Qual O Efeito Da Expansão Monetária Na Taxa De Juros artigos e trabalhos de pesquisa

  • Política Monetária e Política Fiscal

    CIÊNCIAS ECONÔMICAS paulo josé amoury TESCH POLÍTICA MONETÁRIA E POLÍTICA FISCAL São Luís - MA 2014 paulo josé AMOURY TESCH POLÍTICA MONETÁRIA E POLÍTICA FISCAL Trabalho voltado à disciplina de Macroeconomia com objetivo de avaliação. São Luís - MA 2013 03. MACROECONOMIA 03.01. As Políticas Fiscal e Monetária: Qual delas é Fundamental para a Demanda Agregada? A revolução...

    7913  Palavras | 32  Páginas

  • Política monetária no brasil e a taxa básica de juros

    DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DISCIPLINA DE MACROECONOMIA POLÍTICA MONETÁRIA NO BRASIL E A TAXA BÁSICA DE JUROS JULHO DE 2011 INTRODUÇÃO Em 20 de julho, data de sua próxima reunião, o Comitê de Política Monetária (COPOM) deverá repetir a última decisão tomada - subir os juros básicos em um quarto de ponto percentual para 12,5% ao ano, uma das taxas mais altas do mundo. Com isso, ampliará a transferência de renda de devedores a credores, agravará a dinâmica fiscal e induzirá a uma...

    6116  Palavras | 25  Páginas

  • Levantamento politica monetaria do brasil periodo de 1994 ate 2010

    ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS: LEVANTAMENTO DA POLÍTICA MONETÁRIA DO BRASIL NO PERÍODO DE 1994 A 2010 CAMPINAS 2013 MARCIA MANDELLI VINICIUS SANTOS CONCEIÇÃO SILVA RENATA CRISTINA MELENDE SOLANGE Atividades práticas supervisionadas...

    15806  Palavras | 64  Páginas

  • Politica fiscal e monetaria

    POLÍTICA FISCAL MONETÁRIA EM ECONOMIA ABERTA E FECHADA O mundo de hoje não comporta mais aquele tipo de economia fechada, idealizada principalmente por alguns movimentos socialistas da primeira metade do século passado. As economias modernas são, todas elas, abertas, isto é, exportam parte dos bens e serviços que produzem e importam parte dos bens e serviços que consomem. As economias abertas também emprestam e tomam empréstimos nos mercados financeiros mundiais, investem...

    2143  Palavras | 9  Páginas

  • POLÍTICA MONETÁRIA

    Política Econômica Brasileira, Fiscal, Monetária e Câmbial Orientador: ASSIS MAURO AVELAR VIANA NOMES DO ALUNO: MOREIRA, Hugo Leonardo Belo Horizonte / MG 1º semestre / 2015 Política Monetária A política monetária, segundo Rossetti (1998, p.253), pode ser definida como “o controle da oferta de moeda e das taxas de juros, no sentido de que sejam atingidos os objetivos da política econômica global do governo.” As autoridades monetárias podem exercer o controle da oferta de moeda...

    1719  Palavras | 7  Páginas

  • Politica Monetaria

    Anhanguera Educacional Campinas 2014 Política monetária A política monetária trata da oferta de moeda, ou seja, a quantidade de moeda que eu tenho no mercado e consequentemente o preço dessa moeda que é a taxa de juros. Podemos ter uma política monetária expansionista ou contracionista, lembrando que as diretrizes e normas da política monetária são definidas pela CMN (Conselho Monetário Nacional) e a execução é do banco central. Política monetária expansionista: Pressupõe aumento da oferta de moeda...

    2123  Palavras | 9  Páginas

  • POLÍTICA MONETÁRIA: UM ESTUDO SOBRE POLÍTICA MONETÁRIA NO GOVERNO FHC PRIMEIRO MANDATO

     ECONOMIA E NEGÓCIOS POLÍTICA MONETÁRIA UM ESTUDO SOBRE POLÍTICA MONETÁRIA NO GOVERNO FHC PRIMEIRO MANDATO BÁRBARA C. POU R.A:A99BCD-7 EDIVÂNIA S.A. EUGÊNIO R.A:A96699-4 ADMINISTRAÇÃO 1º SEMESTRE – SALA 562 CAMPUS MARQUÊS SÃO PAULO 2011 Política Monetária Política Monetária pode ser definida como o controle da oferta da moeda e das taxas de juros, no sentido de que sejam atingidos os objetivos da política econômica global do...

