcellos da Costa e Silva, ( São Paulo, 12 de Maio de 1931 ) é um diplomata, poeta, ensaísta, memorialista, e historiador brasileiro e membro da Academia Brasileira de Letras. Formado pelo Instituto Rio Branco em 1957, serviu como diplomata em Lisboa, Caracas, Washington, Madrid e Roma, antes de ser embaixador na Nigéria e no Benin, em Portugal, na Colômbia e no Paraguai. Como historiador e africanólogo...

    2015  Palavras | 9  Páginas

  • Resumo do Reino Axum

    Reino Axum – Resumo Axum foi um dos primeiros reinos a surgirem (VIII a.C. - VII d.C.,), assim como o de Kush. Ele ficou localizado no Nordeste africano, no local denominado chifre da África, na região onde hoje se encontra a Etiópia e a Eritreia. Além disso, seu império também chegou a se estender à parte sul da península arábica. Essa área foi favorável à ocupação do região do reino devido à passagem do Nilo Azul na parte mais ao oeste, proporcionando solos férteis que estimularam a agricultura...

    930  Palavras | 4  Páginas

  • Resumo do Reino de Axum

    O reino de Axum Pelas pinturas rupestres encontradas desde o norte da Eritreia até a terra de Harrar, pode‑se deduzir que a região era habitada por povos pastores, que reproduziam nos rochedos as figuras de seus animais: um gado sem corcova, de chifres longos, parecido com o que se criava, a esse tempo, no Saara e na bacia do Nilo. Conclui‑se que eram muito antigas as relações entre esses povos e o mundo egípcio. Outras fontes escritas da mesma época, e particularmente os textos sul‑arábicos...

    7395  Palavras | 30  Páginas

  • REINO AFRICANO DE AXUM

    REINO DE AXUM O reino de Axum, onde hoje localiza-se a Etiópia, passou a se desenvolver por volta do século V a.C., tendo um território favorável a agricultura e a criação de animais, pois seus solos eram férteis. Axum, entre os séculos II e III d.C., dominou diversos reinos e cidades da África e cobrava-lhes tributos. Além disso, o império estendeu-se por grande parte do sul da península arábica, até os confins do século VI. Axum chegará ao fim devido à expansão muçulmana e a pressão de reinos...

    519  Palavras | 3  Páginas

  • Reinos Africanos

    Atualmente Reino Axum Axum, atualmente, é uma cidade do norte da Etiópia, localizada na zona de Mehakelegnaw, da Região Tigre. Os altos Planaltos da Atual Etiópia, na África oriental com altura média de 2 mil metros, dão origem à região um clima fresco com chuvas de verão. O solo fértil de origem vulcânica garantia uma agricultura farta capaz de alimentar uma grande população. Decadência A partir do século VII se inicia a decadência de Axum, primeiro devida à instabilidade comercial...

    1183  Palavras | 5  Páginas

  • Gana e Axum

    Reino de Gana Um “reino de ouro” formado nas proximidades do Deserto do Saara. Gana foi um dos maiores impérios formados no continente africano que se desenvolveu para fora das regiões litorâneas ou da África muçulmana. Sua área correspondia às atuais regiões de Mali e da Mauritânia, fazendo divisa com o imenso deserto do Saara. Desde já, percebemos a instigante história de um reino que prosperou mesmo não possuindo saídas para o mar e estando próximo a uma região considerada economicamente inviável...

    3346  Palavras | 14  Páginas

  • reinos africanos

    primeiros séculos da era cristã, prevalecessem ali culturas ligadas a caça e coleta. Algumas populações se sedentarizaram, constituindo sociedades que exerceriam grande influência na história do continente. O Reino de Axum Localizada na costa Oriental do continente Africano, é uma área conhecida como chifre da África, onde hoje é a Etiópia que é uma das nações mais pobres do mundo. Seus primeiros habitantes eram originários do sul da península Arábica. No...

    2159  Palavras | 9  Páginas

  • Escultura em pedra, bronze, ouro e metais nos principais reinos da africa antiga

    Fundamentos da historia da arte Tema: A arte nos principais reinos da africa antiga – Escultura em bronze, metais, ouro e pedra Discente: Acelina Mucache Docente: Jorge Campos 1º ano, 1ºsemestre Abril, 2013 Estrutura Introdução Principais reinos da africa antiga Escultura nos principais reinos da africa antiga Conclusão bibliografia Introdução No presente trabalho, irei falar da arte nos principais reinos da áfrica antiga, especificamente a escultura em bronze...

