Qual A Diferença Entre Consumidor E Fornecedor Trabalhos Escolares e Acadêmicos Prontos

  • Exercicios de fixação direito comercial

    2- O código de defesa do consumidor tutela somente as relações de consumo? Explique. Não, pois o código de defesa do consumidor tutela as relações econômicas, as relativas à concorrência desleal e os crimes inerentes à atividade de fornecimento. 3- Defina consumidor e ofereça uma análise crítica...

      2259 Palavras | 10 Páginas  

  • Responsabilidade pelo Vício do Produto

    RESPONSÁVEIS PELO VÍCIO DO PRUDUTO (ART. 18) Dispõe o art. 18 que a responsabilidade pelo vício é do FORNECEDOR (difere do art. 12). A responsabilidade do fornecedor é SOLIDÁRIA, de forma que o consumidor poderá acionar qualquer um deles. 2º - ESPÉCIES DE VÍCIOS: QUALIDADE E QUANTIDADE VÍCIO DE QUALIDADE...

      1268 Palavras | 6 Páginas  

  • direito do consumidor materia

    os direitos do consumidor. Em decorrência da vulnerabilidade do consumidor surge a necessidade de se promover a proteção do elo mais fraco pelos meios legislativos e administrativos visando garantir o equilíbrio a harmonia nas relações de consumo. 1.2 Quando surgiu o direito do consumidor? O direito Do...

      4018 Palavras | 17 Páginas  

  • Atividade estruturada

    teve como base principal os danos causados ao consumidor em diversas áreas do comercio, que resultaram em ações de danos materiais e morais. Obviamente pode-se dizer que os valores pagos pelas indenizações resultam da gravidade do dano causado ao consumidor, mas com isso não se pode dizer também que o...

      1687 Palavras | 7 Páginas  

  • D

    FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBA FACINTER CURSO DE DIREITO CARINY LUVIZOTTO ALVES RU: 1109480 DIREITO DO CONSUMIDOR Orientador (a): Professora Ma. Francielli Morêz. CURITIBA Setembro/2014 1) Discorra sobre os princípios da informação e da publicidade. Resposta:...

      1873 Palavras | 8 Páginas  

  • Projeto de Pesquisa para Monografia - A Responsabilidade Civil dos Sites de Compras Coletivas

    calcada na discussão da responsabilização dos sites de compra coletiva em relação aos negócios firmados através deles, principalmente no que tange ao consumidor. É importante verificar que os efeitos provenientes desta pesquisa podem ser vastíssimos e possuem uma carga investigativa sobre a efetivação dos...

      4430 Palavras | 18 Páginas  

  • Não existe produto ou serviço sem garantia

    produto ou serviço sem garantia Quando adquirimos um produto ou contratamos um serviço, por vezes, somos surpreendidos pela categórica afirmação do fornecedor de que tal produto ou qual serviço não tem garantia. Logicamente, situações como essas merecem reparo. Em se tratando de garantia, alguns esclarecimentos...

      652 Palavras | 3 Páginas  

  • Cdc introdução

    conhecimentos jurídicos; 3- Vulnerabilidade real ou sócio-econômica: transparece a idéia da diferença financeira entre o consumidor e o fornecedor; exercício de monopólio do fornecedor, o consumidor fica de mãos atadas; 4- Vulnerabilidade Informacional: falta de informações adequadas e especificas ...

      667 Palavras | 3 Páginas  

  • Senhor

    Direito do Consumidor Consumidor e Fornecedor :: Aula Atividade OBJETIVO Fixar Conceitos de Consumidor e Fornecedor ORIENTAÇÕES Realizar a atividade em grupo de no máximo 4 componentes, utilizando-se do conteúdo apresentado e bibliografias. QUESTÕES 1. Quem é considerado consumidor pelo...

      1293 Palavras | 6 Páginas  

  • O Direito nas Relações de Consumo

    CDC em relações de consumo intermediário A legislação criada para proteger o consumidor completou 20 anos no último dia 11 de setembro. Desde sua promulgação, a Lei n. 8.078/1990, que instituiu o Código de Defesa do Consumidor, ganhou espaço no dia a dia dos brasileiros, gerando disputas judiciais sobre...