    1591  Palavras | 7  Páginas

  • O BANCO CENTRAL E OS INSTRUMENTOS DE POLÍTICA MONETÁRIA PONTOS CHAVE

    Exercício 3 AS GRANDES QUESTÕES MACROECONÔMICAS DO NOSSO TEMPO - O Banco Central e os instrumentos de política monetária - As políticas fiscal e monetária: qual delas é fundamental p/ a demanda agregada - Oferta agregada : de que maneira podem inflação e desemprego coexistir - Porque a economia é instável ? O BANCO CENTRAL E OS INSTRUMENTOS DE POLÍTICA MONETÁRIA PONTOS CHAVE O Banco Central do Brasil (BACEN) é a instituição responsável pelo controle dos meios de pagamento...

    3252  Palavras | 14  Páginas

  • A politica monetaria e o plano real

    A POLÍTICA MONETÁRIA NO BRASIL PÓS-REAL Resumo: este trabalho descreve algumas características da política monetária no Brasil a partir de implantação do Plano Real, no segundo semestre de 1994, ressaltando os elementos institucionais principais nessa evolução: a introdução da programação monetária e o aumento dos recolhimentos compulsórios, em 1994, a transformação da assistência financeira de liquidez no redesconto e a criação do Comitê de Política Monetária (COPOM), em 1996, e a mudança de...

    6324  Palavras | 26  Páginas

  • Crises monetarias

    brevemente: a) As decisões de investimento dependem da taxa real de juros. A escolha entre moeda e títulos depende da taxa nominal de juros. A taxa real de juros entre na relação IS, enquanto a taxa nominal de juros entra na relação LM. Verdadeira, os efeitos da política monetária sobre o produto dependem de como as variações da taxa nominal de juros se traduzem em variações da taxa real de juros. b) Enquanto a inflação permanecer aproximadamente...

    2843  Palavras | 12  Páginas

  • ANTECEDENTES, IMPLANTAÇÃO E IMPACTOS DA POLÍTICA MONETÁRIA NO PLANO REAL (1994-2007)

    IMPACTOS DA POLÍTICA MONETÁRIA NO PLANO REAL (1994-2007) NITERÓI 2013 IRVINNG ALEGRE DOS SANTOS MAGALHÃES LAGE ANTECEDENTES, IMPLANTAÇÃO E IMPACTOS DA POLÍTICA MONETÁRIA NO PLANO REAL (1994-2007) Monografia apresentada como prérequisito para obtenção do grau de Bacharel em Ciências Econômicas Orientador: Prof. Luiz Fernando Cerqueira NITERÓI 2013 IRVINNG ALEGRE DOS SANTOS MAGALHÃES LAGE ANTECEDENTES, IMPLANTAÇÃO E IMPACTOS DA POLÍTICA MONETÁRIA NO PLANO REAL (1994-2007) ...

    26742  Palavras | 107  Páginas

  • politica monetaria

    MOEDA E POLÍTICA MONETÁRIA  Moeda é um instrumento ou objeto aceito pela coletividade para intermediar as transações econômicas, para pagamento de bens e serviços. As Funções da Moeda: a) Meio de troca; b) Unidade de conta; c) Reserva de valor. Tipos de Moeda -Moeda Metálica; -Papel Moeda; -Moeda Escritural ou bancária. Oferta de Moeda  A moeda pode ser ofertada pelas autoridades monetárias e pelos bancos comerciais.  Os meios de pagamentos constituem o total de moeda...

    1700  Palavras | 7  Páginas

  • Macroeconomia (politica fiscal e monetária no governo de Luiz Inácio Lula da Silva )

    INTRODUÇÃO: As políticas econômicas podem ser divididas em: Política Fiscal, Política Monetária, Política de Renda, Política Cambial e Comercial. Entendem-se como Políticas Econômicas, as ações tomadas pelo governo, que, utilizando instrumentos econômicos, buscam atingir determinados objetivos macroeconômicos. É papel do Governo, zelar pelos interesses e pelo bem-estar da comunidade em geral. Para esta finalidade, o setor público, enquanto um agente econômico de peso dentro do sistema procura...

    2647  Palavras | 11  Páginas

  • POLÍTICA MONETÁRIA

     POLÍTICA MONETÁRIA 1. Introdução 2. Política Monetária: 2.1 Política Monetária e Regime Cambial 2.2 Instrumentos de Política Monetária 2.3 Objetivos da Política Monetária 3. O Banco Central do Brasil 3.1 Funções do Banco Central 3.1.1 Atuação na Política Monetária 3.1.2 Controle das Operações de Crédito 3.1.3 Atuação na política cambial e relações financeiras com o exterior 3.1.4 Supervisão e ordenamento do Sistema Financeiro Nacional e do Sistema...

