Reações Armadas Ao Regime De 1964 artigos e trabalhos de pesquisa

  • Política dos generais (1964-1985)

    O GOLPE MILITAR DE 1964. O golpe militar de 1964 pôs fim ao regime democrático instituído no Brasil ao fim do Estado Novo. Ao contrário das outras intervenções militares na política ocorridas em momentos de crises institucionais vivenciadas pelo país - nas quais os militares depuseram presidentes e logo em seguida entregaram o poder aos civis, ou agiram como árbitro na defesa das regras constitucionais ou ainda visando seus interesses (como em 1930, 1937, 1945, 1954, 1955, 1961) -, desta...

    7990  Palavras | 32  Páginas

  • História do brasil - 1964 ditadura militar

    Conflitos na História do Brasil Ditadura Militar Ditadura militar no Brasil (1964-1985) O Regime Militar de 1964 no Brasil se iniciou imediatamente após o Golpe Militar de 1964. Para mostrar à opinião pública mundial que o início do movimento era lícito, este foi definido como um “movimento legalista”, uma “revolução democrática”. Para tal, a explicação dada pelo general Olímpio Mourão Filho, era que o golpe seguiu os trâmites legais. A afirmativa era que Jango estava abusando do poder e deveria...

    8242  Palavras | 33  Páginas

  • Regime militar no brasil

    Regime militar no Brasil O regime militar no Brasil foi um período da história política brasileira iniciado com o golpe militar de 1 de abril de 1964, que resultou no afastamento do presidente do Brasil de jure e de facto, João Goulart, assumindo provisoriamente o presidente da Câmara dos Deputados brasileira, Ranieri Mazzilli e, em definitivo, o marechal Castelo Branco.[1] Tal regime ditatorial contou ao todo com cinco presidentes e uma junta governativa, estendendo-se do ano de 1964 até 1985,...

    14761  Palavras | 60  Páginas

  • A modernização autoritária no brasil durante o regime militar (1964-1984)

    A modernização autoritária no Brasil durante o regime militar (1964-1984) Tania Aparecida Santos Silva Sampaio[1] RESUMO O presente artigo vale-se do exame da obra de Francisco Carlos Teixeira da Silva, A Modernização Autoritária: Do golpe Militar à Redemocratização 1964/1984, na qual o autor traça a trajetória histórica política do Brasil sobre á égide dos militares até a reforma que culminou na democracia, mostrando tanto os deslocamentos analíticos das abordagens centradas no sistema...

    2515  Palavras | 11  Páginas

  • Regime militar no brasil

    O Regime militar no Brasil se deu com um golpe (há divergências, o senso comum indica 31 de março de 1964), tendo assumido o poder o Marechal Castelo Branco, resultando no afastamento de sua função o chefe de governo de jure e de facto João Goulart (também conhecido como Jango). O golpe de estado, qualificado por personagens afinados como uma Revolução instituiu uma ditadura militar, que durou até a eleição de Tancredo Neves em 1985. Os militares então justificaram o golpe, que eclodiu cinco anos...

    14653  Palavras | 59  Páginas

  • As Rádios e o Regime Militar

    As Rádios e o regime militar Na década de 60, as maiores interferências políticas na programação das rádios  se deram durante o período da ditadura militar. Antes de ir ao ar, os sripts  deveriam ser levados ao censor dos militares. Se na programação estivessem escaladas músicas de cunho ideológico, como as de Chico Buarque, ou de conteúdo pornográfico, essas músicas eram retiradas da programação e a Rádio recebia uma advertência. Caso incorresse no erro, era punida. Mas, segundo Carlos Cidon,...

    1236  Palavras | 5  Páginas

  • regime militar

     O regime militar no Brasil foi instaurado em 1 de abril de 1964 e durou até 15 de março de 1985. De caráter autoritário e nacionalista, teve início com o golpe militar que derrubou o governo do presidente democraticamente eleito, João Goulart, e terminou quando José Sarney assumiu o cargo de presidente, dando início ao período conhecido como Nova República. Principais razões que motivaram o golpe: 1 - Medo da implantação do conjunto de reformas, especialmente a reforma agrária, que traria como...

    2640  Palavras | 11  Páginas

  • O direito no regime militar (1964 –1985)

    DIREITO NO REGIME MILITAR (1964 –1985) Belém – Pará 2010 [pic] BACHARELADO EM DIREITO O DIREITO NO REGIME MILITAR (1964 –1985) Trabalho apresentado à disciplina História do Direito Brasileiro, professor (Ms.) André Meira. Belém – Pará 2010 SUMÁRIO • 1 Antecedentes do golpe militar de 1964 o 1.1 A...

