Quais As Causas Da Desagregação Do Feudalismo artigos e trabalhos de pesquisa

  • Feudalismo

     Formação do Feudalismo O que favoreceu, período de formação, condições, criação dos reinos germânicos, crise do Império Romano Invasão dos povos bárbaros: uma das causas da formação do feudalismo    Formação do feudalismo  O feudalismo começou a se formar na Europa a partir do século V com a invasão dos povos germânicos no Império Romano. A formação do feudalismo foi favorecida por várias condições presentes no continente europeu.  Entre estas principais condições, podemos citar: ...

    708  Palavras | 3  Páginas

  • Feudalismo

    História Data: 11/09/2012 Feudalismo Jaraguá do Sul – SC Introdução Será abordado neste trabalho o conceito, formação, as classes e outros pontos importantes do feudalismo. O feudalismo basicamente foi um modo de ‘organização’ social e política que se baseava na relação entre senhor-feudal e camponeses, onde um determinado tanto de terra era cedido do senhor feudal para o camponês, para este explorar a terra através da agricultura. Feudalismo O feudalismo iniciou no século V com as...

    912  Palavras | 4  Páginas

  • Feudalismo

    1º ANO FEUDALISMO GUARAPUAVA 2013 FEUDALISMO GUARAPUAVA 2013 SUMÁRIO INtrodução A formação do feudalismo, na Europa Ocidental, envolveu uma série de elementos estruturais, de origem romana e germânica, associados a crise do Império Romano, a partir do século III, a formação dos Reinos Bárbaros e a desagregação do Império Carolíngeo no século IX. ...

    1985  Palavras | 8  Páginas

  • Feudalismo

    O Feudalismo As origens estruturais do sistema feudal estão relacionadas à vagarosa desagregação do sistema escravista e a da absorção de instituições econômicas e jurídico-políticas das sociedades romana (com dominante escravista) e germânica (comunitarismo primitivo em processo de deteriorização), entre os séculos IV e X. Entre essas instituições, podemos aludir o Benefício, o Colonato e o Patronato romanos, e o Comitatus e a noção de Realeza germânicos. Acerca do tema aventado acima temos...

    1336  Palavras | 6  Páginas

  • Feudalismo características e transição

    Questões 1) Conceituar o Feudalismo sua expansão e desagregação. O feudalismo foi um modo de organização social e político baseado nas relações servo-contratuais (servis). Tem suas origens na decadência do Império Romano. Predominou na Europa durante a Idade Média. Segundo o teórico escocês do Iluminismo, Lord Kames, o feudalismo é geralmente precedido pelo nomadismo e sucedido pelo capitalismo em certas regiões da Europa. Os senhores feudais conseguiam as terras porque o rei lhas dava. Os camponeses...

    3010  Palavras | 13  Páginas

  • feudalismo

    CAMPINA GRANDE 2013 Sumário 1 INTRODUÇÃO 4 2 SISTEMA FEUDAL 5 3 Herança romana e herança germânica 6 5 AS PRINCIPAIS CACTERISTICAS DO FEUDALISMO 7 5.1 AS INVASÕES BÁRBARAS 7 6 Os efeitos do contrato Feudo- vassálico 8 6.1 O fim do contrato feudo- vessálico 8 7 Os Direitos de uso e propriedades no contrato feudo vassálico 9 7.1 AS RELAÇOES FEUDO VASSÁLICAS E A JUSTIÇA 9 8 SOCIEDADE FEUDAL 10 8.1 IMPOSTOS PAGOS PELOS SERVOS 10 9 A IGREJA CATÓLICA 11 10 A ECONOMIA NA IDADE MÉDIA 12 ...

    2243  Palavras | 9  Páginas

  • A transição do feudalismo ao capitalismo - pierre vilar - fichamento

    CENTRO DE HUMANIDADES DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA DISCIPLINA: HISTÓRIA MODERNA I ALUNO: PAULO PHILIPE OLIVEIRA DOS SANTOS FICHAMENTO VILAR, Pierre. A transição do feudalismo ao capitalismo. Rio de Janeiro: Eldorado, 1974, p. 39-52. (pág. 39) “A passagem qualitativa da sociedade feudal à sociedade capitalista não deve ser colocada de uma maneira acabada (existem variações segundo os diversos países); mas não deixa de ser útil assinalar desde seu aparecimento os fatores que preparam, desde...

