Questões Escrava Isaura Com Gabarito artigos e trabalhos de pesquisa

  • A escrava isaura

    MÉTODOS DE ENSINO DO LIVRO A ESCRAVA ISAURA ENSINO MÉDIO Trabalho apresentado à Faculdade Michelangelo como requisito parcial para obtenção da média semestral da disciplina Literatura sob a orientação do Professor Nelson. junho/2009 Brasília-DF SUMÁRIO TEMA 4 OBJETIVO 4 A APRESENTAÇÃO 5 METODOLOGIA 5 CRONOGRAMA 6 BIBLIOGRAFIA 7 TEMA Aplicação da obra Escrava Isaura e a história em sua época...

    655  Palavras | 3  Páginas

  • A Escrava Isaura

    "A Escrava Isaura" foi o seu romance mais popular. Estudou Direito em São Paulo. Foi juiz municipal na cidade de Catalão em Goiás. Foi jornalista, professor de latim, francês, retórico e poética. Estreou como poeta com "Cantos da Solidão", mas foi como romancista que seu nome ganhou destaque. Foi considerado o criador do romance sertanejo e regional, ambientado em Minas Gerais e Goiás. De todos os seus romances "O Seminarista" é considerado sua melhor obra. ° Resumo do livro A Escrava Isaura ...

    657  Palavras | 3  Páginas

  • escrava isaura

    1. Nome da Obra: A Escrava Isaura Autor: Bernardo Guimarães Editora: Martin Claret Ano de Publicação: 2001 Edição: 1 2. FOCO NARRATIVO O foco narrativo do livro Escrava Isaura é na terceira pessoa. 3. PROTAGONISTA Isaura: Uma escrava branca, da cor do marfim, magra, estatura pequena, cabelos longos, muito bonita, pura, virginal, possuía um caráter nobre, inteligente, era dotada de natural bondade e muito singela de coração, além disso, sabia ler e escrever, falava...

    1412  Palavras | 6  Páginas

  • A escrava isaura

    ROMANTISMO: A ESCRAVA ISAURA E.E.E.M LUIZ MANOEL VELOZO VILA VELHA 2013 Nome da Obra: A Escrava Isaura Autor: Bernardo Guimarães Editora: Martin Claret Ano de Publicação: 2001 Edição: 1 ONDE SE PASSA A HISTÓRIA Município de Campos de Goitacases (Rio de Janeiro) e Recife. ÉPOCA DA HISTÓRIA Época da Escravidão. TIPO DE NARRADOR Narrador-Observador COMO É NARRADA A HISTÓRIA A história é narrada na terceira pessoa. PERSONAGENS PROTAGONISTA: Isaura: Uma escrava branca, da cor...

    1220  Palavras | 5  Páginas

  • A Escrava Isaura

    RESUMO (ENREDO) Isaura, escrava de pele branca, foi criada como filha na família em que serve. Foi durante muito tempo a protegida da matriarca, que prometeu que após a sua morte a moça deveria ser liberta. Entretanto, esse último desejo não foi satisfeito e Isaura se tornou propriedade de Leôncio, um jovem sem caráter que por ela se interessa, apesar de casado.  A beleza da jovem cativa desperta paixões em vários dos personagens, além de Leôncio, o jardineiro Belchior, o feitor da fazenda e até...

    1074  Palavras | 5  Páginas

  • Analise Literária do livro Escrava Isaura (incompleto)

    1 - Bibliografia : Bernardo Guimarães (1825-1884) foi romancista e poeta brasileiro. "A Escrava Isaura" foi o seu romance mais popular. Estudou Direito em São Paulo. Foi Juiz municipal , jornalista , professor de latim , francês, retórica e poética. Estreou como poeta com "Cantos da Solidão", mas foi como romancista que seu nome ganhou destaque. Foi considerado o criador do romance sertanejo e regional, ambientado em Minas Gerais e Goiás. De todos os seus romances "O Seminarista" é considerado sua...

    961  Palavras | 4  Páginas

  • Escrava Isaura

    . Autor: Bernardo Guimarães . Obra: Escrava Isaura . Estrutura: Romance . Biografia do Autor: Bernardo Joaquim da Silva Guimarães nasceu em Ouro Preto, Minas Gerais, no dia 15 de agosto de 1825. Ingressou na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco em 1847, aos 24 anos. Foi amigo de Álvares de Azevedo e de Aureliano Lessa. Formou-se em 1852.Seu primeiro livro publicado foi "Cantos da Solidão“, ainda na faculdade.  Além do trabalho como escritor, Bernardo Guimarães foi jornalista, professor...

