Qual É A Função Da Emoção Na Teoria De Wallon artigos e trabalhos de pesquisa

  • Teoria Henri Wallon

     Henri Wallon “Jamais pude dissociar o biológico e o social, não porque o creiam redutíveis entre si, mas porque, eles me parecem tão estreitamente complementares, desde o nascimento, que a vida psíquica só pode ser encarada tendo em vista suas relações recíprocas.” (Wallon citado por WEREBE; NADEL-BRULFERT, 1986, p. 8). Bibliografia: Henri Wallon – Material disponibilizado por Rita Nani Desenvolvimento Segundo Henri Wallon - https://www.youtube.com/watch?v=O6vzWpQn2AU...

    979  Palavras | 4  Páginas

  • Wallon

    Do gesto ao símbolo: a teoria de Henri Wallon sobre a formação simbólica From gesture to symbol: the theory of Henri Wallon about symbolic formation Dener Luiz da Silva* RESUMO Henri Wallon, filósofo, médico e psicólogo francês, contribuiu para a psicologia não apenas com uma teoria da emoção ou ainda com suas discussões e divergências com Jean Piaget. Dentre suas contribuições pouco discutidas estão sua teoria sobre a inteligência, suas discussões sobre a origem e o desenvolvimento...

    8423  Palavras | 34  Páginas

  • Henri Wallon

    .................. 05 2 CONHECENDO HENRI WALLON.......................................................................... 06 3 ABORDAGENS DE HENRI WALLON.................................................................... 07 3.1 Psicogênese da Pessoa Completa............................................................................ 07 4 ESTÁGIOS DO DESENVOLVIMENTO HUMANO............................................... 09 5 AFETIVIDADE, EMOÇÃO E MOVIMENTO..................................

    3380  Palavras | 14  Páginas

  • Sobre Henri Wallon

    LIMA, FERNANDA FREIRE, GABRIELA NIMO, ISADORA ALVES, JAQUELINE AMADEU E NATÁLIA BEATRIZ TURMA: 1 PERÍODO: 6º HENRI WALLON Trabalho apresentando como um dos requisitos de conclusão da disciplina Currículo e Abordagens Pedagógicas da Educação Infantil. Rio de Janeiro Janeiro de 2014 INTRODUÇÃO 1. BREVE BIBLIOGRAFIA Henri Paul Hyacinthe Wallon nasceu em Paris, França, em 1879. Graduou-se em medicina e psicologia. Fez também filosofia. Atuou como médico na Primeira...

    4493  Palavras | 18  Páginas

  • wallon

    Dayene Severino Gouvêa Teoria Psicogenética de Wallon Trabalho apresentado na disciplina Psicologia do Desenvolvimento, da Pós-Graduação Lato-Sensu, especialização Psicooedagogia Clínica e Institucional, da Fundação Educacional de Divinópolis (FUNEDI/UEMG). Profª.: Cristina Silva Gontijo. Divinópolis 2013 Teoria Psicogenética de Wallon A gênese da inteligência para Wallon é biológica e social, ou seja, o ser humano é organicamente social e...

    1104  Palavras | 5  Páginas

  • O desenvolvimento humano segundo henri wallon

    Introdução Este texto tem como principal objetivo oferecer um panorama geral dos estudos psicogenéticos de Henri Wallon, enfatizando de modo especial elementos de sua teoria que nos permitem refletir sobre alguns aspectos do desenvolvimento da comunicação humana nos primeiros anos de vida. Em coerência com a teoria de Henri Wallon, inicio situando o leitor a respeito de elementos de sua trajetória – incluindo aí contexto histórico e social, sua formação e experiências profissionais - que permitem...

    1705  Palavras | 7  Páginas

  • A emoção na sala de aula

    A EMOÇÃO NA SALA DE AULA (Ana Rita Silva Almeida) INTRODUÇÃO A falta de preocupação com a área da afetividade revela-se como uma cortina no estudo da criança. A escola desconhece as relações entre os aspectos afetivos, motor, pessoal e cognitivo, limitando-se a prover o cognitivo. A emoção não pode ser regada a segundo plano e nem o cognitivo como fator decisivo na conquista do saber pelo homem. A ação da escola não se limita ao cumprimento da instrução, mas principalmente à função de desenvolver...

    1677  Palavras | 7  Páginas

  • HENRI WALLON Uma concepção dialética do desenvolvimento infantil

    O estudo das emoções é exemplar para demonstrar a utilidade da dialética como método de análise para a psicologia. Neste capítulo ressalta-se a questão das emoções, que para Wallon nos primeiros meses de vida são essenciais para a sobrevivência humana, mas com o passar do tempo às emoções vão se tornando exteriorizadas. Wallon liga também as emoções com algumas mudanças neurológicas como, por exemplo, a cólera (sentimento violento demonstrado por alguém diante de uma situação revoltante; ira) tais...

