• Qual é a natureza do domínio exercido pelo Estado sobre a sociedade e do uso da coerção física sobre os indivíduos?
    Qual é a natureza do domínio exercido pelo Estado sobre a sociedade e do uso da coerção física sobre os indivíduos? Para responder ao questionamento devemos retornar a origem do Estado, e, portanto da organização humana em sociedade. O ser humano que passa de coletor e caçador para...
    697 Palavras 3 Páginas
  • Perfil do ministro de música
    conscientização das classe sociais e a compreensão do homem como ser social histórico. Questão 03- Qual é a natureza do domínio exercido pelo Estado sobre a sociedade e do uso da coerção física sobre os indivíduos? Para o liberalismo a concepção do contrato social trata-se de uma ferramenta...
    597 Palavras 3 Páginas
  • Liberalismo vs marrxismo
    teóricos buscaram responder. A primeira questão pode ser formulada nos seguintes termos: qual a natureza do domínio exercido pelo Estado sobre a sociedade e qual a natureza do uso da força estatal sobre os indivíduos? A esta questão os liberais iriam responder que o domínio do Estado sobre a...
    628 Palavras 3 Páginas
  • TEORIA DA ESTRUTURAÇÃO, RECURSOS ALOCATIVOS E MEIO AMBIENTE
    ’. Ainda sobre a crítica à visão da sociologia estrutural, Giddens mostra como Durkheim associa coerção através da observação de que a Longue durée de instituições tanto precede quanto ultrapassa as vidas dos indivíduos nascidos em uma determinada sociedade. Em seus primeiros escritos, Durkheim enfatizou...
    5452 Palavras 22 Páginas
  • Estado, governo e mercado
    : Qual é a natureza do domínio exercido pelo Estado sobre a sociedade e do uso da coerção física sobre os indivíduos? A concepção de um contrato social existente no liberalismo representa uma ferramenta táctica de acordo entre os indivíduos, constituindo assim uma proposta de organização social e de...
    308 Palavras 2 Páginas
  • Politica e poder
    representada pela renúncia de cada um aodireito  de usar cada um a própria força. Existente no estado de natureza e que torna todos os indivíduos iguais entre si, para delegar o direito do exercício da força a uma única pessoa, um único corpo, que será o único autorizado a usar a força contra...
    1089 Palavras 5 Páginas
  • Trabalho de filosofia
    ". Em outras palavras, o indivíduo que detém esses meios tem a capacidade de exercer determinada influência ou domínio e, por seu intermédio, alcançar os efeitos que desejar. a fenômeno do poder costuma ser divídido em duas categorias: o poder do homem sobre a natureza e o poder do homem sobre outros...
    4053 Palavras 17 Páginas
  • Estado, governo e mercado - ufs
    ) Cite três características distintivas de cada corrente de pensamento até aqui analisada. Página 68 – 3) Qual é a natureza do domínio exercido pelo Estado sobre a sociedade e do uso da coerção física sobre os indivíduos? 4) Como são as relações entre maioria e minorias na sociedade e como essas se...
    761 Palavras 4 Páginas
  • Relação de poder
    sociedade e do território, unindo o povo ao solo2 . Nesse sentido, a geografia política e a geopolítica utilizam os conhecimentos da Geografia Física e da Geografia Humana, interrelacionadas com a Ecologia, para orientar a ação política do Estado. Para José W. Vesentini: | A palavra geopolítica não é...
    3367 Palavras 14 Páginas
  • Resumo: Poder
    consenso Poder espiritual (momento principal) Supra-estrutura, momento do consenso - Sociedade Civil político Coação – força física Fortes e fracos Organização da coação Poder temporal - imperium Supra-estrutura, momento do domínioSociedade Política ou Estado Os estudos de política...
    3594 Palavras 15 Páginas
  • trabalhos
    direito de usar cada um a própria força. Existente no estado de natureza e que torna todos os indivíduos iguais entre si, para delegar o direito do exercício da força a uma única pessoa, um único corpo, que será o único autorizado a usar a força contra eles. Teorias marxista e weberiana[editar...
    1129 Palavras 5 Páginas
  • Politica para Bobbio
    grupos que agem em um determinado contexto social, resultado de um processo que se desenvolve na direção da monopolização da posse e do uso dos meios com os quais é possível exercer a coação física. Hobbes (Leviatã, Cap. XVII) relata, justamente, que a passagem do estado de natureza (anarquia) para o...
    2581 Palavras 11 Páginas
  • Resumo Politica e Poder
    Institucional e Jurídica. -Estado: é a instituição política que, dirigida por um governo soberano, reivindica o monopólio do uso legítimo da força física em determinado território, subordinando os membros da sociedade que nele vivem. -Estado ≠ Governo. (Instituição...
    1969 Palavras 8 Páginas
  • Politica, Poder e Estado
    perceber que o poder é uma relação entre indivíduos ou grupos de indivíduos, sempre exercido por alguém e sobre alguém.  Poder e força  Para que alguém tenha a possibilidade de exercer o poder é necessário que ele tenha a força necessária para tanto. A força não e somente física como pode parecer...
    4208 Palavras 17 Páginas
  • Projeto de pesquisa
    indivíduos renunciam ao direito de usar cada qual a própria força que os torna iguais no estado de natureza para depositá-lo nas mãos de uma única pessoa ou de um único corpo que de agora em diante será o único autorizado a usar a força no interesse deles.(tendência que os detentores do poder...
    2945 Palavras 12 Páginas
  • exatras
    dos instrumentos com os quais se exerce a força física: é o poder coator no sentido mais estrito da palavra. A possibilidade de recorrer à força distingue o poder político das outras formas de poder. Isso não significa que, ele seja exercido pelo uso da força; a possibilidade do uso é condição...
    17265 Palavras 70 Páginas
  • Geopolitica
    sociologicamente em termos de seus meios específicos, ou seja, o uso legitimo da força física. • O uso da força é um aspecto peculiar. Uma atribuição exclusiva do Estado. • O que aconteceria sem essa atuação específica do Estado? • Anarquia • O direito de uso da força é atribuído aos indivíduos e...
    3121 Palavras 13 Páginas
  • Transporte Escolar
    sociologicamente em termos de seus meios específicos, ou seja, o uso legitimo da força física. • O uso da força é um aspecto peculiar. Uma atribuição exclusiva do Estado. • O que aconteceria sem essa atuação específica do Estado? • Anarquia • O direito de uso da força é atribuído aos indivíduos e...
    3121 Palavras 13 Páginas
  • Três aspectos fundamentais da matriz liberal
    social histórico. 3) Qual é a natureza do domínio exercido pelo Estado sobre a sociedade e do uso da coerção física sobre os indivíduos? Resposta: No liberalismo, o contrato social é uma ferramenta para representar o acordo tácito entre os indivíduos para constituir uma proposta de organização...
    1622 Palavras 7 Páginas
  • Émile Durkeim (fato social)
    sociedade como um organismo vivo, bem como os estudos de outras ciências. Em seus estudos Durkheim percebe que dentro da sociedade existem fatos, estes compreendidos como, “toda maneira de agir fixa ou não, suscetível de exercer sobre o indivíduo uma coerção exterior; ou então ainda, que é geral na...
    1641 Palavras 7 Páginas