    1480  Palavras | 6  Páginas

  • A Escrava Isaura: Mulher Escrava

    A REPRESENTAÇÃO DO FEMININO EM A ESCRAVA ISAURA, DE BERNARDO GUIMARÃES: A MULHER ESCRAVA Izabel Cristina Arantes Silva Dias RESUMO:Este trabalho apresenta uma analise da representação do feminino na obra A Escrava Isaura, de Bernardo Guimarães. Ao longo do estudo, é possível perceber a imagem da escravidão de forma paradoxal por meio da heroína Isaura. A composição da personagem perpassa pela realidade de submissão ao seu senhor e inserção na sociedade burguesa.O fato de possuir a cor branca...

    2565  Palavras | 11  Páginas

  • escrava isaura

    feminino em “A Escrava Isaura”, de Bernardo Guimarães. II - PROBLEMA De que maneira se apresenta e se desenvolve o feminino na obra “A Escrava Isaura”, de Bernardo Guimarães? III – OBJETIVOS 3.1 - Objetivo Geral - Identificar como se apresenta e se desenvolve o feminino na obra “A Escrava Isaura”, de Bernardo Guimarães traçando relações com a condição de escrava da personagem foco, Isaura. 3...

    2083  Palavras | 9  Páginas

  • Escrava isaura

    A ESCRAVA ISAURA • ESCOLA LITERÁRIA: Romantismo • ANO DE PUBLICAÇÃO: 1875 • GÊNERO: Romance Regionalista • TEMAS: escravidão, amor • DIVISÃO DA OBRA: 22 capítulos • LOCAL: Campos  de Goitacazes (RJ) e Recife (PE) • NARRAÇÃO: 3ª pessoa ------------------------------------------------- A Escrava Isaura (2004) A Escrava Isaura foi uma telenovela brasileira produzida pela Rede Record e exibida de 18 de outubro de 2004 a 29 de abril de 2005, no horário das 19h30 tendo 167 capítulos. Foi adaptada...

    2454  Palavras | 10  Páginas

  • Escrava isaura

    08 Resumo da Escrava Isaura........................................................................................................09 Conclusão.................................................................................................................................10 Referências Bibliográficas........................................................................................................11 INTRUDUÇÃO O objetivo deste trabalho é analisar o romance A Escrava Isaura, de Bernardo...

    1098  Palavras | 5  Páginas

  • Escrava isaura

    INTRODUÇÃO Escrito em plena campanha abolicionista (1875), o livro conta as desventuras de Isaura, escrava branca e educada, de caráter nobre, vítima de um senhor devasso e cruel. O romance A Escrava Isaura foi um grande sucesso editorial e permitiu que Bernardo Guimarães se tornasse um dos mais populares romancistas de sua época no Brasil. O autor pretende, nesta obra, fazer um libelo anti-escravagista e libertário e, talvez, por isso, o romance exceda em idealização romântica, a...

    3399  Palavras | 14  Páginas

  • escrava isaura

    que aparece, em 1875, um dos maiores sucessos de público do período: A Escrava Isaura, que explora uma das questões mais polêmicas da sociedade brasileira da época, a escravidão. O ENREDO A história se passa nos "primeiros anos do reinado de D. Pedro II", inicialmente em uma fazenda em Campos dos Goitacazes (RJ). Isaura, escrava branca e bem-educada, é assediada pelo seu senhor, Leôncio, recém-casado com Malvina. Isaura se recusa a ceder aos apelos de Leôncio, como já fizera, no passado, sua...

    1711  Palavras | 7  Páginas

  • A Escrava Isaura: Mulher Escrava

    estiveram em evidência neste momento foi a realidade de escravidão unida ao desejo de abolicionismo. Diante disso, este trabalho tem como finalidade analisar a representação do feminino na obra A Escrava Isaura, de Bernardo Guimarães. A personagem Isaura é o fruto da relação entre um feitor e uma escrava. Por consequência, herdou do pai a pele branca e da mãe, a escravidão. Trazia em si a educação e a beleza de uma dama. Por esse motivo, instiga em Leôncio, o seu senhor, uma paixão exorbitante que...

    2202  Palavras | 9  Páginas

  • Resumo Baseado No Livro Escrava Isaura

    livro “A escrava Isaura”. • Capitulo 1 – (O TRISTE CANTO DA ESCRAVA) Nos anos do reinado Sr. D. Pedro II, havia uma fazenda situada município de campos de Goitacase, hamorniosa proporções, a casa apresentava a frente as colinas seu fundo era ocupado por senzalas, pátios, curais e celeiros. Havia na fazenda uma moça com voz melodiosa e suave, chamada Isaura, com cabelos encaracolados, sua pele aparentava uma leve palidez ou cor de rosa. Apesar de sua beleza ela era uma simples escrava. • Capitulo...

