Qual É A Relação Existente Entre A Educação Espartana O artigos e trabalhos de pesquisa

  • INDICANDO A RELAÇÃO EXISTENTE ENTRE A EDUCAÇÃO ESPARTANA, O IDEAL HOMÉRICO E A DEFESA DO ESTADO.

    FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO PROF. FERNANDEZ LICENCIATURA EM PEDAGOGIA São Paulo ___________________________________________________________________________________________ INDICANDO A RELAÇÃO EXISTENTE ENTRE A EDUCAÇÃO ESPARTANA, O IDEAL HOMÉRICO E A DEFESA DO ESTADO. A EDUCAÇÃO ESPARTANA A educação espartana surgiu mediante a necessidade de defender a cidade e estado, das constantes agressões externas praticadas por inimigos. Devido esta necessidade a educação Esparta...

    608  Palavras | 3  Páginas

  • QUAL É A RELAÇÃO EXISTENTE ENTRE A EDUCAÇÃO ESPARTANA, O IDEAL HOMÉRICO E A DEFESA DO ESTADO?

    SYGRID LUIZE TORRES - QUAL É A RELAÇÃO EXISTENTE ENTRE A EDUCAÇÃO ESPARTANA, O IDEAL HOMÉRICO E A DEFESA DO ESTADO? O ideal homérico era predominantemente voltado para o homem em sua concepção de herói. Visava à formação do lado subjetivo deste homem, assemelhando-o a um Deus, bastando para tanto, a ele, valer-se de heroísmo no enfrentamento das questões que lhe eram adversas. A educação espartana, no entanto, surgiu principalmente da necessidade perene de defender a cidade, estando...

    1038  Palavras | 5  Páginas

  • Relação Existente Entre A Educação Espartana, O Ideal Homérico E A Defesa Do Estado

    ATIVIDADE DO 2º CICLO DE APRENDIZAGEM A DISTÂNCIA: Relação Existente Entre A Educação Espartana, O Ideal Homérico E A Defesa Do Estado ALUNO: WENCESLAU ALLE DE SOUZA RA: 1114332 TURMA: DGEF1301CGR1L DISCIPLINA: FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO TUTOR A DISTÂNCIA: LUIZ ANTONIO SABEH [CEUCLAR] [2013] Esparta e sua cultura foram destruídas pelos bárbaros germânicos Visigodos em 396 D.C, Esparta foi uma das mais conhecidas cidades-estado da Grécia Antiga, Fundação de Esparta pelo povo dório...

    1458  Palavras | 6  Páginas

  • Educação Espartana

    predominante, ao enfrentar questões que lhe eram adversas. No entanto a educação espartana surgiu decorrente, a necessidade desesperada em defender a cidade, vivenciando constantes agressões externas cometidas por inimigos. Em decorrência deste aspecto, a educação espartana passou a dar menos valor caráter subjetivo do indivíduo, e mais importância ao interesse objetivo de defesa do estado. Dessa forma, a educação espartana destinava-se, ao “projeto político” de Esparta, ou seja, moldar o cidadão...

    924  Palavras | 4  Páginas

  • Educação Espartana

    Qual é a relação existente entre a educação espartana, o ideal homérico e a defesa do Estado? O governo de Esparta tinha como um de seus principais objetivos fazer de seus cidadãos modelos de soldados, bem treinados fisicamente, corajosos e obedientes às leis e às autoridades. A sociedade espartana dividia-se em três categorias principais: espartiatas, periecos e hilotas. Os espartiatas eram os cidadãos espartanos, que permaneciam à disposição do exército ou dos negócios...

    964  Palavras | 4  Páginas

  • Educação Espartana

    EDUCAÇÃO NA GRÉCIA ANTIGA Educação Espartana Valdecir José Schappo Prof. Rakel de Queiroz Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI Curso de História (HID 0257) – História da Educação 09/11/2012 RESUMO Este trabalho discorre sobre a educação grega com ênfase na educação espartana. Como era realizada a educação espartana e seus princípios morais. Na Grécia antiga a educação tinha como principal objetivo a formação do cidadão, sendo que as cidades-estados tinham culturas...

