Reformas Da Previdencia 1998 Fhc artigos e trabalhos de pesquisa

  • Cite as três reformas na previdência ocorridas em 1998 (governo FHC), 2003 (governo Lula) e 2012 (governo Dilma) e disserte sobre cada uma delas

    Cite as três reformas na previdência ocorridas em 1998 (governo FHC), 2003 (governo Lula) e 2012 (governo Dilma) e disserte sobre cada uma delas. A reforma da Previdência no governo FHC, se deu logo no início do primeiro mandato, em 1995, quando encaminhou ao Congresso Nacional a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) n° 33/95, alterando os regimes de previdência tanto dos trabalhadores do setor privado quanto dos servidores públicos. A aprovação da matéria se deu somente ao final de 1998, resultando...

    949  Palavras | 4  Páginas

  • Previdência e reformas

    Previdência Algumas pessoas são previdentes e se preparam para situações adversas que podem acontecer ao longo da vida, principalmente na velhice. Sabem que para isso é necessário abrir mão de algumas coisas no presente, para ter uma reserva que garanta uma vida segura e tranquila no futuro. Mas, a maioria não se preocupa com essa questão. Por isso, cada país cria um sistema de previdência para proteger e amparar o trabalhador e suas famílias na velhice e na doença, por meio de aposentadorias...

    2895  Palavras | 12  Páginas

  • Politicas de renda do governo fhc

    severos custos sociais, que podem se verificados pelas altas taxas de juros, baixos níveis de investimento privado e público, desemprego, entre outros. Também será observado o comportamento do salário mínimo e previdência social no período do governo FHC, e por fim abordamos a distribuição de renda direta através de políticas sociais de combate a pobreza. 1. MEDIDAS DE DESIGUALDADE DE RENDA 1.1. Curva de Lorenz e Coeficiente de Gini O coeficiente de Gini é uma das medidas mais...

    6001  Palavras | 25  Páginas

  • Era fernando henrique cardoso - fhc

    Henrique Cardoso - FHC Índice: Introdução..................................................................................3 Fernando Henrique Cardoso.....................................................3 Era FHC.....................................................................................4 Plano Real e Reforma do estado...............................................4 1º Mandato FHC........................................................................5 2º Mandato FHC..............

    1460  Palavras | 6  Páginas

  • Política econômica do segundo governo fhc: mudança em condições adversas

    Política econômica do segundo governo FHC: mudança em condições adversas Gesner Oliveira Frederico Turolla Estabilização com desequilíbrio: a “herança de FHC para FHC” O ano de 1994 marcou uma mudança de longo alcance na economia brasileira. Após uma série de planos de estabilização fracassados, o Plano Real obteve o primeiro sucesso na contenção da expansão do nível dos preços que, desde os anos de 1980, já podia ser caracterizada como uma superinflação. O elemento essencial da estratégia...

    7903  Palavras | 32  Páginas

  • Reforma Previdência de Governo FHC e Governo Lula

    Reforma Previdência de Governo FHC e Governo Lula A reforma da previdência no Brasil vem sendo conduzida por um processo gradual, não apenas pela necessidade de leis complementares que possam tornar a emenda operacional, mas também em função da sequência de eventos que se desdobraram ao longo de ambas as administrações. No governo Fernando Henrique, o novo sistema previdenciário atingiu principalmente os trabalhadores do regime geral. Por outro lado, a reforma de Lula teve por...

    1779  Palavras | 8  Páginas

  • Previdencia

    trabalho fala sobre a evolução da Previdência Social no Brasil. A previdência social brasileira já passo por varias modificações conceituais. A previdência ela tem de assegurar e manter a qualidade de vida das pessoas através de seus benefícios. 2 HISTÓRICO DA PREVIDÊNCIA No ano de 1821, surgiu um decreto do príncipe Regente Pedro de Alcântara, sendo assim surgindo o primeiro texto legal, que registrou o seguinte tema Previdência Social no Brasil. Anteriormente...

    2179  Palavras | 9  Páginas

  • Governo FHC

    mandato, bem como analises de sua prática ideológica. Com base nos dados analisados, podemos afirmar que o governo FHC ao aderir ao programa neoliberal defendeu em sua gestão que o mercado deveria ser o responsável pelo crescimento econômico e o Estado teria um papel de mediação entre os interesses da sociedade e do mercado. Palavras - chave: Fernando Henrique Cardoso, FHC, Governo, Brasil, Política de Estado, Política de Governo, Economia ...

