Quais Os Acontecimentos Do Século Xix Levaram A Organização Do Pensamento Sociológico Como Conseqüência De Se Conhecer Melhor As Bases Da Vida Social artigos e trabalhos de pesquisa

  • 11. Faça uma pesquisa procurando identificar nos acontecimentos do século xix aqueles que teriam levado á organização do pensamento sociológico como conseqüência da necessidade de se conhecer melhor as bases da vida social.

    R: Entretanto, nenhum desses pontos de contato oferece base á suposição de que essas formas pré-científicas de consciência ou de explicação da vida social tenham contribuído para a formação e o desenvolvimento da sociologia. Em particular, elas envolvem tipos de raciocínio fundamentalmente distintos e opostos ao raciocínio científico. 2. Qual a idéia que o autor tenta refutar? R: Tais modalidades de representação da vida social nada têm em comum com a sociologia. 3. A frase: ´´Isso faz...

    3800  Palavras | 16  Páginas

  • Relacao da demografia com ciencias sociais e naturais

    Tweet denunciarDenunciarrow Creative CommonsLicença de uso: BY-NC-NDrow Introduçã a Sociologia O que é Sociologia ???? Parte I : Construção Sociológica da Realidade Os fundamentos da reflexão sociológica a partir da problematização do mundo social . Para alguns, a Sociologia representa uma poderosa arma a serviço dos interesses dominantes; para outros, é a expressão teórica dos movimentos revolucionários. Mas afinal, o que é Sociologia ? A Sociologia é uma ciência que estuda as sociedades...

    24130  Palavras | 97  Páginas

  • A Revolução Científica do século XVII

    1. Trabalho de Sociologia Grupo 1: A Revolução Científica do século XVII Os pensadores racionalistas do século XVII já podiam falar em “ciência” tal como a praticamos, em boa medida, ainda hoje. Para Francis Bacon (14561-1626), por exemplo, a teologia deixaria de ser a forma norteadora do pensamento. A autoridade, que exatamente constituía um dos alicerces da teologia, deveria, em sua opinião, ceder lugar a uma dúvida metódica, a fim de possibilitar um conhecimento objetivo da realidade. Para...

    7635  Palavras | 31  Páginas

  • Fato social

    Sumário 1 INTRODUÇÃO 4 2 O QUE É FATO SOCIAL 4 3 AUGUST COMNTE 6 3.1 Pensamentos de August Comnt 7 3.2 Principais obras de August Comnte 8 4 ÉMILE DURKHEIM 8 4.1 Pensamentos de Émile Durkheim 10 4.2 Principais obras de Émile Durkheim 10 5 KARL MARX 11 5.1 Pensamentos de Karl Max 12 5.2 Obras de Karl Marx 13 6 MAX WEBER 14 6.1 Pensamentos de Max Weber 15 6.2 Principais obras de Max Weber 16 7 CONCLUSÃO 17 8 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 17 1 INTRODUÇÃO ...

    3171  Palavras | 13  Páginas

  • CI NCIAS SOCIAIS 3

    CIÊNCIAS SOCIAIS 1.  O pensamento científico sobre o Social             A busca do conhecimento e explicação dos fenômenos sociais sempre foi uma preocupação do ser humano. Mas a explicação com base científica é fruto da sociedade moderna, industrial e capitalista. A Sociologia como ciência, surgiu no século XIX e significou que o pensamento sobre o social se desvinculou das tradições morais e religiosas,  Como afirma (COSTA: 2005, p.18). “Tornava-se necessário entender as bases da vida social humana...

    4198  Palavras | 17  Páginas

  • Conceitos sociais

    Estratificação Social A estratificação social indica a existência de diferenças, de desigualdades entre pessoas de uma determinada sociedade. Ela indica a existência de grupos de pessoas que ocupam posições diferentes. Estratificação econômica: baseada na posse de bens Estratificação profissional: baseada nos diferentes graus a cada profissional A estratificação social: é a separação da sociedade em grupos que apresentam características parecidas Estratificação Social A estratificação...

    3088  Palavras | 13  Páginas

  • INTRODUÇÃO AS CIÊNCIAS SOCIAIS E POLITICAS

     Introdução as Ciências Sociais e Politicas 1. No texto Papalagui o relato é sociológico ou antropológico, justifique. O relato do chefe Tuiávii pode ser classificado como antropológico, já que se baseia em relatos de aspecto cultural. 2. Qual a relação da revolução industrial com o surgimento da sociologia? O surgimento da Sociologia prende-se em parte aos desenvolvimentos oriundos da "Revolução Industrial", pelas novas condições de existência por ela criada, a revolução deu origem...