    21534  Palavras | 87  Páginas

  • “Caminhando e cantando”: os caminhos da canção engajada de chico buarque de holanda e geraldo vandré (1964-1985)

    CANTANDO”: OS CAMINHOS DA CANÇÃO ENGAJADA DE CHICO BUARQUE DE HOLANDA E GERALDO VANDRÉ (1964-1985) PARANAGUÁ 2012 FERNANDO M. COELHO, LEONARDO HENRIQUE M. DE OLIVEIRA, RITA PILATI, LETÍCIA, RAFAELA PILATI, MAURO E STELA NIERO “CAMINHANDO E Trabalho acadêmico destinado á disciplina...

    5755  Palavras | 24  Páginas

  • Regime Militar

    Com o início do Regime Militar no Brasil em 1º de abril de 1964, tendo o primeiro presidente desse regime foi o marechal Humberto de Alencar Castelo Branco, que foi eleito neste mesmo ano, Castelo Branco foi presidente até 15 de março de 1967, quando o seu mandato foi interrompido, por um desastre áereo quando passeava ocorrido em Fortaleza, até nos dias atuais as causas dessa tragédia são desconhecidas pelos inquéritos feitos pelos militares na época. Castelo Branco tornou-se eleito para concluir...

    1627  Palavras | 7  Páginas

  • Ligas Camponesas: a trajetória das mobilizações do campesinato pernambucano e a formação da Liga do Engenho Galileia (1954-1964)

    CAMPONESAS: A trajetória das primeiras mobilizações do campesinato pernambucano e a organização da liga do Engenho Galileia (1954 -1964) Olinda / 2013 RENATO JOSÉ DA SILVA LIGAS Olinda/ 2013 SUMÁRIO Resumo...

    14967  Palavras | 60  Páginas

  • O golpe mlitar de 1964

    O Golpe Militar de 1964 designa o conjunto de eventos ocorridos em 31 de março de 1964 no Brasil, e que culminaram no dia 1 de abril de 1964, com um golpe de estado que encerrou o governo do presidente João Belchior Marques Goulart, também conhecido como Jango. Entre os militares brasileiros, o evento é designado como Revolução de 1964 ou Contrarrevolução de 1964. Jango havia sido democraticamente eleito vice-presidente pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) – na mesma eleição que conduziu Jânio...

    1626  Palavras | 7  Páginas

  • Golpe Militar de 1964

    GOLPE MILITAR DO ANO DE 1964 O Golpe Militar do ano de 1964 que inaugurou a ditadura militar tão presente na memória nacional e tão abordada nos livros de história. Em 1961, João Goulart era vice-presidente do então presidente da República Jânio Quadros. Em agosto de 1961 alegando a existência de forças terríveis que o impediam de governar, o presidente Jânio Quadros renunciou ao cargo da Presidência da República no Brasil e segundo a Constituição, conforme a legalidade, o poder deveria passar...

    1835  Palavras | 8  Páginas

  • Regime militar (1964-1985)

    PEDAGOGIA REGIME MILITAR (1964-1985) Educação no Regime Militar Alguma coisa acontecia na educação brasileira. Pensava-se em erradicar definitivamente o analfabetismo através de um programa nacional, levando-se em conta as diferenças sociais, econômicas e culturais de cada região. A criação da Universidade de Brasília, em 1961, permitiu vislumbrar uma nova proposta universitária, com o planejamento, inclusive, do fim do exame vestibular, valendo, para o ingresso na Universidade, o rendimento...

    2469  Palavras | 10  Páginas

  • Luta armada

    HISTÓRIA DO BRASIL CONTEMPORÂNEO PROFESOR: RICARDO PIMENTA TEMA: A LUTA ARMADA DURANTE A DITADURA MILITAR BLOG: LUTA-ARMADA.BLOGSPOT.COM.BR GRUPO: CAIO LAU, JAQUELINE WAIANDT, JULIANA RIBEIRO, MARIANA BELINAZO E PALOMA ANDRADE Rio de Janeiro, 14 de Novembro de 2012. INTRODUÇÃO Sabemos que nosso país possui uma longa e divergente história política, que foi se tornando mais e mais articulada ao passar dos anos desde a primeira república até os dias de hoje. Queremos através de um...