    2456  Palavras | 10  Páginas

  • Plano Real FHC

    GOVERNO FHC E O PLANO REAL (1995-2002). Introdução O presente trabalho com o tema Governo Fernando Henrique Cardoso e o Plano Real (1995-2002), trata de apontamentos, analises e discussões sobre as transformações sociais, momentos de desafios, levantamento de questões e diferentes discussões nas formas de soluções para os problemas políticos, econômicos e sociais, ocorridos no período em que esteve à frente da Presidência da República do Brasil. Discorrer sobre este...

    2186  Palavras | 9  Páginas

  • Fhc x lula

    Pós-Graduação: em Gestão Pública Municipal COMPARAÇÃO ENTRE GOVERNOS FHC X LULA MARÇO – 2011 COMPARAÇÃO ENTRE GOVERNOS FHC X LULA UFMS - EAD INTRODUÇÃO Neste artigo, farei uma analise dos dois últimos governos de nossa republica. Será uma comparação entre o Governo Fernando Henrique Cardoso, 1994-2001, conhecido como “FHC”, e do Governo Luis Inácio Lula da Silva, 2002-2010 também chamado de “Lula”....

    3238  Palavras | 13  Páginas

  • REFORMA NA SAUDE

    As políticas sociais no contexto da reforma do Estado no Brasil Pedro Henrique Carinhato e Silva∗ Resumo: Este artigo analisa a articulação entre o processo de Reforma do Estado brasileiro e as políticas sociais no decênio de 1990. Buscamos salientar a reorientação aplicada ao aparelho social, consoante às transformações políticas e econômicas ocorridas em âmbito internacional, bem como as determinações impostas pelos governantes brasileiros no marco do neoliberalismo. Palavras-chave: Política...

    5456  Palavras | 22  Páginas

  • Governo FHC

    GOVERNO DO FERNANDO HENRIQUE CARDOSO SANTO ANDRE 2006 MICHELE POSTIGO Nº. 16323 NATALIA BARROS Nº. 16115 TAISE DE AZEVEDO Nº. 16568 REFORMA UNIVERSITARIA Trabalho apresentado à disciplina de Historia do Centro Universitário Santo André sob a orientação do professor Afonso Klein. SANTO ANDRE 2006 SUMARIO INTRODUÇÃO SOBRE FERNANDO...

    10364  Palavras | 42  Páginas

  • Brasil em contra reforma

     “BRASIL EM CONTRA REFORMA – DESESTRUTURAÇÃO DO ESTADO E PERDA DE DIREITOS”. Autora: Elaine Rossetti Behring. Ed. Cortez. SP, 2003. Introdução e Capítulo 1: a mundialização do capital Capítulo 2: O Estado no neoliberalismo Capítulo 3: Brasil: entre o futuro e o passado, o presente dilacerado Capítulo 4: a Contra Reforma do Estado brasileiro: projeto e processo Capítulo 5: Ilustrações particulares da Contra Reforma Resumo da obra: Em linhas...

    12164  Palavras | 49  Páginas

  • Previdencia social

     Tema: “Histórico da Previdência Social no Brasil, direitos presidenciais atuais.” Sumário Introdução...................................................................................... 1 Desenvolvimento........................................................................... 2 Conclusão...................................................................................... 3 Referências Bibliograficas.........

    3209  Palavras | 13  Páginas

  • Governo Collor x FHC

    UNIVERSIDADE VALE DO RIO DOCE FACULDADE DE DIREITO, CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS E ECONÔMICAS CURSO CIÊNCIAS CONTÁBEIS COLLOR x FHC Governador Valadares 2011 Privatização e abertura da economia na 1ª metade do ano 90 As privatizações começaram nos anos 1980, durante o governo Sarney. Nessa época, não se cogitava privatizar as grandes empresas estatais. O que houve, de fato, nessa fase do processo, foram reprivatizações, ou seja, o governo privatizava...

    2224  Palavras | 9  Páginas

  • Slides Ebe Reforma Do Estado Ano De 2013

     BEM  ESTAR  SOCIAL       Cabe   ao   Estado   a   provisão   de   serviços   de   bem-­‐estar   –   saúde,   educação,   habitação,   garanRa   de   renda   e   serviços   sociais   pessoais,   previdência   social   -­‐,   contemplando   também   políRcas   de   salário   e   emprego   e   a   organização   e   produção  de  bens  e  serviços  coleRvos.     ESTADO  DE  BEM  ESTAR  SOCIAL   CaracterísRcas...

    2909  Palavras | 12  Páginas

  • Serviço social na previdência social

    CATARINA CENTRO SÓCIO — ECONÔMICO DEPARTAMENTO DE SERVIÇO SOCIAL "OS IMPACTOS DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL NO SERVIÇO SOCIAL DO INSS" FERNANDA MACHADO - .0 a loslacco h eir I k \. 1->epro. cre :)ervi g CSE/upsc 'V' rfl S'oclat FLORIANÓPOLIS, JULHO DE 2000 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA SOCIAL DO INSS" FERNANDA MACHADO - .0 a loslacco ...