    1377  Palavras | 6  Páginas

  • Primeiros sistemas economicos Mritimos (Fenicia, Creta e Axum

    Introdução O presente trabalho tem como tema, os Primeiros Sistemas Económicos, o seu objecto é os Primeiras Sistemas Económicos Marítimos e Como aspecto, Os Sistemas Económicos da Fenícia, Creta, e Axum. (7000- 3000 a. C) Algumas civilizações do mundo antigo do oriente tiveram algumas particularidades no padrão das suas Economias. Particularidades que se observaram nos modos de produção, os produtos trocados/comercializados, as dinâmicas económicas etc. Perante essa realidade questiona-se. Quais...

    4050  Palavras | 17  Páginas

  • Atividade Reino De Kush

    O Fantástico Reino de Kush! A História da Antiguidade nunca desceu o rio Nilo nos livros didáticos, atitude que muda com os últimos anos, após a LDB de 1997. A História da África está em alta, e não é simplesmente pelo fato de "ser obrigatório" , mas porque é fantástico. Uma destas sociedades africanas é o Reino de Kush, que ficou localizado na Núbia e tem mais ou menos 2000 anos. Sua capital denominava- se Napata, após um período de relações amistosas com o Egito, a capital passou a ser Meroé...

    870  Palavras | 4  Páginas

  • Antigos Reinos Africanos

    Antigos reinos africanos Introdução • Na apresentação das grandes civilizações africanas, em 1000 a.C., povos semitas da Arábia emigram para a atual Etiópia. Depois, em 715 a.C. o Rei de Cush, funda no Egito a 25a dinastia. Em 533 a.C. transfere sua capital de Napata para Meroé, onde, cerca de cinqüenta anos depois, já se encontra uma metalurgia do ferro, altamente desenvolvida. Por volta do ano 100 a.C. desabrocha, na Etiópia, o Reino de Axum. • O tempo que se passou até a chegada dos árabes...

    963  Palavras | 4  Páginas

  • Reinos africanos

    Reinos Africanos África Antiga A região da África Oriental, dos reinos da Núbia, Etiópia e posteriormente Burundi e Uganda, sofreram grande influência religiosa em seu processo de organização cultural e espacial. Conflitos religiosos entre muçulmanos e cristãos foram decisivos para a nova organização desses reinos, a exemplo do Antigo Egipto, que teve que se consolidar como Estado muçulmano entre duas potências cristãs – Bizâncio e Dongola. O resultado desses...

    1719  Palavras | 7  Páginas

  • A Nubia E O Reino De Cuxe 2

    A Núbia e o Reino de Cuxé Índice: 1 Analisar o seu povoamento. 2 Identificar o principal papel das pirâmides. 3 Explicar sua politica e religião. 4 Identificar os principais fatores que contribuíram para seu declínio. 5 Descrever a influencia egípcia na arquitetura. 6 Analisar o papel da mulher na sociedade cuxita. Analisar o seu povoamento: As primeiras sociedades a se desenvolver na área surgiram na Núbia antes da Primeira Dinastia do Egito (3100-2890 a.C.)....

    1232  Palavras | 5  Páginas

  • Trabalho De Hist Ria Reino De Kush

    obedecer a um único líder, o rei. Surgia, assim, o Reino de Kush, um dos primeiros reinos negro-africanos. 1 O Reino de Kush      A história de Kush está estreitamente ligada à do Egito: os arqueólogos encontraram grande número de objetos egípcios (vasos, pérolas e outros) em terras núbias e produtos núbios (marfim, ouro, ébano etc.) em terras egípcias, o que prova o imenso contato comercial entre eles. Sabe-se também que, por volta de 1530 a.C., o Reino de Kush foi conquistado pelo Egito. Em 730 a...

    1717  Palavras | 7  Páginas

  • Reinos africanos

    REINOS AFRICANOS Oriental, dos reinos da Núbia, Etiópia e posteriormente Burundi e Uganda, sofreram grande influência religiosa em seu processo de organização cultural e espacial. Conflitos religiosos entre mulçumanos e cristãos foram decisivos para a nova organização desses reinos, a exemplo do Antigo Egito, que teve que se consolidar como Estado mulçumano entre duas potências cristãs – Bizâncio e Dongola. O resultado desses conflitos foi à conquista de Dongola em 1323 pelos mulçumanos, e a tomada...

