Quais Tres Conjuntos De Questão Que Organizam A Reflexão Filosofica artigos e trabalhos de pesquisa

  • Bases filosóficas da psicologia

     Aluno: Bases filosóficas da psicologia Prof. Introdução : Para que Filosofia? Perguntas e respostas. 01 Que quer dizer a palavra Critica? Questionamento com capacidade para julgar, discernir e decidir corretamente.Exame racional de todas as coisas sem preconceito e sem pré-julgamento. Atividade de examinar e avaliar detalhadamente uma ideia, um valor, um costume, um comportamento, uma obra artística ou científica. A aplicação de seus conhecimentos com fins...

    909  Palavras | 4  Páginas

  • Reflexão escrita sobre o livro de Rubem Alves, A escola com que sempre sonhei sem imaginar que pudesse existir, articulando com as abordagens pedagógicas

    inteligências múltiplas são relacionadas a capacidades de resolver problemas ou elaborar projetos que sejam valorizados em um ou mais ambientes culturais ou comunitários. A teoria IM representa uma tentativa de fundamentar o conjunto de inteligências em uma base cientifica que oferece um conjunto de recursos aos educadores, permitindo que mais pessoas dominem suas habilidades de modo eficaz e aplicada de forma apropriada pode ajudar a todos alcançar seu potencial humano em qualquer ambiente. Estes potenciais...

    1703  Palavras | 7  Páginas

  • Reflex O Filos Fica DO SENSO COMUM CONS FILOSOFICA 2

    - Do senso comum consciência filosófica 11ª Edição . - 1996 - EDITORA AUTORES ASSOCIADOS. Disponível: http://www.ebah.com.br/content/ABAAABG44AC/demerval-saviani-senso-comum-consciencia-filosofica 2. NOÇÃO DE REFLEXÃO E que significa reflexão? A palavra nos vem do verbo latino Yeflectere" que significa "voltar atrás". É, pois, um re-pensar, ou seja, um pensamento em segundo grau. Poderíamos, pois, dizer: se toda reflexão é pensamento, nem todo pensamento é reflexão. Esta é um pensamento consciente...

    917  Palavras | 4  Páginas

  • Análise Ética e Filosófica da Influência Religiosa na Pós-modernidade Globalizada!

     PROJETO ACADÊMICO Objeto da Pesquisa: Análise Ética e Filosófica da Influência Religiosa na Pós-Modernidade Globalizada! Mestrando – Geovane Rodrigues ÍDICE I. INTRODUÇÃO – pg. 3 II. Fundamentos básicos universais sobre a ética no processo influenciador religioso na sociedade pós-moderna, ritmado pela globalização: pg. 4 1. A sistematização da Ética= O FILÓSOFO...

    11728  Palavras | 47  Páginas

  • Cidadania no brasil e (nova) questão social: alguns elementos para problematizar uma relação

    3º Encontro da Região Norte da Sociedade Brasileira de Sociologia: Amazônia e Sociologia: fronteiras do século XXI GT 6 - Democracia, Violência e Conflitos Sociais Cidadania no Brasil e (nova) questão social: alguns elementos para problematizar uma relação Joaquim Leonel de Rezende Alvim (professor, Universidade Federal Fluminense/UFF e Programa de Pós-graduação em Sociologia e Direito - PPGSD/UFF – e-mail: alvimleo@hotmail.com) Carla Appollinario de Castro (doutoranda, Programa de Pós Graduação...

    7327  Palavras | 30  Páginas

  • Hermeneutica Filosofica

     Hermenêutica Filosófica Introdução 3 1. Hermenêutica 3 2. O sentido dos discursos, onde habita? 6 3. Hermenêutica e reflexividade 7 4. Hermenêutica e Ciência 10 5. Ciência e dogmática 17 Capítulo I - Hermenêutica como arqueologia do sentido 24 1. Arqueologia do sentido 24 2. Classicismo e dogmatismo 27 3. A hermenêutica jurídica 30 4. Hermenêutica e subjetividade moderna 33 5. A reforma protestante 35 6. Da hermenêutica dogmática à autonomia do sentido 39 Capítulo II - Hermenêutica e método 42...

    43108  Palavras | 173  Páginas

  • Educação do senso comum a consciência filosofica

    frequentes da palavra problema é, por exemplo, aquele que a considera como sinónimo de questão. Neste sentido, qualquer pergunta, qualquer indagação é considerada problema. Esta identificação resulta, porém, insuficiente para revelar o verdadeiro caráter, isto é, a especificidade do problema. Com efeito, se eu pergunto a um dos leitores: "quantos anos você tem?", parece claro que eu estou lhe propondo uma questão; e parece igualmente claro que isto não traz qualquer conotação problemática. Na verdade...