    4467  Palavras | 18  Páginas

  • Apostila Ciências Sociais

    APOSTILA DE CIÊNCIAS SOCIAIS PERÍODO – Agosto - Dezembro de 2013 INTRODUÇÃO A disciplina Ciências Sociais trata dos fundamentos e desdobramentos da sociedade moderna. Serão abordados o contexto histórico e as principais abordagens teóricas sobre a sociedade moderna. Na segunda etapa, problematiza-se as consequências sociais do intenso processo de expansão do capitalismo na atualidade, onde serão abordados temas como a globalização, impactos sobre o mercado de trabalho e o exercício da cidadania...

    31139  Palavras | 125  Páginas

  • Vida e Obras de mile Durkheim

    historiador e economista alemão. Weber é considerado um dos fundadores do estudo sociológico moderno. Seus estudos mais importantes estão nas áreas da sociologia da religião, sociologia política, administração pública (governo) e economia. Augusto Comte foi um importante filósofo e sociólogo francês do século XIX. É considerado o criador do Positivismo e da disciplina Sociologia. Desenvolvimento Vida e Obras de Émile Durkheim Émile Durkheim nasceu em Espinal, Vosges...

    9776  Palavras | 40  Páginas

  • As origens do pensamento cientifico sobre o social

    1. INTRODUÇÃO AO PENSAMENTO CIENTÍFICO SOBRE O SOCIAL 1.1 As origens do pensamento científico sobre o social Desde que o ser humano desenvolveu a capacidade de pensar, busca explicações para os fenômenos que o circundam. A partir desta preocupação básica, o homem torna-se produtor de conhecimento sobre o mundo. Num primeiro momento, as explicações sobre o funcionamento da natureza e da vida humana são dadas a partir de mitos, depois cria-se a religião, a filosofia e a ciência. O conhecimento...

    4357  Palavras | 18  Páginas

  • constituiçao do ser social

    1) Discutam sobre a formação do ser social a partir da categoria trabalho. 2) Expliquem o contexto histórico do surgimento da sociologia. O SURGIMENTO DA SOCIOLOGIA A Sociologia no século XIX surgiu num momento de desagregação da sociedade feudal e a consolidação da sociedade capitalista. O que propiciou o seu nascimento foram as transformações econômicas políticas e culturais que ocorreram no século XVIII, como consequência das Revoluções Francesa e Industrial, que iniciaram e possibilitaram...

    5340  Palavras | 22  Páginas

  • INTRODUÇÃO AO PENSAMENTO CIENTÍFICO SOBRE O SOCIAL

    INTRODUÇÃO AO PENSAMENTO CIENTÍFICO SOBRE O SOCIAL 1. As origens do pensamento sobre o social. É evidente que desde a antiguidade o ser humano, por viver nas mais diversas formas de vida coletiva, sempre teve suas preocupações específicas com os diferentes tipos de problemas que podemos denominá-los de sociais. Mas, o pensamento que o homem produzia sobre os fenômenos sociais era de base científica? A resposta é não, pois a abordagem científica em relação à realidade social surgiu por volta de...

    9599  Palavras | 39  Páginas

  • fichamento - positivismo, uma primeira forma de pensamento social

    de pensamento social (p. 46 á 53). Capítulo quatro. Introdução: cientificismo e organicismo A primeira corrente teórica sistematizada de pensamento sociológico foi o positivismo, a primeira a definir precisamente o objeto, a estabelecer conceitos e uma metodologia de investigação. Seu primeiro representante e principal sistematizador foi o pensador francês Auguste Comte. O positivismo derivou do “cientificismo”, isto é, na crença do poder exclusivo e absoluto da razão humana em conhecer a realidade...

    4400  Palavras | 18  Páginas

  • Fundamentos sociológicos da educação

    nosso presente, precisamos conhecer como a sociedade era no passado e suas influências nos dias atuais. Falaremos sobre os principais pensadores como Auguste Comte, David Émile Durkheim, Karl Marx e Max Weber. Esses sociólogos estudaram e pesquisaram sobre as sociedades e em como ela interfere nas nossas reações. Sociologia e suas contribuições para a Educação A sociologia é mais uma Ciência Humana e tem como objetos de estudo a sociedade, a sua organização social e os processos que interligam...

    3889  Palavras | 16  Páginas

  • Sociais

    eles seu sobrinho Marcel Mauss, reunindo-os em um grupo que ficou conhecido como escola sociológica francesa. Suas principais obras foram: Da Divisão do Trabalho Social, As Regras do Método Sociológico, O Suicídio e As Formas Elementares da Vida Religiosa. A Objetividade do Fato Social Identificados e caracterizados os fatos sociais, Durkheim procurou definir o método de conhecimento da sociologia. Para ele, como para os positivistas de maneira geral, a explicação científica exige que @ pesquisad@r...