    2448  Palavras | 10  Páginas

  • a escrava não é Isaura

    INTRODUÇÃO  Escrito em plena campanha abolicionista (1875), o livro conta as desventuras de Isaura, escrava branca e educada, de caráter nobre, vítima de um senhor devasso e cruel.  O romance A Escrava Isaura foi um grande sucesso editorial e permitiu que Bernardo Guimarães se tornasse um dos mais populares romancistas de sua época no Brasil. O autor pretende, nesta obra, fazer um libelo anti-escravagista e libertário e, talvez, por isso, o romance exceda em idealização romântica, a fim de conquistar...

    2979  Palavras | 12  Páginas

  • A Escrava Isaura (resumo)

    ESCRAVA ISAURA (Resumo) Escrito em plena campanha abolicionista (1875), o livro conta as desventuras de Isaura, escrava branca e educada, de caráter nobre, vítima de um senhor devasso e cruel. O romance A Escrava Isaura foi um grande sucesso editorial e permitiu que Bernardo Guimarães se tornasse um dos mais populares romancistas de sua época no Brasil. O autor pretende, nesta obra, fazer um libelo antiescravagista e libertário e, talvez, por isso, o romance exceda em idealização romântica,...

    1926  Palavras | 8  Páginas

  • A escrava isaura e o romantismo no brasil

    CATARINA Graduação em Letras – Licenciatura em Língua e Literatura Vernáculas Disciplina: Literatura Brasileira I Professor: Dr. Marcio Markendorf ENSAIO LITERÁRIO: A escrava Isaura e o Romantismo no Brasil Aluna: Joice Taú No início do século XIX, idealizava-se no Brasil uma literatura que representasse o autêntico espírito nacional. Este processo de institucionalização da nossa literatura esteve...

    2321  Palavras | 10  Páginas

  • A escrava isaura: literatura e história

    CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE JUIZ DE FORA A ESCRAVA ISAURA: LITERATURA E HISTÓRIA FRANCIANNE AMÉLIA DE OLIVEIRA KÁTIA APARECIDA MOTA LILIANE DORNELAS CRUZ 2005 A ESCRAVA ISAURA: LITERATURA E HISTÓRIA FRANCIANNE AMÉLIA DE OLIVEIRA KÁTIA APARECIDA MOTA LILIANE DORNELAS CRUZ Trabalho apresentado como...

    4802  Palavras | 20  Páginas

  • Damas Negras: De Isaura, Bertoleza e Rita Baiana e a construçao do imaginario

    PUC GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM LETRAS – LITERATURA E CRÍTICA LITERÁRIA DAMAS “NEGRAS”: DE ISAURA A RITA BAIANA E BERTOLEZA – A CONSTRUÇÃO DA PERSONAGEM FEMININA WERIANNY SANTIAGO RASSI Goiânia 2015 WERIANNY SANTIAGO RASSI DAMAS “NEGRAS”: DE ISAURA A RITA BAIANA E BERTOLEZA – A CONSTRUÇÃO DA PERSONAGEM FEMININA Dissertação apresentada ao Programa de Mestrado...

    29036  Palavras | 117  Páginas

  • LIVRO - A Escrava Isaura Bernardo Guimaraes

    sites parceiros apresentados neste link. Quando o mundo estiver unido na busca do conhecimento, e não mais lutando por dinheiro e poder, então nossa sociedade poderá enfim evoluir a um novo nível. Clássicos da literatura A Escrava Isaura Bernardo Guimarães A Escrava Isaura, de Bernardo Guimarães Texto proveniente de: A Biblioteca Virtual do Estudante Brasileiro <http://www.bibvirt.futuro.usp.br> A Escola do Futuro da Universidade de São Paulo Permitido o uso apenas para fins educacionais. Agosto...

    53477  Palavras | 214  Páginas

  • A Escrava Isaura

    A escrava Isaura Autor: Bernardo Guimarães Editora: Martin Claret Ano de publicacão: 2001 Edicao: 1 Personagens: Isaura: escrava de pele branca, é filha de um português com uma escrava negra. Foi criada como filha pela família que a possuía, porém, com a morte da matriarca que era sua protetora fica a mercê das crueldades de seu filho, Leôncio. Leôncio: com a morte dos pais se torna o dono de Isaura. É casado, porém apaixonado pela escrava. Homem sem escrúpulos fará todo o possível para possuí-la...

