Qual É A Noção De Conhecimento Verdadeiro Trazida Pela Filosofia Nascente artigos e trabalhos de pesquisa

  • Trabalho de Filosofia

     ALUNO: CARLOS AUGUSTO MARTINS BOMFIM SOBRINHO CURSO: BACHARELADO EM DIREITO MATÉRIA: FILOSOFIA TURMA: DR1P58 TURNO: NOITE TRABALHO REFERENTE AO CAPITULO 01 DA APOSTILA “A ORIGEM DA FILOSOFIA” TERESINA/PI 03 DE ABRIL DE 2014 1 – Que quer dizer philosophia? A quem se atribui a invenção dessa palavra? Philo: que dizer aquele ou aquela que tem um sentimento amigável. Sophia: quer dizer sabedoria e dela vem a palavra sophos, sábio. Atribui-se ao filosofo...

    837  Palavras | 4  Páginas

  • filosofia

    desejo de saber. 3. O que levou alguns gregos a se aproximarem da filosofia? R: A admiração pela realidade, a insatisfação com as explicações e tradições levaram alguns gregos a se aproximarem da filosofia, fazendo perguntas pra descobrir a verdade das coisas.1. Que quer dizer philosophía? A quem se atribui a invenção dessa palavra? 4. Enumere os principais traços da filosofia nascente Os principais traços da Filosofia Nascente São: • Tendência racional, em que somente a Razão é o critério de...

    1107  Palavras | 5  Páginas

  • Filosofia

    Questões pagina 39- livro “ iniciação a filosofia” – Marilena Chauí 1) Quer dizer Philosophia? A quem se atribui a invenção dessa palavra? A palavra "filosofia" (do grego) é uma composição de duas palavras: philos   e sophia . A primeira é uma derivação de philia que significa amizade, amor fraterno e respeito entre os iguais; a segunda significa sabedoria ou simplesmente saber. Filosofia significa, portanto, amizade pela sabedoria, amor e respeito pelo saber. Atribui-se a Pitágoras de Samus...

    500  Palavras | 2  Páginas

  • Perguntas e respostas de filosofia

    dizer philosophía? A quem se atribui a invenção dessa palavra? Filosofia significa a amizade pela sabedoria ou amor e respeito pelo saber. Atribui-se ao filósofo grego Pitágoras a invenção da palavra filosofia. 2. O que Pitágoras queria dizer ao se referir às pessoas que comparecem aos Jogos Olímpicos? ...

    1045  Palavras | 5  Páginas

  • Filosofia

    que liberta o prisioneiro rebelde e com qual ele deseja libertar os outros prisioneiros? 2) 1.Que paralelos podemos estabelecer entre o personagem Neo , do filme matrix , e o filosofo Sócrates ? 2. Por que Sócrates e considerado o ''patrono da filosofia '‘? 3. O que Platão quis representar no mito da caverna? 4. Explique o que são as nossas crenças e costumeiras. 5. De acordo com o que foi estudado no capitulo, em que momento passou da atitude costumeira a atitude filosófica? 6. Quais as três...

    773  Palavras | 4  Páginas

  • Filosofia

    a invenção da palavra filosofia. 2.O que Pitágoras queria dizer ao se referir às pessoas que comparecem aos Jogos Olímpicos? R:Pitágoras queria dizer que o filósofo não é movido por interesses comerciais e financeiros; também não é movido pelo desejo de competir; mas é movido pelo desejo de observar, contemplar, julgar e avaliar as coisas, as ações, as pessoas, afinal, pelo desejo de saber 3. O que levou alguns gregos a se aproximarem da Filosofia? R:A admiração pela realidade...

    1042  Palavras | 5  Páginas

  • CONVITE A FILOSOFIA

    gregos à Filosofia? A admiração e espanto com a realidade, insatisfação com as explicações que a tradição lhes dera; alguns pensadores gregos se deram conta de que a verdade do mundo e dos humanos não eram algo secreto e misterioso, que precisasse ser revelado por divindades a alguns escolhidos, mas que ao contrario, podia ser conhecida por todos por meio das operações mentais de raciocínio, que são as mesmas e todos os seres humanos. 4 – Enumere os principais traços da Filosofia nascente. Tendência...

    931  Palavras | 4  Páginas

  • filosofia

    2. O que Pitágoras queria dizer ao se referir às pessoas que comparecem aos Jogos Olímpicos? 3. O que levou alguns gregos a se aproximarem da Filosofia? 4. Enumere os principais traços da Filosofia nascente. 5. Que é a tendência à racionalidade? 6. Que é síntese? E análise? 7. Qual é a noção de conhecimento verdadeiro trazida pela Filosofia nascente? 8. Que significa afirmar que”a razão e o pensamento operam obedecendo a leis, princípios e regras universais”? 9. Qual a diferença entre o acaso...