    2801  Palavras | 12  Páginas

  • Governo João Goulart (1961-1964)

    (1961-1964): Polarização conduz ao golpe Com a renúncia de Jânio Quadros (PTN) à Presidência da República, caberia ao vice-presidente, João Goulart (PTB), conhecido como Jango, assumir o comando do Brasil. Mas Jango se encontrava na Ásia, em visita à República Popular da China. Então, o presidente da Câmara dos Deputados, Ranieri Mazzilli (PSD), assumiu o governo provisoriamente. Na época, grupos de oposição mais conservadores, compostos pelas elites dominantes e por setores das Forças Armadas, não...

    1034  Palavras | 5  Páginas

  • O golpe militar de 1964

    O golpe militar de 1964 Na década de 1960, ocorre no Brasil, uma Revolução Militar, aonde os integrantes das forças Armadas tomam o poder dos Civis e decretam uma ditadura no País. O Movimento Golpista feito pelos Militares teve inicio com a renuncia do presidente Janio Quadros em 1961, neste ano teve uma primeira tentativa de instalar o Regime Militar, mas naquele ano as forças legalistas conseguiram conter as Forças Armadas e o vice-presidente eleito João Goulart consegue tomar posse...

    5446  Palavras | 22  Páginas

  • O golpe de 1964 e a instauração do regime militar

    de 1964 e a instauração do regime militar Para entender melhor o golpe, é preciso lembrar o clima de radicalismo político que o país vivia. Até as Forças Armadas estavam rachadas, dividas em duas chapas que se enfrentavam nas eleições do Clube Militar desde os anos 50. "De um lado, estavam oficiais nacionalistas; do outro, um grupo que pregava maior aliança com os Estados Unidos, na verdade um recurso para enfrentar a ‘ameaça comunista’", diz o historiador João Roberto Martins Filho. Em 1964, a...

    909  Palavras | 4  Páginas

  • “1964, 50 anos do Golpe Militar”

    1964, 50 anos do Golpe Militar” Hélio Biachi Estudante de Direito Prof. Arnaldo Lemos Filho Professor da Faculdade de Ciências Sociais da Puc-Campinas Tema: “Contexto e Impactos” Paulo Tavares Mariante Advogado e Coordenador da Comissão Municipal da Verdade, Memória e Justiça de Campinas Tema: “Direito à Memória, Verdade e Justiça" Na noite do dia 25 de abril de 2014, o Centro Acadêmico Arno Preis, entidade representativa dos estudantes do curso de Direito da Faculdade Max Planck, realizou...

    656  Palavras | 3  Páginas

  • CAUSAS DO GOLPE CIVIL E MILITAR DE 1964

     PROJETO DE PESQUISA CAUSAS DO GOLPE CIVIL E MILITAR DE 1964. 31 DE MARÇO DE 1964 ALUNO: Josué Teixeira dos Santos TUTOR: Diogo Pereira da Silva ...

    6034  Palavras | 25  Páginas

  • A Luta Armada no Brasil

    A ORIGEM A luta armada se iniciou após o golpe militar de 1964, que derrubou o presidente João Goulart, apelidado de “Jango”. No Brasil, o projeto de guerrilhas era anterior ao golpe de 1964, ou seja, vinha desde o princípio da década de 60, estimulado pela Revolução Cubana. Mas a sua origem se deu a partir de 1963 com o enfraquecimento do governo de João Goulart, causado pelo clima de radicalismo político resultado da crise econômica que se instalava. Com o desgaste do governo, o grupo golpista...

    1293  Palavras | 6  Páginas

  • Golpe de 1964

    GOLPE DE 1964 O Golpe Militar de 1964 no Brasil, designa o conjunto dos eventos de 31 de março de 1964, ocorridos no Brasil, e que culminaram em um golpe de estado (Atualmente, 2005, alguns historiadores afirmam ter sido um golpe civil-militar) que interrompeu o governo do presidente João Belchior Marques Goulart, também conhecido como Jango, que havia sido democraticamente eleito vice-presidente pelo PTB (Partido Trabalhista Brasileiro) – nas mesmas eleições que conduziram Jânio da Silva Quadros...

    4606  Palavras | 19  Páginas

  • Golpe 1964

    Na madrugada do dia 31 de março de 1964, um golpe militar foi deflagrado contra o governo legalmente constituído de João Goulart. A falta de reação do governo e dos grupos que lhe davam apoio foi notável. Não se conseguiu articular os militares legalistas. Também fracassou uma greve geral proposta pelo Comando Geral dos Trabalhadores (CGT) em apoio ao governo. João Goulart, em busca de segurança, viajou no dia 1o de abril do Rio, para Brasília, e em seguida para Porto Alegre, onde Leonel Brizola...