    6265  Palavras | 26  Páginas

  • Fundamentos sociologicos da eduação

    CURSO DE PEDAGOGIA DISCIPLINA FUNDAMENTOS SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO Trabalho realizado na disciplina Fundamentos Sociológicos da Educação ministrada pela professora: Ma. Mariciane Moraes Nunes, sob as orientações das tutoras: Jaqueline Wadas – tutora à distância e Carla Guimarães do Prado Ferreira – tutora presencial, este como forma de avaliação da aprendizagem das docentes abaixo: Camila Magela – R.A 345542 Elisangela Alves – R.A 341970 Joana Darc de Moura Pinheiro – R.A 344416 Paulla...

    3669  Palavras | 15  Páginas

  • Resumo critico do filme poder alem da vida

    POSITIVISMO: UMA PRIMEIRA FORMA DE PENSAMENTO SOCIAL Introdução: cientificismo e organicismo A primeira corrente teórica sistematizada de pensamento sociológico foi o positivismo, a primeira a definir precisamente o objeto, a estabelecer conceitos e uma metodologia de investigação. Além disso o positivismo, ao definir a especificidade do estudo científico da sociedade, conseguiu distinguir-se de outras ciências estabelecendo um espaço próprio à ciência da sociedade. Seu primeiro representante...

    2770  Palavras | 12  Páginas

  • FUNDAMENTOS DAS CIÊNCIAS SOCIAIS

    Cristina Rocha “ Sociologia: Introdução à Ciência da Sociedade”, Editora Moderna 2ª Edição 2002Cap. III texto 4 “Positivismo: uma primeira forma de pensamento social” pág. 46 a 53. Positivismo: uma primeira forma de pensamento social. Introdução: cientificismo e organicismo. A primeira corrente teórica sistematizada de pensamento sociológico foi o positivismo, a primeira a definir precisamente o_ objeto, a estabelecer conceitos e uma metodologia de investigação. Além disso, o positivismo...

    3170  Palavras | 13  Páginas

  • Escola normal social

    2.1- Considerações preliminares sobre o serviço social anglo-saxónico e franco-belga Nos finais do século XIX e nas primeiras décadas do século XX o serviço social profissionalizou-se e institucionalizou-se em primeiro lugar nos Estados unidos e na Inglaterra devido á organização da assistência, á criação de escolas e á abertura dos primeiros locais de trabalho para os assistentes sociais. O serviço social apresenta-se como uma profissão com dimensão dupla consoante a designação anglo...

    2925  Palavras | 12  Páginas

  • Bases do desenvolvimento motor

    visto que a escolha de tal tema nos deu a oportunidade de podermos nos aprofundar um pouco mais sobre os principais pontos que levaram ao surgimento deste fato historiográfico. Relevância A origem da escola dos anais teve uma importante relevância para historia como sendo um dos principais acontecido do século XX. Com o surgimento da escola dos anais vieram juntas conseqüências e influencias ate os dias de hoje.tais como um novo olhar sobre a forma de estudo dos historiadores tendo em relação a sua...

    8808  Palavras | 36  Páginas

  • Matrizes clássicas do pensamento sociológico

    Aula 1 - Matrizes clássicas do pensamento sociológico1 1 Introdução O ser humano tem necessidade do conhecimento da realidade e do autoconhecimento, isto é, de se descobrir e saber o que ocorre ao seu redor a fim de saber como agir e planejar. O conhecimento é importante por várias razões como: satisfazer a curiosidade; Dar segurança; Possibilitar intervir na realidade. Quanto ao conhecimento existem diversos tipos: o Conhecimento empírico (dos sentidos), o conhecimento de fé (Crença...

    2070  Palavras | 9  Páginas

  • Ciencias sociais

     UNIVERSIDADE PAULISTA CIÊNCIAS SOCIAIS CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA APS- ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS MANAUS - AM NOVEMBRO DE 2013 COLABORADORES: 1. KEMDI 2. WILLIAMS SANTOS 3. JESSICA 4. JUSSARA 5. ALLAN 6. FABIO 7. ADRIANO 8. RISLEY 9. HENRIQUE 10. ERICK CIÊNCIAS SOCIAIS Fundamentos e desdobramentos da sociedade...

    7684  Palavras | 31  Páginas

  • ORIGENS E EVOLUÇÃO DA RESPONSABILIDADE SOCIAL

    RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA INTRODUÇÃO Muito se tem debatido sobre os significados do comportamento socialmente responsável das empresas. A responsabilidade social corporativa disseminou-se de tal forma e em uma velocidade tão grande na mídia e na academia que hoje é possível identificar uma série de correntes conceituais sobre o assunto. São linhas de pensamento que abordam desde questões éticas, de legitimidade social e cidadãs, que justificam o exercício da responsabilidade social corporativa...