    1162  Palavras | 5  Páginas

  • Feudalismo

    ruína da sociedade escravista e o início do capitalismo Periodização da Idade Média: Feudalismo primitivo: formação e fortalecimento das relações feudais Feudalismo desenvolvido: apogeu da sociedade feudal Etapa final: decomposição e crise do modo de produção feudal, início das relações capitalistas As fronteiras cronológicas que separam as etapas diferem segundo as regiões Origem do feudalismo: O feudalismo sucedeu o regime escravista quando suas forças produtivas entraram em contradição com...

    4650  Palavras | 19  Páginas

  • feudalismo

    A TRANSIÇÃO DO FEUDALISMO PARA O CAPITALISMO De acordo com Pierre Vilar (1971),”deve-se pensar a passagem qualitativa da sociedade feudal para a sociedade capitalista. Esse acontecimento não deve ser colocado de maneira acabada e pronta, mas pensando nas variações de país para país”. Elementos contrários ao princípio do modo de produção feudal que, por sua vez, possibilitaram a sua destruição. São eles: 1) A propriedade da terra em diferentes graus; 2) A propriedade limitada sobre as pessoas...

    1271  Palavras | 6  Páginas

  • Artigo sobre feudalismo

    C. A servidão é o status legal e econômico dos camponeses ("servos") no feudalismo. FEUDALISMO - O feudalismo tem inicio com as invasões germânicas (bárbaras ), no século V, sobre o Império Romano do Ocidente (Europa). As características gerais do feudalismo são: poder descentralizado (nas mãos dos senhores feudais), economia baseada na agricultura e utilização do trabalho dos servos. Estrutura Política do Feudalismo  Prevaleceram na Idade Média as relações de vassalagem e suserania. O suserano...

    3249  Palavras | 13  Páginas

  • feudalismo

     Feudalismo Escola Gov. Carlos lima Aluno: ruhan Matheus Serie: 2ano Índice 1 Introdução 2 A formação do feudalismo 2.1 Vilas: uma tradição romana 2.2 A contribuição dos povos germânicos 2.3 O papel da Igreja e as novas invasões 3 A sociedade feudal 4 Os trabalhadores do feudo (servos) 5 O feudo 6 Um poder fragmentado 7 A economia feudal 8 A cultura feudal 9 A Igreja na ordem feudal 9.1 O poder da Igreja 9.2 As heresias 9.3 O clero secular e o clero regular ...

    8147  Palavras | 33  Páginas

  • Formaão do feudalismo

    Formação do feudalismo  O feudalismo começou a se formar na Europa a partir do século V com a invasão dos povos germânicos no Império Romano. A formação do feudalismo foi favorecida por várias condições presentes no continente europeu.  Entre estas principais condições, podemos citar: - Desagregação política, econômica e social do Império Romano do Ocidente com a invasão dos povos germânicos; - Criação de vários reinos germânicos (francos, visigodos, burgúndios, anglo-saxões); - Êxodo urbano: com...

    2311  Palavras | 10  Páginas

  • Feudalismo Europeu

    HISTÓRIA E HISTORIOGRAFIA DO FEUDALISMO EUROPEU EIXO 1 – O FEUDALISMO EUROPEU: ASPECTOS GERAIS; ORIGEM E ESTRUTURAÇÃO 1 Bases estruturais: desagregação do Império Romano Ocidental (476) a) Colapso do escravismo (Fator econômico) b) Instabilidade Política c) Invasões bárbaras 2 Processo de ruralização social a) Domínio árabe sobre o Mediterrâneo 3 O feudo: a unidade produtiva e social básica a) Classe proprietária: descendentes germânicos; antigos patrícios romanos e alto clero. b)...

    517  Palavras | 3  Páginas

  • Feudalismo - Origem e Desenvolvimento

    1. Fale sobre o feudalismo, destacando: a) Origens do feudalismo – explicando através do método dialético; b) A economia feudal; c) A estrutura de classes e seus papéis; d) O papel das cruzadas, do comércio de longa distancia e do colonialismo na transição do feudalismo para o capitalismo; e) A desagregação do modo de produção feudal – explicação dialética (idealista e materialista, endógena e exógena) R- 01) O feudalismo vem tendo seu surgimento vagarosamente dentre o século III e V,...

    818  Palavras | 4  Páginas

  • Passagens da antiguidade ao feudalismo (perry anderson)

    PASSAGENS DA ANTIGUIDADE AO FEUDALISMO (Perry Anderson) “As invasões não foram casuais ou o azar de Roma. Roma provocou as invasões.” Perry Anderson sugere que o contato com o elemento romano alterou significativamente o cenário germânico, provocando uma desintegração dos modos comunitários, característicos das sociedades primitivas. Antes do contato com os romanos, o mundo germânico era formado por clãs guerreiros que, em época de paz, cultivavam a terra em um modelo de produção...

