Qual É A Natureza Do Domínio Exercido Pelo Estado Sobre A Sociedade E Do Uso Da Coerção Física Sobre Os Indivíduos artigos e trabalhos de pesquisa

  • Qual é a natureza do domínio exercido pelo Estado sobre a sociedade e do uso da coerção física sobre os indivíduos?

    Qual é a natureza do domínio exercido pelo Estado sobre a sociedade e do uso da coerção física sobre os indivíduos? Para responder ao questionamento devemos retornar a origem do Estado, e, portanto da organização humana em sociedade. O ser humano que passa de coletor e caçador para sedentário agricultor, irá necessitar conforme suas implicações e suas interações sociais de proteção, e esta necessidade de proteção segundo o filósofo inglês da Idade Moderna Thomas Hobbes (1588/1679) se dá...

    697  Palavras | 3  Páginas

  • Estado, governo e mercado - ufs

    Página 68 – 3) Qual é a natureza do domínio exercido pelo Estado sobre a sociedade e do uso da coerção física sobre os indivíduos? 4) Como são as relações entre maioria e minorias na sociedade e como essas se relacionam com o Estado? Resposta 1: Para responder esta questão posso me prender aos pontos abaixo: a) Que a formação deste pensamento, o liberalismo, não se apresenta ou definise de forma direta e objetiva. Está ancorado nas interpretações e análise do homem, sociedade e seus convívios feitos...

    761  Palavras | 4  Páginas

  • Politicas Publicas E Sociedade

    Políticas Públicas & Sociedade Semestre 2015.1 Polo Olinda Tutora Fernanda Santos Unidade 1 Conceitos Fundamentais Conceitos Fundamentais • Como interpretar os conceitos em Ciências Sociais? • Influência de valores e convicções • Menor grau de previsibilidade • Fenômenos sociais com causalidades e dinâmicas que variam de acordo com a observação Fernanda Santos Conceitos Fundamentais • Como será estruturado o estudo da Unidade 1? 1. Sociedade e suas Instituições...

    1488  Palavras | 6  Páginas

  • Politica, Poder e Estado

    teórica dos movimentos revolucionários Ciência que estuda o comportamento da sociedade em geral e busca uma perfeita organização na vida social. Nestes artigos relacionamos o que ela representa, o que busca compreender e a base de seu surgimento; como também a lista de alguns sociólogos e um pouco de suas respectivas teorias, e como a sociologia influência outras ciências explicando procedimentos observados na sociedade, fazendo parte de estudos de ciências como: filosofia, antropologia, economia...

    4208  Palavras | 17  Páginas

  • A educação física e o ideário de promoção da saúde na contemporaneidade: estratégias de controle do corpo

    A EDUCAÇÃO FÍSICA E O IDEÁRIO DE PROMOÇÃO DA SAÚDE NA CONTEMPORANEIDADE: ESTRATÉGIAS DE CONTROLE DO CORPO Roberta Jardim Coube Felipe Lameu dos Santos Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro – UFRRJ belcoube@hotmail.com Resumo Este texto procura, de maneira introdutória, identificar as possíveis ressignificações do ideário do movimento higienista (a vulgarização de hábitos saudáveis), a partir da leitura das propostas de alguns autores ligados à Educação Física e áreas médicas. Buscamos analisar...

    4162  Palavras | 17  Páginas

  • Estado governo e mercado

    e comentar sobre os principais teóricos que discutem sobre o tema Mercado, Governo e Mercado – Maximillian Carl Emil Weber, Barão de Montesquieu, Jean-Jacques Rousseau, Adam Smith. Maximillian Carl Emil Weber: A sociologia tem sua origem neste sociólogo bem como estudos e pesquisas sobre religiosidade de cultura, acreditava que era necessário uma interdependência entre a religião, economia e a sociedade, pois só assim o núcleo social poderia ser analisado , segundo ele o estado é supremo uma...

    2781  Palavras | 12  Páginas

  • Estado, governo e mercado

    Tutor Presencial: PINHEIROS 2012 Desenvolvimento das atividades ATIVIDADES – MÓDULO 1 Orientadora: Prof.ª Drª Rita de Cássia Duarte Lima Ler, aprofundar e comentar sobre os principais teóricos que discutem sobre o tema Mercado, Governo e Mercado – Maximillian Carl Emil Weber, Barão de Montesquieu, Jean-Jacques Rousseau, Adam Smith. Maximilian Carl Emil Weber, 1864 - 1920. Foi um intelectual alemão, jurista, economista e considerado...