    3143  Palavras | 13  Páginas

  • Por que os/as assistentes sociais em formação devem ler os clássicos da Sociologia?

    Por que os/as assistentes sociais em formação devem ler os clássicos da Sociologia? Ingrid Rabelo de Freitas1 Francisco Marcos de Sousa Silva2 Camila Holanda Marinho3 RESUMO: Esse artigo tem a intenção de promover uma reflexão sobre a importância da teoria sociológica clássica na formação dos (as) assistentes sociais. Para tanto, utilizaremos como objetos empíricos analíticos os casos de discriminação social e preconceito racial alardeando recentemente pela mídia brasileira como exemplos...

    7737  Palavras | 31  Páginas

  • Apostila Introdução do Pensamento Científico

     UNIP – UNIVERSIDADE PAULISTA CAMPUS SOROCABA APOSTILA DE CIÊNCIAS SOCIAIS SOROCABA / SP 2013 Caros Alunos, Estão reunidos nesta apostila todos os itens da ementa de CIÊNCIAS SOCIAIS para o segundo semestre do ano letivo de 2013. Todo nosso trabalho terá como ponto de partida os conceitos aqui elencados, o que não obstará a oportunidade de nossa reflexão e extrapolação, visto que a Educação é uma realidade...

    7148  Palavras | 29  Páginas

  • Questionário de ciências sociais

    Ciências sociais Ciências sociais Questionário UNIP - Arquitetura e Urbanismo – Noturno Nome: Paulo Guilherme Turma: RA: Prof.: DATA: Questão-1 . Selecione um parágrafo do texto que sintetize o argumento de que o conhecimento é uma característica essencialmente humana. O homem, portanto, distinguiu-se das demais espécies existentes porque grande parte de seu comportamento não se desenvolve naturalmente em sua relação com o mundo, nem se transmite á sua descendência pelos genes...

    1205  Palavras | 5  Páginas

  • Morte do leviatã e do pensamento político moderno

    A "ditadura do proletariado" e o deficit da teoria do Estado * 27 O trauma da Comuna de Paris e a sua lenda * 28 O problema da síntese social como "caixa negra" da ideologia cooperativista * 29 Subjectivação e individualização metodológicas da forma da vontade transcendental * 30 A ditadura de crise do Leviatã ou o estado de excepção como pressuposto e consequência da "vontade geral" * 31 A política como definição do inimigo existencial * 32 Estado de excepção e capacidade política * 33 Executores...

    23866  Palavras | 96  Páginas

  • O homem na organização e sociedade

    Interativa FLORIANO ALVES DE ANDRADE JUNIOR – RA 185732 O HOMEM NA ORGANIZAÇÃO E SOCIEDADE Araçoiaba da Serra – SP 2009 UNIVERSIDADE PARA O DESENVOLVIMENTO DO ESTADO E DA REGIÃO DO PANTANAL – UNIDERP Interativa FLORIANO ALVES DE ANDRADE JUNIOR – RA:185732 O HOMEM NA ORGANIZAÇÃO E SOCIEDADE Portifólio elaborado para fins de avaliação do Módulo: O homem na organização e sociedade, referente á Unidade Didática: O homem e a sociedade e Psicologia...

    28015  Palavras | 113  Páginas

  • Mudança e Transformação Social

    Capítulo 21 - Mudança e transformação social 1. Não existem sociedades sem mudanças Há transformações maiores, que atingem toda a humanidade, e menores, que acontecem no cotidiano das pessoas. Normalmente elas estão interligadas. Duas grandes transformações – a Revolução Agrícola e a Revolução Industrial – não foram percebidas de imediato pelas pessoas, pois aconteceram lentamente. Hoje, muitas mudanças são provocadas pelo desenvolvimento acelerado das tecnologias, mas não conseguimos enxergar...

    1511  Palavras | 7  Páginas

  • O DIREITO COMO FATO SOCIAL

    A complexidade da vida moderna se faz sentir em todos os campos da atividade humana. O Direto, mecanismo de viabilização da vida em sociedade, é campo em que, como em nenhum outro, se fazem sentir as mudanças no contexto da sociedade. Com efeito, há entre o Direito e o fato um mecanismo de retorno. O Direito regula o fato e é por ele influenciado. Ressalte-se de antemão que só o fato social tem importância para o Direito, que sem sociedade, cairia no vazo. Pois se o direito como um todo sofre...