    1286  Palavras | 6  Páginas

  • Poss veis causas para instaura o do regime militar no Brasil no ano de 1964

    Possíveis causas para instauração do regime militar no Brasil no ano de 1964 O golpe de 1964 no Brasil foi algo marcante na história da nação onde este  ato é discutido pelas classes políticas como algo que manchou a história do país nos dias atuais são discutidos de forma obscura que não se pode chegar a nenhum conceito definido para o golpe de estado. A grande discussão ainda são as causas que levaram o golpe militar no ano de 1964 no Brasil causando mudanças significativas para muitos e ao mesmo...

    1360  Palavras | 6  Páginas

  • A conjuntura política do brasil na ditadura militar 1964 a 1985

    Brasil antes da Ditadura Militar Governo de Juscelino Kubitschek (1956 a 1964) • A política econômica desenvolvimentista de Juscelino Kubitschek apresenta pontos positivos e negativos para o nosso país. A entrada de multinacionais gera empregos, porém, deixa nosso país mais dependente do capital externo. O investimento na industrialização deixa de lado a zona rural, prejudicando o trabalhador do campo e a produção agrícola. O país ganha uma nova capital, porém a divida externa, contraída para está...

    1963  Palavras | 8  Páginas

  • Regime Militar

    Introdução Regime ou Ditadura militar no Brasil foi o regime autoritário que governou o país de 1º de abril de 1964 até 15 de março de 1985. A implantação da ditadura começou com o Golpe de 1964, quando as Forças Armadas do Brasil derrubaram o governo do presidente constitucional João Goulart e terminou quando José Sarney assumiu o cargo de presidente. A revolta militar foi fomentada por Magalhães Pinto, Adhemar de Barros e Carlos Lacerda, governadores dos estados de Minas Gerais, São Paulo e Rio...

    3201  Palavras | 13  Páginas

  • Governos jânio quadros e joão goulart (1961-1964):

    Governos Jânio Quadros e João Goulart (1961-1964): A vitória de Jânio Quadros na eleição foi surpreendente. Embora contasse com o apoio da UDN, o favorito era o general Lott (PSD-PTB). Governo polêmico: Em apenas oito meses de governo, todo o carisma das eleições já havia se dissipado. Jânio adotou uma política externa independente, em plena Guerra Fria; condecorou o líder comunista Che Guevara; suspendeu as corridas de cavalo durante a semana; proibiu as brigas de galo e a utilização de biquínis...

    830  Palavras | 4  Páginas

  • Versões e controvérsias sobre 1964 e a ditadura militar

    sobre 1964 e a ditadura militar Carlos Fico1 UFRJ RESUMO O principal objetivo deste artigo é expor e discutir as mais importantes correntes da historiografia sobre o Golpe de 1964 e confrontar algumas questões controvertidas sobre repressão política, censura e outros temas da ditadura militar. Palavras-chave: Historiografia; Golpe de Estado; Ditadura militar. ABSTRACT The main purpose of this article is to present and discuss the principal trends of historiography or Brazilian 1964 coup...

    13275  Palavras | 54  Páginas

  • Ditadura militar em 1964

    que ameaçasse seu poder econômico. Entre as medidas adotadas para enfraquecer o então presidente está a adoção do parlamentarismo, que, em 1961 e 1962, atribuiu funções do Executivo ao Congresso, dominado na época por representantes das elites. O regime presidencialista foi restabelecido em 1963 após um plebiscito. A crise econômica e a instabilidade política se propagavam no país. Jango propôs, então, reformas constitucionais que aceleraram a reação das elites, criando as condições para o golpe...

    2512  Palavras | 11  Páginas

  • Golpe Militar de 1964

    políticos com orientação socialista que se juntaram aos estudantes nas manifestações da época. Ocorreu uma rebelião de sargentos em Brasília, querendo o direito de se candidatar a cargos eletivos. Essa rebelião foi vista pelo alto escalão das Forças Armadas como uma severa ameaça á hierarquia militar. Num clima de tensão e enfraquecido politicamente, Jango realizou na Estação Central do Brasil, no Rio de Janeiro, um grande comício no dia 13 de Março, diante de mais de duzentos mil manifestantes, o presidente...

    1326  Palavras | 6  Páginas

  • Frças armadas brasileiras

    1) “Até 1964 o aparelho militar brasileiro se posicionou na condição arbitral-tutelar, isto é, com a ameaça ou em meio a uma crise institucional, os militares deixavam os quartéis e intervinham na ordem política para, logo em seguida, transferir o poder aos civis. Após o processo intervencionista, já com os civis na direção do Estado, as Forças Armadas abandonavam o papel de árbitros e transformavam-se em forças tutelares, estabelecendo os limites da ação civil. Porém, a partir de 1964, as Forças...