    4321  Palavras | 18  Páginas

  • Atitude x refleção filosófica

    Atitude Filosófica, Atitude Crítica e Reflexão Filosófica A Filosofia é o estudo da relação entre o homem e o Universo. Também pode ser definida como um conjunto de ideias e valores fundamentados em um princípio lógico. Através dela, procura-se explicar o inquestionável e aquilo que a ciência não consegue desvendar a partir de análises, reflexões e da formulação de uma crítica. A atitude filosófica, nada mais é, que a investigação de um conhecimento já instituído, ou seja, o...

    630  Palavras | 3  Páginas

  • Resenha do Livro Educação: do senso comum à consciência filosófica do autor Dermeval Saviani

    Livro: Educação: do senso comum à consciência filosófica Autor: Dermeval Saviani Editora: Cortez Ano: 1987 O autor começa o livro falando do senso comum e consciência filosófica. Sendo estes caracterizados por conceitos diferentes: SENSO COMUM - Fragmentária - Incoerente - Desarticulada - Implícita - Degradada - Mecânica - Passiva - Simplista CONSCIÊNCIA FILOSÓFICA - Unitária - Coerente - Articulada - Explícita - Original - Intencional - Ativa - Cultivada...

    1131  Palavras | 5  Páginas

  • A experiência filosófica

    quando escreve um poema. Então, que tipo de “pensar” é esse do filósofo? Não é melhor nem superior a todos os outros, mas sim diferente. Porque se propõe a “pensar nossos pensamentos e ações”. Dessa atitude resulta o que chamamos experiência filosófica. Os filósofos delimitam os problemas que os intrigam e buscam o sentido desses pensamentos e ações, recusando-se a aceitar as certezas e as soluções que nos são apresentadas, mesmo quando parecem óbvias demais. 2. A filosofia de vida Chamamos...

    2372  Palavras | 10  Páginas

  • O iluminismo e a questão do conhecimento

    desse movimento, seus precursores, suas características, importância história, seu legado para o homem, bem como as discussões de diferentes correntes filosóficas que debatiam sobre a questão do conhecimento constituem, entre outros, os tópicos principais que serão abordados sobre o assunto no decorrer destas páginas. 2. O ILUMINISMO E A QUESTÃO DO CONHECIMENTO O século XVIII é conhecido como Iluminismo, Século das Luzes, Ilustração ou Aufklärung. A razão iluminista se apresentava como uma luta...

    3473  Palavras | 14  Páginas

  • A questão da verdade

    1 A QUESTÃO DA VERDADE O texto apresentado é na realidade uma composição organizada pelo professor a partir de recortes de textos em que esta questão é analisada. O primeiro, é de Gilberto Cotrim na sua obra: Fundamentos da Filosofia e o segundo é de Marilena Chaui na obra Convite a Filosofia . Boa leitura. POSSIBILIDADES DO CONHECIMENTO 1 A capacidade de conhecer a verdade Somos capazes de conhecer a verdade? É possível ao sujeito apreender o objeto? Afinal, quais são as possibilidades do conhecin1ento...

    12820  Palavras | 52  Páginas

  • Fraturas no olhar, uma reflexão sobre a questão da liberdade e sua relação estética visual interpretada pelo existencialismo sartreano

    SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL Faculdade Senac RJ Lindimar Almeida Santos FRATURAS NO OLHAR, UMA REFLEXÃO SOBRE A QUESTÃO DA LIBERDADE E SUA RELAÇÃO ESTÉTICA VISUAL INTERPRETADA PELO EXISTENCIALISMO SARTREANO Rio de Janeiro 2012 QUESTÃO DA LIBERDADE E SUA RELAÇÃO ESTÉTICA VISUAL INTERPRETADA PELO EXISTENCIALISMO SARTREANO Trabalho de conclusão de...

    13420  Palavras | 54  Páginas

  • AS CINCO NOTAS A PROPÓSITO DA QUESTÃO SOCIAL JOSÉ PAULO NETTO.(ALESSANDRA RODRIGUES) 2014

    ELABORADA CINCO NOTAS A PROPÓSITO DA “QUESTÃO SOCIAL”. SANTARÉM 2013 ADRIANA MEDEIROS DO NASCIMENTO ALESSANDRA RODRIGUES MACIEL DELMA ALMEIDA MARINELDA MOURÃO DA SILVA ROBERTA OLIVEIRA AGUIAR RONALDO SOUZA COSTA AULA ELABORADA CINCO NOTAS A PROPÓSITO DA “QUESTÃO SOCIAL”. Aula elaborada apresentado como requisito para obtenção de nota parcial da disciplina Questão Social do Curso de Serviço Social do...