    1902  Palavras | 8  Páginas

  • Relação entre educação homérica e esparta

    Qual a relação existente entre a educação homérica e a defesa do Estado? CURSO: Licenciatura em História DISCIPLINA: Fundamentos da Educação PROFº. Daniel Liparelli Fernandez Raquel Carvalho Dutra Santana – RA 1089281 É clara a idéia de que o ideal homérico era objetivamente focado para o homem em sua concepção de herói. A educação espartana nasceu da necessidade de defender a cidade estado, face à constantes agressões infringidas por inimigos. Por essa razão a educação espartana focava-se...

    706  Palavras | 3  Páginas

  • Educação espartana

    Problematização Qual é a relação existente entre a educação espartana, o ideal homérico e a defesa do Estado? Esparta tinha uma estrutura social baseada em rígido militarismo. Ao longo de cinco séculos esta sociedade não conheceu algo que se pode chamar de evolução em seu regime político. Constantes conflitos com seus inimigos vizinhos fez com que esta sociedade se adaptasse ao um estilo de vida sacrificante e austero. O princípio da educação espartana era formar bons soldados para abastecer...

    600  Palavras | 3  Páginas

  • Trabalho Sobre a Sociedade Espartana

    ....... EDUCAÇÃO......................................................... CULTURA............................................................ POLITICA............................................................. RELAÇÃO ENTRE DIREITO ESPARTANO E O ATUAL................................................................. ESPARTA FOI UMA DAS PRIMEIRAS CIDADE-ESTADO A SURGIR NA GRÉCIA, FUNDADA NO SECULO IX a.C, POR DÓRIOS Sociedade Espartana Em Esparta...

    1931  Palavras | 8  Páginas

  • Sociedade espartana

    presente capítulo do livro Relações de Poder: da Antiguidade ao Medievo nos traz a visão do prof. Luis Filipe Bantim de Assumpção acerca das relações de poder existentes entre os difeversos segmentos sociais que constituiam a região da Lacedemônia. Focando nos três grupos sociais que mais interagiam pela manutenção do estilo de vida da pólis espartana e formavam sua base: os espaciatas, os periecos e os hilotas. De acordo com o texto podemos observar que o termo esparciata se refere aos individos que...

    782  Palavras | 4  Páginas

  • Relação entre História e cinema

    1. Faça uma pesquisa sobre as relações entre História e Cinema para ter uma ideia das diferenças existentes entre o discurso histórico e a forma com que o cinema representa o passado através da ficção cinematográfica. Relações entre História e Cinema Depois que os irmãos Lumière inventaram o cinema há um século, é possível que eles tenham pensado que este engenho viesse a se tornar objeto de especial atenção de historiadores e outros pesquisadores das ciências humanas. É até possível que tenham...

    3758  Palavras | 16  Páginas

  • Historia da educaçao

    COMUNIDADE PRIMITIVA 6 7 SIGNIFICADO DE EDUCAÇÃO 6 8 CATEGORIAS DA EDUCAÇÃO 7 8.1 Actividade 7 8.2 Processo 7 8.3 Resultados 7 9 HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO 7 9.1 Primeiras fases do desenvolvimento da história Educacional 7 9.1.1 Homem primitivo 7 9.1.2 Homem da antiguidade 7 9.1.3 Homem da época medieval 8 9.1.4 Homem da época moderna 8 9.1.5 Homem da época contemporânea 8 9.2 A Educação na Grécia antiga 8 9.3 A Educação espartana 9 10 TEORIAS DA EDUCAÇÃO 9 10.1 Teorias não criticas...

    3370  Palavras | 14  Páginas

  • Educação inclusiva

    que um simples texto para leitura, vai muito além disso, pois é uma reflexão do quão importante é a inclusão destas pessoas, questiona se é realmente possível realizar tamanha proeza a inserção de pessoas portadoras de necessidades especiais com relação à sociedade em que vivemos. ...

    2428  Palavras | 10  Páginas

  • A educação primitiva

    A educação Primitiva 1. O homem primitivo A educação é um fato social tão antigo quanto o próprio homem, devendo ter sido praticada desde que apareceu na Terra a primeira família humana. Coincide, assim, o início da História da Educação com o da Historia da Humanidade. Para remontarmos ás origens históricas da atividade educativa, teremos de estuda-la a partir de sua forma mais simples, tal como teria sido praticada entre os povos primitivos. O conceito do primitivo é controvertido. Conceitua-se...