    1576  Palavras | 7  Páginas

  • Livro Escrava Isaura

    ESCRAVA ISAURA Nos idos dos primeiros anos do reinado do senhor, D. Pedro II, no bem nutrido solo de Goycatazes, à margem do Paraíba, a pouca distância da vila de Campos, existia uma linda e magnífica fazenda. Havia nessa fazenda, uma suntuosa casa de proporções harmoniosas. O tempo era belo, o sol não havia ainda se posto e o silêncio que reinava na vivenda, foi quebrado pela canção de uma voz única, ampla e de excelente organização vocal. As tão agrádaveis notas daquele cantar se misturavam...

    978  Palavras | 4  Páginas

  • A ESCRAVA ISAURA

    Isaura, escrava de pele branca, foi criada como filha na família em que serve. Foi durante muito tempo a protegida da matriarca, que prometeu que após a sua morte a moça deveria ser liberta. Entretanto, esse último desejo não foi satisfeito e Isaura se tornou propriedade de Leôncio, um jovem sem caráter que por ela se interessa, apesar de casado.   A beleza da jovem cativa desperta paixões em vários dos personagens, além de Leôncio, o jardineiro Belchior, o feitor da fazenda e até o irmão de Malvina...

    914  Palavras | 4  Páginas

  • Escrava Isaura

    conta a historia de Isaura, uma linda escrava que morava em uma linda fazenda em Campos de Goitacazes no estado do Rio de Janeiro. Isaura era filha de uma escrava e de um feitor com nome de Miguel. Isaura foi criada pela mulher do pai de Leôncio, que era bondosa e tinha o desejo de libertar Isaura. Leôncio era dono de escravos e uma bela fazenda que herdou de seu pai. Casou-se com Malvina mais nutre por Isaura o mais cego e violento amor. Malvina era uma mulher dócil e tratava Isaura muito bem. Henrique...

    606  Palavras | 3  Páginas

  • Resumo "Escrava Isaura"

    DESENVOLVIMENTO Pelo que entendi deste livro, Isaura, escrava de pele branca, foi criada como filha na família em que serve. Foi durante muito tempo a protegida da matriarca, que prometeu que após a sua morte a moça deveria ser liberta. Entretanto, esse último desejo não foi satisfeito e Isaura se tornou propriedade de Leôncio, um jovem sem caráter que por ela se interessa, apesar de casado.   A beleza da jovem cativa desperta paixões em vários dos personagens, além de Leôncio, o jardineiro...

    514  Palavras | 3  Páginas

  • Escrava Isaura

    Escrava Isaura Narrador: Isaura era filha de uma mulata clara com o antigo feitor da fazenda de escravos, um português. O comendador, pai do senhor Leôncio, tentou de inúmeras maneiras seduzir mãe de Isaura, mas ela resistiu. O comendador então a entregou para Miguel, pra que ele a colocasse na roça. Porem ela e Miguel se apaixonaram e Isaura nasceu na senzala. O comendador ao descobrir a façanha expulsou Miguel e tratou a escrava mãe de Isaura tão mal que a matou. Cena 1 Sai o narrador e entra...

    531  Palavras | 3  Páginas

  • Escrava isaura

    scrav isauraA Escrava Isaura | O livro trata de Isaura, escrava que nasceu quase branca e é tratada como filha por sua sinhá, alvo da luxúria e paixão de Henrique (fugazmente), Leôncio (maléfica, controladora e luxuriante), Belchior (ridícula, servil e confusa) e Álvaro (pura e amorosamente). Outros sentimentos dirigidos a Isaura incluem a inveja de Rosa (outra escrava, preterida por Leôncio como amante)e o carinho de seu pai Miguel. No começo trata-se do passado de sua mãe, maltratada por...

    867  Palavras | 4  Páginas

  • Escrava isaura

    A Escrava Isaura Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. A Escrava Isaura é um romance de Bernardo Guimarães que teve sua primeira edição publicada em 1875, pela Casa Garnier, Rio de Janeiro. Com o romance, Bernardo Guimarães obteve fama, sendo reconhecido até pelo imperador do Brasil, Dom Pedro II.[1] No livro são contadas as aventuras e desventuras de uma bela escrava mestiça em busca de sua liberdade. * Na primeira parte, Isaura está na fazenda em Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro...

    2319  Palavras | 10  Páginas

  • Roteiro - A escrava isaura

    A Escrava Isaura Isaura: Sandra Leôncio: Nailson Álvaro: Eduardo Malvina: Carol Belchior: Bia Narrador: Pietro Narrador: A escrava Isaura era filha de uma escrava com um capataz da fazenda, educada como branca, mas sempre mantida como escrava, assim sempre foi à vida de Isaura a escrava branca. Isaura: Como minha mãe sofreu, assim será meu destino também. Leôncio: Isaura se você não fizer os meus desejos e prazeres, vai direto pra senzala. Já que não há ninguém para proejá-la agora. ...