    1616  Palavras | 7  Páginas

  • A Afetividade E A Constru O Do Sujeito Na Psicogen Tica De Wallon

    Construção do Sujeito na Psicogenética de Wallon Heloysa Dantas A TEORIA DA EMOÇÃO Na psicogenética de Henry Wallon, a dimensão afetiva ocupa lugar central, tanto do ponto de vista da construção da pessoa quanto do conhecimento. Ambos se iniciam num período que ele denomina impulsivo-emocional e se estende ao longo do primeiro ano da vida. Neste momento a afetividade reduz-se praticamente às manifestações fisiológicas da emoção, que constitui, portanto, o ponto de...

    2683  Palavras | 11  Páginas

  • AFETIVIDADE E EMOÇÃO SEGUNDO WALLON

     AFETIVIDADE E EMOÇÃO NA SALA DE AULA: um diálogo com Henri Wallon Ronize Peixoto Silva Rocha Resumo: Este artigo discute o afeto e emoção como elementos-chaves do desenvolvimento humano, bem como para fornecer conceitos importantes para a compreensão da pessoa como um todo e da relação entre professor-aluno. Portanto o texto prevê um estudo bibliográfico com base em Henri Wallon e seus seguidores: Almeida (1999), Galvão (2000)...

    5945  Palavras | 24  Páginas

  • Wallon

     Wallon Henri Paul Hyacinthe Wallon nasceu em Paris, França, em 1879. Graduou-se em medicina e psicologia. Fez também filosofia. Atuou como médico na Primeira Guerra Mundial (1914-1918), ajudando a cuidar de pessoas com distúrbios psiquiátricos. Em 1925, criou um laboratório de psicologia biológica da criança. Quatro anos mais tarde, tornou-se professor da Universidade Sorbonne e vice-presidente do Grupo Francês de Educação Nova, instituição que ajudou...

    1638  Palavras | 7  Páginas

  • Henri Wallon

     Henri Wallon nasceu em Paris, França, em 15 de junho de 1879. Viveu em Paris até a sua morte, em 1962. Foi muito influenciado pelas ideias liberais, republicanas e humanistas de seu avô e seu pai. Interessou-se pela ciência, especialmente pela psicologia. Aos 23 anos formou em filosofia, iniciando sua vida profissional, lecionando Filosofia no Liceu Bar-le-Duc. Desde sua juventude, pleiteava a igualdade e a solidariedade entre os homens. Formou- se em medicina aos 29 anos. De 1914 até 1918,...

    2551  Palavras | 11  Páginas

  • Trabalho escrito Henri Wallon

    PARINTINS- CESP CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO HENRI WALLON: UMA CONCEPÇÃO DIALÉTICA DO DESENVOLVIMENTO INFANTIL Parintins 2013 ADRESON TAVARES DOS SANTOS ALEXANDRE MAGNO DA SILVA EDNEIA RODRIGUES PEREIRA IVAILSON ALMEIDA MARQUES JACIARA RIBEIRO DE CASTRO JOSÉ LUIZ LAGOS DOS SANTOS MARIA GABRIELA REIS DOS SANTOS RAINER SARMENTO RIBEIRO HENRI WALLON: UMA CONCEPÇÃO DIALÉTICA DO DESENVOLVIMENTO INFANTIL Trabalho apresentado a Universidade do...

    4059  Palavras | 17  Páginas

  • wallon

    Heloysa. Do ato motor ao ato mental: a gênese da inteligência segundo Wallon. In: LA TAILLE, Yves; OLIVEIRA, Marta Kohl; DANTAS, Heloysa. Piaget, Vigotsky, Wallon: teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus, 1992 (p. 35-44) Aborda que a psicogênese da motricidade se confunde com a psicogênese da pessoa, e a patologia do movimento com a patologia do funcionamento da personalidade. Fiel à sua disposição infra-estrutural, Wallon busca os órgãos do movimento: a musculatura e as estruturas cerebrais...

    1185  Palavras | 5  Páginas

  • Wallon

    SUMÁRIO 1 Cronologia de wallon 1 2 O DESENVOLVIMENTO DE UMA CRIANÇA 3 3 WALLON E A PSICOLOGIA GENÉTICA 4 4 INTERAÇÃO ORGANISMO-MEIO 5 4.1 ESTUDO DA AFETIVIDADE,EMOÇÃO,SENTIMENTO E PAIXÃO 5 5 COGNIÇÃO 7 5.1 COGNIÇÃO E AFETIVIDADE:DUAS FACES DE UMA MESMA PESSOA 8 6 TRIPÉ TEÓRICO DA EDUCAÇÃO 9 6.1 QUADRO COMPARATIVO 9 7 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS: 10 1 CRONOLOGIA DE WALLON 1879: 13 de junho: nasce em Paris, numa família republicana, de tradição democrática. 1899-1902 : cursa...