    1526  Palavras | 7  Páginas

  • As causas da expansão marítima e a chegada dos portugueses ao brasil

    subsídio) terem usufruído do espaço público como se fosse privado, sendo assim, banidos e mortos. Segundo Perry Anderson,ele dizia que na grecia antiga todos os tiranos eram pessoas lideradas por outras pessoas. Na obra Passagens da Antiguidade ao Feudalismo, os tiranos ascenderam ao poder na Grécia no último século da era arcaica, a saber o século VI a.C. Estes autocratas romperam a dominação das aristocracias ancestrais sobre as cidades: eles representavam proprietários de terra mais novos e riqueza...

    2743  Palavras | 11  Páginas

  • Feudalismo

    Feudalismo Servidão, impostos, taxas, suserania e vassalagem Fernanda Machado* Especial para a Página 3 Pedagogia & Comunicação Camponeses trabalham na terra do senhor feudal Estudar o feudalismo é conhecer a fundo o modo como viviam as pessoas no período medieval. O feudalismo pode ser definido como um modo de produção, ou seja, a forma pela qual as pessoas faziam produtos necessários à sua sobrevivência. Também é entendido como um sistema de organização social, estabelecendo como as pessoas...

    1050  Palavras | 5  Páginas

  • Feudalismo

    Introdução O feudalismo iniciou com as invasões dos bárbaros sobre o Império Romano ocidental no século V. Vários fatores estruturais de origem romana e germânica envolveram na formação do feudalismo europeu ao longo do período da crise do Império romano no século III, à formação dos Reinos Bárbaros e a queda do Império Carolíngio no s. IX. Não há precisão em nenhuma abordagem sobre o regime feudalista, pois este regime varia muito de um lugar para outro. Eram suas características gerais o poder...

    1285  Palavras | 6  Páginas

  • Fim do feudalismo

    Fim do feudalismo A DESAGREGAÇÃO DO REGIME FEUDAL NO CAMPO Charles Parain Da mesma forma como em todos os regimes fundados na exploração do homem pelo homem, o tempo de criação e de equilíbrio do regime feudal foi de duração limitada. Na Europa, nos séculos XIV e XV, vemos eclodir e prolongar-se uma crise geral da sociedade feudal, que não é a última. Ainda que o declinar do mundo feudal dure relativamente menos tempo que o declinar do mundo antigo, ocupa também vários séculos (XV – XVIII)...

    2429  Palavras | 10  Páginas

  • Feudalismo e Absolutismo

    Revisão do SSA 2 - Aula A Feudalismo & Absolutismo Divisão do Império Romano Invasões Bárbaras Reinos Bárbaros Francos - “Bárbaros” que construíram um império Dinastias: Merovíngia - Séc. V – VIII Carolíngia - Séc. VIII – IX Meroveu  Clóvis  Fragmentação  Reunificação  Reis indolentes Destaque - Carlos Martel (714 - 741) * Carlos Martel  Pepino (o breve) herda seus poderes políticos Fragilidade na sucessão Merovíngia 751 – Golpe por Pepino em Childerico III ...

    1020  Palavras | 5  Páginas

  • a transição do capitalismo e feudalismo

    A TRANSIÇÃO DO FEUDALISMO AO CAPITALISMO VILAR, Pierre. A transição do Feudalismo ao Capitalismo, in: SANTIAGO, Theo (org.). Do Feudalismo ao Capitalismo – uma discussão histórica. São Paulo: Contexto, 2003, p 38. A passagem qualitativa da sociedade feudal à sociedade capitalista não deve ser colocada de uma maneira acabada (existem variações segundo os diversos países); mas não deixa de ser útil assinalar desde seu aparecimento os fatores que preparam, desde longo tempo, essa mudança de...

    1293  Palavras | 6  Páginas

  • feudalismo

    ao senhor fidelidade e trabalho, em troca de proteção e um lugar no sistema de produção e o suserano era quem dava um lote de terra ao vassalo. Todos os poderes políticos, jurídicos e econômicos centralizavam-se nas mãos dos feudos. Na época do feudalismo, em troca de habitar as terras, os servos eram obrigados a pagar taxas de trabalho e mercadorias. Quase tudo o que produziam acabava indo para as mãos dos senhores feudais. Este tem por finalidade, dar uma visão geral sobre este período da história...