    3257  Palavras | 14  Páginas

  • Politica monetaria

    Hipoteses 9 1.2.2 Justificativa 9 REVISÃO DE LITERATURA 10 2.1 INSTRUMENTOS DE POLÍTICA MONETÁRIA EM MOÇAMBIQUE. 12 3.1. Activos Internos Líquidos (AIL’s) 14 3.2. Reservas Obrigatórias 15 3.3. Política de Redesconto 16 3.4. Mercado Monetário Interbancário (MMI) 16 3.4.1. Permuta de Liquidez 17 3.4.2. Operações de Mercado Aberto 17 3.4.2.1. Bilhetes de Tesouro 17 3.4.2.2. Títulos de Autoridade Monetária 17 3.4.2.3. Facilidades Permanentes de Cedência e de Absorção de Liquidez 17 3.5. Mercado...

    10984  Palavras | 44  Páginas

  • TAXA SELIC GOVERNO DILMA

    Dilma: É melhor juros altos ou juros baixos para o crescimento do Brasil? Atividade auto-instrucional apresentado ao professor Fabricio Oliveira Cruz da disciplina Macroeconomia, da turma 3NB, turno noite, do curso de Administração. BELO HORIZONTE MAIO - 20114 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 4 2. RESIVÃO TEÓRICA SOBRE POLÍTICA MONETÁRIA 5 3. COMO A POLÍTICA MONETÁRIA AFETA A TAXA DE JUROS 7 4. COMPORTAMENTO DA SELIC NO BRASIL 5. EFEITOS DA TAXA DE JUROS NO BRASIL ...

    3885  Palavras | 16  Páginas

  • Os efeitos das políticas monetárias e fiscais em uma economia

    Módulo: Atividade: Título: Os efeitos das políticas monetárias e fiscais em uma economia Aluno: Diego de S. Das Neves Disciplina: Introduçao a economia Turma: 18 Introdução Nesta apresentação abordarei os efeitos que as politicas monetarias e fiscais tem em uma economia, demonstrando claramente que trata-se de uma ciência humana e não exata. As diversas medidas que os Conselhos Monetários tomam, criam um efeito cascata diretamente proporcional á reação da sociedade. Com metas estipuladas...

    1745  Palavras | 7  Páginas

  • Oferta de Moeda e a Política Monetária

    Política Monetária 3.1. As Operações do Banco Central e a Base Monetária 3.2. O Multiplicador da Moeda e a Oferta de Moeda 3.3. A Oferta Monetária e a Restrição Orçamentária Governamental 3.4. O Equilíbrio no Mercado Monetário 3.5. A Política Monetária 3.6. A Moeda e as Taxas de Câmbio e de Juros Anexo: O Papel da Política Monetária (Milton Friedman) 3.1. As Operações do Banco Central e a Base Monetária Os três tipos de operações mais comuns usados pelas autoridades monetárias para alterar...

    14139  Palavras | 57  Páginas

  • Política monetária

    atividade apresentaremos os conceitos de política monetária, que representa a atuação das autoridades monetárias, por meio de instrumentos de efeito direto ou induzido, com o propósito de se controlar a liquidez global do sistema econômico. A correta aplicação dos instrumentos de políticas monetárias é o que garante o controle e a manutenção do crescimento econômico. A política monetária pode se apresentada basicamente de duas formas: Política Monetária Restritiva: engloba um conjunto de medidas...

    1442  Palavras | 6  Páginas

  • Taxa de juros

    1. Introdução. 2. História da Taxa de Juros. 3. Taxa Básica de Juros. 4. Taxa Preferencial de Juros. 5. Juros Simples. 6. Juros Composto. 7. Taxa SELIC. 8. Qual sua importância para a Economia? 9. O que é COPOM? Quem participa de suas reuniões? 10. Porque se aumenta a taxa Selic para combater a inflação? 11. Quais os efeitos colaterais desse aumento. 12. O que ocorre quando se reduz a taxa Selic? 13. Quais os efeitos colaterais dessa redução. 14...

    1463  Palavras | 6  Páginas

  • UM ESTUDO SOBRE O IMPACTO DA POLÍTICA FISCAL NA TAXA DE JUROS DE CURTO PRAZO

    ESTUDO SOBRE O IMPACTO DA POLÍTICA FISCAL NA TAXA DE JUROS DE CURTO PRAZO SÃO PAULO, 2012 RODRIGO WANG DE FARIA BARROS UM ESTUDO SOBRE O IMPACTO DA POLÍTICA FISCAL NA TAXA DE JUROS DE CURTO PRAZO Dissertação apresentada ao Programa de PósGraduação em Economia da Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV-EESP), como requisito para obtenção do título de Mestre em Economia. Campo do Conhecimento: Economia Monetária Orientador: Prof. Dr. Márcio Holland de...