    2800  Palavras | 12  Páginas

  • Piaget, Vygotsky e Wallon - Teorias Psicogenéticas em Discussão

    Vygotsky e Wallon: Teorias Psicogenéticas em Discussão Yves De La Taille     PARTE I - FATORES BIOLÓGICOS E SOCIAIS  O lugar da interação na concepção de Jean Piaget Yves de La Taille La Taille considera que nada há de mais injusto que a crítica feita a Piaget de desprezar o papel dos fatores sociais no desenvolvimento humano. O máximo que se pode dizer é que Piaget não se deteve sobre a questão, mas, o pouco que levantou é de suma importância. Para o autor, o postulado de Wallon de que o...

    4514  Palavras | 19  Páginas

  • O conhecimento de Vygotsky e Wallon no estudo do desenvolvimento do ser humano

    O conhecimento de Vygotsky e Wallon no estudo do desenvolvimento do ser humano. O artigo A Contribuição de Vygotsky e Wallon na compreensão do desenvolvimento infantil, de Ivanilda Maria e Silva Bastos e Sonia Regina Pereira, editado pelo Programa de Educação e Cultura da UDESC, Joinville, (S.d); (S.p.). Na perspectiva de buscar subsídios para a compreensão da educação como um trabalho educacional-pedagogico e entendê-la como uma pratica social que precisa de uma grande parcela de contribuição...

    2807  Palavras | 12  Páginas

  • Teoria Psicogeneticas em Discusão

    Resumo do livro: Teorias psicogenéticas em discussão - parte geral do concurso Resumo do livro da parte geral do concurso para docentes da rede estadual de São Paulo (2013): LA TAILLE, Yves de, OLIVEIRA, Marta Kohl de, DANTAS, Heloysa. 1992. Piaget, Vygotsky, Wallonteorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus. PARTE I – FATORES BIOLÓGICOS E SOCIAIS O lugar da interação na concepção de Jean Piaget Yves de La Taille La Taille considera que nada há de mais injusto que a crítica...

    4364  Palavras | 18  Páginas

  • A aprendizagem segundo wallon

    III-Introduçao O objetivo primeiro deste texto é expor conceitos fundamentais da teoria walloniana para a compreensão da dimensão afetiva e de sua relevância no desenvolvimento do processo ensino-aprendizagem. Outro objetivo é suscitar reflexões sobre a prática daqueles que forem afetados pelo texto. Os conceitos priorizados, decorrentes da teoria de desenvolvimento de Henri Wallon, serão: • processo de integração em dois sentidos: — integração organismo-meio — integração dos...

    5257  Palavras | 22  Páginas

  • Henri Wallon

    principal destacar as ideias fundamentais da teoria walloniana, que consiste em compreender a dimensão afetiva e sua relevância no desenvolvimento do ensino-aprendizagem, sendo diretamente influenciada pela psicogenética e a concepção interacionista. Decidiu-se então dividir os princípios da teoria de Wallon em três grandes dimensões: processo de integração em dois sentidos, concepção de afetividade e a evolução da afetividade. A teoria de Wallon considera o desenvolvimento da pessoa completa...

    3207  Palavras | 13  Páginas

  • Resumo sobre a Teoria de Henrique Wallon

    Henrique Wallon Desenvolvimento Humano: Para Wallon existem dois fatores para o desenvolvimento: o orgânico e o social. Tudo está em desenvolvimento (o meio e a criança). O ritmo desse desenvolvimento não é linear, tem retrocessos, reviravoltas, rupturas e reorganização, é todos esses aspectos são importantes para o desenvolvimento. O desenvolvimento da pessoa é construído em fases, uma hora com predominância afetiva, hora cognitiva e sempre há alternância nessas fases, com mostra Heloysa Dantas...

    1090  Palavras | 5  Páginas

  • Afetividade Henry Wallon

    Afetividade na Educação Teoria de Henry Wallon 1. Pressupostos da teoria walloniana  Pessoa contextualizada, completa e complexa;  Estudo integrado do desenvolvimento humano (afetividade-motricidade-inteligência);  Direção do desenvolvimento: indiferenciação diferenciação/individuação 2. Leis que regem o desenvolvimento da pessoa  Predominânica Funcional: predominância de um determinado tipo de funcionamento mental (afetivo e cognitivo) que interfere na forma como o sujeito se relaciona...