    1077  Palavras | 5  Páginas

  • CONVITE À FILOSOFIA

    NÚCLEO DE MOCAJUBA DISCIPLINA: FUNDAMENTOS FILOSÓFICOS PROFESSOR: Me MARCEL R. PADINHA 1ª AVALIAÇÃO: ESTUDO DIRIGIDO: CONVITE A FILOSOFIA TEMA: GESTÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA DE MOCAJUBA: POLÍTICA, DESAFIOS E PERSPECTIVAS. MOCAJUBA, 10 DE JULHO DE 2014 ESTUDO DIRIGIDO CONVITE À FILOSOFIA – MARILENA CHAUI. 1. O QUE QUER DIZER A PALAVRA CRÍTICA? R. Em geral utilizamos a palavra crítica como forma de dizer que tudo vai mal, que tudo...

    1541  Palavras | 7  Páginas

  • O que levou alguns gregos a se aproximarem da filosofia

    Outros sites Yahoo Email Novidades Finanças Esportes Mais Exibir versão para computador Privacidade e Termos © 2014 Yahoo! Inc Sociologia Qual é a noção de conhecimento verdadeiro trazida pela Filosofia nascente? gostaria dessa resposta para completa meu trabalho de filosofia... Melhor resposta (Escolhida pelo eleitor) Filosofia (do grego Φιλοσοφία: philos - que ama + sophia - sabedoria, « que ama a sabedoria ») é a investigação crítica e racional dos princípios fundamentais relacionados...

    948  Palavras | 4  Páginas

  • Filosofia

    PEQUENO RESUMO DO CAP. 03 DE FILOSOFIA A Palavra filosofia foi inventada pelo filósofo Pitágoras de Samos, ele afirmou que a sabedoria plena e completa pertence aos deuses, mas que os homens podem desejá-la e amá-la, tornando-se filósofos. Pitágoras queria nos mostrar que um filósofo não é movido por interesses comerciais ou financeiros e que também não coloca o saber como propriedade sua, como uma coisa para ser comprada e vendida, também não é movido pelo desejo de competir.. mas é movido...

    1437  Palavras | 6  Páginas

  • O que levou alguns gregos a se aproximarem da filosofia

    Outros sites Yahoo Email Novidades Finanças Esportes Mais Exibir versão para computador Privacidade e Termos © 2014 Yahoo! Inc Sociologia Qual é a noção de conhecimento verdadeiro trazida pela Filosofia nascente? gostaria dessa resposta para completa meu trabalho de filosofia... Melhor resposta (Escolhida pelo eleitor) Filosofia (do grego Φιλοσοφία: philos - que ama + sophia - sabedoria, « que ama a sabedoria ») é a investigação crítica e racional dos princípios fundamentais relacionados...

    948  Palavras | 4  Páginas

  • Livro de Filosofia ..

    2. O que Pitágoras queria dizer ao se referir às pessoas que comparecem aos Jogos Olímpicos? 3. O que levou alguns gregos a se aproximarem da Filosofia? 4. Enumere os principais traços da Filosofia nascente. 5. Que é a tendência à racionalidade? 6. Que é síntese? E análise? 7. Qual é a noção de conhecimento verdadeiro trazida pela Filosofia nascente? 8. Que significa afirmar que”a razão e o pensamento operam obedecendo a leis, princípios e regras universais”? 9. Qual a diferença entre o acaso...

    1292  Palavras | 6  Páginas

  • a preocupação com o conhecimento

    1. Que quer dizer cosmologia? E ontologia? Cosmologia é o estudo que caracterizou a Filosofia nascen­te quando os primeiros filósofos ocupavam-se com a origem e a ordem do mundo, o kósmos. Entretanto, pouco a pouco, essa Filosofia nascente tomou-se uma ontologia, ou seja, passou-se a indagar o que era o próprio kósmos, qual era o princípio eterno que ordenava todas as coisas e que permanecia imutável sob a multiplicidade e transformação delas. Esse princípio, concebido como fundo imperecível...

    2764  Palavras | 12  Páginas

  • TRABALHO DE FILOSOFIA 1

     Resolução das questões do livro: “Convite a Filosofia”, Unidade 1 CAPÍTULO 1 – A ORIGEM DA FILOSOFIA 1 - Que quer dizer philosophía? A quem se atribui a invenção dessa palavra? Resposta: Filosofia (do grego: philos: atração e sofia: sabedoria) Filosofia significa, amizade pela sabedoria, amor e respeito pelo saber. Assim a Filosofia indica um estado de espírito, o da pessoa que ama, isto é, deseja o conhecimento, o estima, o procura e o respeita. Pitágoras (séc.. VI e a. C). 2 - O que Pitágoras...