    6736  Palavras | 27  Páginas

  • politica monetária

    002201200658 A politica monetaria e atual retração do credito RESUMO – Entre a execução da política monetária e seus resultados sobre os níveis de preços está o crédito. Há na literatura econômica um grande debate a respeito de como as disponibilidades de crédito são afetadas por uma política monetária contracionista. Alguns estudos40 e dados disponíveis até julho deste ano sugerem que o canal de transmissão de crédito é pouco relevante no Brasil, isto é, aumentos nos juros não afetam as disponibilidades...

    1265  Palavras | 6  Páginas

  • Economia Monetária

    Economia Monetária: 1. Uma economia onde se usa moeda 2. Estudo das relações entre a moeda e as demais variáveis da economia; a implementação e a condução da política monetária. I. Sistema Monetário e Oferta de Moeda. I.1. Moeda: Origem, definições e funções. I.1.1. Origem. I.1.1.1. Modelo de Alocação de Recursos. Existe uma dificuldade na definição da economia monetária e da moeda, com isso os economistas buscaram uma abordagem alternativa para essa questão, partir de um cenário...

    13979  Palavras | 56  Páginas

  • O impacto da baixa nas taxas de juros no cenario economico brasileiro

    ESCOLA SUPERIOR ABERTA DO BRASIL - ESAB CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM MBA EXECUTIVO EMPRESARIAL EM GESTAO BANCÁRIA ABÍLIO FERNANDES SANTANA SOARES IMPACTO DA QUEDA DE JUROS NO MERCADO FINANCEIRO DO BRASIL VILA VELHA (ES) 2012 ABÍLIO FERNANDES SANTANA SOARES IMPACTO DA QUEDA DE JUROS NO MERCADO FINANCEIRO DO BRASIL Monografia apresentada ao Curso de Pós-Graduação em MBA Executivo Empresarial em Gestão Bancária da Escola Superior Aberta do Brasil como requisito para obtenção...

    15404  Palavras | 62  Páginas

  • Questionário Monetária

    UPIS Faculdades Integradas – Depto Ciências Econômicas Economia Monetária Segunda Atividade Extraclasse Douglas Tadeu Gonçalves 1-Segundo a síntese neoclássica aponte as diferenças e comparações entre Clássicos VS Keynesianos. Sintetizando a comparação desses dois modelos com base nos conjuntos de equações fundamentais faremos a análise comparativa, ou seja, a interpretação de Keynes pelos neoclássicos. No Mercado de trabalho do modelo Keynesiano o salário é rígido, e em particular...

    1177  Palavras | 5  Páginas

  • Política monetária

    1. INTRODUÇÃO Este estudo objetivou apresentar uma das áreas da Economia Brasileira, sendo esta ‘‘Política Monetária’’. Segundo AURÉLIO (site), o significado da palavra ‘’Política’’, tem a concepção de: “Arte de regular as relações de um Estado com os outros Estados’’. Novamente segundo AURÉLIO (site), o significado da palavra “Monetária”, tem a concepção de: “da moeda ou a ela reativo” Havendo diversos estudos, pesquisas sobre o tema, foi possível conhecer este assunto, de maneira a abordar...

    1550  Palavras | 7  Páginas

  • Politica monetária restritiva

    individual Título: Politica monetária restritiva Aluno: Marcelo von Collen Muller Thomé Torres Disciplina: Int Economia Turma: 82 Introdução Atualmente, diversos países, dentre eles o Brasil, utilizam o regime de metas para a inflação como principal guia de condução da política monetária. Defendem que esse regime resulta em uma melhor maneira de conduzir a política monetária, levando a um maior nível de transparência e responsabilidade da autoridade monetária, além de se tornar com o tempo...

    789  Palavras | 4  Páginas

  • Política monetária

    ................................................................05 2.1 Política Monetária......................................................................................05 2.2 Inflação......................................................................................................06 2.3 Taxa de Juros............................................................................................07 2.4 Taxa Selic..............................................................................

    13431  Palavras | 54  Páginas

  • GRAU DE RELAÇÃO ENTRE INFLAÇÃO, PIB E TAXA SELIC NO BRASIL ENTRE 1995 E 2012

    UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE - UNESC CURSO DE ECONOMIA VINÍCIUS LUIZ DA SILVA GRAU DE RELAÇÃO ENTRE INFLAÇÃO, PIB E TAXA SELIC NO BRASIL ENTRE 1995-2012 CRICIUMA 2014 VINÍCIUS LUIZ DA SILVA GRAU DE RELAÇÃO ENTRE INFLAÇÃO, PIB E TAXA SELIC NO BRASIL ENTRE 1995-2012 Trabalho de Conclusão de Curso, apresentado para obtenção do grau de Bacharel em Economia no curso de economia da Universidade...