    3407  Palavras | 14  Páginas

  • CURSO DE ESPECILIZAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA DISCIPLINA: Estado, Governo e Mercado

    PÚBLICA DISCIPLINA: Estado, Governo e Mercado PROF. Carlos Eduardo Bezerra PRIMEIRA ATIVIDADE ESTUDANTE: Lorena Nunes de Freitas Prezadas estudantes, Prezados estudantes, Nas páginas 66 do livro desta disciplina, vocês têm algumas atividades de aprendizagem. São ao todo duas questões das quais eu solicito que vocês respondam apenas à primeira. Questão 1: “Qual é a natureza do domínio exercido pelo Estado sobre a sociedade e do uso da coerção física sobre os indivíduos?” De acordo...

    932  Palavras | 4  Páginas

  • Ci ncia pol tica e Teoria do Estado Jarbas 2 Semestre

     CIÊNCIA POLÍTICA E TEORIA DO ESTADO PIRAMIDE DE HANS KELSEN No topo dessa pirâmide está a NFHA (NORMA FUNDAMENTAL HIPOTÉTICA ABSTRATA) , que são um conjunto de normas eleitas pelos indivíduos, é a razão do individuo em sociedade. Há logo após, o poder político (poder do povo) – poder constituinte, é um poder ilimitado, abrangente. Há logo após a Constituição que são normas políticas criadas com base...

    6318  Palavras | 26  Páginas

  • nação, estado e direito

    Estado Para outros usos deste termo, veja Estado (desambiguação) . Não deve ser confundido com o país . Estado é um conceito político que se refere a uma forma de organização coercitiva social, econômico, político e soberano, formado por um conjunto de instituições não voluntário, que tem o poder de regular a vida nacional, em um determinado território. Normalmente, geralmente aderem à definição do Estado, reconhecimento por parte dacomunidade internacional . Definição de Estado [ editar ] ...

    4189  Palavras | 17  Páginas

  • Conceitos básicos sobre ciência política

    Construção de um texto analítico próprio e simples sobre os conteúdos apresentados pelo Autor estudado. Conceitos básicos sobre ciência política. O presente trabalho elaborado por Ricardo Correa Coelho esclarece que toda ciência baseia-se na filosofia, e no caso da Ciência Política não é diferente e que mesmo recente tem seus fundamentos teóricos na Filosofia Política da antiguidade. Recorrendo aos filósofos, como por exemplo, Aristóteles, analisou as formas de poder com base...

    2036  Palavras | 9  Páginas

  • Resumo da Introdução da obra Ensaio sobre a Liberdade de John Stuart Mill

    GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA POLÍTICA POLÍTICA CLÁSSICA Resumo da Introdução da obra “Sobre a Liberdade” – John Stuart Mill O Ensaio “Sobre a Liberdade” não trata da liberdade do querer, oposta à doutrina “da necessidade filosófica”, mas da liberdade civil ou social; a natureza e os limites do poder que a sociedade legitimamente exerça sobre o indivíduo. Em perspectiva histórica, particularmente na Grécia, em Roma e na Inglaterra, sobressai o debate dicotômico...

    1215  Palavras | 5  Páginas

  • Conceito de estado segundo max webber

    realizado no âmbito da disciplina de Pensamento Político III aborda o tema: “O conceito de Estado segundo Max Weber”. Pretendo ao longo do trabalho extrair de forma clara e objetiva o conceito de Estado sobre o ponto de vista do sociólogo Max Weber. Este alemão foi indiscutivelmente um dos pensadores mais influentes em várias áreas nomeadamente na sociologia, na política e na sociologia. Nas sociedades ocidentais modernizadas, o desenvolvimento das várias instituições, económicas, sociais e culturais...

    2467  Palavras | 10  Páginas

  • Governo, estado e mercado atividade

    PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL Disciplina: Estado, Governo e Mercado Profa.: Maria do Carmo Alunos: João Gutemberg Nobre Simplício - B - TURMA 2 - REDENÇÃO ROTEIRO DE LEITURA: 1. Indique algumas ideias de Montesquieu e de Rousseau para o funcionamento do Estado (p.15-17). Charles-Louis de Secondat, conhecido como barão de Montesquieu (1689–1755), foi um dos grandes filósofos políticos do Iluminismo. De acordo com Montesquieu, o Estado possui três funções fundamentais, sendo todas as suas...

    2810  Palavras | 12  Páginas

  • KANT a liberdade, o indivíduo e a república

    KANT: a liberdade, o indivíduo e a república A filosofia moral de Kant é uma celebração da dignidade individual. Ele vai tentar superar a dicotomia entre empirismo x racionalismo. Suas principais obras foram Critica – da razão pura; da razão prática; e do juízo. A filosofia moral e a dignidade do individuo Kant diz que a razão é uma estrutura formal, sem conteúdo. Ele nos alerta ao dizer que não podemos conhecer a coisa em si, só podemos conhecer o fenômeno. Então ele faz a seguinte distinção:...