    565  Palavras | 3  Páginas

  • Resumo do livro a escrava isaura

    (Bernardo Guimarães) A ESCRAVA ISAURA "O coração é livre; ninguém pode escravizá-lo, nem o próprio dono." Em uma magnífica fazenda, no município de Campos de Goitacases (RJ), morava Isaura, uma linda escrava de cor de marfim. Isaura era filha de uma bonita escrava que por não se sujeitar aos sórdidos desejos do senhor comendador Almeida (dono da casa) sofreu as mais terríveis privações. Esta escrava teve um caso com o feitor Miguel, que era um bom homem e não aceitou castigá-la como...

    950  Palavras | 4  Páginas

  • A Escrava Isaura

    A escrava Isaura Personagens: Isaura Uma escrava branca, da cor do marfim, magra, estatura pequena, cabelos longos, muito bonita, pura, virginal, possuía um caráter nobre, inteligente, era dotada de natural bondade e muito singela de coração, além disso, sabia ler e escrever, falava italiano, francês e tocava piano. Leôncio é o vilão leviano, devasso e insensível que, de “criança incorrigível e insubordinada” e adolescente que sangra a carteira do pai com suas aventuras, acaba por tornar-se um...

    1164  Palavras | 5  Páginas

  • ANALISE DA OBRA ESCRAVA ISAURA

    A ESCRAVA ISAURA BERNARDO GUIMARÃES ANALISE DA OBRA O AUTOR Nascido em Ouro Preto – MG, Bernardo Joaquim da Silva Guimarães (1825 – 1884) foi romancista e poeta brasileiro do Romantismo. Filho do poeta João Joaquim da Silva Guimarães e de Constança Beatriz de Oliveira Guimarães. Bacharelou-se em Direito na cidade de São Paulo no começo de 1852. Nesse ano publicou Cantos da solidão (poesia). Tornou-se juiz em Catalão-GO e, em seguida, estudou também jornalismo e crítica literária no Rio de Janeiro...

    829  Palavras | 4  Páginas

  • Roteiro Teatro: A Escrava Isaura

    A Escrava Isaura Cena 1 (Entra o Narrador) Narrador: Filha de Escrava, com um Capitão do Mato, Educada como branca mas sempre criada e tratada como escrava, assim sempre foi a vida de Isaura a escrava branca. (Sai o Narrador e, Entra mãe de Isaura, sendo agredida com chibatadas nas costas e gritos de dor, logo o foco se transfere para a moça Isaura, passando pelo mesmo sofrimento e humilhação, que a anos sua mãe passara). Isaura: Como mainha sofreu nas mãos de seu senhor, assim também será...

    929  Palavras | 4  Páginas

  • Análise de "A Escrava Isaura"

    (1875), o livro conta as desventuras de Isaura, escrava branca e educada, de caráter nobre, vítima de um senhor devasso e cruel. Em A escrava Isaura, Bernardo Guimarães se une aos abolicionistas do Brasil e dá voz ao drama dos escravos. O livro não deixa de apresentar, porém, uma das características mais marcantes do escritor: a linguagem simples, de contador de casos, em que se revela o cotidiano das províncias brasileiras do século XIX. A escrava Isaura é um romance romântico com pretensões abolicionistas...

    1745  Palavras | 7  Páginas

  • analise do livro A escrava Isaura

    sobre um livro da época do Romantismo. Como exemplo, o meu livro A escrava Isaura, de Bernardo Guimarães. ANALISE LITERÁRIA DO LIVRO “A ESCRAVA ISAURA” Bernardo Guimarães nasceu em 1825 na Cidade de Ouro Preto (MG). Em 1848 fez faculdade de Direito. Em 1852 foi morar em Catalão, onde foi nomeado juiz municipal. Em 1875 escreveu “A escrava Isaura”, sua obra mais famosa, que o elevou à condição de destaque no cenário...

    864  Palavras | 4  Páginas

  • A Escrava Isaura

    Literaturas Fichamento A Escrava Isaura 1. Dados sumários do autor e obra; - Título da Obra: A Escrava Isaura - Autor: Bernardo Guimarães - Editora: L&PM 2. Das Personagens; - Nomeie as mais importantes: Isaura (Elvira), Álvaro, Leôncio, Malvina, Comendador Almeida, esposa do Comendador Almeida, Henrique, Miguel (Anselmo), Belchior, Rosa, André, Tia Joaquina, Dr. Geraldo, Martinho. - Traços físicos e psicológicos da personagem central: Isaura: Escrava de pele branca, foi criada e educada...

