• DIREITO E ÉTICA
    FILOSOFIA E DIREITO 1 INTRODUÇÃO O PRESENTE ESTUDO EXPLICA DE MANEIRA SIMPLES E OBJETIVA OS CAPÍTULOS 31, 32 E 35 PERTENCENTES AO LIVRO “CURSO DE FILOSOFIA DO DIREITO” DOS AUTORES EDUARDO C. B. BITTAR E GUILHERME ASSIS DE ALMEIDA. • CAP. 31 – DIREITO E MORAL: NORMAS JURÍDICAS E NORMAS MORAIS • CAP...
    2825 Palavras 12 Páginas
  • Conceitos de Direito
    Administração Trabalho de Direito Nome:Gabriela de R G Coltro Aleson Santana Curso:Administração Professor: Paulo Lima Curitiba,2013 Introdução Neste trabalho vamos falar um pouco sobre os conceitos de direito,moral e ética códigos de conduta ética e antiética...
    815 Palavras 4 Páginas
  • etica e politica
    justiça metafísica e política Fernando Quintana Segundo documentos normativos, tanto em nível doméstico quanto internacional, a dignidade da pessoa e os direitos humanos são indissociáveis. Tal assertiva trazendo à tona duas ideias de que os direitos humanos se originam na dignidade ou de que...
    11287 Palavras 46 Páginas
  • Direito e Moral
    Direito e MoralDireito, Equidade e JustiçaDireito, Normas Sociais e Leis Físicas – Norma Técnica. INTRODUÇÃO. O capitulo V do Paulo Dourado de Gusmão (2005, p. 69 a 77) tem como objetivo esclarecer as diferenças e as propriedades entre o Direito e MoralDireito Equidade e Justiça, Direito...
    524 Palavras 3 Páginas
  • fichamentoconceito de justiça e o direito
    Conceito de Justiça e o Direito 6.1 O Papel de Definir a) É Possível Definir? - “É possível definir uma coisa? É possível definir a justiça?” (pág. 133). - “Isso porque há autores e professores que, por motivos filosóficos ou ideológicos, afirmam que não se pode se definir nada [...] Não se pode...
    955 Palavras 4 Páginas
  • Direito e Moral
    Introdução Direito pode se referir à ciência do direito ou ao conjunto de normas jurídicas vigentes em um país (direito objetivo). Também pode ter o sentido de íntegro, honrado. É aquilo que é justo, reto e conforme a lei. É ainda uma regalia, um privilégio, uma prerrogativa. O direito é, tradicionalmente...
    1788 Palavras 8 Páginas
  • Resenha: ferraz jr., tércio sampaio. introdução ao estudo do direito: técnica, decisão, dominação. 4. ed. são paulo: atlas, 2003.
    Sampaio. Introdução ao Estudo do Direito: Técnica, Decisão, Dominação. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2003. Tercio Sampaio desenvolve em seu texto a ideia da finalidade do direito, finalidade no sentido de que o que se propõe o direito a fazer, uma fez que para ele o direito é um jogo que não tem nem inicio...
    600 Palavras 3 Páginas
  • filosofia do direito
    que foi tratado no capítulo anterior e nos introduz ao que será abordado no próximo capítulo através de uma reflexão histórica sobre a diferença entre a conduta moral e a jurídica. Na Grécia foram ventiladas certas questões sobre o assunto, mas sem serem proposta de maneira deliberada as questões de critérios...
    2286 Palavras 10 Páginas
  • Artigo: Direito, moral e religião
    Direito, moral e religião Artigos Suas diferenças e influências uma para com as outras, fazendo uma evolução histórica dos assuntos. Por Gleibe Pretti “Teu dever é lutar pelo direito, mas no dia em que encontrares o direito em conflito com a justiça, luta pela justiça.”(Dos mandamentos do advogado...
    908 Palavras 4 Páginas
  • ciencias contabeis
    ESTUDO DE DIREITO - IED UNIDADE 01 DEFINIÇÕES DE DIREITO Lourival da Silva Nolasco 2 DEFINIÇÕES DE DIREITO DEFINIÇÕES DE DIREITO • O que é? • Aquilo que é reto (directum). Ex. Aquilo é direito e não torto. • Direito como faculdade de agir (Direito Subjetivo). Ex.: direito de receber...