    2779  Palavras | 12  Páginas

  • Civilização Núbia

    Egito e pelo Sudão mas onde, na antiguidade se desenvolveu o que se pensa ser a mais antiga civilização negra de África baseada na civilização anterior do Baixo Egito, que deu origem ao reino de Kush, que existiu entre o 3º milénio antes de Cristo e o século IV da nossa era. Este reino foi então dominado pelo reino de Axum e aparentemente, os núbios formaram novos pequenos estados fora da região ocupada. Um deles, Makuria tornou-se preponderante na região, assinando um pacto com o Egipto islâmico para...

    690  Palavras | 3  Páginas

  • Africa india e china antiga

    comércio, intermediando o fluxo de mercadorias entre a África subsaariana e as sociedades próximas ao mar Mediterrâneo. A partir do século IV d.C., não há mais registros da permanência do Império Kush que, ao que tudo indica, foi dominado pelo Império Axum. Cartago é uma antiga cidade, originariamente uma colônia fenícia no norte da África, situada a lestedo lago de Túnis, perto do centro de Túnis, na Tunísia. Foi uma potência na Antigüidade, disputando com Roma o controle do mar Mediterrâneo. Dessa...

    1381  Palavras | 6  Páginas

  • trabalho sobre a Etiopia

    Somália e Somalilândia, esta região hospedou também o Império de Axum. A origem de Axum, por sua vez, remonta ao reino de Sabá (ou Shebah), no Iêmen, referido na Bíblia, que, por volta do ano 1000 a.C., se estendia, aparentemente, por todo o Corno de África e por parte da Península Arábica. Desde aproximadamente o século IV a.C. os gregos chamavam de "Etiópia" a todos os países com população de raça negra, sem distinguir reinos nem países. Portanto, a Etiópia, segundo os gregos poderia ser a Núbia...

    795  Palavras | 4  Páginas

  • Bantos e sudaneses

    Pernambuco, Alagoas, Rio de Janeiro e São Paulo. São descritos como mais atrasados culturalmente e de feições mais rudes. O IMPÉRIO AXUM Os colonizadores europeus falavam da África como o continente negro, sem civilização nem história. Contudo, no continente africano existem nações mais antigas que as da Europa, como a Etiópia, que tem as suas origens no império de Axum. Axum (diz-se aksum) fica no Norte da Etiópia e foi do século I ao século VIII a capital de um império comercial marítimo muito forte...

    799  Palavras | 4  Páginas

  • Pots

    formou o reino de Cuxe, que manteve intensa atividade comercial: caravanas chegavam pelo deserto carregadas de mercadorias da Ásia e das regiões próximas ao mar Mediterrâneo; pelo rio Nilo, os comerciantes cuxitas levavam e traziam produtos do norte e do sul da África, como peles de animais, marfim, madeiras, ouro. Nas pirâmides onde foram enterrados os soberanos cuxitas, eram feitas oferendas de artigos de luxo, o que demonstra o rico artesanato daquele povo. As principais cidades do reino de Cuxe...

    3429  Palavras | 14  Páginas

  • Etiopia

     Djibouti, Somália e Somalilândia, esta região hospedou também o reino de Axum. A origem de Axum, por sua vez, remonta ao reino de Sabá (ou Shebah), no Iêmen, referido na Bíblia, que, por volta do ano 1000 a.C., se estendia, aparentemente, por todo o Corno de África e por parte da Península Arábica.1 Desde aproximadamente o século IV a.C. os gregos chamavam de "Etiópia" a todos os países com população de raça negra, sem distinguir reinos nem países. Portanto, a Etiópia, segundo os gregos poderia ser...

    2006  Palavras | 9  Páginas

  • O Império Bizantino

    do Mediterrâneo. O Reino de Kush, que foi um importante produtor de ouro e centro de ligação comercial entre o nordeste e o centro africano. Em 325 d.C., o reino de Kusch foi conquistado pelo Reino de Axum, que surgiu em torno do chamado Chifre da África. A região, além de fértil para a agricultura, é estratégica para o comércio que envolve desde a região do Egito até a Índia e China, por meio do Oceano Índico, rota de intenso movimento desde a antiguidade. A cidade de Axum cresceu mais rapidamente...