    2566  Palavras | 11  Páginas

  • FUNDAMENTOS DAS CI NCIAS SOCIAIS

     FUNDAMENTOS DAS CIÊNCIAS SOCIAIS. CASOS CONCRETOS E ATIVIDADES ESTRUTURADAS DE 1 AO 12 – EXERCÍCIOS PARA RESOLVER Plano de Aula: A sociedade como objeto de estudo e os usos e abusos da cultura FUNDAMENTOS DAS CIÊNCIAS SOCIAIS - CCJ0001 Título: A sociedade como objeto de estudo e os usos e abusos da cultura Número de Aulas por Semana Número de Semana de Aula 1 Tema: A questão do conhecimento: senso comum e pensamento científico. Objetivos •           Reconhecer  o conhecimento como característica...

    21499  Palavras | 86  Páginas

  • Fundamentos das Ciências Sociais

     Fundamentos das Ciências Sociais O Cientificismo Novas possibilidades surgiram com o decorrer do tempo, estimulando a produção cada vez mais rápida, para atender a alta demanda exigida, trocas comerciais que proporcionavam alto lucro para o cenário. Nesse novo desenvolvimento, a busca por Racionalidade e Planejamento tornou-se fundamental, tornando a busca por novas ferramentas e pessoas que poderiam desenvolver invenções, objetivo que alavancariam a produção. Condições que incentivaram...

    2748  Palavras | 11  Páginas

  • A origem do pensamento grego

    A HISTÓRIA DA FILOSOFIA ANTIGA E A FORMAÇÃO DO PENSAMENTO OCIDENTAL Cláudia Alves Fernandes Aluna do Curso de Filosofia da Universidade Federal de Juiz de Fora. clafer@nextwave.com.br Ricardo de Oliveira Fernandes Junior Aluno do Curso de Filosofia da Universidade Federal de Juiz de Fora. ricfer@nextwave.com.br RESUMO Este trabalho busca contribuir para o entendimento da História da Filosofia Antiga e sua influência na formação do pensamento ocidental. De acordo com vários autores, a filosofia...

    5937  Palavras | 24  Páginas

  • aps de evolução do pensamento adiministrativo

    INTRODUÇÃO AO PENSAMENTO CIENTÍFICO SOBRE O SOCIAL As transformações que ocorreram no mundo a partir do séc. XVI, com as grandes navegações, internacionalização do comércio, é acompanhada pela crítica ao poder eclesiástico de explicar a realidade. Com a desagregação do mundo feudal, é conferida ao saber científico uma importância única. Existe uma necessidade histórica de formular um saber que permitisse estabelecer um critério de verdade funcional. A razão, ou...

    3035  Palavras | 13  Páginas

  • Ciências Sociais

    Ciências Sociais CIÊNCIAS SOCIAIS Introdução ao Pensamento Científico sobre o Social Apresentação da disciplina Prezado aluno O objetivo deste texto é fornecer aos alunos do SEPI material de apoio para o acompanhamento da disciplina Ciências Sociais. 5 A primeira questão a explicitar é: qual o sentido do aprendizado das Ciências Sociais na formação universitária? As Ciências Sociais se definem a partir da possibilidade de o homem contemporâneo compreender a realidade social na qual ...

    6942  Palavras | 28  Páginas

  • APOSTILA A QUEST O SOCIAL

    CAPÍTULO 2 A questão social e a necessidade de uma ciência social APRESENTAÇÃO Este capítulo está dedicado ao histórico do surgimento da sociologia. Mostra corno as ciências que existiam até então não conseguiam explicar os grandes problemas sociais que estavam surgindo devido ao avanço da industrialização; quais foram as características das novas relações de produção que alteraram a vicia social, provocando o surgimento de numerosos problemas: como a sociologia se desenvolveu no seu início; quais...

    8790  Palavras | 36  Páginas

  • FUNCIONALISMO DA TEORIA SOCIAL CRITICA

     Teoria social moderna O método positivista e a teoria funcionalista O conhecimento científico geralmente é resultado de observação, experimentação, sistematização e elaboração, ou seja, é produto do exercício da racionalidade humana e só pode acontecer pela utilização por parte do pesquisador de um método que indica os passos dados para alcançar um fim. Desta forma, a ciência que busca compreender as relações sociais teve seu desenvolvimento associado aos seus principais métodos: o positivismo...

    9007  Palavras | 37  Páginas

  • As Formas Elementares Da Vida Religiosa 1

    1 As formas Elementares da Vida Religiosa Émile Durkheim – 1912 - Antepenúltimo livro de Durkheim (ele morre em 1917 - em 15/11). - É considerado tanto por antropólogos quanto por sociólogos como o melhor entre os 3 grandes livros de Durkheim (os outros dois são sua tese de doutorado A divisão do trabalho social (1893) e o Suicídio (1897)). Eu particularmente não deixaria de fora o livro As regras do método sociológico (1895). - O livro As formas Elementares da Vida Religiosa é curioso e instigante...