    2951  Palavras | 12  Páginas

  • sociedades de controle

    UMA PROJEÇÃO ANTECIPADA DA SOCIEDADE DO CONTROLE: UMA REPRESENTAÇÃO FICCIONAL LEILA B. RIBEIRO∗ leilabribeiro@unirio.br VALÉRIA C. L. WILKE∗( valwilke@terra.com.br CARMEN I. C. OLIVEIRA∗(( irenecor@brfree.com.br JULIA L. LIMA∗((( jlemosl@globo.com TERESA C. P. OLIVEIRA∗(((( teresapaletta@hotmail.com WAGNER M. F. DAMASCENO∗((((( wagnermiqueias@ig.com.br Resumo: No biopoder, que constitui o novo paradigma de poder vigente na sociedade do controle, o corpo social tende a ser totalmente...

    7596  Palavras | 31  Páginas

  • O Papel das Instituições de Ensino na Sociedade de Normalização: Um breve estudo sobre a docilização dos corpos segundo Michel Foucault.

    FACULDADEs integradas torricelli curso de direito Ricardo da Silva Rocha RA 4671907699 O Papel das Instituições de Ensino na Sociedade de Normalização: Um breve estudo sobre a docilização dos corpos segundo Michel Foucault. professor: CARLOS HENRIQUE PEREIRA DE MEDEIROS disciplina: SOCIOLOGIA GERAL E JURÍDICA Guarulhos 2012 “[…] É dócil um corpo que pode ser submetido, que pode ser utilizado, que...

    4559  Palavras | 19  Páginas

  • Papel das crianças na sociedade de acordo com Karl Marx, Emile Durkheim e Max Weber

    pelas crianças nos diferentes períodos e sociedades, sob as ópticas dos três sociólogos, tanto na sociedade tradicional e quanto na sociedade moderna. Ao longo da história da humanidade, ocorreram inúmeras mudanças, principalmente sócio-econômicas e algumas dessas mudanças e transformações serão citadas e analisadas no desenvolvimento deste trabalho. Marx estuda as causas das desigualdades sociais através da perspectiva da contradição e analisa a sociedade de seu tempo, levando em consideração momentos...

    4425  Palavras | 18  Páginas

  • Política, Nação, Estado, Tipos de Dominação, Regimes de Governo, Formas de Governo

    estabelecidas. Política é a ciência da governação de um Estado ou Nação e também uma arte de negociação para compatibilizar interesses. O significado de política é muito abrangente e está, em geral, relacionado com aquilo que diz respeito ao espaço público. Poder - Probabilidade de se impor ima vontade mediante recursos de coerção. É o direito de deliberar, agir e mandar e também, dependendo do contexto, exercer sua autoridade, soberania, ou a posse do domínio, da influência ou da força. Dominação - Constitui-se...

    1966  Palavras | 8  Páginas

  • Para maior compreensão da política social: concepções básicas de estado versus sociedade

    Concepções básicas de Estado versus Sociedade O referido texto expõe sobre as concepções de Estado e Sociedade, e nele podemos perceber os diferentes e complexos conceitos que são atribuídos a ambos conforme o processo histórico. O autor nos revela as variadas compreensões, que chegam a ser antagônicas, que os teóricos entendem como Estado e Sociedade, o que veremos a seguir. Ambos os conceitos estão interligados, não sendo possível referir-se a Estado sem falar de sociedade, porém cabe ressaltar...

    923  Palavras | 4  Páginas

  • A origem do estado

    origem do Estado A palavra Estado, derivada do Latim STATUS, surgiu na renascença,com o significado ainda hoje a utilizamos. Gramaticalmente Estado é a forma de ser ou estar das coisas, algo em sua substância, um substantivo masculino. Deve-se a Nicolau Maquiavel (1469-1527) a inclusão desse termo na literatura política, através do seu livro (PRÍNCIPE), escrito em 1513, publicado após sua morte em 1531, com a afirmação: "Todos os Estados todos os domínios que tiveram e tem poder sobre os homens...

    6373  Palavras | 26  Páginas

  • Estado, Poder e dominacao

    aspectos relevantes sobre Estado, Poder e Dominação. 3 1.1.2 Objectivos específicos 3 Explicar a origem do Estado, Poder e Dominação; 3 Consulta de Manuais teóricos sobre o tema em abordagem, fundamentalmente a luz de Max Weber e; 3 2.ESTADO 4 2.1Origem do Estado 4 3PODER E DOMINAÇÃO 8 3.1Poder 8 3.2Dominação ou Autoridade 9 3.2.1Dominação legal 9 4Conclusão 15 5Referências Bibliográficas 16 1. Introdução Este trabalho tem por objectivo debruçar acerca do Estado, poder e dominação...