    2260  Palavras | 10  Páginas

  • As formações sociais da bacia do nilo (egito)

    conhecimento a existência de algumas formações sóciais na bacia do Nilo, na qual a mais conhecida é o Egito. Este pode ser considerado a mais importante e bem organizada das civilizações do Nilo, mas não foi a única, existiram também Núbia, Kush e Axum, na qual as três civilizações se confunde, já que uma dominou a outra e acabaram por se absorver. Vamos primeiramente fala do Egito, suntuoso e faraônico, mas que carrega ate os dias atuais o maior problema historiográfico da África, “os egípcios...

    1319  Palavras | 6  Páginas

  • África e América Pré-Colombiana

    c. e XV d.c Reino de Axum : Axum foi um reino africano que se tornou conhecido pelos povos da região, incluindo o Mediterrâneo, por volta do século I. Tinha a sua capital na cidade de Aksum, na atual Etiópia, embora as cidades mais prósperas fossem os portos do Mar Vermelho de Adulis e Matara, na actual Eritreia. Tal como, mais tarde, os reis da Etiópia acreditavam ser descendentes do rei Salomão e da Rainha de Sabá, os monarcas axumitas tinham a mesma crença. O reino de Axum foi o primeiro...

    1798  Palavras | 8  Páginas

  • africa na idade media

    a princípio eram enviados para a Europa e para a América. -------//----- África AntigaA região da África Oriental, dos reinos da Núbia, Etiópia e posteriormente Burundi e Uganda, sofreram grande influência religiosa em seu processo de organização cultural e espacial. Conflitos religiosos entre mulçumanos e cristãos foram decisivos para a nova organização desses reinos, a exemplo do Antigo Egito, que teve que se consolidar como Estado mulçumano entre duas potências cristãs – Bizâncio e Dongola...

    3353  Palavras | 14  Páginas

  • a historia de etiopia

    Djibouti, Somália e Somalilândia, esta região hospedou também o reino de Axum. A origem de Axum, por sua vez, remonta ao reino de Sabá (ou Shebah), no Iêmen, referido na Bíblia, que, por volta do ano 1000 a.C., se estendia, aparentemente, por todo o Corno de África e por parte da Península Arábica.1 Desde aproximadamente o século IV a.C. os gregos chamavam de "Etiópia" a todos os países com população de raça negra, sem distinguir reinos nem países. Portanto, a Etiópia, segundo os gregos poderia ser...

    2682  Palavras | 11  Páginas

  • pré historia na africa

    que a história recente ou “moderna” da África, no sentido do seu registro escrito, começou quando povos de outros continentes começaram a registrar o seu conhecimento sobre os povos africanos – com excepção do Egito e provavelmente dos antigos reinos de Axum e Meroe, que tiveram fortes relações com o Egito. Assim, aparentemente, a história da África oriental começa a ser conhecida a partir do século X, quando um estudioso viajante árabe, Al-Masudi, descreveu uma importante atividade comercial...

    833  Palavras | 4  Páginas

  • Civilização africa asia e america

    cemitérios da cultura gerzeense, do 4.o milénio, fornecem simultaneamente as provas de uma enorme riqueza e de uma crescente desigualdade na sua distribuição. É então que subitamente aparece em cena a monarquia absoluta; de início, segundo parece, em dois reinos, um no delta e outro no vale inferior do Nilo, e mais tarde, no Egipto unificado e governado pelos Faraós. A revolução operada no pensamento e na organização da humanidade representada por esta evolução, ficou notavelmente documentada nas pirâmides...

    10567  Palavras | 43  Páginas

  • oriente medio na antiguidade

    possuía poucas áreas férteis. Esta civilização estabeleceu-se no território por volta de 550 a.C.. Através de Ciro,  que era um príncipe persa, realizou a dominação do Reino da Média e, assim, deu início à formação de um bem-sucedido reinado que durou cerca de vinte e cinco anos. Nesse período, este talentoso imperador também conquistou o reino da Lídia, a Fenícia, a Síria, a Palestina, as regiões gregas da Ásia Menor e a Babilônia. Hebreus A história dos hebreus tem início em aproximadamente 2000 anos...

    1256  Palavras | 6  Páginas

  • Africa

    região subsaariana as comunidades ainda viviam da caça e da coleta. O Egito inicialmente foi dividido em pequenos povoados chamados de nomos. Com o tempo esses nomos se transformaram em dois reinos, o reino do BAIXO EGITO e o reino do ALTO EGITO, situado no vale do Nilo. Logo depois houve a unificação dos dois reinos, formando a primeira dinastia governada pelo primeiro Faraó chamado Menés. As principais regiões do país, o vale do Nilo, o delta e o Fayum (Um oásis a oeste do Nilo) eram completadas por...