    1285  Palavras | 6  Páginas

  • A escrava isaura

    ROMANTISMO | A Escrava Isaura | Bernardo Guimarães | | Márcia Fonseca de Oliveira | 18 de Abril de 2012 | Biografia do autor, justificativa do Título, características do Romantismo na Obra e curiosidades sobre a obra e o autor. Sendo os componentes do Trabalho: Thiago, Marilza, Eser, Luana e Ruliano. | INTRODUÇÃO Em a Escrava Isaura, a temática abolicionista é tratada com simpatia e a ação se Passa no Rio e em Recife. A nota abolicionista soa neste romance considerado uma réplica...

    1554  Palavras | 7  Páginas

  • A Escrava Isaura-Bernardo Guimarães

    A Escrava Isaura – Bernardo Guimarães I- O Autor: Nasceu em Ouro Preto, em 1825. Cursou Direito em São Paulo, onde foi colega de Álvares de Azevedo. Formado, vai ser juiz em Catalão [Goiás]. Foi Jornalista e professor de Retórica e Poética do Liceu Mineiro. Mineiro. Em Queluz, ministrou aulas de latim e francês. Poucos anos depois, voltou a Ouro Preto, onde faleceu em 1884. Bernardo Guimarães é o criador do romance sertanejo e regional, fixando as paisagens e costumes de Minas Gerais e Goiás. IIII-...

    880  Palavras | 4  Páginas

  • livro a escrava isaura

    Seminário de a escrava Isaura Tendo o livro A Escrava Isaura de Bernardo Guimarães (1875) como fonte para a elaboração do tema de nossa pesquisa  e partindo do requisito História e Literatura, buscamos analisar a mulher, suas conquistas, seu desempenho na sociedade, seu relacionamento familiar, a sua vida. Levando em conta que a obra foi publicada em meio ao Romantismo, que teve como característica principal à idealização da mulher, bem nítida no romance.  A personagem Isaura representa a mulher...

    592  Palavras | 3  Páginas

  • Roteiro de teatro Escrava Isaura

    ROTEIRO DE ESCRAVA ISAURA PERSONAGENS: (onze personagens mais o narrador que lê alguns trechos) Isaura......................escrava branca Leôncio...................dono de Isaura Álvaro.....................amor de Isaura Geraldo...................amigo de Álvaro Malvina...................mulher de Leôncio Martinho.................moço que descobre o paradeiro de Isaura Ancelmo................. pai de Isaura Belchior .................jardineiro da fazenda (sem falas) Feitor (uma fala) ...

    1235  Palavras | 5  Páginas

  • A ESCRAVA ISAURA

    A ESCRAVA ISAURA Álvaro: Oh, Isaura, bela Isaura por quem me apaixonei desde o primeiro dia que a vi, que fez meu mundo mais feliz, que fez ver de como a vida é boa, mas é em prantos e com a fúria de dez dragões que falo, quem a vê não sabe, mas a triste realidade é que ela é uma escrava de um senhor sem coração, tal de Leôncio, canalha se eu o pego... Geraldo: Acalme-se Álvaro tudo isso vai passar você irá encontrar um meio de tirar sua amada das garras, desse Leônc... Álvaro: POR FAVOR, GERALDO...

    685  Palavras | 3  Páginas

  • a escrava isaura

    Isaura, escrava de pele branca, foi criada como filha na família em que serve. Foi durante muito tempo a protegida da matriarca, que prometeu que após a sua morte a moça deveria ser liberta. Entretanto, esse último desejo não foi satisfeito e Isaura se tornou propriedade de Leôncio, um jovem sem caráter que por ela se interessa, apesar de casado. A beleza da jovem cativa desperta paixões em vários dos personagens, além de Leôncio, o jardineiro Belchior, o feitor da fazenda e até o irmão de Malvina...

    518  Palavras | 3  Páginas

  • Pequena análise do livro Escrava Isaura

    INTRODUÇÃO Este trabalho irá falar sobre o livro “A Escrava Isaura” de Bernardo Guimarães. Este trabalho irá mostrar a vida e obra do autor, o enredo, irá mostrar sobre a linguagem usada no livro e falar um pouco mais sobre o clássico preconceito contra as diferentes raças. Sobre o livro O livro “A escrava Isaura” de Bernardo Guimarães, foi um livro de grande sucesso, garantindo um espaço na televisão em forma de Novela, também garantiu um espaço...

    961  Palavras | 4  Páginas

  • Resumo do livro Escrava Isaura

    uma bela fazenda, no município de Campos de Goitacases (RJ), morava Isaura, uma linda escrava de pele clara. Isaura era filha de uma bonita escrava que por não se sujeitar aos desejos do senhor comendador Almeida (dono da casa) sofreu as mais terríveis privações. Esta escrava teve um caso com o feitor Miguel, que era um bom homem e não aceitou castigá-la como mandou o seu senhor, sendo Isaura fruto desse relacionamento. Isaura foi educada pela mulher do comendador, e era dotada de natural bondade...