    3981  Palavras | 16  Páginas

  • TRABALHO DE FILOSOFIA

    A ORIGEM DA FILOSOFIA A PALAVRA FILOSOFIA Filosofia é uma palavra grega que significa "amor à sabedoria" e consiste no estudo de problemas fundamentais relacionados à existência, ao conhecimento, à verdade, aos valores morais e estéticos, à mente e à linguagem. Filósofo é um indivíduo que busca o conhecimento de si mesmo, sem uma visão pragmática, é movido pela curiosidade e sobre os fundamentos da realidade. Além do desenvolvimento da filosofia como uma disciplina, a filosofia é intrínseca...

    3343  Palavras | 14  Páginas

  • Resumo - convite a filosofia

    [pic] CONVITE A FILOSOFIA Marilena Chaui Resumo UNIDADE 5 ➢ Capítulo 1 - A preocupação com o conhecimento ➢ Capítulo 2 – A percepção ➢ Capítulo 3 – A memória Grupo: Dyego, Viviane, Elaine, Mykerlles e Adalgisa. UNIDADE 5 – O CONHECIMENTO CAP 1 - A PREOCUPAÇÃO COM O CONHECIMENTO O CONHECIMENTO E OS PRIMEIROS FILÓSOFOS Quando estudamos o nascimento da Filosofia na Grécia, vimos que os primeiros filósofos – os pré-socráticos – dedicavam-se a um conjunto...

    5529  Palavras | 23  Páginas

  • O conhecimento

    Capítulo 1 A preocupação com o conhecimento * O CONHECIMENTO E OS PRIMEIROS FILÓSOFOS Quando estudamos o nascimento da Filosofia na Grécia, vimos que os primeiros filósofos - os pré-socráticos - dedicavam-se a um conjunto de indagações principais: Por que e como as coisas existem? O que é o mundo? Qual a origem da Natureza e quais as causas de sua transformação? Essas indagações colocavam no centro a pergunta: o que é o Ser? A palavra ser em português, traduz a palavra latina esse e...

    5678  Palavras | 23  Páginas

  • Convite a filosofia - resumo

    Convite a filosofia A VERDADE COMO UM VALOR “Não se aprende Filosofia, mas a filosofar”, já disse Kant. A Filosofia não é um conjunto de idéias e de sistemas que possamos apreender automaticamente, não é um passeio turístico pelas paisagens intelectuais, mas uma decisão ou deliberação orientada por um valor: a verdade. É o desejo do verdadeiro que move a Filosofia e suscita filosofias. Afirmar que a verdade é um valor significa: o verdadeiro confere às coisas, aos seres humanos, ao...

    6500  Palavras | 26  Páginas

  • filosofia agora

    UESTIONÁRIO - CAP 1 1) Quer dizer Philosophia? A quem se atribui a invenção dessa palavra? A palavra "filosofia" (do grego) é uma composição de duas palavras: philos esophia . A primeira é uma derivação de philia que significa amizade, amor fraterno e respeito entre os iguais; a segunda significa sabedoria ou simplesmente saber. Filosofia significa, portanto, amizade pela sabedoria, amor e respeito pelo saber. Atribui-se a Pitágoras de Samus, séc. V a.C 2) O que Pitágoras queria dizer ao...

    569  Palavras | 3  Páginas

  • Filosofia Socrates

    constituído por contrários irreconciliáveis e proporcionar a reconciliação desses polos para acabar com a angústia. Originalmente, o mito é um relato oral. Com o passar do tempo, os seus detalhes vão variando à medida que vão sendo transmitidos os conhecimentos de geração em geração. Uma vez que as sociedades desenvolveram a escrita, o mito foi reelaborado em termos literários, daí a diversidade das suas versões e variantes. Quando, na antiguidade, as explicações científicas começaram a competir com...

    3908  Palavras | 16  Páginas

  • A Origem da filosofia

    das idéias e dos conhecimentos uma habilidade para vencer competidores ou “atletas intelectuais”; mas é movido pelo desejo de observar, contemplar, julgar e avaliar as coisas, as ações, a vida: em resumo, pelo desejo de saber. A verdade não pertence a ninguém, ela é o que buscamos e que está diante de nós para ser contemplada e vista, se tivermos olhos (do espírito) para vê-la. 3. P: Enumere os principais traços da Filosofia Nascente 4. Os principais traços da Filosofia Nascente São: 5. • Tendência...

    735  Palavras | 3  Páginas

  • filosofia

    movido pelo desejo de competir— não é um “atleta intelectual”, não faz das idéias e dos conhecimentos uma habilidade para vencer competidores; mas é movido pelo desejo de observar, contemplar, julgar e avaliar as coisas, as ações, as pessoas, os acontecimentos, a vida; em resumo, pelo desejo de saber. P: Enumere os principais traços da Filosofia Nascente Os principais traços da Filosofia Nascente São: • Tendência racional, em que somente a Razão é o critério de explicação sobre o mundo...