    8168  Palavras | 33  Páginas

  • Governo FHC e o Plano Real

    GOVERNO FHC E O PLANO REAL. Jaqueline Ferreira INTRODUÇÃO O objetivo desse artigo é ressaltar os feitos do governo FHC e como ele lidou com os desafios externos e internos durante seu mandato, enfatizando seus erros e acertos. Com destaque, o artigo aborda o Plano Real, maior feito do presidente, e suas consequências para a economia brasileira da época e atual. O presidente Fernando Henrique Cardoso foi eleito em 1994 com a aprovação de grande parcela da população que acreditava nos benefícios...

    4072  Palavras | 17  Páginas

  • Governo FHC vs Lula

    Governo FHC VS Governo Lula Governo FHC Fernando Henrique Cardoso começou sendo ministro da fazenda no governo de Itamar Franco, entre 1993-1994 lançou alguns planos para combater a inflação que afligia o país já na época dos militares. Com uma equipe de economistas (Persio Arida, André Lara Resende, Gustavo Franco, Pedro Malan, Edmar Bacha, Clóvis Carvalho e Winston Fritsch), FHC que era sociólogo, tentava conter o avanço da inflação. Em fevereiro de 1994 começou a implementar o Plano...

    3297  Palavras | 14  Páginas

  • Politica da previdencia social

    Política da Previdência Social Introdução Previdência Social é um seguro social, mediante contribuições previdenciárias, com a finalidade de prover subsistência ao trabalhador, em caso de perda da sua capacidade laborativa. No Brasil a Previdência foi estabelecida em 1923, quando o Congresso Nacional cria a caixa de aposentadoria e pensões para os empregados de empresas ferroviárias, com a revolução de 30, a previdência social tornou-se uma questão central, incorporando todas as categorias...

    3994  Palavras | 16  Páginas

  • principais medidas econômicas de FHC em seu primerio mandato (1995-1998)

    primeiro mandato de Fernando Henrique Cardoso (1995-1998) foi caracterizado por medidas econômicas que tinham como principal objetivo dar continuidade ao Plano Real. Para alcançar seu objetivo promoveu “profundas reformas na área econômica e financeira e na administração pública do país” (Leite Júnior, 2012, p. 63). Entre as principais medidas econômicas destacamos conforme Leite Júnior (2012, p. 63-67) e Ianoni (2009, p. 174-175): • reforma da Previdência Pública; • proibição da indexação nos contratos...

    731  Palavras | 3  Páginas

  • SEGUNDO MANDADO DE FHC

    Henrique Cardoso conseguiu sua reeleição no processo eleitoral de 1998 quando derrotou o candidato do PT, Luiz Inácio Lula da Silva. Somando 53% dos votos válidos, o político vitorioso tornou-se o primeiro presidente reeleito em dois mandatos consecutivos. O objetivo do novo mandato era de diminuir a dívida pública brasileira, que ultrapassava nesse período a cifra de 328 bilhões de reais. Ao fim de seu primeiro governo (1995 – 1998), a dívida externa alcançou 30% de toda a produção interna do País...

    4224  Palavras | 17  Páginas

  • A reforma administrativa brasileira

    A reforma administrativa brasileira (1995-1998) sob a ótica weberiana http://jus.uol.com.br/revista/texto/17153/a-reforma-administrativa-brasileira-1995-1998-sob-a-otica-weberiana Publicado em 08/2010 Adriano Craveiro Neves Resumo No primeiro governo de Fernando Henrique Cardoso (1995-1998) foi implementada uma reforma administrativa no âmbito da União. Um dos objetivos da reforma era a implementação de um novo modelo administrativo, substituindo o então modelo burocrático vigente, reputado...

    5521  Palavras | 23  Páginas

  • TRABALHO DE ECONOMIA- GOVERNOS FHC, LULA E DILMA

    ASPECTOS DA ATUAÇÃO ESTATAL DE FHC A DILMA Toledo, 2015 FRANCISCO LUIZ C. LOPREATO ASPECTOS DA ATUAÇÃO ESTATAL DE FHC A DILMA Trabalho do 2° bimestre da turma de Direito, apresentado a disciplina de economia, como exigência de obtenção a nota final do bimestre. Prof. Dra. Salete Palonia Borilli Toledo, 2015 SUMÁRIO INTRODUÇÃO:............................................................................................................4 GOVERNO FHC: A CONSTRUÇÃO DO NOVO REGIME...