    5295  Palavras | 22  Páginas

  • Civilizações da Africa

    da África sendo elas: Império de Kush, O reino de Axum e o Egito ressaltamos características como Economia, Religião, Política e etc.   Império de Kush Ao sul do Egito, localizava-se a Núbia. Embora fosse banhada pelo rio Nilo, essa região era bastante árida e seu povo precisou criar sistemas de irrigação que facilitaram a criação de gado e o cultivo da cevada, trigo, sorgo, lentilhas, pepino, melão, tâmaras. Por volta de 2000 a.C. lá se formou o reino de Kush, que manteve intensa atividade comercial:...

    5263  Palavras | 22  Páginas

  • a historia de etiopia

    Djibouti, Somália e Somalilândia, esta região hospedou também o reino de Axum. A origem de Axum, por sua vez, remonta ao reino de Sabá (ou Shebah), no Iêmen, referido na Bíblia, que, por volta do ano 1000 a.C., se estendia, aparentemente, por todo o Corno de África e por parte da Península Arábica.1 Desde aproximadamente o século IV a.C. os gregos chamavam de "Etiópia" a todos os países com população de raça negra, sem distinguir reinos nem países. Portanto, a Etiópia, segundo os gregos poderia ser...

    2682  Palavras | 11  Páginas

  • religião

    templos e era conselho de halach uinic. Os sacerdotes menores eram el ahkin, com várias funções, como pronunciar discursos baseados nos códices o chilan, taumoturgo e profita: o nacom sacrificar, o ahmén hechiciro e curandeiro. civilização africana AXUM Religião No censo de 2007, a maioria da população era praticante da Igreja Ortodoxa Etíope (88,9%), enquanto que 10.9% eram muçulmanos. Aksum é considerada a cidade mais sagrada da Igreja Ortodoxa Etíope e é um importante destino de peregrinações...

    2084  Palavras | 9  Páginas

  • a historia de etiopia

    Djibouti, Somália e Somalilândia, esta região hospedou também o reino de Axum. A origem de Axum, por sua vez, remonta ao reino de Sabá (ou Shebah), no Iêmen, referido na Bíblia, que, por volta do ano 1000 a.C., se estendia, aparentemente, por todo o Corno de África e por parte da Península Arábica.1 Desde aproximadamente o século IV a.C. os gregos chamavam de "Etiópia" a todos os países com população de raça negra, sem distinguir reinos nem países. Portanto, a Etiópia, segundo os gregos poderia ser...

    2682  Palavras | 11  Páginas

  • a historia de etiopia

    Djibouti, Somália e Somalilândia, esta região hospedou também o reino de Axum. A origem de Axum, por sua vez, remonta ao reino de Sabá (ou Shebah), no Iêmen, referido na Bíblia, que, por volta do ano 1000 a.C., se estendia, aparentemente, por todo o Corno de África e por parte da Península Arábica.1 Desde aproximadamente o século IV a.C. os gregos chamavam de "Etiópia" a todos os países com população de raça negra, sem distinguir reinos nem países. Portanto, a Etiópia, segundo os gregos poderia ser...

    2682  Palavras | 11  Páginas

  • 031037141430

    verdadeiramente extraordinárias, a exemplo de suas pirâmides e templos.” P.28 No entanto a carência de documentos dificulta maiores informações sobre a civilização. P.30 O reino de kush que também era conhecido como Núbia foi um dos territórios que mais se produziu ouro no Mundo Antigo. P 32 “Entre 660 a.C. e 350 d.C., o Reino de Kush viverá um certo isolamento com relação ao norte, experimentando um desenvolvimento cultural bastante peculiar. Muito provavelmente por volta de 500 a.C., a capital...

    784  Palavras | 4  Páginas

  • escola

    (Tanzânia e Quênia) têm cerca de cinco milhões de anos. O Egito foi provavelmente o primeiro estado a constituir - se na África, há cerca de 5000 anos, mas muitos outros reinos ou cidades-estados se foram sucedendo neste continente, ao longo dos séculos (por exemplo,  HYPERLINK "http://pt.wikipedia.org/wiki/Axum" \o "Axum" Axum, o Grande Zimbabwe). Para, além disso, a África foi, desde a antiguidade, procurada por povos em outros continentes, que buscavam as suas riquezas. A cultura africana chegou...