    732  Palavras | 3  Páginas

  • Atividade De Filosofia

    palavra? Resposta: Apalavra filosofia é grega. É composta de duas outras: philo e sophía. Philo quer dizer “aquele ou aquela que tem um sentimento amigável”, pois deriva de philía, que significa “amizade e amor fraterno”. Sophía quer dizer “sabedoria” e dela vem a palavra sophós, sábio. Filosofia significa, portanto, “amizade pela sabedoria” ou “amor e respeito pelo saber”. Atribui-se ao filósofo grego Pitágoras de Samos (que viveu no século V a.C) a invenção da palavra “filosofia”. Pitágoras teria afirmado...

    1046  Palavras | 5  Páginas

  • trabalho filosofia

    preenchem esses três significados da noção crítica, a qual, como se observa, é inseparável da noção de racional, que vimos 02-Que significa dizer que a filosofia se volta preferencialmente para os momentos decrise?R-A filosofia se interessa por aquele instante em que a realidade natural (o mundo das coisas) e a realidade histórico-social (o mundo dos homens) tornam-se estranhas,espantosas, quando as opiniões estabelecidas disponíveis já não nos podem satisfazer. A filosofia volta-se preferencialmente para...

    2489  Palavras | 10  Páginas

  • trabalho filosofia

    preenchem esses três significados da noção crítica, a qual, como se observa, é inseparável da noção de racional, que vimos 02-Que significa dizer que a filosofia se volta preferencialmente para os momentos decrise?R-A filosofia se interessa por aquele instante em que a realidade natural (o mundo das coisas) e a realidade histórico-social (o mundo dos homens) tornam-se estranhas,espantosas, quando as opiniões estabelecidas disponíveis já não nos podem satisfazer. A filosofia volta-se preferencialmente para...

    2489  Palavras | 10  Páginas

  • Apontamentos de filosofia

    I. O QUE É FILOSOFIA? PARA QUE A FILOSOFIA? A ATITUDE FILOSÓFICA[1]. 1. Apresentação O objetivo principal de Introdução Filosofia é despertar no aluno a percepção que a análise, reflexão e crítica da realidade, fundamentada pelo pensamento filosófico e norteada por princípios e valores éticos, levam a uma maior compreensão do mundo, propiciam escolhas conscientes e um atuar justo tanto no cotidiano quanto no exercício profissional, tornando-o consciente de sua importância como indivíduo...

    7302  Palavras | 30  Páginas

  • filosofia

    CENTRO UNIVERSITÁRIO DO MARANHÃO – UNICEUMA PROFESSOR: FABIANO DISCIPLINA: FILOSOFIA E ÉTICA RESUMO DOS TEXTOS: A HISTÓRIA DA FILOSOFIA E O MITO E A RAZÃO (Maycon Andrade Garcia - CPD: 897292) Regime Especial – Administração EAD São Luis - MA Maio/2013 A História da Filosofia Nascida na Grécia no final do séc. VII A.C. e o início do séc. VI A.C., a palavra FILOSOFIA (Filo/ Philia: Amizade + Sofia/ Sophia: Sabedoria) tanto pode significar o saber, como pode...

    2824  Palavras | 12  Páginas

  • Preocupação com o conhecimento

    Os primeiros filósofos dedicavam-se as indagações. A origem do mundo era o KOSMO, e a filosofia nascente do estudo destes foi a COSMOLOGIA. Eles começaram a indagar o que era o kosmo? Por que as coisas se transformam? O que é o ser? E o SER TÒÓ. E a partir desse estudo do ser, nasceu a ontologia. A maioria dos primeiros filósofos não se preocupava com a nossa capacidade e possibilidade de conhecimento, mas temos algumas exceções: Heráclito: considerava a natureza um fluxo, pois os seres...

    1055  Palavras | 5  Páginas

  • filosofia

    1)Cosmologia: ramo da Astrologia que estuda os corpos celestes; Ontologia: parte da Filosofia que estuda a natureza do ser. 2)Discordam:Heráclito de Éfeso considerava a natureza um fluxo perpétuo, o escoamento contínuo dos seres em mudança perpétua. Dizia ele: “Não podemos banhar-nos duasvezes no mesmo rio, porque a água nunca é a mesma e nós nunca somos os mesmos”.Parmênides de Eleia colocava-se na posição contrária à de Heráclito. Dizia que só podemos pensar sobre aquilo quepermanece sempre idêntico...