    4514  Palavras | 19  Páginas

  • Ciencias sociais

    algumas questões alusivas aos três modos de explicar a organização social apresentadas por Émile Durkheim, Karl Marx e Max Weber pensadores considerados clássicos da Sociologia. Claudete Camargo Pereira Basaglia Batatais, 7 de abril de 2010 SOCIOLOGIA: CONCEPÇÕES, CONCEITOS, PERSPECTIVAS Claudete Camargo Pereira Basaglia1 APRESENTAÇÃO O processo de elaboração científica do pensamento social ocidental é resultado das transformações sociais, políticas, econômicas, históricas provocadas pela...

    8583  Palavras | 35  Páginas

  • ciencias sociais

    Apontamentos de Introdução às Ciências Sociais – Pedro Amakasu Raposo Capítulo 1. O Conhecimento das Ciências Sociais Iremos ver ao longo do curso que o objeto das ciências humanas constituiu-se em torno de três domínios do conhecimento (ver Figura 1) associado à nossa capacidade de intervenção do mundo. O Homem e a sociedade (sua relação com o universo); o Homem e a natureza (o espaço); e o Homem e o tempo (Desahies 1992, p. 64, 140). As relações Homem, Natureza, Sociedade continuam a...

    11992  Palavras | 48  Páginas

  • Autores considerados clássicos do pensamento sociologico

    AUTORES CONSIDERADOS CLÁSSICOS DO PENSAMENTO SOCIOLOGICO 1 - Auguste Comte e a filosofia positiva A filosofia positiva de Comte nega que a explicação dos fenômenos naturais, assim como sociais, provenha de um só princípio, onde a visão positiva dos fatos abandona a consideração das causas dos fenômenos e pesquisa suas leis, vistas como relações abstratas e constantes entre fenômenos observáveis. Foi através desta forma de pensar, que Comte autor do Positivismo deu origem à sociologia, daí a importância...

    3181  Palavras | 13  Páginas

  • Politica social

    sua origem e objetivos. A Sociologia como ciência, surge no século XIX, no momento de desagregação da sociedade feudal e consolidação do capitalismo, para resolver questões sociais, foca o coletivo, analisa o homem no meio social. Objetiva o progresso e busca pelo estágio positivo. 1. Qual a importância de August Comte para a Sociologia? A maior importância de August Comte foi adoção do método científico como base para a organização política da sociedade industrial moderna. Segundo ele, toda...

    1870  Palavras | 8  Páginas

  • Fundamento das ciencias sociais

    seus semelhantes uma série de atitudes que jamais poderia desenvolver no isolamento.O homem transmite suas experiências e visões de mundo utilizando a comunicação,estabelecendo-se uma intima identidade entre a linguagem,experiência e realidade que é a base do conhecimento humano. O ser humano é capaz de abstrair situações e emoções e transforma-las em imagem,é capaz de simbolizar,armazenar significados,de separar,agrupar,classificar o mundo que o cerca segundo determinadas caracteristica . Animais-...

    1491  Palavras | 6  Páginas

  • Resenha do livro "ditadura e serviço social"

    E ENGELS Título do trabalho: Serviço Social e tradição marxista: notas sobre a teoria social crítica. Autores: Adriana de Azevedo Mathis 1 Joana Valente Santana 2 GT: Marxismo e Ciências Humanas 1. Introdução O recorte privilegiado deste artigo refere-se à influência da tradição marxista no Serviço Social que se manifesta, particularmente, no debate sobre a formação profissional e a constituição de uma massa crítica na área, nos anos 80 e 90 do século XX, responsável por grande parte dos...

    4315  Palavras | 18  Páginas

  • Fichamento da introdução do livros as consequências da modernidade, anthony giddens

    GIDDENS, Anthony. As consequências da modernidade; tradução de Raul Fiker – São Paulo: Editora UNESP 1991, pp. 8- 52 Capítulo I - Introdução A modernidade é um estilo, costume de vida ou organização social que emergiu na Europa – séc. XVII – e tornou-se mais ou menos mundial em sua influencia. Estamos na transição de um sistema social referido como sociedade de informação, de consumo, pós-industrial ou pós-modernidade. Estamos nos deslocando de um sistema baseado na manufatura de bens materiais...