    3444  Palavras | 14  Páginas

  • Collor x fhc x mensalão

    parlamentares, desvio de dinheiro do Estado, CPIs e mentiras. No governo de Fernando Collor, por trás do jeito Collor, montava-se um esquema de corrupção e tráfico de influência que veio à tona em seu terceiro ano de mandato. No governo FHC, compra de parlamentares em troca do voto favorável à proposta de reeleição, caixa-dois, conivência com a corrupção, entre outros. No governo de Lula, o imenso escândalo do mensalão. O aniversário de duas décadas da queda de Collor coincide...

    8125  Palavras | 33  Páginas

  • Ensino superio no governo fhc

    Histórico da autonomia no Brasil Mesmo antes do surgimento das primeiras universidades no Brasil, a questão da autonomia universitária já era discutida1. Em 1931, já com a Universidade do Brasil2 em funcionamento, o governo Getúlio Vargas, através da Reforma Francisco Campos (decretos 19.851 e 19.852), determinou a concessão de autonomia relativa à universidade, ainda que sob a promessa de ampliação dessa autonomia. O próprio ministro Campos, na exposição dos motivos que levaram à elaboração do decreto...

    5946  Palavras | 24  Páginas

  • Previdência Social

    Sumário 1. INTRODUÇÃO 3 2. O QUE É PREVIDÊNCIA SOCIAL 4 3. ASPECTOS HISTÓRICOS DA PREVIDÊNCIA SOCIAL NO BRASIL 5 3.1 Leis e decretos 6 3.1.1 A partir de 1993 6 3.1.2 A partir de 1994 7 3.1.3 A partir de 1995 8 3.1.4 A partir de 1996 8 3.1.5 A partir de 1997 9 3.1.6 A partir de 1998 9 3.1.7 A partir de 1999 10 3.1.8 A partir de 2000 11 3.1.9 A partir de 2001 12 3.1.10 A partir de 2002 13 3.1.11 A partir de 2003 13 3.1.12 A partir de 2004 14 3.1.13 A partir de 2005 15 3.1.14 A partir...

    10864  Palavras | 44  Páginas

  • Relações exteriores dos governos fhc, lula e dilma.

    As Relações Exteriores dos Governos FHC, Lula & Dilma: Uma análise do contexto geral. André Silva Alves Feijó Gabrielle Dias Gislaine Cruz Yago Azevedo Professor Wagner Iglesias Estudos diversificados II INTRODUÇÃO A passagem do final dos anos 80 para o início dos anos 90 teve como marco o fim da divisão mundial em duas extremidades político ideológicas, o que deu uma abertura maior para a globalização. E é nesse contexto que o Brasil começa a ganhar força no cenário mundial...

    3956  Palavras | 16  Páginas

  • Descentralização e relações entre o município e a união o caso de esteio durante os governos fhc 2 e lula 1 (1999-2006)

    CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA POLÍTICA THIAGO MAUER LOPES DESCENTRALIZAÇÃO E RELAÇÕES ENTRE O MUNICÍPIO E A UNIÃO: O CASO DE ESTEIO DURANTE OS GOVERNOS FHC 2 E LULA 1 (1999-2006) PORTO ALEGRE 2011 THIAGO MAUER LOPES DESCENTRALIZAÇÃO E RELAÇÕES ENTRE O MUNICÍPIO E A UNIÃO: O CASO DE ESTEIO DURANTE OS GOVERNOS FHC 2 E LULA 1 (1999-2006) Trabalho de Conclusão de Curso apresentado como requisito parcial para a obtenção do título de Bacharel em Ciências Sociais na Universidade ...

    14631  Palavras | 59  Páginas

  • Reforma Sanitaria

    ................................................. 11 2.2.1 O Nascimento da Previdência Social ...................................................................... 13 2.3 DE 1930 A 1964 .......................................................................................................... 14 2.4 AS POLÍTICAS SOCIAIS DENTRO REGIME MILITAR .......................................... 16 2.4.1 O Movimento pela Reforma Sanitária.....................................................................

    7794  Palavras | 32  Páginas

  • Reforma Sanitária Brasileira

    sobre o período e sobre os acontecimentos que marcaram a reforma sanitária no país. Anexe seu arquivo em pdf. O movimento da Reforma Sanitária Brasileira surgiu da indignação de setores da sociedade acerca do precário setor de saúde vigente. Almejava-se, desde seus primórdios, que pudesse servir à democracia e à consolidação da cidadania no País. Ao contrário do que a maioria dos trabalhos acadêmicos e reportagens em mídias trazem a reforma não iniciou exatamente na década de 80, e sim, foi reflexo...