    2033  Palavras | 9  Páginas

  • psciologia,sociologia e filosofia

    Psicologia, sociologia e filosofia, as ciências que são as bases da educação. Ao longo do tempo temos observado as varias mudanças que ocorreram no âmbito da educação, elas nos ajudaram a construir um novo pensamento com ferramentas que colabora para caminhar em um horizonte e também observa as tendências e teorias dos novos pensadores de nosso tempo. se hoje podemos confiar nas ciências que são sustento para a educação ,isso no século anterior foi uma grande luta para mudar o pensamento vigente...

    1476  Palavras | 6  Páginas

  • filosofia

    Que quer dizer a palavra filosofia? Que sentido lhe deu Pitágoras? 2. Que significa afirmar que a Filosofia é grega? 3. Como surgiu a Filosofia? 4. Qual a diferença entre mito e Filosofia? 5. Que condições históricas permitiram o nascimento da Filosofia na Grécia? 6. Que quer dizer cosmologia? O que foi o período cosmológico? 7. Quais as mudanças filosóficas trazidas por Sócrates? O que ele procurava? 8. Quais os campos de investigação que constituíram a Filosofia? 9. O que foi o período...

    516  Palavras | 3  Páginas

  • A filosofia árabe: falsafa

    CURSO DE FILOSOFIA ABRAÃO ANDRADE JABER FELIPE FAKER LAVADO JOSÉ NOGUEIRA MOTA NETO RODRIGO BENEVIDES BARBOSA SEBASTIÃO HOLANDA FILOSOFIA ÁRABE: Falsafa FORTALEZA 2013 ABRAÃO ANDRADE JABER FELIPE FAKER LAVADO JOSÉ NOGUEIRA MOTA NETO RODRIGO BENEVIDES BARBOSA SEBASTIÃO HOLANDA FILOSOFIA ÁRABE: FALSAFA Trabalho científico sobre a filosofia árabe relacionado ao seminário apresentado dia 14/06/2013 na disciplina de: História da filosofia II – Filosofia medieval...

    5480  Palavras | 22  Páginas

  • Atividade 01 - Filosofia

    Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará Campus de Jaguaribe Fundamentos Filosóficos da Ciência Professor: Ricardo César Atividades Capítulo 01 (Questões – 06 a 09) 06. Que é síntese? E análise? 07. Qual é a noção de conhecimento verdadeiro trazido pela filosofia nascente? 08. Que significa afirmar que a razão e o pensamento operam obedecendo a leis, princípios e regras universais? 09. Qual é a diferença entre o acaso na natureza e o possível nas ações humanas? Resolução 06. A síntese...

    1495  Palavras | 6  Páginas

  • O conhecimento dos primeiros filosofos

    O conhecimento e os primeiros filósofos Quando estudamos o nascimento da filosofia na grécia, vimos que os primeiros filosófos dedicavam-se a um conjunto de indagações principais: '' Por que e como as coisas existem?'' '' O que é mundo?'', '' Qual a origem da natureza e quais as causas de sua transformação ?''. Essas indagações colocavam no centro a pergunta: '' O que são as coisas?''. Pouco a pouco essa pergunta passou a ser assim formulada: ''O que é o ser ?''. Os primeiros filosófos ocupavam-se...

    2576  Palavras | 11  Páginas

  • O nascimento da filosofia

    O Nascimento da Filosofia Introdução Todos nós sabemos que os primeiros filósofos da humanidade foram gregos. Isso significa que embora tenhamos referências de grandes homens na China (Confúcio, Lao Tsé), na Índia (Buda), na Pérsia (Zaratustra), suas teorias ainda estão por demais vinculadas à religião para que se possa falar propriamente em reflexão filosófica. O que veremos neste texto é o processo pelo qual se tornou possível a passagem da consciência mítica para...

    18518  Palavras | 75  Páginas

  • A RAZÃO NA FILOSOFIA CONTEMPORANEA

    A RAZÃO NA FILOSOFIA CONTEMPORANEA Trabalho apresentado a Professora Linda Meire Almeida Abreu, da disciplina de Filosofia, da turma do segundo semestre, turno noturno, do curso de Gestão estratégica de Pessoas. Instituto Cuiabano De Educação Cuiabá – 06/2014 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 03 2. A RAZÃO NA FILOSOFIA CONTEMPORANEA 04 ...

    1430  Palavras | 6  Páginas

  • Filosofia

    Universidade do Sul de Santa Catarina – Unisul Campus Virtual | Atividade de Avaliação a Distância | Disciplina: Filosofia Curso:Gestao Financeira Professor: Flavio Alexandre Hobold Nome do aluno: Data: 10/05/2011 1-A tese pré-Socratico Heraclito consciente de que o individuo e as coisas mudam constantemente .De que nada é estático e permanente. A realidade, para Heraclito, é a harmonia dos contrários , que não cessam de se transformar uns nos outros. Se tudo não cessa de se...