    955  Palavras | 4  Páginas

  • A escrava isaura

    O papel da mulher na sociedade do século XIX 7 Comparação da obra com a atualidade 8 Bibliografia 9 INRODUÇÃO Escrito em plena campanha abolicionista, o livro conta as desventuras de Isaura, escrava branca e educada, de caráter nobre, vítima de um senhor devasso e cruel. O romance “A escrava Isaura” foi um grande sucesso editorial e permitiu que Bernardo Guimarães se tornasse um dos mais populares romancistas de sua época no Brasil. O autor pretende, nesta obra, fazer um ato ati-escravagista...

    1989  Palavras | 8  Páginas

  • Escrava Isaura, Seminário Literário

    Seminário Literário 1. Dados 2. Personagens 3. Ambiente 4. Enredo 5. Mensagem 6. Estilo 7. Conclusão 1. Dados O Título da Obra é Escrava Isaura cujo autor é Bernardo Guimarães. Filho de João Joaquim da Silva Guimarães, também poeta, e de Constança Beatriz de Oliveira Guimarães. Casou-se com Teresa Maria Gomes de Lima Guimarães, e tiveram oito filhos: João Nabor, Horário, Constança, Isabel, Affonso, José, Bernardo e Pedro. Formou-se na Faculdade de Direito de São Paulo, em 1847,...

    793  Palavras | 4  Páginas

  • Folhetim sobre o livro a Escrava Isaura e A Última Música

    FOLHETIM A escrava Isaura Isaura era filha de uma mulata, mucama da esposa de um comendador (Herdando a mesma condição que sua mãe prisioneira- Que morreu ainda quando Isaura era muito pequena). Durante muito tempo a mãe de Isaura fora assediada pelo comendador, mas sempre dando mostras de repugnância por seus modos libertinos. Por isso o comendador a enviou ao feitor, para que este não a poupasse do trabalho pesado. Mas este tinha bom coração, vindo a apaixonar-se pela escrava, de maneira que...

    721  Palavras | 3  Páginas

  • Isaura

    2m2 Matheus Lima nº24 Matheus Carvalho n°27 Tauan Nascimento nº32 Yago Félix n°36 A Escrava Isaura - Bernardo Guimarães Biografia do autor Nascido em Ouro Preto, Bernardo Guimarães (1825-1884) é conhecido pelos seus romances de cunho regional. Além de escritor, foi jornalista, professor e assumiu o cargo de juiz municipal em Goiás, pois era formado em Direito (no período de 1852 a 1854). O fato de conviver com pessoas, costumes e paisagens do interior do Brasil faz com que...

    2084  Palavras | 9  Páginas

  • A Escrava Isaura

    Minas Gerais e Goiás. Seu romance mais popular foi "A Escrava Isaura", publicado em 1875, foi reproduzido para a televisão, com grande sucesso e levado para mais de 150 países. O romance conta o amor de Isaura, uma escrava branca, e Álvaro um jovem abolicionista e republicano. Bernardo Joaquim da Silva Guimarães faleceu no dia 10 de março de 1884, em Ouro Preto, Minas gerais. FOCO NARRATIVO: TERCEIRA PESSOA  ‐  O romance A Escrava Isaura é narrado na terceira pessoa (narrador onisciente). O narrador...

    517  Palavras | 3  Páginas

  • Escrava Esaura

    " A Escrava Isaura " Aluno: Dionathas Costa RA: 2289473309 Curso: Eng.Eletrica 3° Semestre / Diurno Atividades Complementares Autor: Bernardo Guimarães publicado em 1875, época da escravidão Livro: A Escrava Isaura A...

    871  Palavras | 4  Páginas

  • Resumo Ecrava Isaura

    Isaura, escrava de pele branca, foi criada como filha na família em que serve. Foi durante muito tempo a protegida da matriarca, que prometeu que após a sua morte a moça deveria ser liberta. Entretanto, esse último desejo não foi satisfeito e Isaura se tornou propriedade de Leôncio, um jovem sem caráter que por ela se interessa, apesar de casado. A beleza da jovem cativa desperta paixões em vários dos personagens, além de Leôncio, o jardineiro Belchior, o feitor da fazenda e até o irmão de Malvina...

    614  Palavras | 3  Páginas

  • Resumo Escrava Izaura

    bela fazenda, no município de Campos de Goitacases (RJ), morava Isaura, uma linda escrava de cor de marfim. Isaura era filha de uma bonita escrava que por não se sujeitar aos sórdidos desejos do senhor comendador Almeida (dono da casa) sofreu as mais terríveis privações. Esta escrava teve um caso com o feitor Miguel, que era um bom homem e não aceitou castigá-la como mandou o seu senhor, sendo Isaura fruto desse relacionamento. Isaura foi educada pela mulher do comendador, e era dotada de natural...