    6084  Palavras | 25  Páginas

  • Educação e trabalho - uma relação quase que insuficiente

    objetivo discutir o que é o ato de educar com base no contexto econômico, ideológico e cultural e no documento Pilares da Educação, da UNESCO, considerando o artigo 205 da Constituição Federal e artigos da LDB, além de nossa bagagem de conhecimentos sobre o tema. Visamos também compreender a relação existente entre a educação e o mercado de trabalho. PALAVRAS-CHAVE: educação e trabalho, aprender, legislação. Introdução O ato de Educar tem objetivos que vão muito além da informação...

    1470  Palavras | 6  Páginas

  • Platão e a Filosofia da Educação

    Platão e a Filosofia da Educação Renato José de Oliveira Universidade Federal do Rio de Janeiro   O pensamento filosófico de Platão se desenvolve em consonância com sua visão educativa, a qual é apresentada principalmente nos diálogos A República e As leis. Tendo por objetivo a fundação mental de um Estado perfeito, Platão propõe, em A República, que se dê atenção especial à formação dos "guardiães", cuja função social é a defesa da cidade. O longo processo educativo que envolve a formação...

    1497  Palavras | 6  Páginas

  • Resenha do livro "o que é educação física"

    Resenha do Livro “O que é Educação Física” MACAPÁ-AP 2012 Resenha do Livro “O que é Educação Física” MACAPÁ-AP 2012 A obra “O que é Educação Física” tem como autor Vitor Marinho de Oliveira que é natural do Rio de Janeiro, graduado em Educação Física no ano de 1969 pela UFRJ, mestrado em Educação pela UFRJ (1981) e doutorado em Educação pela UFRJ (1993). Vitor Marinho tem experiência na área de Educação com ênfase em Educação Física, atuando principalmente nos seguintes...

    1211  Palavras | 5  Páginas

  • fundamentos da educação

    CLARETIANO ARTES/EDUCAÇÃO ARTÍSTICA RELAÇÃO ENTRE EDUCAÇÃO ESPARTANA, IDEAL HOMÉRICO E DEFESA DO ESTADO BELO HORIZONTE – 2013 CENTRO UNIVERSITÁRIO CLARETIANO ARTES/EDUCAÇÃO ARTÍSTICA – RA 1133499 RELAÇÃO ENTRE EDUCAÇÃO ESPARTANA, IDEAL HOMÉRICO E DEFESA DO ESTADO ALUNA: THAÍS FARIA REZENDE Trabalho apresentado para avaliação na disciplina de Fundamentos da Educação., do curso de Artes / Educação Artística, EAD, Centro...

    561  Palavras | 3  Páginas

  • Platao e a educação

    Leia o texto “Platão e a filosofia da educação”. 2. Tendo as questões abaixo como roteiro, elabore uma dissertação que as responda. (Não é para entregar um questionário, mas sim um texto no qual podem ser encontradas as respostas para tais questões.) a. Qual o objetivo central da educação para Platão? b. No pensamento do autor, qual a importância da filosofia para a política? c. O que é o rei-filósofo? d. A partir do texto, que tipo de exclusão e preconceito (nas ideias do séc.XXI) são percebidos...

    1438  Palavras | 6  Páginas

  • Educação espartana

    Como era a educação na cidade grega de Esparta Na Antiguidade, a cidade-estado grega de Esparta era muito voltada para as atividades militares. Desta forma, a educação recebeu forte influência da área militar. Extremamente rigorosa, a educação espartana tinha como objetivo principal formar soldados fortes, valentes e capazes para a guerra. Logo, as atividades físicas eram muito valorizadas.  Por volta dos sete anos de idade, os meninos espartanos eram levados por suas mães para uma espécie...

    2384  Palavras | 10  Páginas

  • A historia da educação

    anos, em geral – era inserido em instituições públicas e sociais que lhe concediam uma identidade e lhe indicavam uma função. A menina não recebia qualquer educação formal, mas aprendia os ofícios domésticos e os trabalhos manuais com a mãe. A educação grega era centrada na formação integral do indivíduo. Quando não existia a escrita, a educação era ministrada pela própria família, conforme a tradição religiosa. A transmissão da cultura grega se dava também, através das inúmeras atividades coletivas...