    1939  Palavras | 8  Páginas

  • A NOVA FACE DO SINDICALISMO NOS GOVERNOS NEOLIBERAIS DE COLLOR E FHC (1990-2002)

    UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS CAMPUS DE PORTO NACIONAL CURSO DE HISTÓRIA Jairo Messias Ribeiro A NOVA FACE DO SINDICALISMO NOS GOVERNOS NEOLIBERAIS DE COLLOR E FHC (1990-2002) Porto Nacional - TO, Agosto. 2014. Jairo Messias Ribeiro A NOVA FACE DO SINDICALISMO NOS GOVERNOS NEOLIBERAIS DE COLLOR E FHC (1990-2002) Trabalho de Conclusão de Curso – TCC – apresentado como pré-requisito parcial para a obtenção do grau de licenciado em História, pela Universidade Federal do...

    4426  Palavras | 18  Páginas

  • Previdência social

    PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS-GRADUADOS EM POLÍTICA SOCIAL MESTRADO EM POLÍTICA SOCIAL O REDIMENSIONAMENTO DOS DIREITOS TRABALHISTAS NA REFORMA DA POLÍTICA DE PREVIDÊNCIA SOCIAL NO BRASIL (2003): as perspectivas dos sujeitos sociais envolvidos Monique Ferreira dos Santos Niterói 2010 O REDIMENSIONAMENTO DOS DIREITOS TRABALHISTAS NA REFORMA DA POLÍTICA DE PREVIDÊNCIA SOCIAL NO BRASIL (2003): as perspectivas dos sujeitos sociais envolvidos Monique Ferreira dos Santos Dissertação de ...

    75006  Palavras | 301  Páginas

  • O processo de desconstrução e reconstrução do projeto profissional do serviço social na previdência – um registro de resistência e lutas dos assistentes sociais.

    FACULDADE ESTÁCIO ATUAL CURSO BACHARELADO EM SERVIÇO SOCIAL SERVIÇO SOCIAL NA PREVIDÊNCIA: Trajetória, projetos profissionais e saberes BOA VISTA/RR MARÇO – 2012 MARIA DO SOCORRO QUEIROZ DA COSTA MARLIETE SOUSA PEREIRA RAQUEL NASCIMENTO RODRIGUES O Processo de desconstrução e reconstrução do projeto profissional do Serviço Social na previdência – um registro de resistência e lutas dos Assistentes Sociais. BOA VISTA/RR MARÇO – 2012 Atividade referente à obtenção de nota da verificação...

    3092  Palavras | 13  Páginas

  • saúde e previdência

     Universidade Federal de Ouro Preto – UFOP Instituto de Ciências Sociais Aplicadas – ICSA Política Setorial II – Saúde e Previdência A partir das reflexões e dos textos debatidos em sala, reflita sobre o trabalho do assistente social na política da seguridade social particularmente na área da saúde na atualidade. Foi através da Constituição Federal de 1988, e pela lei orgânica de Assistência Social (LOAS), que a política de Assistência Social foi, de forma legal, reconhecida como...

    2411  Palavras | 10  Páginas

  • Previdência Social

    1 IMPACTO DE REFORMAS PARAMÉTRICAS NA PREVIDÊNCIA SOCIAL BRASILEIRA: SIMULAÇÕES ALTERNATIVAS1 Fabio Giambiagi Do BNDES, cedido ao IPEA Hélio Zylberstajn Da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP Luís Eduardo Afonso Da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP André Portela Souza Da Escola de Economia de São Paulo, da Fundação Getulio Vargas Eduardo Zylberstajn Da Fipe/USP Resumo: Este artigo simula os efeitos de reformas previdenciárias paramétricas...

    17341  Palavras | 70  Páginas

  • A História da Previdência Social no Brasil

    SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO SERVIÇO SOCIAL NYDE DE MORAES MOREIRA SALES VIEIRA HISTÓRIA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL NO BRASIL DIREITOS PREVIDENCIÁRIOS ATUAIS Jequié - BA 2013 NYDE DE MORAES MOREIRA SALES VIEIRA HISTÓRIA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL NO BRASIL DIREITOS PREVIDENCIÁRIOS ATUAIS Trabalho INDIVIDUAL INTERDISCIPLINAR apresentado à Universidade Norte do Paraná - UNOPAR, como requisito parcial para a obtenção de média nas disciplinas de: Oficina de Formação: Projeto de ...

    3135  Palavras | 13  Páginas

  • Projeto ético-político do serviço social e sua relação com a reforma sanitária

    Projeto Ético-Político do Serviço Social e sua Relação com a Reforma Sanitária Esse artigo é a reflexão sobre as dificuldades e desafios enfrentados pelo Serviço Social na área da saúde, com o objetivo de fortalecer projetos ético-político profissional do Serviço Social e da reforma sanitária. Divide-se em quatro partes, sendo a primeira e a segunda sobre a trajetória do Serviço Social, a primeira vai de 1930 a 1979 e a segunda na década de 80 e 90. A terceira é a reflexão sobre os desafios postos...