    8671  Palavras | 35  Páginas

  • Politica monetaria

    Politica Monetária 1- O que é? A palavra monetária é derivada de moeda.  Logo, estamos falando de uma política que  mexe com a moeda, o dinheiro. É de competência do Banco Central do Brasil cuidar do dinheiro, para que ele mantenha seu valor de compra. Política monetária é o controle da oferta de moeda (dinheiro) na economia, ou seja, o meio de estabilizar e controlar ao máximo os níveis de preços para garantir a liquidez ideal (equilíbrio) do sistema econômico do país. Ela é, então, de responsabilidade...

    2174  Palavras | 9  Páginas

  • As taxas de juros como instrumento de política monetária

    CONSTITUCIONAL AS TAXAS DE JUROS COMO INSTRUMENTO DE POLÍTICA MONETÁRIA Antonio Carlos Fernandes Fortaleza - CE Novembro - 2007 ANTONIO CARLOS FERNANDES AS TAXA DE JUROS COMO INSTRUMENTO DE POLÍTICA MONETÁRIA Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Direito como requisito parcial para a obtenção do título de Mestre em Direito Constitucional, sob a orientação da Prof.ª Dr.ª Uinie Caminha. Fortaleza - Ceará 2007 ANTONIO CARLOS FERNANDES AS TAXAS DE JUROS COMO INSTRUMENTO...

    28546  Palavras | 115  Páginas

  • Os efeitos da crise global

    Os efeitos da crise global no Brasil: aversão ao risco e preferência pela liquidez no mercado de crédito1 MARIA CRISTINA PENIDO DE FREITAS Introdução FALÊNCIA do banco de investimento Lehman Brothers no dia 15 de setembro de 2008 marca a transformação da crise financeira internacional, iniciada no mercado americano de hipotecas de alto risco em meados de 2007, em uma crise global sistêmica. De um lado, o aumento da aversão ao risco e de preferência absoluta pela liquidez nas principais economias...

    9781  Palavras | 40  Páginas

  • Taxas De Juros Permanecem Altas Em Mo Ambique

    Introdução Existe um forte interesse das autoridades monetárias de Moçambique em entender melhor o comportamento do sistema financeiro,visto que o sistema financeiro exerce um papel importante no funcionamento da economia através da intermediação (canalização de fundos) entre poupadores e investidores. Esta intermediação entre poupadores e investidores é feita através das taxas de juros (taxas de depósito e taxas de crédito).A taxa de juros é uma variável chave no funcionamento do sistema financeiro...

    2508  Palavras | 11  Páginas

  • Taxa selic

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS ECONÔMICAS ANÁLISE E EVOLUÇÃO DA TAXA SELIC META EM RELAÇÃO À TAXA SELIC EFETIVA E SEUS REFLEXOS SOBRE A DÍVIDA PÚBLICA INTERNA ALESSANDRA VIEIRA DE SOUZA SALVALÁGIO FLORIANÓPOLIS 2006 TAXA SELIC EFETIVA E SEUS REFLEXOS SOBRE A DÍVIDA PÚBLICA INTERNA Monografia Submetida ao Departamento...

    22832  Palavras | 92  Páginas

  • introduçao a teoria monetaria

    FACULDADE DE FORTALEZA CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO INTRODUÇÃO À TEORIA MONETÁRIA ANA PAULA DOS ANJOS MAIA EDUILTON MEDEIROS MACIEL FÁBIO DE OLIVEIRA AGUIAR INGRID DE SOUSA LIMA MARÍLIA FERRAZ DA SILVEIRA PAULO RICARDO ROCHA LIMA FORTALEZA 2013 1 SUMÁRIO 1. Introdução .............................................................................................................. 3 2. Justificativa ........................................................................

    13463  Palavras | 54  Páginas

  • A política monetária do brasil (2003-2007)

    A política monetária Brasileira, a partir de 2003 – 1º mandato do presidente Lula, demonstrou a capacidade do país de manter sua estabilidade econômica, alcançando credibilidade internacional em longo prazo. Nesse mesmo período, o Brasil alcançou a média de crescimento de 4%, com declínio nas taxas de juros e da inflação. Um cenário inédito na história ao levar-se em consideração que crescimento segue um caminho oposto da inflação em uma política econômica, demonstrando ser um país em desenvolvimento...