    5520  Palavras | 23  Páginas

  • Educaçao espartana

    A Educação da Criança Espartana O objetivo principal da educação espartana era transformar os jovens em bons soldados, capazes de manter a segurança da cidade. Esse treinamento educacional eram muito importantes e composto por: treinamentos físicos, salto, corrida, natação, lançamento de disco, dardo, arco e flecha, caça e luta livre. Ao nascer, a criança espartana era minuciosamente observada por um grupo de anciãos, que verificavam seu estado de saúde. Se fosse saudável, ela poderia ficar...

    776  Palavras | 4  Páginas

  • Educação grega

    »Educação Grega »Sistematização da educação: Pedagogia »Ideais: liberdade, racionalidade, intelectualidade. »Privilégios aos homens livres: 1/10 da população »Formação física e intelectual (Atenas) » Pedagogo ►Escravo letrado a quem as crianças eram confiadas »Sofistas: consideravam-se sábios ►Professores ambulantes ►Ensinavam para o êxito pessoal ►Cobravam elevada contribuição financeira ►Mal vistos, principalmente pelos filósofos. »Filósofos: pensadores amantes do saber...

    1118  Palavras | 5  Páginas

  • Educação Espartana

    FONSECA EDUCAÇÃO ESPARTANA TOLEDO, PR 2014 KATIA FONSECA EDUCAÇÃO ESPARTANA Artigo de pesquisa científico, apresentado sob a supervisão do Professor Gabriel, da disciplina de História da Educação I, como requisito parcial para trabalho do bimestre. TOLEDO, PR 2014 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO 4 2 EDUCAÇÃO ESPARTANA 5 3 CONCLUSÃO OU CONSIDERAÇÕES...

    1459  Palavras | 6  Páginas

  • Educação na idade moderna

    A educação segundo Platão | Por Ana Lucia Santana | O núcleo da filosofia de Platão é, sem dúvida, a reencarnação, a qual tem efeitos profundos sobre sua concepção educacional, embora inúmeros intérpretes de sua obra prefiram seguir uma vertente mais materialista e distante de qualquer conotação espiritual. Os dois aspectos pedagógicos mais significativos de sua obra só podem ser realmente compreendidos à luz da crença nas várias existências. Platão acredita que a educação deve ser direcionada...

    2068  Palavras | 9  Páginas

  • Educação espartana e ideal homérico

    civilizações a educação se mostra presente das mais variadas maneiras de ser apresentada e passadas para sucessores da sociedade, com tudo o trabalho aqui apresentado vem não apenas mostrar a importância da mesma mas a correlação entre a educação de uma importante sociedade como a espartana com seus ideais voltados ao estado, mas sua profunda ligação com o ideal homérico onde a formação alcançava seu auge através da competividade e individualidade. Educação espartana...

    795  Palavras | 4  Páginas

  • CIVILIZAÇÃO ESPARTANA - ESPARTA

    .......................................................................1 2. RESUMO...............................................................................................2 3. EDUCAÇÃO EM ESPARTA..............................................................................................3 3.1. A EDUCAÇÃO DOS HOMENS........................................................................................3 3.2. A ESDUCAÇÃO DAS MULHERES.........................................................

    1661  Palavras | 7  Páginas

  • Paper Uniasselvi - História da Educação

    A HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO ESPARTANA Juliano da Silva Trindade Professora Silvana Scarpatto Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI Letras (LED0180) – Prática do Módulo I 14/06/2013 RESUMO Esparta é uma região que compreende toda a parte meridional da península dos Balcãs, no início era habitada por diversas tribos rudimentares que formaram então, o povo grego. Sua história começa no século VIII a.C. onde seu passado reúne histórias de bravura e conquistas, como também várias...

    1164  Palavras | 5  Páginas

  • educaçao espartana e ideal homerioco e defesa do estado

    variação e o desenvolvimento das instituições, dos métodos e dos ideais e planos educativos, que vão desde a formação primordialdo homem de ação e cavalheiresco, dos poemas homéricos, até à educação enciclopédica e formal da época helenística. A educação orientalconduzia à anulação da personalidade; a educação grega, pelo contrário, embora o indivíduo vivesse fortemente subordinado ao Estado, suscitou, especialmente em Atenas, o desenvolvimento da personalidade, da iniciativa individual e do pensamento...

    2544  Palavras | 11  Páginas

  • “Cada sociedade constrói para si certo tipo ideal de homem. partindo de tal ideia elabora-se a educação”

    ideia elabora-se a educação” (Émille Durkheim) Este texto não tem por finalidade fazer um resumo do filme 300, mas tentar estabelecer uma relação direta entre os padrões educacionais e as necessidades da sociedade na formação do cidadão. Para que possamos, diante da afirmação de Durkheim e tendo o filme 300 como referencial, traçar o perfil do tipo ideal de cidadão que a sociedade espartana almejava, precisamos...