    1694  Palavras | 7  Páginas

  • Regimes autoritários no Brasil republicano

    REGIMES AUTORITÁRIOS NO BRASIL REPUBLICANO Carlos Fico Membros da Comissão Julgadora: O refinamento da historiografia brasileira nos últimos 30 anos tem permitido um entendimento mais sofisticado de alguns dos temas mais controvertidos da História do Brasil. Esse é o caso do Estado Novo e do período dos governos militares, regimes autoritários do Brasil Republicano que ocuparam quase 1/3 da história brasileira no século XX, cuja comparação desejo propor neste momento. Alguns dos aspectos...

    8900  Palavras | 36  Páginas

  • golpe 1964

    Golpe Militar de 1964 designa o conjunto de eventos ocorridos em 31 de março de 1964 no Brasil, que culminaram, no dia 1 de abril de 1964, com um golpe de estado que encerrou o governo do presidente João Goulart, também conhecido como Jango. Os militares brasileiros a favor do Golpe costumam designá-lo como Revolução de 1964 ou Contrarrevolução de 1964.1 Em geral, a expressão é associada a defensores da ditadura.2 Jango havia sido democraticamente eleito vice-presidente pelo Partido Trabalhista...

    696  Palavras | 3  Páginas

  • Análise sobre os movimentos de resistência de guerrilha no contexto do Regime Militar no Brasil (1964-1985)

    no contexto do Regime Militar no Brasil (1964-1985) Introdução Em 1964, houve um golpe militar no Brasil. O então presidente João Goulart foi deposto e instalou-se uma junta que logo foi substituída pelo primeiro presidente do regime: Castelo Branco. Foi o início de um dos períodos mais repressivos e violentos da história política brasileira, que se estendeu até 1985. Como resposta à repressão surgiram diversos movimentos, entre eles o movimento de resistência armada ou resistência de...

    2432  Palavras | 10  Páginas

  • Regime Militar

    isso acontecesse o congresso nacional, aceitou dar posse a Jango, mas retirou dele alguns poderes Acesso em: brazilian-pop-politics.blogspot.com 7 Introdução emenda constitucional nº4 (Ato Adicional) Foi instituído o Parlamentarismo Regime no qual, o chefe de governo é o primeiro ministro, e era nomeado pelo congresso Tancredo neves Acesso em: pt.wikipedia.org 8 Introdução Em 1963, teve um plebiscito para decidir o se ia continuar com o parlamentarismo ou não. Acesso...

    2988  Palavras | 12  Páginas

  • Regime Militar no Brasil

    Regime Militar no Brasil A ditadura no Brasil foi um período da história política brasileira iniciado com o golpe militar de 1 de abril de 1964, que resultou no afastamento do presidente do Brasil de jure e de facto, João Goulart, assumindo provisoriamente o presidente da Câmara dos Deputados brasileira, Ranieri Mazzilli e, em definitivo, o marechal Castelo Branco. Tal regime ditatorial contou ao todo com cinco presidentes e uma junta governativa, estendendo-se do ano de 1964 até 1985, ano da eleição...

    1013  Palavras | 5  Páginas

  • Versões e controvérsias sobre 1964 e a ditadura militar

    FICHAMENTO TEXTO: FICO, Carlos. Versões e controvérsias sobre 1964 e a ditadura militar. Revista Brasileira de História. São Paulo, v. 24, nº 47, 2004. EFEMÉRIDES “Em 7 de setembro de 1972, a ditadura militar tomou conta das comemorações da principal efeméride do período: o Sesquicentenário da Independência do Brasil.” (FICO, 2004, p. 29). “Não é cabível celebrar um golpe de Estado como o de 31 de março de 1964, mas estes quarenta anos também podem ser caracterizados como uma efeméride, se...

    4845  Palavras | 20  Páginas

  • Regime militar no Brasil

    Regime militar no Brasil O regime militar no Brasil foi instaurado em 1 de abril de 1964 e durou até 15 de março de 1985. De caráter autoritário e nacionalista, teve início com o golpe militar que derrubou o governo de João Goulart, o então presidente democraticamente eleito, e terminou quando José Sarney assumiu a presidência, dando início ao período conhecido como Nova República. Apesar das promessas iniciais de uma intervenção breve, a ditadura militar durou 21 anos. Além disso, o novo governo...

    1690  Palavras | 7  Páginas

  • Golpe militar de 1964

    GOLPE MILITAR DE 1964: A decisão de se dar um golpe político por parte dos militares não foi algo repentino, aconteceu como consequência de uma série de fatos políticos acumulados no período republicano após Getúlio Vargas. Quando este presidente se suicidou a situação política nacional já estava abalada, a vacância do cargo máximo na política brasileira permitiu uma preocupante conjuntura de sucessão presidencial. Juscelino Kubitscheck foi...