    7422  Palavras | 30  Páginas

  • AS CINCO NOTAS A PROPÓSITO DA QUESTÃO SOCIAL JOSÉ PAULO NETTO.(ALESSANDRA RODRIGUES) 2014

    ELABORADA CINCO NOTAS A PROPÓSITO DA “QUESTÃO SOCIAL”. SANTARÉM 2013 ADRIANA MEDEIROS DO NASCIMENTO ALESSANDRA RODRIGUES MACIEL DELMA ALMEIDA MARINELDA MOURÃO DA SILVA ROBERTA OLIVEIRA AGUIAR RONALDO SOUZA COSTA AULA ELABORADA CINCO NOTAS A PROPÓSITO DA “QUESTÃO SOCIAL”. Aula elaborada apresentado como requisito para obtenção de nota parcial da disciplina Questão Social do Curso de Serviço Social do...

    7422  Palavras | 30  Páginas

  • Atitude Filosófica

    somos filósofos, uma vez que pensamos, indagamos, criticamos, tentamos respostas e soluções e esbarramos em dúvidas e incertezas, buscando a sabedoria e a verdade. A filosofia é imprescindível na formação do cidadão, pois todos precisam de uma reflexão filosófica para o aumento da consciência crítica e para a participação na comunidade em que pertence. A Filosofia é o princípio de todo o saber, o fundamento de qualquer conhecimento. É através dela que as Ciências e as Artes garantem sua fundamentação...

    3514  Palavras | 15  Páginas

  • Metodologia Filosófica

    FUNDAÇÃO SANTO ANDRÉ EDUARDO SZEIBEL YOKOTA METODOLOGIA FILOSÓFICA SANTO ANDRÉ 2010 EDUARDO SZEIBEL YOKOTA FICHAMENTO DA METODOLOGIA FILOSÓFICA Trabalho da Matéria de Filosofia Aprendizagem da construção de uma dissertação filosófica Prof. Fábio Pestana Ramos SANTO ANDRÉ 2010 Porque a dissertação filosófica? A dissertação filosófica é um exercício que foca a racionalidade, a coerção e que tem suas próprias...

    5333  Palavras | 22  Páginas

  • “A QUESTÃO DO METODO E A CRÍTICA AO CONHECIMENTO” RESENHA DO CAP. 1 DA OBRA “GEOGRAFIA E FILOSOFIA” DE ELISEU SEVÉRIO SPOSITO

    UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO DEPARTAMENTO DE GEOCIENCIAS “A QUESTÃO DO METODO E A CRÍTICA AO CONHECIMENTO” RESENHA DO CAP. 1 DA OBRA “GEOGRAFIA E FILOSOFIA” DE ELISEU SEVÉRIO SPOSITO Teorias e métodos científicos em Geografia Suellen A. N. de Morais A questão do método e a crítica do conhecimento Para conceber a metodologia cientifica do ensino do pensamento geográfico é preciso discutir o método cientifico; partindo do pressuposto de que o método não pode ser abordado...

    2070  Palavras | 9  Páginas

  • A Razão Filosófica

    Faculdade CNEC Rio das Ostras Ferreira Macedo, Ephrain Trabalho de Metodologia Cientifica: A Razão Filosófica Rio das Ostras, Rio de Janeiro. 2014 Página |2 Ferreira Macedo, Ephrain. Mat.- 14000010696 Trabalho de Metodologia Cientifica: A Razão Filosófica Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Curso de Metodologia Científica, da Faculdade CNEC Rio das Ostras, como requisito parcial para obtenção de Bacharel em Engenharia de Produção. Professor...

    10101  Palavras | 41  Páginas

  • Refletir criticamente sobre as refrações da questão social no passado extrapolando no contexto da atualidade.

    retrospectiva da evolução da questão social a diferentes disciplinas da área social. Compreender a questão social hoje, num mundo globalizado e as exigências colocadas à profissão em seus processos de enfrentamento da mesma é o objetivo deste trabalho, que procurará mostrar a profissão considerando posturas radicais do profissional: a democrática, a ética, a política, a relativa à cidadania e à competência teórica e técnica. 2.1 Questão Social: ...

    1587  Palavras | 7  Páginas

  • respos capitulo 2

    manga e depois tomar leite faz mal. 5. De acordo com o que foi estudado no capitulo, em que momento da atividade costumeira a atitude filosófica. Passamos da atitude costumeira a atitude filosófica a partir do momento em que construímos nossas criticas ,determinada ideias ouassuntos. 6. Quais as três principais perguntas que caracterizam a atitude filosófica? O que é? Como é? Por que é? Pag 27 1. o que quer dizer a palavra critica Capacidade para ajudar, discernir e decidir corretamente...

    875  Palavras | 4  Páginas

  • Atividade 01 Marilena Chauí

    coisas, as ideias, os fatos, as situações, os comportamentos, os valores, nós mesmos. 2. Quando passamos da atitude costumeira à atitude filosófica? Quando tomamos distância do cotidiano e passamos a questioná-lo, quando interrogamos a nós mesmos em busca de um saber mais apurado sobre o outrora sempre foi tácito, somente então adquirimos à atitude filosófica. 3. Para que se pergunta "Para que filosofia?" Porque o senso comum não vê utilidade naquilo que aparentemente não há finalidade prática...