    4608  Palavras | 19  Páginas

  • o estudo da sociedade humana

    A obra Politica de Aristoteles é considerada um dos primeiros tratados sistemáticos sobre a arte e a ciência de governar a polis e, portanto, da filosofia política. Foi devido, em grande medida, a essa obra clássica que o termo politica se formou nas línguas ocidentais. Para Aristoteles, a politica era uma “continuação” da ética, só se aplicada a vida publica. Assim, depois de refletir, em Ética a Nicômaco, sobre o modo de vida que conduz a felicidade humana, investigou em politica as instituições...

    1335  Palavras | 6  Páginas

  • CAPÍTULO I (RESUMO) - Elementos da Teoria Geral do Estado (DALLARI)

    RESUMO – ELEMENTOS DE TEORIA GERAL DO ESTADO CAPÍTULO I 1. INTRODUÇÃO × Teoria Geral do Estado: estudo do Estado em todos os seus aspectos (origem, organização, funcionamento, finalidades), concebendo-o como um fato social e uma ordem, que procura atingir os seus fins com eficácia e justiça. × Na Antiguidade: Platão, Aristóteles e Cícero escreveram estudos que se classificariam atualmente como TGE, mas lhes falta a o rigor científico. × Na Idade Média: estudos de Santo...

    2057  Palavras | 9  Páginas

  • ESTADO, JUSTIÇA E VIRTUDE

    0902- Estado, Justiça e Virtude: conceitos necessários para formação de cidadãos críticos e ativos no meio em que vivem - 240 horas Prezado (a) Cursista Seja bem-vindo a ACAPED – Agência de Capacitação Educacional, uma proposta de curso a distância destinada à formação continuada dos professores e profissionais da educação que, como você, encontra-se no exercício de atividades educacionais nas escolas do país. Você participará de um curso cuja proposta focaliza-se no oferecimento de oportunidades...

    13231  Palavras | 53  Páginas

  • Estado

    Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Estado (desambiguação). O frontispício do Leviatã de Thomas Hobbes. Estado (do latim status,us: modo de estar, situação, condição), segundo o Dicionário Houaiss, data do século XIII e designa "conjunto das instituições (governo, forças armadas, funcionalismo público etc.) que controlam e administram uma nação"; "país soberano, com estrutura própria e politicamente organizado".1 . 2 Para Kant, o Estado tanto é designado por coisa pública (res publica)...

    7275  Palavras | 30  Páginas

  • Teoria do Estado [2013-01] - Apostila

    _________________________________ (I) A Política e o Estado (1) Política Derivado do adjetivo politikós, que significa tudo o que se refere à cidade (polis) e, conseqüentemente, ao que é urbano, civil, público, e até mesmo sociável e social, o termo "política" se expandiu graças à influência de Aristóteles. Sua obra Política pode ser considerada como o primeiro tratado sobre a natureza, funções e divisão do Estado, bem como sobre as várias formas de governo. O termo "política" adquire...

    14061  Palavras | 57  Páginas

  • teoria geral do estado

    TEORIA GERAL DO ESTADO CONCEITO DE TEORIA GERAL: É a ciência que investiga e expõe os princípios fundamentais da sociedade política denominada Estado, sua origem, estrutura, formas, finalidade e evolução. OBJETO E MÉTODO DA TEORIA GERAL DO ESTADO A grande revolução nos estudos políticos, com o abandono dos fundamentos teológicos e a busca de generalizações e a partir da própria realidade, ocorre Maquiavel, no início do século XVI. Sem ignorar os valores humanos, inclusive os valores morais...

    13074  Palavras | 53  Páginas

  • DISCUSSÕES ACERCA DA NATUREZA HUMANA E PROBLEMAS DA ORDEM SOCIAL

    DISCUSSÕES ACERCA DA NATUREZA HUMANA E PROBLEMAS DA ORDEM SOCIAL A convivência humana origina diferentes maneiras de pensar e agir, levando assim a uma divergência de interesses que podem ser resolvidas tanto pela força quanto pela negociação. Devido a isso, diversos autores teorizaram sobre política e relações sociais dentro das premissas do consenso e do conflito. Dentro dessa perspectiva, a própria natureza humana poderia ser entendida como determinante nas relações sociais e na configuração...