    7698 Palavras 31 Páginas
  • anatomia
    JOSÉ DE SOUSA E BRITO TEORIA DA JUSTIÇA E ÉTICA O entendimento da relação entre a teoria da justiça, no sentido de Rawls, e a ética determina o que Rawls pretende com a sua teoria e que estatuto lhe dá e é, por isso, essencial para a compreensão e a crítica do seu pensamento. Um exemplo...
    2534 Palavras 11 Páginas
  • justiça sandell
    Justiça: O que é fazer a coisa certa. Autor: Michael J. Sandel. Professora: Glória Matuchewski INTRODUÇÃO – O LIVRO • Várias questões sobre justiça e princípios que adotamos; • Papel do governo; • Diversos dilemas morais (suicídio assistido, aborto, o mercado livre é justo, torturar ou...
    2282 Palavras 10 Páginas
  • justiça
    Justiça: O que é fazer a coisa certa. Autor: Michael J. Sandel. Professora: Glória Matuchewski INTRODUÇÃO – O LIVRO • Várias questões sobre justiça e princípios que adotamos; • Papel do governo; • Diversos dilemas morais (suicídio assistido, aborto, o mercado livre é justo, torturar ou...
    2282 Palavras 10 Páginas
  • John raws
    Trabalho apresentado no curso de Direito na universidade paulista, SJC, para obtenção parcial do titulo de bacharel, orientado pela professora Cristiane Ferreira. SÃO JOSÉ DOS CAMPOS, 2013 SUMÁRIO INTRODUÇÃO 4 JOHN RAWLS: O PROFESSOR 7 UMA TEORIA DA JUSTIÇA: A JUSTIÇA COMO EQUIDADE 9 AFFIRMATIVE ACTION15...
    5637 Palavras 23 Páginas
  • Dimensão ético-politica
    Ética, Direito e Política O ser humano realiza-se através das relações sociais (dimensão bio-social); torna-se pessoa quando toma consciência de si mesmo, do outro e do mundo e do sentido da existência (dimensão moral); torna-se cidadão ao intervir e interagir com a realidade social em que vive...
    4284 Palavras 18 Páginas
  • A teoria da justiça de john rawls: do idealismo moral ao realismo politico
    A TEORIA DA JUSTIÇA DE JOHN RAWLS: DO IDEALISMO MORAL AO REALISMO POLITICO ______________________________________________________________________ José Mauricio de Lima 1 SUMÁRIO: 1. Considerações Preliminares; 2. É possível uma sociedade justa? 3. Conflito entre duas tradições; 4. Aspectos Fundamentais...
    7408 Palavras 30 Páginas
  • Direito/moral e etica
    CIÊNCIAS CONTÁBEIS DISTINÇÃO ENTRE MORAL, ÉTICA E DIREITO CURITIBA 2013 Marlon Erick Leal DISTINÇÃO ENTRE MORAL, ÉTICA E DIREITO Trabalho apresentado à disciplina de Instituições de Direito, apresentado no curso de Ciências Contábeis da Faculdade...
    1796 Palavras 8 Páginas
  • Virtudes-justiça
    O que é virtude? Pág. 4 O que é Justiça? Pág. 5 A Justiça como virtude Pág. 6 á 9 Conclusão ...
    2361 Palavras 10 Páginas
  • A CRÍTICA DE MACINTYRE À TEORIA DA JUSTIÇA DE JOHN RAWLS
    A CRÍTICA DE MACINTYRE À TEORIA DA JUSTIÇA DE JOHN RAWLS Robson S. Jorge Resumo  No presente artigo analisa-se a teoria da justiça de John Rawls e a respectiva crítica de tal teoria levada a efeito por Alasdair Macintyre. Parte-se da concepção de justiça como equidade de John Rawls, segundo...
    4363 Palavras 18 Páginas
  • Direito positivo
    DIREITO E MORAL Os egípcios, os babilônios, os chineses e os próprios gregos, não distinguem o direito da moral e da religião. Para eles o direito se confunde com os costumes sociais. Moral, religião e direitos são confundidos. Nos códigos antigos encontramos não só preceitos jurídicos, como, também...
    2036 Palavras 9 Páginas