    599  Palavras | 3  Páginas

  • Povos da mesopot mia

    cultura dos caldeus era a de extinguir seus adversários, a fim de conquistarem mais terras para desenvolvimento da força de seu exército. Não se preocupavam em difundir quaisquer tipos de cultura, a não ser a obediência aos seus deuses. Povos da África Axum Política: é um território com a política de monarquia e Monarquia é um sistema político que tem um monarca como líder do Estado. O significado de monarquia é também o rei e a família real de um determinado país. Neste caso, a monarquia é o mesmo que...

    1501  Palavras | 7  Páginas

  • Africa na pré-história

    da sua existência. Além disso, os mais antigos fósseis de hominídeos, com cerca de cinco milhões de anos, foram encontrados na África. O Egito foi provavelmente o primeiro Estado a constituir-se na África, há cerca de 5000 anos, mas muitos outros reinos ou cidades-estados se foram sucedendo neste continente, ao longo dos séculos. Para além disso, a África foi, desde a antiguidade, procurada por povos doutros continentes, que buscavam as suas riquezas, por vezes ocupando partes do "Continente Negro"...

    1667  Palavras | 7  Páginas

  • Civilização da África antiga

    sorgo, lentilhas, pepino, melão, tâmaras. Por volta de 2000 a.C. lá se formou o reino de Cuxe, que manteve intensa atividade comercial: caravanas chegavam pelo deserto carregadas de mercadorias da Ásia e das regiões próximas ao mar Mediterrâneo; pelo rio Nilo, os comerciantes cuxitas levavam e traziam produtos do norte e do sul da África, como peles de animais, marfim, madeiras, ouro. As principais cidades do reino de Cuxe foram Querma, Napata e Méroe. Dentre elas, Méroe se destacou por ter se tornado...

    1521  Palavras | 7  Páginas

  • Imp rio romano

    Cesar e Marco Antônio, porém vai ser derrotada por Otávio.  O imperador vai governar sem ajuda do senado romano.  O Egito era considerado o “celeiro do Império”. Etiópia  Reino de Axum  Terra das árvores de perfume.  Linhagem do rei Salomão Rainha Makeda teria tido um filho com Salomão Nome: Menelique. Dinastia Axum.  A África romanizada não impediu que a África se expandisse. Baixo Império  A definição das fronteiras  A consequência foi a definiu os limites geográficos do Império...

    721  Palavras | 3  Páginas

  • Cinco Mitos Sobre A Hist Ria Da Frica

    desconsiderássemos a escrita dos egípcios como africana, coisa que não faz sentido, a sentença seria um disparate.  Já no tempo que corresponde na Europa à Antiguidade Clássica, havia em Méroe, citada por Heródoto no século V a. C. como a "capital do reino dos etíopes", e situada no norte do atual Sudão, uma escrita cuja parte fonética foi decifrada pelo inglês F. I. Griffith entre 1900 e 1911.  Durante o reinado de Arcamani, que provavelmente governou Méroe no século III a. C., quando a República romana...

    1575  Palavras | 7  Páginas

  • Historia da africa

    História da África História da África O profissional que estuda a história da África é conhecido como africanista. "O Egito foi provavelmente o primeiro estado a constituir-se na África, há cerca de 5000 anos, mas muitos outros reinos ou cidades-estados se foram sucedendo neste continente, ao longo dos séculos. Para além disso, a África foi, desde a antiguidade, procurada por povos doutros continentes, que buscavam as suas riquezas, por vezes ocupando partes do "Continente Negro" por...

    1288  Palavras | 6  Páginas

  • Religioes da Africa

    tornou-se religião dominante no Império de Axum.  Mas só penetrou de forma intensa na África depois do século XV. Já o islamismo chegou ao continente a partir do século VIII, convertendo fiéis por todo o norte africano. RELIGIÕES DOS REINOS AFRICANOS: Reino dos Sudaneses: O Sudão é predominantemente muçulmano; A maioria da população está ligada ao Islão, e uma pequena minoria veneram deuses indígenas ou é cristã. Reino de Gana: Gana é predominantemente muçulmano;...

    688  Palavras | 3  Páginas

  • Esquemas de estudos , matéria 1º ano

    centralização do poder pelos reis surgiu como alternativa política capaz de restabelecer a ordem e a segurança; → Atuando como árbitro entre senhores feudais e burgueses; → Aos poucos o rei consegui impor sua autoridade sobre todo o território do reino; → Nesse processo, a fragmentação do poder político, deu lugar ao governo centralizado e à unificação dos territórios; → Surgiram por toda Europa Ocidental monarquias fortalecidas, como as de Portugal, Espanha, França e Inglaterra; → Senhor absoluto...