    1038  Palavras | 5  Páginas

  • Wallon

    Henri Paul Hyacinthe Wallon Henri Paul Hyacinthe Wallon (França, 15 de junho de 1879 - 1 de dezembro de 1962) foi filósofo, médico, psicólogo e político francês, e marxista convicto. Foi neto do político francês Henri-Alexandre Wallon. Biografia Henri Wallon nasceu em 15 de junho de 1879, em Paris, filho...

    1689  Palavras | 7  Páginas

  • henry wallon

    A psicogênese da pessoa completa de Henri Wallon: Desenvolvimento da comunicação humana nos seus primórdios. Adrianne Ogêda Guedes1 Resumo: Este artigo apresenta um panorama geral dos estudos do psicólogo Henri Wallon, focalizando em especial o desenvolvimento humano nos primeiros anos de vida. Considerando as perspectivas práticas para os que trabalham com a criança de 0 a 6 anos, a teoria walloniana fornece um significativo suporte teórico, compreendendo a dimensão social e afetiva...

    4450  Palavras | 18  Páginas

  • Resumo do livro: piaget, vygotsky, wallon:

    LIVRO: Piaget, Vygotsky, Wallon: Teorias psicogenéticas em discussão. LA TAILLE, Yves. PARTE I - FATORES BIOLÓGICOS E SOCIAIS O lugar da interação na concepção de Jean Piaget: Yves considera que nada há de mais injusto que a crítica feita a Piaget de desprezar o papel dos fatores sociais no desenvolvimento humano. O máximo que se pode dizer é que Piaget não se deteve sobre a questão, mas, o pouco que levantou é de suma importância. Para o autor, o postulado de Wallon de que o homem é "geneticamente...

    3776  Palavras | 16  Páginas

  • henri wallon

    HENRY WALLON "O problema é da criança. São as suas capacidades que tem de ser desenvolvidas, exercitadas e realizadas. Mas, a não ser que o mestre conheça, e conheça perfeita e acabadamente as experiências da humanidade que estão consubstanciadas naquilo a que chamamos programa, ele não saberá nem quais são as capacidades, habilidades e atitudes da criança, nem como pô-las em função e atividade para sua realização." (Dewey, 1980, pg.152).  Henri Wallon é considerado o “psicólogo da emoção”...

    2464  Palavras | 10  Páginas

  • Wallon

    de Especialização em Psicologia das Relações Humanas Disciplina- A Psicologia Escolar e as Relações Humanas no Contexto Escolar Henri Wallon Henri Paul Hyacinthe Wallon nasceu em Paris, França, em 1879. Graduou-se em medicina, psicologia e filosofia. Ao longo de toda a vida, dedicou-se a conhecer os caminhos da inteligência nas crianças. Sua Teoria Psicogenética está fundamentada em quatro elementos básicos que se relacionam todo tempo: A afetividade, O movimento, A inteligência e a Pessoas...

    1107  Palavras | 5  Páginas

  • Wallon: uma concepção dialética do desenvolvimento infantil

    Campos juazeiro do norte Licenciatura em Educação Física Rodolfo Higor Tavares Wallon: Uma concepção dialética do desenvolvimento infantil Juazeiro do norte, CE 2013 Capítulo 1: Perfil de um humanista | “Antes de chegar a psicologia passou pela filosofia e medicina, numa trajetória que trouxe marcas para a formulação de sua teoria.” | Pagina.15 | “Numa entrevista concedida já no fim da vida. Wallon contou que seu interesse pela a psicologia manifestou- se, já na época em que terminava...

    6112  Palavras | 25  Páginas

  • Wallon

    HENRI WALLON - Apresentado por Isabel Galvão Vale ler dados biográficos sobre ele pois sua vida foi muito interessante e ajuda a compreendermos o contexto que o motivou a construir sua teoria. Sua teoria é a PSICOGENESE DA PESSOA, isto é, estudar a gênese dos processos que constituem o psiquismo humano. gênese
gê.ne.se2
sf (lat genese, gr génesis) 1 Geração. 2 Origem e formação dos seres organizados. 3 Desenvolvimento gradual de um ser, de uma idéia, de uma instituição, de um tipo...

    1599  Palavras | 7  Páginas

  • Henri wallon

    Henri Wallon Henri Paul Hyancinthe Wallon, nasceu em 1879 na França e viveu até 1962. Foi filosófo, médico, psicólogo e político francês. Dedicou-se a compreender o psiquismo humano, voltando sua atenção a crianças de 0 a 6 anos. Aos 23 anos, em 1902 formou-se em Filosofia pela Escola Normal Superior, e em 1908 formou-se em Medicina, sendo que de 1908 a 1931 trabalhou com crianças portadoras de deficiência mental. Seu primeiro trabalho, Délire de persécution. Le délire chronique à...