    2984  Palavras | 12  Páginas

  • A Previdência Social no Brasil

    FERNANDA NOBRE BANDEIRA A PREVIDÊNCIA SOCIAL NO BRASIL ASPECTOS ECONÔMICOS E SOCIAIS Projeto apresentado à disciplina de Monografia do Curso de Ciências Econômicas da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Orientador: Prof. Dr. Lafaiete Santos Neves CURITIBA 2006 LISTA DE ILUSTRAÇÕES TABELA 1 ARRECAÇÃO E TRANSFERÊNCIAS PARA O INSS - 2002.................................. 36 TABELA 2 RECEITAS DO INSS.............................................................

    12408  Palavras | 50  Páginas

  • Democracia Estado Social E Reforma Gerencial Bresser Pereira

    pensata • democracia, Estado social e reforma gerencial democracia, Estado social e reforma gerencial Luiz Carlos Bresser-Pereira Professor Emérito da Escola de Administração de Empresas de São Paulo, Fundação Getulio Vargas – São Paulo – SP, Brasil Democracia, Estado Social e Reforma Gerencial são instituições dialeticamente inter-relacionadas. Após a Segunda Guerra Mundial, a democracia permitiu que os trabalhadores e as classes médias aumentassem suas demandas por serviços sociais, transformando...

    3880  Palavras | 16  Páginas

  • reforma sanitaria

    REFORMA SANITÁRIA BRASILEIRA: CONTRIBUIÇÃO PARA A COMPREENSÃO E CRÍTICA. JAIRNILSON SILVA PAIM SALVADOR, setembro de 2007 UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE SAÚDE COLETIVA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA REFORMA SANITÁRIA BRASILEIRA: CONTRIBUIÇÃO PARA A COMPREENSÃO E CRÍTICA. Jairnilson Silva Paim Salvador, setembro de 2007 2 JAIRNILSON SILVA PAIM REFORMA SANITÁRIA BRASILEIRA: CONTRIBUIÇÃO PARA A COMPREENSÃO E CRÍTICA. Tese apresentada ao Programa...

    115732  Palavras | 463  Páginas

  • Reforma tributária: um modelo eficiente para alavancar o crescimento do pib no brasil

    Projetos Trabalho de Macroeconomia Reforma Tributária: um modelo eficiente para alavancar o crescimento do PIB no Brasil Julho/2012 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 1.1 O Sistema Tributário Nacional 1.2 Os principais problemas do Sistema Tributário brasileiro 2. REFORMA TRIBUTÁRIA 2.1 A importância da Reforma Tributária 2.2 O processo de Reforma Tributária 2.3 O projeto de Reforma Tributária: a nova estratégia do Governo 3....

    4842  Palavras | 20  Páginas

  • avncos e retrocessos no governo FHC/LULA

    várias eleições antes de subir a rampa do Palácio do Planalto como chefe maior da Nação. Candidatou-se no ano de 1989, foi derrotado pelo ex-presidente Fernando Collor de Mello, em 1994, foi vencido pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, em 1998 foi extenuado pela reeleição de Fernando Henrique Cardoso, em 2002 foi vitorioso. A eleição de 2002 foi surpreendente, o então candidato Luis Inácio Lula da Silva conquistou mais de 58 milhões de votos, atingindo um índice de aprovação não alcançado...

    3849  Palavras | 16  Páginas

  • O PAPEL DA CONTRA REFORMA NA EXPANSÃO DO TERCEIRO SETOR E O PROJETO ÉTICO-POLÍTICO DO SERVIÇO SOCIAL

    entre o Estado e a sociedade civil, no Brasil, foram se reformulando ao longo do tempo, especialmente nos anos 70 e 80, sendo marcadas por crises econômicas e fiscais, acarretando implicações para as políticas públicas. Nesse contexto, o processo de reforma do Estado, o ajuste fiscal, a redução dos gastos sociais e da intervenção social, estimularam as ações do chamado “terceiro setor”, que passa a representar um espaço institucional, apresentando gradativa visibilidade e ampliação interventiva no campo...

    10611  Palavras | 43  Páginas

  • Atividade FHC E Lula Respostas

    dívida pública. 2. Quais as três frentes de atuação do Plano Real? As três frentes de atuação do Plano Real são: -Equilíbrio orçamentário (1995-1994); -Sugestões à revisão constitucional: reforma da Previdência Social, reforma do Estado, privatização dos serviços públicos e de empresas estatais; -Reforma monetária. 3. Quais as necessidades diagnosticadas pelo governo em relação ao ajuste fiscal? O governo diagnosticou as seguintes necessidades quanto ao ajuste fiscal: -Redução dos gastos da...