    596  Palavras | 3  Páginas

  • Influencias filosoficas (shultz e shultz)

    Cap 02 – As influências filosóficas na psicologia  O pato mecânico foi o inicio da mecanização francesa;  A junção da ciência e da tecnologia.  Observação, experimentação e medição se tornaram diferenciais na ciência.  O estudo do funcionamento do universo com uma maquina. O espírito do Mecanicismo O universo mecânico  Em toda a Europa era incrementado diariamente maquinas para complementar a força muscular do homem. As maquinas tornaram-se familiares às pessoas de todos...

    4506  Palavras | 19  Páginas

  • 036819410671

    O que é e como é a reflexão filosofica? R: A reflexão filosófica é tida como radical porque é um movimento de volta do pensamento sobre si mesmo para conhecer-se a si mesmo, para indagar como é possível o próprio pensamento. Não somos, porém, somente seres pensantes. Somos também seres que agem no mundo, que se relacionam com os outros seres humanos, com os animais, as plantas, as coisas, os fatos e acontecimentos, e exprimimos essas relações tanto por meio da linguagem quanto por meio de gestos...

    511  Palavras | 3  Páginas

  • a perda da processualidade nas analises da nova questao social

    1. INTRODUÇÃO Este trabalho tem como objetivo mostrar de maneira sintetizada a discussão feita no livro “A categoria ‘questão social’ em debate, da mestre e doutora Alejandra Pastorini. Ela nasceu em Montevidéu e dedicou-se ao estudo sobre as “questões sociais” e políticas sociais através de suas pesquisas. Pastorini se graduou como Assistente Social na Universidade de La República, em 1991, e é autora de diversos artigos sobre políticas sociais e seguridade social e coordenadora de projetos ligados...

    3653  Palavras | 15  Páginas

  • Tecnologias de cuidado em saúde e enfermagem e suas perspectivas filosóficas

    Scortegagna HM, Wall ML, Veronese AM, Zeferino MT, et al. CARE TECHNOLOGIES IN HEALTH AND NURSING AND THEIR PHILOSOPHICAL PERSPECTIVES LAS TECNOLOGÍAS DE CUIDADO EN LA SALUD Y ENFERMERÍA Y SUS PERSPECTIVAS FILOSÓFICAS TECNOLOGIAS DE CUIDADO EM SAÚDE E ENFERMAGEM E SUAS PERSPECTIVAS FILOSÓFICAS Magda Santos Koerich1, Dirce Stein Backes2, Helenice de Moura Scortegagna3, Marilene Loewen Wall4, Andréa Márian Veronese5, Maria Terezinha Zeferino6, Vera Radünz7, Evanguelia Kotzias Atherino dos Santos8 ...

    5501  Palavras | 23  Páginas

  • Filosofia Capitulo 2

    Capitulo 2: Questão 1: Que quer dizer a palavra crítica? Resposta: palavra proveniente do grego; possui três sentidos principais: 1)”A capacidade para julgar, discernir e decidir corretamente”, 2)”Exame racional de todas as coisas sem preconceito e sem julgamento”; 3) “Atividade de examinar e avaliar detalhadamente uma ideia, um valor, um costume, um comportamento, uma obra artística ou cientifica”. Em geral, julgamos que a palavra “crítica” significa: “ser do contra”. Questão 2: Que significa...

    861  Palavras | 4  Páginas

  • EORIA E PRÁTICA NO SERVIÇO SOCIAL UMA REFLEXÃO SOBRE A IDENTIDADE PROFISSIONAL DO ASSISTENTE SOCIAL E OS DESA

    1 TEORIA E PRÁTICA NO SERVIÇO SOCIAL: UMA REFLEXÃO SOBRE A IDENTIDADE PROFISSIONAL DO ASSISTENTE SOCIAL E OS DESAFIOS CONTEMPORÂNEOS Nilvania Alves Gomes1 Camila Adriana Silva Diniz2 RESUMO Este artigo propõe realizar uma reflexão no âmbito da construção da identidade profissional, do Assistente Social, destacando alguns dos desafios profissionais enfrentados relacionados a natureza teórica e prática do serviço social na atualidade. Para tanto, este trabalho apresenta inicialmente...

    5990  Palavras | 24  Páginas

  • Fronteiras da ciência, implicações produtivas e filosóficas

    ESTUDOS ESTRATÉGICOS Dossiê Fronteiras da ciência, implicações produtivas e filosóficas curador: Olival Freire Júnior Membro do Comitê Central do PCdoB Janeiro/2012 Estudos Estratégicos do Partido comunista do Brasil dEPartamEnto nacional dE Quadros da sEcrEtaria nacional dE organização Editores Editor responsável: Walter Sorrentino Editores: Bernardo Joffily, Fabiana Costa, José Carlos Ruy e Nereide Saviani. corpo editorial Augusto Buonicore Dilermando Toni Elias Jabbour Fabio...