    1692  Palavras | 7  Páginas

  • Construção da democracia

      Da sociedade gentílica ao aparecimento das cidades-estado : Principais Características  Período conhecido como "comunidades gentílicas". As Diásporas foram a grande causa da colonização das ilhas do Mar Egeu e olitoral da Ásia Menor. A vida na Grécia baseava-se na comunidade gentílica, cuja desagregação ocasionou, posteriormente, o aparecimento da propriedade privada e das classes sociais. Surgimento das Pólis ou cidades-estados, cuja primeira forma de governar foi a monarquia. Esparta e...

    1279  Palavras | 6  Páginas

  • Resumo sobre o Feudalismo

    Características da Sociedade Feudal O feudalismo foi a forma de organização política, social e econômica dominante na Europa ocidental durante a Idade Média. Mesmo não tendo se manifestado de maneira idêntica em todas as regiões do continente, são estas as suas características fundamentais: -Tinha na agricultura sua principal atividade produtiva; -Baseava-se em uma sociedade rigidamente hierarquizada, na qual os indivíduos encontravam-se subordinados uns aos outros por laços de dependência pessoal; ...

    1973  Palavras | 8  Páginas

  • O Mundo Feudal

    O feudalismo teve início no século V e o seu fim no século XII. A seguir, veremos a sua origem, as suas principais características, como a sociedade era dividida, o poder da Igreja sobre a população e sobre a cultura, as obrigações dos servos, a principal fonte de economia, a divisão dos feudos, a política, as guerras e, por fim, a crise do sistema feudal, trazendo fim a essa época. Como origem, o sistema feudal foi formado a partir da desagregação do Império Romano e a instalação...

    941  Palavras | 4  Páginas

  • Cruzadas

    Mediterrâneo à navegação e ao comércio europeu. Isso possibilitou a intensificação do comércio entre o Ocidente e o Oriente, interrompida em grande parte pela expansão muçulmana. 5- Das consequências das cruzadas, qual delas contribuiu para a crise e desagregação do sistema feudal? R= O fortalecimento de alguns reis que se sobrepuseram a nobreza feudal e ao poder político que a igreja de roma exercia sobre a Europa 6- No que constituiu a revolução agrícola? R= Nas transformações ocorridas na agricultura...

    812  Palavras | 4  Páginas

  • ciência política

              TEORIA ORIGINÁRIA DA FORMAÇÃO DO ESTADO: a) Teorias que afirmam a formação natural ou espontânea do Estado: v Origem familial ou patriarcal: v Origem em atos de força, de violência ou de conquistas  v Origem em causas econômicas ou patrimoniais: v Origem no desenvolvimento interno da sociedade:    b)Teorias que afirmam a formação contratual do Estado: v Defendem a criação contratualista do Estado através da vontade; v Hobbes, Locke, Rousseau e Montesquieu ...

    979  Palavras | 4  Páginas

  • Hermenêutica

    capitalista, pela ideologia liberal-individualista, e da centralização política através de um Estado Nacional Soberano”. O Direito produz um tipo de vida ‘organizada’ e em cada período da história encontramos um tipo de ordenamento jurídico. O feudalismo surgiu a partir da decadência da escravidão romana e pela fragmentação da sociedade gentílica, que dominava os povos na Europa. Era uma sociedade estamental que era conhecida pela escravidão por uma hierarquia excepcional. O Pluralismo Político...

    1173  Palavras | 5  Páginas

  • Feudalismo

    A transação do capitalismo para o feudalismo Uma Crítica Neste tópico Sweezy faz uma crítica fundamental a Dobb é o fato dele ser muito genérico em suas definições, como quando fala sobre as características do feudalismo, fala da totalidade, porém somente o feudalismo da Europa Ocidental se enquadra na sua descrição, outro exemplo que Sweezy cita é a definição de feudalismo para Dobb feudalismo e servidão seriam sinônimos, Sweezy crítica essa afirmação, pois ele não identifica nenhum sistema...

    1381  Palavras | 6  Páginas

  • Coco

    exame dos graus de servidão e as variações na função desempenhada pela comunidade rural nos conduzem até o término da evolução das sociedades feudais. O florescimento do regime feudal a) Séc X: o feudalismo em formação. vínculos feudais fracos. vida social individual. b) 1000 até 1150 feudalismo em ascensão. A dissociação chega ao poder dos duques e dos condes -> proclamam-se do ban, do mando local -> os permite organizar toda a vida econômica do lugar em seu próprio proveito. Sua “proteção”...

