• Leia a apostila do curso de selvino josé asmann, das págs. 61 a 80 e responda às três atividades propostas na pág. 81
    argumentos de Platão a favor da hierarquia, e como estes argumentos podem e devem ser vistos na administração pública? Resposta: De acordo com os argumentos de Platão, quem entende a verdade, também será o único que a poderá pôr em prática, cada um exerce sua função, de maneira competente, tudo bem...
    485 Palavras 2 Páginas
  • socrates e planato
    podemos pensar a respeito da tese de Platão de que o melhor governante é quem sabe mais? B) Qual é, afinal, a relação entre verdade e bem, entre saber a verdade e fazer o bem? C) Quais são os argumentos de Platão a favor da hierarquia, e como estes argumentos podem e devem ser vistos na...
    332 Palavras 2 Páginas
  • Platão x Sócrates
    argumentos de Platão a favor da hierarquia e como estes argumentos podem e devem ser vistos na Administração Pública? R. Para Platão além de haver homens que nascem escravos e outros livres, há dentre os últimos três tipos de homens, de ouro, prata e bronze. Sendo que os de bronze são os encarregados...
    768 Palavras 4 Páginas
  • Conceito socrático e platônico
    que sabe mais, enquanto outros defendem maior igualdade e democracia. Quais são os argumentos de Platão a favor da hierarquia, e como estes argumentos podem e devem ser vistos na administração pública. Platão acreditava que a hierarquia estabelecia uma justa posição de cada um sobre a própria...
    643 Palavras 3 Páginas
  • filosofia
    ele abrange, de forma que quem conhece o bem sabe fazê-lo mediado pela verdade. C) Quais são os argumentos de Platão a favor da hierarquia, e como estes argumentos podem e devem ser vistos na administração pública? Os argumentos de Platão dizem que para se ter um cargo deve ter habilitação...
    364 Palavras 2 Páginas
  • filosofia
    sociedade ou instituição perfeita é sempre aquela em que vigora e é respeitada uma hierarquia, comandada por aquele que sabe mais, enquanto outros defendem maior igualdade e democracia. Quais são os argumentos de Platão a favor da hierarquia, e como estes argumentos podem e devem ser vistos na...
    826 Palavras 4 Páginas
  • Trabalho de economia
    hierarquia, e como estes argumentos podem e devem ser vistos na administração pública? O justo meio para Platão, ou melhor dizendo, a justa medida, é o que colocará na administração da pólis a noção do que deve ser melhor oferecido para os cidadão, isto é, ela dará ao filósofo administrador o conhecimento...
    985 Palavras 4 Páginas
  • Conceito Socrático e Platônico
    que a sociedade ou instituição perfeita é sempre aquela em que vigora e é respeitada uma hierarquia, comandada por aquele que sabe mais, enquanto outros defendem maiores igualdade e democracia. Quais são os argumentos de Platão a favor da hierarquia, e como estes argumentos podem e devem ser...
    904 Palavras 4 Páginas
  • Filosofia e ética
    . 3) Platão defende que a sociedade ou instituição perfeita é sempre aquela em que vigora e é respeitada uma hierarquia, comandada por aquele que sabe mais, enquanto outros defendem maior igualdade e democracia. Quais são os argumentos de Platão a favor da hierarquia, e como estes argumentos podem...
    1380 Palavras 6 Páginas
  • Filosofia e ética
    sempre aquela em que vigora e é respeitada uma hierarquia, comandada por aquele que sabe mais, enquanto outros defendem maior igualdade e democracia. Quais são os argumentos de Platão a favor da hierarquia, e como estes argumentos podem e devem ser vistos na administração pública? R...
    2469 Palavras 10 Páginas
  • gestão pública
    : o caso do não cumprimento dos preceitos constitucionais de independência dos três poderes da república. Revista Brasileira de Administração Pública. Rio de Janeiro, Brasil, v. 45, n. 6, 2011. PLATÃO. A República. São Paulo: Nova Cultural, 2000. PRADO, Ney. Razões das Virtudes e Vícios da...
    16522 Palavras 67 Páginas
  • psico
    gostam de ser respeitados e bem vistos. Este é o passo seguinte na hierarquia de necessidades: ser reconhecido como uma pessoa competente e respeitada. Em alguns casos leva a exageros como arrogância e complexo de superioridade. Necessidade de Auto Realização: É uma necessidade instintiva do ser...
    10731 Palavras 43 Páginas
  • A vida política, paradoxos da política, capítulo 7 , marilena chaui
    . Padres e bispos são administradores da Igreja no interior dos reinos e do conjunto formado por eles, o Sacro Império Romano-Germânico. Se são administradores, devem ser investidos em seus cargos pelo rei e pelo imperador. Isso significa, porém, que reis e imperadores passam a intervir na...
    15122 Palavras 61 Páginas
  • Comunicaçao
    . Ao contrário, deve expor com clareza as objeções conhecidas e refutá-las com argumentos sólidos. Esses são alguns dos recursos que podem ser explorados pelo produtor do texto para conseguir persuadir o leitor. O que interessa destacar neste momento é o fato de que a argumentação...
    10324 Palavras 42 Páginas
  • Argumentação e retórica
    | Demonstração |  É fornecer argumentos a favor ou contra uma determinada tese  | É demonstrar uma conclusão, tendo em conta a relação que esta estabelece com as premissas |  É passível de ser aceite ou não por parte do auditório, logo, o orador deve adaptar-se ao seu auditório para obter o máximo de...
    3162 Palavras 13 Páginas
  • Arelação entre os três poderes no Brasil:uma dinâmica atual dessa interação
    a interação, principalmente, entre Legislativo e Judiciário, mas levando em consideração, claro, a influência do Executivo, e a presença – tão em voga atualmente – do Ministério Público. E como as Propostas de Emenda Constitucional (PEC) 33 e 37 podem ser consideradas a formalização, ou...
    5668 Palavras 23 Páginas
  • Medidas
    diferença entre a ignorância, a ciência e a opinião: a ignorância é a falta de conhecimento, a ciência, é o conhecimento do ser, e a opinião, é um estado intermediário entre as duas. No início do Livro seis são expostos alguns argumentos que justificam a razão pela qual os filósofos devem ser os...
    4972 Palavras 20 Páginas
  • Economia politica
    valores são muito diferentes dos factos e não podem ser estabelecidos objectivamente ou cientificamente; por isso, são meras expressões das culturas, da história, etc. Esta é que me parece a razão central a favor do relativismo cultural. As diferenças culturais não desempenham o papel de premissa...
    31760 Palavras 128 Páginas
  • Filosofia
    linguagem. Os Argumentos são justificações ou razões de ser que tornam as opiniões sustentáveis/justificáveis. Objeções – dizem respeito aos argumentos, são contra-argumentos e identificam a posição contraditória à que esta a ser defendida. Verdade – propriedade de uma proposição, e só de uma...
    7097 Palavras 29 Páginas
  • ciencias
    conclusão é uma consequência lógica das premissas. d) o argumento é inválido, pois a conclusão é falsa. Resposta: B A afirmativa II é incorreta já que as duas formas de virtude – dianoética e ética – não são consideradas naturais, mas devem ser estudadas e incorporadas habitualmente pelos...
    28918 Palavras 116 Páginas