    2136  Palavras | 9  Páginas

  • Atividade 01 Estado Governo E Mercado

    EXERCÍCIO 1 – Conceitos de Estado, governo e mercado e as matrizes liberal e Marxista Antes de avançarmos na discussão sobre as relações entre Estado, governo e mercado é necessário conhecer os conceitos. Também é necessário ao gestor público identificar as matrizes teóricas (liberal e marxista) que animam o debate sobre o papel do Estado na sociedade, as quais se encontram – conscientemente ou não – presentes no raciocínio e no discurso de todos aqueles que trabalham no Estado, prestam-lhe serviços...

    2164  Palavras | 9  Páginas

  • Compreender o império: uso de gramsci no Brasil no século XIX

    Compreender o Império: Usos de Gramsci no Brasil no século XIX Luiz Fernando Saraiva* Théo Lobarinhas Piñeiro** Apesar das inúmeras qualificações que são dadas ao pensador italiano Antônio Gramsci, podemos dizer que Gramsci foi, antes de tudo, um dos maiores renovadores do pensamento marxista no século XX, influenciando várias vertentes. Talvez o alcance de suas idéias somente tenha sido menor do que os textos de Lênin e a atuação política e ideológica de Stálin junto a URSS e ao „bloco‟...

    8395  Palavras | 34  Páginas

  • Sociedade, política e estado: definindo os conceitos

    Sociedade, Política e Estado: Definindo os conceitos Sumário Introdução Sociedade Política Estado Considerações finais Introdução Araújo, traz segundo Stalin a definição sobre o Estado capitalista,como uma instituição organizada para a defesa do país, da ordem e como um aparelho para a cobrança de impostos. Ressalta que o Estado está nas mãos da economia capitalista comentado por Araújo(2007):" O capitalismo monopolista de Estado não é senão a submissão absoluta do estado...

    4656  Palavras | 19  Páginas

  • a importancia da filosofia como pilar da sociedade ocidental

    criar o que lhe parece adequado para saciar sua fome e compensar sua falha. Logo após, estabelece o indivíduo um sistema de produção daquilo de que precisa. Estabelecem-se assim relações de troca de mercadorias, criando-se um espaço de interessante convívio - o mercado - onde se institui um referencial negociado, chamado valor de permuta. Ou valor de uso e de troca. É assim que, partindo da natureza natural, onde se inscreve sua ávida biologia, o homem utiliza o acicate de seu instinto de sobrevivência...

    4571  Palavras | 19  Páginas

  • Estado

    1 – INTRODUÇÃO Para se compreender o conceito de Estado, deve-se ter em mente o conceito de sociedade e suas características, pois a seu modo o Estado nada mais é do que uma sociedade organizada política e juridicamente, visando o bem estar social, possuindo poder determinado e próprio, com território determinado. O Estado é a pessoa jurídica da sociedade, ela é subordinada a uma autoridade soberana, ele é um conjunto de poderes políticos e administrativos de uma nação. Deve-se...

    5500  Palavras | 22  Páginas

  • Poder, Estado e Educação

    SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO ROSIANE AZEVÊDO COSTA PODER, ESTADO E EDUCAÇÃO SÃO LUÍS, 2014. 2 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO CURSO DE MATEMÁTICA LICENCIATURA SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO ROSIANE AZEVÊDO COSTA ATIVIDADE AVALIATIVA PODER, ESTADO E EDUCAÇÃO Esta atividade é uma pesquisa bibliográfica sobre o tema “poder, estado e educação” , e para a objetividade, seguirei as seguintes orientações abaixo: A) Conceituar Estado e Poder na visão dos teóricos Aristóteles, Platão, Maquiavel...

    4473  Palavras | 18  Páginas

  • Anatomia do Estado

    A anatomia do estado Murray N. Rothbard A anatomia do estado 1ª Edição Editado por: Instituto Ludwig von Mises Brasil R. Iguatemi, 448, cj. 405 – Itaim Bibi CEP: 01451-010, São Paulo – SP Tel.: +55 11 3704-3782 Email: contato@mises.org.br www.mises.org.br Impresso no Brasil/Printed in Brazil ISBN – 978-85-8119-017-4 1ª Edição Tradução para o português de Portugal: Tiago Chabert Revisão e adaptação para o português do Brasil: Leandro Augusto Gomes Roque & Fernando Fiori Chiocca ...

    12390  Palavras | 50  Páginas

  • sociedade e estado

    neste momento, sobre um assunto em que muitos autores divergem, vez que fazem parte de correntes doutrinárias diferentes, sendo as mais conhecidas, os Mecanicistas e os Organicistas, e, são as duas formulações históricas mais importantes sobre os fundamentos da Sociedade, vez que todo e qualquer conceito que se der de Sociedade, traduzirá na essência as teorias e concepções de uma ou outra corrente. Antes de iniciarmos os estudos, se faz necessário o conceito das palavras "Sociedade" e da palavra...