    1088  Palavras | 5  Páginas

  • Livro de Filosofia

    Gassenferth Sandro Niemicz Francine Canto Claudia Helena Carvalho Wigert Thiago Felipe Victorino Rafael de Queiroz Oliveira Sandro Niemicz Sumário Apresentação | 5 1 O homem e sua relação com o mundo: Filosofia e Educação  |  7 2 O pensamento moderno e a Filosofia da Educação  |  61 3 Novas imagens do homem  |  97 4 A formação do pensamento pedagógico brasileiro  |  143 Referências | 173 Apresentação Segundo Edgar Morin, em sua obra Os sete saberes necessários à educação...

    57455  Palavras | 230  Páginas

  • fichamento de convite a filosofia de marilena chaui

     Fichanento Convite à Filosofia Marilena Chauí Razão Verdade Conhecimento Ciência Vanessa da rocha soares Matricula: Couso: psicologia Turno: noite A Razão Os vários sentidos da palavra razão A Filosofia se realiza como conhecimento racional da realidade natural e cultural, das coisas e dos seres humanos. Ela confia e desconfia da razão. O que é razão? Dizemos, “eu estou com a razão” ou “ele não tem razão” no sentido de certeza. “Também alguém perde...

    23580  Palavras | 95  Páginas

  • formas de conhecimentos filosoficos

    FORMAS DE CONHECIMENTO O Senso comum e bom senso O senso comum é o conhecimento adquirido pela tradição. A esta herança cultural de nosso grupo (idéias e valores que nos permitem conhecer e julgar, e, logo, agir), acrescentamos os resultados de nossa experiência vivida. Este conhecimento não é objeto de análise, sendo, assim, não crítico, encontrando-se misturado a crenças e preconceitos. É também um conhecimento fragmentado (difuso, assistemático e incoerente). As aparências também influenciam...

    4206  Palavras | 17  Páginas

  • Resenha Do Esp Rito Da Filosofia Medieval De Etienne Gilson Filosofia Hist Ria E Pol Tica

    29/03/2015 Resenha do Espírito da Filosofia Medieval, de Etienne Gilson – Filosofia, História e Política FILOSOFIA, HISTÓRIA E POLÍTICA Search this website… Busca Veritas est adaequatio rei et intellectus- Abū ʿAlī al-Ḥusayn ibn ʿAbd Allāh ibn Sīnā(Avicena) Metafísica Resenha do Espírito da Filosofia Medieval, de Etienne Gilson 14/03/2013 POR FELIPE PIMENTA ESTATÍSTICAS DO SITE 573,595 hits DEIXE UM COMENTÁRIO março 2013 S T Q Q 4 S S 5 6 7 1 2 3 8 9 10 11 12 13 18 19...

    1331  Palavras | 6  Páginas

  • Verdade e Conhecimento

    Verdade e Conhecimento na Filosofia Introdução No desenvolvimento do trabalho a seguir você encontrará a presença de informações que procuram enfatizar as definições de verdade; a verdade na filosofia; a relação da verdade com alguns pensadores; os tipos de verdade; o que é conhecimento? O conhecimento e os primeiros filósofos; conhecimento e verdade, entre outras. Em uma breve síntese temos: A Verdade é a eterna busca da filosofia, mais não existe uma única verdade, e as verdades, com o...

    6276  Palavras | 26  Páginas

  • convite a filosofia

    Marilena Chaui Convite à Filosofia Ed. Ática, São Paulo, 2000. Convite à Filosofia _______________________________ SUMÁRIO Introdução [01] Para que Filosofia? Unidade 1: A Filosofi a [02] Capitulo 1: A origem da Filosofia [03] Capítulo 2: O nascimento da Filosofia [04] Capítulo 3: Campos de investigação da Filosofia [05] Capítulo 4: Principais períodos da história da Filosofia [06] Capítulo 5: Aspectos da Filosofia contemporânea Unidade 2: A razão [07] Capítulo 1: A Razão ...

    201040  Palavras | 805  Páginas

  • Trabalho de Filosofia - Racionalismo

    de divagações e incertezas tradicionais. Como diz Marcondes em: Textos Básicos de Filosofia. “Descartes considerava um de seus objetivos primordiais a fundamentação da nova ciência natural então nascente, defendendo sua validade diante dos erros da ciência antiga e mostrando a necessidade de se encontrar o verdadeiro método cientifico que colocasse a ciência no caminho correto para o desenvolvimento do conhecimento, o que se propõe no discurso do método.” (2005, p.73). Dos erros da ciência antiga...