    5033  Palavras | 21  Páginas

  • civilizações africanas

    vizinhos. Chegaram a formar um grande reino ( reino do Congo ) que dominava grande parte do noroeste do continente.  Viviam em aldeias que era comandada por um chefe. O rei banto, também conhecido como manicongo, cobrava impostos em forma de mercadorias e alimentos de todas as tribos que formavam seu reino. O manicongo gastava parte do que arrecadava com os impostos para manter um exército particular, que garantia sua proteção, e funcionários reais. Os habitantes do reino acreditavam que o maniconco possuía...

    1287  Palavras | 6  Páginas

  • tudo sobre a africa

    Grandes Reinos da Costa do Atlântico · Reinos:. O Povo banto, Reino de Gana, Reino de Mali, Reino iorubá, Reino de Benin e Reino não Congo (Opaco se converteu AO Cristianismo com Afonso I não Século XVI) · Geralmente se constituíram Como Reinos Urbanos, comerciante de sal, peles, Artefatos de Ferro, Ouro, marfim, pimenta Vermelha e Escravos. · A era Escravidão JÁ praticada Pelos Africanos, mas aumentou SUA Intensidade com o Contato com OS europeus.A cultura da África reflete a sua antiga história...

    670  Palavras | 3  Páginas

  • 6º ano sociedade

    e demonstração de relações de causa, efeito, interação entre homens e meio ambiente. Percepção que as civilizações abordadas não foram as únicas existentes no período, enfocando que grande parte delas se desenvolveram no continente africano (ex: Axum, Núbia). Cuidado com o material utilizado, tanto individual quanto coletivo. Capricho na apresentação de trabalhos e pesquisas. Questionamento responsável diante do respeito às normas sociais. Integração ao processo histórico. Compreensão...

    1087  Palavras | 5  Páginas

  • Aq produções

    da sua existência. Além disso, os mais antigos fósseis de hominídeos, com cerca de cinco milhões de anos, foram encontrados na África. O Egito foi provavelmente o primeiro Estado a constituir-se na África, há cerca de 5000 anos, mas muitos outros reinos ou cidades-estados se foram sucedendo neste continente, ao longo dos séculos. Para além disso, a África foi, desde a antiguidade, procurada porpovos doutros continentes, que buscavam as suas riquezas, por vezes ocupando partes do "Continente Negro"...

    1937  Palavras | 8  Páginas

  • Pontos

    paz aos homens na Terra ! JESUS, bom e amado Mestre, sustenta os Teus humildes irmãos pecadores nas lutas deste Mundo! Anjo bendito do SENHOR, abre para nós Teus compassivos braços. Abriga-nos do mal, levanta nossos espíritos à majestade do Teu Reino, infunde em todos os nossos sentidos a luz do Teu imenso amor ! JESUS, pelo Teu sublime sacrifício, pelos Teus martírios na cruz, dá a esses que se acham ligados ao pesado fardo da matéria, a orientação perfeita do caminho da virtude, o único pelo...

    15899  Palavras | 64  Páginas

  • historia africa

    na Etiópia, que teve sua chegada ao apogeu no século XIII; o de Gana, que se desenvolveu do século V ao século XI e os estados muçulmanos que o sucederam foram o de Mali (do século XIII ao século XV) e o de Songhai (do século XV ao século XVI); o reino Abomey de Benin (século XVII); e a confederação zulu do sudeste africano (século XIX).3 4 Durante o século XV teve início o fato de que os exploradores vindos da Europa tivessem conquistado o litoral do Oeste da África. O que estimulou essa exploração...

    8695  Palavras | 35  Páginas

  • rafael

    A Núbia e o Reino de Kusch Núbia, berço da civilização na África        Situada no nordeste da África, a Núbia era uma extensa faixa de terra localizada ao sul do Egito, entre a primeira e a sexta catarata do Rio Nilo. Nos tempos antigos, serviu como importante elo entre os povos da África Central e os do Mediterrâneo.       A história da Núbia ainda é pouco conhecida, pois os sítios arqueológicos da região quase não foram escavados. Além disso, a escrita mero ita, desenvolvida na Núbia, não...