    2660  Palavras | 11  Páginas

  • O PAPEL DOS MILITARES NO CONTEXTO DO REGIME AUTORIT RIO

      19 ­ O PAPEL DOS MILITARES NO CONTEXTO DO REGIME AUTORITÁRIO     Ao  tomar  o  poder,  a  grande  maioria  dos  militares  não  tinha  um  consenso  ou  um  plano  em  comum  acerca  de  seus  objetivos  políticos.  O  debate  sobre  isso  se  tornou  cada  vez  mais  impossível, já que poderia causar interesses diferentes entre as Forças Armadas.  Obviamente,  havia  discussões  mais  gerais  nos  círculos  de  oficiais  sobre  o  tema  de  controle  dos  comunistas,  contenção  da  inflação...

    1205  Palavras | 5  Páginas

  • REP BLICA BRASILEIRA INFLU NCIAS EXTERNAS NA MATERIALIZA O DO GOLPE MILITAR DE 1964

    FLAVIA GOES DE OLIVEIRA REPÚBLICA BRASILEIRA: INFLUÊNCIAS EXTERNAS NA MATERIALIZAÇÃO DO GOLPE MILITAR DE 1964 CAÇADOR 2014 FLÁVIA GOES DE OLIVEIRA REPÚBLICA BRASILEIRA: INFLUÊNCIAS EXTERNAS NA MATERIALIZAÇÃO DO GOLPE MILITAR DE 1964 Trabalho de Conclusão de Curso de Licenciatura em História ministrado no curso de História da Universidade Alto Vale do Rio do Peixe...

    10759  Palavras | 44  Páginas

  • Constituição Federal de 1964/1969

    CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE 1964 À 1969... Em 1964, foi instalado no Brasil, o REGIME MILITAR, regime esse de autoritarismo e da Política chamada SEGURANÇA NACIONAL Essa politica tinha como finalidade dominar os inimigos internos que seriam o opositores, chamados de SUBVERSIVOS...( quem não era a favor, era SUBVERSIVO). Esse regime ( Militar) conservou o Congresso Nacional, mas tinha todo domínio no Poder Legislativo, assim o Executivo enviou uma nova proposta de Constituição, aprovada por Parlamentares...

    585  Palavras | 3  Páginas

  • A censura durante o regime militar

    censura durante o Regime Militar O Regime Militar é o período da política brasileira em que o país foi governado pelas forças armadas. Esta época vai de 1964 a 1985. Caracterizou-se pela falta de democracia, supressão de direitos constitucionais, perseguição política, censura e repressão aos que eram contra a ditadura. O Golpe Militar de 1964 A crise política do governo de João Goulart estava em seu auge. As tensões sociais aumentavam cada dia mais. No dia 31 de março de 1964, as tropas mineiras...

    618  Palavras | 3  Páginas

  • Regime Militar no Brasil

    REGIME MILITAR NO BRASIL para se entender o regime militar primeiro deve-se saber como ele se iniciou e o que levou o país a entra em um período desses. Esse período da historia do brasil se iniciou em 1964, com o golpe de 64, e se estendeu até 1985; mais de 20 anos. golpe de 64 o governo de João Goulart possuía um caráter comunista e populista, o que levou grande preocupação aos grupos conservadores do país, que temiam um golpe de esquerda e implantação do comunismo no brasil. e fatos acumulavam-se...

    1307  Palavras | 6  Páginas

  • O PAPEL DO PROFESSOR NA DITADURA MILITAR DE ACORDO COM AS ENCICLOPÉDIAS NACIONAIS DE EDUCAÇÃO MORAL E CÍVICA ELABORADAS NO PERÍODO DE 1964 - 1985

    DITADURA MILITAR DE ACORDO COM AS ENCICLOPÉDIAS NACIONAIS DE EDUCAÇÃO MORAL E CÍVICA ELABORADAS NO PERÍODO DE 1964 - 1985 […] nessa terra de gigantes. Eu sei já ouvimos tudo isso antes. (Engenheiros do Hawaii) RESUMO Esse trabalho aborda o tema “O papel do professor na Ditadura Militar de acordo com as Enciclopédias Nacionais de Educação Moral e Cívica elaboradas no período de 1964 – 1985”, sendo discutido o contexto histórico, social, político e econômico, o conteúdo das Enciclopédias...