    1976  Palavras | 8  Páginas

  • Questionário de filosofia

    O que é a filosofia Que quer dizer a palavra critica? A palavra critica vem do grego e possui três sentidos principais: a) capacidade para julgar, discernir e decidir corretamente; b)exame racional de todas as coisas sem preconceitos e sem pré-julgamento; c)atividade de examinar a avaliar detalhadamente uma idéia, um valor, uma costume, um comportamento, uma obra artística ou cientifica.  Que significa dizer que a Filosofia se volta preferencialmente para os momentos de crise ou críticos? Ela...

    3379  Palavras | 14  Páginas

  • Filosofia, apostila

    61. O herói vive, portanto, na dependência dos deuses e do destino, faltando a ele a noção de vontade pessoal, de liberdade. Isso não o diminui pois, ter sido escolhido pelos deuses é sinal de valor. 62. A virtude do herói se manifesta pela coragem e pela força, sobretudo no campo da batalha. Mas também se destaca na assembléia dos guerreiros, pelo poder de persuasão do discurso. Nessa perspectiva a noção de virtude se trata da excelência e superioridade. 63. Hesíodo, outro poeta, produz uma...

    19677  Palavras | 79  Páginas

  • filosofia da educação

    Segundo o racionalismo, algumas noções fundamentais do conhecimento são inatas, já nascem com o sujeito. Enquanto o saber cotidiano adquirido pelos sentidos é falível, as idéias inatas devem ser sempre verdadeiras, pois provem diretamente da razão. Cabe a reflexão racional atingir o conhecimento verdadeiro discernindo e examinando todas as idéias que possuímos, até encontrar aquelas que são claras e distintas. Seguindo os parâmetros de Descartes sobre as definições da ideias, assinale a alternativa...

    2098  Palavras | 9  Páginas

  • O Nascimento Da Filosofia Geral

    A origem e nascimento da filosofia CHAUI, Marilena. Convite a filosofia. São Paulo: Ática, 1999. Professora Andréa R. de Souza Leandro As mudanças de qualidade que os gregos imprimiram no conhecimento do oriente. Originalidade grega:  1. Retiraram o pavor e humanizaram os deuses.  2. Transformaram o conhecimento prático em ciência.  3. Na organização social criaram a política, criaram instituições.  4. Pensamento sistemático que segue regras.  MITO E FILOSOFIA O que é? Uma narrativa sobre...

    1101  Palavras | 5  Páginas

  • filosofia

    ESPÍRITO CIENTÍFICO GASTON BACHELARD Pôr o leitor directamente em contacto com textos marcantes da história da filosofia -através de traduções £citas a partir dos respectivos originais, por tradutores responsáveis, acompanhadas de introduções e notas explicativasfoi o ponto de partida para esta colecção. 0 seu âmbito estender-se-á a todas as épocas e a todos os tipos e estilos de filosofia, procurando incluir os textos mais significativos do pensamento filosófico na sua multiplicidade e riqueza...

    43066  Palavras | 173  Páginas

  • ética na filosofia

    1. Ética na Filosofia A ética na filosofia estuda os valores que regem os relacionamentos interpessoais, como as pessoas se posicionam na vida, e de que maneira elas convivem em harmonia com as demais. O termo ética é oriundo do grego, e significa “aquilo que pertence ao caráter”. A ética diferencia-se de moral, uma vez que, a moral é relacionada a regras e normas, costumes de cada cultura, e a ética é o modo de agir das pessoas. 1.2 Ética Socrática Ética é a grande criação grega que...

    2054  Palavras | 9  Páginas

  • Livro Filosofia

    Marilena Chaui Convite à Filosofia Ed. Ática, São Paulo, 2000. Convite à Filosofia _______________________________ SUMÁRIO Introdução [01] Para que Filosofia? Unidade 1: A Filosofi a [02] Capitulo 1: A origem da Filosofia [03] Capítulo 2: O nascimento da Filosofia [04] Capítulo 3: Campos de investigação da Filosofia [05] Capítulo 4: Principais períodos da história da Filosofia [06] Capítulo 5: Aspectos da Filosofia contemporânea Unidade 2: A razão [07] Capítulo 1: A Razão ...

    135656  Palavras | 543  Páginas

  • convite a filosofia

    Marilena Chaui Convite à Filosofia Ed. Ática, São Paulo, 2000. Convite à Filosofia _______________________________ SUMÁRIO Introdução [01] Para que Filosofia? Unidade 1: A Filosofi a [02] Capitulo 1: A origem da Filosofia [03] Capítulo 2: O nascimento da Filosofia [04] Capítulo 3: Campos de investigação da Filosofia [05] Capítulo 4: Principais períodos da história da Filosofia [06] Capítulo 5: Aspectos da Filosofia contemporânea Unidade 2: A razão [07] Capítulo 1: A Razão ...