    2563  Palavras | 11  Páginas

  • “EDUCAÇÃO NO FIM DA IDADE MODERNA: O IDEAL LIBERAL E SÉCULO XIX”

    LIBERAL E SÉCULO XIX” CAPÍTULO 08 Século das Luzes: o ideal liberal de educação Século das Luzes, caracterizou por grande fermentação intelectual, por conta da fértil produção dos pensadores iluministas. Ocorreram grandes abalos políticos devido ao confronto entre a aristocracia do Antigo Regime e a burguesia. A pedagogia liberal e laica Contexto Histórico As Revoluções Burguesas Grandes transformações abalaram a Europa no século XVIII....

    4191  Palavras | 17  Páginas

  • problemas sociais contemporaneos

    PROBLEMAS SOCIAIS CONTEMPORÂNEOS ESTUDAR OS PROBLEMAS SOCIAIS Dos problemas sociais aos problemas sociológicos Definições de Problemas Sociais: • “uma alegada situação incompatível com os valores de um significativo número de pessoas, que concordam ser necessário agir para a alterar” – Rubington e Weinberg • conjunto das acções que indivíduos ou grupos levam a cabo ao prosseguirem reivindicações relativamente a determinadas condições putativas. – Spector e Kituse Para que um Problema Social...

    9783  Palavras | 40  Páginas

  • Historiano xix

    Um discurso sobre as ciências na transição para uma ciência pós-moderna  Século XIX,XX,XXI   Boaventura de Sousa Santos*     Estamos a doze anos do final do século XX. Vivemos num tempo atônito que ao debruçar-se sobre si próprio descobre que os seus pés são um cruzamento de sombras, sombras que vêm do passado que ora pensamos já não sermos, ora pensamos não termos ainda deixado de ser, sombras que vêm do futuro que ora pensamos já sermos, ora pensamos nunca virmos a ser. Quando, ao procurarmos...

    14269  Palavras | 58  Páginas

  • Politica social

    Livro Política Social: Fundamentos e História. Autoras: Elaine Rossetti Behring e Ivanete Boschetti INTRODUÇÃO Serviço social e Política Social Este livro trata do tema da política social, de sua história e fundamentos, e está voltado à formação profissional na área de Serviço Social, embora possa ser útil para todos aqueles que lidam, pensam e trabalham no âmbito das políticas sociais, uma área pautada na multidisciplinar esta integrada a Biblioteca Básica de Serviço Social. A...

    7515  Palavras | 31  Páginas

  • Positivismo: uma primeira forma de pensamento social

    EDUCAÇÃO e SOCIEDADE – CURSO DE PEDAGOGIA POSITIVISMO: UMA PRIMEIRA FORMA DE PENSAMENTO SOCIAL COSTA, Cristina. Sociologia - Introdução à ciência da sociedade. 2 ed. São Paulo: Moderna, 2004. INTRODUÇÃO: CIENTIFICISMO E ORGANICISMO A primeira corrente teórica sistematizada de pensamento sociológico foi o positivismo, a primeira a definir precisamente o objeto, a estabelecer conceitos e uma metodologia de investigação. Além disso, o positivismo, ao definir a especificidade do estudo científico...

    2253  Palavras | 10  Páginas

  • Michel Foucault - Por uma vida não fascista

    Por uma Vida Não-Fascista (Coletânea Michel Foucault Sabotagem) MICHEL FOUCAULT Para ter acesso a outros títulos libertos das banais convenções do mercado, acesse: WWW.SABOTAGEM.REVOLT.ORG Autor: Michel Foucault Organizador: Coletivo Sabotagem Título: Michel Foucault – Por Uma Vida Não-Facista Ano: 2004 Esta obra foi compilada pelo Coletivo Sabotagem. Ela não possui direitos autorais pode e deve ser reproduzida no todo ou em parte, além de ser liberada a sua distribuição, preservando...

    77449  Palavras | 310  Páginas

  • CI NCIAS SOCIAIS 1 BIMESTRE s respostas

    Disciplina: Ciências Sociais Profa. Ma. Kethi Squecola Material do 1º bimestre Introdução ao pensamento científico sobre o Social 1. Introdução ao pensamento científico sobre o social: Renascimento e Ilustração Iniciamos nossos estudos em Ciências Sociais com a pergunta: quais são os fundamentos filosóficos que deram base para a formação da sociedade moderna? Nosso objetivo é compreender que tipo de ideias e valores conduzirem os homens e mulheres europeus a constituirem a modernidade a partir...

    4668  Palavras | 19  Páginas

  • Uma breve história do serviço social

    INTRODUÇÃO As práticas sociais em sua essência sempre estiveram relacionadas com a prática da caridade e o assistencialismo aos pobres. Na antiguidade já se falavam da caridade e ajuda, a assistência na confraria do deserto, objetivava facilitar a marcha das caravanas no deserto, os judeus tinha como prática especial a de visitas domiciliares, se destinando às viúvas, orfãos, idosos e enfermos. Com o advento do cristianismo fundamentou-se o ponto crucial para o serviço social. Com esses respectivos...