    6502  Palavras | 27  Páginas

  • Estado, classe e movimento social

    “O Estado moderno e a sociedade civil nos clássicos da teoria política” “O Estado, e as análises sobre ele, não tem origem na era moderna. Efetivamente, desde a antiga Grécia existem preocupações e estudos sobre o Estado e o governo, e suas relações entre si e com o povo [...]”. (p.19) “A introdução no pensamento grego das questões “políticas” dá e refere basicamente à questão das “formas de governo” [...] a preocupação fundamental do pensamento político da Grécia Antiga remete a: quem governa...

    2926  Palavras | 12  Páginas

  • Estado

     Etimologia da palavra ESTADO Estado vem do latim STATUS e significa estar firme=> situação permanente de convivência e ligada à sociedade política. O termo ESTADO foi citado pela primeira vez em “O Príncipe” de Maquiavel.(Fundamentos da política e a arte de atingir, exercer e conservar o poder) Gregos => POLIS (estados não ultrapassavam os limites das cidades) deste termo é que originou-se o termo política que é a arte ou ciência de governar a cidade. Romanos=> CIVITAS E RESPUBLICA POVOS...

    2298  Palavras | 10  Páginas

  • Gramsci e sociedade civil

    A gênese do conceito de Sociedade civil e sua utilização por Antonio Gramsci* Nosso artigo tem como objeto um dos conceitos centrais da obra de Antonio Gramsci: sociedade civil. Durante grande parte do século XX, Gramsci foi um dos principais pensadores que não apenas reinterpretou o conceito de sociedade civil, mas utilizou-o como elemento primordial em sua teoria. Entretanto, sua interpretação é diferente da tradicional, reconstruindo seu conteúdo e significado no interior de uma...

    5529  Palavras | 23  Páginas

  • A SOCIEDADE CONTRA O ESTADO

    A SOCIEDADE CONTRA O ESTADO – PIERRE CLASTRES  1) O que é o poder político? Isto é: o que é a sociedade? 2) Como e por que se passa do poder político não-coercitivo ao poder político coercitivo? Isto é: o que é a história?   Os fundamentos filosóficos presentes na antropologia política de Pierre Clastres desvelam-se desde o título do primeiro artigo do livro A sociedade contra o estado: “Copérnico e os selvagens“. Clastres articula filosofia e antropologia políticas, calcado em pesquisas etnográficas...

    4337  Palavras | 18  Páginas

  • Resumo sobre Marx, Weber e Durkheim

    não entre eles, mas entre os produtos de seu trabalho (…). A existência das coisas enquanto mercadorias, e a relação de valor entre os produtos de trabalho que os marca como mercadorias, não têm absolutamente conexão alguma com suas propriedades físicas e com as relações materiais que daí se originam… É uma relação social definida entre os homens que assume, a seus olhos, a forma fantasmagórica de uma relação entre coisas. A fim de encontrar uma analogia, devemos recorrer às regiões enevoadas do...

    1827  Palavras | 8  Páginas

  • TEORIA GERAL DO ESTADO TRABALHO

    Direito e Estado 1. Forma do Direito e forma do Estado A teoria da construção escalonada da ordem jurídica apreende o Direito no seu movimento, no processo, constantemente a renovar-se, da sua autocriação. É uma teoria dinâmica do Direito, em contraposição a uma teoria estática do Direito que procura conceber este apenas como ordem já criada, a sua validade, o seu domínio de validade, etc., sem ter em conta a sua criação. No centro dos problemas de uma dinâmica jurídica situa-se a questão...

    8605  Palavras | 35  Páginas

  • Trabalho apresentado às disciplinas, MICROECONOMIA E MACROECONOMIA,MÉTODOS QUANTATIVOS , ÉTICA , POLÍTICA E SOCIEDADE

    INDIVIDUAL Teixeira de Freitas BA 2013 4 SILVANA CARVALHO GOMES DO CARMO PRODUÇÃO DE TEXTO INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL Trabalho apresentado às disciplinas, MICROECONOMIA E MACROECONOMIA,MÉTODOS QUANTATIVOS , ÉTICA , POLÍTICA E SOCIEDADE da Universidade Norte do Paraná – UNOPAR. Professores: REGINA MALASSISE , MARCELO VIEGAS ,WILSON SANCHES , MÁRCIA BASTOS , HENRY NONAKA 2ª Semestre Teixeira de Freitas BA 2013 5 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO .............................

    6163  Palavras | 25  Páginas

  • Estado

    O Conceito de Estado O que se entende por Estado e que século XIX um publicista do liberalismo — Bastiat — que se dispôs com a mais sutil ironia a pagar o prêmio de cinqüenta mil francos a quem lhe proporcionasse uma definição satisfatória de Estado. Continuava ele aquela atitude pessimista e amarga de Hegel, quando o filósofo máximo do idealismo alemão confessou que entre a natureza e seus mistérios e a sociedade humana e seus problemas, não havia que hesitar quanto ao conhecimento mais fácil...