    103007  Palavras | 413  Páginas

  • Trabalho de filosofia

    sua volta e, até mesmo, para compreender certas características humanas. Esta visão mítica foi substituída por uma visão racional e científica da realidade, durante a Modernidade, sendo que o reinado da razão foi o grande projeto do Iluminismo. À Filosofia contemporânea coube questionar os efeitos desse domínio ilimitado da razão sobre a natureza e a vida humana. O avanço do capitalismo e sua ideologia romperam com a concepção de uma História contínua e progressiva, apontando rupturas e descontinuidade...

    1939  Palavras | 8  Páginas

  • O MITO E A FILOSOFIA

    MONTEIRO MITO E FILOSOFIA BELO HORIZONTE 2015 COLÉGIO ESTADUAL BERNARDO MONTEIRO 08/03/15 MITO E FILOSOFIA Trabalho bimestral apresentado para avaliação da matéria de Filosofia, Ensino Médio, do Colégio Bernardo Monteiro de Belo Horizonte, MG. Avaliador: Prof. Renato SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO 4 2 A RELAÇÃO ENTRE MITO E FILOSOFIA 5 2.1 Definição de filosofia 5 2.2 Definição de mito 6 2.3 Diferenças entre mito e filosofia 7 2.4 Semelhança entre mito e filosofia 7 3 A IMPORTÂNCIA...

    2093  Palavras | 9  Páginas

  • filosofia

    Virtual Biografia de Filósofos História da Filosofia Laifis de Filosofia Eventos do Mês Resenha do Mês Livro da Semana Entrevista do Mês Jornais Brasileiros Oráculo Dicionário de Filosofia Filosofia On-line (TV) Rádio Filosofia Como estudar Filosofia Dicas para Monografia Filos. e Outras Áreas Filos. na Sala de Aula Exercícios Comentados Jogos On-line Provas de Concursos Loja virtual Curso de Filosofia Curiosidades Filosóficas Escolas de Filosofia Filosofia Clínica Histórias Filosóficas Relato do Leitor Frase...

    7179  Palavras | 29  Páginas

  • CONVITE A FILOSOFIA

    Marilena Chaui Convite à Filosofia Ed. Ática, São Paulo, 2000. Convite à Filosofia _______________________________ SUMÁRIO Introdução [01] Para que Filosofia? Unidade 1: A Filosofi a [02] Capitulo 1: A origem da Filosofia [03] Capítulo 2: O nascimento da Filosofia [04] Capítulo 3: Campos de investigação da Filosofia [05] Capítulo 4: Principais períodos da história da Filosofia [06] Capítulo 5: Aspectos da Filosofia contemporânea Unidade 2: A razão [07] Capítulo 1: A Razão ...

    257302  Palavras | 1030  Páginas

  • BACHELARD, Gaston. Conhecimento comum e conhecimento científico

    Conhecimento comum e conhecimento científico1 GASTON BACHELARD. In: Revista Tempo Brasileiro nº 28, 1972. Extraído do livro: Materialismo Racional, Edições 70, 1990. "Peu d'hommes ont une connaissance nette de la ligne de démarcation qui sépare le connu du connu." Lord Frazer, Esprit des blés et dos bois, Préface. "Ce sont plutôt les générations qui se corrigent, que les hommes: c'est la jeunesse encore exempte de préjugés, et indiférente aux systèmes qui en juge le plus sainement." De Lue...

    7393  Palavras | 30  Páginas

  • Filosofia

    Marilena Chaui Convite à Filosofia Ed. Ática, São Paulo, 2000. Convite à Filosofia _______________________________ – 2 – SUMÁRIO Introdução [01] Para que Filosofia? Unidade 1: A Filosofia [02] Capitulo 1: A origem da Filosofia [03] Capítulo 2: O nascimento da Filosofia [04] Capítulo 3: Campos de investigação da Filosofia [05] Capítulo 4: Principais períodos da história da Filosofia [06] Capítulo 5: Aspectos da Filosofia contemporânea Unidade 2: A razão [07] Capítulo 1: A Razão [08]...

    235908  Palavras | 944  Páginas

  • convite a filosofia

    Marilena Chaui Convite à Filosofia Ed. Ática, São Paulo, 2000. Convite à Filosofia _______________________________ SUMÁRIO Introdução [01] Para que Filosofia? Unidade 1: A Filosofi a [02] Capitulo 1: A origem da Filosofia [03] Capítulo 2: O nascimento da Filosofia [04] Capítulo 3: Campos de investigação da Filosofia [05] Capítulo 4: Principais períodos da história da Filosofia [06] Capítulo 5: Aspectos da Filosofia contemporânea Unidade 2: A razão [07] Capítulo 1: A Razão ...

    257302  Palavras | 1030  Páginas

tracking img