    1037  Palavras | 5  Páginas

  • Wallon

    a afEtividadE no dEsEnvolvimEnto da criança. contribuiçõEs dE hEnri Wallon* Ana Rita Silva Almeida** RESUMO O presente trabalho é um estudo teórico com o objetivo de analisar o conceito de afetividade tal como proposto por Henri Wallon. No processo de análise, partiu-se primeiramente da concepção de afetividade, difundida numa perspectiva psicogenética e diferenciada das manifestações de emoção, sentimento e paixão. Retoma-se as questões levantadas durante a análise e sistematiza-se a proposta...

    5415  Palavras | 22  Páginas

  • Wallon

    COLEÇÃO: EDUCAÇÃO E CONHECIMENTO Coordenador: Antônio Joaquim Severino John Dewey: Uma filosofia para educadores em sala de aula Marcus Vinícius da Cunha Vygotsky: Uma perspectiva histórico-cultural da educação Teresa Cristina Rego Henri Wallon: Uma concepção dialética do desenvolvimento infantil Izabel Galvão Edgar Morin: A educação e a complexidade do ser e do saber Izabel Cristina Petraglia Agnes Heller: Filosofia, moral e educação Maria Helena Bittencourt Granjo Célestin Freinet:...

    30621  Palavras | 123  Páginas

  • Henri wallon

    política TEORIA * CONTRIBUIÇÃO PARA TEORIA DA EDUCAÇÃO * Um mundo em crise * A Influência do Fator Orgânico e a Ênfase no Fator Social * Desenvolvimento do Pensamento * Campos Funcionais * Movimento * Afetividade * Inteligência * Pessoa * Estágios de Desenvolvimento * Estágio impulsivo-emocional * Estágio sensório-motor e projetivo * Estágio do personalismo * Estágio categorial * Estágio da adolescência * Wallon e a Psicologia...

    4393  Palavras | 18  Páginas

  • Henri Wallon

    A teoria psicogenética de Henri Wallon Possibilitar, por meio das contribuições de Henri Wallon, “outro olhar” sobre a constituição humana, associando afetividade, inteligência e movimento. Falar que a escola deve proporcionar formação integral (intelectual, afetiva e social) às crianças é comum hoje em dia. No início do século passado, porém, essa ideia foi uma verdadeira revolução no ensino. Uma revolução comandada por um médico, psicólogo e filósofo francês chamado Henri Wallon. Sua teoria pedagógica...

    3422  Palavras | 14  Páginas

  • Diferenças e semelhanças de piaget, vygotsky e wallon

    PIAGET VYGOTSKY E WALLON - Diferenças e Semelhanças Falar de Piaget, Vygotsky e Wallon é nos remeter a teorias que até hoje ajudam a professores e pesquisadores sobre o processamento da inteligência, do aprendizado e de desenvolvimento. Em relação a construção do conhecimento Jean Piaget em sua Teoria discorre que o conhecimento se dá a partir da relação do sujeito com o objeto dependendo do grau de desenvolvimento das suas estruturas cognitivas. Para Vygotsky que focou sua teoria na escola deixando...

    1336  Palavras | 6  Páginas

  • Relatoria Teorias de Skinner e Wallon

    Relatório das Teorias de Skinner Burrhus Frederic Skinner (Nasceu em Susquehanna, Pensilvânia, 20 de Março de 1904 — Faleceu em Cambridge, 18 de Agosto de 1990) foi um autor e psicólogo americano. A palavra chave da teoria de Skinner é comportamento. Para ele, a aprendizagem concentra-se na capacidade de estimular ou reprimir comportamentos, desejáveis ou indesejáveis. Para cada espécie de comportamento, Skinner identifica um tipo de aprendizagem ou condicionamento. Associado ao Comportamento...

    1679  Palavras | 7  Páginas

  • contribuições de wallon para a aprendizagem

    contribuições de Henri Paul Hyacinthe Wallon, estudioso francês do século XIII, para Aprendizagem, onde suas ideias são constituídas a fim de compreender e contribuir para uma educação muito mais produtiva, focando na psicogênese da pessoa completa. Segundo Wallon (2012), o processo de aprendizagem é dialético, ou seja, não é adequado usar verdades absolutas e sim melhorar as direções e possibilidades. Criador da teoria sobre o desenvolvimento humano, Wallon também elaborou ideias pedagógicas com...