    727  Palavras | 3  Páginas

  • reforma politica no BRASIL

    Reforma Política no Brasil_01_272.p65 1 01/08/06, 17:27 UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Reitor: Ronaldo Tadêu Pena Vice-Reitora: Heloisa Maria Murgel Starling Editora UFMG Diretor: Wander Melo Miranda Vice-Diretora: Silvana Cóser Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento Representante Residente: Kim Bolduc Representante Residente Adjunto: Lucien Muñoz Unidade de Governo Coordenador: Francisco Gaetani Conselho Editorial Wander Melo Miranda (presidente) Carlos...

    99156  Palavras | 397  Páginas

  • Análise real e não tendenciosa sobre fhc e lula

    Análise REAL E NÃO TENDENCIOSA SOBRE FHC e LULA e seus MÉRITOS E DESCRÉDITOS Comparar os números dos governos Lula e FHC pode levar a conclusões equivocadas, pois ambos os governos enfrentaram realidades bem distintas. Para fazer uma comparação mais justa, citamos as principais ações de cada governo e as comparamos, levando em consideração os respectivos contextos de cada governo. POLÍTICAS MACROECONÔMICAS Os desafios da era FHC A era FHC foi caracterizada principalmente pela tentativa de...

    3652  Palavras | 15  Páginas

  • Previdência Complementar do Servidor Público

    PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DO SERVIDOR PÚBLICO 1. INTRODUÇÃO A Emenda Constitucional nº 20, de 15 de dezembro de 1998, e a Emenda Constitucional nº 41, de 19 de dezembro de 2003, ao introduzirem modificações no art. 40 da Constituição Federal, construíram a base constitucional necessária para a criação do regime de previdência complementar dos servidores públicos. A Emenda Constitucional nº 20/98, ao inserir os parágrafos 12, 14, 15 e 16 no art. 40 da Constituição Federal, tornou possível...

    4817  Palavras | 20  Páginas

  • Projeto etico_Politico do Serviço Social e sua Relação com a Reforma Sanitária

    Projeto Ético-Político do Serviço Social e sua Relação com a Reforma Sanitária. O Projeto tem quatro partes e se embasa na contribuição para o fortalecimento do projeto ético-político profissional do Serviço Social e da reforma sanitária. Na primeira e segunda parte, são desenvolvidas análises panorâmicas sobre a trajetória histórica do Serviço Social, abordando na primeira o período de 1930 a 1979, na segunda, os anos 80 e 90. A terceira parte tem por objetivo desenvolver uma reflexão sobre...

    2437  Palavras | 10  Páginas

  • Projeto ético-político do serviço social e sua relação com a reforma

    Projeto Ético-Político do Serviço Social e sua Relação com a Reforma Sanitária: elementos para o debate Maria Inês Souza Bravo e Maurílio Castro de Matos Serviço Social e Saúde: Formação e Trabalho Profissional 1 Projeto Ético-Político do Serviço Social e sua Relação com a Reforma Sanitária: elementos para o debate1 Por Maria Inês Souza Bravo∗ e Maurílio Castro de Matos∗∗ Apresentação O artigo é fruto de reflexões sobre as características do Serviço Social brasileiro na saúde e quais os desafios...

    8050  Palavras | 33  Páginas

  • PREVIDÊNCIA SOCIAL NO BRASIL

    Cadernos da Fundação Perseu Abramo A Previdência Social no Brasil Fundação Perseu Abramo Instituída pelo Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores em maio de 1996 Diretoria Hamilton Pereira – presidente Ricardo de Azevedo – vice-presidente Selma Rocha – diretora Fávio Jorge Rodrigues da Silva – diretor Editora Fundação Perseu Abramo Coordenação editorial Flamarion Maués Editora Assistente Candice Quinelato Baptista Assistente editorial Viviane Akemi Uemura Edição de...

    47946  Palavras | 192  Páginas

  • Previdência social brasileira, historicidade, inserção da mulher e o antagonismo do governo mediante a dru em relação à valoração sustentável do sistema

      II CONCURSO NACIONAL DE MONOGRAFIAS DO PTB MULHER NACIONAL PRÊMIO IVETE VARGAS PREVIDÊNCIA SOCIAL BRASILEIRA, HISTORICIDADE, INSERÇÃO DA MULHER E O ANTAGONISMO DO GOVERNO MEDIANTE A DRU EM RELAÇÃO À VALORAÇÃO SUSTENTÁVEL DO SISTEMA [pic] Autor: Flores e Espinhos 2011 “Democracia e direitos humanos caminham juntos. Não há democracia...