    1007  Palavras | 5  Páginas

  • O povo Cuxe

    O reino de Cuxe Faraós núbios "A presença núbia era constante ao longo dos milênios da história do Império Egípcio e é atestada nas pinturas das paredes das pirâmides, nas ilustrações dos papiros e na rica estatuária." [MACEDO, José Rivair. História da África. São Paulo: Contexto, 2013. p. 25] Ao sul do Egito, localizava-se a Núbia. Embora fosse banhada pelo rio Nilo, essa região era bastante árida e seu povo precisou criar sistemas de irrigação que facilitaram a criação de gado e o cultivo...

    1007  Palavras | 5  Páginas

  • Trabalho De Hist Ria

    Trabalho De História Nomes: Wanessa Sousa de oliveira, Gustavo Bernardes de Melo 1º C Reino de Cuxe O Reino de Cuxe, ou apenas Cuxe, ou ainda Reino de Kush, foi um antigo reino africano situado ao sul de Assuão, entre a primeira e a sexta catarata do Rio Nilo, onde hoje se localiza a república do Sudão. Estabelecido após o colapso da era do bronze e da desintegração do Novo Império egípcio, tinha como centro a cidade de Napta em sua primeira fase. Após a invasão do Egito pelo rei Kashta...

    1022  Palavras | 5  Páginas

  • O imperio de Kush

     O Império de Kush: Napata e Méroe Na primeira metade do II milênio, a cultura Kerma compunha o rico e próspero reino de Kush.Os estudos arqueológicos dessa região, é ainda bastante irregular, o que torna difícil a elaboração de um quadro histórico após a fase de domínio egípcio durante o Novo Império, onde, por quase três séculos parece ter-se rompido o vínculo entre a África e o mundo mediterrâneo. Reis da XXV dinastia que efetuaram a união do Egito e do Sudão. Como existia certa semelhança...

    817  Palavras | 4  Páginas

  • Etiopia

    populações do reino da Arábia Sabean começou a se misturar com os nativos. O nascimento do reino de Aksum é de cerca de 500 aC. AD Seu poder se estende por toda a Etiópia do Norte ea maior parte do Centro, Blue Nile a oeste e depressões orientais. Ezana, que ascendeu ao trono cerca de 320 AD. JC, convertido ao cristianismo por um Frumence secular da Síria enviou o Patriarca de Alexandria (que fará com que a adesão do país à causa do Monofisismo). A vida econômica é desenvolvida. Axum controle de todas...

    3110  Palavras | 13  Páginas

  • Cronologia da Humanidade

    Povoamento da Melanésia 1800 a.C. 1ª dinastia dos Amoritas 1700 a.C. Domínio do Egipto pelos Hicsos 1500 a.C. Arianos dominam norte da Índia Primeira cidade na China Primeiros ideogramas chineses Composição dos Vedas e Bramanismo. Reino de Mitanni Início da civilização micênica, na Grécia Destruição da Creta minóica Escrita linear, em Creta. Apogeu da civilização egípcia. Cultura Cupisnique. 1200 a.C. Surge o judaísmo Êxodo judaico Fenícios desenvolvem o alfabeto. Início...

    2316  Palavras | 10  Páginas

  • Trtrtrtrtrtr

    Viena -Confederação do reino * Confederação Italiana (7) * Piemonte-Sardenha * Duas Sicílias * Estados da igreja * Áustria * Confederação Germânica (39) * Prússia -Sentimento nacionalista – Carbonários (movimento secreto nacionalista) -Piemonte-Sardenha com o dinheiro ganho nas fábricas obteve um grande exército (ministro Cavour) -Camisas vermelhas, tropas mercenárias comandadas por Garibaldi dominam e entregam as duas Sicílias para o reino de Piemonte-Sardenha. -Aliança...

    2330  Palavras | 10  Páginas

  • Cultura Africana

    hominídeos encontrados na África (Tanzânia e Quênia) têm cerca de cinco milhões de anos. O Egito foi provavelmente o primeiro estado a constituir-se na África, há cerca de 5000 anos, mas muitos outros reinos ou cidades-estados se foram sucedendo neste continente, ao longo dos séculos (por exemplo, Axum, o Grande Zimbabwe). Para além disso, a África foi, desde a antiguidade, procurada por povos em outros continentes, que buscavam as suas riquezas. O continente africano cobre uma área de 30 221 532...

    597  Palavras | 3  Páginas

tracking img