    961  Palavras | 4  Páginas

  • A obra Escrava Isara

     Bernardo Guimarães e a obra A Escrava Isaura Bernardo Guimarães (1825-1884) nasceu no dia 15 de agosto, na cidade de Ouro Preto, em Minas Gerais. Filho de João Joaquim da Silva Guimarães e Constança Beatriz de Oliveira Guimarães. Estudou no seminário e aos 22 anos ingressou na Faculdade de Direito de São Paulo. Na faculdade, conheceu Álvares de Azevedo e Aureliano Lessa, os três poetas se tornaram amigos. Seu primeiro livro publicado foi "Cantos da Solidão", obra poética identificada com...

    529  Palavras | 3  Páginas

  • Tarefa Escrava Isaura

    Produção Cientifica Professora: Sandra Regina Côrrea Brant PROPOSTA DE TEMA DE PESQUISA Tema: A crítica social da obra Escrava Isaura na História do Brasil. Problema de pesquisa: De que forma o vocabulário crítico regionalista presente na obra “Escrava Isaura” influenciou a história do Brasil? Objetivo Geral: Analisar a crítica social da obra “Escrava Isaura” de Bernardo Guimarães. Objetivos Específicos: Estudar e observar o contexto físico e social brasileiro na época em que...

    1219  Palavras | 5  Páginas

  • Escrava Isaura

    QUESTÃO 11 Leia com atenção o trecho extraído de A Escrava Isaura, de Bernardo Guimarães. Assinale a alternativa INCORRETA a respeito da obra. Acha-se ali sozinha e sentada ao piano uma bela e nobre figura de moça. As linhas do perfil desenham-se distintamente entre o ébano da caixa do piano e as bastas madeixas ainda mais negras do que ele. São tão puras e suaves essas linhas, que fascinam os olhos, enlevam a mente e paralisam toda análise. A tez é como o marfim do teclado, alva que não...

    3936  Palavras | 16  Páginas

  • Trabalho do livro o cortiço de aluísio azevedo

    Descrições dos personagens O cortiço é a principal personagem do romance. João Romão: português ambicioso, dono do cortiço e de uma pedreira, ascensão social através da exploração, enganador e miserável, mora junto com Bertoleza. Bertoleza: negra e escrava fugida, quitandeira, trabalha como uma máquina, mostra-se ingênua e fiel a João Romão, sonha com a liberdade. Miranda: negociante português, morador do sobrado, não era feliz no casamento, oportunista ganancioso e principal opositor de João Romão...

    1396  Palavras | 6  Páginas

  • A escrava que não é Isaura

    A Escrava que não é Isaura- Mário de Andrade Esse texto maravilhoso de Mário de Andrade, foi publicado na revista Estética em 1925 e alguns trechos foram apresentado na Semana da Arte Moderna em 1922. É o primeiro tratado de poética moderna escrito aqui no Brasil. Esse ensaio tem por subtítulo: "Discurso sobre algumas tendências da poesia modernista" e é iniciado com uma fábula sobre a poesia: "Gosto de falar por parábolas como Cristo". O primeiro homem depois da criação de Eva, plagia Deus tirando...

    674  Palavras | 3  Páginas

  • Antropologia - questões de gênero na literatura infantil

    implícitos em seu enredo. Tais valores podem ser debatidos no âmbito moral, social, racial, econômico, de gênero, etc. Os aspectos embutidos nos contos infantis a serem considerados neste trabalho são inerentes à questão de gênero e, principalmente, as questões ligadas ao papel das mulheres enquanto personagem de tais narrativas, a fim de compreender, segundo Laplantine, como “a imagem que o ocidental se fez da alteridade (e correlativamente de si mesmo) não parou, portanto, de oscilar”, também na forma...

    2746  Palavras | 11  Páginas

  • A Escrava Isaura

     A Escrava Isaura é uma telenovela brasileira produzida pela Rede Record de Televisão e exibida entre 18 de outubro de 2004 e 29 de abril de 2005, totalizando 167 capítulos, 27 a mais que o originalmente previsto. Escrita por Tiago Santiago, Anamaria Nunes com colaboração de Altenir Silva e dirigida por Herval Rossano, Fábio Junqueira, Emílio Di Biasi e Flávio Colatrello Jr., é inspirada no romance homônimo de 1875, escrito porBernardo Guimarães. A classificação indicativa da novela é de livre...

    505  Palavras | 3  Páginas

tracking img