    3021  Palavras | 13  Páginas

  • Politica monetária

    POLÍTICA MONETÁRIA BIBLIOGRAFIA Samuelson, P. e D. Nordhaus (2005) – Capítulo 25: Mercados Financeiros e o Caso Especial da Moeda; Capítulo 26: Banco Central e Política Monetária FUNÇÕES DA MOEDA • Unidade de conta • Meio de troca • Reserva de valor CARACTERÍSTICAS DA MOEDA Características essenciais: • Aceitabilidade geral • Trocabilidade • Disponibilidade (liquidez). • Outras características importantes: • divisibilidade; • durabilidade; • ter reduzida procura não monetária; • manutenção...

    822  Palavras | 4  Páginas

  • Taxas de Juros

     IMPACTOS DA ALTA DA TAXA DE JUROS NO PIB BRASIL Sorocaba 2014 INTRODUÇÃO As taxas de juros representam uma ferramenta de suma relevância na política macroeconômica, especialmente no Brasil, que a utiliza - e isso é alvo de bastantes críticas por parte de cientistas econômicos -, segundo Omar (2008), para estabilizar os preços, através do controle da demanda agregada, pela necessidade de financiamento...

    2895  Palavras | 12  Páginas

  • Taxas de juros no brasil

    ..................................4 2) Entidades Reguladoras do Mercado Financeiro...................................................5 3) Política Monetária, Cambial e Fiscal vigentes no Brasil........................................9 4) Taxas Indexadoras do Mercado Financeiro Nacional........................................ 10 5) Taxa de Juros e seus Impactos no Crescimento nos Últimos Anos...................11 6) Bibliografia...................................................................

    2712  Palavras | 11  Páginas

  • A aumento da taxa selic e suas consequências no mercado

    AUMENTO DA TAXA SELIC O AUMENTO DA TAXA SELIC E SUAS CONSEQUÊNCIAS NO MERCADO AUMENTO DA TAXA SELIC O AUMENTO DA TAXA SELIC E SUAS CONSEQUÊNCIAS NO MERCADO Esta resenha, referente à disciplina de Macroeconomia, visa apresentar os efeitos gerados no mercado em função do aumento da taxa básica de juros anunciado pelo Copom em sua última reunião, ocorrida em 17 de abril de 2013. Taubaté 2013 Devido a notícia apresentada em relação ao aumento da taxa básica de juros, iremos apresentar aqui...

    1797  Palavras | 8  Páginas

  • Taxa selic

    O que é taxa Selic?A taxa Selic, o instrumento primário de política monetária do Copom, é a taxa de juros média que incide sobre os financiamentos diários com prazo de um dia útil (overnight) lastreados por títulos públicos registrados no Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic). O Copom estabelece a meta para a Selic, e cabe à mesa de operações do mercado aberto do Banco Central manter a taxa diária próxima à meta. Ela foi criada em 1979 para tornar mais transparente e segura a negociação...

    1133  Palavras | 5  Páginas

  • Inflação, causas, efeitos, tipos e soluções

    Licenciatura em Relações Internacionais e Diplomacia Trabalho de grupo de Economia Política Tema: inflação, causas, efeitos, tipos e soluções Ano: 2012/2013 Introdução O fenómeno inflação é inerente á economia de mercado. É extremamente complexo e muito abrangente, com perversos efeitos para a sociedade. São diversas as causas da que provocam a inflação. Esta diversidade de causas é, talvez, factor determinante para tornar a busca de estabilidade de preços uma tarefa extremamente difícil...

    2141  Palavras | 9  Páginas

  • economia monetaria

    Poucas áreas da economia monetária têm sido estudados como extensivamente como o mecanismo de transmissão . oliteratura sobre o tema evoluiu substancialmente nos últimos anos , acompanhando o aumento e diminuição demarcos conceituais e as características de mudança do sistema financeiro . Neste artigo , tomando comoum ponto de partida um breve resumo do trabalho existente sobre a interação entre a regulação de capital, ociclo de negócios e do mecanismo de transmissão , oferecemos algumas reflexões...

    10714  Palavras | 43  Páginas

  • Selic não é correção monetária

    Taxa SELIC é apenas juros, não acarreta correção monetária Para bem esclarecer os motivos pelos quais a taxa SELIC representa apenas uma taxa de juros (inclusive a menor taxa oficial da economia brasileira), sem implicar também em correção monetária, é necessário antes de mais nada lembrar algumas noções de ciência econômica a respeito do sistema monetário. Sabe-se que os meios de pagamento existentes num sistema capitalista como o brasileiro são formados pelas moedas metálicas, pelo papel-moeda...