    957  Palavras | 4  Páginas

  • declinio de feudalismo

    Universidade Federal do Tocantins Resenha Dobb, Maurice Herbert. O Declínio do Feudalismo e o Crescimento das Cidades. In: A Evolução do Capitalismo. São Paulo: Abril Cultura, 1983. 25-59. Maurice Herbert Dobb é um economista marxista britânico foi um dos primeiros economistas a reconhecerem e teorizarem sobre a relevância dos efeitos externos no Mercado nasceu em Londres, para o mesmo o desafio central da Economia para os socialistas era explicar as relações de produção e investimento...

    916  Palavras | 4  Páginas

  • TRANSIÇÃO FEUDALISMO/CAPITALISMO SEGUNDO DOBB SWEEZY E PIRENNE

    Para entendermos melhor o tema abordado, devemos frisar a definição de feudalismo para Dobb que está fortemente ligado ao conceito de servidão “(...) uma obrigação imposta ao produtor pela força, independentemente de sua vontade, no sentido de cumprir certas exigências econômicas de um senhor, quer sob a forma de serviços (...) ou de tributos a serem pagos em dinheiro ou espécie.” Desse modo, Dobb caracteriza o feudalismo como modo de produção e este pode se caracterizar na “(...) relação entre...

    1248  Palavras | 5  Páginas

  • A transição do Feudalismo para o Capitalismo

    A TRANSIÇÃO DO FEUDALISMO PARA O CAPITALISMO: FATORES QUE LEVARAM À QUEDA DO FEUDALISMO E À ASCENSÃO DO CAPITALISMO Amanda da Costa Almeida Ana Karolina Costa Souza Isadora Géssica Rodrigues de Lima Jamille Lewis de Souza Barros Maria Luiza Andrade Pereira Resumo A transição do sistema feudal para o capitalista se deu através dos conjuntos de condições que inegavelmente favoreceu o desenvolvimento do comércio e o acúmulo de capital nas mãos de comerciantes que ocupavam privilegiados locais...

    3016  Palavras | 13  Páginas

  • Feudalismo na europa

    O FEUDALISMO NA EUROPA... ------------------------------------------------- A formação do feudalismo Os romanos, a exemplo dos gregos, chamavam de "bárbaros" a todos aqueles que não tinham seus costumes e que não falavam sua língua. Entre esses povos, estavam os germanos, cujas invasões provocariam a desestruturação do Império Romano do Ocidente A partir do fim do século III, com o enfraquecimento do poderio de Roma, alguns povos que habitavam nas proximidades das fronteiras do Império começaram...

    3486  Palavras | 14  Páginas

  • 3521

    escrita. AS ANTIGUIDADES CLÁSSICAS:  Os Povos Mesopotâmicos; Povos Egípcios; Gregos e Romanos A GÊNESE DO FEUDALISMO:  O poder da Igreja;  O surgimentos do comércio;  A crise do século XIV;  A crise do feudalismo e a desagregação do Sistema Feudal;  A emergência da burguesia e a formação dos Estados Nacionais - Absolutismo. TRANSIÇÃO DO FEUDALISMO PARA O CAPITALISMO: A CONSTRUÇÃO DA SOCIEDADE MODERNA:  A expansão marítima européia;  A reforma Protestante...

    1526  Palavras | 7  Páginas

  • Atividades Feudalismo Na Idade M Dia

    Feudalismo na Idade Média O feudalismo teve inicio com as invasões germânicas (bárbaras), no século V, sobre o Império Romano do Ocidente (Europa). As características do feudalismo são: poder descentralizado (nas mãos dos senhores feudais), economia baseada na agricultura e utilização do trabalho dos servos.  O Feudalismo prevaleceu durante a  Idade Média onde existia as relações de vassalagem e suserania. O suserano era quem dava um lote de terra ao vassalo. O vassalo deveria prestar fidelidade...

    1627  Palavras | 7  Páginas

  • Capitalismo e Feudalismo

    Conceito de Feudalismo: O feudalismo consistiu em um sistema político, econômico e social ocorrido na Europa durante a idade média. O feudalismo apresentou as seguintes características: a)Politicamente, o feudalismo teve como característica política o poder real descentralizado, isto é, o rei não mandava, na verdade o poder era exercido pelos senhores feudais. b) Economicamente, o feudalismo teve como característica marcante a agricultura de subsistência, não existia a atividade comercial...