    20015  Palavras | 81  Páginas

  • Golpe Militar De 1964

    Golpe Militar de 1964 GOULART O Golpe Militar de 1964 marca uma série de eventos ocorridos em 31 de março de 1964 no Brasil, e que culminaram em um golpe de estado no dia 1 de abril de 1964. Esse golpe pôs fim ao governo do presidente João Goulart, também conhecido como Jango, que havia sido de forma democrática, eleito vice-presidente pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB). Imediatamente após a tomada de poder pelos militares, foi estabelecido o AI-1. Com 11 artigos, o mesmo dava ao governo...

    4106  Palavras | 17  Páginas

  • A educação brasileira durante o regime militar.

    brasileira durante o regime militar. Introdução Este artigo tem como objetivo caminhar pela época histórica da educação brasileira durante o período militar (1964-1985), para um melhor entendimento sobre o contexto e as influências que ocorreu na educação brasileira, tendo um enfoque maior para o ensino de primeiro e segundo graus, crianças de 7 a 14 anos de idade, porém perpassando também pela as influências que ocorreu no ensino superior durante esse período. O regime militar foi o período...

    1436  Palavras | 6  Páginas

  • Golpe militar de 1964

     Golpe militar de 1964 Na madrugada do dia 31 de março de 1964, um golpe militar ocorreu contra o governo legalmente constituído de João Goulart com a falta da reação doa governos militares que lhe davam apoio, não se conseguiu articular os militares legalistas, fracassando também em uma greve geral proposta pelo comando geral dos trabalhadores (CGT) em apoio ao governo. João Goulart em busca de segurança viajou do Rio de Janeiro para Brasília em seguida para Porto Alegre, onde Leonel...

    1040  Palavras | 5  Páginas

  • 1964

    O regime militar de 1964 As causas e condições do golpe militar de 1964 foram os seguintes: a radicalização da “política de massas” promovida pelo populismo de esquerda e a mobilização popular que a acompanhava; a reação conservadora das elites e das Forças Armadas contra o governo de João Goulart; a redução do crescimento econômico e o descontrole da inflação; a pressão externa dos Estados Unidos a favor da conspiração em nome da “segurança” do hemisfério ocidental no contexto da guerra fria...

    4614  Palavras | 19  Páginas

  • A participação da mulher na luta armada

    levantamento da participação das mulheres na militância política no período do Regime Militar no Brasil (1964-1980). Com o golpe de 1964 instalou-se no Brasil um dos períodos de mais terror já existentes nesse país onde várias pessoas que não se curvavam ao Regime foram presas, torturadas e mortas. Período esse de grandes turbulências para os militantes das organizações que eram contra o regime ditatorial dos militares. Torturas, prisões, exílios, e até mesmo a...

    6346  Palavras | 26  Páginas

  • O que aconteceu no brasil 1930-1964.

    Universidade UNA/Betim Trabalho: Serviço Social 05/03/2013 Artigo O que aconteceu no Brasil 1930-1964. Universidade UMA/Betim Trabalho: Serviço Social Professor: Waldeir Eustáquio Data: 05/03/2013 Aluna: Lilian Aparecida de Assis Lopes   Sumario: Capa: ----------------------------------------------------------- 01 Sumario: ------------------------------------------------------- 02 Bibliografias: --------------------------------------------------03 Resumo:- -------------------------------------------------------04 ...

    2096  Palavras | 9  Páginas

  • Regime militar

    C.T-RIO REGIME MILITAR NO BRASIL SUMÁRIO: 1. INTRODUÇÃO 2. GOLPE MILITAR 1964 3. GOVERNO CASTELLO BRANCO (1964-1967)  4. GOVERNO COSTA E SILVA (1967-1969) 5. GOVERNO DA JUNTA MILITAR (31/8/1969-30/10/1969) 6. GOVERNO MEDICI (1969-1974) 7. O MILAGRE ECONÔMICO 8. GOVERNO GEISEL (1974-1979) 9. GOVERNO FIGUEIREDO (1979-1985) 10. A REDEMOCRATIZAÇÃO E A CAMPANHA PELA DIRETAS JÁ 11. CRONOLOGIA DO REGIME MILITAR E ALGUNS DESDOBRAMENTOS 12. IMAGENS 13. BIBLIOGRAFIA ...

    3819  Palavras | 16  Páginas

  • O golpe militar de 1964

    CONTEXTO POLÍTICO E SOCIAL DO GOLPE MILITAR DE 1964 Débora Benevides dos Santos - RA. 2011121820 Helenice Aparecida da Cunha Oliveira - RA. 2011090380 Ivoneide Elita da Silva - RA. 2011111956 Roseane Maria Ferreira - RA. 2011123601 Solange Melo Oliveira de Jesus - RA. 2011111476 Guarulhos 2012 O CONTEXTO POLÍTICO E SOCIAL DO GOLPE MILITAR DE 1964 As causas que favoreceram ao golpe militar ocorrido no Brasil no ano de 1964 são umas somatórias de diversos acontecimentos...