    51034  Palavras | 205  Páginas

  • Tendimento pré-hospitalar: atribuição e responsabilidade de quem? uma reflexão crítica a partir do serviço do corpo de bombeiros e das políticas de saúde “para” o brasil à luz da filosofia da práxis.

    PEDRO PAULO SCREMIN MARTINS ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR: ATRIBUIÇÃO E RESPONSABILIDADE DE QUEM? UMA REFLEXÃO CRÍTICA A PARTIR DO SERVIÇO DO CORPO DE BOMBEIROS E DAS POLÍTICAS DE SAÚDE “PARA” O BRASIL À LUZ DA FILOSOFIA DA PRÁXIS. FLORIANÓPOLIS-SC JUNHO DE 2004 CORPO DE BOMBEIROS E DAS POLÍTICAS DE SAÚDE “PARA” O BRASIL À LUZ DA FILOSOFIA DA...

    89553  Palavras | 359  Páginas

  • Dermeval saviani educação: do senso comum à consciência filosófica

    DERMEVAL SAVIANI EDUCAÇÃO: DO SENSO COMUM À CONSCIÊNCIA FILOSÓFICA COLEÇÃO EDUCAÇÃO CONTEMPORÂNEA 11ª Edição - 1996 EDITORA AUTORES ASSOCIADOS Este trabalho reúne estudos redigidos em diferentes oportunidades, obedecendo, porém, a um mesmo propósito: elevar a prática educativa desenvolvida pêlos educadores brasileiros do nível do senso comum ao nível da consciência filosófica. A introdução indica o ponto de convergência do conjunto dos estudos que compõem a obra. Os primeiros textos constituem...

    88084  Palavras | 353  Páginas

  • Reflexão filosófica sobre o filme "Ela"

     Reflexão Filosófica com o filme “Ela” É de fundamental importância o amor. E existem vários tipos de amor, tais como: Ágape (Ideais espirituais), Eros (Atração física) e Philos (Afinidade mental). Com base nisso, representaremos o Amor Platônico como uma reflexão filosófica com o filme "Ela" (Spike Jonze). Citando também os mitos do livro "O banquete" de Platão e uma dinâmica com entrevistas. O que é o amor? Qual é a sua funcionalidade para os homens? O que é o amor? Muitos hesitam...

    1847  Palavras | 8  Páginas

  • Antropologia filosófica

    ANTROPOLOGIA FILOSÓFICA Palumbieri - síntese e reflexões de Ir. Paulo Dullius Hoje há sinais de certo sentimento de angústia, uma vez que o homem está sentindo certo vazio por dentro e para a frente. Tem certa necessidade de conhecer-se. Os gregos distinguiam epistéme (conhecimento dos princípios materiais) de Sophia (conhecimento do significado radical). Hoje predomina o homem com um cérebro tecnocéfalo com seus prolongamentos técnicos. Sua Sofia sofre pela ausência de energias espirituais...

    3464  Palavras | 14  Páginas

  • Uma reflexão acerca do trabalho do assistente social no hsbj em volta redonda

    Sistema Único de Saúde. Meu abarcamento com essa questão decorre da minha experiência no período de estágio (durante 1 ano no Hospital São João Batista – VR) ocasião em que compartilhei com outros assistentes sociais de inquietações a respeito do conteúdo das ações do Serviço Social nas unidades de saúde. Tem-se como objetivo principal neste trabalho conhecer a inserção do profissional de Serviço Social neste campo de atuação; realizar uma breve reflexão a cerca de seus desdobramentos para a qualidade...

    6850  Palavras | 28  Páginas

  • Fichamento sobre Metodologia Filosófica

    Assunto: A Leitura dos Textos. Referência: FOLSCHEID, D, WUNENBURGER, J. Metodologia Filosófica. Tradução: Paulo Neves. – 3ª Ed. – São Paulo: Martins Fontes, 2006. – (Ferramentas) Página número: Trecho citado: 06 “Descontadas a pura reflexão e a palavra viva nos cursos e nas conversações filosóficas, os textos devem, portanto, ser considerados como a estrada mestra da iniciação filosófica.” “[...] a filosofia não escapa a essa regra comum da cultura que impõe a cada um apoiar-se nos...

    1898  Palavras | 8  Páginas

  •  TEXTO: A CULCHAUI, Marilena. Convite à filosofia.

    quer dizer a palavra critica? A palavra crítica vem do grego e possui três sentidos principais: Capacidade para julgar, discernir e decidir corretamente; Exame nacional de todas as coisas sempre conceito e sem pré-julgamento; Atividade de examinar e avaliar detalhadamente uma ideia, um valor, um costume, um comportamento, uma obra artística ou cientifica. A atitude filosófica é uma atitude crítica porque preenchem esses três significados da noção crítica, a qual, como se observa, é inseparável da...