    1251  Palavras | 6  Páginas

  • teoria da emoção

    INDICE INTRODUÇÃO HENRY WALLON E AS EMOÇÕES A ORIGEM DAS EMOÇÕES MECANISMOS DE AÇÃO DA EMOÇÃO EM RELAÇÃO AO MUNDO O PROBLEMA DA AFETIVIDADE EM VYGOTSKY CONCLUSÃO REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS INTRODUÇÃO Ultimamente, nota-se um crescente interesse pelo tema da afetividade devido à sua considerável relevância enquanto fator fundamental no processo de desenvolvimento humano. Entretanto, até o momento atual, poucos teóricos em psicologia e pedagogia abordaram tal tema. Dentro da abordagem histórico-cultural...

    3934  Palavras | 16  Páginas

  • Afetividade wallon

    ensino-aprendizagem: contribuições de Henri Wallon* Abigail Alvarenga Mahoney Laurinda Ramalho de Almeida Introdução O objetivo primeiro deste texto é expor conceitos fundamentais da teoria walloniana para a compreensão da dimensão afetiva e de sua relevância no desenvolvimento do processo ensino-aprendizagem. Outro objetivo é suscitar reflexões sobre a prática daqueles que forem afetados pelo texto. Os conceitos priorizados, decorrentes da teoria de desenvolvimento de Henri Wallon, serão: • processo de integração...

    6710  Palavras | 27  Páginas

  • Biografia de Wallon

    BIOGRAFIA DE HENRI WALLON Henri Wallon nasceu em Paris na França em 1879. Aos 23 anos, formou-se em Filosofia e, aos 29 anos, em Medicina. Na primeira Guerra Mundial, atuou como médico do exército francês. Em 1925, fundou um laboratório para pesquisa e atendimento às crianças deficientes. Viveu em Paris até sua morte, em 1962. A principal motivação de sua vida foi estudar as crianças e os caminhos de sua inteligência...

    1231  Palavras | 5  Páginas

  • wallon

    Principais Conceitos de Wallon Henri Paul Hyacinthe Wallon (1879-1962), nascido na França graduou-se em Medicina, Filosofia e Psicologia. WALLON fundamentou suas idéias em quatro elementos básicos que se comunicam o tempo todo: a afetividade, o movimento (dimensão motora), a inteligência (dimensão cognitiva), e a formação do eu como pessoa. Podemos identificar quatro temas em sua teoria: 1. A questão da motricidade: Entende que a motricidade é a primeira forma de manifestação do ser humano...

    996  Palavras | 4  Páginas

  • Resenha do livro de henri wallon

    LIVRO DE HENRI WALLON. No primeiro capítulo a autora falou um pouco sobre a intensa vida de Wallon, sendo ele médico filósofo se interessando pela psicologia quando estava finalizando seus estudos secundários. Wallon ressaltava que a pedagogia e a psicologia deveriam sempre andar juntas, pois uma oferecia o campo de estudo para a outra. Segundo a autora Wallon viveu em um período muito turbulento da história, entre as duas guerras mundiais, o que incentivou a clareza de sua teoria. Interessou-se...

    1670  Palavras | 7  Páginas

  • A Teoria De Henri Wallon Enviar P Alunos

    Psicologia A teoria de Henri Wallon Autora Valéria da Hora Bessa O caráter altamente contagioso da emoção vem do fato de que ela é visível, abre-se para o exterior através de modificações na mímica e na expressão facial. [...] A emoção esculpe o corpo, imprime-lhe forma e consistência. Dantas Histórico de Wallon Henri Wallon nasceu em Paris, França, em 1879. Graduou-se em Medicina e Psicologia e também em Filosofia. Atuou como médico na Primeira Guerra Mundial (1914-1918), ajudando a cuidar...

    6553  Palavras | 27  Páginas

  • A criança concreta, completa e contextualizada: a psicologia de henri wallon.

    Concreta, Completa e contextualizada: a Psicologia de Henri Wallon. A psicologia de Henri Wallon é considerada complexa, seu estudo sobre o desenvolvimento cognitivo foi centrado na psicogênese da pessoa completa, mas seu estudo se deu a partir do desenvolvimento psíquico da criança. Entendia que a pessoa tem de ser vista na sua totalidade, por todos os seus aspectos: o cognitivo, o afetivo e o motor, um não seria mais importante que o outro. Wallon acreditava que a cognição está alicerçada ao que ele...

    911  Palavras | 4  Páginas

  • Henry wallon

    HENRY WALLON Wallon procura explicar os fundamentos da Psicologia como ciência, seus aspectos epistemológicos, objetivos e metodológicos. Considera que o homem é determinado fisiológica e socialmente, sujeito às disposições internas e às situações exteriores.Admite o organismo como condição primeira do pensamento, pois toda função psíquica supõe um componente orgânico. No entanto, considera que não é condição suficiente, pois o objeto de ação mental vem do ambiente no qual o sujeito está inserido...