    1158  Palavras | 5  Páginas

  • Golpe Militar de 1964 no Brasil

    Golpe Militar de 1964 no Brasil O golpe militar ocorrido a 31 de março de 1964, no Brasil teve, como objetivo adeposição do então Presidente da República João Belchior Marques Goulart(1961-1964). A 1 de abril, os militares assumiram o poder, depois do CongressoNacional declarar vaga a presidência. O sucesso do golpe militar modificou opanorama político do Brasil até 1985, quando se realizaram eleiçõesdemocráticas e Tranquedo Neves foi eleito presidente.João Goulart, ou Jango, como era conhecido...

    1032  Palavras | 5  Páginas

  • Regime Militar no Brasil

    para começar o incêndio. O golpe militar ocorreu dias após o anuncio do presidente quanto as tais reformas. Respondido pela professora de História do Cursinho do XI, Kaili Takamori. golpe de 1964: três anos de conspiração Renúncia de Jânio e Veto a Jango alimentam as ambições militaresque levam ao golpe de 1964 Carla Aranha | 01/04/2005 00h00 Alguém está esmurrando a porta do quarto. Do lado de dentro, o vice-presidente do Brasil acorda assustado e pula da cama para ver o que está acontecendo. Seu...

    3452  Palavras | 14  Páginas

  • 1964. golpe militar

     Hoje em 2014 temos uma nova visão sobre 1964, sobre o golpe e a ditadura com meio século de distância podemos com maior clareza e tranquilidade, fatos impotantes no ocorrido. Em 31 de março de 1964 em General Olímpio Mourão Filho, pricipitou o golpe e consumou com rapidez fuminante, em 1° de abril, derrubou do poder o presidente João Goulart, iniciando assim 21 anos de ditadura militar no Brasil. Essa decisão tomou de surpresa até seus aliados golpistas, inclusive o general Humberto...

    728  Palavras | 3  Páginas

  • Retórica imagética: Ditadura no Brasil 1964

    de 1964, faltavam 21 dias para o golpe do estado que deporia Jango.··. http://blogdomariomagalhaes.blogosfera.uol.com.br/2014/03/12/por-que-derrubaram-jango-10-2/ 2 Justiça enfim reconhece: tortura matou jornalista Vladimir Herzog Naturalizado brasileiro, Vladimir Herzog tornou um dos destaques do movimento pela restauração da democracia no Brasil, depois do golpe militar de 1964. ...

    816  Palavras | 4  Páginas

  • Regime militar

    Historia O Regime militar  foi o período da política brasileira em que militares conduziram o país. Essa época ficou marcada na história do Brasil através da prática de vários Atos Institucionais que colocavam em prática a censura, a perseguição política, a supressão de direitos constitucionais, a falta total de democracia e a repressão àqueles que eram contrários ao regime militar. A Ditadura militar no Brasil teve seu início com o golpe militar de 31 de março de 1964, resultando no afastamento...

    1093  Palavras | 5  Páginas

  • Regime Militar

    REGIME MILITAR BRASILEIRO (1964-85) INTRODUÇÃO Olá, estudante! Seja muito bem-vindo a nossa aula de revisão. Convido você a viajar junto comigo para essa aula de História do Brasil que visa resgatar alguns conceitos fundamentais dos temas estudados: CASTELO BRANCO, COSTA E SILVA, MÉDICI, GEISEL E FIGUEIREDO. Convido-o agora a assistir com muita atenção ao vídeo que se segue do professor Bóris Fausto (USP), e que irá transportá-lo numa viagem no tempo. Vídeo: http://www.youtube...

    4875  Palavras | 20  Páginas

  • Das divergências a união: o discurso político contido nos jornais amapá e a voz católica no ano de 1964

    SOUSA CORRÊA DAS DIVERGÊNCIAS A UNIÃO: O DISCURSO POLÍTICO CONTIDO NOS JORNAIS AMAPÁ E A VOZ CATÓLICA NO ANO DE 1964 MACAPÁ-AP 2008 ADRIANO BENJAMIN DE ANDRADE AILDO JOSÉ PICANÇO DE Trabalho de conclusão de curso apresentado ao colegiado do Curso de Licenciatura Plena...

    23749  Palavras | 95  Páginas

tracking img