    1530  Palavras | 7  Páginas

  • Capitalismo e o Estado de Bem Estar-Social

    Bibliografia 32 1 1. Introdução Faz mais ou menos cento e cinqüenta anos que se trava uma luta encarniçada entre capital e trabalho. Inúmeras foram as vicissitudes que essa luta sofreu. Muitas foram as vitórias que o trabalho alcançou sobre o capital. No entanto, sempre foram vitórias parciais. Nenhuma delas conseguiu por em xeque a lógica mais profunda do seu antagonista, de modo que cada uma dessas vitórias foi sempre assimilada pelo capital, para continuar a repor, sob novas formas...

    32759  Palavras | 132  Páginas

  • Sociedades indigenas

    recurso natural vinculado à vida social como um todo, a terra não é e não pode ser objeto de propriedade individual. De fato, a noção de propriedade privada da terra não existe nas sociedades indígenas. Nos povos indígenas o domínio é sancionado por tradições de origem que narram precisamente de onde vieram os primeiros ancestrais e suas viagens e aldeamentos subseqüentes. É com base nessas tradições que...

    1954  Palavras | 8  Páginas

  • Fichamento Sobre a Filosofia da Chefia Indigena.

    indigena (Pág. 45 a 63) CLASTRES, Pierre. 2003- A Sociedade contra o Estado - pesquisas de antropologia política. Titulo original: La Societé contre l´Etal – recherches d ´ anthropologie politique. Tradução: Theo Santiago. São Paulo: .Cosac & Naify p. 45 a 63. CAPITULO 02 O autor inicia esse capítulo, sobre a linha de exposição da teoria etnologia oscilante. Destarte, indaga que as duas idéias da teoria etnologia, reafirmando que as sociedades primitivas são por sua vez desprovidas de organização...

    3458  Palavras | 14  Páginas

  • Trabalho final destinado a matéria sociedade da informação

    A informação e a mídia ocupam um lugar privilegiado na sociedade contemporânea, incidindo significativamente nos processo sociais, culturais, políticos e econômicos. Com base nas obras discutidas em aula, bem como de outras perspectivas analíticas, aborde os principais aspectos que caracterizam a sociedade da informação. Uma das atividades de Adorno foi pensar filosoficamente a realidade em que vivia, que já vinha sofrendo várias transformações, principalmente, no setor econômico. A sistematização...

    1398  Palavras | 6  Páginas

  • Teoria geral do estado

    Teoria Geral do Estado Neste resumo abordaremos os principais fatos dessa matéria. Conta com o auxilio do livro de Teoria geral do Estado de Dalmo de Abreu Dallari e de explicações feitas em sala de aula pelo professor Manoel Rocha. Poder – é a possibilidade de mudança do comportamento humano. Poder social – é aquele formado a partir do homem com o homem. Os instrumentos do poder variam entre: instrumentos econômicos (aquele referente da produção, da riqueza); instrumento ideológicos ou culturais...

    7445  Palavras | 30  Páginas

  • REFLEXÕES SOBRE O ESTADO EM DURKHEIM E MARX

    REFLEXÕES SOBRE O ESTADO EM DURKHEIM E MARX Pedro Vitor Ramos Araújo1 RESUMO Este artigo se propõe a abordar as definições de Estado para o clássico positivista Émile Durkheim, demonstrando a insuficiência de suas concepções, tendo em vista as reflexões do pensamento de Karl Marx, também clássico das Ciências Sociais, sobre esta temática. Marx faz a crítica ao Estado atribuindo ao caráter de dominação o viés de classe social e econômica. O trabalho, portanto, pretende...

    2680  Palavras | 11  Páginas

  • Ciência política e teoria geral do estado - atps

    CIÊNCIA POLÍTICA E TEORIA GERAL DO ESTADO 1. Conceito de Estado, elementos constitutivos e características. Teoria sobre a soberania do Estado Antes de adentrar no conceito de Estado, necessário se faz estudar os conceitos de sociedade e nação, diferenciando cada um deles. 1.1. Conceito de Sociedade Ao buscar um conceito de sociedade, é possível intuitivamente imaginar seu significado. Quando se pensa em sócios, por exemplo, logo se pensa em duas ou mais pessoas que se unem por um determinado...