    1870  Palavras | 8  Páginas

  • Concepções filosoficas

    INTRODUÇÃO AS VÁRIAS CONCEPÇÕES DO CONHECER E AGIR AO LONGO DA HISTÓRIA DA HUMANIDADE. SOBRE A QUESTÃO DO SER NA IDADE ANTIGA: COSMOVISÃO METAFÍSICA ABSTRATA . OS PRÉ-SOCRÁTICOS Os filósofos pré-socráticos são os primeiros pensadores que viveram na Grécia Antiga por volta do século VI a.C, eles buscavam desenvolver formas de explicação da realidade natural, do mundo que os cercava, independentemente do apelo a divindades e a forças sobrenaturais. É nesse sentido que dizemos que os...

    15679  Palavras | 63  Páginas

  • CORRENTES FILOSÓFICAS DA EDUCACAO

    RU-1159407 MANOELA CRISTIANE DA ROCHA, RU-1163700. TANIA LEDIANE STANISK, RU- 164795. THAIS MICHELLE DA ROCHA, RU-1119016. VANESSA JARECK, RU-1163787. CORRENTES FILOSÓFICAS DA EDUCAÇÃO MANDIRITUBA 2015 CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL - UNINTER LICENCIATURA EM PEDAGOGIA ANGELA DO ROCIO FRANCO TOCHA, RU-937162. CELIA MARIA FRANCO DE ÁVILA, RU-1119688. ...

    3702  Palavras | 15  Páginas

  • Exercicio de filosofia

    filosofia Introdução 1) Que quer dizer a palavra crítica? R - Tem três significados: capacidade para julgar, discernir e decidir corretamente, exame racional de todas as coisa sem criticas sem preconceitos e sem pré-julgamentos, atividade de examinar, e avaliar detalhadamente uma ideia, um valor, um costume, um comportamento, uma obra artística ou cientifica. 2) Como passamos da atitude costumeira à atitude filosófica? R - Quando decidimos não aceitar como naturais, óbvias e evidentes as...

    1386  Palavras | 6  Páginas

  • Socrates

    Atividade de filosofia 1-(questão opcional – para estudantes que tenham visto o primeiro filme da serie matrix): que paralelo podemos estabelecer entre a personagem neo, do filme matrix, e o filosofo Sócrates? Os parelelos são pelo fato de Sócrates e Neo terem algo em comum, esse semenhaça entre eles é o fato de Sócrates seguir a seguinte postulação; "Passar do acidental para o essencial; da opinião á verdade; da aparencia a idéia." e Neo querer modificar a ideia de alguns que se encontram presos...

    1284  Palavras | 6  Páginas

  • As bases filosóficas e teóricas da pesquisa qualitativa

     AS BASES FILOSÓFICAS E TEÓRICAS DAS PESQUISAS QUALITATIVAS INTRODUÇÃO O presente trabalho resulta da necessidade de analisar as bases filosóficas e teóricas que sustentam as pesquisas qualitativas como trabalho da disciplina de Abordagens e Técnicas de Pesquisa em Educação, do Programa de Pós Graduação em Educação, da Faculdade de Educação, da Universidade Federal da Bahia (FACED-UFBA). O nosso principal objetivo neste trabalho é descrever e fundamentar de forma relacional as...

    6940  Palavras | 28  Páginas

  • O JUSNATURALISMO E A FILOSOFIA MODERNA DOS DIREITOS: REFLEXÃO SOBRE O CENÁRIO FILOSÓFICO DA FORMAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS

    O JUSNATURALISMO E A FILOSOFIA MODERNA DOS DIREITOS: REFLEXÃO SOBRE O CENÁRIO FILOSÓFICO DA FORMAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS As doutrinas jusnaturalistas modernas contribuíram para a construção das concepções fundantes de Estado de Direito, Direito Moderno e Direitos Humanos. Nesse sentido, o objetivo do autor é intensificar a pesquisa sobre a fundamentação dos human rights, revisitando a modernidade para verificar se seus paradigmas podem ser considerados obsoletos ou se seus dogmas racionais se...

    4280  Palavras | 18  Páginas

  • Trabalho Filosofia

    Pagina 27 questão 1 a 10 1- O que quer dizer a palavra critica? 2- Que significa dizer que a filosofia se volta preferencialmente para os momentos de crise? 3- De acorde com o texto, por que se pergunta “para que filosofia”? 4- O que é e como é a reflexão filosófica? 5- Quais os três conjuntos de questões que organizam a reflexão filosófica? 6- Explique o que é a filosofia, de acordo com o que foi estudado? 7- Que significa dizer que a filosofia é um pensamento sistemático ou uma interrogação...