    999  Palavras | 4  Páginas

  • Feudalismo

    foi o Feudalismo.” E.E Parque dos Servidores Autor: 1 História (Ensino Médio) I. Vainfas Ronaldo. II. Santos, Georgina Silva Dos. III Ferreira, Jorge Luiz. IV. Faria, Sheila Siqueira Tema: A formação do mundo medieval Resumo do tema: O texto que escrevemos é sobre o feudalismo, e o Sistema de vassalagem, Senhores e camponeses, e também sobre os Vikings e Húngaros: As invasões do século IX. Objetivo do seminário: Apresentar para a classe um trabalho sobre o feudalismo. Recurso...

    787  Palavras | 4  Páginas

  • Feudalismo Franco JR

    O Feudalismo - Hilário Franco Jr. Aspectos mais importantes do Feudalismo: A ruralização da sociedade - Redução do rendimento do Estado - Devido a necessidade de novas conquistas constantes para a renovação da força de trabalho escrava, o sistema escravista e imperialista não podia mais se continuar a se auto-reproduzir. - Resultado: crise - Como aquela era uma sociedade urbana, os mais ricos se retiraram às suas grandes propriedades para ficarem mais seguros e obter o quase tudo do que...

    2002  Palavras | 9  Páginas

  • Ensino M dio 2 bimestre CMRJ 2015 2

    Professores: Rogério França e Fernanda Simões Idade Média ALTA (séc.V a X) • invasões bárbaras • descentralização política • ruralização da sociedade • formação do feudalismo • consolidação da Igreja ANTIGA 476 dC Queda de Roma BAIXA (séc.X a XV) • Cruzadas • renascimento comercial • ressurgimento urbano • crise do feudalismo • Estruturação do modo de produção capitalista • surgimento da burguesia • Monarquias nacionais IDADE MÉDIA ORIENTE MODERNA 1453 Queda de Constantinopla CIVILIZAÇÃO...

    3439  Palavras | 14  Páginas

  • Feudalismo na europa

    FEUDALISMO  EUROPEU         1.  ALTA  IDADE  MÉDIA:  Séc.  V-­‐X    (aulas  13-­‐14):   • Apogeu  do  Feudalismo.   • Período  de  consolidação  das  principais   características  do  Feudalismo.     1.2.  CARACTERÍSTICAS   A.  POLÍTICA  FRAGMENTADA:   – Causa:  relação  de  Suserania  e  Vassalagem.   – “O  vassalo  do  meu  vassalo  não  é  meu...

    1072  Palavras | 5  Páginas

  • Feudalismo

    apresentará informações e curiosidades sobre o feudalismo, acontecimentos e fatos importantes. O feudalismo tem inicio com as invasões germânicas (bárbaras), no século V, sobre o Império Romano do Ocidente (Europa). As características gerais do feudalismo são: poder descentralizado (nas mãos dos senhores feudais), economia baseada na agricultura e utilização do trabalho dos servos. Feudalismo Origens O feudalismo é um sistema de organização social e político...

    1850  Palavras | 8  Páginas

  • Feudalismo (RESUMO)

    Início CRISE DO IMPÉRIO ROMANO Aconteceu após séculos de conquistas, o Império Romano começou a apresentar sinais de crise no século III. CAUSAS DA CRISE: - Enorme extensão territorial do império que dificultava a administração e controle militar; - Falta de expansão, diminuindo a entrada de escravos - Menos mão-de-obra, forte crise com a queda na produção de alimentos gerando a diminuição na arrecadação de impostos. - Com menos recursos, o império passou a ter dificuldades em manter...

    786  Palavras | 4  Páginas

  • Do Feudalismo para o capitalismo

    Do Feudalismo para o capitalismo O problema da transição do feudalismo para capitalismo provavelmente deu origem a discussões marxistas mais numerosas do que qualquer outro relacionamento com a periodização da história mundial. Na década se 1950 teve no URRS uma diuscussãop animada, mas inconcludente sobre a “lei fundamental do feudalismo “, isto é,sobre o mecanismo que necessariamente leva o feudalismo a ser substituido pelo capistalismo, assim como a tendência histórica da acumulação do capital...

    901  Palavras | 4  Páginas

  • o declínio do feudalismo

    O declínio do feudalismo e o crescimento das cidades O Autor inicia o capítulo fazendo uma discussão acerca do declínio do feudalismo, e afirmando que para a Dra. Helen Cam, o regime feudalista e a posse das terras representava a fonte do poder político, Seguia que embora o feudalismo tivesse existido na Rússia em torno de 1350, a crescente influencia marxista uma segunda definição ganhou destaque que foi às relações econômicas ao em vez de jurídicas. POKROVSKY, durante muito tempo considerou o...