    1312  Palavras | 6  Páginas

  • Wallon e a Educação- Resumo

    Resumo: Wallon e a educação Em sua teoria, Wallon estuda a pessoa completa, analisando seus domínios afetivo, cognitivo e motor juntos, mostrando como se dá no decorrer do desenvolvimento, a interdependência e a predominância desses diferentes conjuntos. Wallon não se submete a uma teoria pedagógica, porém seu interesse pela educação levou- o a criar textos específicos sobre educação. Esses textos estão divididos em dois tipos: pedagogia explícita e pedagogia implícita. Na pedagogia explícita...

    1100  Palavras | 5  Páginas

  • Piaget, Vygotsky e Wallon

    PIAGET, VIGOTSKY E WALLON Os estudos de Piaget, Vygotsky e Wallon remetem a uma perspectiva inovadora de compreensão do processo de desenvolvimento e aprendizagem, situando o sujeito na esfera social e cultural e valorizando o processo de interação e trocas entre esse indivíduo e o meio. Os estudos sociointeracionistas, desenvolvidos pelos autores citados acima, situam o desenvolvimento e a infância como um processo dinâmico e em construção em que a criança deve ser compreendida como sujeito ativo...

    1557  Palavras | 7  Páginas

  • Henry Wallon

    UDESC – CEFID – CENTRO DE CIÊNCIAS DAS SAÚDE E DO ESPORTE Estudo sobre a Vida e Teorias de Henry Wallon Acadêmicos: Ariana Marjory Mendes, Julianne Fic Alves, Maria Eduarda, Pedro Victor da Silva, Victor Rodrigues Goulart e Vitor Pacheco Miguel Professora: Ana Claudia Kraeski Matéria: Fundamentos da Educação Florianópolis, 11 de Junho de 2014. Sumário Introdução........................................................................................

    2235  Palavras | 9  Páginas

  • PSICOMOTRICIDADE RELACIONAL NA TEORIA DE

     PSICOMOTRICIDADE RELACIONAL NA TEORIA D HENRI WALLON E ANDRÉ LAPIERRE. Salvador/Ba Setembro de 2007. Autora: Francisca Marlete da Silva Santos Curso: Psicopedagogia Clínica e Institucional Pedagoga. Co-Autora do Livro: Infância e Adolescência Missionária – Roteiros para os assessores e coordenadores de grupos de crianças. E colaboradora do livro: Um passo adiante – Roteiros para encontros de jovens. POM/Agosto 2006. Professora do Instituto de Formação Teológica – IFETE e Faculdade de Tecnologia...

    6604  Palavras | 27  Páginas

  • Henri Wallon

    Nascido na França em 1879, Henri Wallon dedicou sua vida ao ser humano. Atuando como médico, professor e psicólogo, Wallon desenvolveu estudos e teorias que beneficiaram tanto a Psicologia, quanto a Pedagogia. Criado em um ambiente humanista, Wallon desde cedo teve seu interesse pelo social, pelo humano, despertado. Iniciou seus estudos com a Filosofia, em seguida partiu para a Medicina e posteriormente para a Psicologia. A biografia de Wallon nos mostra que o mesmo era um homem...

    4736  Palavras | 19  Páginas

  • Vygotsky e Wallon na Educação

    Vygotsky e Wallon na Educação Vygotsky na Educação Lev Semenovich Vygotsky nasceu na Rússia (1896-1934), sua teoria foi construída com base no desenvolvimento do indivíduo, resultado de um processo sócio-histórico, destacando a importância da linguagem e da aprendizagem de forma crescente e levando essa teoria a ser considerada histórico-social. Sua temática central gira em torno da aquisição de conhecimentos pela interação do sujeito com o meio. Sua obra Pensamento e linguagem, elabora...

    1642  Palavras | 7  Páginas

  • vygotsky, wallon e piaget

    Comparação entre Piaget, Vygotsky e Wallon. Jean Piaget, tem a princípio formação em biologia e por isso ssuas teorias estavam mais voltadas ao desenvovimento humano do ponto de vista da biológico, voltado a entender o desenvolvimento do ponto de vista da maturação, tinha o foco direcionado a relação cotidiana entre as crianças , os objetos e demais individuos; ele refere-se ao meio como condição para o desenvolvimento cognitivo, mas centraliza sua explicação nos mecanismos de coordenação entre...

    818  Palavras | 4  Páginas

  • Resenha livro Piaget Vygotsky Wallon

    Vygotsky WallonTeorias Psicogenéticas em Discussão. São Paulo. Summus Editorial, 1992. O livro Piaget Vygotsky WallonTeorias Psicogenéticas em Discussão traz argumentações interessantes sobre esses estudiosos, põem em confronto os três pontos de vista em relação à psicogenética. O livro é dividido em tópicos e cada autor é responsável por escrever sobre determinado pensador. Como La Taille escreve sobre Piaget, Marta Kohl sobre Vygotsky e Dantas reflete sobre Wallon. Cada tópico...