    522  Palavras | 3  Páginas

  • educacao na antiguidade classica

    Introdução O presente trabalho cujo tema é Educação na Antiguidade Clássica visa debruçar-se em torno do papel da educação, sua modalidade na Grécia antiga. As diferentes concepções da educação espartana e ateniense, bem como a sua organização, a sua estrutura, a sua modalidade e o seu objectivo. Os primeiros pedagogos na Grécia Antiga ( sofistas e filósofos), sua influência na educação da antiguidade clássica. Onde mudaram as politicas g Gregas que eram caracterizadas por aristocracia para a...

    2198  Palavras | 9  Páginas

  • sociedade espartana

    SOCIEDADE A sociedade espartana estava dividida em três classes sociais: os espartanos ou esparciatas, os pericos ou provincianos e os hilotas. Os esparciatas eram descendentes dos primitivos invasores dórios, formavam a classe dominante, sendo os únicos que tinham direitos políticos. Deviam dedicar sua vida ao Estado, portanto aos sete anos de idade eram mandados ao exercito, onde recebiam educação e aprendiam as artes da guerra e desporto. Pertenciam a este grupo todos os que fossem filhos...

    2645  Palavras | 11  Páginas

  • educação espartana o ideal homérico e a defesa do Estado.

    Atividade 4° semana. Relação entre educação espartana o ideal homérico e a defesa do Estado. A evolução da educação se confunde com a história da evolução do homem. Viver em sociedade demanda do homem a necessidade de se educar e educar os demais. Dentro dessa evolução através da educação o homem é colocado como protagonista de sua própria historia e o mesmo para com os outros de formas distintas. Durante a historia da humanidade os vários paradigmas de educação se desenvolveram de acordo com cada...

    857  Palavras | 4  Páginas

  • mitologia espartana

    2-SURGIMENTO SEGUNDO A MITOLOGIA Segundo a mitologia, dizem que o primeiro habitante das terras espartanas(mas que na epoca não era conhecida com tal nome) fora Lelex sendo o primeiro comandante de tais terras, este que logo se casa com uma ninfa chamada Cleocharia que desta uniao se tem a origem de Eurotas, que segundo a mitologia este rei Eurotas drena as águas de um pântano das planícies de Laconia dando origem a um rio a seu reino, que em sua homenagem e batizado com seu próprio nome, o rio...

    1378  Palavras | 6  Páginas

  • educação em Esparta

    EDUCAÇÃO EM ESPARTA Marcelo Screpec Prof Volney Eller Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI Licenciatura em História (HID0296) – Prática do Módulo I 12/06/13 RESUMO Educação em Esparta tem como objetivo principal demonstrar porque este povo grego adotou uma educação voltada para guerra e como tal processo foi implantado na cidade e seu resultado. O método adotado foi pesquisa em sites, livros didáticos e revistas. Tal educação se mostrou interessante a uma classe dominante...

    2623  Palavras | 11  Páginas

  • história da educação

    Questões 1. Qual a principal característica da educação grega? Foi de conservar e reproduzir o passado mediante a supressão da individualidade. 2. Como se denomina o novo conceito da educação que surgiu com os gregos? Os conceitos da educação refere-se aos cidadãos livres da Grécia Antiga, que podiam tirar proveito da sua liberdade, ao mesmo tempo em que cerca de 90% da população viviam como escravos. O surgimento foi das seguintes ideias e conceitos que, para eles, se transformaram em ideias...

    675  Palavras | 3  Páginas

  • A educação no mundo grego clássico

    Introdução Quando pensamos em educação e/ou ensino surge em nossas mentes a figura de um quadro negro e os alunos ouvindo, sentados em carteiras enfileiradas, as palavras de um professor. Para nós a escola é o centro de formação do ser humano, é ela a responsável por transmitir o conhecimento científico construído pelo homem ao longo do tempo. Porém, educação, nos termos acima, somente faz sentido para nossa sociedade contemporânea. Em outros contextos históricos formar o homem assumia diversos...