    1294  Palavras | 6  Páginas

  • Linguagem & ensino, vol. 4, no. 1, 2001 (141-157) ensinar ou não a gramática na escola eis a questão ormezinda maria ribeiro universidade de uberaba

    Linguagem & Ensino, Vol. 4, No. 1, 2001 (141-157) Ensinar ou não a gramática na escola Eis a questão Ormezinda Maria Ribeiro Universidade de Uberaba “Haverá muito o que mudar, antes que o ensino de Português possa ser o que deve − um processo no qual o professor e os alunos entre si, se enriquecem reciprocamente compartilhando sua experiência vivida de língua (...). mas a mudança virá daqueles que vivem o ensino, não daqueles que especulam sobre ele. De dentro. ” ILARI ( 1985) ABSRTACT:...

    6027  Palavras | 25  Páginas

  • *****A modernidade filosofica***********************************************************************************************************************************************************************************************************************

    A MODERNIDADE FILOSÓFICA E OS FUNDAMENTOS PEDAGÓGICOS DA EDUCAÇÃO MODERNA Celso José Martinazzo Nesta pesquisa reconstruímos parte da história dos modelos de racionalidade filosófica e pedagógica da modernidade procurando estabelecer os vínculos existentes entre o discurso filosófico e a práxis pedagógica. A leitura hermenêutica recorrente desse período nos permite compreender as premissas filosóficas e pedagógicas ainda hoje condicionantes do processo educacional. A modernidade...

    4722  Palavras | 19  Páginas

  • Período clássico: filósofos importantes e ascensões das escolas filosóficas.

    gregos, seus pensamentos, suas crenças, alguns fatos importantes de suas vidas e obra. Assim como um resumo do período Helenístico e o surgimento de algumas escolas filosóficas, seus fundadores, seguidores, concepções fundamentais e importância na historia da filosofia. Palavras-Chave: Filósofos. Gregos. Período. Clássico. Escolas. Filosóficas. SUMÁRIO 1. Introdução 4 2. Os Sofistas 5 2.1 Sócrates 6 2.2 Platão 8 2.3Aristóteles ......................

    3945  Palavras | 16  Páginas

  • Questão social

    QUESTÃO SOCIAL: UM CONCEITO REVISITADO     Lessi Inês Farias Pinheiro (CV) Gilmara Oliveira Dias lifpinheiro@uesc.br   Resumo – A questão social foi constituída em torno das transformações econômicas, políticas e sociais ocorridas na Europa do Século XIX. Entretanto as transformações societárias que vêm ocorrendo nas economias capitalistas desde a década de 1970 têm alterado o tratamento teórico da questão. Este artigo apresenta as visões de três autores, ligados a diferentes disciplinas...

    4154  Palavras | 17  Páginas

  • Sociedade Civil e Estado na obra Enciclopédia das Ciências Filosóficas de Hegel

    WILSON ROBERTO LUCARELLI SAULINO SOCIEDADE CIVIL E ESTADO NA OBRA ENCICLOPÉDIA DAS CIÊNCIAS FILOSÓFICAS DE HEGEL CAMPINAS 2007 WILSON ROBERTO LUCARELLI SAULINO SOCIEDADE CIVIL E ESTADO NA OBRA ENCICLOPÉDIA DAS CIÊNCIAS FILOSÓFICAS DE HEGEL Monografia apresentada como exigência parcial para a obtenção do título de bacharel no curso de graduação de Filosofia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas, sob a orientação do Prof. Dr. Germano Rigacci Jr.. CAMPINAS 2007 ...

    27222  Palavras | 109  Páginas

  • Correntes Filosóficas

    do seu tempo. Voltaire ficou conhecido por dirigir duras críticas aos reis absolutistas e aos privilégios do clero e da nobreza. Por dizer o que pensava, foi preso duas vezes e, para escapar a uma nova prisão, refugiou-se na Inglaterra. Durante os três anos em que permaneceu naquele país, conheceu e passou a admirar as ideias políticas de John Locke. Voltaire também criticou duramente o processo de ensino da época, ao qual ele acreditava que era ultrapassado e que se distanciava das preocupações...

    4257  Palavras | 18  Páginas

  • Reflexão da estetica

    Reflexão da EsteticaReflexão da Estética A Estética nasce no século XVIII, no entanto, toda a reflexão filosófica comporta implicações da ordem da teoria da arte. É por isso legítimo indagar o modo como à filosofia pensou a arte ao longo de toda a sua história, buscando aí os instrumentos conceituais que nos possam permitir compreender de um modo atual a prática de criação e recepção artísticas. Enquanto Teoria da Arte, a Estética define-se historicamente como uma tentativa de produzir um quadro...

    1025  Palavras | 5  Páginas

  • Experiência Filosófica

    A Experiência Filosófica Como tudo começou... A filosofia possui origem grega, surgiu com o primeiro homem racional. Teve seu início no século VI a.C., na Grécia Antiga. Naquele momento iniciou-se uma nova tentativa de responder os questionamentos sobre a existência. Se, para alguns, as narrações fantásticas da mitologia serviam para explicar o mundo, suas catástrofes, seu clima, sua organização, sua origem; outras pessoas começaram a procurar respostas fora dos mitos. ...