    2343  Palavras | 10  Páginas

  • Economia Monetaria

    Pedro Cezar Johnson Rodrigues de Britto Economia Monetária Objetivo: estudar questões de teoria monetária, em particular: Instituições e Mercados Financeiros; e Bancos Centrais e Política Monetária. Uma visão geral do sistema financeiro: Função primordial do sistema financeiro: canalizar os recursos dos poupadores (lendersavers) para os agentes econômicos que necessitam gastar mais do que a sua renda, os devedores (borrower-spenders). Financiamento Direto: se dá através de instrumentos financeiros...

    15270  Palavras | 62  Páginas

  • politica monetaria

    2. Explique detalhadamente todos os instrumentos de política monetária. Resp: DEPÓSITO COMPULSÓRIO • A característica especial dos bancos comerciais é a sua capacidade de criar moeda (moeda escritural) através do efeito multiplicador do crédito, na medida em que os bancos emprestam diversas vezes o volume dos depósitos á vista captados no mercado.O Processo de Criação de Moeda Escritural possui uma alta participação na composição do meio circulante, e isto pode ser explicado pela capacidade...

    952  Palavras | 4  Páginas

  • Banco Central e a Politica Monetaria

    Pag. 1. Introdução O presente trabalho faz uma abordagem teórica sobre o tema Banco Cental e a Politica Monetaria no caso de moçambique O crescimento e desenvolvimento económicos são os principais objectivos duma Nação. Para se verificar a concretização de tais objectivos é necessário analisar os principais factores. Actualmente, o Banco Central de Moçambique...

    1752  Palavras | 8  Páginas

  • Economia monetária

    Prova Economia Monetária Aluno: Jefferson Lima De Souza - 21000675 1. Esclareça a diferença entre concepções da moeda como variável exógena e como variável endógena. Explique por que a exogeneidade da moeda é essencial para o exercício da política monetária. A moeda pode ser considerada como exógena quando a sua quantidade é determinada pelas autoridades monetárias e exógenas quando essas mesmas autoridades não podem controlar a quantidade da demanda de moeda, já que a mesma sofre influências...

    2253  Palavras | 10  Páginas

  • Trabalho Politica Fiscal e Monetária

    Matriz de atividade individual* Módulo: 4 Atividade: Individual 2 Título: Politica Fiscal e Monetária Aluno: Pedro Ernesto Nóbrega Coral Disciplina: Introdução à Economia Turma: IEPOS_T0276_0613 Introdução A questão do crescimento e da inflação sempre foi instigante para os economistas e para os que fazem a política econômica. Mas no Brasil, que viveu um período de aproximadamente duas décadas de economia estagnada e um período maior ainda de inflação alta, os atuais acontecimentos da...

    2412  Palavras | 10  Páginas

  • Economia - juros x inflação

    Martins e Silva, Rodrigo Netto Cruz Abreu. RELAÇÃO ENTRE JUROS E INFLAÇÃO São Luís 2013 Danielly Christine Santos Neves, Ilana dos Santos Sousa, Idelmar Noleto Lopes, Luís Eduardo Protázio, Lenilma de Kássia, Nathália Martins e Silva, Rodrigo Netto Cruz Abreu. RELAÇÃO ENTRE JUROS E INFLAÇÃO Trabalho realizado...

    6897  Palavras | 28  Páginas

  • Taxas de juro sobre I e S em Moçambique

    ................................................................................................... 3 II. Enquadramento: Taxas de Juro e Impostos em Moçambique sobre a poupança e o investimento privado .................................................................................................................... 4 2.1. Conceitualização de Taxas de Juros: Investimento Nacional e Poupança Privada em Moçambique ..................................................................

    4022  Palavras | 17  Páginas

  • Política Monetária

    Política Monetária Define-se como o controle da oferta de moeda e das taxas de juros. É o ajusto do preço da moeda em função da taxa de dinheiro no mercado. Tal política pode ser ativa ou passiva: - A ativa ocorre quando o Banco Central do país controla a moeda, em caso de necessidade de equilíbrio para uma oscilação na taxa de juros. - A passiva já ocorre quando o Banco Central do país determina a taxa de juros, em caso de necessidade de equilíbrio para a oferta de moeda Efeitos da Política...