    1439  Palavras | 6  Páginas

  • Causas de bolor e manchas

    Causas de bolor e manchas em revestimento argamassado INTRODUÇÃO As primeiras visões que temos ao observar um edifício são de suas fachadas, normalmente revestida por argamassa e pintura, peças cerâmicas, pedras naturais, vidros, chapas metálicas e outros. A escolha do revestimento a ser empregado é definida com base em fatores como, clima local, incidência solar, razões econômicas, facilidade de execução, durabilidade e aparência proporcionada por esses elementos, entre outros. No Brasil...

    3376  Palavras | 14  Páginas

  • Filosofia

    produção estão nas mãos da classe dominante (nobreza feudal); o trabalho era feito basicamente por servos. Origens do feudalismo O feudalismo resultou da fusão de instituições romanas e germânicas; Para fugir dos saques dos bárbaros, muitos migraram da cidade para o campo; Antigos escravos ou camponeses dependentes foram transformados em colonos (colonato); Características do feudalismo Relações servis de produção: o servo devia produzir um excedente ao senhor; Atividade econômica básica: agricultura...

    2449  Palavras | 10  Páginas

  • Características do Feudalismo

    CURSO DE HISTÓRIA Características do Feudalismo O feudalismo foi um modo de organização social e político que surgiu na Europa após a queda do Império Romano do Ocidente, num período complicado para os europeus. Ele permaneceu durante toda a Idade Média (século X ao século XV da história).Durante o período do feudalismo a sociedade era essencialmente agrária, as maiores riquezas que alguém podia ter eram as terras, ou seja...

    543  Palavras | 3  Páginas

  • Feudalismo

    FEUDALISMO Entende-se por feudalismo o sistema social, politico e econômico que se desenvolveu no território europeu, principalmente entre os séculos IX e XII. Como termo genérico, o conceito de feudalismo se aplica a todas as sociedades nas quais o poder central é reduzido e cuja economia se baseia no trablho de camponoses submetidos a um regime de servidão. Várias das grandes civilizações do mundo passaram por um periodo feudal no curso de sua história. Alguns desses feudalismo, como o japonês...

    931  Palavras | 4  Páginas

  • Feudalismo

    Estrutura Política do Feudalismo Prevaleceram na Idade Média as relações de vassalagem e suserania. O suserano era quem dava um lote de terra ao vassalo, sendo que este último deveria prestar fidelidade e ajuda ao seu suserano. O vassalo oferece ao senhor, ou suserano, fidelidade e trabalho, em troca de proteção e um lugar no sistema de produção. As redes de vassalagem se estendiam por várias regiões, sendo o rei o suserano mais poderoso. Todos os poderes, jurídico, econômico e político concentravam-se...

    616  Palavras | 3  Páginas

  • Fichamento Livro Passagens da Antiguidade ao Feudalismo

    Anderson, P. Passagens da Antiguidade ao Feudalismo. Trad. Beatriz Sidou. 5.ª edição – 1994; Ed. Brasilense – São Paulo – SP. Fichamento do Livro: Passagens da Antiguidade ao Feudalismo Ficha Bibliografia Passagens da Antiguidade ao Feudalismo Autor: Perry Anderson 1974 Tradução: Beatriz Sidou 5º edição, 1994 2º reimpressão, março de 1998 Editora: Brasilense - SP Perry Anderson no livro Passagens da Antiguidade ao Feudalismo, discorre sobre a Antiguidade Clássica e os movimentos...

    7909  Palavras | 32  Páginas

  • Transição do feudalismo para o capitalismo

    A transição do feudalismo para o capitalismo (séc. XIV / XVI): o debate Dobb x Sweezy - uma interpretação econômica marxista. José Carlos de Mello JúniorResumo:O presente artigo buscará apresentar a discussão acerca da transição do feudalismo para o capitalismo. Notadamente, estamos nos referindo à discussão que norteou a década de 1950, o famoso debate entre Maurice Dobb e Paul Sweezy. Buscaremos então, apontar os principais pontos desta discussão que tanto interessa a História Econômica Marxista...