    560  Palavras | 3  Páginas

  • Correntes filosóficas

    AS CORRENTES FILOSÓFICAS   “ Uma filosofia profunda conduz o ser humano a Deus; as superficiais, ao materialismo e ateísmo.”   Francis Bacon   Gravura antiga que representa o fim da carreira pública de Francisco Bacon, acusado injustamente de corrupção.         A partir daqui passou a dedicar-se à Filosofia e à Ciência, incluindo à Medicina, deixando à Humanidade ensinamentos plenos de luz rosacrucianos.         Entre as suas doutas concepções afirmou que devemos investigar as Sábias...

    19316  Palavras | 78  Páginas

  • O que e a filosofia

    MAIO DE 2013 O QUE É A FILOSOFIA? Podemos dizer que a filosofia surge quando os seres humanos começaram a exigir provas e justificativas racionais que validem a invalidem as crenças cotidianas. Porque racionais ? Por três motivos: *porque racional significa argumentado, debatido e compreendido; *porque racional significa que, ao argumentar e debater, queremos conheceras condições e os pressupor de nossos pensamentos e os outros; *porque racional significa respeitar...

    3342  Palavras | 14  Páginas

  • Qual a cor do meu cisne? Uma reflexão sobre a relação dança e exceção

    ARTE ESCOLA DE TEATRO E DANÇA LICENCIATURA PLENA EM DANÇA ANA ROSANGELA COLARES LAVAND Qual a cor do meu cisne? Uma reflexão acerca da relação dança e exceção BELÉM 2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA relação dança e exceção Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Escola de Teatro e Dança da UFPA, como requisito...

    19685  Palavras | 79  Páginas

  • socrates

    __________________________________________________________________________________________________________ 5) E Marx, o que declarava? __________________________________________________________________________________________________________ 6)Quais os três conjuntos de questões que organizam a reflexão filosófica? _________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ ...

    1116  Palavras | 5  Páginas

  • escolas filosoficas

    PROF. ARIEVALDO ALVES DE LIMA ESCOLAS FILOSÓFICAS Depois das reflexões iniciais sobre ética, moral e suas relações, vejamos resumidamente as escolas filosóficas. A melhor forma de se compreender a história do pensamento humano, é através da história da filosofia. Acredita-se que todos necessitam entender um pouco, ainda que de modo generalizado, as principais escolas de pensamento1. Os estudiosos dividem a filosofia entre “antes e depois de Socrátes”. Assim, temos as escolas pré-socráticas...

    2963  Palavras | 12  Páginas

  • A experiencia filosofica

    CAPÍTULO 1 A experiência filosófica 1 A queda.Denis Darzacq,2006. O que vemos nem sempre é real, na figura acima dá a impressão de que um homem estar caindo, na verdade está fotografia faz parte de uma sequência de imagens onde o fotógrafo consegue captar a hora exata de uma pirueta realizada por um bailarino. “Qual a relação que podemos fazer entre nossa primeira reação diante da imagem e a experiência filósofica?”. 1) Como é o pensar do filósofo? Um filósofo é alguém que pratica a filosofia...

    684  Palavras | 3  Páginas

  • Questões para reflexão

    incompletude. Os algoritmos recursivos e genéticos se tornaram indispensáveis na “computação evolucionária”. Os falsos dilemas do velho sonho da “linguagem perfeita” ficaram mais perceptíveis. Evidenciou-se também a insuficiência operativa da pura reflexão crítica1 . • É preciso distanciar-se tanto dos escolhos do tecnootimismo ingênuo (tecnointegrados) como do rechaço medroso da técnica (tecnoapocalípticos). Em muitos ambientes escolares, persiste o receio preconceituoso de que a mídia despersonaliza...

    6041  Palavras | 25  Páginas

  • Metodologia filosófica

    frequentemente a essa pequena "filosofia da leitura filosófica" para interiorizá-la, apropriar-se dela, modulá-la de acordo com seus conhecimentos pessoais, a fim de consequentemente clarificar seus objetivos e ajustar suas práticas a cada etapa de seus progressos. Sendo assim, todo filosofo tem que se basear ou apoiar-se nos textos filosóficos, e, assim estabelecer uma relação direta e diária com o texto original, com á historia filosófica, tendo em vista sempre os problemas e soluções da natureza...

    760  Palavras | 4  Páginas

  • Correntes filosóficas da educação

    da experiência para o conhecimento humano. Immanuel Kant (...) buscou uma sintese dessas correntes, afirmando que o conhecimento provém de uma ação combinada do sujeito e do objeto. (VASCONCELOS, 2011, p.39-40).      O naturalismo é uma corrente filosófica que diferencia a natureza e a civilização, entendendo o segundo como uma degeneração do primeiro. A perspectiva naturalista seria um retorno do ser humano a uma condição original, ou seja, a pureza da natureza.  O naturalismo deriva do iluminismo...

    2401  Palavras | 10  Páginas

tracking img