    3092  Palavras | 13  Páginas

  • educação grega

    Período Responsáveis/ Representantes Concepção de educação Manifestações da Prática Educacional Curiosidades Período homérico (900 – 700 a.C.) Homero (poeta grego, escritor de Ilíada e Odisseia) Compreende um duplo ideal de homem, o homem de ação e o de sabedoria, que deveria ser atingido por todos os gregos livres. A bravura tinha que ser moderada pela. Outro aspecto é a sofrosine grega, que consiste no domínio das paixões pela razão, o equilíbrio de pensamento e ação. Os poemas Homéricos...

    897  Palavras | 4  Páginas

  • A educação em atenas e esparta na grécia antiga

    A EDUCAÇÃO EM ATENAS E ESPARTA NA GRÉCIA ANTIGA 1. INTRODUÇÃO Estudo da história da educação e da pedagogia é imprescindível ao conhecimento da educação atual, pois, esta é um produto histórico. A educação presente é ao mesmo tempo, fase do passado e preparação do futuro. Educação na Grécia teve formas diferentes. Em Esparta ela assume um papel de preparação para a guerra, a perspectiva militar orientava a formação de cidadãos-guerreiros, defensores...

    3668  Palavras | 15  Páginas

  • Questionário historia da educação

    Questões 1. Qual a principal característica da educação grega? Mais oportunidade ao desenvolvimento individual. 2. O que é a educação liberal? É a educação digna do homem livre, que o habilita a tirar proveito de sua liberdade ou dela fazer uso. 3. A quem a educação liberal refere-se? Aos cidadãos livres da Grécia Antiga, que podiam tirar proveito da sua liberdade, ao mesmo tempo em que cerca de 90% da população viviam como escravos. 4. Quais são os ideais gregos? Liberdade...

    568  Palavras | 3  Páginas

  • Fundamentos da educação

    Estabelecer relação entre a educação espartana, ideal homérico e defesa de estado. O processo de formação dos jovens gregos efetuava-se por meio da disputa e da concorrência, já que se acreditava que esse era o caminho para o homem se desenvolver. Foi o ostracismo que revelou esse modelo argônio de educação. A educação grega estava centrada na formação integral de corpo e espírito, a ênfase da educação se desmontava mais, ora para o preparo militar ou esportivo ora para o debate intelectual...

    661  Palavras | 3  Páginas

  • Platão e a filosofia da educação

    PLATÃO E A FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO “A Republica e As Leis” o pensamento filosófico de Platão tem como objetivo a fundação mental de um Estado perfeito, Platão propõe, em A Republica, que se dê atenção especial à formação dos “guardiões” cuja função social é a defesa da cidade. Guardiões são crianças nascidas para governar. A formação dos “guardiões” tem como base a música e a ginástica, a música engloba a poesia que é questionada por Platão, por confundir o divino com a realidade expondo os guardiões...

    575  Palavras | 3  Páginas

  • História da educação na grécia antiga

    HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO NA GRÉCIA ANTIGA Anderson da Silva Kubiaki Prof. Gilmar Moraes Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI HID0234 – Prática do Módulo I 15/05/2012 RESUMO O estudo da história da educação e da pedagogia é imprescindível ao conhecimento da educação atual, pois, esta é um produto histórico. A educação presente é ao mesmo tempo, fase do passado e preparação do futuro. Assim o presente trabalho apresentará a educação na Grécia que se divide em Homérica...

    1309  Palavras | 6  Páginas

  • Historia da educação

    seja, um conjunto de valores. Evidente, que podemos manifestar essa crise da cultura com força no pensamento e praticando a educação. Não é surpresa, pois a educação depende da culta. O que pode causar mal-estar na educação? Não debaterem sobre a formação fundamental, a geral, a instrutiva, a cultura escola e todos os conhecimentos básicos existentes. Para onde vai ha educação? Não temos respostas concretas em razão dessa real crise e de muitas incertezas. Em que mundo quer viver? Que futuro desejamos...

    4541  Palavras | 19  Páginas

  • História da educação

    ANTIGUIDADE GREGA Pedagogia Decorre daí o caráter tradicionalista da educação, ocupada com a transmissão do saber do passado, o que a toma rígida e estática. Tratando-se de sociedades teocráticas, a educação não se separa da religião, e o escriba, o sacerdote ou o mago são os depositários desses valores. Na Grécia clássica, ao contrário, as explicações predominantemente religiosas são substituídas pelo uso da razão autônoma, da inteligência crítica e pela atuação da personalidade livre, capaz...