    2222  Palavras | 9  Páginas

  • Piaget, Vygotsky, Wallon: teorias psicogenéticas em discussão.

    LA TAILLE, Yves de; OLIVEIRA, Marta Kohl de; DANTAS, Heloysa. Piaget, Vygotsky, Wallon: teorias psicogenéticas em discussão. 22. ed. São Paulo: Summus, 1992. 117 p. A presente resenha tem por escopo apresentar e descrever o livro intitulado “Piaget, Vygotsky, Wallon: teorias psicogenéticas em discussão”, escrito e organizado por Yves de La Taille, Marta Kohl de Oliveira e Heloysa Dantas, professores da Universidade de São Paulo – USP. Yves de La Taille é professor-doutor...

    1566  Palavras | 7  Páginas

  • A PERSPECTIVA DE HENRI WALLON NA EDUCAÇÃO E APRENDIZAGEM

     Pedagogia/(PED 0679) – Psicologia da Educação e Aprendizagem 14/06/2013 RESUMO Este trabalho fala sobre a trajetória de Henri Wallon, um militante apaixonado, médico, psicólogo e filósofo francês, que acreditava que as crianças têm também corpo e emoções e não apenas cabeça na sala de aula. Sua teoria considera a pessoa como um todo. Afetividade, emoções, movimento e espaço físico se encontram num mesmo. Estudioso que se dedicou ao entendimento do psiquismo humano,...

    1503  Palavras | 7  Páginas

  • Resenha Critica Livro De Wallon Entregar Dia 30 De Setembro

    – LIVRO: HENRI WALLON, UMA CONCEPÇÃO DIALÉTICA DE DESENVOLVIMENTO INFANTIL Robson Correia Teixeira da Silva Professora e Orientadora: Irmgard Margarida Theobald Ji-Paraná/RO, Setembro de 2014 No livro, é exposto uma investigação do dia-a-dia da pré escola sob as denominações teóricas de Henri Wallon. Inicialmente, a autora Izabel Galvão, fala sobre a corriqueira vida de Wallon, que era um médico filósofo que passou a ter um grande interesse pela psicologia. Wallon expunha que tanto...

    1791  Palavras | 8  Páginas

  • Teorias interacionistas

    Teorias Psicológicas Interacionistas As teorias psicológicas interacionistas que mais repercussão tiveram no estudo do desenvolvimento infantil e, por consequência, na elaboração de teorias sobre aquisição da linguagem. São elas as teorias de Piaget, Wallon e Vygotsky. Num segundo momento, serão historiadas criticamente as principais teorias de aquisição da linguagem, a fim de verificar como as ideias sobre desenvolvimento infantil, trabalhadas pelos três psicólogos, foram (ou não) a elas incorporadas...

    653  Palavras | 3  Páginas

  • Wallon e a de Erik Erikson

    Desenvolvimento e da Aprendizagem 1-Erickson,como vimos em sala de aula, em sua teoria do desenvolvimento, adota o princípio Epigenético. Explique a base desse principio. A formação de Erikson fundamenta-se no conceito de epigênese, esse termo é da embriologia. O principio epigenético sustenta que a fase sequencial é claramente definida. Cada um dessas fases deve ser satisfatoriamente resolvido. 2- Erik Erickon, em sua teoria, estabelece pressupostos básicos. Cite-os: A formação de Erik Erikson fundamenta-se...

    1143  Palavras | 5  Páginas

  • Henri Wallon

    Henri Wallon, o educador integral Militante apaixonado, o médico, psicólogo e filósofo francês mostrou que as crianças têm também corpo e emoções (e não apenas cabeça) na sala de aula === PARTE 1 ==== Henri Wallon Falar que a escola deve proporcionar formação integral (intelectual, afetiva e social) às crianças é comum hoje em dia. No início do século passado, porém, essa idéia foi uma verdadeira revolução no ensino. Uma revolução comandada por um médico, psicólogo e filósofo francês chamado...

    1428  Palavras | 6  Páginas

  • Teoria de Wallon

    TEORIA PSICOGÉTICA INTERACIONISTA – HENRI WALLON Henri Wallon nasceu na França em 1879 tendo falecido em 1962, membro de uma família de tradição universitária e engajada na política francesa, foi educado sob atmosfera humanista. Durante sua existência o mundo foi marcado por instabilidades sociais, turbulência políticas e graves conflitos mundiais. Sob este clima Wallon se inclina para as causas sociais numa trajetória de compromisso ético e engajamento político que perdurou durante toda sua...

    2841  Palavras | 12  Páginas

tracking img