      1387 Palavras | 6 Páginas  

  • Direito do Consumidor

    1) Quais os direitos básicos do consumidor? Art. 6º do CDC 2) Qual a diferença entre a Teoria da Imprevisão prevista no artigo 317 do CC/02 e a Teoria da base objetiva do negócio jurídico do art 6, V do CDC? No fato imprevisível do CC, o fato superveniente na onerosidade excessiva, não é possível antecipar...

      1256 Palavras | 6 Páginas  

  • Logistica

    atividades, que faziam parte das atribuições da empresa, entre esta e seus fornecedores. Nesta nova forma de gestão da cadeia produtiva, o sentido de Parceira significa um forte elo de associação entre as Empresas e seus fornecedores. Todos são responsáveis pelos investimentos e riscos do empreendimento...

      1794 Palavras | 8 Páginas  

  • Direito do Consumidor Resumo do Resumo

    Para sabermos o que é o Direito do Consumidor precisamos primeiramente conhecer as suas características, sendo ele um: 1) Microssistema Multi disciplinar (Possui seus Próprios meios, soluções e sansões) 2) Lei Principiológica (Já está escrita em nosso ordenamento jurídico) 3) Possui Normas...

      2823 Palavras | 12 Páginas  

  • Nem Adianta Abrir

    faz toda a diferença ao ver do consumidor. Os clientes estão cada veza mais exigentes, colocando em contra partida não só o preço, como fator decisivo na hora da compra. O que torna as empresas cada vez mais competitiva e as forçam a deixar os negócios mais atrativos aos olhos dos consumidores. Para que...

      50065 Palavras | 201 Páginas  

  • Gestão de MKT - Unidade 6

    para conduzir o produto do produtor até o consumidor ou usuário final, geralmente passando por diversos intermediários – atacadistas, distribuidores, varejistas etc. Veja o exemplo de uma fábrica de brinquedos: Atacado Fabricante Vendedor Consumidor Comprador A fábrica vende para atacadistas...

      4362 Palavras | 18 Páginas  

  • Cdc - considerações sobre a lei 8.078/90

    Código de Defesa do Consumidor Considerações sobre a Lei 8.078/90 Luiz Paulo... Rubem Ricardo Millem Willian Gomes machado 4º. Período – Curso de Direito – Noturno Campos dos Goytacazes (RJ), 04 de novembro de 2009 7– Opções do Consumidor A...

      1918 Palavras | 8 Páginas  

  • Vicio de qualidade do produto

    VICIO DE QUALIDALIDADE DO PRODUTO, QUANTIDADE DO PRODUTO E QUALIDADE DO SERVIÇO O Código de Defesa do Consumidor, promulgado pela Lei 8.078/91, disciplina em sua Seção III do Capítulo IV a responsabilidade por vícios de qualidade ou quantidade dos produtos e serviços, os quais são chamados de “vícios...

      2490 Palavras | 10 Páginas  

  • CDC anotado

    Direito do Consumidor Característica do CDC 1) Microssistema Multidisciplinar 2) Lei Principiológica 3) Normas de Ordem Pública e Interesse Social Normas de Ordem Pública: Não podem ser derrogadas pela vontade das partes, ou seja, indisponível. Interesse Social: repercussão perante a sociedade...

      2493 Palavras | 10 Páginas  

  • hauhaa

    Presbiteriana Mackenzie Faculdade de Direito Questionário sobre Direito do Consumidor – Prof. Eduardo Ariente 1 - Qual a definição de Consumidor e de Fornecedor segundo o CDC? Segundo o art. 2º do CDC, entende-se por consumidor na relação de consumo toda pessoa física ou jurídica que adquire produto...

      3218 Palavras | 13 Páginas  

  • Plano de Comunicação

    decisões e corrigir problemas dos clientes (CHURCHILL; PETER, 2010). 2. Fidelidade do cliente Fidelidade é abordada como a disposição do consumidor para continuar a prestigiar uma empresa no longo prazo, comprar e utilizar seus serviços repetidamente e , de preferência com exclusividade, e recomendá-los...

      2037 Palavras | 9 Páginas  

tracking img