    1728  Palavras | 7  Páginas

  • Analisar quais os instrumentos de política monetária são comumente utilizados quando a contenção inflacionária é um imperativo.

    instrumentos de política monetária são comumente utilizados quando a contenção inflacionária é um imperativo. Aluno: Disciplina: Intr. Economia Turma: Introdução A Economia brasileira tornou-se mais eficiente nos primeiros anos da década passada, onde podemos observar que o País vem conseguindo manter a inflação resistente à queda e com crescimento modesto, decorrente da atuação do Copom ( instituído em 20/06/1996, é o Comitê de Política Monetária do Banco Central ) no...

    1380  Palavras | 6  Páginas

  • Juros altos no plano real

    controle da inflação brasileira sem prejudicar as exportações. SUMÁRIO 1. Introdução 4 2. A evolução da taxa SELIC a partir da implantação do regime de metas de inflação. 4 3. Comparativo Selic, Inflação, Desemprego 6 4. Evolução do PIB 7 5. O Banco Central no Mercado de Câmbio 7 6. Políticas Econômicas Brasileira 7 6.1 Política Monetária: Aumento das taxas de juros. 7 6.2 Política Fiscal: Diminuição de tributos e/ou aumento de gastos públicos 8 6.3 Política Cambial: Uso das reservas...

    2421  Palavras | 10  Páginas

  • Efeito Dominó

    Matriz de atividade individual* Módulo: Módulo 4 Atividade: Individual Título: Efeito dominó Disciplina: Economia Online Turma: IEPOS_T0252_0613 Introdução O objetivo deste trabalho é analisar a crise Européia, bem como identificar os países mais afetados, a causa e os efeitos das políticas adotadas para reverter essa situação. Conceitos como; políticas monetárias, fiscais, contracionistas ou expansionistas também serão devidamente abordados. Outro aspecto importante para que se possa...

    5303  Palavras | 22  Páginas

  • PAPER TAXA SELIC

    TAXA SELIC Fernanda Moraes Ramos Gabriel Dellabona Katya Shirleine Dickmann de Souza Miriam dos Santos Professor-Renato Goedert Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI Gestão Financeira (GFI 0031) – Prática do Módulo 2 18/10/2013 RESUMO Com imposto de renda e taxa de administração, a poupança já rende mais que a maioria dos fundos de renda fixa. De acordo com estudo divulgado pela Associação Nacional de Executivo de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac)...

    3774  Palavras | 16  Páginas

  • Política Monetária

    trabalho é apresentar uma análise da política monetária e como é utilizada no mercado financeiro. A política monetária parte do pressuposto de analisar o equilíbrio e as oscilações da moeda e é dividida em expansionista, que consiste em aumentar a oferta de moeda, reduzindo assim a taxa de juros básica e estimulando investimentos majoritariamente no setor privado; e restritiva, que consiste em reduzir a oferta de moeda, aumentando assim a taxa de juros e reduzindo os investimentos no setor privado...

    3495  Palavras | 14  Páginas

  • oferta monetaria

    Ciências Econômicas Disciplina de Economia Monetária I - ECO02002 2008 - Textos Selecionados, Resumidos e Adaptados 3 A Oferta de Moeda 3.1 Os Meios de Pagamento e outros Agregados Monetários 3.2 A Criação de Moeda pelos Bancos Comerciais 3.3 A Determinaçäo do Estoque Monetário 3.4 As Instituições Monetárias e as Variações na Oferta de Moeda 3.5 As Operações do Banco Central e a Base Monetária 3.6 O Controle do Banco Central sobre a Oferta Monetária 3 A Oferta de Moeda A forma pela...

    6414  Palavras | 26  Páginas

  • Politica monetária

    Instrumentos de Políticas Monetárias e Inflação ACADÊMICO(S): SEMESTRE: 1º A – Ciências Contábeis Prof: Marcelo Rux Brasília – DF Setembro de 2011 1. Política Monetária É o controle da oferta de moeda (dinheiro) na economia, ou seja, o meio de estabilizar e controlar ao máximo os níveis de preços para garantir a liquidez ideal (equilíbrio) do sistema econômico do país. Para controlar a moeda e a taxa de juros, as autoridades monetárias utilizam instrumentos de...

    2249  Palavras | 9  Páginas

  • Politica monetaria - breve comentario

    1. Política Monetária 2.1. Uma breve introdução conceitual: Explicação da Formação da Taxa de Juros a partir da Demanda por Moeda John Maynard Keynes supunha que todos os ativos financeiros podiam ser divididos em dois grupos: a moeda e os demais ativos não monetários que genericamente denominamos títulos. O estoque de moeda (M) é definido como o papel moeda mais os depósitos bancários à vista, em contrapartida os títulos (B) são caracterizados como ativos financeiros de longo prazo...

    4250  Palavras | 17  Páginas

tracking img