    17456  Palavras | 70  Páginas

  • A ERA FHC

    FHC é como ficou conhecido o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que nos seus quase oito anos de governo foi o responsável pela maior regressão na área do trabalho, garantindo o título do presidente que mais estragos fez nas relações de trabalho em toda história da República. Durante seu período de governo a taxa de desemprego bateu recorde, os salários foram corroídos, avolumou-se o número de trabalhadores na informalidade e houve um desmonte feroz da legislação trabalhista. Quando da posse...

    979  Palavras | 4  Páginas

  • Plano real e as reformas neoliberais

    econômica, inflacionaria, que a burguêsia não conseguia superar. Além disso a crise social vinda da falta de hegemonia pelo conflito no bloco do poder vai gerar desde o governo Sarney uma serie de conflitos entre a burguesia que perduraram ate o governo FHC. Pois, ate então haviam dois motivos principais para estes conflitos: 1) O fisiologismo partidario que impedia uma direção mais centralizada nos partidos burguêses (o que propicia em parte a eleição de Fernando Collor de Melo); 2) Os conflitos com...

    1023  Palavras | 5  Páginas

  • Reforma agrária

    Reforma agrária no Brasil atual Introdução. Neste trabalho iremos apresentar informações sobre a reforma agrária no Brasil atualmente, será apresentado a definição, reformas feitas no Brasil, Lula e FHC. Reforma agrária no Brasil atual. Podemos definir reforma agrária como um sistema em que ocorre a divisão de terras, ou seja, propriedades particulares (latifúndios improdutivos) são compradas pelo governo a fim de lotear e distribuir para famílias que não possuem terras para plantar. Dentro...

    1924  Palavras | 8  Páginas

  • FHC- Fernando Henrique Cardoso

    O governo de Fernando Henrique Cardoso (FHC) iniciou-se com forte apoio popular após sua eleição e depois de um período de hiper-inflação, uma verdadeira tormenta para a economia do país na época, que foi controlada pelo plano Real, implantado quando o mesmo era ministro da Fazenda do governo Itamar Franco. O governo presidencial de FHC teve dois mandatos, 1º mandato (1994-1997) e 2º mandato (1998-2002), de Fernando Henrique Cardoso foi marcado pela efetiva implantação da política Neoliberal no...

    725  Palavras | 3  Páginas

  • De FHC A LULA

    De FHC a Lula O primeiro mandato de FHC Com a inflação em baixa acentuada no país, o novo presidente inicio seu governo com a necessária estabilidade politica para prosseguir com uma seria de reformas na vida econômica nacional, perseguindo a meta de modernização e desenvolvimento econômico. No plano interno, a gestão FHC combateu os contínuos déficits fiscais e buscou equilíbrio entre as despesas e as receitas nacionais; Para tanto iniciou um processo...

    1590  Palavras | 7  Páginas

  • Governo Lula e a reforma agraria

    A REFORMA AGRÁRIA: ANTES E DEPOIS DO GOVERNO LULa Edivaldo Lima da silva fofao40@hotmail.co Claudionor Oliveira (Orientador) Claudinor.oliviera@hotmail.com6 Resumo A reforma agrária no Brasil sempre foi um objetivo da camada que não possui condições financeiras de ter um pedaço de terra. Ao longo de toda a história política do Brasil essa luta pela terra esteve presente, porém a partir dos últimos 2 governos (FHC E Lula) que se teve algumas mudanças significativas, que motivam mais ainda...

    1790  Palavras | 8  Páginas

  • As gestões de FHC e Lula

    Vargas) para a democracia (sua própria eleição). Como um governo com fortes características neoliberais, FHC honrou o Tripé da Agenda Neoliberal, que enfatizava as privatizações, a desregulamentação da ação reguladora do Estado com ressalvas para as políticas públicas e a abertura de mercados. A precarização legal da contratação de trabalhadores; as propostas de reformas como a da Previdência, Administrativa e da área econômica intentando abrir espaço para 0 mercado, diminuindo assim, o papel do...

    1901  Palavras | 8  Páginas

  • Reforma tributária

    1 INTRODUÇÃO Este trabalho tem a intenção de demonstrar a eficiência de uma reforma tributária no Brasil, bem como, apontar seus benefícios e pontos mais interessantes no que diz respeito à conveniência aos indivíduos, aos Estados e Municípios e às empresas em geral através de uma demonstração resumida dos conceitos básicos a respeito da tributação. Demonstração essa, que se faz necessária para uma complementação, de forma a realmente deixar o leitor totalmente inserido nesse contexto...

    8870  Palavras | 36  Páginas

tracking img