    5845  Palavras | 24  Páginas

  • Historia da educação na antiguidade

    HISTORIA DA EDUCAÇÃO NA ANTIGUIDADE - Isabela História da Educação 09/11/09 RESUMO A educação na Antiguidade consagrou estudos de bons repertórios de livros sólidos. Começou, porem, a desaparecer com negligência. Através da insuficiência de materiais elaborados pelos predecessores da História, escrita por antigos educadores. Há intrínseca ligação entre a História do mundo e a História da Educação. Impõem-se necessidade de proceder uma revisão geral e uma elaboração que integre, sintaticamente...

    2572  Palavras | 11  Páginas

  • Educação romana e grega

    Quais as Semelhanças e Diferenças entre a Educação de Roma e Grécia Como na Grécia a educação dos camponeses latinos era comunitária porem, era uma tarefa domestica sem distinção social. Nesta educação era visada a consciência moral, e de colocar-se a serviço da comunidade, que exalta a austeridade, a visa simples e o amor ao trabalho; ao contrario da Grécia que zelava pela formação física e intelectual. Mesmo quando surgiu o Estado de Roma e o enriquecimento devido às invasões ainda assim a criança...

    7496  Palavras | 30  Páginas

  • A Educação Primitiva

    A EDUCAÇAO PRIMITIVA A organização das tribos se mantém numa estrutura homogênea, uma e indivisível em suas relações, sem a dominação de um sobre o outro. Em relação à educação, as crianças aprendem imitando o comportamento dos adultos. Por meio dessa educação difusa, da qual todos participam, a criança toma conhecimento dos mitos ancestrais, desenvolve a percepção do mundo e aperfeiçoa suas habilidades. A educação primitiva era essencialmente pratica, marcada pelos rituais de iniciação. Dividia-se...

    1353  Palavras | 6  Páginas

  • Educaçao

    1.Em relação ao ensino praticado pelo o Jesuíta, no Brasil colônia descreva de que forma era praticado o ensino por essa ordem religiosa junto aos Indígenas, ou seja, quais eram os seus métodos de ensino. 2. O Humanismo renascentista marca a volta do homem para o palco da historia. A principal mudança ocorrida neste período foi a substituição: 3. A educação na sociedade medieval foi marcada: 4. Descreva de forma sucinta as principais características presentes nos ideais de educação, nas cidades...

    619  Palavras | 3  Páginas

  • educação homerica

    A Educação Homérica Era baseada na religião, onde os deuses eram representados como semelhantes aos homens, a relação de adoração variava segundo os arquétipos de bem e mal, certo e errado. Os Deuses eram imortais, portando, o homem também poderia sê-lo, bastava se assemelhar a um herói para se tornar um. Foi o inicio do pensamento rumo a perfeição (Paideia), que tornava o homem um ser realizado e que poderia ajudar o Estado. A pedagogia utilizada ainda era oral, mas já vinda da literatura das...

    515  Palavras | 3  Páginas

  • resenha educação na grecia

    FAK FACULDADE KURIOS A EDUCAÇÃO NA GRÉCIA Francisca Darliane Francelino Da Silva Maranguape-CE, 18 de agosto de 2014 DISCIPLINA: História da Pedagogia PROFESSORA: Rosangela Castro ALUNA: Francisca Darliane Francelino da Silva – 1ª semestre/Noite JUSTIFICATIVA O presente trabalho foi proposto pela professora Rosangela Castro para os alunos do primeiro semestre do...

    2005  Palavras | 9  Páginas

  • História da Educação

     História da Educação 2 Unip- Pedagogia 1 Notas: 2 Leia e responda: É possível se perceber no Egito antigo elementos que nos mostram que o sábio, o intelectual, ou aquele que detém o conhecimento é sempre diferenciado em relação aos demais. Percebemos também que deter conhecimentos é uma forma de exercer o poder sobre os outros. No Egito antigo qual profissão está intimamente ligada a esta questão? Escolher uma resposta. a. Copistas b. Filósofos c. Sofistas d. Faraós ...