    3718  Palavras | 15  Páginas

  • Fichamento do livro O Declinio do feudalismo

    Bibliografia: DOBB, Maurice O Declínio do Feudalismo e o Crescimento das Cidades Pg,49 - 108 O autor fala sobre o Feudalismo, Capitalismo, crescimento econômico nas cidades, como ocorreu o declínio do capitalismo, e o renascimento do comercio na Europa Ocidental. Surgimento da servidão dos camponeses, despovoamento dos campos de trabalho, fim da era feudal e começo da era capitalista, nascimento das cidades. Feudalismo: O significado do Feudalismo, do variado e contraditório em diversas partes...

    1763  Palavras | 8  Páginas

  • A TRANSIÇÃO DO FEUDALISMO PARA O CAPITALISMO

    A TRANSIÇÃO DO FEUDALISMO PARA O CAPITALISMO O sistema feudal não se consistia em comércio, as relações eram à base de trocas de produtos, tais relações realizadas era entre o senhor feudal que era dono da terra e fazia parte da burguesia. Do outro lado o servo ou camponês que era subordinado ao senhor feudal. O servo trabalhava na terra do senhor e pagava um “aluguel” pelo seu uso, além de trabalhar três dias por semana de graça para ele. E toda produção era destinada ao sustento local. O...

    1156  Palavras | 5  Páginas

  • Resenha - Povos Bárbaros

    tópico abordado é “A fusão romano-germânica”, afirmando que o conjunto dos deslocamentos populacionais contribuiu para o deslocamento do “centro de gravidade” do mundo ocidental, do Mediterrâneo para o Nordeste da Europa. Outra consequência da desagregação do Império do Ocidente é o desaparecimento de todo o verdadeiro Estado. Com a unidade de Roma quebrada, seu sistema fiscal desaba. Indagou que a força de um rei germânico é essencialmente um poder de fato, pois apresentam uma corte ligada a ele...

    691  Palavras | 3  Páginas

  • Feudalismo

    O Feudalismo Sumário 1. Introdução. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2. Desenvolvimento. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2.1 O que foi o feudalismo 2.2 O feudo 2.3 Sua origem 2.4 Características 2.5 Religião 2.6 Economia 2.7 Sua sociedade 2.8 Relação de Poder 2.9 Divisão do feudo ...

    3023  Palavras | 13  Páginas

  • CAPITALISMO E DESIGUALDADE SOCIAL

    CAPITALISMO E DESIGUALDADE SOCIAL RESUMO A presente pesquisa é uma breve discussão sobre o capitalismo e a desigualdade social a priori buscou-se arcabouço teórico nos temas propostos, como se deu a transição do feudalismo para o capitalismo o seu desenvolvimento e divisões: o capitalismo comercial, industrial e financeiro, e sua relação direta com a desigualdade social, que torna jovens vulneráveis, pois a exclusão social os torna cada vez mais supérfluos e incapazes, sem preparação...

    1705  Palavras | 7  Páginas

  • FEUDALISMO

    A IDADE MÉDIA FEUDALISMO Marcelo Sabino de Sousa Professor-Tutor Externo: Wilson George de Brito Correa Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI Licenciatura em História (HID-0283) – Prática do Módulo III 29/11/2013 RESUMO Nesse projeto abordarei um assunto de grande interesse para a História mundial, estou falando do feudalismo que foi um modelo de organização social político e econômico que surgiu na Europa a partir do século IV com a decadência e queda do império...

    2367  Palavras | 10  Páginas

  • feudalismo

    Revista Historiador Especial Número 01. Ano 03. Julho de 2010 Disponível em: http://www.historialivre.com/revistahistoriador 95 O NASCIMENTO DA IDADE MÉDIA A PARTIR DA ANÁLISE COMPARATIVA DAS OBRAS: PASSAGENS DA ANTIGUIDADE AO FEUDALISMO E DECLÍNIO E QUEDA DO IMPÉRIO ROMANO1 Marcos Emílio Ekman Faber2 Resumo Neste artigo analiso o fim do Império Romano do Ocidente e a conseqüente fragmentação de poder na Europa. Minha análise ocorre a partir de três pontos principais: os motivos do ...

    4280  Palavras | 18  Páginas

  • Feudalismo

     1. O Feudalismo: Estrutura Econômica e Social O trabalho do individuo nas comunidades antigas tem como pressuposto a inserção num conjunto comunitário que se constitui por vínculos de estirpe, linguagem, costumes, etc. A posse coletiva da terra, como principal meio de produção e de sustento dos membros da coletividade, é a base preliminar que liga os indivíduos numa relação, onde o individuo toma posse de uma parte da terra que constitui a base da propriedade comunitária e desfruta dos seus...

    2325  Palavras | 10  Páginas

tracking img