    4100  Palavras | 17  Páginas

  • Estado moderno e a sociedade civil nos clássicos da teoria política

    Fichamento Título: O Estado Moderno e a sociedade civil nos clássicos da teoria política Carlos Monataño, Maria Lúcia Duriguetto. Estado, classe e movimento social (Cap. 1). São Paulo:Cortez,2010. Desde a Grécia antiga já se tinha a preocupação de entender o que é Estado e os governos, como governa e quem governa. Platão (Atenas, 429-347 a.C.), distingue três categorias de homens segundo estado da alma: os filósofos (a razão), os guerreiros (a paixão) e os trabalhadores...

    1952  Palavras | 8  Páginas

  • Questionário sobre Estado, Governo e Mercado

    Estado, Governo e Mercado Questionário da unidade 1. 1. Conceitue Estado. Quando nos referimos ao Estado, grafado com inicial maiúscula, estamos tratando da organização que exerce o poder supremo sobre o conjunto de indivíduos que ocupam um determinado território. E quando falamos de exercício do poder, estamos nos referindo à capacidade de influenciar decisivamente a ação e o comportamento das pessoas. 2. Quais os elementos do Estado? População: entende-se pela reunião de indivíduos num...

    4714  Palavras | 19  Páginas

  • TEORIA GERAL DO ESTADO

    GERAL DO ESTADO CONCEITO DE ESTADO Na antiga Roma, a palavra Estado significava: situação ou condição de uma coisa ou pessoa. - status civitatis = posição na sociedade política; - status libertatis = indivíduo livre; -status familiae = (sui juris = capaz; alieni juris = incapaz) Na Idade Média = o Estado eram os estamentos = corpos sociais = o clero, nobreza e povo. Obs : Maquiavel foi quem empregou o termo Estado, como sentido de unidade política total (O Príncipe, 1513) “Todos os Estados, todos...

    1730  Palavras | 7  Páginas

  • Bobbio: estado, governo, sociedade

    BOBBIO, Norberto. Estado, governo, sociedade. São Paulo: Paz e Terra, 1999, p. 53-133.Estrutura: III. Estado, poder e governo. 1. Para o estudo do Estado. 2. O nome e a coisa. 3. O Estado e o poder. 4. O fundamento do poder. 5. Estado e direito. 6. As formas de governo. 7. As formas de Estado. 8. O fim do Estado. No capítulo III da obra Estado, governo e sociedade, intitulado Estado, poder e governo, Norberto Bobbio esmiuça as definições e classificações dos três conceitos, explorando-as e articulando-as...

    1514  Palavras | 7  Páginas

  • Resumo sobre a modenidade

    O presente estudo vai abordar uma dos períodos da história europeia: A modernidade, mas para adentrar nesse tema precisamos antes saber o que levou a esse novo período chamado de modernidade. Para se ter uma melhor compreensão sobre a modernidade é necessário fazer um retorno a idade medieval ou idade das trevas conforme alguns historiadores. A idade média é caracterizada por alguns historiadores como um período que corresponde a mil anos tendo iniciado no século v com as invasões germânicas e se...

    3128  Palavras | 13  Páginas

  • O ESTADO (Conceito e Organização)

    - DISCIPLINA: DIREITO PARA ADMINISTRADORES TRABALHO SOBRE O ESTADO (Conceito, Organização,Soberania, Evolução) ALUNO: ANTONIO QUEIROZ ANO 2013 Outubro de 2013 Cabrobó - PE ALUNO: ANTONIO QUEIROZ TRABALHO SOBRE O ESTADO (Conceito, Organização, Evolução e Soberania) PROFESSOR: MARIANO SÁ DISCIPLINA:...

    2258  Palavras | 10  Páginas

  • Informações sobre a Polis nas Cidades Estado

    O Estado grego: a gênese da política e da filosofía na polis 1. Origem do conceito democracia na Grécia 2. Uma democracia escravista 3. A filosofia é "filha" da pólis 4. Os pré-socráticos 5. A contribuição dos sofistas na construção da política grega A palavra política é grega: ta politika, vinda de pólis.[1] Segundo a descrição de Chauí, polis significa cidade, entendida como comunidade organizada, formada pelos cidadãos (politikos), isto é, pelos homens nascidos no solo da cidade...

    5340  Palavras | 22  Páginas

  • estado governo

    palavra Economia deriva do grego oikonomía (de oikós, casa; nómos, lei), que significa a administração de uma casa, ou do Estado, e pode ser assim definida: Economia é a ciência social que estuda como um indivíduo e a sociedade decidem (escolhem) empregar recursos produtivos, escassos na produção de bens e serviços, de modo a distribuí-los entre as várias pessoas e grupos da sociedade, afim de satisfazer as necessidades humanas". Este estudo traz diversos conceitos que buscam explicar e compreender...

    43404  Palavras | 174  Páginas

tracking img