    1905  Palavras | 8  Páginas

  • Aspectos sociológicos da psicologia na sociedade contemporânea

    ASPECTOS SOCIOLÓGICOS DA PSICOLOGIA NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA Camila de Oliveira Reis Rosângela Batisti Prof. Paulo Cesar dos Santos Centro Universitário Leonardo da Vinci- UNIASSELVI Psicologia (PSI22) – Sociologia 16/10/11 RESUMO No século XIX foi criada ou reconhecida a Sociologia como uma área de...

    2602  Palavras | 11  Páginas

  • Vida e obras de max weber

    internado numa casa de saúde para doentes mentais, onde permanece algumas semanas. 1903 - Participa, junto com Sombart, da direção de uma das mais destacadas publicações de ciências sociais da Alemanha. 1904 - Publica ensaios sobre os problemas econômicos das propriedades dos Junker, sobre a objetividade nas ciências sociais e a primeira parte de A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo. 1905 - Parte para os Estados Unidos, onde pronuncia conferências e recolhe material para a continuação de...

    2698  Palavras | 11  Páginas

  • O estado social

    II. Introdução Este trabalho pretende discutir de forma didática, à questão do Estado Social, num pretexto histórico para estabelecermos de maneira precisa, a compreensão do Direito na sociedade atual. Advém a necessidade de abordar a gênese deste Estado Social, as causas de admissibilidade, a reação do liberalismo puro e as características e consequências das teorias intervencionais, contudo, englobando tais aspectos. Destarte, têm como finalidade, proporcionar instrumentos para reflexão com...

    2866  Palavras | 12  Páginas

  • Sociais

     APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA As Ciências Sociais são um ramo da Ciência que estuda os aspectos sociais do mundo humano: a vida social de indivíduos e agrupamentos humanos. Nesta disciplina envolve Antropologia e Sociologia, estudaremos especialmente os fenômenos que ocorrem quando vários indivíduos se encontram em grupos de tamanhos diversos, e interagem no interior desses grupos. Nestas aulas você encontrará algumas vezes um “Hyperlink” (um documento conectado virtualmente a um computador)...

    6988  Palavras | 28  Páginas

  • História Econômica Geral - Econômia no séc XIX ao inicio do séc XX

    ECONÔMICO NOS SÉCULOS XIX E XX O IMPERIALISMO ANTIGO E O IMPERIALISMO MODERNO E UMA NOTA SOBRE A ECONOMIA GLOBALIZADA     APRESENTAÇÃO DO TEMA   Ao longo do curso, e também em outras várias e diferentes ocasiões (aulas, palestras, conferências, livros, vídeos etc.) certamente serão lidas ou ouvidas algumas das seguintes expressões: "colonialismo", "neocolonislismo", "imperialismo", "imperialismo econômico", "imperialismo antigo", "imperialismo moderno"... Convém, portanto, conhecer o significado...

    18696  Palavras | 75  Páginas

  • Inteligência Coletiva, Espiritualidade e renovação do Laço Social

    UNIVERSIDADE FUMEC FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS, SOCIAIS E DA SAÚDE FCH FRANCISCO EDUARDO VORCARO MACHADO INTELIGÊNCIA COLETIVA, ESPIRITUALIDADE E RENOVAÇÃO DO LAÇO SOCIAL Belo Horizonte 2011 FRANCISCO EDUARDO VORCARO MACHADO INTELIGÊNCIA COLETIVA, ESPIRITUALIDADE E RENOVAÇÃO DO LAÇO SOCIAL Monografia apresentada à UNIVERSIDADE FUMEC como requisito parcial para obtenção do certificado de graduação em jornalismo. Orientadora: Prof.ªAstréia Soares Belo Horizonte 2011 ...

    17875  Palavras | 72  Páginas

  • pensamento filosofico

    FACULDADE MATO GROSSO DO SUL – FACSUL HISTÓRIA DO PENSAMENTO FILOSÓFICO CRISTIANE MARIA CÂNDIDA VAZ KELEN FOCHESATTO CAMPO GRANDE – MS 2014 FACULDADE MATO GROSSO DO SUL – FACSUL CRISTIANE MARIA CÂNDIDA VAZ KELEN FOCHESATTO HISTÓRIA DO PENSAMENTO FILOSÓFICO CAMPO GRANDE – MS 2014 SUMÁRIO INTRODUÇÃO................................................................

    5916  Palavras | 24  Páginas

tracking img