    774  Palavras | 4  Páginas

  • As concepções pedagógicas na historia da educação

    Pensamento Pedagógico na Antiguidade As grandes civilizações tinham modelos de educação parecidos, os ensinamentos eram passados de pai para filho e mostra que os nobres tinham acesso a educação de qualidade porque podiam arcar com os gatos de uma educação prolongada. Enquanto à classe média baixa tinha que seguir os ensinamentos dos pais. Entrando na civilização da mesopotâmia, podemos ver que o ponto forte da sua educação era a escrita cuneiforme, ou seja, em forma de cunha. Na antiguidade, a leitura...

    2020  Palavras | 9  Páginas

  • Grécia antiga relação ser humano

    séc. IV a.C., essas cidades eram Atenas, com estimados 170.000 habitantes em sua área urbana, Siracusa, com aproximadamente 125.000 habitantes. Esparta tinha apenas 40.000 habitantes em sua área urbana, sendo uma cidade-estado pouco urbanizada em relação as outras. Atenas era a maior e a mais rica cidade da Grécia Antiga durante o séc. V e VI a.C.. Existem relatos da época que reportam volume comercial externo da ordem de 180 milhões de dracmas áticos, valor duas ou três vezes superior ao orçamento...

    1867  Palavras | 8  Páginas

  • Platão e a filosofia da educação

    Platão e a Filosofia da Educação . Leia o texto “Platão e a filosofia da educação”. 2. Tendo as questões abaixo como roteiro, elabore uma dissertação que as responda. (Não é para entregar (Um questionário, mas sim um texto no qual podem ser encontradas as respostas para tais questões.) A. Qual o objetivo central da educação para Platão? B. No pensamento do autor, qual a importância da filosofia para a política? C. O que é o rei-filósofo? D. A partir do texto, que tipo de exclusão e preconceito...

    636  Palavras | 3  Páginas

  • A educação no período Homérico

    Nome da escola Disciplina: História e Filosofia da Educação Turma: Professor: A educação no período Homérico Aluna (o): Teresópolis 2013 A educação no período Homérico Teresópolis 2013 Sumário Introdução..........................................................pág.4 A educação no período homérico.............................................. pág.5 e 6 Conclusão................................ pág. 7 Referencias Bibliográficas...

    781  Palavras | 4  Páginas

  • Filosofia da educação e platão

    Platão defende a instituição de uma censura com relação aos poemas épicos e trágicos que fazem menção aos atos divinos de natureza "não digna", como por exemplo, a vingança. Partindo do princípio de que a divindade é boa em sua essência, o filósofo ateniense julga ser danoso à formação moral dos guardiões o conhecimento desses relatos, que consideram mentirosos. Quanto à educação do corpo, ele diz ser preciso tomar por modelo a ginástica militar espartana, que tem por base exercícios físico e prescreve...

    621  Palavras | 3  Páginas

  • História da Educação

    principais características da educação no Antigo Egito: a. A educação no Antigo Egito era, essencialmente, uma educação livre e informal. Baseada na literatura sapiencial, era feita de conselhos práticos para as mais diversas situações da vida diária, desde a religião até a guerra. Normalmente, era realizada pelos anciões, que eram severamente combatidos e não tinham prestígio, pois eram associados àqueles que poderiam desencaminhar a juventude. b. A educação no Antigo Egito era elitista...

    2545  Palavras | 11  Páginas

  • A atuação pedagógica inclusiva do professor na educação básica

    O PROFESSOR E SUA FORMAÇÃO DIANTE DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA CASTRO, Raimundo Márcio Mota de – UNIUBE/EST rdo.marcio.mestrado@hotmail.com Área Temática: Educação: Diversidade e Inclusão Agência Financiadora: CAPES Resumo A situação da inclusão de deficientes na escola normal é uma luta iniciada a pouco mais de 40 anos no mundo e há pouco mais de 10 anos no Brasil, ainda que já se tenha discussões antes desse período. O principio da normalização iniciado na Europa propôs a inclusão da inclusão ...

    4695  Palavras | 19  Páginas

  • Educação na grecia antiga

    EDUCACAO NA GRECIA ANTIGA Patrícia Cristina Pereira Adriana dos Santos Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI Pedagogia(Art 0031) – Prática do Módulo I 12/11/2010 O objetivo deste trabalho e falar sobre a Educação na Grécia antiga . Que e o tema central do trabalho porem para poder se entender melhor começamos a falar desde a civilização da Grécia como ela foi habitada quem era os povos que lá moravam , como sobreviviam , do que se alimentava, quais eram suas atividades...

    2085  Palavras | 9  Páginas

tracking img